Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Relaxe e aproveite o processo que está se revelando.

SABEDORIA DOS ANJOS 

com Sharon Taphorn

21 de Dezembro de 2014.

Tradução: Regina Drumond 


Não há necessidade de forçar ou apressar as coisas a acontecerem. Tudo está se revelando como deveria, no tempo Divino de Tudo O Que É. Tudo está bem e no tempo e você está exatamente onde precisa estar para realizar os seus objetivos e tarefas, ainda que não possa ver isto agora. Confiar que todas as pessoas e situações adequadas estão no lugar certo, é importante para ajudá-lo a relaxar e a desfrutar da jornada.
Foto: Relax and enjoy the process that is unfoldingThere is no need to hurry, force, or rush for things to happen, everything is unfolding as it should, with the Divine timing of all that Is. Everything is on cue and on time and you are exactly where you need to be to accomplish your goals and tasks, even if you can't see that right now. Trusting that all the right people and situations are in place is important and helps you to relax and enjoy the ride. Take care and be gentle with yourself and others as you are waiting to see the results manifest in your life. Surround yourself with positive and supportive people, situations and environments as much as you can, as this will make all the difference in what you are creating for yourself and your life. If you are not currently feeling you are supported, ask your angels and guides to help you so that you feel stronger, more confident, and surer of yourself as you take each step. You are coming into your own power and it is a beautiful sight to behold as you continue to move forward as the magnificent co-creators that you are. Affirmation: "I am always in the right place at the right time for the manifestation of my plans and intentions. Everything happens for a reason and I am exactly where I need to be as it unfolds."And so it isYou are dearly loved and supported, always, the angels and guidesThank you, Mahalo, Merci, Gracias, Vielen Dank, Grazie, Спасибо, Obrigado, 谢谢, Dank, 謝謝, Chokran,DěkujiUniversal Copyright ©2014 by Sharon Taphorn All rights reserved.Please share articles as long as copyright and contact info are always included and the message is complete and credit is given to the author.www.playingwiththeuniverse.com♥♥♥Cuide-se e seja gentil com você e com os outros, enquanto está esperando ver os resultados se manifestarem em sua vida. Envolva-se com pessoas, situações e ambientes positivos e que lhe tragam  apoio, tanto quanto possa, pois isto fará toda a diferença no que você está criando para si mesmo e a sua vida. Se, atualmente, você não está sentindo que está sendo apoiado, peça aos seus anjos e guias para ajudá-lo, de modo que se sinta mais forte, mais confiante e seguro de si mesmo, enquanto dá cada passo. Você está entrando em seu próprio poder e é um belo espetáculo para ser visto, enquanto você continua a avançar, como o magnífico co-criador que você é.
Afirmação:  “Estou sempre no lugar e na hora certa para a manifestação dos meus planos e intenções. Tudo acontece por uma razão e estou exatamente onde preciso estar, enquanto tudo se revela.”
E assim é.
Você é ternamente amado e apoiado, sempre
 
Os Anjos e Guias
 
Thank you, Mahalo, Merci, Gracias, Vielen Dank, Grazie,Спасибо,Obrigado,谢谢, Dank, 謝謝,Chokran,Děkuji,Kiitos

Direitos Autorais Universais©2014 por Sharon Taphorn

Todos os direitos reservados.

Por favor, compartilhe os artigos, contanto que o autor e as informações de contato sejam sempre incluídos, a mensagem esteja completa e os créditos dados a autora.

http://www. playingwiththeuniverse.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br



Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

GRAÇAS -- Suzanne Lie


GRAÇAS

Por Suzanne Lie PhD

Em 27 de novembro de 2014




Dar graças pela Substância na Mão
Duplicará a Substância Indefinidamente

Pois Felicidade NÃO é obter o que queremos
Mas é querer o que temos.

Sou muito grata por estar em conexão com todos vocês e desejo lhes agradecer por todo seu interesse e apoio maravilhoso enquanto nos mudamos para a realidade expandida que estamos criando Juntos.

Seremos crianças, mas AGORA nós estamos DESPERTOS.



INDO PARA CASA

A criancinha queria ir para Casa, mas ela não sabia o caminho.

Ela podia se lembrar das imagens e sons do Lar e
ela podia se lembrar de seus amigos maravilhosos.

Ela estava sozinha aqui, nesta terra estranha e árida.
Ela queria tanto experimentar tudo que era do Lar

Amor Verdadeiro, Aceitação Completa, Beleza Divina,
e União Total com toda vida.

Aqui ela se sentia separada.
Existiam grandes muros dividindo cada parte da vida.
E tinha um muro menor ao seu redor.

Quando ela veio pela primeira vez para este lugar ela estava com medo.
Ela não entendia essas pessoas estranhas ou seus modos estranhos.

Flores, árvores e animais não conversavam com ela.
E se ela tentava conversar com eles, os outros riam.

Portanto, ela começou a construir um muro ao seu redor.
Com cada risada e pensamento de censura, um novo tijolo era posto.

Ela não podia mais conversar com seus amigos vegetais e animais,
não importava o quanto ela tentasse.

O muro ficou tão pesado e alto que ela mal podia ver o sol
ou sentir a brisa ou enxergar o mundo ao seu redor.

Ela estava sozinha dentro de seu muro, sozinha e com medo.

Um dia, quando o sol ficou invisível e a brisa inexistente,
ela decidiu que era hora do muro vir abaixo.

Mesmo se eles rissem, ela poderia sentir o sol.
Mesmo se eles a censurassem, ela poderia ver as flores.

Então ela começou.

No início, foi muito difícil.
Os tijolos estavam firmemente cimentados e exigia grande esforço
para remover mesmo um.

Entretanto, os tijolos de alguma forma estavam conectados e
quando um era solto os outros ficavam enfraquecidos.
Com a retirada de cada tijolo, o processo tornou-se cada vez mais fácil.

Com o muro ficando menor o sol ficou mais brilhante
e a brisa mais refrescante.

Ela tinha se esquecido de que, afinal de contas, o mundo era bonito.

Ela não tinha percebido que para cada um que ria dela
havia alguém que se preocupava.

Ela não tinha percebido que se ela ignorasse a ridicularização dos outros,
ela poderia então ouvir os vegetais e animais sofregamente respondendo seu chamado.

Quando ela conseguiu a coragem para retirar seu muro,
ela conseguiu a coragem de encarar o que estava por trás dele.

No final, o muro parecia muito pequeno.
Ou talvez ela tivesse crescido.

Parecia que, quando removia cada tijolo,
ela ficava mais alta.

Ela não tinha certeza disso, é claro.
Apenas parecia assim.

Na verdade, ela não tinha certeza de muita coisa.
Ela apenas sabia que sua vida estava melhor.

Ela não sabia o que aconteceria
quando todos os tijolos fossem tirados.

Mas ela sabia que o medo tinha construído o muro
e somente o AMOR poderia removê-lo completamente!






Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Seletividade Energética de Gaia a nível hu-mano, refinada.

Gaia Portal - 19.12.2014 

Atravé de Éire Port 

Tradução: Candido Pedro Jorge

 


SeletividadeEnergética de Gaia, a nível hu-mano, refinada para permitir àqueles que até omomento têm resistido, indicando caminhos alternativos.

Demaisrestantes não cooperativos estão sendo removidos pela Luz.

ErupçõesEnergéticas planetárias serão concretizadas em breve, catalisando"maciças" mudanças.

SeresMatizes são chamados agora, para reconhecer e receberem capacitações econjuntos de habilidades mais elevadas.

Alternativaspara os conceitos do teor desta mensagem não são apoiadas.


Gentileza de: Sementes das Estrelas


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Mãe Maria responde: -É normal ter sintomas desagradáveis na menstruação?

Mãe Maria  - 19.12.2014

 Através de Luciana Attorresi

 

Canal: Perguntei a Maria se era normal ter os sintomas habituaisque as mulheres geralmente sentem na menstruação.

Maria responde: Não é normal, mas a maioria das mulheres acredita quesim, então isso se manifesta na realidade na vida delas.

Você em especial, também acreditou que era possível ter dores de cabeça,cansaço, desconforto. Que o sangue que sai de você é sujo e fedido. Todas essascaracterísticas são desagradáveis, logo a menstruação é algo desagradável, eaí esta a negação de toda uma existência no feminino, por que ofluxo menstrual faz parte somente do feminino.

Existe muito poder que esta sendo negado quando senega uma parte sua. Ao longo de milênios essas crençasforam criadas, pois sabiam do poder dessa negação.

Mas chegou a hora do acolhimento deste poder. Essasdores e esse desconforto são sintomas físicos desse acumulo de poder dofeminino represado dentro de você.

Coloque-o para fora em forma de dança, demovimento, de risadas, espontaneidade, sensualidade e sexo…

Sim, sexo, ele faz parte da realidade de vocês.

A Yoga que você esta praticando traz muitosbenefícios ao corpo. Ame este contraste, pois ele está te dizendo o quedeve fazer. Se ame como um todo, isso é importante minhaquerida. Tome banho de sol, pense em outras coisas…se distraia.

Canal: Fiz mais uma pergunta de outro pequeno problema que tive,sempre relacionado aos órgãos reprodutores

Nota dos Trabalhadores da Luz: Aqui, eu dou uma pausa do quetranscreve o Canal das exatas palavras de minha querida Mãe Maria, com oconsentimento da própria Canal, e edito o trecho marcada abaixo por aspas, paraproteger a intimidade da Canal, porem não tirando o sentido da mensagemque a Divina Maria quis passar para todas às mulheres.

"Aquilo é mais uma característica da força do femininorepresada.

Muitas mulheres retendo o poder feminino e se entregando ao medo epreocupações de serem fieis aos seus companheiros, como também inibindo aquiloque é e sempre foi, ou seja, o poder feminino inerente, não poderia acabar deoutro modo a não ser o corpo responder às emoções. E desde quando é falta de respeito quando se é bonita, sensual e cheiade vitalidade?

Procurem cuidar da aparência, sejam bonitas aos vossos olhos. Parem dese aceitarem de ‘qualquer jeito’.

Isso não faz bem e não há nada honroso nisso.

Usem da lembrança quando tiveram em seus momentos de juventude, que sesentiam sempre bonitas e alegres, e façam disso a vossas metas."

Você é uma mulher, uma representante do feminino na Terra.Sinta-se orgulhosa disso.

Eu sou Maria, me chame sempre que precisar.

Luz e Amor
 

 


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

A Série de Cura, Doença e Saúde -- Jeshua

 Por Jeshua

Através  de Pamela Kribbe

Tradução: Vera Corrêa  

 

Esta canalização foi apresentada ao vivo, no dia 9 de outubro de 2005, em Haaren, Holanda. O texto falado foi ligeiramente modificado para facilitar a leitura.


Queridos amigos,

Eu lhes dou as boas-vindas carinhosamente e lhes envio todo o meu amor. Eu os amo profundamente. Meu amor por vocês não é só de natureza universal, mas também tem um toque pessoal, pois Eu conheci muitos de vocês, quando estive na Terra entre vocês.

Eu sou Jeshua. Eu vivi na Terra como Jesus e estive entre as pessoas para dar testemunho do Amor que está à disposição de todos nós, a partir da Fonte que reside dentro de nós mesmos.

Agora chegou o momento de passar a tocha para vocês. Vocês são as sementes que estão germinando hoje. Este é o significado do renascimento do Cristo. Não sou Eu (aquele homem que viveu uma vez na Terra) que estou pronto para voltar, mas sim o poder universal da energia do Cristo que está nascendo dentro de vocês. Eu estou muito contente de ampará-los neste processo, estando com vocês desta forma.

No começo desta estação, Pamela e Gerrit me perguntaram quais os assuntos que eu gostaria de tratar e Eu lhes disse: “isso não tem importância, Eu só quero estar com eles”.

Quero tocá-los com a minha energia, e isso é o suficiente para mim. Pois a única coisa que conta é que vocês sintam a chama da claridade dentro de si mesmos, a chama da verdade. Esta é a essência da energia de Cristo.

Eu fui um portador precoce dessa chama, mas agora é o momento de vocês carregarem a tocha. É importante que vocês reconheçam internamente quem vocês são. Vocês carregam essa tocha consigo e chegou o momento de mostrá-la para o mundo, pois o mundo está esperando por isso. Esta é uma época de transformação, de grandes mudanças, que mostra muitas faces, tanto de escuridão quanto de luz. O momento está pronto para aqueles que têm um ponto de vista neutro, que podem observar pacificamente as ondas de violência e destruição que poderão aparecer, e que são capazes de estar presentes amorosamente, sem julgamento.

Hoje Eu falarei sobre doença e saúde. Mas lembrem-se: o que me interessa basicamente é permitir que vocês sintam que Eu estou aqui; permitir que vocês sintam que vocês são iguais a mim e que Eu sou igual a vocês. Nós somos um, nós somos os portadores de uma energia de Luz particular e temos trabalhado por muito tempo, durante muitas vidas, para enraizar esta energia e ancorá-la na Terra. Este é o trabalho de vocês. Esta é a sua missão.

Chegou o momento de vocês deixarem de me ver como alguém superior a vocês. Eu sou um irmão e um amigo de vocês, não um mestre que vocês deveriam seguir. Quero envolvê-los com as energias do amor e da verdade. Isto é tudo que eu posso fazer. Agora é a sua vez de sustentar a si mesmos e deixar que a Luz das suas tochas brilhe.

Doença e saúde… é um tema que aparece na vida de todas as pessoas mais cedo ou mais tarde.

Primeiro quero lhes contar uma coisa sobre o fenômeno da doença, sobre o que ela realmente significa.

Todas as doenças têm uma origem espiritual.

Gostaria de lhes explicar isto, fazendo uma distinção entre os diferentes corpos que vocês têm. Além do corpo físico, que é visível a todos vocês, vocês também possuem um corpo emocional, um corpo mental e algo que vocês chamam de corpo espiritual.

A doença começa principalmente no corpo emocional. A partir daí é que certos bloqueios se estabelecem no corpo físico, no nível material. Freqüentemente, as convicções do corpo mental também contribuem para o desenvolvimento de bloqueios emocionais, e conseqüentemente, para a formação da doença. Estou falando de crenças profundamente arraigadas ou hábitos de pensamento. Geralmente, são crenças sobre o que é certo e errado a respeito de si mesmos.

Os julgamentos podem literalmente criar um bloqueio no seu sistema energético emocional. Nesses pontos onde os bloqueios aparecem, onde a energia emocional não pode fluir livremente, uma espécie de energia escura torna-se visível na aura. Esta energia pode se estabelecer no corpo. Não precisa ser assim, obrigatoriamente, pois este processo demora algum tempo e há oportunidades suficientes para que as coisas voltem a se equilibrar emocionalmente, antes que uma doença (física) se apresente.

Portanto, não tenha medo das emoções bloqueadas. Há tempo suficiente para solucionar o estado de desequilíbrio. No entanto, pode ser que, num certo ponto, você não seja capaz de lidar apropriadamente com esses bloqueios, ou nem sequer de senti-los. Pode ser que o bloqueio passe parcialmente despercebido por você e você seja bem inconsciente dele. Se este for o caso, o sintoma físico realmente ajuda-o a entrar em contato com o bloqueio. Desta forma, os sintomas físicos, ou a dor, são a linguagem da alma. A alma anseia por uma comunicação completa entre todas as suas partes. A alma fica feliz quando existe um fluxo livre de energia e uma renovação contínua de todos os seus aspectos. Os bloqueios impedem a energia de fluir livremente e isto deprime a alma.

Assim, a doença funciona como um indicador: ela lhe mostra onde você tem necessidade de cura. Embora a doença pareça negativa, no sentido de que você é incomodado por todo tipo de sintomas e dores, a chave é interpretar a doença como um sinalizador ou indicador. Assim fazendo, fica mais fácil cooperar com a doença, em vez de resistir a ela.

Como a doença freqüentemente representa uma emoção bloqueada que está (parcialmente) fora do alcance da sua visão, nem sempre é fácil entender o que a doença ou o sintoma  representa. Às vezes parece muito difícil descobrir o que a alma está tentando lhe dizer através de uma doença específica. Então, você tem que se voltar para dentro de si mesmo, e se examinar minuciosamente, no sentido de se tornar gradualmente consciente do tipo de energia que se manifesta na doença, do sinal que você recebe dela e do que ela está tentando lhe dizer. 

Freqüentemente esta compreensão é obstruída pelo fato de você estar muito assustado por estar doente. A primeira reação à doença geralmente é de negação ou resistência. Você gostaria que a doença desaparecesse o mais rápido possível, porque ela o assusta. Você tem medo da degeneração, da imperfeição, da falência dos órgãos e finalmente da morte. Esta reação de pânico é lamentável, porque ela o afasta de uma perspectiva mais ampla da doença. Você poderia considerar a doença sob uma nova luz. Você poderia inclusive vivenciá-la como uma mensageira da mudança, como um retorno a algo precioso que você perdeu.

Para compreender a “função sinalizadora” da doença, é muito importante dizer “sim” aos sintomas e dores que se apresentam dentro do seu corpo. Ao dizer “sim”, ao aceitar o estado do seu corpo físico, você terá realmente resolvido metade do problema. O problema aí não é a doença em si, mas aquilo que ela representa, os bloqueios subjacentes a ela. A doença “obriga-o a escutar”, por assim dizer, e força-o a olhar para os bloqueios por trás dela. Ao dizer “sim” para a doença, com o coração e a alma, você já resolve uma parte dos bloqueios, sem mesmo saber precisamente o que a doença quer lhe dizer.

No entanto, “dizer sim” – esta atitude básica de aceitação – não é fácil para nenhum de vocês. Você pode encontrar resistência (emocional e mental) que faz com que continue dizendo “não” – algumas vezes sutilmente e algumas vezes obstinadamente – para aquilo que o seu corpo indica. Freqüentemente, o seu corpo lhe dá pistas específicas. Por exemplo, ele faz você sentir que precisa dar uma parada, desistir de certas tarefas, ser mais gentil consigo mesmo, etc... Embora você ainda não saiba como interpretar sua doença em um nível espiritual, você já pode perceber muitas dessas indicações particulares, com muita freqüência.

Mas se você ignora esta linguagem do corpo e continua resistindo à doença, é muito difícil chegar à essência espiritual e significado da doença. Existe muita raiva e medo envolvendo-a. Você só alcança a verdadeira liberdade interior, olhando de frente para a sua doença, para a sua dor e o seu desconforto, e inclusive para os seus sentimentos de medo e desgosto. Abrace-os e depois pergunte-lhes calmamente: “O que vocês querem me dizer?”

Na sua sociedade não é comum ser íntimo do próprio corpo. Não é considerado natural conversar com o corpo como com um ser que merece amor e respeito. A sua sociedade lhe apresenta muitas imagens ideais de como um corpo deveria ser, do que significa ter saúde e boas condições físicas, e de todos os “pode” e “não pode” em relação a bebidas e comidas. Em resumo, existem todos os tipos de padrões relacionados a como deveria ser uma vida longa e saudável.

Mas todas essas imagens ideais não têm nenhuma relação com o caminho da sua alma. O caminho da alma é sumamente individual. Portanto, lhe é pedida a máxima sintonia individual consigo mesmo, para encontrar a verdade sobre a doença, os sintomas ou as tensões que você carrega consigo. O que lhe é pedido é que você desista de todas as idéias do mundo externo e que procure a sua própria verdade nas profundezas de si mesmo.

Este é um grande desafio para você, pois o medo e o pânico que se apodera de você, em caso de doença, faz com que você facilmente se volte para autoridades fora de si mesmo. Você começa a buscar autoridades externas que possam aconselhá-lo e confortá-lo. Pode ser um médico ou um terapeuta alternativo; isso basicamente não faz nenhuma diferença. A questão é que, no momento em que você tem medo, você desiste da sua própria responsabilidade e a entrega parcialmente a outra pessoa.

É lógico que não há nada de errado em ouvir os conselhos de um especialista e, geralmente, isso é muito sensato. Mas então, é importante levar esse conhecimento para dentro de si mesmo e pesá-lo em seu próprio coração. Pese o valor desse conhecimento. Você é o único chefe, o mestre do seu próprio corpo, da sua própria vida – o único que sabe o que é melhor para o seu próprio corpo. No sentido mais profundo da palavra, você é o criador do seu próprio corpo.

Recuperar a intimidade com seu próprio corpo requer prática, não é algo evidente. Não desista facilmente. Quando estiver enfrentando tensões ou sintomas persistentes, tente examiná-los outra vez. Tire uns instantes para relaxar, e então viaje, com uma consciência neutra, pelos lugares do seu corpo onde os sintomas ou a energia da doença se apresentam. Peça à dor ou à doença para tomar a forma de uma coisa viva imaginária, para que você possa falar com ela. Peça-lhe que apareça como um animal, uma criança ou um ser humano. Ou peça-lhe que se apresente como um guia, qualquer que seja a sua forma. Use a sua imaginação! A imaginação é um instrumento extremamente precioso para descobrir os movimentos mais profundos da sua alma.                      

Se você fizer isto, poderá ficar feliz quando perceber que seu corpo está respondendo com imagens ou sentimentos. Poderá alegrar-se pela recuperação do contato, pela intimidade recobrada. Logo que você perceber que você é o único que pode fazer isto, que não existe nada nem ninguém além de você que seja capaz de cumprir esta tarefa de conhecer o seu corpo profundamente, então você se sentirá autoconfiante outra vez. Esta autoconfiança facilita a percepção do que a doença quer lhe dizer. Ela o impede de pôr de lado as perguntas que você recebe do seu eu interior por causa das idéias mentais ou das idéias de outras pessoas. A intimidade com o corpo é algo extremamente bom, em todas as circunstâncias, mas particularmente quando o corpo apresenta doenças ou sintomas.

O meio para permitir que o seu corpo fale é o amor. Você não vai encorajar a comunicação com o seu corpo repetindo afirmações ou visualizações para si mesmo. Isto ainda é uma forma de esforço ou resistência. A chave é conseguir compreender o significado da parte doente do seu corpo. Se você entender isto, as coisas poderão se transformar e os bloqueios emocionais poderão ser removidos. É assim que funciona o processo da cura. Não lutando contra a doença, de um jeito ou de outro, mas aceitando-a como um amigo que quer lhe mostrar a direção certa. Isto é difícil de entender, porque a doença o assusta e o esgota. No entanto, aceitar a sua doença é o único meio, o único caminho para a Luz. A doença quer levá-lo de volta para o lar.

O propósito da doença é que você obtenha uma compreensão mais profunda e melhor de si mesmo. O resultado pode ser a recuperação física, mas nem sempre funciona assim. Nem sempre a doença desaparece logo que você chega à raiz do bloqueio emocional.

Neste ponto, Eu gostaria de falar umas poucas palavras sobre doenças crônicas e incuráveis (terminais).

No caso de uma doença crônica, existem problemas físicos persistentes que continuam se repetindo. Principalmente em períodos vulneráveis, em que você perde mais ou menos o contato com seu eu interior, os sintomas reaparecem, algumas vezes, inclusive, num grau mais intenso. Isto pode ser muito desmoralizador. No entanto, Eu lhe peço que considere a doença num aspecto mais amplo. Não tente mandar a doença embora. Tente olhar para ela como um convidado bem-vindo. 

As pessoas que têm uma doença crônica empreendem uma tarefa bem árdua. No nível da alma, elas concordaram em enfrentar os medos que surgem no contexto da sua doença, e se confrontar com as imagens ideais de como uma pessoa deveria se realizar na vida. Assumir este desafio mostra uma grande coragem.

Acontece freqüentemente que uma alma escolhe uma doença crônica para trabalhar uma questão específica de uma forma extremamente concentrada. A doença cada vez reflete determinadas emoções para a pessoa. Existe um padrão emocional que acompanha a doença. Lidar com essas emoções vezes e vezes é uma tarefa bem pesada, mas traz muitos frutos para a alma.

É muito freqüente que essas vidas tenham uma grande profundidade e uma riqueza interior que nem sempre é aparente para os outros. Portanto, não é sustentador lutar constantemente ou esperar por uma melhora das condições médicas. O fato é que a doença geralmente avança num movimento espiral, fazendo movimentos circulares para cima, em direção a um nível mais alto, embora aparentemente a pessoa recaia nos mesmos sintomas a cada vez. Não é assim que funciona no nível espiritual. Neste nível, ela não retrocede, mas alcança profundidades maiores no contato com sentimentos que possivelmente foram passados por cima em vidas anteriores.

Isto também se aplica a defeitos físicos hereditários ou congênitos. Neste caso, algumas vezes vocês falam de carma, mas eu tenho muito cuidado com este conceito, pois vocês têm a tendência de associar carma com crime e castigo. Não é assim que ele funciona. A alma tem o desejo sincero de conhecer a si mesma ao máximo e ser livre. Este é o seu desejo mais profundo. Partindo deste desejo ardente, algumas vezes ela assume enfermidades, doenças ou defeitos físicos que ajudam-na a alcançar seu objetivo. Com certeza não é uma questão de pagar suas dívidas. É uma intenção profunda de se libertar e, muitas vezes, o melhor meio de conseguir isso é vivenciando circunstâncias (extremamente) difíceis no seu próprio corpo. Por esta intenção, nós só podemos ter o maior respeito. Especialmente na sua sociedade, na qual são cultivadas imagens desumanas de como ser funcional, útil, bonito e bem sucedido. Estas idéias idealísticas tornam mais difícil a tarefa de viver uma vida com uma dificuldade física e, ainda assim, vivenciá-la como uma vida significativa e feliz.

Aqueles entre vocês que são corajosos é que assumem tais vidas de invalidez. Inclusive, eles irradiam uma espécie de claridade e dignidade para os outros que podem levar suas vidas com maior facilidade. Quando uma pessoa é bem sucedida, segundo os padrões que prevalecem na sociedade, geralmente lhe é mais difícil expressar o que ela realmente é ou quais são os seus motivos na vida. Aqueles que são doentes ou inválidos, em especial, têm uma função de “sinalizadores” para essas pessoas. Eles são “guias” para a verdade e a claridade. Pois a verdade não implica em perfeição, mas em amor e reconhecimento por tudo que existe.

Finalmente, quero falar alguma coisa sobre doenças incuráveis, terminais. Às vezes é óbvio que uma pessoa não sobreviverá a uma doença. O seu corpo sucumbe gradualmente à doença. A “estrutura física” não mais resiste. Nesse momento, por que a alma permanece dentro do corpo? Enquanto a pessoa continua resistindo à doença, ela não consegue entrar em contato com sua alma, com o conhecimento interior que lhe diz que está na hora de dizer adeus. Às vezes, a pessoa percebe antecipadamente que precisa ir embora, mas esta idéia atinge-a com tanto horror e tristeza, que ela continua lutando. Ela espera ansiosamente pelo lançamento de um novo remédio, ou pelo aparecimento de um tratamento eficaz, no futuro próximo.

Isto é muito compreensível e certamente Eu não quero condenar esta atitude, mas essa pessoa se fere de uma forma terrível. Se ela se desapegar e permitir que a morte chegue mais perto, ela vai perceber que a morte não é um oponente, mas um amigo. A morte vai libertá-la da luta.

Ao concordar com aquilo que a morte quer lhe dizer, a pessoa passará por uma série de etapas, antes que o verdadeiro processo da morte ocorra. Estas etapas têm a ver com uma liberação gradativa de todas as coisas terrenas – dos seus entes queridos, do seu ambiente (terreno), dos sentidos com que ela observa tudo ao seu redor. Este é um processo bonito e natural.

Seria uma pena obscurecer este processo com uma atitude de luta, na qual se tenta agarrar-se à vida, a qualquer custo. Geralmente, o corpo já se tornou tão frágil nesse momento, que a vida não vale mais a pena ser vivida. É melhor deixar que ela se vá. A morte é um libertador, que está aí para servir vocês. A morte não é seu inimigo. A morte lhes traz uma nova vida.

Quando você estiver com alguém que está com uma doença incurável, e se você perceber que ele sabe que vai morrer, tente falar sobre isso suave e cuidadosamente. Isto é um alívio para a pessoa que faz a passagem. A coisa mais preciosa e carinhosa que você pode fazer por uma pessoa agonizante, é sentar-se perto dela e segurar sua mão. Não há mais nada que você precise saber ou ser capaz de fazer ao acompanhar uma pessoa que está morrendo.

O cuidado com doentes terminais é muito importante na sua sociedade. Um dia, todos vocês terão que enfrentar isto na sua própria família ou no seu círculo de amizades. Quando isto lhe acontecer, simplesmente esteja presente com a pessoa que está morrendo e sinta a viagem que está se aproximando. Sinta o momento extraordinário, poderoso, no qual a alma deixa o corpo e retorna para os outros reinos, para o seu lar.

Não considere a doença que leva à morte como um inimigo do qual você perderá no final. Isto não é uma batalha. Com muita freqüência, a morte vem libertá-lo de mais dor e sofrimento. Com certeza, você não é um perdedor. Você simplesmente continuará o seu caminho de uma outra forma.

Às vezes, existem questões particulares que você gostaria de ter vivenciado completamente  ou superado nesta vida, e que não podem ser concluídas. Isto pode deixá-lo angustiado, e não só você, como todos os que você deixa para trás. Assim mesmo, Eu lhe peço que deixe isto em paz, pois há uma sabedoria mais profunda em ação, que guia você e que o reunirá aos seus entes queridos em circunstâncias novas e melhores. Um dia vocês estarão juntos de novo e celebrarão a vida.

Hoje, o meu maior apelo em relação à doença é: abracem a sua doença. Envolvam a doença com amor e consciência e deixem que ela os leve a um entendimento mais profundo de si mesmos. Confiem-se à doença e permitam-se entrar numa comunicação mais profunda consigo mesmos. Entregar-se não significa ser passivo ou amargo em relação à sua doença, mas cooperar com ela de uma forma ativa, como um amigo.

Eu abraço todos vocês com meu amor e lhes peço que sintam a minha presença hoje, a energia do Cristo. Sintam o amor disponível a todos vocês, na doença e na saúde. Existe tanto amor em volta de vocês e à disposição de todos vocês, desde que vocês se desapeguem dos seus julgamentos – julgamentos sobre o que vocês merecem e não merecem, sobre o que vocês estão fazendo certo e o que estão fazendo errado, sobre tudo o que vocês ainda têm que fazer e conseguir. Desapeguem-se disso. O amor está presente aqui e agora para todos vocês.
     
Revisão: Luiz Corrêa

http://sementesdasestrelas.blogspot.pt/


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Pensamento do Dia, 21 de Dezembro de 2014

 Sathya Sai Baba



Exultar de louvor ao Senhor é a marca daquele que é verdadeiramente bom. 

Evite estar na companhia de pessoas que se deleitam em conversações sensoriais. 

Escolha passar o tempo na companhia do Divino e envolva-se em atividades do Senhor. 

Somente aqueles que agem em conformidade como acima são Bhagavathas (o próprio Deus). 

Ler e apreciar as histórias da glória de Krishna (Senhor), em um salão sagrado, templo, santuário, ou ermida de um santo, ou estar na companhia dos virtuosos e dos bons - essa é uma fonte de grande inspiração e contentamento. 

Você pode se aproximar de pessoas piedosas, servi-las e ouvir sua exposição das glórias de Deus. 

Gosto por tal literatura saudável é resultado de mérito e esforço acumulado. 

Ouvir será suficiente no começo; depois, as histórias despertarão o interesse pela natureza e características de Deus, e o aspirante buscará e encontrará por si mesmo o caminho para a realização.

Fonte: http://www.sathyasai.org.br/
Canal Youtube: Sai Love    



Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

PERGUNTEM AOS MESTRES, 16 de Dezembro de 2014.

HARMONIA ENTRE AS ALMAS 

NO LAR E NA TERRA

Através das Vozes Celestiais

Tradução: Regina Drumond

a 20 de Dezembro de 2014.

 



https://1.bp.blogspot.com/-7TBmsQ3RZ4I/TjVNYHTcjYI/AAAAAAAAA7s/NOTE7pa0wd0/s320/mestres-ascencionados-837-1.jpg

Uma Austríaca considerando a Terra como um “reflexo materializado do mundo espiritual” questiona sobre a aparente falta de opiniões individuais entre os Mestres. Sua longa resposta procura corrigir o seu equívoco e explica um pouco sobre como as coisas funcionam no Lar. Expresso de forma clara, mas difícil  de ser entendido por uma mente tridimensional.
Os Mestres, muitas vezes nos dizem que os medos e as dúvidas apontam o caminho para as lições que precisamos aprender. Este é o caso de uma mulher dos Estados Unidos que não pode afastar os sentimentos desagradáveis que cercam o seu parceiro romântico. Se ela for capaz de seguir as sugestões dos Mestres, no entanto, ficará muito aliviada e muito mais feliz.
Qual é a origem da ansiedade sentida por uma Finlandesa, quando na presença do namorado de sua amiga? Os Mestres esclarecem o problema e oferecem alguns conselhos práticos.
Somos gratos por estas interessantes perguntas e todas aquelas que recebemos de pessoas que procuram uma compreensão maior de si mesmas e da existência humana em geral. Não é uma busca fácil, mas as nossas almas nos diriam certamente que vale a pena o esforço.
Luz, Amor e Risos,
Toni e Peter
Celestial Voices, Inc | 13354 W. Heiden Circle | Lake Bluff | IL | 60044 | USA

AS PERGUNTAS

 

A TERRA É APENAS UM REFLEXO DO MUNDO ESPIRITUAL?

PERGUNTA: Mestres, sei que o amor é a vibração dominante no mundo espiritual. É difícil compreender como pode ser que exista apenas harmonia e nenhuma desavença de qualquer tipo. As pessoas são tão diferentes enquanto encarnadas que não seria a conclusão de que ao estar em espírito deveria haver uma variação semelhante em opiniões e energias? O universo não é um reflexo materializado do mundo espiritual? O aconselhamento espiritual para a evolução da alma frequentemente se concentra em alcançar um nível de paz interior, de harmonia e de amor, ficando “mais perto” da FONTE e, talvez, até mesmo se fundindo com ela. A evolução não indicaria o caminho de mais complexidade do que de unidade? Os mestres não deveriam dar a impressão de ser uma multidão muito unificada e harmoniosa com todas as opiniões similares, e não cada um com uma personalidade extraordinária, notável e impressionante, cultivada a partir de muitas experiências de vida e da Interpretação da sabedoria universal? – Angélica, Áustria.
RESPOSTA: O amor incondicional é  única vibração no mundo espiritual. No amor incondicional está uma total falta de julgamento, que é o que permite as diferenças e contrastes de opiniões. Não é que as almas não tenham várias experiências com base em suas jornadas espirituais à Terra, mas em seus pensamentos não há resposta certa ou errada, ou a direção que seja a munição de um desacordo. Todas as coisas são aceitas como escolhas feitas pela alma.
O Universo, ou a Terra em particular, não é um reflexo materializado do mundo espiritual. O Ego, e o seu agente de manifestação, o julgamento, não existem em lugar algum, além da Terra. É com o julgamento que se aprende a usar o livre arbítrio, que é como se aprende sobre as lições de vida escolhidas. A Terra foi criada como a única escola para a exposição da negatividade e a evolução ao rejeitá-la e transformá-la em positividade.
A palavra “evolução” inclui em sua definição um julgamento. Ele avalia, classifica e tem decisões para impor sobre aqueles que aceitam o seu conceito. A mudança nas almas que têm uma encarnação pode ser chamada de evolução na Terra, pois elas encontram a sua paz interior, a harmonia e o amor através das escolhas que elas fazem. Nós simplesmente chamamos a isto de “criação de uma consciência”.
As almas no Lar não são proponentes de suas experiências de vida, como os únicos meios de fazer as coisas. Elas são como enciclopédias, com uma multidão de variáveis disponíveis para experimentar. Elas não têm discordâncias, porque nenhuma delas teve experiências idênticas, de modo que comparar pontos de vistas seria como comparar maçãs e laranjas. Quando todas as suas variáveis são diferentes, é impossível comparar – por isto, vocês aceitam todas as possibilidades.
Nós todos concordamos com o número ilimitado de maneiras de fazer tudo e qualquer coisa. Estamos unidos nesta abordagem da discussão da experiência humana. Nós compartilharemos, com quem pedir, nosso conhecimento do que temos feito e observado anteriormente, para que outros possam se beneficiar da sabedoria de todas as nossas vidas, mas não vemos uma como mais avançada ou perfeita do que outra.

LIÇÕES DE VIDA E RELACIONAMENTOS

PERGUNTA: Mestres, eu tenho um medo contínuo em meu relacionamento. Eu o tive em cada relacionamento íntimo que tive. Concluí que não posso mais culpar os meus pais ou o meu passado. Logicamente, eu me abro para o fato de que o meu parceiro está em sua própria jornada e escolherá o caminho que desejar. Eu ainda estarei completa e em minha própria jornada se isto ocorrer. Entretanto, os medos ainda surgem. Tentei trabalhar com eles, anotá-los, senti-los, ignorá-los, etc. Por que estes medos surgem constantemente para mim e o que posso fazer para trabalhar através deles? Conheço meus defeitos e não quero me magoar e ao meu amado, mas em algum nível, talvez, eu o faça a fim de permanecer no controle? Vejo como ele é bom e me trata extremamente bem, mas as dúvidas permanecem – Raven, Estados Unidos.
RESPOSTA: Seus medos e dúvidas são as indicações que lhe mostram onde as suas lições de vida estão se apresentando para você. Usar a lógica é confiar no que a sociedade diz que deve acontecer e o que funcionou para os outros como eles têm relatado. Lógica é julgamento – o trabalho do ego – e nada tem a ver com a avaliação espiritual dos eventos que você está enfrentando.
Os medos continuam retornando porque você fica pensando neles de forma lógica, mas não lida com eles emocional e espiritualmente. Eles surgem inesperadamente porque há uma lição provocando a sua aparição e você não está prestando atenção a isto. Quando aparecer um, pergunte-se: Por que isto está aqui? Como isto me faz sentir?Que evento passado eu enterrei, em vez de completar o processo de aprendizagem?
Não “pense” nas respostas, mas se permita “senti-las”. Isto irá levá-la aos eventos através dos quais precisa trabalhar. Você, então, pode ver ao que esteve se apegando, em vez de liberar. Reconheça que você pode limpar estas coisas do seu “armário” e ter espaço para viver sem estes fantasmas que permanecem escondidos.
As “falhas” são as suas desculpas para olhar para o outro lado, quando as mudanças são necessárias. Estar no controle é uma de suas lições. O controle é uma ilusão. Ninguém pode realmente controlar o outro, a menos que a pessoa consinta. Ninguém pode controlar uma situação, porque a cada pessoa adicional envolvida, há muitas variáveis a serem multiplicadas na equação.
Fique com este fantástico homem que você tem. Você nada tem a duvidar em relação a ele. Veja-o por quem ele é e não o retrate com os seus medos de qualquer outro período em sua vida.

EXAMINANDO OS SENTIMENTOS DO AMOR DO OUTRO

PERGUNTA: Mestres, a minha colega de quarto encontrou um namorado – bom para ela! O homem é amável e um pouco tímido, mas a cada vez que ele visita a nossa casa, eu fico muito ansiosa. É difícil ficar em casa quando ele está por perto. Será que estou sendo muito sensível ou muito crítica? Há algo que eu possa fazer para me ajudar a me sentir melhor sempre que ele estiver aqui? Tenho medo de que isto se torne um grande problema entre eu e a minha amiga – Sanni, Finlândia.
RESPOSTA: Sua ansiedade decorre de um medo do futuro. Você tem estado mais em harmonia com a sua amiga do que em qualquer momento de sua vida. Você sente que se o seu relacionamento se tornar mais intenso, ela a deixará e o seu mundo irá desmoronar.
Quando ele não está por perto, você pode ignorar as possibilidades, mas quando ele está, há a prova viva do potencial da mudança. Você também inveja a aura que sente ao redor da sua amiga. O amor deles é puro e verdadeiro e que qualquer um desejaria e seria capaz de sentir. Sua sensibilidade lhe permite se colocar na posição de sua amiga de quarto e absorver o amor. Mas, então, você compreende que não é a sua vida, mas de outra pessoa.
Isto nada tem a ver com sentimentos territoriais ou de ser crítica. Se qualquer julgamento estiver entrando em jogo, é o fato de você estar desapontada com você mesma, de não ter sido capaz de encontrar um companheiro semelhante. A melhor coisa que você pode fazer nesta situação é encontrar um companheiro, ou pelo menos um novo grupo de conhecidos com quem possa passar o tempo e compartilhar um sentimento mútuo de amor.

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Pelé, do Brasil, pergunta aos Mestres: Rompi com a minha noiva há 3 semanas. Quero que sejamos amigos e ele diz que está tudo bem com ele, mas eu sinto a sua dor. Eu também sinto a minha própria dor e escondo as minhas lágrimas. Estivemos juntos por 5 anos e fomos os melhores amigos, assim é difícil nos separarmos. Além disto, ele é muito próximo da minha família e temos muitos amigos em comum. Será que estou lhe causando mais tristeza por ficar tão perto? Podemos ser amigos sem nos magoarmos?
RESPOSTA: Você tem uma situação complexa aqui, e está exagerando quanto ao que o seu ex-noivo está sentindo. Você está vendo o que sente e acredita que ele sente o mesmo. Ele está se recuperando do rompimento, mas você não. Ele pode perceber a  vantagem em manter a amizade enquanto avança para novos relacionamentos; você é incapaz de fazer o mesmo. A questão é se você pode liberar e ainda ser capaz de vê-lo. A decisão é sua.
Felícia, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Estive em um relacionamento por 15 anos. Será que é esta pessoa com quem deveria ficar? Ele é verbalmente abusivo e um trapaceiro. Sinto que não posso viver sem ele, assim eu aceitei as suas falhas. Ele tem tentado me afastar do nosso relacionamento, mas eu não consigo liberar. Por favor, ajudem-me.
RESPOSTA: Nada é certo ou errado em um sentido espiritual. Sua situação é aquela que você optou por aprender, antes de vir à Terra. Se você quer entregar todo o seu poder, ser abusada, desrespeitada e traída – fique com este perdedor. Você se convenceu de que não merece nada melhor, mesmo que ele tenha tentado lhe dizer para se afastar. Só porque você já conhece os seus horríveis defeitos, não significa que tenha que ficar com ele. O diabo que você conhece não é melhor do que nenhum demônio, sob qualquer condição.
Zann, de Singapura, pergunta aos Mestres: Ao ler as suas mensagens, lembro-me das lições de vida experienciadas por muitos de nós. Poderiam me dar algum esclarecimento sobre as minhas lições que se referem a relacionamentos com homens? O que posso fazer para atrair uma companhia que seja compatível em valores espirituais e humanos?
RESPOSTA: Siga o princípio de “peça e lhe será dado”, e manifeste aquilo que deseja. Não pense que você pode simplesmente se sentar e as coisas virão até você. Elas apenas farão isto se forem convidadas. Avalie por que você não pode ser vulnerável com um homem. Deixe de tentar ser o que acha que o homem quer e seja apenas você mesma.
Michael, do Reino Unido, pergunta aos mestres: Por que você responde a perguntas mundanas sobre relacionamentos de pessoas, mas não responde a perguntas diretas sobre transmigração e outros temas relacionados com isto, sem responder a enigmas que são difíceis de compreender? Por que vocês nunca respondem com uma resposta direta?
RESPOSTA: O que você chama de questões mundanas geralmente envolvem as lições de vida da pessoa. Estas mesmas lições são compartilhadas por inúmeras pessoas, assim responder às perguntas serve a muitos. Não hesitamos em responder às perguntas sobre a reencarnação. Publicamos um livro: “Explorando a Reencarnação” e disponibilizamos o Manual de Reencarnação dos Mestres: A Jornada da Alma, que está atualmente disponível em oito idiomas.
Simone, do Brasil, pergunta aos Mestres: Quando entro em contato com o pai dos meus filhos ( não estamos mais juntos), mesmo por e-mail, sinto-me deprimida e tenho sentimentos negativos. Por que me sinto tão mal? Eu o perdoei, mas o invejo, por ele estar feliz e eu sozinha. Quero e preciso estar livre desta situação negativa, de todo o meu coração.
RESPOSTA: Sempre que você estabelece contato, você se sente de volta ao casamento, sendo controlada e infeliz. Você ainda sente que a separação é culpa sua e você está carregando toda a culpa. Você não tem que sentir culpa ou ter medo. Tudo o que você pode ver é a felicidade dele, enquanto você não se permitiu ser feliz. Você está fugindo de outro relacionamento, porque sente que isto levará a uma repetição do casamento. Comece a procurar situações positivas e afaste a negatividade.
Aarli, da Índia, pergunta aos Mestres: Eu tenho uma forte intuição de que a espiritualidade tem um papel de destaque em minha vida. No entanto, por razões financeiras, eu acabei por assumir tarefas regulares que não mais me entusiasmam. Qual é o meu caminho de vida? Será que serei suficientemente forte para assumir atividades espirituais em tempo integral nesta vida?
RESPOSTA: A espiritualidade é um modo de vida que pode ser vivido enquanto se tem um emprego regular para atender às necessidades humanas. Nem todas as pessoas espiritualizadas fazem isto e nada mais. Encontre o que sente ser uma paixão e este será o seu caminho. Cabe a você criar uma vida que inclua todas as coisas que deseja.
EAPD, do Brasil, pergunta aos Mestres: Tive uma desilusão amorosa há 5 anos e ainda penso nele. Apesar de ele ter outra mulher, quero-o de volta. Estou no caminho da espiritualidade, mas, algumas vezes, sinto-me desorientada. Em outros dias, eu estou bem. Algumas vezes, o meu coração bate rápido, e me sinto assustada, mas acredito que seja ansiedade. Por favor, ajudem-me com as suas palavras.
RESPOSTA: Querer algo que você não pode ter, torna isto fácil para você. Você não pode mudar o futuro, ou a separação do passado e é o momento de avançar. Se estiver em um caminho espiritual, você deve saber que cada alma tem a sua própria jornada e é impossível arrastar alguém para a sua. Comece a se concentrar em pensamentos positivos de outro. Pensamentos do seu ex têm um impacto negativo em sua vida. Veja apenas o amor ao seu redor.
Rhayshelle, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Por que estou passando por sincronicidades com uma determinada pessoa quase que diariamente? Coisas estranhas, muitas para listar. Temos uma conexão de mente e podemos ver a alma do outro. Qual é o propósito disto?
RESPOSTA: Esta pessoa, entre outras coisas, é um reflexo para que você esteja totalmente consciente do que está ocorrendo no momento para você. Vocês dois são do mesmo grupo de almas, embora não sejam almas gêmeas, assim a sua energia é muito semelhante. Ambos são poderosos criadores e o que um visualiza é captado pelo outro e vocês co-criam uma situação.
Jorge, do Brasil, pergunta aos Mestres: Tenho 32 anos e não se passa um único dia que não pense em alguém que é indiferente. Por quê?
RESPOSTA: E nós perguntamos por que você está tentando viver um sonho que nunca irá se realizar? Por que está desperdiçando o seu tempo e energia em uma impossibilidade? Encontre algo em que se fixar. Crie uma visão de um futuro com alguém que se importe com você. Você não tem espaço para ninguém mais, até que deixe de manter um espaço para este sonho.
Bárbara, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Casei-me muito jovem com um homem que não conhecia realmente. Poderia escrever um livro sobre todas as coisas ruins que ele fez, não apenas para mim, mas para os nossos filhos e netos. Ele parece não ter consciência, mente e é basicamente uma pessoa muito negativa. Será que irei encontrar a paz antes de morrer?
RESPOSTA: Cada alma tem a liberdade de escolher a sua realidade. Você foi atraída para este homem para descobrir sobre si mesma. Qual é a sua força? O quanto é condescendente? Será que pode resgatar o seu poder e tomar as suas próprias decisões? É impossível mudar outra pessoa, e a menos que ela escolha mudar, ela nunca mudará. Durante anos você não reconheceu que o principal problema era ele ser uma pessoa negativa, dominadora e manipuladora. A escolha é sua agora sobre o que deseja fazer com o seu futuro. Você não irá encontrar a paz em sua atual situação.
Heather, da Austrália, pergunta aos Mestres: Sinto que tenho um livro em mim, mas que bem isto fará em um mundo cheio de livros? O que eu tenho a oferecer? E se eu realmente alcançar o nível, do que serei capaz? Eu me esforço para conhecer o meu propósito, mas o meu desempenho está sempre abaixo do meu potencial.
RESPOSTA: Se todos pensassem como você, a partilha de idéias cessaria a partir deste momento. Sem mais livros, sem partilha de experiências, sem distribuição de instrução ou de inspiração de conceitos. Saia da negatividade que você escolheu e comece a construir um mundo positivo. Deixe de julgar onde você está e o que fez. Isto é dar à sociedade o poder de decidir o que você deveria pensar sobre si mesma. Faça o que sente que gostaria de fazer. Não se preocupe com o que outra pessoa tenha a dizer.
Joanne, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Muitos milagres foram registrados em resposta às preces a certos santos. Há santos no céu que concedem estes milagres? Caso afirmativo, como é que estas almas se diferem de outras que fizeram a transição?
RESPOSTA: Todas as almas são iguais. Elas foram criadas, sendo afastadas da Fonte e tendo os mesmos poderes e habilidades da Fonte. Uma pessoa pode criar a sua própriarealidade se ela tiver a fé e a intenção de fazer isto. O universo é composto de energia restauradora incondicionalmente amorosa. Os Milagres a que você se refere, consistem geralmente de uma pessoa ou objeto que está sendo retornado a sua condição original. Quando alguém deseja desesperadamente uma mudança em sua saúde, riqueza, ou na condição do seu ambiente, ela “ora” a um árbitro exterior. O suplicante está construindo uma energia para criar o que é desejado, o que pode criar o resultado desejado. Não há almas especiais ou santos, conforme designado somente por padrões da Terra, que passam o seu tempo mudando as coisas para as pessoas. São aqueles na forma humana que mudam as coisas na forma física, criando a realidade que eles pretendem.
Traduções para o Português:
Por favor, respeitem todos os créditos.
Arquivos em Inglês:
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária