Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Entregue-se e flua

SABEDORIA DOS ANJOS


com Sharon Taphorn


3 de Dezembro de 2014


Tradução: Regina Drumond

 
Foto: Surrender and flowYou may have been lost in your own thoughts or world for a while and that is okay as there is a wonderful sweetness in surrendering to another world. This is a time to dream, to wonder, to soften your heart and your outlook and just be open and allowing, flowing gently with the currents of the great cosmic ocean of life, floating on the sweet love of your own soul, getting to know yourself as one with the Divine. Don't try to make things happen, no matter how much you want to or believe that you must. There is something bigger happening and everything is going to turn out perfectly according to your Divine plan, and that includes you and your life unfolding. Trust that it will take place without you striving to make it so.  Love all of who you are and who you are becoming through this beautiful unfolding that is your life. Love your tears, love your sadness, and love the longing in your heart for something more. Love you happiness, your laughter, your energy and your passion. You can love your hurt and your anger because underneath it all there is a fire, a desire within you for something more. If there is something worrying you or challenging you, it is okay to love it too, it will all make sense in the end and until then, just love it as it is all just a part of your awakening to a deeper love and a grander way of experiencing your life.  Your angel guidance is to remember that you are love. Everything else will take care of itself. Become one with all that is and be in that state of Allowing, Being, and Receiving. You are a wise awakening Being and an important aspect of All that IS. And so it isYou are dearly loved and supported, always, the angels and guidesThank you, Mahalo, Merci, Gracias, Vielen Dank, Grazie, Спасибо, Obrigado, 谢谢, Dank, 謝謝, Chokran,DěkujiUniversal Copyright ©2014 by Sharon Taphorn All rights reserved.Please share articles as long as copyright and contact info are always included and the message is complete and credit is given to the author.www.playingwiththeuniverse.com♥♥♥
Você pode ter ficado perdido em seus próprios pensamentos ou no mundo por algum tempo e não há problema quanto a isto, pois há uma maravilhosa suavidade em se entregar a outro mundo. Este é um momento para sonhar, para imaginar, para abrandar o seu coração e a sua visão. Esteja aberto e permita, flua suavemente com as correntes do grande oceano cósmico da vida, flutuando no doce amor de sua própria alma, conhecendo-se como um com o Divino. Não tente fazer com que as coisas aconteçam, não importa o quanto você queira ou acredita que deve. Há algo maior acontecendo e tudo sairá de modo perfeito,  de acordo com o seu plano Divino, e isto o inclui e a sua vida. Confie que isto ocorrerá sem que você se esforce por fazê-lo.
Ame tudo o que você é e quem você está se tornando através desta bela revelação que é a sua vida. Ame as suas lágrimas, ame a sua tristeza e ame o desejo em seu coração por algo mais. Ame a sua felicidade, o seu riso, a sua energia e a sua paixão. Você pode amar a sua mágoa e a sua raiva, porque por baixo de tudo isto há um fogo, um desejo em você por algo mais. Se houver algo que o preocupa, ou que o desafia, está bem amá-lo também. Tudo isto fará sentido no final, e até então, apenas o ame, pois tudo faz parte do despertar para um amor mais profundo e uma maneira grandiosa de viver a sua vida.
A Orientação dos Anjos é que se lembre que você é amor. Tudo irá se resolver. Torne-se um com tudo o que é e esteja neste estado de Permissão, de Ser e de Receber. Você é um Ser sábio e desperto e um aspecto importante de Tudo O Que É.
E assim é.
 
Você é ternamente amado e apoiado, sempre
 
Os Anjos e Guias
 
Thank you, Mahalo, Merci, Gracias, Vielen Dank, Grazie,Спасибо,Obrigado,谢谢, Dank, 謝謝,Chokran,Děkuji,Kiitos

Direitos Autorais Universais©2014 por Sharon Taphorn

Todos os direitos reservados.

Por favor, compartilhe os artigos, contanto que o autor e as informações de contato sejam sempre incluídos, a mensagem esteja completa e os créditos dados a autora.

http://www. playingwiththeuniverse.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Seres humanos podem sugar energia de outras pessoas…

As pessoas podem ROUBAR energia de outros seres humanos da mesma maneira que AS PLANTAS fazem.

Posted by Thoth3126 on 03/12/2014




Uma equipe de pesquisa biológica na Universidade de Bielefeld, na Alemanha fez uma descoberta revolucionária que mostra que as plantas podem obter uma fonte alternativa de energia a partir de outras plantas.

Esta descoberta pode também ter um grande impacto sobre o futuro da bioenergia eventualmente fornecendo a evidência de mostrar que as pessoas também “recolhem a energia de outras pessoas em grande parte da mesma maneira que as plantas.

Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Cuidado: As pessoas podem ROUBAR energia de outros seres humanos da mesma maneira que AS PLANTAS fazem.

http://www.fourwinds10.net e http://www.nature.com/
Michael Forrester – Prevenção de Doenças. Tempos de DESPERTAR

Os membros da equipe de pesquisa biológica do professor Dr. Olaf Kruse confirmou pela primeira vez que uma planta, a alga verde Chlamydomonas Reinhardtii, não só se envolve no processo de fotossíntese, mas também tem uma fonte alternativa de energia: pode drená-la de outras plantas. Os resultados da pesquisa publicados pela revista Nature foram divulgados nesta semana na revista de renome, a Nature Communications.

As flores precisam de água e luz para crescer e as pessoas não são diferentes. Nossos corpos físicos são como esponjas, absorvendo o meio ambiente. “É exatamente por isso que há certas pessoas que se sentem desconfortáveis em frequentar grupos específicos onde há uma mistura de energia e emoções (de pessoas diferentes)”, disse a psicóloga e curadora Dra. Olivia Bader-Lee.


A alga Chlamydomonas reinhardtii

Plantas produzem a fotossíntese do dióxido de carbono, água e luz. Em uma série de experimentos, o Professor Dr. Olaf Kruse e sua equipe cultivou a microscópica alga verde da espécie Chlamydomonas reinhardtii e observaram que, quando confrontados com a falta de energia, estas plantas unicelulares podem extrair energia do seu vizinho vegetal como consequencia. A alga secreta enzimas (enzimas chamadas de celulose) que “digerem” a celulose, quebrando-a em componentes menores e açúcar.

Estes são depois transportados para dentro das células da planta e transformados em uma fonte de energia: assim essa alga pode continuar a crescer. “Esta é a primeira vez que tal comportamento foi confirmado em um organismo vegetal”, diz o professor Kruse. “Estas algas poderem digerir a celulose contradiz todos os livros até aqui escritos. Até certo ponto, o que estamos vendo é que plantas comem plantas“. Atualmente, os cientistas estão estudando se este mecanismo pode também ser encontrado em outros tipos de alga. Descobertas preliminares indicam que este é o caso.


Crie, visualize uma imagem de um sol de ouro claro vários metros acima da sua cabeça e deixe-o ser um ímã, atraindo toda a sua energia de volta para ele (e purificando-a na energia da cor do ouro). Em seguida, visualize-o através do topo de sua aura sobre a cabeça e em seu espaço corporal, liberando sua energia de volta em seu espaço pessoal.

“Quando os estudos de energia se tornarem mais avançados nos próximos anos, vamos finalmente ver isso traduzido para os seres humanos também”, afirmou Bader-Lee. “O organismo humano é muito parecido com uma planta, extrai energia necessária para alimentar os estados emocionais e isso pode energizar essencialmente células ou aumentar o cortisol e catalizar (alimentar) células, dependendo do gatilho emocional”.

Bader-Lee sugere que o campo da bioenergia esta agora sempre em evolução e que os estudos sobre o mundo vegetal e animal, em breve traduzirão e demonstrarão o que metafísicos sempre souberam – que os seres humanos podem curar uns aos outros simplesmente através de transferência de energia, assim como as plantas o fazem. “O ser humano pode absorver e curar através de outros seres humanos, animais e qualquer parte da natureza. É por isso que estar perto da natureza é frequentemente tonificante, curativo e energizante para tantas pessoas “, concluiu.



Aqui estão cinco ferramentas de energia simples para usar para limpar o seu espaço e evitar que a sua energia seja drenada ao liberar a energia das pessoas:

Permanecer centrado e aterrado. Se você está centrado em seu eu espiritual (Eu Superior – em vez de seu analisador ou ego), você vai sentir imediatamente quando algo mudar energeticamente dentro do seu espaço. Se você está totalmente centrado , você pode facilmente liberar a energia de outras pessoas e emoções para baixo o cabo de aterramento com a sua intenção.

Estar em um estado de não-resistência. O que resiste quebra. Se você se sentir desconfortável em torno de uma determinada pessoa ou de um grupo, não apele para a resistência como uma forma de se proteger, pois isso só vai manter a energia estranha presa em seu espaço e/ou aura. Desloque-se pelos ambientes em um estado de não-resistência, imaginando que seu corpo é claro e transparente como o vidro ou água clara (n.t. ou de pura LUZ). Dessa forma, se alguém jogar alguma negatividade em você, ele vai passar através de você (sem afetá-lo).


O Corpo humano, os chakras, as linhas de meridiano de energia e a AURA: a “árvore da vida”…

Seja dono do seu espaço vital, da sua aura pessoal. Cada um de nós tem uma aura energética própria em torno do nosso corpo. Se voce não possuir este espaço pessoal voce se torna vulnerável para energia externa entrar nela. Torne-se consciente dos limites de sua aura (cerca de um comprimento de seu braço longe de seu corpo a toda a volta, acima e abaixo), como forma de possuir o seu espaço pessoal.

Dê a si mesmo uma limpeza energética. A cor dourada tem uma vibração elevada que é útil para limpar condições energéticas do exterior. Imagine um bocal com um chuveiro dourado no topo de sua aura (a poucos metros acima de sua cabeça) e ligue-o, permitindo que a energia do amarelo ouro flui através de sua aura e espaço total do corpo e se libera até o seu aterramento.



Você vai se sentir imediatamente limpo e revigorado. (n.t. resultados surpreendentes e tão ou mais importantes podem ser obtidos apenas se voce visualizar a cor violeta ao invés do dourado banhando a sua aura e corpo físico, ou de outra pessoa a quem voce tenha afeto e que precise de ajuda)

Chame de volta a sua energia. Quando temos a nossa energia em nosso próprio espaço, há menos espaço para a energia do outro para entrar. Mas quando nos concentramos em outras pessoas e projetos é que às vezes espalhamos nossa energia ao redor. Crie e visualize uma imagem de um sol de ouro claro (ou violeta) vários metros acima da sua cabeça e deixe-o ser um ímã, atraindo toda a sua energia de volta para ele (e purificando-a na energia da cor do ouro). Em seguida, visualize-o através do topo de sua aura e em seu espaço corporal, liberando sua energia de volta em seu espaço pessoal.

Sobre o autor: Michael Forrester é um conselheiro espiritual praticante e é um palestrante motivacional para corporações desde o Japão, Canadá e nos Estados Unidos.

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

ARCANJO GABRIEL, 02 DE DEZEMBRO DE 2014

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL

Canalizado por Shelley Young




Queridos, vocês se sentiriam melhor se pudessem substituir as palavras “entrega e fluxo” por “amor”?

Porque entregar-se ao fluxo é retornar ao amor incondicional.

O amor é o grande expansor e criador que vocês procuram.

Não se pode desejar experienciar amor e então evitar a entrega e fluxo e ser bem sucedido.

Eles são uma e a mesma coisa.

Arcanjo Gabriel



Arcanjo Gabriel através de Shelley Young
Facebook: Trinity Esoterics
Twitter: @trinityesoteric

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com



Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

ARCANJO JOFIEL, 2014/12/01

MENSAGEM DO ARCANJO JOFIEL 

 1º A 07 DE DEZEMBRO DE 2014

Por Gulcin Onel (Mavinin Sesi)




Nesta época em que seu espírito está progredindo e expandindo, procurem coisas que o nutrirá.

Uma exibição adornada com cores que alcance sua alma, uma música com notas incríveis, uma obra de arte que tocará sua alma.

Observem como a beleza dança ao seu redor, como seu coração se expande e sua beleza interior surge.

Aquilo que os cobrirá de seda em todos os sentidos, que os fará sentirem-se leves e equilibrados em todas as suas camadas, deixem que seja seu alimento.

Que seja aquilo que sua Alma, corpo, sentimento e pensamentos precisarem.

Então essa beleza que desabrocha interiormente fluirá de vocês com seu aroma, cor, brilho e vocês alcançarão seu eu autêntico.

Esse será o momento em que os milagres acontecem.

No instante mais forte de criação, a beleza que emana de vocês os envolverá, tornar-se-á uma inspiração.

Amor e Luz
Arcanjo Jofiel



Tradução do turco para inglês:  Arzu Altınay

Tradução para o português: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

A Cura

Por Osho



Alguémestá doente; isto quer dizer, ele perdeu a sua capacidade de curar-se. Ele nãoestá mais consciente da sua Fonte Curadora. O Curador existe para o ajudar areconectar-se. Esta Fonte é a mesma da qual o curador dispõe, mas o homem doenteesqueceu de como entender essa linguagem. O curador se relaciona com o Todo eassim pode tornar-se a via média. Ele toca o corpo da pessoa doente e se tornaum elo entre ela e a Fonte. O paciente não estava mais conectado diretamentecom a Fonte, fica assim conectado diretamente. Quando a energia volta a fluir,ele está curado.
Osho. 
Trecho do livro "O livro da Cura", de Osho


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

A Revelação Templária – 03A – No Rastro de Madalena

Capítulo III-A 

 NO RASTRO DE MARIA MADALENA

Posted by Thoth3126 on 03/12/2014




madalenaecristoEla era bela – do mesmo modo que as estátuas das deusas gregas eram belas – mais propriamente que bonita, segundo o padrão moderno. De feições bem marcadas, com o cabelo apartado ao meio (n.t. Provavelmente ela fosse RUIVA, com longos cabelos cor de fogo), a impressão que ela dá é quase a da severidade e integridade de uma mestra de escola de aldeia.

Aqui, há pouco que sugira a voluptuosa mulher desonesta das lendas. Porque esta, segundo nos dizem, é a CABEÇA de Maria Madalena …

Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Capítulo 03 A- NO RASTRO DE MARIA MADALENA – Livro “The Templar Revelation – Secret Guardians of the True Identity of Christ” de Lynn Picknett e Clive Prince.

http://www.picknettprince.com/

CAPÍTULO III A – NO RASTRO DE MARIA MADALENA

… A caveira, normalmente em exibição em toda a sua perturbante glória macabra, na basílica, está agora decorosamente encerrada na sua máscara dourada e é exibida perante a multidão da cidade de Saint Maximin-la-Sainte-Baume, na Provença. Este acontecimento anual regista-se no domingo mais próximo do dia comemorativo de Madalena, 22 de Julho. Em 1996, o ano da nossa visita, o desfile realizou-se a 23 de Julho, com sol brilhante e um calor sufocante.


Acima: A ruiva Maria Madalena é uma pintura por Frederick Sandys. Ela foi a única personagem da Bíblia que Sandys pintou. Maria esta representada na frente de uma floresta verde damasco. Ela possui um pote de alabastro com unguento, um atributo tradicional que a associa com a mulher anônima que ungiu os pés de Jesus em Lucas 07:37. Como outros pintores pré-rafaelitas, Frederick Sandys deu a Magdalena um olhar sensual.

Perto das quatro da tarde, depois de terem acabado os seus demorados almoços franceses, os habitantes da cidade exibem, finalmente, a relíquia, colocada sobre um andor vagamente oscilante. Centenas de pessoas convergiram para a procissão, talvez só porque ela se realizava – toda a gente gosta de ver um desfile -, mas parecia haver muitos peregrinos verdadeiramente fervorosos entre a multidão, com os olhos rejubilantes, fixos na estranha cabeça que estava sendo conduzida por entre a multidão.

Tivemos de nos lembrar, contudo, de que há sempre peregrinos, sempre crentes fervorosos nalguma coisa, ou em tudo, e que a fé, em si, não é medida de autenticidade histórica. Todavia, tendo nós vindo de uma cultura quase indiferente a Madalena, o simples poder deste festival fez-nos hesitar. Este é, na verdade, o país da solene Maria Madalena.

Também houve uma certa ironia na nossa presença em St Maximin. Os testes de carbono que, em 1988, dataram o Sudário de Turim e que provaram que ele era uma fraude – e que, por sua vez, despertaram o nosso interesse nele – tinham usado, como amostra de controle, tecido de uma capa do século XIII, pertencente a «S.» Luís IX, que se conserva na Basílica de St Maximin.

Para os fins desta investigação, no entanto, todas as reflexões sobre o Sudário de Turim foram afastadas. Estávamos ali, no Sul de França, para descobrir a verdade sobre Maria Madalena, a mulher que se julga estar no centro de muitos mistérios e cujo poder se estende até à cultura actual, de um modo que ainda não tínhamos compreendido totalmente. Sob um calor extremo, quase estonteante, assistimos à procissão anual da suposta cabeça de Maria Madalena, com sentimentos confusos. Para as pessoas educadas na Inglaterra protestante, as festividades católicas e todo o ritual que rodeia as relíquias surgem um pouco como um choque cultural. Estas coisas podem parecer de mau gosto, aparatosas e até macabras.

Mas, aqui, o que mais nos chocou não foi a ridícula exibição de superstição, mas a devoção e o orgulho da população local, cujo entusiasmo por esta santa especial não pode ser considerado inteiramente solene. Talvez aqui a palavra apropriada seja «local», porque é a bandeira provençal, e não a francesa, que flutua por cima de nós, o que faz supor uma veneração a uma santa muito local, mesmo que tivesse chegado a estas paragens um pouco tarde na vida. Supõe-se que Maria Madalena veio da Palestina por mar e fixou-se na Provença, onde morreu. A continuidade do seu poder é tal que ela não é apenas venerada, mas amada com uma estranha paixão, nesta região, até hoje.


A Basilica de Santa Maria Madalena em Saint Maximin-la-Sainte-Baume, no sul da França, onde estariam guardados as relíquias de Maria Madalena, e a sua caveira …

Certamente que lhe é dedicada uma devoção extraordinária, mesmo fanática, na Provença, e persistem as lendas da sua morte nesta zona: muitas pessoas tomam isso como uma realidade. Mas isto não é apenas a continuação devota de uma tradição cristã não católica, pois a igreja a definiu como uma prostituta. Fomos invadidos por um sentimento sutil de que alguma coisa mais importante se escondia sob a superfície. E era precisamente o significado desse veio submerso e subterrâneo (e secreto) que estávamos determinados a descobrir.

Primeiro, como foi possível que o corpo de uma mulher hebreia da Palestina do século I viesse a ser sepultado no Sul de França? Que há nesta mulher, nesta santa especial, que evoca tanta paixão e devoção, tanto tempo depois da sua morte? E por quê – se, de fato, for verdade – lhe presta o Priorado de Sião uma veneração tão invulgar?

Mesmo antes de fazermos a primeira viagem a França, especificamente para investigar os locais tradicionalmente associados ao culto de Maria Madalena, passamos algum tempo a refletir sobre os seus antecedentes. Precisávamos conhecer a maneira como ela era historicamente compreendida na nossa cultura – e qual a força do seu continuado impacto. Porque, em contraste com a relativa frieza com que ela é recebida na moderna Inglaterra protestante, para muitos católicos europeus mais ardentes ela é objeto de uma devoção fervorosa, quase apaixonada. Para eles, depois da Virgem Maria, ela é a mulher mais importante.

Perguntem às pessoas mais instruídas da atualidade quem era Maria Madalena e o que ela representava, e as respostas serão muito interessantes. Quase todas as pessoas responderão que ela era uma prostituta, mas depois – dependendo da perspectiva da pessoa em questão – seguir-se-á, em geral, algum comentário a respeito da sua mal definida mas implicitamente íntima relação com Jesus. Esta hipótese cultural, embora seja confusa, encontrou expressão na canção I Don ‘t Know How to Leave Him de Tim Rice / Andrew Lloyd Webber, da opereta Jesus Cristo Superstar (1970), em que ela é representada como «a mulher duvidosa com coragem», tão querida do teatro britânico. e no papel de consoladora de Jesus, o qual lhe restituíra o amor-próprio.

Quando a opereta estreou – e, mais tarde, foi adaptada ao cinema – causou alguma sensação entre a maioria católica, mesmo entre os britânicos, tipicamente fleumáticos. Em grande parte, isso deveu-se talvez a um sentimento de afronta por uma história que implicava a imagem de Jesus ter sido explorada para o show-business, e, para cúmulo, transformada numa ópera rock!

Uma versão de Madalena surgiu em Monthy Python’s Life of Brian (1979), embora esse não fosse o motivo dos gritos de indignação que se elevaram das fileiras dos católicos de todo o mundo. Tomando a figura de Brian como uma mal disfarçada alusão ao próprio Jesus, esta inteligente comédia, estranhamente perturbadora, foi largamente considerada como uma gritante blasfêmia. Pondo de lado toda a irreverência, o filme nunca pretendeu retratar Jesus, sendo uma sátira aos cultos messiânicos da sua época, a qual, todavia, na nossa opinião, acidental ou propositadamente, reunia alguns conhecimentos profundos e pormenores curiosamente bem investigados. Em Judith, a namorada de Brian – surrealisticamente representada como sendo galesa -, residia o verdadeiro poder que sustentava Brian e o seu movimento: na verdade, a sua retórica inflamada fez dele um homem, embora também acabasse por fazer dele um mártir.


“Por trás de todo grande homem existe (o poder feminino) uma grande mulher“, Osíris, no antigo Egito sabia muito bem o significado deste provérbio popular …

Grupos de católicos barraram a entrada dos cinemas de vários países quando estes exibiram A Última Tentação de Cristo (1988) de Martin Scorcese. Embora o próprio Jesus fosse retratado como tendo algo de simplório, não parece ter sido esta a razão da vasta reação horrorizada. Esta deveu-se mais à representação explícita de relação sexual entre Maria Madalena e Jesus – mesmo que fosse apenas uma sequência fantástica. Por razões que analisaremos mais tarde, todo este conceito (envolvendo a relação sexual de Jesus e Madalena) é estranhamente repugnante para a maioria dos católicos, provavelmente porque consideram que ele implica certas perguntas fundamentais acerca da “divindade” de Jesus (n.t. e o dogma católico do pecado através do sexo).

Para eles, o conceito de um Jesus sexualmente ativo, mesmo no contexto de um casamento, é automaticamente blasfemo: sugestões, nesse sentido, devem implicar que ele também não podia ser Filho de Deus. Mas o que foi mais significativo na produção do filme A Última Tentação de Cristo foi a óbvia e persistente fascinação de Scorcese por Madalena e pelo conceito da sua relação íntima com Jesus. (E, curiosamente, o próprio realizador é um ítalo americano católico.)

Não é, contudo, a permissividade moderna que transformou Madalena quase num ícone. Ao longo da história, ela sempre personificou, de algum modo, a atitude contemporânea em relação às mulheres – em perspectivas não acessíveis à única outra figura feminina dos Evangelhos, a não sexual e remota Virgem (apesar de mãe de Jesus e de outros filhos) Maria. Na época vitoriana, por exemplo, Madalena era uma boa desculpa para representar prostitutas arrependidas, semi-nuas e extáticas; ao mesmo tempo, santas e pecadoras, conhecedoras e desconhecidas. Era moda, nos bordéis da época, algumas prostitutas representarem o papel do arrependimento de Madalena, embora os pormenores exatos desses «mistérios» particulares pouco devessem à sua história, tal como é narrada nos Evangelhos. Na atual época feminista, a ênfase é posta na sua relação com Jesus.

Madalena pode ter mantido o seu papel como teste dos costumes sexuais seculares contemporâneos, mas, ao longo da história, a sua imagem também refletiu a atitude de uma Igreja patriarcal em relação às mulheres e à sua sexualidade. E apenas como prostituta arrependida que ela é admitida na congregação dos santos católicos e a propagação da sua lenda depende do seu arrependimento e da sua maneira de viver, desconfortável e solitária. A sua santidade baseia-se na sua renúncia.

Nas últimas décadas, esta Maria tornou-se um foco da maneira como a Igreja tem lidado com os seus adeptos femininos, especialmente quando a ordenação sacerdotal de mulheres na Igreja Anglicana se transformou numa questão polêmica. E não foi por acaso que, quando foram ordenadas vigárias as primeiras mulheres, a epístola escolhida foi a história do Novo Testamento que narra o encontro de Jesus ressuscitado com Madalena no horto. Sendo a única mulher importante na história de Jesus, além da sua mãe, é natural que ela seja aproveitada por muitas ativistas femininas, no seio da Igreja, como símbolo poderoso dos seus direitos. Porque o continuado poder de Maria Madalena não é imaginário; sempre existiu e exerceu uma profunda atração ao longo dos séculos, como explica Susan Haskins no seu recente estudo Mary Magdalen (1993).

No princípio, o simples poder de atração de Madalena parece intrigante, especialmente porque quase não é mencionada no Novo Testamento. Fomos tentados a pensar que, como no caso de Robin Hood dos Bosques, a própria escassez de informação constituía uma tentação para inventar elementos míticos para preencher as lacunas. Contudo, se alguém criou uma Maria Madalena imaginária, foi a própria Igreja (ao fazer de tudo para colocá-la à margem da história). A sua imagem de prostituta arrependida não tem nada a ver com a sua história, narrada por Mateus, Marcos, Lucas e João: a figura descrita no Novo Testamento (n.t. e nos evangelhos apócrifos) é completamente diferente da que é evocada pela Igreja.


Nos dias atuais, o crânio (Caput) de Maria Madalena, juntamente com seu osso da mandíbula estão em um relicário de ouro na Basílica de Santa Maria Madalena em St. Maximin, na Provença, no sul da França.

Os Evangelhos são os únicos textos relativos a Maria Madalena que a maioria das pessoas conhece, portanto, voltamo-nos agora para eles. Até há pouco tempo, a sua figura era considerada pela maioria dos católicos como sendo marginal à história mais ampla de Jesus e dos seus discípulos. Mas, nos últimos anos, houve uma clara mudança na percepção que os estudiosos têm dela (e do poder feminino na criação). Hoje, o seu papel é considerado bastante mais importante, e é à luz destas conclusões que fundamentamos a nossa hipótese.

Além da Virgem Maria, Maria Madalena é a única mulher cujo nome é referido nos quatro Evangelhos. Surge, pela primeira vez, durante o ministério de Jesus na Galileia como fazendo parte de um grupo de mulheres que o seguiam – e «o serviam com os seus próprios recursos». Foi dela que foram expulsos «sete demônios». A “tradição” também a tem identificado com duas outras mulheres do Novo Testamento: Maria de Betânia, irmã de Marta e Lázaro, e uma mulher anônima que unge Jesus com perfume de nardo, contido num vaso de alabastro. Esta ligação será explorada mais tarde, mas, por agora, cingir-nos-emos à figura inequivocamente identificada como Maria Madalena.

O seu papel adquire um significado totalmente novo, profundo e duradouro quando ela é referida como tendo assistido à Crucificação e, mais especialmente, quando se torna a primeira testemunha da Ressurreição. Embora os relatos dos quatro Evangelhos relativos à descoberta do túmulo vazio sejam notoriamente diferentes, todos estão de acordo quanto à identidade da primeira testemunha do Jesus ressuscitado: sem dúvida, Maria Madalena. Ela não foi apenas a primeira testemunha feminina, mas a primeira pessoa a vê-lo depois de ele ter emergido do túmulo, um fato que tem sido largamente obscurecido pelos muitos que preferem contar apenas os homens que seguiram Jesus como sendo os seus verdadeiros apóstolos.

De fato, a Igreja baseou a sua autoridade inteiramente no conceito de apostolado – sendo Pedro o «primeiro apóstolo» e, portanto, o canal através do qual o próprio poder de Jesus Cristo se transmitiu à posteridade (n.t. aqui temos uma grande subversão da realidade, pois o “herdeiro” de Cristo não foi Pedro – em nome de quem foi criada a heresia da igreja de Roma -, mas sim JOÃO …). A autoridade de Pedro, embora muitos julguem que ela provém da afirmação expressa no jogo de palavras «sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja», oficialmente provém do fato de ter sido Pedro o primeiro dos discípulos de Jesus a vê-lo, depois de ressuscitado. Mas o relato do Novo Testamento contradiz terminantemente os ensinamentos da Igreja sobre este fato.

Manifestamente, só a este respeito, Madalena sofreu uma enorme injustiça, uma injustiça com implicações excepcionalmente vastas. Mas há mais. Ela foi também a primeira a receber de Jesus uma incumbência apostólica direta, ao ser encarregada de levar aos outros discípulos a notícia da ressurreição. Curiosamente, talvez, logo no seu início, em seus primórdios a Igreja reconheceu o seu verdadeiro lugar na hierarquia e conferiu-lhe o título Apóstola Apostolorum (Apóstola dos Apóstolos), ou, ainda mais explicitamente, «O Primeiro Apóstolo».

A razão porque Jesus optou por aparecer primeiro, na sua imagem de ressuscitado, a uma mulher foi sempre um espinho (n.t.bem grande) no flanco dos teólogos e eruditos. Talvez a explicação mais original surgisse na Idade Média, quando foi seriamente sugerido que a maneira mais rápida de espalhar a notícia era contá-la a uma mulher. Atualmente, é geralmente aceito pelos estudiosos que as mulheres desempenharam um papel muito maior e mais ativo no movimento de Cristo, tanto durante a sua vida como mais tarde, quando o movimento se divulgou entre os pagãos, do que tem sido geralmente admitido pela Igreja.

Foi apenas quando a Igreja se tornou uma instituição formalizada – sob a influência de S. Paulo – que o papel das mulheres foi minimizado. E o processo foi também retrospectivo. Por outras palavras, embora as mulheres não tivessem sido figuras menores do drama cristão original, Paulo e os seus homens de confiança (e a igreja de Roma) asseguraram-se de que elas fossem marginalizadas ao longo da história.


A “santa” igreja de Roma tem um medo terrível da parte FEMININA da divindade …

É verdade que a impressão, transmitida apenas pelos Evangelhos, é a de que os discípulos de Jesus eram, de fato, todos homens. Apenas uma única referência do Evangelho de Lucas menciona mulheres que acompanhavam Jesus. Isto pode causar confusão quando, mais tarde, parece que surgem mulheres vindas não se sabe de onde para ocupar o lugar central, em redor da cruz. A julgar pela cavaleiresca marginalização das mulheres nos relatos, em geral, é intrigante a razão por que, abruptamente, elas são o centro da atenção.

Seria porque todos os discípulos de Jesus o tivessem, de fato, abandonado? As mulheres ficaram na história, neste ponto crucial. apenas porque foram os únicos amigos que se mantiveram fiéis? Os evangelistas talvez tivessem de registar o papel das mulheres na Crucificação, simplesmente porque elas foram as suas únicas testemunhas, e é do seu testemunho que toda a história depende. Significativamente, o testemunho das mulheres não era admitido nos tribunais judaicos dessa época, assim, a sua palavra sobre qualquer coisa não era considerada importante.

Entre as muitas implicações desta questão, está a de que a história de Maria Madalena ser a primeira a encontrar Jesus ressuscitado devia ter tido alguma base de fato real. É altamente improvável que uma história que se baseia fundamentalmente na palavra de uma mulher tenha sido inventada.

Exemplos notáveis de lealdade e de coragem, por se manterem junto de um criminoso condenado, estas mulheres são dignas de aplauso. Mas uma, em particular, paira acima das outras: Maria Madalena. A sua importância é sugerida pelo fato, quase sem exceção, de que o seu nome é o primeiro sempre que se apresenta uma relação das discípulas de Jesus. Mesmo que alguns católicos atuais sugiram que isso se devia ao fato de ela ser a líder das discípulas. Numa sociedade tão rigidamente convencional e hierárquica, esta honra não era menor nem acidental: Madalena é a primeira, mesmo quando referida por aqueles que não têm qualquer consideração pelo lugar de nenhuma mulher do movimento de Jesus e especialmente qualquer amor por esta mulher, em particular.

Era ela, como vimos, que «cuidava» de Jesus e dos seus discípulos. Isto foi sempre explicado pela ideia de que ela era uma espécie de serva dedicada, constantemente prosternada ante os homens, muito mais importantes, do grupo. Mas os fatos são muito diferentes: não há dúvida de que as palavras originais usadas significam «sustentava» os outros, e «da sua substância» significa «com as suas posses MATERIAIS». Na opinião de muitos eruditos, Maria Madalena – talvez como as outras mulheres do movimento de Jesus – não era uma pessoa dependente e pobre, mas uma mulher de recursos materiais independente que sustentava materialmente Jesus e os outros homens. Embora a narração bíblica também use estas palavras em relação a outras mulheres apoiantes, é ela, como vimos, que está em primeiro lugar.

Maria Madalena é definitiva e deliberadamente separada das outras mulheres pelo seu próprio nome. Todas as outras mulheres, cujo nome é mencionado nos Evangelhos Canônicos, são definidas pela sua relação com um homem, como «esposa de…» ou «mãe de…». Apenas esta Maria tem o que se pode considerar um nome completo, embora o seu significado exato seja discutido mais tarde. Contudo, esta figura poderosa e importante mantém-se curiosamente enigmática.


Nesta reprodução da crucificação, uma mulher ruiva abraça a cruz …

Após o elogio, um tanto indireto, que os Evangelhos lhe dispensam, quando ela parece ter sido a escolhida, ela não volta a ser mencionada – nem nos Atos dos Apóstolos, nem nos textos de Paulo (nem na sua descrição da descoberta do túmulo vazio), nem nas epístolas de Pedro. Isto podia parecer ser um outro mistério, destinado a ser muito discutido, mas nunca desvendado – até consultarmos os textos conhecidos por Evangelhos Gnósticos, onde o quadro é subitamente clarificado, até um ponto espantoso.

Estes documentos – dos quais existem mais de cinquenta – foram descobertos em 1945, em Nag Hammadi, no Egito, e são uma coletânea de primitivos textos cristãos gnósticos; os originais de alguns dos textos são reconhecidos como datando aproximadamente da mesma época dos Evangelhos Canônicos. São textos que foram declarados «heréticos» pela Igreja primitiva e, portanto, foram sistematicamente reunidos e destruídos, como se contivessem algum grande segredo que fosse potencialmente perigoso para a instituição emergente.

O que muitos destes textos proclamam é a primazia de Maria Madalena: um deles é mesmo chamado de “O Evangelho de Maria”. A Maria deste Evangelho não é a Virgem, a mão de Jesus, mas sim o Evangelho de Maria Madalena. Talvez não seja por coincidência que os quatro Evangelhos do Novo Testamento (n.t. aceitos pela “santa” igreja de Roma) a marginalizem efetivamente, ao passo que os textos considerados «heréticos» realcem a sua importância. Seria possível que o Novo Testamento fosse, de fato, uma forma de propaganda, em nome do partido anti-Madalena?

Apesar de discutirmos os Evangelhos gnósticos com muito mais pormenores, num capítulo posterior, os seguintes pontos são de importância imediata. A história do Novo Testamento, como vimos, sugere, com relutância, que ela teve um papel importante no movimento de Jesus, mas os Evangelhos gnósticos proclamam e confirmam abertamente a sua primazia. Além disso, esta posição superior não se limita apenas ao seu lugar entre as outras mulheres – ela é literalmente Apóstola dos Apóstolos e, por conseguinte, reconhecida como subordinada apenas a Jesus Cristo, com categoria superior aos discípulos, tanto masculinos como femininos. Ela foi efetivamente, segundo parece, a ponte entre Jesus e todos os outros discípulos, e foi ela que interpretou as suas palavras em benefício deles. Nestes textos, não foi Pedro (n.t. de novo como atestam as escrituras “oficiais” aceitas por Roma) o escolhido de Jesus para seu lugar-tenente, mas Maria Madalena.

Foi ela, segundo o Evangelho gnóstico de Maria, que reagrupou os discípulos desanimados, depois da Crucificação, e lhes incutiu alguma coragem quando eles estavam preparados para desistir e regressar às suas casas, depois da aparente perda do seu carismático líder. Ela desfez todas as dúvidas, não apenas com amor mas também com inteligência, e conseguiu encorajá-los a tornarem-se verdadeiros e devotos apóstolos. Isto não devia ter sido fácil, porque não só teve – presumivelmente – de enfrentar o sexismo predominante da sua época e cultura mas também teve de lutar contra um poderoso antagonista pessoal: Pedro, o Grande Pescador da lenda, o mártir e o “fundador da santa” Igreja Católica romana.

Ele, Pedro, alegam repetidamente os Evangelhos gnósticos, odiava-a e receava-a. embora, quando o seu mestre estava vivo, ele apenas pudesse protestar, em vão, contra o grau da sua influência. Vários destes textos narram discussões acaloradas entre Pedro e Maria, com o primeiro a perguntar a Jesus porque prefere, aparentemente a companhia daquela mulher. Como diz Maria Madalena, noutro Evangelho gnóstico, o Pistis Sophia: «Pedro faz-me hesitar; tenho medo dele, porque ele odeia a raça feminina.»


Estes textos religiosos (ou gnósticos) propõe interpretações e rituais cristãos que são diferentes daqueles oficializados em 325 AC, durante o Concílio de Nicéia, e que foram imediatamente rejeitados como heréticos. É por isso que eles foram reunidos, protegidos e escondidos pelas chamadas comunidades cristãs primitivas. Gnosis significa conhecimento.

E no Evangelho gnóstico de Tomás, encontramos Pedro dizendo: «Deixem Maria ir-se embora, porque as mulheres não são dignas de viver.» Há alguma coisa mais nos relatos gnósticos que os torna explosivos no que diz respeito à Igreja de Roma. O quadro que eles pintam da relação de Maria e Jesus não é apenas o de mestre e aluno, nem o de guru e discípulo favorito. Eles são representados – muitas vezes, de forma viva – como estando em termos mais íntimos. Vejamos, por exemplo, o que diz o Evangelho gnóstico de Filipe:


“Mas Cristo amava-a mais do que a todos os seus discípulos e costumava beijá-la, por vezes, na boca. O resto dos discípulos sentiu-se ofendido por isso e exprimiram desaprovação. Perguntaram-lhe: «Porque a amas mais do que a todos nós?». O Salvador respondeu-lhes: «Por que não vos amo como a amo a ela?»

No mesmo Evangelho gnóstico, lemos a frase aparentemente inócua: «Havia três que acompanhavam sempre ao Senhor: Maria, sua mãe, sua irmã e Madalena, que é chamada a sua companheira. A sua irmã, a sua mãe e a sua companheira, todas se chamam Maria. E a companheira do Salvador é Maria Madalena.» Enquanto, hoje, a palavra «companheiro» sugere camarada, colega ou amigo, num sentido puramente platônico, a palavra grega original significava, de fato, «consorte» ou parceiro sexual…


{n.t. Biblioteca de Nag Hammadi: é uma coleção de textos gnósticos do cristianismo primitivo (período que vai da fundação até o Primeiro Concílio de Niceia em 325 d.C. que cria a igreja católica de Roma) descoberta na região do Alto Egito, perto da cidade de Nag Hammadi em 1945. Naquele ano, um camponês local chamado Mohammed Ali Samman encontrou uma jarra selada enterrada que continha treze códices de papiro embrulhados em couro. Os códices contêm textos sobre cinquenta e dois tratados majoritariamente gnósticos, além de incluírem também três trabalhos pertencentes ao Corpus Hermeticum e tradução/alteração parcial da A República de Platão. Na introdução de sua obra The Nag Hammadi Library in English, James M. Robinson sugere que estes códices podem ter pertencido ao monastério de São Pacômio localizado nas redondezas e que tenham sido enterrados após o bispo Atanásio de Alexandria ter condenado o uso não crítico de versões não canônicas dos testamentos em sua Carta Festiva de 367 d.C., após o Concílio de Niceia, por monges que teriam tomado os livros proibidos e os escondido em potes de barro na base de um penhasco chamado Djebel El-Tarif. Ali ficaram esquecidos e protegidos por mais de 1500 anos. Os textos nos códices estão escritos em copta, embora todos os trabalhos sejam traduções do grego. O mais conhecido trabalho é provavelmente o Evangelho de Tomé, cujo único texto completo está na Biblioteca de Nag Hammadi. Atualmente, todos os códices estão preservados no Museu Copta no Cairo, Egito.}

Ou os Evangelhos canônicos foram incluídos no Novo Testamento porque eles, e apenas eles, são a “verdadeira” palavra de Deus – ou os Evangelhos Gnósticos contêm, no mínimo, informação tão válida (verdadeira) como a de Mateus, Marcos, Lucas e João. O equilíbrio de probabilidade (e a verdade) inclina-se a favor dos Evangelhos gnósticos terem tanto direito ao nosso respeito como os do Novo Testamento.

Continua …

Links partes anteriores:
http://thoth3126.com.br/o-codigo-secreto-de-leonardo-da-vinci/
http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-02a-no-mundo-secreto/
http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-02b-no-mundo-secreto/

Permitida a reprodução desde que mencione as fontes e respeite a formatação original.

www.thoth3126.com.br

Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Assepsia de energias inferiores.

Gaia Portal - 01.12.2014

Através de Éire Port 

Tradução: Candido Pedro Jorge

 

"Assepsia"de energias inferiores em andamento.

Hu-seresque abrigam tais energias sentem sua neutralização e prepararam-se para seuegresso.

SeresSuperiores de Gaia atendem ao chamado para toda a Humanidade, na medida em queidentificações são previstas.

Sensaçõesem todos os corpos dimensionais aumentam e aqueles estimulados auxiliam natransmutação.

Váriaslinhas de tempo foram seladas... apenas a linha do tempo de Gaia Superior permanece.

Participantes"casuais" nas energias mais baixas tornam-se casualidades.

Todosos participantes em Gaia agora estão totalmente protegidos, na medida em quereconhecem uma Visão Superior.




Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Uma breve atualização nas energias. - Aisha North

Os Companheiros Constantes 

 02.12.2014

Através de Aisha North


Mais uma vez o tempo parece ter aceleradoe, com razão, pois agora as coisas que realmente foram colocadas em movimento terãoum efeito muito abrangente.

Como já mencionado, os eventos da semanapassada, de fato, colocaram em prática um novo conjunto de coordenadas paraesta gigantesca "máquina" e, como tal, somos capazes de avançar numavelocidade muito maior, de forma que, estes eventos continuem a se desdobrar emformas e em números que possam pegar alguns de vocês de surpresa.

Como vê, agora não há mais razão paraqualquer um sentar e esperar pelos retardatários. Agora, muita coisa foicolocada em movimento, que certamente servirá para levar a maioria junto em suaesteira.

Vamos explicar. Como já deve saber,existe uma coisa chamada massa crítica e, neste enorme esforço tem havidovárias instâncias desta que já ocorreram, de forma que o que aconteceu ao longodo último par de semanas, exercerá um efeito mais visível sobre si.

Lembre-se de que este é realmente umprocesso que já se arrasta por um longo tempo, se estendendo por muito mais doque uma única de suas vidas e, como tal, a instância de atingir massa críticatem sido de fato um evento recorrente.

No entanto, aquilo que ocorreurecentemente, ajudará a impulsionar a todos rumo ao "destino final",se é que podemos assim chamá-lo, na velocidade adequada.

E assim, pedimos a todos que prestemmuita atenção ao que vai chegar dentro de sua esfera privada nestes próximosdias, para os sinais que serão muitos, onde todos serão chamados à ação de umamaneira ou de outra.

Lembre-se de que este é um enorme esforçocoletivo, todavia composto por uma miríade de casos singulares, realizados individualmente e, como tal, nosatrevemos a imaginar que todos se sentirão como se todas suas tarefas começassema adquirir uma velocidade elevada, se acelerando cada vez mais.

Estão desempenhando um papel vital nestejogo, não importando o quanto claramente a imagem que tenham em mente em determinadomomento. Lembrem-se de que seriam duramente pressionados para sequer começar aentender apenas uma pequena parte do que estão realmente fazendo nestes dias -ou, para muitos - noites.

De qualquer maneira, realmente é importanteque tente estar atento a quaisquer sinais que possam estar vindo em sua direção,lembrando-se que esses sinais podem vir de várias maneiras e por vários canais.Poderão vir de um encontro acidental ou de sentir o desejo de estar num lugar enum momento específico, ou talvez tropeçar num livro ou outro tipo deinformação escrita que possa já estar familiarizado, mas que mostrará umsignificado totalmente novo nesse ínterim.

Como vê, todos possuem suas tarefas nestecontexto, grandes e pequenas, embora a única coisa que os una seja o seguinte: Raramente será solicitado a manter as suasdescobertas apenas para si mesmo.

Em outras palavras, agora chegou omomento de ficar alerta, para qualquer coisa que sinta ser de importância paraos outros, de uma forma ou de outra. Por isso não deixe qualquer oportunidadeque surja ir para o lixo, ao se encontrar na presença de algum tipo deinformação que sinta ser vital para compartilhar, mesmo que ainda não possa definiros meios ou mesmo as maneiras de como utilizar esse trecho de informação quetenha obtido e compreendido.

Mais uma vez, esta estrutura complicada sejuntará em peça por peça e, mesmo que algumas dessas partes pareçam ter poucovalor, podem realmente ser algo de valor inestimável que esteja faltando paraalguém, aquele único rebite, a fim de completar a sua própria parte destaintrincada estrutura.

Então,novamente dizemos para mantenha sua sagacidade e não deixe que a chance dedescobrir algo fora do comum em todos os momentos ordinários, que esperam porvocê serem jogados no lixo. Agora, haverá pepitas de ouro espalhadas por todosos lugares, para que todos, de alguma maneira comecem a descobrir alguns, dosaté então "tesouros perdidos" que tenham mantido consigo, por eras,esperando a oportunidade certa para emergirem.

Lembre-se deque estas "pepitas de ouro" poderão aparecer quando menos esperar e das fontes mais improváveis. O fato é que todaesta informação que já carrega consigo, em muitos casos será desencadeada poralgo que virá de fora.

Em outras palavras, será algo como umacaça ao tesouro, onde estarão sendo enviadas para o mundo - ou em sua vidadiária - para caçar pistas em seu entorno, pistas que agitarão o seu próprioser interior, numa forma de ação que começará a tomar cada vez mais o seu foco.

Todos estão sendo literalmente treinadospara se tornarem parte integrante de um coletivo. Por isso, esta é também uma maneira de levá-losum pouco para fora da "zona de conforto interno" e enviá-los para omundo, para interagir com pessoas e lugares um modo muito novo e, por isso,mais uma vez, permitir a todos agirem como uma rede neural, global - ou talvezdevêssemos dizer Universal – seus cérebros.

Já não são mais ilhas solitárias,flutuando num mar em silêncio. Agora são mais, algo como cruzamentos movimentados,captando informações transmitidas, que passam por perto e longe, como um hub, numarede de longo alcance de rodovias interligadas de informações galácticas.

Dessa forma, mantenha seus olhos,ouvidos, coração e mentes abertas, de modo a não perder nada que estejaacontecendo, vindo do interior ou exterior e lembrando-se também, que não épreciso dizer que o que esteja ouvindo não seja uma distribuição de ruídos semsentido, que ainda estejam sendo emitidos, a fim de tentar desorienta-lo.

Não, ao que estamos nos referindo, é umaforma inteligente de comunicação, que agora está começando a tomar literalmente, mais espaço, seja  interior ou exterior, em que mais uma vez, serápreciso uma mente focada para ser capaz de perceber estes sinais, na medida emque eles ainda sejam passíveis de serem abafados por todas as "interferências"de estações que ainda estejam ativas, especialmente em algumas partes do mundo.

Então, mantenha o foco, com uma menteaberta, realmente inquisitiva, curiosa e brincalhona. Como já dissemos anteriormente,nesta fase, a melhor aposta pode se tornar como se fosse novamente uma criança,aquela que se aproxima de seu mundo com admiração e reverência.

Aborde esse fato pelo melhor ângulo, o dacuriosidade positiva, desenfreada por quaisquer formas pré-programadas decomportamento ou pensamento e, assim, isto é exatamente o que pedimos para quefaça: ser curioso e inquisidor, de uma maneira que traga alegria, não de umaforma que sirva para levá-lo a pensar que este seja um fardo para si.

Trata-se da criação do novo, a partir deum lugar de alegria e de maravilhas para, quando se abrir para isso, aqui,haverá este maravilhoso fluxo de informação iluminado, sem fim, vindo em suadireção. E para cada peça que descobrir, será conduzido a uma próxima, de umamaneira que só possa ser descrita como um caminho pleno de alegria, deredescoberta e redefinição – não só sua, mas também do mundo em que vive, onde,além disso, irá finalmente começar a ver tudo ao seu redor numa  Luz muito nova e de uma maneira muito literal.

Uma caça ao tesouro que servirá paraabrir muita coisa dentro de si, portas que serão novamente abertas para quetambém possa entrar em salas que teve que deixar para trás a um longo tempoatrás, mas que agora, estão mais uma vez abertas e à espera de caçadores detesouros para encontrá-los.

Tesouros que estiveram procurando, nãoaqueles quantificados por dinheiro ou qualquer outra forma de riqueza. Não, estessão os verdadeiros tesouros, aqueles que não têm preço, pois simplesmente sãomuitos valiosos, sendo mais do que qualquer coisa magnífica que todo o dinheiroem seu mundo jamais possa comprar.

E é isso que está começando a encontraragora, onde temos o prazer de ver a encontrá-los. E assim, nos atrevemos aimaginar que terão muitas ocasiões para celebrarem os próximos tempos, nãoimportando em qual lado do véu alguém esteja em determinado momento. Porenquanto, as portas estão abertas como, assim também suas mentes e a combinaçãodos dois trarão maravilhas para todos nós.




Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

As Crianças do Novo Milênio.

As Crianças do Novo Milênio

Posted by Thoth3126 on 03/12/2014




Essas crianças, que ficarão adultas nesse primeiro século do novo milênio, trazem uma dádiva especial para o mundo — um nível de amor, lembrança e conhecimento da Fonte anteriormente impossível. Elas são a próxima leva de instrutores para o planeta.

São seres de luz muito evoluídos que vieram servir alegremente à humanidade. São o seu futuro. Irão levá-los para o lindo mundo novo que espera por vocês se vocês simplesmente permitirem serem ajudados.

Edição e Imagens: Thoth3126@gmail.com

The Galactic Foundation – Carolyn Holtgrewe, 5929 Murray Road, Whitehall, MI 49461 – Fone (616) 893-5929 choltgrewe@aol.com

Sananda e as Crianças, através de Carolyn Holtgrewe

Avaliação de Cristo (Sananda)

Oh, meus amados! Vim a vocês cheio de alegria, pois muito esperei por esta oportunidade de falar sobre um assunto tão próximo de meu coração. Por fim o tempo divino está à mão quando eu posso mais livremente discursar sobre as crianças, as belas crianças que estão começando a agraciar seu planeta com a sua presença.

Começarei, contudo, recordando-lhes que nada sobre o plano terrestre jamais foi estático, todos os reinos estão em estado de transformação. As próprias células, átomos e moléculas que compreendem as várias formas de vida estão em processo de transformação, de mutação. Estão se tornando átomos de luz, que vibram a uma freqüência muito mais alta que aquela à qual vocês estão acostumados. O que era um processo de evolução muito longo e lento subitamente se acelerou (n.t.começou em 1987 e termina em 2032), causando grande impacto em tudo sobre o planeta — o que obviamente inclui vocês.



Para os adultos, as vibrações mais pesadas da matéria sob as quais passaram seus anos de crescimento estão dando lugar a um nível de vibração mais alto, mais leve, mais refinado. Isso, é claro, exerceu um impacto significativo sobre a natureza das crianças que começaram a encarnar na década de 1990 em diante. (n.t.- Após a entrada do planeta no Cinturão de Fótons e do início da Convergência Harmônica em 1987)

Sobre o Cinturão de Fótons ver mais em:
http://thoth3126.com.br/2012-o-cinturao-de-fotons-e-as-pleiades/

Essas crianças, que ficarão adultas nesse novo século XXI, trazem uma dádiva especial para o mundo — um nível de amor, lembrança e conhecimento da Fonte anteriormente impossível. Elas são a próxima leva de instrutores para o planeta. São seres de luz muito evoluídos que vieram servir alegremente à humanidade. São o seu futuro. Irão levá-los para o lindo mundo novo que espera por vocês se vocês simplesmente permitirem serem ajudados.

Não as force a se enquadrarem nos velhos moldes. Eles chegaram com novas marcas, de nível superior, para a humanidade codificadas dentro de seu ser. Percebam que a vida é eterna e cíclica. Muitas dessas crianças tiveram longas histórias de encarnações neste planeta. Muitas outras tiveram apenas umas poucas, mas mesmo que sejam mais novas e o número de suas encarnações seja menor, elas carregam em seu interior grande sabedoria espiritual e são ou vão ser pais lembrem-se de que seus filhos não são vocês.

Em outros níveis do seu ser (os níveis mais importantes) vocês estabeleceram acordos com eles para permitir-lhes vir através de vocês para a experiência do plano terrestre. Repito: eles vieram através de vocês mas não são vocês. Cada um deles é único e vem com sua própria personalidade, talentos e pensamentos. Não espere que eles vivam seus sonhos, pois eles têm os deles próprios.

Muitas dessa crianças nascidas agora e no seu futuro irão confundir e exasperar os mais velhos porque vieram para cá agora com missões definidas. Embora elas retenham mais de seu conhecimento, elas ainda estão de algum modo disfarçadas. Passa a ser sua tarefa amá-las incondicionalmente, sustentá-las e encorajá-las em suas explorações e ajudá-las a descobrir seu propósito de estarem aqui, suas missões e exercerem os papéis apropriados para elas. Esses seres definitivamente não viverão somente em busca de pão! (N.T. – … e de mais circo, como os seus pais e avós…)



Crianças de Energia Superior

Muitas dessas crianças serão altamente energéticas e excitáveis, pois trazem sistemas neurológicos diferentes em seus corpos. Elas exigirão muito amor e compreensão por parte de suas famílias e das comunidades. Essas crianças podem parecer ser desajustadas da sociedade, e de certo modo o são (lembra do pão e circo…), porque elas anunciam a chegada da sétima raça (RAIZ) original, a raça índigo a seu planeta. Elas são as precursoras de seres de dimensões ainda superiores que virão.

Essas crianças poderão bem declarar verdades espirituais numa idade precoce e exibir uma compreensão do mundo além de sua idade cronológica. Muitos também irão exibir a tendência a querer evitar a companhia de outros para poderem ficar sozinhos com seus pensamentos.

Vocês acharão que eles precisam de uma certa quantidade de tempo sozinhos para se reabastecerem. Se não conseguem isso naturalmente, como fato lógico, eles bem podem agir de modo que vocês se vejam forçados a dar isso a eles por meios que vocês chamam de intervalos.

Enquanto pais, seria conveniente que vocês ampliassem seus horizontes com alguns estudos metafísicos. Seria desejável iniciar momentos de meditação familiar com música suave e calma como fundo e que cada um possa compartilhar em comunhão espiritual juntos. Mesmo crianças pequenas podem aprender a centrar-se. Preces simples e velas acesas também podem ajudar a trazer um sentimento do sagrado para o lar.



Criem uma pequena cerimônia que permita que cada membro da família participe de algum modo. Além disso, as crianças sabem que existem anjos em volta, em seu ambiente. Encorajem essas conexões. Permitam que o reino angélico participe desses momentos miraculosos no plano terrestre. Eles escolheram o serviço de guiar a humanidade — crianças e adultos.

Experienciar o momento de sonhos

Dêem ouvidos a seus filhos quando eles manifestarem o desejo de compartilhar as suas experiências oníricas com os seus sonhos. Contrariamente à opinião popular, os sonhos são muito, muito importantes. O tempo em que se sonha é quando a alma pode comunicar-se diretamente com a personalidade sem a intervenção do ego humano temporário (aquele que veio do pó e voltará a ser poeira novamente).

Muita informação é transmitida sobre a natureza da experiência no plano terrestre que afeta a sobrevivência dos seres encarnados. Aqui (nos sonhos) também se ensina lições importantes e se fornece chaves para resolver vários problemas pessoais gerados pela vida no plano terrestre.

No estado de sonho, são apresentadas cenas antecipadas de acontecimentos que estão por vir, o que dá a oportunidade de testar diferentes papéis de um modo não ameaçador. De tempos em tempos seus filhos podem relatar sentimentos distintos porém enigmáticos de “estar ali, fazer aquilo” conforme um acontecimento se desenrola no plano físico. Isso é conhecido como “déja vu”, quando a memória de alguma coisa experienciada em outros níveis é primeiramente conduzida para a mente consciente e esse acontecimento aciona a memória.



Embora essa seja realmente uma ocorrência bastante comum, por outro lado ela pode ser um tanto espantosa quando a pessoa está se movendo através da experiência no nível físico. Os sonhos trazem mensagens da alma e neles os símbolos abstratos prevalecem sobre as palavras e a linguagem linear e lógica. Portanto, convém que mesmo as crianças aprendam essa linguagem de modo a poderem aproveitar a orientação dada em seus sonhos.

A Natureza (GAIA)

Encoragem os seus filhos a apreciarem e respeitar a natureza, a sentir a terra, a observar as plantas e animais em seu ciclo através das estações. Ensinem-nos a amar e respeitar seus animais de estimação. Se possível, levem-nos à praia, às montanhas, florestas, riachos, rios e às planícies. Permitam que eles vejam diretamente a grandeza do planeta. Pergunte a eles o que eles estão vendo e sentindo e talvez mesmo ouvindo, pois eles não irão ver, ouvir ou sentir como vocês.

O respeito e reverência à Mãe Terra/GAIA deve ser incentivado.

Deem ouvidos a eles. Eles são sábios. Eles sabem que as finalidades dos órgãos sensoriais estão se tornando múltiplas. Eles podem tocar um objeto colorido e não apenas senti-lo e vê-lo, mas também ouvir o som da cor. Permitam que eles os ensinem de modo que vocês possam compartilhar de seu encanto. Talvez vocês também despertem seus sentidos.

Aparições

Saibam também que com a mescla dos planos astrais inferiores com o plano físico, seus filhos podem ver figuras, formas e outras aparições passando através de seus campos de energia ou de outra maneira povoando o ambiente em que se encontram. As crianças são mais propensas a ver isso do que seus pais porque têm menos noções pré-concebidas sobre o que é ou não permitido para elas verem.

Essas visões durante a vigília são válidas e podem ser divertidas ou assustadoras. Para aqueles que têm essas visões, isso é um sinal de clarividência, e sábio é o pai E A MÃE que não rejeita jocosamente essas experiências de seus filhos. Encorajem seus filhos a falar sobre essas experiências e riam com eles ou compadeçam-se com eles, mas permitam que eles manifestem essas visões. Trabalhem com seus filhos para passar essas entidades para as mãos orientadoras das forças angelicais, que em troca os conduzirão a seus lugares apropriados em outros planos de existência.



Cristo com doze anos espantou os “eruditos” (pretensos sábios, que também eram pais e avós) no Templo de Jerusalém, homens que apesar de todo o seu “pseudo-conhecimento e erudição na lei mosaica” (e hoje eles são em maior número ainda) o pregaram na cruz mais tarde por não entenderem a sua mensagem DE AMOR..

Recursos da Comunidade

É bem possível que haja outros comportamentos que os surpreenderão e os confundirão. Não sejam muito precipitados em suas avaliações, pois seus filhos não são loucos. Eles não precisam ser levados a visitar algum psiquiatra que desejará enchê-los de misturas químicas inapropriadas como meio de controlá-los. Os doutores não entendem nada, e seus tratamentos são orientados por paradigmas do passado. Se vocês, de alguma maneira, ficam confusos sobre como cuidar dessas crianças e do seu crescimento, procurem orientação apropriada daqueles que compreendem princípios metafísicos e espirituais e a transmutação da energia.

Existe grande quantidade de instrutores para ajudar em todas essas áreas em seu planeta. Eles estiveram em treinamento por anos para poder ajudar aqueles que necessitam nestes tempos de grandes mudanças. É esse o serviço que escolheram, portanto beneficiem-se de sua sabedoria e orientação.

Meus queridos, trouxe-me grande alegria trazer-lhes essa mensagem e eu lhes digo que dêem a seus filhos sua máxima atenção. Eles os ensinarão muito e vocês são abençoados por eles. Amem-nos incondicionalmente. Abençoem-nos vigorosamente. Tratem-nos com grande carinho, pois eles são seus instrutores. Eles vêm para cá com muito amor para compartilhar, e vêm com paz, harmonia, tolerância e alegria em seus corações.

Sim, meus amados, ouçam bem, pois eles trazem lições de sabedoria para vocês. Agora eu me retiro e deixo que as crianças falem por si mesmas. Obrigado por permitirem este compartilhar. Adonai, Sananda.

Cristo está em e com as crianças de todo o Mundo.



Mensagem das Crianças

Trazemo-lhes muitas saudações neste tempo divino. Estamos muito excitadas por sermos capazes de apresentar nossa mensagem a vocês. Estamos explodindo de felicidade e expectativa enquanto nos preparamos para dar nossas voltas sobre o plano terrestre. Somos seus seres futuros que vêm para encontrá-los neste momento agora. Viemos com o poder de completar a mudança do planeta Terra se vocês simplesmente quiserem nos dar crédito, se vocês quiserem simplesmente nos amar e confiar em nós o suficiente para que os levemos para fora do desnorteamento da ilusão que obscurece este planeta. Não está escrito que “uma criança os conduzirá”?

Essa criança Santa, Jesus, veio e partiu de seu plano terrestre mas ele nos abençoou e nos fortaleceu para prosseguir na missão planetária da ascensão coletiva. Embora tenhamos vindo como bebês, nós somos os seus mestres e estamos muito ávidos por nossas encarnações. É claro, muitos de nós já estamos aqui em seu meio, mas vocês não nos conhecem, pois nós não estamos ainda presentes em número suficiente para merecer sua atenção. Neste momento nós representamos para vocês mais uma anomalia do que a norma. Mas isso irá mudar.


Krishna (sua pele era azul… Indigo) quando bebe deu muito trabalho à sua Mãe Yashoda

Nós somos a Unicidade, portanto, do ponto-de-vista do coletivo nós somos como que um, mas a fim de servi-los melhor e a um nível mais pessoal, nós nos projetaremos para fora como fragmentos (A segunda vinda de Cristo/Krishna é COLETIVA ) da Unicidade no mundo mortal de espaço e tempo enquanto encarnações individuais. Esse é o modo como melhor podemos servir nos muitos lugares em que se necessita de nós.

Lembrem-se também que enquanto mestre nós viemos com aspectos diversificados — ricos, pobres, saudáveis ou com vários graus de diferenciações físicas. Isso não é para enganar vocês, mas nós pedimos que não nos julguem por nossas aparências exteriores. Nós escolhemos cuidadosamente nossos papéis para ajudá-los a elevar suas vibrações para penetrar no paradigma do novo milênio. Sabemos que todos vocês, servidores da luz que têm servido tão incansavelmente por tão longo tempo e com tanta dedicação, estão exaustos e anseiam voltar para casa.



Quando seu serviço estiver completo, chamem-nos e nós estaremos esperando por vocês no portal entre os mundos. Não deixem extinguir suas tochas quando passarem deste mundo para o seguinte, pois nós estamos prontos para aceitar suas tochas de luz.

Passem suas tochas para nós e iremos prosseguir com a missão. Orgulhosamente elevaremo-nas para o alto enquanto trazemos para o plano terrestre a luz de nosso amado Criador e a chama da liberdade que queima eternamente dentro da alma humana.

Honramos e amamos vocês imensamente. Abençoamos vocês e lhes oferecemos nossa mais profunda gratidão, pois é através do cumprimento de seus compromissos de serviço que nossas encarnações se tornaram possíveis.

O mundo nos espera! Oferecemo-lhes paz e alegria, queridos irmãos e irmãs, e bênçãos sem limites. Nós somos as crianças do novo milênio….

Mais informações nos links:
http://thoth3126.com.br/prova-de-que-jesus-era-casado-encontrada-em-papiro-antigo/
http://thoth3126.com.br/esta-se-aproximando-a-hora-da-nossa-revelacao/
http://thoth3126.com.br/os-anos-misteriosos-de-jesus/
http://thoth3126.com.br/a-ajuda-de-nossos-irmaos-de-luz/
http://thoth3126.com.br/frota-interestelar-da-federacao-galactica/

Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Seus olhos não são os observadores de sua realidade, eles são os projetores.

Guias Angélicos - 01.12.2014 

Através de Taryn Crimi

 


Hoje gostaríamos de focalizar sua atenção em sua realidade holográfica, aquela que parece ser muito real, pois aparentemente ela fabrica os desafios que vocês encaram e os obstáculos que vocês precisam superar. Agora, isto não é dizer que os obstáculos não existem, mas nós diríamos que eles existem a partir da sua perspectiva mental.




Vocês têm a capacidade de mudar o quadro a qualquer momento que vocês desejarem, só o que vocês precisam fazer é mudar seu foco. Nós gostaríamos de dedicar esta mensagem para aqueles de vocês que estão necessitando de alguma refocalização para que as imagens que surgem em sua frente estejam mais alinhadas com o que vocês desejam ver.




Como nós dissemos muitas vezes, aquele que percebe é o responsável por determinar se qualquer experiência seja vista como positiva ou negativa. Há muitos extremos em sua realidade e vocês são capazes de buscar tanto o positivo como o negativo em qualquer uma e em todas as circunstâncias.




Com certeza é fácil ficar absorvido em suas vidas cotidianas, nas lutas e dificuldades que cada um de vocês enfrenta sem qualquer dúvida. Mas nós gostaríamos de lembrá-los de que vocês não são o corpo em que vocês caminham na Terra, vocês são alma ilimitada que procura se expressar de todos os modos possíveis. Vocês não têm fronteiras ou limitações, somente aquelas que vocês se impõem.




Nós vemos muitos que ficam desapontados em sua busca de criar a vida que eles desejam manifestar; quando eles ficam tão envolvidos com o como seus sonhos serão manifestados que eles não conseguem ver que o obstáculo que temporariamente eles experimentam simplesmente é colocado no caminho para garantir que eles sejam redirigidos para um caminho mais direto e adequado para atingir sua destinação desejada. O obstáculo não é o fim, queridos, ele simplesmente é um desvio para uma rota melhor.




Com muita frequência, muitos estão criando sonhos baseados no que eles consideram que podem realmente manifestar, ao invés do que eles verdadeiramente desejam criar para eles. Essencialmente muitos se encontram planejando muito menos porque eles não ousam sonhar com mais. Nós os lembramos de que só porque ainda não está aí não significa que não está vindo.




Não acreditem em tudo que vocês veem na sua frente, pois é projetado pelos pensamentos e medos que vocês mantêm em sua mente. Alimentem seus sonhos por matar de fome os seus medos. Os dois não podem permanecer no mesmo espaço, pois eles exigem vibrações opostas para se manifestarem.




Vocês precisam focalizar sua atenção firmemente na fé que vocês têm na sua capacidade de criar tudo que desejam criar para que os medos não tenham outra opção além de desaparecer.




É assim que vocês desmantelam as imagens holográficas de medo, pois elas não podem permanecer em seu caminho se vocês mantiverem tão atentamente seu foco no seu resultado desejado que nenhum outro resultado teria possibilidade de se manifestar. Seus medos e preocupações que vocês têm para amanhã não estão aqui no seu agora.




Lembrem-se: não é tarefa sua determinar como seus desejos serão manifestados; vocês apenas precisam focalizar no que vocês desejam criar. Virá se vocês permitirem que venha; precisa vir, pois a vida simplesmente é um espelho refletindo de volta para vocês tudo que vocês projetam nessa tela holográfica que atualmente vocês acreditam que é a sua realidade. Ela é produzida por vocês.




Olhem além dos seus medos e focalizem sua atenção naquilo que vocês querem chamar para vocês. Vocês podem começar agora mesmo a limpar as imagens na “tela” da sua vida que geram medo em vocês enquanto abastecem seus sonhos com sua fé de que vocês podem criar muito mais. Queridos, lembrem-se: é só um sonho, então sonhem com algo grande!




Nós esperamos tê-los servido de alguma forma e que nossa mensagem encontre aqueles de vocês que mais precisam dela.




Em amor e luz,



Nós somos seus Guias Angélicos




Fonte: Angelic Guides


Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Pensamento do Dia, 3 de Dezembro de 2014


Sathya Sai Baba

 


Abrace a tarefa de Sadhana (disciplina espiritual) de agora em diante; essa é a lição que você deve aprender aqui.

Caso contrário, yatra (peregrinação) só leva ao acúmulo de patra (objetos e lembranças).

A devoção é algo doce, suave, refrescante e restaurador.

Ela deve conferir paciência e firmeza.

O devoto não será perturbado se outro é abençoado com mais graça.

O devoto é humilde e aguarda sua vez, sabendo que existe um poder superior que sabe mais e que é justo e imparcial.

À luz desse conhecimento, os devotos comunicarão as suas dificuldades e problemas apenas ao seu Senhor; eles não vão se humilhar falando sobre si próprios e sobre tudo e todos, pois o que pode um homem que é tão indefeso como outro, fazer para aliviar o outro?

Somente aqueles que têm fé irrestrita em Deus e que se dignam a comunicar-se apenas com o Senhor e ninguém mais, é que merecem Amrita (néctar da imortalidade).






Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária