Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

ARCANJO GABRIEL, 12 DE OUTUBRO DE 2015 ~ Shelley Young

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL

Canalizado por Shelley Young

Tradução: Blog SINTESE 





Queridos, vocês gostariam de saber por que a prática da gratidão é tão gostosa?

Porque por escolha sua ela está entrando em conexão com a Fonte para reconhecer e retribuir o amor que vocês têm recebido.

O que poderia ser melhor do que a ampliação do amor?


Arcanjo Gabriel


Arcanjo Gabriel através de Shelley Young
http://trinityesoterics.com
Facebook: Trinity Esoterics
Twitter: @trinityesoteric
YouTube: http://www.youtube.com/user/trinityesoterics



Agradecimentos a Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com.br



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Shelley Young


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Atualização diária 


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?
achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
ES: LLAMA VIOLETA







A Energia Muda para a Evolução. ~ Pleiadianos via Christine Day

A Energia Muda para a Evolução.

Mensagem  dos Pleiadianos.

Através de Christine Day.

 Outubro / 2015.

Tradução: Letícia Scarpa.

Revisão: Vilma Capuano.



Amados, nós os saudamos.

Os ventos de mudança estão trazendo fortes experiências transformacionais ao seu plano Terreno. Na última semana de setembro, houve uma abertura adicional da Cisão Dimensional e naquele momento aconteceu outra mudança energética monumental em seu planeta. Esta mudança cria um potencial enorme para a humanidade dar um passo gigante em sua evolução. Esta mudança energética oferece uma nova maneira de ser para todos aqueles de vocês que procuram a Verdade além do drama da Terceira Dimensão.

Muitas dinâmicas dimensionais novas estão ancorando em seu plano Terreno para dar suporte a você em sua jornada de transição para os aspectos elevados do Self. A “Energia Crística” que nasceu aqui no plano Terreno no meio de agosto está impactando fortemente muitos de vocês, capacitando vocês a saírem de muitas das ilusões da Terceira Dimensão que os mantiveram em um estado de separação de vocês mesmos.


“A Energia Crística”

Nosso termo, a “Energia Crística, é a energia do Cristo em ação, que traz uma frequência além da ilusão da Terceira Timensão. Esta energia sagrada contém a energia da autorressurreição e do recebimento, e como ela ancorou em seu planeta, ela está demolindo todas as antigas couraças que vocês carregam há vidas, permitindo que elas simplesmente desapareçam e liberando você de padrões antigos de sabotagem em sua vida. As energias do receber ajudam você em ser capaz de receber plenamente, através do seu coração, tudo o que a “Energia Crística” gera.

Através da ancoragem deste elemento da “Energia Crística”, outras mudanças energéticas significativas estão acontecendo agora no plano Terreno como nunca antes. Uma mudança aconteceu na série de padrões de fluxo dimensional que tem estado ancorados aqui em seu plano Terreno por muitas vidas. Esses antigos padrões de fluxo de luz mantiveram a ilusão da Terceira Dimensão estável e ancorada no planeta. Isso manteve a humanidade em um estado separado de ilusão; mas agora, através desta mudança da “Energia Crística”, uma mudança dramática vem, conforme esses antigos padrões finalmente começam a desintegrar-se.

Uma série de novos padrões de fluxo dimensional começou a nascer. Esses padrões de fluxo dimensional expandido que estão emergindo através das portas de entrada dimensionais trazem uma consciência pura de luz que sustenta a Verdade desse tempo. Esta Energia vem na forma de uma Marca que pode ser recebida por você através do seu Centro Cardíaco. Essas Marcas contêm uma forma de Energia de Despertar que ajuda você a entrar em um novo estado de consciência. Cada um desses padrões de fluxo está criando uma série de caminhos multidimensionais para você acessar e alinhar-se com eles. Esses caminhos são projetados para capacitar você a acessar diretamente a Verdade e uma visão expandida de quem você é dentro do estado de Consciência de Deus coletiva. Esses momentos de Verdade, agora, podem ser experimentados em sua consciência.


Caminhos de Luz

Cada um de vocês tem, no Espaço do seu Coração, o potencial de conectar-se com esses caminhos de luz. Você tem a habilidade de alcançar seu coração com a sua consciência para alinhar-se com este novo aspecto essencial de você mesmo conforme você se conecta com esses caminhos de luz.

Essas conexões abrirão você para novas percepções do seu self, quase mudando a sua visão de forma que você comece a ver as coisas a partir de uma perspectiva muito diferente em sua vida. Através dessa mudança você começará a crescer para uma nova compreensão das suas conexões com todos os Princípios Universais, e começará a ter a experiência direta do seu lugar dentro da consciência universal.

Esses caminhos de fluxo de luz únicos são projetados para permitir que você comece a experimentar a si mesmo em um nível ilimitado, onde você pode começar a acessar e canalizar o seu próprio Fluxo Sagrado de Luz para a sua vida. Isto é parte do Grande Plano.

Então, onde quer que você esteja, o que quer que esteja fazendo, ao abrir-se conscientemente através do seu Espaço do Coração, você sentirá uma nova expressão de vibração, que é o seu fluxo de luz manifestando-se em você. Uma mudança dimensional acontecerá em você conforme você simplesmente alinha-se com seu coração, um momento de somente estar dentro de um momento qualquer da sua vida, outro momento de mover-se para uma experiência extraordinária dentro de um momento multidimensional de potencial ilimitado.

Ao abrir-se conscientemente e ancorar sua consciência em seu Espaço do Coração, você pode começar a alinhar-se com o momento. Isso significa que você somente respira para dentro da sua conexão física com o seu coração, coloca sua mão sobre o coração, traz toda sua consciência para o seu coração, coloca sua respiração “como uma brisa suave” dentro do seu Espaço do Coração. Ao dar esse passo consciente, os padrões de luz começarão a realinhar-se naturalmente com você, trazendo você para essa experiência expandida e alinhando você com a “Energia Crística”.

Esses novos padrões dimensionais de luz estão criando um espelho adicional da “Energia Crística”. Esse espelhamento traz suporte para que você se abra para o seu potencial natural. Ao alinhar-se com seu Espaço do Coração, há uma aceleração do reconhecimento e da compreensão do seu próprio poder inato e sua energia criativa. Isto é acessado através da sua ação, por Escolha Consciente, de abrir-se para um estado de autoaceitação.

A ação de autoaceitação por Escolha Consciente alinha você naturalmente ao momento, levando você além do estado de separação. Conforme você começa a alinhar-se com a autoaceitação de tudo o que você é neste momento, há um processo natural de reunir-se com o seu Ser Superior. Naquele momento, as células do seu corpo registram o ato consciente da energia de autoaceitação que contém a frequência de amor puro. Todas as células do seu corpo ancoram essa frequência de verdade naquele momento. Neste momento sagrado, um Caminho de Luz nasce no planeta através da sua ação de Verdade.


Nascimento natural do amor

A ação de mover-se para além da separação permite que esse nascimento natural do amor seja ancorado em cada célula do seu corpo. Amor traz cura ao corpo físico. Todo esse processo de transformação é o poder de ação da autoaceitação realizando-se em você. Nós chamamos este processo de Sagrado porque enfim ele leva você a um estado de reunião.

Deixe-nos mostrar uma imagem – uma mandala gigante. Esta mandala fica bem no centro do Universo, onde a Consciência Coletiva de Deus existe no Universo. Cada um de vocês tem um lugar único nesta mandala. Seu ser único é uma joia preciosa dentro desta mandala. Você é tido como Sagrado por toda a Consciência Coletiva. Conforme você se entra naqueles momentos de autoaceitação, seu lugar na mandala automaticamente começa a pulsar com a sua frequência única. As suas células podem então começar a realinhar-se. Como uma “batida de Coração de Luz”, elas começam a pulsar em direção ao seu lugar dentro da mandala. O seu lugar acende-se e age como um Farol de Luz, refletindo e puxando você para alinhar-se com os elementos sagrados de comunhão contidos na Consciência Coletiva de Deus.

Ao você começar a alinhar-se com o seu lugar na estrutura coletiva da Consciência Universal, acontece uma aceleração dentro de toda a estrutura da mandala. Cada lugar precioso torna-se singularmente mais expandido pelo seu processo autorrealizado de autoaceitação. A sua ação individual de ter um momento de autoaceitação impacta todo o Universo.


Mudanças Dimensionais

A Comunidade Universal está mudando de forma dinâmica neste momento, como nunca antes na história do Universo. Esta mudança é devido a enormes mudanças dimensionais que estão se abrindo em seu plano Terreno. A transformação do seu planeta está impactando todas as estruturas universais. Essa é uma coisa boa. Nós e todo o Universo temos esperado por vocês juntarem-se a nós no processo coletivo. Vocês são necessários aqui. A sua presença e a sua frequência divina são necessárias para completar o todo da mandala.

Devido às muitas dinâmicas únicas que estão acontecendo em seu plano da Terra, modelos energéticos multidimensionais estão sendo criados agora para ajudar a realinhar essas mudanças energéticas. Esses modelos estão manifestando estabilidade no sistema energético do plano terreno conforme essas mudanças acontecem. Esta estabilidade capacita o seu plano Terreno a continuar e completar seus ciclos de transformação contínua. Esses ciclos incluem a transformação energética do plano Terreno e a ancoragem de redes dimensionais para ajudar a transição de consciência de sua humanidade em andamento.

Você pode não perceber que a consciência da humanidade está se transformando, no entanto ela está. Há muitos grupos de vocês que estão fazendo a transição para os campos superiores da sua consciência rapidamente. Cada um de vocês, individualmente, está fazendo a diferença. Você é um componente essencial desta transição e é através do trabalho que você está fazendo individualmente consigo mesmo que você está impactando fortemente a mudança de consciência da humanidade.


Frequência de Luz Divina

É importante que você compreenda que cada um de vocês é uma frequência de luz divina que impacta e cria esta enorme mudança do Universo através do seu lugar dentro da mandala coletiva. Conforme você avança na transição para longe da ilusão da Terceira Dimensão e entra em seu lugar dentro da Consciência Universal através da Escolha Consciente, você reúne-se com o seu Self Superior de Fonte Pura.

O seu processo de autoaceitação aprofunda a sua conexão com seu coração e abre a porta para você Deixar ir tanto sofrimento. Liberando a energia do sofrimento do seu coração, que esteve aí por vidas, reabre uma porta de renovação para a sua vida espiritual. Esta mudança em seu coração permitirá que você respire e flua para uma nova experiência, trazendo você para um alinhamento direto com o momento, somente você e seu coração com a sua respiração. Simples.

Outro aspecto de ligar-se com esses caminhos dimensionais de fluxo de luz em mudança é que você pode sair das fronteiras da sua percepção limitada de tempo. Saiba que o tempo é uma das maiores limitações da Terceira Dimensão neste plano Terreno. A ilusão do tempo manteve você em um estado de separação, afastando você da verdade de estar no momento e de tomar completamente o seu lugar dentro de cada experiência.

Uma linha do tempo multidimensional abriu-se agora com esses caminhos dimensionais de fluxo de luz expandidos. Esta linha do tempo estende-se até o momento presente e move-se para frente e para trás no tempo.

Uma Verdade: todas as experiências existem simultaneamente. Cada experiência é somente separada por estados multidimensionais diferentes.

Nós chamamos você para juntar-se a nós na nova experiência com os caminhos de luz que estão disponíveis para cada um de vocês agora. É a hora de ir adiante utilizando todas as oportunidades que foram projetadas para que você comece um caminho diferente em você.

As energias estão aqui como nunca antes em seu planeta, A “Energia Crística” está aqui para ajudar o seu movimento de autorressurreição e para levar você para um lugar de ser capaz de receber dentro do seu Centro Cardíaco.

Os Caminhos de Luz estão esperando para conectar-se com seu coração aberto, conforme você escolhe alinhar-se com a sua Respiração Consciente. Nós estamos aqui para testemunhar você em seus passos transformacionais. Tudo está pronto.

Este é o seu momento sagrado de ir adiante para encontrar o seu Self na Integridade e no Amor. Autoaceitação é a sua jornada para a Verdade com o seu Self – um ponto de encontro dentro do seu próprio coração onde você pode existir plenamente!

O Processo

Você pode invocar a “Energia Crística” para dentro do seu Centro Cardíaco. Este é um processo simples de transformação através da Escolha Consciente.

Traga suas mãos para o seu coração.
Traga sua Respiração Consciente para dentro do seu coração.
Traga sua consciência para dentro do seu coração.
Há um Som sagrado que atrai a “Energia Crística” para dentro do seu coração. Som: AE SHUN TAH (em português: EI SHAN TAH). Traga esse Som para dentro do seu coração depois de fazer os passos 1-3. Preencha seu coração com este Som e respire. Solte
Alinhe-se com os Caminhos de Luz através do seu coração.
Som: EE SUN TAH (em português: II SAN TAH).

Traga este Som para dentro do seu coração depois de fazer os passos 1-4. Preencha seu coração com este Som e solte e torne-se o Som.

Nós estamos com você, testemunhando a sua transformação. Nós seguramos os portões abertos para você entrar.

Bênçãos,

Os Pleiadianos

Christine Day 

Websites: http://www.christinedayonline.com/ - http://christinedayonline.blogspot.com.br/
Fontes: Edgemagazine.net e http://christineday.wix.com/portugues

 


Agradecimentos a http://sementesdasestrelas.blogspot.pt/



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Christine Day


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Atualização diária 


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?
achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
ES: LLAMA VIOLETA







Canção da Liberdade ~ POOFness.

Canção da Liberdade

POOFness 

11.10.2015

Tradução: Candido Pedro Jorge.



Trecho apenas. Estaremos cobrindo Keshe, assim que algo de concreto acontecer.

Cumprimentos e Saudações:

Zap diz;

Olá todos,

É hora do paradigma e ele esta aqui. Vamos dar uma rápida olhada na terra do amanhã. Energia livre? Vem sim. Propulsão anti-gravidade? Muito em breve. Sistemas de replicadores tipo star trek? Sim.

O que mais? Tudo que possa imaginar pode ser feito.

Durante muito tempo, estivemos sentados em algumas tecnologias notáveis que não tínhamos permissão para falar. Por exemplo, alguns anciões ofereceram uma caverna cheia de "coisas" para a humanidade. Está muitas milhas abaixo do solo. Outras em laboratórios secretos nas montanhas com dispositivos ponto zero e guloseimas que beneficiariam a humanidade. E a grande notícia é que não sou o único a ter acesso a esses itens.

Todos correram perigo de vida. Alguns foram mortos quando foram descobertos. Organizações de energia e fabricantes de automóveis foram os maiores assassinos naquela época, e qualquer coisa que lhes proporcionassem 100 milhas por galão ou energia livre em suas casas, foram eliminados. Todos já ouvimos uma história dessas dezenas de vezes.

Mas agora tudo se abriu.

Um exemplo claro são irmãos e irmãs da fundação Keshe, que acabaram de anunciar a energia livre, a ser divulgada globalmente em 16 de outubro de 2015. Uma unidade do tamanho de uma caixa de sapatos que fornece energia livre suficiente para uma residência. Estas pessoas boas irão publicar seus dispositivos sem direitos autorais, patentes, nada. Desta forma, os planos dos dispositivos serão globais e nenhuma empresa ou governo será capaz de controlá-los ou interrompê-los. Muito bem Sr. Keshe! e um grande agradecimento por esta divulgação.

Nossas outras tecnologias e dispositivos ponto zero são similares e que também virão em breve. Não inventei nenhum destes dispositivos, embora tenha sido tentado a voltar para o laboratório e mexer, todavia, todos os inventores que conheci nos últimos 40 anos estão prontos para entrar em ação, agora que as circunstâncias estão certas.

Questões de segurança desaparecerão devido à libertação de determinadas tecnologias aqui e ali literalmente apoiadas por códigos abertos (matemáticos) que descrevem como fazer tudo. Existem pessoas selecionadas que compartilham uma linha comum (The Math) espalhadas neste nosso mundo, que estão se adiantando em revelar todas as coisas que foram suprimidas de nós. Acho que em parte, porque não estávamos preparados, e em segundo lugar por causa do poder e ganância da cabala escura.

Mas parece que conseguimos. Tudo está sendo preparado para a liberação de não só das tecnologias, mas também dos fluxos financeiros para sustentar o novo paradigma.


Um item significativo é a criação da nova m1. Não, não é coisa da swissindo, mas outro que foi selecionado pela realeza. Além disso, o lado espiritual foi totalmente integrado nos novo sistemas financeiros que serão usados. Esses eventos significativos são necessários para os lançamentos programados.

Ben Fulford em seu mais recente relatório, fala sobre o assunto, então não preciso ir lá. Topo da cadeia alimentar, no lado real, está pronto para realizar seu primeiro lançamento, depois de centenas de anos de espera. Não posso precisar a data exata, mas a nova estrutura financeira já está no lugar e pronta para sua ativação.

Este é o começo das mudanças que estamos prestes a experimentar. Muitos insinuaram e declararam com precisão absoluta, o momento das prisões em massa, dos grandes e maus vegetais, mas não era hora de tirá-los do topo, que assim se mantiveram afastados, mordiscando outras camadas. Agora, tenho conhecimento de que este evento está pronto para acontecer. Os Clintons, Bushes e outros, agora estão plenamente conscientes de quem é quem neste Zoo e estão muito preocupados com o seu bem estar nos próximos dias/semanas. Até o momento, eles não tinham idéia de onde o poder realmente haveria de instigar as mudanças, mas agora sabem.

Líderes de países, também estão plenamente conscientes e prestaram suas homenagens ao um. Os diversos espetáculos que assistimos do sobrevoo do vaticano à insinuação de que uma grande rocha cairia no oceano e acabaria nas suas costas, têm sido largamente encenada pela cabala, e o temor que foi projetado para que tivesse funcionado veio e se foi, como um pensamento refrescante que atenuou os alertas vermelhos.

Não estou para dizer que mudanças na terra não irão acontecer, uma vez que elas acontecem todo dia, numa vasta gama de gravidade. A inevitabilidade da placa juan de fuca causar uma grande onda não deve ser ignorada. Deve haver o discernimento de quando um vegetariano diz que o céu está caindo, em oposição a um verdadeiro cientista demonstrando fatos reais.

Por isso agora estamos na beira de assistir o poder do ponto zero e o melhor: voos antigravidade, estruturas com milhas de altura e similares. Poderemos construir casas com impressoras 3d, então quem diz que não pode ser possível replicar uma refeição na da turquia. Considerando a matemática certa e montadores moleculares, poderemos replicar alimentos e outras coisas menos saudáveis. Dispomos da matemática para efetuar teletransporte, voo ftl (mais rápido que a luz), tomates de 10/25 polegadas/centímetros... a lista é longa e brilhante. Sim, tudo isso é bastante real e limitado apenas pela imaginação.

A história da humanidade provou que tudo que pode ser concebido, pode ser construído, por isso não se surpreendam com os monumentais avanços tecnológicos que estamos prestes a realizar. Grandes diversões vêm em frente.

Agora, irão notar muitas informações lá fora, com o desmantelamento das atuais estruturas de poder e a liberação da riqueza da humanidade. Acho que, conhecendo esta visão macro como acima, serão capaz de encaixar as peças muito bem, no que diz respeito aos momentos e orientações. Aqui, datas precisas não servem para nada, uma vez que a visão geral deste mês é aquela em que muitas coisas serão reveladas e sejam suficientes. Quando os eventos acontecerem, saberão que são partes desta revelação.

Sei que as compensações de ativos históricas começaram a nível elevado, enquanto que os guardiões das riquezas estão prestes a receberem suas recompensas, por manterem a riqueza segura todas estas décadas. Outros assuntos serão abordados, embora tenham de esperar, até as coisas maiores estarem todas resolvidas e em andamento, antes de se inserirem. É um procedimento muito rigoroso e paciência é necessária para essas pessoas.

Agora para a parte divertida, referente ao financiamento do projeto. As liberações estarão começando a serem realizadas, a partir da próxima semana. no prazo de 10 dias, os fundos liberados estabelecerão a infraestrutura para o financiamento do projeto, e então poderemos começar com os primeiros projetos.

Lembrem-se de que temos de iniciar a limpeza Fukushima, a reposição e preenchimento de oxigênio e ozônio no buraco, antes de uma mercearia da esquina ser financiada, embora não demore muito para chegar lá. O enorme esforço prestado por esse pessoal é absolutamente magnífico, com a humanidade sendo enormemente beneficiada com o trabalho altruísta, realizado por essas boas pessoas.

Assim, esse é o nosso cenário no momento, que é muito bom. Ainda estou viajando e com muito pouco tempo, mas bem. A carga de trabalho é grande, mas recebida através de ti diariamente. Obrigado a todos os simpatizantes por suas palavras de apoio e outros tipos de ajuda. Estou absolutamente deliciados com o desenrolar dos acontecimentos e as informações atualizadas que  recebi sobre nosso status global.

Também ouvi dizer que o restaurante “purple pig”, em nova york, está realizando um florescente negócio. Bonito nome. Gostaria de saber se fazem franquias...

Mm fantástica gratidão.

Zap

"Deus é; eu sou; nós somos" - "Seja bom, legal, diga a verdade" - 11 de outubro de 2015.


Autor: POOFness
Fontes: Golden Age of Gaia e Dinarrecaps




Agradecimentos a Sementes das Estrelas



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=POOFness


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Atualização diária 


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?
achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
ES: LLAMA VIOLETA







Há algo de grandioso acontecendo no mundo. ~ Gustavo Tanaka.

Há algo de grandioso acontecendo no mundo.

Por Gustavo Tanaka.





Ainda não nos demos conta de algo extraordinário que está acontecendo.


Há alguns meses, me descolei da sociedade, me libertei das amarras e medos que me prendiam ao sistema. E desde então, passei a ver o mundo sob uma diferente perspectiva. A perspectiva de que tudo está se transformando e a maioria de nós sequer se deu conta disso.


Por que o mundo está se transformando? Nesse post vou listar os motivos que me levam a acreditar nisso.


1 - Ninguém aguenta mais o modelo de emprego


Cada um está chegando no seu limite. Pessoas que trabalham em grandes corporações não aguentam mais seus empregos. A falta de propósito começa bater à porta de cada um como um grito de desespero do peito.


As pessoas querem sair. Querem largar tudo. Veja quantas pessoas tentando empreender, quantas pessoas tirando períodos sabáticos, quantas pessoas estão em depressão no trabalho, quantas pessoas em burnout.


2 - O modelo do empreendedorismo também está mudando.


Há alguns anos, com a explosão das startups, milhares de empreendedores correram para suas garagens para criar suas ideias bilionárias. A glória dos empreendedores era conseguir um investidor. Grana do investidor na mão era praticamente a taça da copa do mundo.


Mas o que acontece quando você recebe um aporte de investidor?


Você volta a ser um funcionário. Você tem pessoas que não estão alinhadas com seu sonho, que não estão nem aí para seu propósito e tudo passa a girar em função do dinheiro. O retorno financeiro passa a ser o principal driver.


Muita gente está sofrendo com isso. Excelentes startups começaram a patinar porque o modelo de buscar dinheiro nunca tem fim.


É preciso uma nova forma de empreender. E tem muita gente boa já fazendo isso.


3 - O surgimento da colaboração


Muita gente já se ligou que não faz sentido ir sozinho. Muita gente já acordou para essa loucura que é a mentalidade do “cada um por si”.


Pare e pense friamente. Não é um absurdo, nós que somos 7 bilhões de pessoas vivendo no mesmo planeta, nos separarmos tanto? Que sentido faz, você e as milhares (ou milhões) de pessoas que vivem na mesma cidade virarem as costas umas para as outras? Cada vez que começo e pensar nisso, fico até desanimado.


Mas felizmente as coisas estão mudando. Todos os movimentos de economia colaborativa estão apontando nessa direção. A direção da colaboração, do compartilhamento, da ajuda, de dar as mãos, da união.


E isso é lindo de se ver. Até emociona.


4 - Estamos começando finalmente a entender o que é a internet


A internet é uma coisa incrivelmente espetacular e somente agora, depois de tantos anos, estamos conseguindo entender o seu poder. Com a internet, o mundo se abre, as barreiras caem, a separação acaba, a união começa, a colaboração explode, a ajuda surge.


Alguns povos fizeram revoluções com a internet, como a Primavera Árabe. Aqui no Brasil estamos começando a usar melhor essa ferramenta magnífica.


A internet está derrubando o controle de massa. Não tem mais televisão, não tem mais uns poucos jornais dando as notícias que querem que a gente leia. Cada um vai atrás daquilo que quer. Cada um se une com quem quiser. Cada um explora o que quiser explorar.


Com a internet, o pequeno passa a ter voz. O anônimo passa a ser conhecido. O mundo se une. E o sistema pode quebrar


5 - A queda do consumismo desenfreado


Por muitos anos fomos manipulados, estimulados a consumir como loucos. A comprar tudo que era lançado, a ter o carro mais novo, o primeiro iphone, as melhores marcas, muita roupa, muito sapato, muito muito, muito tudo.


Mas as pessoas já começaram a sacar que isso tudo não faz sentido. Movimentos como o lowsumerism, slow life, slow food, começam a aparecer pra mostrar que nos organizamos da forma mais absurda possível.


Cada vez menos gente usando carro, cada vez menos pessoas comprando muito, cada vez mais gente trocando roupas, doando, comprando usado, dividindo bens, compartilhando carros, apartamentos, escritórios.


A gente não precisa de nada disso que falaram que a gente precisava.


E essa consciência quebra qualquer empresa que vive do consumo desenfreado.


6 - Alimentação saudável e orgânica


A gente era tão louco que aceitou comer qualquer lixo. Era só ter um sabor gostoso na língua que beleza.


A gente era tão desconectado, que os caras começaram a colocar veneno na nossa comida e a gente não falou nada.


Mas aí um pessoal começou a acordar e começaram a dar força pro movimento de alimentação saudável, de consumo de orgânicos.


E isso vai ganhar força.


Mas o que que isso tem a ver com economia e trabalho? Tem tudo a ver!


A produção de alimentos é a base da nossa sociedade. A indústria alimentícia é uma das principais do mundo. Se a consciência muda, se nossa alimentação muda, a forma de consumo muda, e as grandes corporações precisam acompanhar essas mudanças.


O pequeno produtor está voltando a ter força. As pessoas começando a plantar sua própria comida também.


E isso muda toda a economia.


7 - Despertar da espiritualidade


Quantos amigos você tem hoje que fazem yoga? E meditação?


Quantas pessoas faziam isso 10 anos atrás?


A espiritualidade por muitos anos era coisa do pessoal do esoterismo. Era coisa de gente esquisita do misticismo.


Mas felizmente isso está mudando. Chegamos no limite da nossa racionalidade. Pudemos perceber que só com a mente racional não conseguimos entender tudo que se passa aqui. Tem mais coisa acontecendo e eu sei que você quer entender.


Você quer entender como essas coisas que acontecem aqui funcionam. Como a vida opera, o que rola depois da morte, o que é essa parada de energia que tanto falam, que que é física quântica, como é que os pensamentos podem se materializar e criar nossa realidade, o que são as coincidências e sincronicidades, por que quem medita é mais tranquilo, como é possível curar com as mãos, e essas terapias alternativas que a medicina não aprova, mas funcionam?


Empresas promovendo meditação aos funcionários. Escolas ensinando meditação para crianças.


8 - Movimentos de desescolarização


Quem criou esse modelo de ensino? Quem escolheu as matérias que você precisa estudar? Quem escolheu os temas que são estudados nas aulas de história? Por que não nos ensinaram sobre outras civilizações antigas?


Por que uma criança deve aprender a obedecer regras? Por que ela deve assistir a tudo em silêncio? Por que ela deve vestir uniforme? Prestar uma prova para provar que você aprendeu?


Criamos um modelo que forma seguidores do sistema. Que prepara pessoas para serem seres humanos ordinários e medianos.


Mas felizmente também, tem muita gente trabalhando para mudar isso. Movimentos de desescolarização, hackschooling, homeschooling.


Talvez você nunca tenha pensado nisso e esteja em choque com o que estou colocando aqui.


Mas tudo isso está acontecendo.


Silenciosamente, as pessoas estão acordando, se dando conta da loucura que é viver nessa sociedade.


Olhe para todos esses movimentos e tente pensar que tudo está normal.


Eu acho que não está.


Há algo de muito extraordinário acontecendo no mundo.


— — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — — -


Esse post foi uma mistura de muita coisa que eu acredito e nos próximos textos aqui vou compartilhar mais dessa visão e também dividir com vocês tudo o que eu e meus amigos estamos fazendo para criar um novo modelo, um novo sistema e quem sabe ajudar a criar uma nova economia.


Autor: Gustavo Tanaka - Autor de "11 Dias de Despertar"
Websites: http://11diasdedespertar.com.br / https://medium.com/@gutanaka
Facebook: Perfil - Página 


Agradecimentos a http://sementesdasestrelas.blogspot.pt


Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Gustavo Tanaka


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Atualização diária 


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?
achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
ES: LLAMA VIOLETA







O RAIO MAGENTA. ~ Maria e Kuan Yin via Elsa Farrus.

O RAIO MAGENTA.

Mensagem da Amada Maria e de Kuan Yin.

Canalizada por Elsa Farrus.

Em 12 de outubro de 2015.

Tradução: Blog Sintese






Amado ser de luz, eu sou Kuan Yin.

Estamos ao seu lado e ao lado de todos os seus irmãos e seres vivos no planeta.

A frequência de luz do raio magenta estará em seus corações despertando a consciência do amor interno, muitos dos povos moradores da Terra ainda têm essa consciência da luz.
Estar em vibração em todos e cada um de seus atos.

Outros perderam o reconhecimento da importância do ponto presente e compartilham atividades ao mesmo tempo, além disso perdem a atividade em milhares de pensamentos.
Vocês não são conscientes da raiva interna que tudo isso lhes produz, agora vocês são e serão os representantes do instante presente.

Honrar o presente é pertencer à unidade do prana com o sistema solar.

É por isso que seus corpos parecem mais densos nestes dias e parece que os afasta de outras atividades comuns em vocês e que já não podem combinar ou simplesmente não os apetecem.
É pela vibração do coração que cada dia lhes será mais complicado estar em duas realidades ao mesmo tempo, porque os corredores quânticos estão claramente definidos, estão muito enraizados em vocês seu propósito de alma e a energia entrante para que vocês possam realizá-lo.

A união e a fusão com o raio magenta lhes trará segurança no discernimento em identificar seu próprio caminho no momento exato.

Muitos de vocês têm reconhecido de imediato os sinais conforme a realidade é correta e têm negado os sinais de onde não era sincrônico, agora a diferença é que não verão um sinal ou procurarão um sinal, e sim, simplesmente saberão ao experimentar, saberão claramente onde está seu destino e sua ressonância de coração de maneira mais intensa e concreta.

O legado de Gaia Maya lhes proporcionará uma memória universal magnífica que está instalada em suas células e isso os ajudará a integrar sua energia pessoal, sua vibração e o seu físico em um só sistema, o chamado corpo de luz, ele é o transmissor de toda essa energia, ele é a fonte interna de conexão entre seu ser e sua matéria, tanto o corpo físico como as realidades vividas.

Já estão livres de seus contratos kármicos, já faz muito tempo, mas não estão conscientes, continuam desejando controlar a causa e consequência de seus atos sobre os demais sem parar para pensar se são bastante bons para vocês mesmos.

Se não são bastante bons para sua felicidade, para sua alegria de viver, para vibrar em sua própria luz, tudo que oferecem aos demais é ego, um ego muito refinado e sutil ou medos, mas em todo caso é ego, não corram.

Ninguém é imprescindível na vida de ninguém, vocês são imprescindíveis na sua própria vida, as portas estão abertas e a energia à disposição para que vocês se atrevam a dar o salto e a mudança profunda, desde 2004 os contratos kármicos estão rescindidos e as fidelidades familiares também, Gaia está em ascensão e permite vocês elaborarem uma vida própria a partir da esperança de viver, mas vocês continuam olhando para o passado como muito ainda estando presente com cálculos mentais, não com seu desejo interno, fruto da mensagem de sua alma.

A consciência búdica é a alegria de viver, é a que vocês irão sentir de agora em diante ou suas polaridades muito intensamente com a chegada do raio magenta. Aqueles que sentem polaridades de caráter, tristeza, ansiedade, etc., não é algo pontual, já foram se mostrando em tempos anteriores, é a abertura do coração que lhes mostra áreas não atendidas e que agora, neste período, se farão mais presentes, mais físicas para que sejam atendidas, é agora o momento de luz para escutar atentamente sua essência.

Amado ser de luz, sua viagem no tempo como planeta chegou ao fim, é o fim do princípio, o tempo perderá novamente novas linhas nestes dias para que vocês sintam ainda mais se é possível o tempo esférico, o fazer sem pensar e acontecer, ou ter tempo de sobra para que aconteça.
Também, em muitos casos, cairemos fruto de um estancamento, quando não se abriu em vocês a luz do coração necessária para que aconteça ou seja, atender o próximo passo para completar-se como ser vivo.

Todos vocês sentiram muita pressão em suas vidas e suas consciências, agora a energia magenta, tanto nos homens como mulheres, claramente feminina é e será a abertura maior da consciência nos próximos meses e deixar para trás tudo que já não os abre em alegria.

Amado ser de luz, a vida é experimentar e vocês deixaram de fazê-lo escondendo-se em falsos profetas ou premissas que não os faziam felizes para seguir os fluxos de milhares de anos e suas consequências.
2017 será o ano da consciência plena, no que chamamos seu tempo linear de Gaia, tudo o que conhecem terá sido remodelado em harmonia, saindo para a luz os casos pendentes e despertando os corações individuais, mas também pode ser hoje mesmo, já que o tempo não existe, se participam de sua verdade do amor mais íntimo e que escondiam até agora ou de vocês mesmos, cada vez será mais complexo deixar de ser para ser vocês mesmos.

Sua alma precisa dançar nos átomos do seu corpo para expandir a luz como uma onda infinita planetária e não admite mais freios, mais barreiras autoimpostas.

Já não há luta entre o bem e o mal, nunca houve, somente houve aprendizagens, todo o resto era um coletivo que aceitou, que permitiu crescer como indivíduos na polaridade de uma época em Gaia.

Mas sim, há luta interna em vocês entre o bem e o mal, na realidade, entre sua própria frequência de luz, e sua luta por ocultá-la ou por controlar a luz de outros.

Essa é a autêntica guerra interna que os submeteu durante éons. O que ocorreria se fossem livres deste destino, se tirássemos todas as preocupações das mãos e déssemos o livre arbítrio real? Vocês seriam livres e é isso que acontece: vocês são livres, são livres e são livres, atrevam-se, esta vida é a grande oportunidade de renascer sem abandonar o corpo físico e há mil maneiras de começar a partir do mais simples: reconhecer que não são felizes ou se são com algo em concreto.

Só esse reconhecimento os ajudará a abrir essa transformação, primeiro internamente e depois socialmente, o tempo é agora e as pequenas realidades são a base sólida de toda a sua realidade.



Amado ser de luz, sou Maria.

Vocês estão em plena expansão do legado de seu coração sagrado, o legado mais íntimo de vocês e sua vida, vocês são e serão seres de luz que viveram parcialmente usando sua energia como parte de uma grande aprendizagem de sua alma.

Agora com o aumento da frequência cristalina seu ser irá unindo todos os seus eus no interior de seu chakra do coração e irá configurar sua autêntica essência para recordar.

É algo progressivo, não importa suas lesões físicas, não importa o que viveram, todos vocês têm a oportunidade de ser e estar a partir de seu coração, é um processo muito natural e íntimos e se dará gradual em todos vocês, não é nada que tenham que provocar, somente dar-se espaços físicos de silêncio para integrar, só isso.

Estamos ao seu lado abrindo as memórias de luz enquanto vocês descansam e construindo seus tecidos ao redor de vocês para serem integrados.

É por isso que as pessoas sentem presenças nos lugares ou ambientes, é o trabalho que combinamos com vocês antes do despertar massivo.

Então, não cedam seu poder a outros para procurar um processo seguro, seu processo de ascensão é interno e é físico, os que desejam deixar seus corpos para começar de novo livres de toda carga kármica eaqueles que sua alma assim deseja, os caminhos se abrirão antes do que acreditam.

Por isso insistimos, seu corpo físico é projetado geneticamente para se compensar e o que não funcionou numa época pode se regenerar com o corpo de luz outras partes do físico sempre que não façam estragos e atendam suas emoções, elas são a porta de sua saúde, amados irmãos, está tudo pronto para começar o período mais intenso do percurso físico para a ascensão, o período de encontro com vocês mesmos e com a humanidade.

Ali onde veem conflito ponham amor, criem harmonia em todos os seus passos, fechem os olhos e chamem-nos, ponham luz e amor em todos os conflitos da Terra, façam sua parte, não se deixem arrastar pelas polaridades, se se somarem todas as consciências, a onda infinita de vibração desperta a consciência dos mais adormecidos.
Nós os amamos, irmãos, permitam-se subir, na realidade, consolidar sua vibração.
Desde o Sol de Alcyon
Amada Maria e Kuan Yin



Obrigada a todos, podem compartilhar livremente essa informação.
Elsa Farrus






Agradecimentos a Blog Sintese http://blogsintese.blogspot.com.br



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Elsa Farrus


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Atualização diária 


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?
achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
ES: LLAMA VIOLETA







ARCANJO GABRIEL, 11 DE OUTUBRO DE 2015 ~ Shelley Young

MENSAGEM DIÁRIA DO ARCANJO GABRIEL 

 Canalizado por Shelley Young

 Tradução: Blog SINTESE





Queridos, vocês não fazem ideia de como vocês são inacreditavelmente importantes.

A grande mudança que está ocorrendo em seu planeta simplesmente não aconteceria sem vocês.

Vocês formam a equipe em terra, as almas intrépidas e amorosas que vieram para o seu planeta para fazer a diferença.

Tirem um momento hoje para sentir essa verdade, para se autorreconhecer e autoagradecer e envolver-se no amor por quem vocês são, por tudo o que têm feito e por tudo que vocês continuarão a fazer.

Aninhem-se no conhecimento de que vocês são amados e honrados além da medida e que o universo inteiro é grato a vocês.

Arcanjo Gabriel


Arcanjo Gabriel através de Shelley Young
http://trinityesoterics.com
Facebook: Trinity Esoterics
Twitter: @trinityesoteric
YouTube: http://www.youtube.com/user/trinityesoterics


Tradução:

Agradecimentos a Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com.br



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Shelley Young


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Atualização diária 


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?
achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
ES: LLAMA VIOLETA







Revelação Templária – 9B– Um Curioso Tesouro (Rennes-le-Chateau) -- Lynn Picknett e Clive Prince

Revelação Templária – 9B  

Um Curioso Tesouro 

(Rennes-le-Chateau) 

Por Lynn Picknett e Clive Prince

Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com 

 Publicado anteriormente a 08/05/2015

CAPÍTULO IX 

 UM CURIOSO TESOURO – 9B


Recentemente, muitos investigadores encontraram indicações intrigantes sobre os verdadeiros interesses e motivações de Saunière, espalhados pelo seu domaine. Durante uma das nossas visitas à área, em 1996, fomos acompanhados por Lucien Morgan, um apresentador de televisão e autoridade em tantrismo, que ficou espantado por descobrir que a Torre de Magdala e os baluartes eram construídos segundo os antigos princípios de um certo tipo de rito sexual. Ele acredita que Saunière e o seu círculo secreto praticavam rituais sexuais ocultistas, destinados a facilitar a clarividência, pô-los em contato com os “deuses” – realizando, efetivamente, a Grande Obra dos velhos alquimistas – e assegurar poder e influência materiais.

Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Capítulo 09A – UM CURIOSO TESOURO – Livro “The Templar Revelation – Secret Guardians of the True Identity of Christ”, de Lynn Picknett e Clive Prince.

http://www.picknettprince.com/

CAPÍTULO IX – UM CURIOSO TESOURO – 9B

Outros reconheceram indicações de magia sexual: os autores britânicos Lionel e Patrícia Fanthrorpe citam o perito ocultista Bremna Agostini, que afirma que Saunière realizava um ritual mágico sexual conhecido por «Convocação de Vênus», em que participavam Marte Dénarnaud e Emma Calvé. No que respeita a esta investigação, a questão verdadeiramente importante de todas as edificações de Saunière em Rennes-le-Château é a importância que ele atribui a Maria Madalena (representante do feminino sagrado e divino).



Na verdade, a igreja já lhe fora dedicada muito antes de Saunière nascer, mas isso não era mera coincidência, porque ela fora a capela da família local dominante – a de Marie de Nègre. Dada a íntima associação desta família com o Rito Escocês Retificado, a dedicação da igreja parecia ser significativa. Saunière também dera o nome de Madalena à sua torre da biblioteca, e denominou a sua casa segundo aquela em que, de acordo com uma interpretação dos acontecimentos do Novo Testamento, ela vivera com seu irmão Lázaro e a sua irmã Marta. E, de todas as decorações da igreja, foi o baixo-relevo do frontal do altar, representando Madalena, que ele decidiu ser ele mesmo a pintar.

Descobrimos que também mandara fazer uma pequena estátua em bronze de Madalena, que ele colocou no exterior da gruta, junto à igreja. A estátua media menos de um metro e pesava cerca de oitenta e cinco quilos, e era a imagem invertida do baixo-relevo, mas, sob outros aspectos, idêntica. Esta estátua desapareceu há muito tempo, mas André Galaup, um jornalista reformado, de Limoux, tem fotografias dela.

A legenda «Terribilis est locus iste» destaca-se por cima da porta da igreja. Como Keith Prince nos indicou, a frase é do Gênesis 29:17 e relata que Jacob sonha com uma escada pela qual os anjos sobem e descem. Ao acordar, Jacob pronuncia estas palavras. Passa a designar aquele lugar por Betel, significando Casa de Deus. Mas, no Antigo Testamento, Betel transforma-se num centro de poder rival de Jerusalém – dando ao conceito de Betel a conotação de centro religioso alternativo ou rival do «oficial».

Mas na França a implicação é mais óbvia: um dicionário francês define «Betel» como um templo de uma seita dissidente. Poderia ser isto que Saunière estava a tentar comunicar? Curiosamente, os Dossiers Secrets reclamam que Saunière, nos seus últimos anos, planejava implantar «uma nova religião» e empreender uma cruzada por toda a área. A última edificação planejada para o seu «domaine» – a grande torre e o batistério exterior – faziam parte desta ambição.

Decidimos concentrar-nos no que Saunière encontrara quando chegou a Rennes-le-Château e no que pode ter inspirado as suas pesquisas. Pondo de parte a falsa pista dos pergaminhos, a aparente contradição do comportamento de Saunière chamou-nos a atenção. Muitas pessoas pensam que ele tentava deixar indicações na decoração da sua igreja. Contudo, também se sabe que ele destruiu cuidadosamente certas coisas que lá encontrou – especificamente, as inscrições das duas pedras que assinalavam a sepultura de Marie de Nègre. Também as removeu da sepultura, o que sugere que ele desejava obscurecer a sua localização exata.

Como vimos, estas pedras – a pedra vertical e a placa horizontal – foram colocadas na sepultura de Marie de Nègre pelo abade Antoine Bigou, cerca de cem anos antes de Saunière chegar. Mas uma coisa estranha já estava implicada: Bigou erigiu as pedras em 1791 – dez anos depois da morte da mulher que, supostamente, estava na sepultura – ao mesmo tempo que mandava voltar ao contrário a «Pedra do Cavaleiro» da igreja. (O levantamento desta pedra parece ter sido um passo importante da pesquisa de Saunière.)



Há ainda outro indicador de que Saunière estava, de algum modo, seguindo as pegadas de Bigou: antes de ser pároco de Rennes, Bigou exercera o cargo em Le Clat, uma pequena aldeia de montanha, a vinte quilômetros de Rennes. Saunière também fora sacerdote de Le Clat, imediatamente antes de vir para Rennes-le-Château. Poderia Saunière estar procurando alguma coisa relacionada com Bigou e, portanto, com as famílias d’Hautpoul ou de Nègre?

O trabalho de Bigou na sepultura de Marie pode ter sido inspirado pelos acontecimentos na França, que ocorreram entre a morte de Marie e 1791 – o ano que marcou o princípio do terror da Revolução Francesa. Os revolucionários eram hostis à Igreja Católica, e muitas relíquias, ícones e decorações foram destruídos ou saqueados neste período. Curiosamente, pouco depois do seu trabalho em Rennes-le-Château, Bigou, que era contrário à República, atravessou a fronteira e fugiu para Espanha, onde morreu em 1793.

Havia outra coisa estranha no sepultamento de Marie de Nègre. Os senhores de Rennes, a família d’Hautpoul, eram tradicionalmente sepultados na cripta da família, que se diz existir por debaixo da igreja. Então, por que razão o sepultamento de Marie não seguiu esta tradição? Sabemos que a cripta existia, porque ela é referida num registro paroquial que abrange os anos 1694-1726 e que está exposto no museu. Segundo este registro, a entrada para a cripta situa-se no interior da igreja. Contudo, a entrada já desapareceu, embora pareça certo que Saunière a descobriu; talvez os documentos que ele encontrou lhe indicassem o lugar onde devia procurá-la.

Segundo o relato da história de Saunière, registrado pelos irmãos Antoine e Marcel Captier e baseado nas memórias da família, o sacerdote descobrira a entrada para a cripta, por debaixo da Pedra do Cavaleiro, e tinha, de fato, entrado nela. Mas voltara, depois, a ocultar a entrada sob o novo pavimento da igreja, presumivelmente porque não queria que a sua localização fosse conhecida. Antoine Bigou devia ter tido a mesma preocupação, porque foi ele, em 1791 quem mandou voltar a Pedra do Cavaleiro ao contrário. Por que estariam os dois sacerdotes, separados por um século, tão interessados em que mais ninguém entrasse na cripta dos senhores de Rennes-le-Château?

Há uma resposta simples. Se Saunière entrasse na cripta e encontrasse o túmulo de Marie de Nègre, onde, em primeiro lugar ele deveria estar, teria compreendido imediatamente que se passava uma coisa muito estranha: a mulher tinha duas sepulturas. Mas a segunda, a do cemitério, fora lá colocada por Bigou, dez anos depois da morte de Marie. Obviamente, Marie não estava enterrada no cemitério – nesse caso, quem, ou o quê, estava lá enterrado?

Uma hipótese aceitável é que Bigou, presumivelmente devido às convulsões sociais da Revolução de 1789, que o ameaçaram pessoalmente, escondera alguma coisa no cemitério de Rennes-le-Château antes de fugir para Espanha. Mas o que poderia ter sido – outro corpo, um objeto ou documentos de certa natureza? Talvez fosse alguma coisa que Bigou tivesse dificuldade em levar consigo para Espanha ou talvez fosse alguma coisa que, de fato, fazia parte de Rennes-le-Château. Podemos nunca saber, mas parece que Saunière soube, porque ele abriu a sepultura para a procurar. E ele tivera muito interesse em que a mensagem das duas pedras tumulares se perdesse – pelo menos, a da placa horizontal, cuja inscrição ele fez desaparecer. Podia a mensagem dar alguma indicação sobre o que a sepultura, de fato, encerraria?


ÍSIS, …

A inscrição da pedra principal da sepultura de Marie de Nègre apresenta muitos erros, que não podem ser apenas o resultado de um acabamento pouco cuidadoso. Há palavras com erros de grafia, letras suprimidas, espaços que são omitidos ou acrescentados onde não são necessários. Das vinte e cinco palavras da inscrição, nada menos de onze apresentam erros. Alguns parecem bastante inócuos, mas um, em particular, era tão grave que teria causado séria ofensa à família. As palavras finais deveriam apresentar-se como o convencional REQUESTA IN PACE – «descanse em paz» – mas aparecem como REQUIES CATIN PACE. A palavra francesa «catin» é a gíria para «prostituta».

E é reforçada por um erro do nome de família do marido de Marie: D’Hautpoul aparece como DHAUPOUL. Este erro pode não alterar muito o significado, mas consegue chamar a atenção para a palavra. E poule (galinha) é outra designação de prostituta, em gíria; de fato, hautpoul podia significar «grande prostituta» … Do mesmo modo, o nome inscrito na pedra tumular faz eco de temas importantes desta investigação. Chega a ser tentador pensar que Marie de Nègre apenas existiu como nome, e como código de alguma coisa absolutamente espantosa.

Porque Blanchefort, embora seja o nome de um posto de fronteira local, significa «torre branca» ou «branco forte» – um termo alquímico. E «Marie de Nègre» evoca as Madonas Negras, com as suas associações a Maria Madalena, o que é reforçado pela referência de hautpoul a «alta prostituição», a sabedoria da prostituta. Encontramos, novamente, aparentes associações que são sugestivas da sexualidade (do feminino) sagrada e talvez – no contexto de rumores de «tesouro» – dos aspectos sexuais da Grande Obra alquímica. E, ainda mais relevante talvez, há outro erro de grafia na pedra tumular: D’ABLES é representado como D’ARLES. Se é, como suspeitamos, uma referência à cidade de Arles, na Provença, pode evocar o fato de que ela foi um antigo centro do culto de ÍSIS. Seja como for, Arles fica muito próximo de Saintes-Maries-de-la- Mer.

O desenho da segunda pedra da sepultura de Marie de Nègre, a placa horizontal, é mais polêmico porque existem algumas discrepâncias nos vários relatos do desenho, que foram publicados. Segundo a maioria das versões, ele ostenta duas inscrições: a frase – em latim, mas curiosamente inscrita em caracteres gregos – Et in Arcadia ego – e quatro palavras latinas: Reddis Regis Cellis Arcis, cruzando a pedra. O significado da última inscrição não é claro e tem sido tema de várias interpretações diferentes, mas parece referir-se a uma cripta ou túmulo real, talvez associado a Rhedae e/ou à aldeia de Arques. (A palavra Arcis tem muitos significados possíveis, desde palavras relacionadas com a inglesa «arco» a palavras que signifiquem «fechado» ou «interior», ou podia ser simplesmente uma alusão a Arques, quer o seu antigo nome de Archis quer uma transcrição fonética do nome moderno.)

O mote Et in Arcadia ego também se encontra no túmulo do quadro de Nicolas Poussin (1593-1665), Os Pastores de Arcádia, o qual é notavelmente semelhante ao que parece sempre ter existido – sob uma forma ou outra – junto da estrada que, de Rennes-le-Château e de Couiza, conduz a Arques. (A mais recente versão foi dinamitada em 1998, porque o agricultor da terra em que ele se encontrava já não estava disposto a tolerar centenas de turistas que violavam a sua propriedade. Infelizmente, esta medida drástica foi em vão: agora os turistas vêm tirar fotografias do local onde o túmulo se costumava encontrar.)


Nicolas Poussin (Les Andelys, Normandia, França, 15 de Junho de 1594 – Roma, 19 de Novembro de 1665) foi um pintor francês, mas por seu espírito e sensibilidade, um romano por adoção. É um dos maiores representantes do classicismo do século XVII. Trabalhou quase que exclusivamente em Roma. Um dos trabalhos mais famosos de Poussin é Os Pastores de Arcádia, uma pintura que retrata um túmulo com uma lápide enorme, onde se lê Et in Arcadia ego. O túmulo da pintura, anos após a morte de Poussin, foi encontrado nas redondezas de Rennes-le-Château, um vilarejo no sudeste da França, que fora habitado pelos visigodos e merovíngios.

Diz-se que Saunière trouxera de Paris reproduções de certas pinturas, uma das quais era Os Pastores de Arcádia de Poussin. Esta pintura, datando de cerca de 1640, representa um grupo de três pastores examinando um túmulo, observados por uma mulher que é geralmente considerada como sendo uma pastora. O túmulo ostenta a inscrição latina Et in Arcádia ego, uma frase estranhamente não gramatical que tem sido interpretada de várias maneiras, mas que, geralmente, se considera representar um memento mori, uma reflexão sobre a mortalidade: mesmo na terra paradisíaca da Arcádia, a morte está presente.

Este mote tem uma estreita ligação com a história do Priorado de Sião e figura no brasão da família de Plantard de Saint-Clair. Também se diz, como vimos, que ele foi incorporado na decoração da pedra horizontal da sepultura de Marie de Nègre. O tema da pintura não foi inventado por Poussin, sendo a primeira versão conhecida a de Giovanni Francesco Guercino, cerca de vinte anos antes. Contudo, o homem que encomendou a versão de Poussin, o cardeal Rospigliosi, parece também ter sugerido o tema a Guercino. E a primeira aparição artística da frase é numa gravura alemã do século XVI intitulada O Rei da Nova Sião destronado depois de ter inaugurado a Idade de Ouro… Ao discutir Poussin, é interessante considerar uma carta que o abade Louis Fouquet escreveu, de Roma, a seu irmão Nicolas, superintendente de Finanças de Luís XIV, em Abril de 1656:


[Poussin] e eu planejamos certas coisas de que te falarei em pormenor, brevemente, [e] que te darão, por intermédio de M. Poussin, vantagens que reis teriam grande dificuldade em obter dele, e que, depois dele, talvez ninguém dos séculos vindouros conseguirá recuperar; e o que é mais, seria sem grande despesa mas daria lucro, e estas coisas são tão difíceis de encontrar que ninguém desta terra podia ter agora uma fortuna melhor, nem talvez igual.

Curiosamente, foi Charles Fouquet, irmão de Louis e de Nicolas que, mais tarde, como bispo de Narbonne, assumiu o controle exclusivo da catedral de Notre-Dame de Marceilles durante um período de catorze anos.

A pintura de Poussin tem interesse para os investigadores de Rennes porque a paisagem representada na pintura é muito semelhante à da área que rodeia o lugar do túmulo de Arques, e a própria Rennes-le-Château avista-se à distância. Mas a paisagem, embora semelhante, não é idêntica, o que é considerado por algumas pessoas como prova de que a semelhança é uma coincidência. Mas, na nossa opinião, a paisagem representada por Poussin é suficientemente próxima do original para admitir a possibilidade de ele tentar reproduzir a área circundante de Rennes.



Mas a intriga adensa-se: sabe-se que o túmulo de Arques data apenas dos primeiros anos do século XX. Foi construído em 1903 pelo proprietário de uma fábrica local, Jean Galibert, e vendido depois a um americano chamado Lawrence. No entanto, segundo alguns rumores, este túmulo limitou-se a substituir uma versão anterior que existira no mesmo lugar, a qual, por sua vez, substituíra a que existia anteriormente. O nosso amigo John Stephenson, que vivia há muitos anos nesta área, confirmou que os habitantes locais dizem que «sempre existiu um túmulo naquele lugar».

Assim, é possível que Poussin se tivesse limitado a pintar o que vira naquele lugar. John Stephenson também nos informou de que a ligação com a pintura de Poussin era conhecida na área, há muito tempo, o que certamente contraria a ideia dos céticos de que essa associação foi uma invenção dos anos 60 ou 70. O lugar foi sempre considerado muito importante para estudiosos do ocultismo e do feminino sagrado.

Também tem sido afirmado que o mote Arcadia foi adotado por Plantard de Saint-Clair e pelo Priorado de Sião apenas no século XX, tal como a suposta ligação com a pintura de Poussin e o túmulo de Marie de Nègre. Mas a frase já fora associada à área, muito antes da época de Saunière. Em 1832, um certo Auguste de Labouïse-Rochefort escreveu um livro intitulado Voyage à Rennes-le-Bains, que incluía referências a um tesouro oculto, associado a Rennes-le-Château e a Blanchefort. Labouïse-Rochefort escreveu outro livro, Les Amants, à Èléonore (Os Amantes, para Eleonore), que incluía a frase Et in Arcádia ego na página do título.

Localmente, o túmulo é conhecido por «túmulo de Arques», o que, embora seja mais exato que «túmulo de Poussin», ainda não é exatamente verdadeiro, porque a aldeia de Arques fica a três quilômetros, para leste, na estrada principal. Embora o túmulo esteja muito mais próximo da aldeia de Serres, a palavra Arques é demasiado semelhante a Arcádia para não ser explorada.

Segundo Deloux e Brétigny, no seu livro Rennes-le-Château: capitale secrète de l’histoire de France, a placa da pedra tumular de Marie de Nègre foi, de fato, colocada na sua sepultura pelo abade Bigou, retirada de uma versão anterior do túmulo de Arques. Admitindo que sim, isto cria uma possibilidade intrigante. Poderia Poussin ter pintado simplesmente uma coisa que, ele de fato, vira comseus próprios olhos – um túmulo com as palavras Et in Arcadia ego nele inscritas?

John Stephenson relatou-nos uma lenda local espantosa, relacionada com o túmulo de Arques: que ele era ou a sepultura de Maria Madalena ou serviria, de algum modo, de marco ou indicador dela – a inscrição na pedra horizontal de Marie de Nègre tinha, de fato, uma seta que partia do centro. Mas, infelizmente, a pedra fora removida, por isso já não sabemos em que direção a seta apontava originariamente.

As provas sugerem que Saunière acreditava que o corpo de Maria Madalena se encontrava em qualquer parte; ou estava nas proximidades de Rennes-le-Château, ou a aldeia proporcionava algum gênero de indicação sobre o seu paradeiro. O que estava escondido no segundo túmulo de Marie de Nègre? A inscrição codificada que, aparentemente, se referia a uma «grande prostituta» indicava, de fato, Madalena? (Talvez o termo pudesse ser interpretado como «Grande-Sacerdotisa», associando, deste modo, o conceito de sexualidade sagrada a práticas ocultistas antigas, e não modernas).

Saunière, certamente, parecia andar em busca de alguma coisa especial e poderosa, alguma coisa preciosa que estava relacionada com a sua dileta Maria Madalena – e que podia haver mais precioso que os seus restos mortais? É evidente que isto podia ter sido apenas uma obsessão pessoal da sua parte e talvez ele imaginasse que as relíquias ainda não tinham sido encontradas. Por outro lado, como vimos, Saunière trabalhava para uma mais vasta e misteriosa organização, a qual, provavelmente, o financiava. Esta organização estaria igualmente iludida? Talvez não. A evidência sugere que o sacerdote trabalhava baseado em informação secreta acerca de um objeto real.


A Pomba Branca, simbolo de pureza e da paz, a ruiva Madalena (cabelos ruivos é o símbolo da Sacerdotisa) e o santo Graal …

A medida que a nossa investigação prosseguia, estávamos cada vez mais convencidos desta hipótese de Madalena, mas depressa descobrimos que – pelo menos, entre os investigadores britânicos deste tema – estávamos sozinhos. Assim, foi encorajador saber que investigadores franceses estavam a seguir a mesma orientação. Para eles, bem como para nós, não era inconcebível que Saunière e os seus misteriosos apoiantes andassem em busca da própria Maria Madalena.

Durante uma das nossas viagens a esta área, na Primavera de 1996, Nicole Dawe organizou um jantar para que conhecêssemos Antoine e Claire Captier, juntamente com Charles Bywaters. Antoine, neto do sineiro que encontrou os documentos que entregou a Saunière, viveu toda a vida com este mistério, assim como Claire, que é filha de Noël Corbu.

Antoine foi franco: não tinha interesse em adensar ainda mais o mistério. «Não vou dizer- lhes o que não sei», era esta a sua maneira de começar a discussão. Afirmou que considerava improvável que lhe fizéssemos alguma pergunta diferente, mas ficou surpreendido quando o interrogamos sobre a possível associação de Saunière ao culto de Madalena – porque este fora um ângulo que tinha sido ignorado até recentemente, mas o nosso interesse nele igualava estranhamente o de certos investigadores franceses.

Antoine informou-nos de que Saunière tinha investigado a lenda de Madalena, tendo, por exemplo, visitado Aix-en-Provence e a área circundante. Esta informação estava prestes a surgir na revista Cep d’Or de Pyla, publicada por André Douzet – o homem que encontrou a maquete já discutida no capítulo anterior – que reside em Narbonne. Douzet e o seu círculo são entusiásticos e competentes investigadores da história esotérica da França. Antoine disse que a próxima edição da revista «será interessante para vós… porque encontrarão alguma coisa mais profunda relativamente a Madalena».

De novo graças a Nicole, conhecemos André Douzet, que nos informou de que ele e outros, especialmente Antoine Bruzeau, tinham começado a investigar o interesse de Saunière por Madalena – mas parecia que a chave do mistério se encontrava a alguma distância de Rennes-le-Château. André não fora, inicialmente, atraído pelo mistério de Saunière, mas chegara até ele por um caminho indireto: certos lugares que o interessavam, na sua cidade natal de Lyons, tinham-no conduzido até ali.

A associação remonta a Gérard de Roussillon – que no século IX fundara a abadia de Vézelay, na Borgonha, para onde, foi afirmado mais tarde, levara o corpo de Maria Madalena. Lembramos (consultar o Capítulo III) que esta reivindicação foi ultrapassada, mais tarde, por St. Maximin da Provença, quando os monges de Vézelay não conseguiram apresentar as relíquias. Também recordemos que este acontecimento levou Charles II d’Anjou a empreender uma busca febril, convencido de que os restos mortais de Madalena ainda se encontravam em qualquer parte da Provença.

Gérard de Roussillon era conde de Barcelona, de Narbonne e da Provença – uma vasta região. A sua família também tinha propriedades na região de Le Pilat – agora, o Parque Nacional de Le Pilat -, a sul de Lyons. Eram fervorosos devotos de Madalena, e a área era um centro do seu culto. (Uma capela de Sainte-Madaleine, na região de Le Pilat, conservava as supostas relíquias de Lázaro.)

No século XIII, o conde reinante, Guillaume de Roussillon, morreu nas Cruzadas e a sua pesarosa viúva, Béatrix, retirou-se para as colinas de Le Pilat, onde fundou um mosteiro cartuxo, Sainte-Croix-en-Jarez, onde viveu o resto da sua vida. Mas, depois disso, o mosteiro parecia ter uma estranha associação com Maria Madalena.


Cristo e Madalena

Antoine Bruzeau afirma que a família possuíra as verdadeiras relíquias de Maria Madalena e que Béatrix as levara para Sainte-Croix. (Ou talvez ela tivesse simplesmente confiado à abadia o segredo da sua localização.) Ele também sugere que o verdadeiro lugar do desembarque de Madalena em França não foi a Carmargue, mas a costa do Roussillon, num lugar ainda chamado Mas de La Madaleine. De acordo com a sua teoria, ela não vivera o resto da sua vida na Provença, mas no hoje Languedoc-Roussillon - em redor da área de Rennes-le-Château.

Por alguma razão, a família Roussillon sentiu que era seu dever não só conservar as relíquias mas também mantê-las secretas. Isto é muito estranho, numa época em que as relíquias eram tão lucrativas, e sugere que eles tinham motivos diferentes da simples veneração de uma santa do Novo Testamento. Talvez fosse alguma coisa relacionada com o verdadeiro papel de Madalena na vida de Jesus Cristo.

No século XIV, um curioso mural foi acrescentado à abadia de Sainte-Croix, representando Jesus sendo crucificado em madeira viva. Mais tarde, este mural foi coberto de estuque, mas foi redescoberto em 1896 – pouco tempo antes de Saunière, pessoalmente, ter pintado o baixo-relevo do seu altar, representando Madalena a contemplar uma cruz feita de madeira ainda em crescimento.

Mais tarde, no século XVII, um dos frades de Sainte-Croix, Dom Polycarpe de La Rivière, um famoso erudito, empreendeu a recuperação do mosteiro, e talvez tenha descoberto alguma coisa. Ele estava particularmente interessado em Madalena – escreveu um livro acerca dela que, infelizmente, se perdeu, além de um outro sobre a área em redor de Aix-en-Provence, de St. Maximin e de Sainte-Baume, que o Vaticano suprimiu. De la Rivière também estava relacionado com Nicolas Poussin, e a investigação de Bruzeau sugere que ambos faziam parte de uma sociedade secreta conhecida por «Societé Angelique».

Nas colinas de Le Pilat, uma antiga estrada sobe o Mont Pilat até uma capela dedicada a Maria Madalena. A estrada começa na aldeia de Malleval, cuja igreja contém estátuas de St. António de Pádua e de St. Germain, que são idênticas às de Rennes-le-Château. O caminho passa por uma capela dedicada a St. Antônio Eremita – outro santo venerado na igreja de Saunière (e cuja festividade é em 17 de Janeiro). E na capela de Madalena existe um quadro, representando a santa na sua gruta, que é espantosamente semelhante ao de Rennes-le-Château. Bruzeau observa que, no fundo do retábulo de Saunière, há um arco com coluna: em céltico, o primeiro é Pyla; em latim, o segundo é pilla – apontando, foneticamente, para a área de Le Pilat. E os picos representados no horizonte parecem ser os da área circundante de Mont Pilat.

Sempre nos pareceu estranho que, no seu baixo-relevo, Saunière tivesse excluído o elemento mais característico da iconografia de Maria Madalena – o seu vaso de bálsamo santo ou Sainte Baume… Podia ser esta a sua maneira de dizer que as verdadeiras relíquias de Maria Madalena, afinal, não estavam em St. Maximin-le-Sainte-Baume da Provença?

Certamente, a julgar pelas faturas do aluguel de carruagem e cavalos na área de Lyons, em 1898 e 1899, parece que Saunière explorou a área de Le Pilat em busca do que restava da sua dileta Maria Madalena.

A questão primordial é saber por que razão alguém se esforçaria tanto para encontrar o que seria, essencialmente, apenas uma caixa com ossos. Porque, embora os católicos sempre tivessem a mórbida predileção por cadáveres de santos, deve-se recordar que muitos dos que, aparentemente, procuravam os restos mortais de Madalena eram ocultistas ou católicos rebeldes em relação a igreja romana. De qualquer modo, não parecem ter sido pessoas sentimentais e a época das relíquias como grande negócio já passara, há muito tempo – então, por que dedicaram tanto tempo e esforço a esta busca?


As colinas de Le Pilat, no maciço do mesmo nome.

Talvez não fosse simplesmente um esqueleto que eles procuravam: talvez julgassem que o caixão, ou túmulo, continha algum segredo, quer alguma coisa relacionada com o próprio corpo quer alguma coisa que estava com ele. Henry Lincoln, presumivelmente com ironia, sugeriu à imprensa francesa que esta «alguma coisa» podia ser a certidão de casamento de Jesus e Maria Madalena.

Falando mais seriamente, o segredo tem de ser alguma coisa semelhante a isso – uma coisa comprovativa e inequívoca que, uma vez tornada pública, causaria um enorme furor e muitos problemas para a igreja de Roma.

Dado o interesse destes grupos específicos, que temos estado a investigar, o segredo tem de ser alguma coisa herética cuja natureza se revelaria profundamente inquietante para a Igreja oficializada. Mas o que teria a possibilidade de provocar esta ameaça? Por que razão uma coisa que tem – presumivelmente – 2000 anos, deveria ter alguma relação importante com a sociedade moderna?


Links partes anteriores:
  1. http://thoth3126.com.br/o-codigo-secreto-de-leonardo-da-vinci/
  2. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-02a-no-mundo-secreto/
  3. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-02b-no-mundo-secreto/
  4. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-03a-no-rastro-de-madalena/
  5. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-03b-no-rastro-de-madalena/
  6. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-03c-no-rastro-de-madalena/
  7. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-4a-a-patria-da-heresia/
  8. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-4b-a-patria-da-heresia/
  9. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-5a-os-guardioes-do-graal/
  10. http://thoth3126.com.br/a-revelacao-templaria-5b-os-guardioes-do-graal/


Permitida a reprodução desde que mencione as fontes e respeite a formatação original.

www.thoth3126.com.br

Posted by Thoth3126 on 08/05/2015

Compartilhe:

5Share on Facebook (Opens in new window)5
2Click to share on Twitter (Opens in new window)2
Click to share on Reddit (Opens in new window)
Click to email this to a friend (Opens in new window)

URL: http://wp.me/p2Fgqo-8ut




Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Lynn Picknett

Atualização diária

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

   
Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

O Livro perdido de Enki – 3ª Tabuleta ~ Zecharia Sitchin

O Livro perdido de Enki 

 3ª Tabuleta

The Lost Book of Enki 

 Memórias e profecias de um ”deus“ extraterrestre. 

 Publicado anteriormente a 15/04/2015

Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com 

Livroperdidode-Enki


O Livro Perdido de ENKI – The Lost Book of Enki – Memórias e profecias de um ”deus“ extraterrestre:


Fazem cerca de 435.000 anos que astronautas de outro planeta e sistema solar chegaram à Terra em busca de ouro. Depois de aterrissar num dos mares da Terra, desembarcaram e fundaram Eridú, “Lar na Lonjura”.

Com o tempo, o assentamento inicial se estendeu até converter-se na flamejante Missão Terra, com um Centro de Controle de Missões, um espaçoporto, operações de mineração e, inclusive, uma estação orbital em Marte. Este livro conta a história desta saga extraterrestre, contada pelo próprio Enki.


Edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

Partes anteriores em:
http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki/
http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-atestado/
http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-primeira-tabuleta-parte-1/
http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-primeira-tabuleta-parte-2-final/
http://thoth3126.com.br/o-livro-perdido-de-enki-segunda-tabuleta/

Sinopse da Terceira Tabuleta

1. Alalu transmite as notícias a Nibiru, e reclama a realeza.
2. Anu, assombrado, expõe o assunto ante o conselho real.
3. Enlil, o Filho Principal de Anu, sugere uma verificação in situ.
4. Ea(Enki), o Primogênito de Anu e genro de Alalu, é eleito, em troca Ea equipa com engenho o seu navio celestial para a viagem.
5. A espaçonave, pilotada por Anzu, leva cinqüenta heróis.
6. Superando os perigos, os nibiruanos se estremecem ante a visão da
Terra.
7. Dirigidos por Alalu, amerissam e ganham a costa.
8. Eridú, Casa Longe do Lar, surge em sete dias.
9. Começa a extração de ouro das águas da Terra.
10. Embora a quantidade seja minúscula, Nibiru exige a entrega.
11. Abgal, um piloto, escolhe a espaçonave de Alalu para a
viagem. Descobre armas nucleares proibidas na espaçonave.
12. Ea (Enki) e Abgal tiram as Armas de Terror e as ocultam.
13. A Conexão Terra-Marte (representação por volta de 2.500 a.C.).

A TERCEIRA TABULETA

A sorte de Nibiru está em minhas mãos; minhas condições Anu deve escutar! Essas foram as palavras de Alalu, da escura Terra a Nibiru que as transmitiu pelo Falador. Quando as palavras de Alalu a Anu, o rei, foram-lhe comunicadas, Anu se assombrou; assombraram-se também os conselheiros, os sábios ficaram surpreendidos. Alalu não está morto? Perguntavam-se entre si. Podia estar vivo em outro mundo? Diziam-se com incredulidade.

Não se tinha ocultado em Nibiru, tendo ido com o carro até um lugar ignoto? Convocou-se os comandantes dos carros (espaçonaves) celestes, os sábios refletiram sobre as palavras transmitidas. As palavras não chegaram de Nibiru; disseram-se que foram transmitidas à frente do Bracelete (Cinturão de Asteroides, os restos da explosão do planeta Maldek) Esculpido, esta foi sua conclusão, e isto lhe reportou ao rei, Anu. Anu ficou aturdido; refletiu sobre o acontecido. Que lhe enviem palavras de reconhecimento a Alalu, disse aos reunidos.



No Lugar dos Carros Celestiais se deu a ordem, a Alalu palavras foram enviadas: Anu, o rei, envia-te suas saudações; sente prazer em saber que te encontra bem; não havia razão para que se fosse de Nibiru, no coração de Anu não há inimizade; Se realmente encontraste o ouro da salvação, que Nibiru se salve! As palavras de Anu chegaram ao carro celestial de Alalu; Alalu as respondeu com rapidez: Se seu salvador tiver que ser, para suas vidas salvar, convoquem aos príncipes em assembléia, declarem suprema minha ascendência!

Que os comandantes me convertam em seu líder, que se inclinem ante minhas ordens! Que o conselho me nomeie rei, para substituir a Anu no trono! Quando as palavras de Alalu se escutaram em Nibiru, grande foi a consternação. Como se podia depor a Anu? Perguntavam-se os conselheiros. E se não era certo o que contava Alalu? E se era uma artimanha? Onde ele está? De verdade encontrou ouro? Reuniram aos sábios, pediram o conselho dos doutos e instruídos.

O mais ancião deles falou: Eu fui o professor de Alalu! Disse. Ele tinha escutado com atenção os ensinos do Princípio, da Batalha Celestial tinha aprendido; do monstro aquoso Tiamat e de suas veias douradas adquiriu conhecimentos; se realmente foi mais à frente do Bracelete Esculpido, na Terra, o sétimo planeta (n.t. contagem para quem chega de fora para dentro do nosso sistema solar), está seu asilo! Na assembléia, um príncipe tomou a palavra; era um filho de Anu, do ventre de Antu, a esposa de Anu.

Enlil era seu nome, que quer dizer “Senhor do Mandato”. Palavras de cautela estava pronunciando: Alalu não pode falar de condições. As calamidades foram sua obra, e perdeu o trono em combate singular. Se for certo que encontrou ouro na Terra, fazem falta provas disso; haverá suficiente ouro para proteger nossa atmosfera? Como o traremos até Nibiru através do Bracelete Esculpido? Assim falou Enlil, o filho de Anu; e outras muitas perguntas formulou também. Muitas provas faziam falta, muitas respostas se precisavam, concordaram todos. Transmitiram a Alalu as palavras da assembléia, uma resposta se exigiu.

Alalu ponderou o mérito das palavras, e acessou a transmitir seus segredos; de sua viagem e seus perigos fez em verdade um relato. Do Provador tirou o cristal de suas vísceras, do Tomador de Amostras tirou seu coração de cristal; Inseriu os cristais no Falador, para transmitir todos os achados. Agora que se entregaram as provas, me declarem rei, lhes incline ante minhas ordens! Exigiu severamente. Os sábios se horrorizaram; com Armas de Terror (Bombas atômicas), Alalu causaria mais estragos em Nibiru, com Armas de Terror um atalho tinha aberto através do Bracelete (o Cinturão de Asteroides) Partido!


Estela suméria com representação do planeta Nibiru (estrela de 4 pontas com quatro cursos d”água) e seu rei ANU, o gigante sentado no trono.

No momento Nibiru passa em sua volta por essa região, Alalu está procurando calamidades! No conselho havia muita consternação; alterar a realeza era, certamente, um assunto grave. Anu não só era rei por ascendência: tinha alcançado o trono em justa luta! Na assembléia dos príncipes, um filho de Anu se levantou para falar. Era sábio em todas as matérias, entre os sábios lhe reconhecia. Dos segredos das águas era um professor; E.A-(ENKI), “Aquele Cujo Lar É a Água”, era chamado. De Anu era o Primogênito; com Damkina, a filha de Alalu, estava casado.

Meu pai por nascimento é Anu, o rei, disse Ea; Alalu, por matrimônio, é meu pai. Levar a uníssono os dois clãs foi a intenção de meus esponsais; me deixem ser o que traga a unidade neste conflito! Me deixem ser o emissário de Anu ante Alalu, me deixem ser o que dê suporte aos descobrimentos de Alalu! Deixem que eu viaje à Terra em um carro celestial, riscarei um atalho através do Bracelete com água, não com fogo. Na Terra, deixem que obtenha das águas o precioso ouro; a Nibiru se enviará o metal de volta.

Que Alalu seja rei na Terra, um veredicto dos sábios deve esperar: se Nibiru se salvar, que haja uma segunda luta; que esta determine quem governará Nibiru! Os príncipes, os conselheiros, os sábios, os comandantes escutaram as palavras de EA-ENKI com admiração; estavam cheias de sabedoria, pois encontravam solução ao conflito. Que assim seja! Anunciou Anu. Que parta Ea, que fique a prova o ouro. Lutarei com o Alalu pela segunda vez, que o vencedor seja rei de Nibiru! Transmitiram a Alalu as palavras da decisão.

Este as ponderou e concordou: Que Ea, meu filho por matrimônio, venha à Terra! Que se obtenha ouro das águas, que fique a prova para a salvação de Nibiru; que uma segunda luta pela realeza se efetue entre Anu e eu! Assim seja! Decretou Anu na assembléia. Enlil fez uma objeção; a palavra do rei era inalterável. Ea foi ao lugar dos carros celestiais, com comandantes e sábios consultou. Contemplou os perigos da missão, considerou como extrair e trazer o ouro desde a Terra. Estudou com atenção a transmissão de Alalu, e pediu a Alalu mais provas dos resultados. Desenhou uma Tabuleta dos Destinos para a missão.



Se a água for a Força, onde poderia ser reposta? Onde, no carro celestial, poderemos armazená-la? Como se converterá em Força? Toda uma volta de Nibiru passou com as reflexões, um SHAR de Nibiru (n.t. Um ano, uma órbita completa de Nibiru em torno de nosso sol e da estrela SÍRIUS da constelação do Cão Maior, que leva 3.600 anos da Terra) passou nos preparativos. Preparou-se o carro celestial maior para a missão, calculou-se seu destino de volta, uma Tabuleta do Destino se fixou com firmeza; cinqüenta (anunnakis) heróis farão falta para a missão, para viajar à Terra e obter o ouro!

Anu deu sua aprovação à viagem; os astrônomos escolheram o momento adequado para começá-la. No Lugar dos Carros celestiais (espaçonaves) se congregaram as multidões, chegaram para se despedir dos heróis e de seu líder. Levando cascos de Águia, levando cada um, um traje de Peixe, os heróis entraram no carro de um em um. O último a embarcar foi Ea; dos congregados se despediu. ajoelhou-se ante seu pai, Anu, para receber a bênção do rei. Meu filho, o Primogênito: uma comprida viagem empreenderás, para te pôr em perigo por todos nós; que seu êxito desterre de Nibiru a calamidade; vá e volta com vida! Assim fez Anu para pronunciar uma bênção para seu filho, despedindo-se dele.

A mãe de Ea, a quem chamavam Ninul, apertou-o contra seu peito. Por que, depois que foste dado como filho de Anu, ele te dotou com um coração incansável? Vá e volta, percorre sem novidade o perigoso caminho! Disse-lhe ela. Com ternura, Ea beijou a sua esposa, abraçou a Damkina sem palavras. Enlil estreitou os braços com seu meio-irmão. Que seja bendito, que tenha êxito! Disse-lhe. Com o coração encolhido, Ea entrou no carro, e deu a ordem de partida. Vem agora o relato da viagem até o sétimo planeta, e de como se iniciou a lenda do deus que surgiu das águas. Com o coração encolhido, Ea entrou no carro, e deu a ordem de partida. O assento do comandante estava ocupado por Anzu, não por Ea; Anzu, não Ea, era o comandante do carro; “Aquele Que Conhece os Céus” significava seu nome; para esta tarefa fora selecionado especialmente.

Era um príncipe entre os príncipes, de semente real era sua ascendência. O carro celestial guiou com perícia; o elevou poderosamente de Nibiru, para o distante Sol e para a Terra o dirigiu. Dez léguas, cem léguas o carro percorreu, mil léguas o carro viajou. O pequeno Gaga (Plutão) saiu a recebê-los, eles transmitiu aos heróis saudação de bem-vindos. Azulada Antu (Netuno), formosa e encantadora, mostrou-lhe o caminho. Anzu se sentiu atraído ante sua vista. Examinemos suas águas! Disse Anzu. Ea deu a ordem de continuar sem deter-se; é um planeta sem retorno, disse energicamente. Para o celestial An (Urano), o terceiro na conta planetária, prosseguiu o carro. A lado de An jazia o seu exército de luas, se formavam redemoinhos. Os raios do Provador revelaram a presença de água; indicou a Ea se era necessário deter-se, Ea disse que se continuasse a viagem, para o Anshar (Saturno), o maior dos príncipes do céu, se estava dirigindo.


Anshar (Saturno), o maior dos príncipes do céu

Logo puderam sentir o insidioso puxão de Anshar, e admiraram com temor seus anéis de cores. Com perícia, Anzu guiou o carro, os demolidores perigos habilmente evitou. O gigante Kishar (Júpiter), o maior dos planetas estáveis, foi o seguinte em encontrar-se. A atração de sua rede (gravidade) era entristecedora; com grande habilidade, Anzu desviou o rumo do carro. Com fúria, Kishar esteve lançando raios ao carro divino, dirigiu seu exército para o intruso. Lentamente, Kishar se afastou, para que o carro celestial se encontrasse com o seguinte inimigo: mais à frente do quinto planeta, o Bracelete (cinturão de asteroides) Esculpido estava à espreita! Ea ordenou que em seu artefato se fixasse um zumbido, que se preparasse o Propulsor de Água.

Para o exército de rochas giratórias se precipitava o carro, cada uma, como a pedra de uma funda, dirigia-se ferozmente para o carro. A palavra de Ea foi dada; com a força de um milhar de heróis, lançou-se a corrente de água. Uma a uma, as rochas voltaram a cara; estavam deixando um atalho para o carro! Mas, enquanto uma rocha fugia, outra atacava em seu lugar; uma multidão além de toda conta era seu número, um exército procurando
vingança pela divisão de Tiamat! Uma e outra vez, Ea deu as ordens para que o Propulsor de Água mantivesse um zumbido; Uma e outra vez, dirigiram-se correntes de água para o exército de rochas.

Uma e outra vez, as rochas voltaram suas caras, deixando um atalho para o carro celestial. E, depois, ao fim, o atalho ficou claro; o carro podia continuar sem danos! Os heróis elevaram um grito de alegria; e dobrada foi a alegria ante a visão do Sol que agora se revelava. No meio do regozijo, Anzu fez soar o alarme: para riscar o atalho, consumou-se muita água, não havia água suficiente para alimentar as Pedras ígneas do carro durante o resto da viagem! Na escura profundidade, podiam ver o sexto planeta, estava refletindo os raios do Sol. Há água no Lahmu (Marte), estava dizendo. Pode fazer descer o carro sobre ele? Perguntou ao Anzu. Destramente, Anzu dirigiu o carro para o Lahmu; ao chegar ao deus celestial, a seu redor fez circundar o carro. A rede (Campo eletromagnético) do planeta não é grande, sua atração se pode dirigir com facilidade, disse Anzu.

Lahmu merecia ser contemplado, tinha muitos tons; de branca neve era seu gorro Polo Norte), de branca neve eram suas sandálias (Polo Sul). Avermelhado em sua metade, em sua metade lagos e rios reluziam! Habilmente, Anzu fez viajar o carro mais devagar, junto à borda de um lago o fez descender brandamente. Seguindo as ordens, os heróis estenderam O Que Aspira Água, as vísceras do carro se encheram com as águas do lago. Enquanto o carro se enchia de água, Ea e Anzu examinaram os arredores. Com o Provador e o Tomador de Amostras, determinaram tudo o que importa: as águas eram boas para beber, havia ar suficiente.


Marte (Lahmu), o planeta avermelhado onde a espaçonave de ENKI se abasteceu com ÁGUA antes de chegar à Terra

Tudo se registrou nos anais do carro, e se descreveu a necessidade de desviar-se. Reabastecido seu vigor, o carro se remontou, despedindo do benévolo Lahmu. Mais à frente, o sétimo planeta estava dando sua volta; a Terra e sua companheira Kingu, a nossa Lua) estavam convidando o carro! No assento do comandante, Anzu estava sem palavras; Ea também estava calado. Diante deles estava seu destino, que continha o ouro da salvação ou a perdição de Nibiru. O carro deve frear-se, ou perecerá na grossa atmosfera da Terra! Declarou Anzu. Faça círculos para frear ao redor do companheiro da Terra, a Lua! Sugeriu-lhe. Circundaram a Lua; jazia prostrada e cheia de cicatrizes, depois da vitória de Nibiru na Batalha Celestial.

Depois de frear assim o carro, Anzu o dirigiu por volta do sétimo planeta. Uma vez, duas vezes fez circundar o carro ao redor do globo da Terra, ainda mais perto da Terra firme o fez descer. Havia tons de neve nas duas terceiras partes do planeta, de um tom escuro era sua parte mediana. Podiam ver os oceanos, podiam ver as Terras Firmes; estavam procurando o sinal da baliza de Alalu. Onde um oceano tocava terra seca, onde quatro rios (n.t os quatro rios descritos no Gênesis bíblico) eram tragados pelos pântanos, balizava o sinal de Alalu. O carro é muito pesado e grande para os pântanos! Declarou Anzu. A rede de atração da Terra é muito capitalista para descender em terra seca!, anunciou Anzu.

Amerissa! Amerissa nas águas do oceano! Gritou Ea a Anzu. Anzu deu uma volta a mais ao redor do planeta; com muito cuidado, fez descender o carro para o bordo do oceano. Encheu de ar os pulmões do carro; nas águas amerissou, não se afundou nas profundidades. No Falador se escutou uma voz: Sede bem-vindos à Terra! Estava dizendo Alalu. Pela transmissão de suas palavras, determinou-se a direção de seu paradeiro. Para o lugar dirigiu Anzu o carro, flutuando como um navio se movia sobre as águas. Logo se estreitou o amplo oceano, aparecendo terras secas de ambos os lados como dois guardiões.


Os quatro rios do Paraíso citados no Gênesis ficavam no Iraque Antigo: o rio Tigre, rio Eufrates, rio Gehon e o rio Pishon: “O nome do primeiro é Pisom; este é o que rodeia toda a terra de Havilah. E o ouro dessa terra é bom; ali há o obdélio, e a pedra sardônica. E o nome do segundo rio é Giom; este é o que rodeia toda a terra de Cuxe. E o nome do terceiro rio é Tigre; este é o que vai para o lado oriental da Assíria; e o quarto rio é o Eufrates“. Gênesis 2:11-14

Na parte esquerda, elevavam-se colinas pardas; na direita, as montanhas elevavam suas cabeças até o céu (Golfo Pérsico). Para o lugar do Alalu se dirigiu o carro, ia flutuando sobre as águas como um navio. Por diante, a terra seca estava coberta de água, os pântanos substituíam ao oceano. Anzu deu ordens aos heróis, ele ordenou que ficassem com os trajes de peixes. Então, abriu-se uma portinhola do carro, e os heróis desceram aos pântanos. Ataram fortes cordas ao carro celestial, com as cordas atiraram do carro. As palavras transmitidas pelo Alalu chegavam com mais força. Rápido! Rápido! Estava dizendo. Ao final dos pântanos, uma visão terei que contemplar: reluzindo sob os raios do Sol, havia um carro de Nibiru; era o navio celestial de Alalu!

Os heróis aceleraram seus passos, para o carro de Alalu se apressaram. Impaciente, Ea ficou sem traje de peixe; em seu peito, o coração golpeava como um tambor. Saltou no pântano, com passo apressado se dirigiu para a margem. Altas eram as águas do pântano, o fundo estava mais fundo do que esperava. Deixou de caminhar para nadar, com braçadas audazes avançou. Enquanto se aproximava da terra seca, pôde ver verdes pradarias. Depois, seus pés tocaram chão firme; ficou de pé e seguiu caminhando. Diante dele, pôde ver Alalu, de pé, saudando com as mãos vigorosamente.


Mesopotâmia (terra entre dois rios) o local onde os extraterrestres do planeta NIBIRU aterrissaram, a cerca de 450 mil anos atrás e iniciaram a ocupação do planeta e a exploração de ouro no sul do continente da África.

Alcançando a borda, Ea saiu das águas: estava sobre a escura Terra! Alalu chegou correndo até ele; abraçou com força a seu filho por matrimônio. Bem-vindo a um planeta diferente!, disse-lhe Alalu. Vem agora o relato de como se fundou Eridú na Terra, de como começou a conta dos sete dias. Alalu abraçou a Ea em silêncio, com os olhos cheios de lágrimas de alegria. Ea inclinou sua cabeça ante ele, em sinal de respeito ante seu pai por matrimônio. Nos pântanos, os heróis seguiam avançando; outros mais ficaram nos trajes de peixes, outros mais para a terra seca se apressavam. Mantenham a flutuação do carro!, ordenou Anzu. Ancorem nas águas, evitem a lama da margem!

Os heróis alcançaram as margens, ante o Alalu se inclinaram. Anzu chegou à borda, o último em sair do carro. inclinou-se ante o Alalu; com ele estreitou os braços Alalu em sinal de bem-vindos. A todos os que tinham chegado, Alalu deu palavras de bem-vindos. A todos os que estavam reunidos, EA-ENKI deu palavras de mandato. Aqui na Terra, eu sou o comandante!, disse-lhes. Em uma missão de vida ou morte chegamos à Terra; em nossas mãos está a sorte de Nibiru! Olhou ao redor, estava procurando um lugar para acampar. Amontoem terra, façam montículos ali!, ordenou Ea para levantar um acampamento.

A um lugar não longínquo estava assinalando, uma cabana de canas erigiu por morada para o Alalu. Logo, dirigiu estas palavras ao Anzu: Transmite estas palavras a Nibiru, ao rei, meu pai Anu, anuncia a feliz chegada! Não demorou para trocar a cor do tom dos céus, do resplendor ao avermelhado se tornou. Ante seus olhos se revelou uma visão nunca antes vista: o Sol, como uma esfera vermelha, estava desaparecendo no horizonte! O temor se apoderou dos heróis, temiam uma Grande Calamidade! Alalu, com palavras risonhas, confortou-lhes dizendo: É um por do Sol, marca o fim de um dia na Terra. Aproveitem para um breve descanso; uma noite na Terra é mais curta do que possam imaginar. Antes do que possam esperar, o Sol fará sua aparição; será dia novamente na Terra!

Inesperadamente, chegou a escuridão, e separou os céus da Terra. Os relâmpagos rompiam a escuridão, e a os trovões lhes seguiram as chuvas. Os ventos sopraram sobre as águas, eram tormentas de um deus estranho. No carro, os heróis ficaram esperando. Para eles, não chegou o descanso; estavam muito agitados. Com os corações acelerados, esperavam a volta do Sol. Sorriram quando apareceram seus raios, contentes e dando-se palmadas nas costas. E anoiteceu e amanheceu, foi seu primeiro dia na Terra. Ao romper o dia, Ea refletiu sobre a situação; devia pensar sobre como separar as águas (potável, para consumo humano) das águas. Nomeou ao Engur senhor das águas doces, para que os provesse de águas potáveis.



Este foi à laguna da serpente com o Alalu, para valorizar suas águas doces; A laguna estava abarrotada de serpentes malignas!, disse Engur. Então, Ea contemplou os pântanos, sopesando a abundância de águas de chuva. Ao Enbilulu o pôs ao cargo dos pântanos, lhe indicou que assinalasse os matagais de treliças. Ao Enkimdu pôs-lhe ao cargo da sarjeta e do dique, para que elaborasse uma fronteira frente aos pântanos, para que fizesse um lugar onde se reunir as águas que choviam do céu, Assim se separaram as águas de debaixo das águas de acima, separaram-se as águas dos atoleiros das águas doces. E anoiteceu e amanheceu, foi o segundo dia na Terra.

Quando o Sol anunciou a manhã, os heróis já estavam levando a cabo as tarefas atribuídas. Ea dirigiu seus passos, junto ao Alalu, para o lugar de ervas e árvores, para examinar tudo o que crescia na horta, ervas e frutas segundo sua espécie. Ao Isimud, seu vizir, Ea lhe fez umas perguntas: Que planta é esta? Que planta é aquela?, perguntava-lhe. Isimud, muito instruído, pôde distinguir os alimentos que crescem bem; arrancou uma fruta para Ea, é uma planta de mel!, dizia a Ea: Ele mesmo comeu uma fruta, Ea estava comendo uma fruta! Do alimento que cresce, diferenciado por sua bondade, Ea pôs ao cargo ao herói Guru. Assim se proveram os heróis de água e mantimentos; não se fartavam.

E anoiteceu e amanheceu, foi o terceiro dia na Terra. O quarto dia cessaram de sopro os ventos, o carro celestial já não se viu perturbado pelas ondas. Que se tragam ferramentas do carro, que se construam moradas no acampamento!, ordenou Ea, pôs a Kulla ao cargo dos moldes e dos tijolos, para que fizesse tijolos de argila; ao Mushdammu lhe indicou que pusesse os alicerces, para levantar moradas habitáveis. Todo o dia esteve brilhando o Sol, uma grande luz houve durante o dia. Ao anoitecer, Kingu, a lua da Terra, jogou em sua plenitude uma luz pálida sobre a Terra, uma luz menor para governar a noite, para ser contado entre os deuses celestiais.

E anoiteceu e amanheceu, foi o quarto dia na Terra. O quinto dia, Ea ordenou ao Ningirsig que fizesse um navio de juncos, para tomar a medida dos pântanos, para analisar a extensão dos atoleiros. Ulmash, que conhece o que prolifera nas águas, que tem conhecimentos das aves de caça que voam, ao Ulmash levou Ea por companheiro, para que distinguisse o bom do mau. Das espécies que pululam nas águas, das espécies que oferecem suas asas no céu, muitas eram desconhecidas para Ulmash; seu número era desconcertante. Boas eram as carpas, entre os maus foram nadando. Ea convocou a Enbilulu, o senhor dos pântanos; Ea convocou ao Enkimdu, a cargo da sarjeta e do dique; lhes deu ordens, para fazer uma barreira nos pântanos; para fazer um recinto com canas e juncos verdes, e separar ali uns peixes de outros, uma armadilha para carpas, que de uma rede não pudessem escapar, um lugar de cuja armadilha não pudesse escapar nenhum ave que fosse boa para comer. Assim, os heróis se proveriam de pescado e de caça, separando as espécies boas.

E anoiteceu e amanheceu, foi o quinto dia na Terra. O sexto dia, Ea teve em conta às criaturas da horta. Ao Enursag lhe atribuiu a tarefa de distinguir o que se arrasta pelo chão do que caminha sobre pés. Enursag se assombrou de suas espécies, de sua ferocidade deu conta. Ea convocou a Kulla, ao Mushdammu deu ordens urgentes: Para a noite, as moradas têm que estar terminadas, e rodeadas por uma cerca de amparo! Os heróis puseram mãos à obra, sobre os alicerces fincaram os tijolos com rapidez. As coberturas se fizeram de canas e a cerca se levantou com árvores cortadas. Anzu trouxe do carro um Raio-que-mata, um Falador-Que-Transmite-Palavras pôs na morada de EA-ENKI; Ao anoitecer, o acampamento estava terminado! Os heróis se congregaram em seu interior de noite. Ea, Alalu e Anzu consideraram os fatos; tudo o que foi feito era na verdade bom! E anoiteceu e amanheceu, era o sexto dia.

No sétimo dia os heróis se reuniram no acampamento, Ea lhes disse estas palavras: empreendemos uma perigosa viagem, percorremos um perigoso caminho desde Nibiru até o sétimo planeta. À Terra chegamos sem novidade, muitas coisas boas conseguimos, estabelecemos um acampamento. Que este dia seja de descanso; a partir de agora, o sétimo dia será sempre de descanso!

Que a partir de agora chame a este lugar Eridú, Lar na Lonjura será seu significado! Que se mantenha uma promessa, que Alalu seja declarado comandante de Eridú! Os heróis assim reunidos, gritaram ao uníssono os acordos. Palavras de acordo pronunciou Alalu, depois rendeu grande comemoração a Ea. Que se dê um segundo nome a Ea, que lhe chame Nudimmud, o Hábil Ferreiro! Ao uníssono, os heróis anunciaram o acordo. E anoiteceu e amanheceu, foi o sétimo dia.

Vem agora o relato de como começou a busca de ouro, e de como os planos no Nibiru não proporcionavam a salvação a Nibiru. Depois de estabelecer o acampamento do Eridú e depois de saciar os heróis de alimento, Ea começou a tarefa de obter ouro das águas. No carro, levantaram-se as Pedras de Fogo, e cobrou vida o Grande Crujidor; desde o carro, estendeu-se O Que Suga Água, inseriu-se nas águas pantanosas. As águas se introduziram em um recipiente de cristais, das águas, os cristais do recipiente extraíram tudo o que tinha de metal. Depois, do recipiente, O Que Cospe cuspiu as águas à laguna dos peixes; assim se recolhiam no recipiente os metais que havia nas águas. O artefato de Ea era engenhoso, na verdade, era um Hábil Ferreiro!

Durante seis dias da Terra se introduziram águas pantanosas, cuspiram-se águas pantanosas; no recipiente se recolhiam os metais! O sétimo dia, Ea e Alalu examinaram os metais; de muitas classes eram os metais que havia no recipiente. Havia ferro, havia muito cobre; o metal ouro não era abundante. No carro outro recipiente, o engenhoso artefato do Nudimmud, os metais se separaram segundo seus tipos, levaram-se a margem por classes. Assim trabalharam os heróis durante seis dias; ao sétimo dia descansaram. Durante seis dias, os recipientes de cristal se encheram e se esvaziaram, o sétimo dia se fez conta dos metais. Havia ferro e havia cobre, e outros metais também; de ouro, acumulou-se o montão menor. De noite, a Lua subia e baixava; a sua volta, a sua órbita completa, Ea lhe pôs o nome de Mês.

Ao começo do Mês, seis dias se mostravam seus raios luminosos, com sua meia coroa se anunciava o sétimo dia; era um dia de descanso. A metade de caminho, a Lua se distinguia por sua plenitude; depois, se detinha para começar a decrescer. Com o curso do Sol, ia aparecendo a volta da Lua, ia revelando seu rosto com a volta da Terra. Ea estava fascinado com os movimentos da Lua, contemplava sua atração como Kingu ao Ki: A que propósito servia essa atração? Que sinal celeste estava dando?

Mês chamou Ea à volta da Lua (calendário lunar), deu-lhe o nome de Mês a sua volta. Por um Mês, por dois meses, separaram-se as águas no carro; o Sol, cada seis meses, dava à Terra outra estação; Inverno e Verão as chamou. Houve Inverno e houve Verão; e Ea chamou Ano da Terra a toda a volta completa. Ao finalizar o Ano se fez conta do ouro acumulado; não havia muito para enviar a Nibiru. As águas dos pântanos são insuficientes, que se translade o carro ao profundo do oceano!, assim disse, soltou-se o carro de suas amarras, de volta de onde chegou se voltou. Elevaram-se com muito cuidado os recipientes de cristal, as águas salgadas passaram através deles.

Separaram-se os metais por classes; entre eles cintilava o ouro! Do carro, Ea transmitiu a Nibiru palavra dos acontecimentos; para Anu foi agradável de escutar. Em sua predestinada volta, Nibiru estava voltando para a morada do Sol, em sua volta do Shar, Nibiru estava se aproximando da Terra. Ansiosamente, Anu perguntou pelo ouro. Há suficiente para enviá-lo a Nibiru?, perguntou. Ai!, não se tinha recolhido suficiente ouro das águas; Que passe outro Shar, que se dobre a quantidade de metal!, Aconselhou Ea a Anu. Seguiu-se obtendo ouro das águas do oceano; o coração de Ea se enchia de apreensão. Extraíram-se partes do carro celestial, com elas se montou uma câmara celeste. Abgal, que sabe pilotar, foi atribuído ao cargo da câmara celeste; Ea se remontava diariamente no ar com o Abgal na câmara celeste, para descobrir os segredos da Terra.

Construiu-se um recinto para a câmara celeste, ficou junto ao carro de Alalu: Ea estudava diariamente os cristais no carro de Alalu, para compreender o que por seus raios tirava o chapéu; De onde vem o ouro?, perguntou a Alalu. Onde na Terra estão as veias douradas do Tiamat? Ea se remontou no ar com o Abgal na câmara celeste, para conhecer a Terra e seus segredos. Vagaram voando sobre as grandes montanhas, grandes rios viram nos vales; estepes e bosques se estendiam abaixo deles, milhares de léguas percorreram. Tomaram nota de vastas terras separadas por oceanos, com o Raio Que Explora penetraram os chãos. A impaciência crescia em Nibiru. Pode oferecer amparo o ouro?, crescia o clamor. Reúnam o ouro, quando se aproxime Nibiru terão que entregá-lo!, ordenou Anu. Reparem o carro de Alalu, disponham para que volte para Nibiru, para que esteja disposto quando terminar o Shar!, disse assim Anu. Ea obedeceu as palavras de seu pai, o rei; ficou a refletir sobre a reparação do carro de Alalu.


Eridu (Cuneiform: NUN.KI suméria: eriduki; acadiano: irîtu) é uma antiga cidade suméria no que é agora Diga Abu Shahrain, Dhi Qar Governorate, Iraque. Eridu foi por muito tempo considerada a mais antiga cidade no sul da Mesopotâmia, e ainda se argumenta hoje ser a cidade mais antiga do mundo. Localizada a 12 km ao sudoeste de Ur, Eridu foi a mais meridional de um conglomerado de cidades sumérias que cresceram sobre os templos, quase à vista um do outro. Na mitologia suméria, Eridu foi originalmente a casa de Enki, que foi considerado ter fundado a cidade, mais tarde conhecido pelos acádios como Ea.

Uma noite em que aterrissaram a câmara celeste junto ao carro, entrou neste com o Abgal, para levar a cabo uma ação secreta na escuridão. As Armas de Terror (artefatos nucleares), as sete, tiraram do carro; levaram-nas a câmara celeste, dentro da câmara celeste esconderam-nas. Ao amanhecer, Ea e Abgal se remontaram no céu com a câmara celeste, com direção a outra terra. Ali, em um lugar secreto, Ea ocultou as armas; em uma cova, um lugar desconhecido, armazenou-as (n.t. na Península do Sinai). Depois, Ea deu ao Anzu palavras de mandato, indicou-lhe que reparasse o carro de Alalu, que o dispusera para voltar para Nibiru, que estivesse preparado para quando terminasse o Shar. Anzu, muito perito nos assuntos dos carros, colocou mãos à obra; fez que seus propulsores zumbissem de novo, teve muita conta de suas tabuletas; mas não demorou para descobrir a ausência das Armas de Terror!

Anzu gritou enfurecido; EA lhe deu explicação de sua ocultação: É um perigo utilizar estas armas!, disse. Jamais devem ser armadas nem nos céus nem nas Terras Firmes! Sem elas, será perigoso atravessar o Bracelete Esculpido!, disse Anzu. Sem elas, e sem os Propulsores de Água, há perigo de que não resista! Alalu, comandante do Eridú, considerou as palavras de Ea, às palavras de Anzu prestou atenção: As palavras de Ea ficam testemunhadas pelo Conselho de Nibiru!, disse Alalu; Mas, se não retornar o carro, Nibiru estará perdido! Abgal, que sabe pilotar, adiantou-se audazmente para os líderes. Eu serei o piloto, confrontarei os perigos valorosamente!, disse. Assim se tomou a decisão: Abgal será o piloto, Anzu ficará na Terra!

No (planeta) Nibiru, os astrônomos contemplaram os destinos dos deuses celestiais, escolheram o dia oportuno. Levaram-se cestadas de ouro ao carro de Alalu; Abgal entrou na parte dianteira do carro, ocupou o assento do comandante. Ea lhe deu uma Tabuleta do Destino de seu próprio carro; Será para ti O-que-mostra-o-caminho, com ela encontrará um caminho aberto de volta a Nibiru! Abgal levantou as Pedras de Fogo do carro; seu zumbido cativava como a música. Deu vida ao Grande Crujidor do carro, arrojando um resplendor avermelhado. Ea e Alalu, junto com a multidão de heróis estavam de pé ao redor, estavam-lhe dando a despedida. Depois, com um rugido, o carro se elevou para os céus, aos céus ascendeu! A Nibiru se transmitiram palavras da ascensão e a partida; em Nibiru havia muita espera.

Continua com a QUARTA TABULETA

O Livro perdido de Enki:
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/03/o-livro-perdido-de-enki-e-nibiru.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/04/o-livro-perdido-de-enki-introducao.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/09/o-livro-perdido-de-enki-atestado.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/10/o-livro-perdido-de-enki-1-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/10/o-livro-perdido-de-enki-1-tabuleta_4.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/10/o-livro-perdido-de-enki-2-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/10/o-livro-perdido-de-enki-3-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/04/o-livro-perdido-de-enki-4-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/04/o-livro-perdido-de-enki-5-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/04/o-livro-perdido-de-enki-6-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/04/o-livro-perdido-de-enki-7-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2015/04/o-livro-perdido-de-enki-8-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2014/10/o-livro-perdido-de-enki-9-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2014/10/o-livro-perdido-de-enki-10-tabuleta-o.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2014/10/o-livro-perdido-de-enki-11-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2014/11/o-livro-perdido-de-enki-12-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2014/11/o-livro-perdido-de-enki-13-tabuleta.html
    http://rayviolet2.blogspot.com/2014/11/o-livro-perdido-de-enki-14-tabuleta.html

    Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

    www.thoth3126.com.br

    Compartilhe:

    24Share on Facebook (Opens in new window)24
    6Click to share on Twitter (Opens in new window)6
    Click to share on Reddit (Opens in new window)
    Click to email this to a friend (Opens in new window)

    Posted by Thoth3126 on 15/04/2015



    URL: http://wp.me/p2Fgqo-607


    Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

    Por favor, respeitem todos os créditos

    Arquivos em português:
    http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Enki

    http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Zecharia Sitchin
     
    Atualização diária

    Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
    achama.biz.ly 

    Israel ou Cazária!?

    achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


    EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

    A Atlântida e o Triângulo das Bermudas ~ Terrence Aym.

    Triângulo das Bermudas

      Descobertas imensas PIRÂMIDES de CRISTAL submersas

     Publicado anteriormente a31/10/2014

    Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

    por By Terrence Aym (Reporter)



    O Triângulo das Bermudas: misterioso, irreal, às vezes um local mortal. Por décadas, pesquisadores intrépidos mergulharam no labirinto de mistérios escondidos nas profundezas deste lugar, o mais enigmático na Terra.

    Alguns especulam que as anomalias de tempo bizarras, desaparecimentos e fenômenos estranhos podem ser explicados por ocorrências naturais. Outros insistem que relíquias de uma cultura avançada e desconhecida (ATLÂNTIDA ?) deixou para trás fantástica tecnologia …

    Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

    por By Terrence Aym (Reporter)

    Fonte: http://www.apparentlyapparel.com e http://beforeitsnews.com

    Postado por Zach Royer | Editor Executivo

    . . . Máquinas de geração de energia que literalmente deformam o espaço-tempo na região e abrem portais para outras realidades. Agora exploradores americanos e franceses fizeram uma descoberta monumental: uma imensa pirâmide de cristal, parcialmente translúcida, que se ergue desde o fundo do mar das Caraíbas – a sua origem, idade e propósito são completamente desconhecidos.



    Estas estranhas estruturas subaquáticas em forma de pirâmides a uma profundidade de dois mil pés (610 metros) foram identificadas com a ajuda de um sonar de acordo com o oceanógrafo Dr. Verlag Meyer. Estudos de outras estruturas como às encontradas em Yonaguni no moderno Japão permitiram aos cientistas determinar que as duas pirâmides gigantes, aparentemente feitas de algo como a espessura de um cristal, são realmente impressionantes.

    Cada uma deles é maior do que a pirâmide de Quéops, no Egito. Recentemente cientistas norte americanos e franceses, bem como de outros países que estão conduzindo pesquisas em áreas do leito do mar do Triângulo das Bermudas, afirmam ter encontrado uma pirâmide de pé no fundo do mar que nunca havia sido descoberta.

    O comprimento da base dessa pirâmide atingiu os 300 metros, com cerca de 200 metros de altura, e à distância desde a base até a ponta da pirâmide é de cerca de 100 metros acima do fundo do mar. Resultados preliminares mostram que esta estrutura pode ser feita de vidro ou um material do tipo parecido com cristal, pois o mesmo é totalmente liso e parcialmente translúcido.



    Quando se fala de tamanho, esta pirâmide recém descoberta é maior em escala do que as pirâmides do antigo Egito. No topo da pirâmide existem dois furos muito grandes, água do mar em movimento penetra a alta velocidade através do segundo orifício e, portanto, as ondas turbulentas rolam pela formação de um vórtice gigante que faz com que as águas em torno desta cause um aumento maciço nas ondas e névoa sobre a superfície do mar. Esta nova descoberta faz com que os cientistas se perguntem se esta pirâmide está tendo um efeito sobre a passagem de barcos e aviões e poderia ser a razão para todo o mistério que cerca a área.

    Construídas sobre terra FIRME – Perdidas e soterradas pela água durante a última MUDANÇA dos Polos Magnéticos?

    Existem vários estudiosos ocidentais que afirmam que a pirâmide no fundo do mar pode ter sido inicialmente ter sido feita no continente, depois um terremoto devastador atingiu e mudou a paisagem completamente. Outros cientistas argumentam que algumas centenas de anos atrás as águas da área do Triângulo das Bermudas pode ter sido área das atividades fundamentais do povo de Atlântida, as Pirâmides hoje no fundo do mar poderiam ter sido um armazém de abastecimento para eles (n.t. Que grande falta de imaginação… e de conhecimento verdadeiro). T

    alvez ela esteja relacionada com a raça de humanóides descobertas debaixo d’água no Estado de Washington em 2004 – os chamados seres “aquatic apes”? (Ver último artigo intitulado (“Animal Planet: Marinha ENCOBRE descoberta de seres inteligentes encontrados no Oceano“)



    Um estudo mais detalhado ao longo do tempo vai dar resultados que são difíceis de se imaginarem. Os cientistas processaram todos os dados e concluíram que a superfície da pirâmide é perfeitamente lisa para que se pareça como vidro ou gelo.

    O tamanho das pirâmides são quase três vezes o tamanho das pirâmides de Quéops. Esta notícia foi sensacional, e foi discutido em uma conferência na Flórida, e mesmo relatada nos jornais locais da Flórida . Os jornalistas então presentes, tomaram um monte de fotos e dados computadorizadas de alta resolução, que mostram duas pirâmides tridimensionais perfeitamentes lisas, sem estarem cobertas e com sua superfície livre de detritos ou algas ou rachaduras.

    Há também a suspeita de que o Triângulo das Bermudas e a área onde estas pirâmides foram supostamente localizadas pode ser algum tipo de “local com motivos sagrados” que está sendo protegido pelos atlantes das fábulas – e que tudo o que cruza o local é considerado uma oferta … Outras hipóteses de que a pirâmide pode atrair e recolher os raios cósmicos, a partir do “campo de energia”, assim chamada ou “vácuo quântico”, e que este poderia ter sido usado como uma fonte de energia para Atlântida (ou para quem estivesse por perto no momento).

    Com o mistério que ainda envolve as pirâmides egípcias e o fato de que as estruturas piramidais parecem ser encontradas em quase todas as culturas antigas (e em todo o planeta) – nos parece que vai ser difícil dizer com certeza a origem dessas estruturas ou se elas (sua origem) realmente existe (ainda assim nós não fomos lá em baixo…).



    Verdadeiro ou Falso?

    “Isso não parece muito real para mim”, disse Calvin Jones da Divisão de Recursos Históricos do estado da Flórida. “Eu estou sempre de mente aberta, porque nós estamos sempre aprendendo coisas novas. Mas a ideia de uma estrutura piramidal, muito menos uma feita de vidro, sob mais de 600 metros de água – as chances são de uma em um milhão”.

    Jones disse que se isso for uma genuína descoberta arqueológica, a pirâmide teria que ter sido construída entre 10.000 a.C. e 6.000 a.C., quando a plataforma continental não estava coberta pela água, disse Chisholm. Arqueólogos da Florida concordam com ele no intervalo de tempo, mas discordam com muitas outras reivindicações de seu grupo. O antropólogo da Florida State University, professor Glen Doran disse que no Oriente Próximo as pirâmides são datadas mais cedo, cerca de 4.000 a.C. e todas as pirâmides do Novo Mundo são datados a partir de 1 dC Portanto, essa mesma estrutura na costa da Flórida seria pelo menos 2.000 anos mais velha que todas as outras pirâmides conhecidas.

    Outras Pirâmides submarinas são encontradas

    Em 1977, uma descoberta misteriosa foi feita sobre o leito do Oceano Atlântico relativa a uma tecnologia desconhecida. A pirâmide de quase 200 metros foi misteriosamente iluminada, com água branca espumante em torno dela que se tornou verde profundo, um contraste chocante com as águas escuras e negras nessa profundidade. A descoberta foi fotografada pela expedição Cay Sal de Arl Marshall.

    Outra grande pirâmide, sob 3.000 metros de água do Atlântico, foi relatado ter sido encontrada com um cristal vibrante em cima dela, pela expedição de Tony Benik. O grupo também encontrou um tablete de cristal opaco no mesmo local, e relataram que, quando uma luz foi transmitida através dele, inscrições misteriosas se tornaram visíveis.



    Imagem: Jean Luc Bozzoli http://jeanlucbozzoli.com/

    Mais pirâmides submarinas foram encontradas fora da América Central, no Yucatan (México), e Louisiana (EUA), onde cúpulas foram encontradas no Estreito da Flórida. Um edifício de mármore estilo grego foi encontrado entre a Flórida e Cuba. E que dizer sobre a coluna que irradiava energia que o Dr. Zink encontrou nas Bahamas, e o Dr Zink também trouxe outros artefatos de seus mergulhos ao longo do Oceano Atlântico, e ele foi entrevistado pelo agente da M.I.N.D. International, Steve Forsberg.

    Outras pirâmides foram exploradas pelo Dr. Ray Brown no fundo do mar ao largo das Bahamas, em 1970. Brown foi acompanhado por 4 mergulhadores que também encontraram estradas, cúpulas, edifícios retangulares, instrumentos metálicos não identificados, e uma estátua segurando um cristal “misterioso”, contendo pirâmides em miniatura. Os dispositivos de metal e cristais foram levados para a Flórida para análise em uma universidade local. O que se descobriu foi que o cristal amplificava energia que passava através dele.Talvez esta seja a razão para a pirâmide do tipo de vidro!

    Esfera de Cristal do Dr. Ray Brown

    Em 1970, o Dr. Ray Brown, um médico naturopata de Mesa, Arizona, foi mergulhar com alguns amigos perto das Ilhas Bari, nas Bahamas, perto de uma popular área conhecida como a Língua do Oceano (Isto foi retratado no programa de TV “In Search Of – Atlantis”, originalmente feito em 1979. Ver vídeo acima. Durante um de seus mergulhos, Brown se separou de seus amigos e ao mesmo tempo procurando por eles, ele se assustou quando se deparou com uma estranha forma de pirâmide em silhueta contra a luz da água marinha.

    Ao investigar mais, Brown foi surpreendido por quão suave e semelhante à um espelho era a superfície de pedra de toda a estrutura, com as juntas entre os blocos individuais quase indiscerníveis. Nadando em torno do topo, ele pensou que poderia ser feito de lápis-lazúli, ele descobriu uma entrada e decidiu explorar o interior. Passando ao longo de um estreito corredor, Brown finalmente chegou a uma pequena sala retangular com um teto em forma de pirâmide. Ele estava totalmente surpreso que essa sala não continha algas ou corais crescendo nas paredes internas.

    Elas estavam (as paredes) completamente impecáveis! Além disso, embora Brown não tenha trazido nenhuma tocha com ele, poderia, no entanto, ver tudo naquela sala com sua visão normal. A sala estava bem iluminada, mas nenhuma fonte de luz direta era visível. A atenção de Brown foi atraída para uma haste metálica de bronze de três polegadas de diâmetro pendurada do ápice do centro da sala e tendo no final anexado uma pedra/joia vermelha multifacetada, que apontava para o ponto central abaixo.

    Diretamente abaixo do bastão com a gema, localizado no centro da sala, havia um pilar de pedra esculpida encimado por um prato de pedra trabalhado nas bordas. No prato havia um par de mãos esculpidas em metal cor de bronze, em tamanho natural, que pareciam enegrecidas e queimadas, como se tivessem sido submetidas a um calor tremendo. Aninhada nessas mãos, situadas quatro metros diretamente abaixo do ponto do teto com a haste com a gema vermelha, estava uma esfera de cristal de quatro polegadas de diâmetro.



    A esfera de cristal encontrada pelo Dr. Brown, com imagens de Pirâmides dentro.

    Brown tentou soltar a vara do teto com a pedra preciosa vermelha, mas ela nem se mexeu. Voltando para a esfera de cristal, ele descobriu, para sua surpresa, que ela poderia ser facilmente separada das mãos de bronze que a seguravam e a pegou.

    Em seguida, com a esfera de cristal na mão direita, ele tomou o caminho para fora da pirâmide. Quando ele partiu com a esfera, Brown sentiu uma presença invisível e ouviu uma voz dizendo-lhe para “nunca mais voltar ao local”!

    Voltando aos Anos 5000

    Dos chineses é dito que possuem alguns dos documentos mais velhos e mais antigos conhecidos pelo homem. Mestre Li Hongzhi no Zhuan Falun se diz ter uma explicação para a descoberta de uma civilização pré-histórica da seguinte forma:

    “Na terra há os continentes da Ásia, Europa, América do Sul, América do Norte, Oceania, África e o continente da Antártica, que os cientistas em geologia, em geral chamam de ‘placas continentais’. Desde a formação das placas continentais até seakrang, já existem dezenas de milhões de anos de história. Pode se dizer também que muitas massas de terra emergiram do fundo do oceano ao seu topo, há também um monte de terra que afundou para o fundo do mar, uma vez que esta condição se tornou estável como a situação é agora, já decorreram muitas dezenas de milhões de anos. Mas em muitos locais no fundo do mar tem sido encontrado uma série de grandes e altas edifícações com requintadas esculturas, e que não são do patrimônio cultural da humanidade moderna, por isso certamente esses edifícios um dia foram construídos em terra antes de eles irem para o fundo do mar“.

    Visto deste ângulo, o mistério das pirâmides no fundo do mar foi resolvido. Nós estamos simplesmente vendo os resultados de um evento cataclísmico em terra mudando o que resultou no nível do mar se elevando e muitas civilizações costeiras (e em ilhas) foram perdidas. Os cientistas sabem mais sobre a superfície da lua, do que eles nos fazem crer sobre as profundezas dos oceanos da Terra. Talvez devêssemos seguir o exemplo de James Cameron, e começar a fazer mais perguntas sobre o que realmente esta lá – talvez devêssemos até mesmo explorar por nós mesmos.

    Ver o vídeo de James Cameron, criador do filme AVATAR e série TERMINATOR aqui: http://youtu.be/iGWuxFhZDGc

    Até a próxima, e vamos continuar pesquisando, meus Amigos!

    Zach Royer, Proprietário – Apparentlyapparel

    Permissão concedida para postar este artigo com um link para Aparentemente Apparel.com , por favor e obrigado!



    A descoberta é sensacional, e foi discutida em uma conferência na Flórida, e mesmo relatada nos jornais locais da Flórida

    Update: Esta imagem foi localizado após este artigo ter sido publicado … graças a Abhie e TFD de Godlikeproductions.com Fórum .. uma grande discussão sobre este artigo pode ser encontrado em:

    (http://www.godlikeproductions.com/forum1/ message1822222/pg1)


    {n.t. Nos registros de um antiquíssimo Templo budista em Lhasa, no TIBET, há para ser visto uma antiga inscrição caldéia de cerca de 2.000 anos a.C. (ou mais antiga ainda…) onde se pode ler:

    “Quando a estrela Baal caiu sobre o lugar onde agora é só mar e céu, as sete cidades com suas portas de ouro e seus templos transparentes tremeram e balançaram como as folhas de uma árvore na tempestade. E eis que um dilúvio de fogo e fumaça surgiu a partir dos palácios, a agonia e os gritos da multidão preencheram o ar. Eles procuraram refúgio em seus templos e cidadelas e o sábio Mu, o hierático sacerdote de Ra-Mu, se levantou e lhes disse:

    “Será que eu não previ tudo isso”?

    E as mulheres e os homens em suas roupas brilhantes e pedras preciosas se lamentavam:

    “Mu, salve-nos.”

    E Mu respondeu:

    “Vocês morrerão junto com os seus escravos e suas riquezas materiais e de suas cinzas surgirão novas nações. E se eles também se esquecerem que são superiores, não por causa do que eles usam ou possuem, mas do ( bem e a Luz) que eles colocarem para fora de si mesmos, a mesma sorte vai cair sobre eles!”

    As chamas e o fumo sufocaram as palavras de Mu. A terra das sete cidades e seus habitantes foram despedaçados e engolidos para as profundezas do oceano revolto em poucos dias”.}

    Mais informações sobre ATLÂNTIDA em:
    http://thoth3126.com.br/uma-vida-em-atlantida/
    http://thoth3126.com.br/atlantida-e-os-deuses-da-antiguidade/
    http://thoth3126.com.br/atlantida-restos-de-uma-imensa-cidade-encontrada-na-costa-de-cuba/
    http://thoth3126.com.br/a-historia-secreta-do-planeta-terra/
    http://thoth3126.com.br/atlantida-o-continente-perdido/
    http://thoth3126.com.br/bimini-road-atlantida-misterios-nao-resolvidos-do-mundo/
    http://thoth3126.com.br/as-piramides-de-gize-egito-e-de-teotihuacan-mexico/

    Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes.

    Posted by Thoth3126 on 31/10/2014

    www.thoth3126.com.br



    Por favor, respeitem todos os créditos
    Arquivos em português:

     Atualização diária
     


    EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media *   North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands  * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government  
    ** by Steve Beckow: 9/11 Truth, Abundance Program, Accountability, Disclosure, end times, Extraterrestrials, financial crash, Golden Age, Illuminati, Mayan Predictions, NESARA, New Paradigm, Spiritual Hierarchy, Spiritual Teachers, UFO Cover-up, Wisdom Economy   
    ES: LLAMA VIOLETA

    O Retorno de Inanna: XIV – O Homem Ideal ~ V.S. Ferguson

    O Retorno de Inanna (Nibiru).

    Os deuses ancestrais e a evolução do planeta Terra.

    Parte II – Capítulo XIV 

    do livro de V.S. Ferguson.

    Edição e imagens: 

    Thoth3126@protonmail.com




    “Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento?” – Provérbios 1:22

    O Retorno de Inanna: “Eu, Inanna, retorno para contar como faz cerca de 500 mil anos, a minha família deNibiru tomou posse da Terra e alterou o genoma humano com o fim de produzir uma raça de trabalhadores criada para extrair ouro destinado à esgotada atmosfera de Nibiru, nosso planeta e lar original.




    Como somos tecnologicamente muito superiores, esta raça de trabalhadores — a espécie humana — nos adorava como a deuses. Aproveitamo-nos deles (de voces) para liberar guerras em meio de nossas disputas familiares intermináveis até que, de um modo estúpido, desatamos sobre a Terra a terrível arma Gandiva (artefatos nucleares), que enviou uma onda de radiação destrutiva por toda a galáxia”.




    Edição e imagens: Thoth3126@protonmail.com

    Parte II – Capítulo XIV do livro “O Retorno de Inanna (Nibiru). Os deuses ancestrais e a evolução do planeta Terra“, de V.S. Ferguson

    “Isto chamou a atenção dos membros da Federação Intergaláctica. E então, por causa de nossas próprias ações irresponsáveis em seu planeta, vimo-nos restringidos pela BARREIRA DE FREQUÊNCIA, imposta pela FEDERAÇÃO, uma prisão de freqüência que congelou a nossa evolução”.

    Retornem comigo à antiga Suméria, a Babilônia, ao vale do rio Indus e ao Egito. Dentro de meus Templos do Amor, dou a conhecer segredos antigos da união sexual cósmica nibiruana e de meus matrimônios sagrados. Através de meus olhos contemplem a Torre de Babel, o Grande Dilúvio, os Túneis das Serpentes e os cristais em espiral na pirâmide de Gizé.



    Viajem comigo pelo tempo até a Atlântida, a Cachemira e o Pacífico Noroeste dos Estados Unidos à medida que encarno em meu Eu multidimensional para pôr a funcionar os códigos genéticos que estão latentes dentro de sua espécie e para libertar a Terra do controle por freqüências que exerce meu primo, o tirano deus Marduk (Baal, LÚCIFER, Bel)“.

    Partes iniciais:
    http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-nibiru-inanna-fala/
    http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-nibiru/
    http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-ninhursag-03/

    SEGUNDA PARTE: Capítulo XIV – O HOMEM IDEAL

    Inanna despertou de um sonho horrível; seus dragões guardiães a olhavam de uma forma protetora. Sonhou que estava coberta de chocolate e que o desagradável Marduk estava pensando em lhe dar uma dentada. Ela se estremeceu, levantou-se de sua cama e chamou Melinar à sua consciência. Este flutuou pelo quarto emitindo freqüências tranqüilizadoras até que Inanna e seus dragões estivessem outra vez calmos. Era bom ter um amigo para os tempos difíceis. Inanna se serve de um brandy arturiano. Era um pouco cedo mas o brandy desceu por sua garganta e esquentou todo seu formoso corpo azul.

    Hoje era o dia em que Inanna e Enki deviam assistir à reunião da Confederação Intergaláctica. Ela estava muito emocionada, não só pela importância de sua missão, mas também porque em segredo tinha a esperança de encontrar-se com o misterioso estranho que tinha visto na última reunião. Olhou toda a roupa que tinha em seu armário e não sabia o que vestir para impressionar àquele homem.

    Ela não sabia absolutamente nada sobre o estranho; só sabia que nunca tinha visto outro igual. Ele possuía um ar de força e de dignidade silenciosa que ajudava a aumentar sua beleza física. Na família de Inanna não havia ninguém que se parecesse com ele, nem sequer Anu ou Enlil. Era alto, seu cabelo comprido, liso e prateado e seus olhos eram tão escuros como o céu noturno; eram uns olhos que brilhavam com humor. A Inanna parecia que havia diamantes dentro desses olhos escuros e ela desejava saber mais sobre este homem.



    Viu-se a si mesmo olhando suas mãos; eram totalmente delicadas, tinha dedos largos e suaves mas, não obstante, não mostravam nenhum traço de debilidade. Inanna pensou que este era um homem que estava por cima das altos e baixos da vida. Era profundamente apaixonado, mas suas paixões não lhe curvavam. Seu aspecto disse a ela que ele via o humor da vida e de suas mudanças infinitas, que a vida por si mesmo o deleitava e que sentia compaixão por todos os seres sem importar em que estado de evolução se encontrassem.

    Inanna compreendeu que este homem sabia que era parte de toda a vida e, por causa desse conhecimento, amava a vida em todas suas partes infinitas. Ela se perguntou se verdadeiramente tinha mudado o suficiente para que ele se fixasse nela. Pensou que na útlima reunião nem sequer a tinha olhado, ou sim? Não sabia que roupa vestir e depois de atirar mais de uma peça sobre o piso se decidiu por algo modesto e de bom gosto, um pouco estranho nela.

    Sentiu que Enki se aproximava montado em seu dragão e rapidamente sentiu a presença dos outros dois, Anu e Enlil (Yahveh). Enlil sempre a punha nervosa. Ela imaginava que ele a julgava severamente e que não estava de todo satisfeito com sua neta. Mas para ela sempre era um prazer ver Anu, pois seu nome significava “amada de Anu”, e sempre tinha sido certo que Anu adorava a sua bisneta.

    “Minha pequena, me alegro tanto de ver-te outra vez!” Anu abraçou a Inanna e seus olhos se encheram de lágrimas. “Estou muito orgulhoso de seus esforços diligentes para ajudar os humanos da Terra. Todos mudamos um dia, não é certo, minha pequena?”

    “Anu, como está? Me conte sua notícias”. Inanna se inclinou graciosamente ante Enlil e perguntou por sua mãe, Ningal, e por seu pai, Nannar, o filho de Enlil.

    Enlil e Anu tinham estado reunindo suas forças no exílio em uma galáxia próxima e tinham estado olhando com muito interesse os experimentos de projeção dos Eus multidimensionais no continuum espaço/tempo da Terra. Inanna e Enki não eram os únicos membros da família que estavam envolvidos nesta atividade. A família inteira tinha chegado a aceitar essa verdade: esta era sua única esperança de criar outra realidade na qual a espécie humana pudesse liberar-se da tirania de Marduk e dos demais “deuses” de Nibiru.


    Concepção artística do Interior de uma Nave Mãe (real) da Federação que orbita à Terra (vista no canto esquerdo)

    Recentemente Anu e Enlil se uniram aos seres Etéreos em suas naves que orbitavam (invisíveis aos seres humanos na superfície do planeta) à Terra, pacientemente esperando que acontecesse a transformação do DNA nos seres humanos e protegendo o planeta dos invasores de Marduk e de outros extraterrestres piratas. Os Etéreos se comprometeram a proteger a Terra com o fim de dar aos humanos a oportunidade de ativar seus genes latentes e de provar ao Conselho Intergaláctico que eles tinham superado a etapa adolescente pela qual passam todas as raças humanas em evolução, que estavam preparados para ser responsáveis por si mesmos e de ocupar seu lugar como iguais no universo.

    Era uma empresa difícil, pensou Inanna, especialmente quando Marduk obstaculizava todo intento que a família fazia em benefício pela evolução da humanidade. Certamente Marduk fazia tudo o que tinha podido para frustrar os planos de Inanna. Muitos de seus Eus encarnados tinham caído em suas armadilhas e tinham perdido seu caminho. Poderia ser que Graciela fosse a última esperança de Inanna? Não queria pensar nisso; era muito pavoroso.

    Inanna, Anu, Enki e Enlil caminharam para o portal espaço-temporal e se transportaram para o salão da Confederação. Melinar os seguiu como parte da consciência de Inanna. Era tal como Inanna recordava: um céu cetim enorme e abobadado que permitia ver todas as galáxias. A vista era imponente e espetacular. Os céus são ainda mais lindos que minhas jóias, disse ela; seria muito divertido jogar com as estrelas. O salão estava cheio da extensa variedade de seres humanos de toda classe de raças. Entraram os Etéreos e saudaram Anu e a sua família. A reunião estava a ponto de começar.

    Pelo canto do olho, Inanna o viu entrar sozinho e silenciosamente no salão. Era tal como Inanna o recordava; sua beleza procedia de uma fonte soberana no profundo dele e magnetizava todo o ser de Inanna. Ele era tudo aquilo no que ela queria converter-se, garboso e amável e, não obstante, forte e sapiente. Inanna se sentou reta e tratou de não ser muito visível. Se ela só se sentasse em um lugar onde ela o pudesse ver com facilidade já estava bem. Para seu deleite, ele caminhou para a área elevada dos Etéreos e se sentou a um lado. Inanna conteve a respiração, seu coração estava batendo muito rapidamente, mas ele era tão maravilhoso.



    Um Etéreo muito alto e elegante ficou de pé e começou a dirigir-se ao salão por meio de sons que compreenderam as mentes de todos os pressente sem importar qual fora sua linguagem ou dialeto nativo. O Conselho enfatizou o fato de que ainda estava fazendo valer sua lei de não interferência, enquanto que de perto seguia as atividades da família de Anu, em particular as de Marduk. Da última reunião as coisas não tinham mudado muito. O fim do ano 2012 era ainda a data marcada para resolver o assunto do domínio do planeta Terra.


    Se um número (massa crítica) suficiente de seres humanos pudesse ser convencido do poder de sua habilidade genética latente para assumir o controle de sua realidade e abandonar sua dependência (“necessidade de salvadores”) dos tiranos, então se formaria uma nova Terra de forma natural, na qual se permitiria existir a expressão desta nova consciência desenvolvida pela parte da humanidade que evoluísse. Aqueles humanos que desejassem permanecer sob o reino de Marduk e ou de qualquer outro de seus tiranos, seriam deixados para experimentarem o resultado de suas escolhas (ou a falta delas, pela omissão), possivelmente para aprender a desenvolver sua independência através da evolução em outro planeta e em um futuro possível.

    O Conselho perguntou se algum dos presentes desejava falar em favor dos humanos da Terra, ou se tinham alguma evidência nova para apresentar ante a corte. A mente de Inanna se agitou. Que poderia dizer? Que Olnwynn tinha sido assassinado por seu próprio filho, que Atilar tinha violado a uma jovem sacerdotisa, que Chandhroma tinha sido envenenada no harém? Tudo isso não soava muito prometedor. A Terra era algo tão difícil de explicar; era algo tão denso e complicado por causa de sua forte polaridade e densificação material. Sentiu que lhe secava a boca, mas de qualquer modo e num repente ficou de pé para falar.

    Não tinha ideia da força que a tinha feito se levantar ou do que ia dizer, mas uma poderosa força a pôs de pé e lhe colocou as palavras em sua boca. Era Olnwynn. De algum modo ele tomou conta temporalmente de sua consciência e, para bem ou para o mal, estava a ponto de falar através dela acima de todo o Conselho.


    “Desejo falar pela Terra e pela sua gente. Pode ser que seja muito difícil para vocês compreenderem o que é a vida na Terra. Nunca se sentaram em um bosque verde a escutar o vento e senti-lo bater em sua pele e cheirar seu perfume. Nunca viram o sol dourado silencioso que se eleva por cima de nossas majestosas montanhas; beijando o nosso corpo com seus raios quentes; não escutaram as asas de um beija-flor que golpeiam o ar enquanto bebe o néctar de uma rosa. Sei que os humanos não estão conscientes de muitas coisas, mas são dignos de sua atenção e merecem ser salvos. Alguma vez tiveram um bebê desamparado em seus braços, possivelmente seu próprio filho, com um desejo de protegê-lo?”

    Melinar tirou Olnwynn e continuou falando através de Inanna.


    “A espécie humana é uma mescla de todas as raças que vieram à Terra e se cruzaram com as formas de vida que existiram lá. Eles são vocês; levam as sementes de muitas das linhas genéticas que existem através de todo o universo. Se lhes brindam uma oportunidade, se lhes derem ajuda, podem ser maravilhosos em verdade. Quero lhes pedir para que os etéreos (Hierarquia espiritual) continuem aumentando a banda de freqüência do Cinturão de Fótons”.


    O Cinturão de Fótons, uma onda de LUZ vinda desde o Sol Central da Galáxia, para fazer a “COLHEITA” dos seres humanos que aceleraram a sua própria EVOLUÇÃO, através de seus próprios esforços, o PRAZO SE ENCERRA EM 2018, ABRIL …

    O Cinturão de Fótons era um término que descrevia uma banda de freqüência que os Etéreos estavam emitindo para o planeta Terra. Ele leva energias de verdade e iluminação; leva o poder de despertar os genes adormecidos. Se tão somente os humanos adormecidos pudessem despertar de seu sonho da limitação e se abrissem a esta Onda de Luz Galáctica, seu DNA mudaria automaticamente e os faria livres.

    A única coisa que DEVERIAM FAZER era desligarem as máquinas eletrônicas que emanavam as freqüências de Marduk e ir para os boques, rios, lagos e mares, escutarem os sons da natureza, do vento nas árvores, dos rios que cantam e as brisas perfumadas pela terra que sussurram. Se acercarem mais amorosamente dos animais, nossos irmãos planetários, serem mais naturais.

    Inanna contou a história de Graciela ao Conselho. Disse-lhes que Graciela tomaria certas decisões muito em breve. Inanna sabia que era uma probabilidade muito remota e que estava exagerando, mas ela era sua única oportunidade. Possivelmente a história da Graciela animaria aos Etéreos a aumentar a freqüência da Onda de Luz.

    Inanna concluiu dizendo que realmente amava a Terra e os seres que a habitava e que ela e sua família estavam fazendo todo o possível para desbaratar os planos dos tiranos. Rogou ao Conselho que continuasse lhes ajudando. Logo Anu agradeceu aos Etéreos pelo amparo à Terra e pelo asilo que lhe estavam dando a Anu e a seu filho Enlil.

    Todos os Membros do Conselho compreenderam que na situação da Terra estavam envoltos não somente seus habitantes. Também se entendeu que se a espécie humana podia LIBERTAR A SI MESMA, os efeitos da tirania que agora rondavam por todo o sistema solar, diminuiriam. Anu e Enlil retornariam no tempo para liberar os líderes dos numerosos mundos e ajudariam na liberação de suas terras.



    Era hora de uma grande mudança no equilíbrio do universo. As forças da luz estavam prontas para vencer as forças da escuridão, objetivo buscado por um longo tempo. Era o fim do Kali Yuga, o fim de um período de jogo na mente do Primeiro Criador.

    De retorno à casa, Inanna pensou naquele homem e se perguntava se ele a tinha notado. Tinha escutado ele quando ela falou? Oh, como poderia conhecer um indivíduo como ele? Melinar riu bobamente enquanto fazia fulgurar seus brilhantes na mente da Inanna, mas não disse nada. Ele estava guardando o futuro da Inanna em um lugar secreto, porque agora era melhor que retornassem para junto de Graciela na Terra, o palco onde GRANDES ACONTECIMENTOS ESTÃO SE REALIZANDO.

    Saiba mais em:
    1. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-genesis-e-adao-e-eva/
    2. http://thoth3126.com.br/o-vaticano-e-o-regresso-do-planeta-x/
    3. http://thoth3126.com.br/cidades-annunaki-encontradas-na-africa/
    4. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-livro-perdido-de-enkiea/
    5. http://thoth3126.com.br/conselho-de-nibiru-parte-i/
    6. http://thoth3126.com.br/conselho-de-nibiru-parte-ii/
    7. http://thoth3126.com.br/cientistas-encontram-genes-extraterrestre-em-dna-humano/
    8. http://thoth3126.com.br/emmanuel-origens-da-humanidade-racas-de-ets-arcanjos/
    9. http://thoth3126.com.br/naves-gigantes-se-aproximam-da-terra/
    10. http://thoth3126.com.br/maldek-e-nibiru-mais-dois-planetas-de-nosso-sistema-solar/
    11. http://thoth3126.com.br/baalbek-antiga-plataforma-de-pouso-para-espaconaves-extraterrestres/
    12. http://thoth3126.com.br/nibiru-o-livro-perdido-de-enkiea/
    13. http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-nibiru-inanna-fala/
    14. http://thoth3126.com.br/o-retorno-de-inanna-nibiru/
    15. http://thoth3126.com.br/insider-da-dhs-fala-de-crise-de-magnitude-sem-precedentes-sendo-preparada-nos-eua/


    Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione autor e fontes.

    www.thoth3126.com.br

    Compartilhe:

    Share on Facebook (Opens in new window)
    Click to share on Twitter (Opens in new window)
    Click to share on Google+ (Opens in new window)
    Click to share on Reddit (Opens in new window)
    Click to email this to a friend (Opens in new window)

    Posted by Thoth3126 on 13/10/2015

    Agradecimentos a http://wp.me/p2Fgqo-9to



    Por favor, respeitem todos os créditos

    Arquivos deste escritor em português:
    http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=V.S. Ferguson


    Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
    Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
    Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

    Atualização diária 


    Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
    achama.biz.ly 

    Israel ou Cazária!?
    achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

    EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
    ES: LLAMA VIOLETA







    Pensamento do Dia, 13 de Outubro de 2015


    Pensamento do Dia, 13 de Outubro de 2015

    Sathya Sai Baba



    As pessoas recorrem a gurus para receber mantras (fórmulas misticamente poderosas para serem recitadas por elas para sua elevação espiritual); outras procuram curandeiros e monges sagrados para obter yantras (talismãs esotéricos para afastar as forças do mal); algumas outras aprendem thanthras (ritos secretos para alcançar poderes sobre humanos) de eruditos (pandits).

    Mas tudo isso é esforço ineficiente.

    Deve-se aceitar o corpo como tantra, a própria respiração como mantra e o coração como yantra.

    Não há necessidade de procurá-los fora de si mesmo.

    Quando todas as palavras que emanam de você são doces, a respiração torna-se o Rig Veda.

    Quando você restringe o que ouve e prefere apenas a voz doce, tudo o que ouve se torna o Sama gana (versão de Sama Veda).

    Quando você faz somente ações doces, tudo o que faz é Yajur homa (sacrifício ritualístico).

    Então você realizará a cada dia o Veda Purusha Yajna, o yajna que propicia o Espírito Védico mais nobre e elevado!

    (Discurso Divino, 02 outubro de 1981)
     

     
    Mais artigos atualizados em achama.biz.ly


    MAIS PENSAMENTOS AQUI

    Por favor, respeitem todos os créditos


    Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

    Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente em cada um de nós.
    Atualização diária


    EN: Violet Flame
     

    Pensamento do Dia, 13 de Outubro de 2015


    Pensamento do Dia, 13 de Outubro de 2015

    Sathya Sai Baba



    As pessoas recorrem a gurus para receber mantras (fórmulas misticamente poderosas para serem recitadas por elas para sua elevação espiritual); outras procuram curandeiros e monges sagrados para obter yantras (talismãs esotéricos para afastar as forças do mal); algumas outras aprendem thanthras (ritos secretos para alcançar poderes sobre humanos) de eruditos (pandits).

    Mas tudo isso é esforço ineficiente.

    Deve-se aceitar o corpo como tantra, a própria respiração como mantra e o coração como yantra.

    Não há necessidade de procurá-los fora de si mesmo.

    Quando todas as palavras que emanam de você são doces, a respiração torna-se o Rig Veda.

    Quando você restringe o que ouve e prefere apenas a voz doce, tudo o que ouve se torna o Sama gana (versão de Sama Veda).

    Quando você faz somente ações doces, tudo o que faz é Yajur homa (sacrifício ritualístico).

    Então você realizará a cada dia o Veda Purusha Yajna, o yajna que propicia o Espírito Védico mais nobre e elevado!

    (Discurso Divino, 02 outubro de 1981)

    Mais artigos atualizados em achama.biz.ly


    MAIS PENSAMENTOS AQUI

    Por favor, respeitem todos os créditos


    Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

    Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente em cada um de nós.
    Atualização diária


    EN: Violet Flame

    O Governo Secreto (paralelo) nos EUA – 2 -- Milton W. Cooper

    O Governo Secreto (paralelo) nos EUA 

     2

     Milton W. Cooper

    Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

    Publicado anteriormente a 13/04/2015

    O GOVERNO SECRETO e paralelo nos EUA, como surgiu, Parte 2.


    A origem, identidade e propósito do PROJETO MAJESTIC -12 (também conhecido como MJ-12) e suas funestas consequências para o mundo em que vivemos hoje.

    O Presidente Eisenhower se encontrou com os alienígenas em 20 de fevereiro de 1954, em uma base aérea na Califórnia e um tratado formal entre a nação, planeta (SERPO, no sistema solar BINÁRIO de ZETA RETICULLI 1 e 2) alienígena e os Estados Unidos da América foi assinado.

    “Os sinais estão aumentando. As luzes no céu aparecerão em vermelho, azul, verde, rapidamente. Alguém está vindo de muito longe e quer conhecer as pessoas da Terra. Reuniões já foram realizadas. Mas aqueles que os têm realmente visto tem ficado em silêncio”. O Papa João XXIII – 1935. Ele manteve contato com seres alienígenas PESSOALMENTE.


    Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

    O GOVERNO SECRETO nos EUA, como surgiu – Parte II

    A origem, identidade e propósito do PROJETO MAJESTIC-12 e suas consequências para o mundo em vivemos hoje.

    Fonte: http://www.bibliotecapleyades.net/



    Por Milton W. Cooper, Extraído do livro “Behold a Pale Horse“

    Em seguida, nós recebemos o nosso primeiro embaixador alienígena do espaço exterior. Ele era o alienígena que havia sido deixado refém no primeiro pouso no deserto. Seu nome e título era Sua Alteza Krilll.

    Na tradição norte americana de ter desdém por títulos e pela nobreza reais da Europa, ele estava secretamente sendo chamado Hospede Original, ou Krilll.

    UM TRATADO FORMAL FOI FEITO pelo governo dos EUA com os ALIENÍGENAS:

    . . . Logo após este primeiro encontro com o presidente Eisenhower, o presidente Ike sofreu um ataque cardíaco. Quatro outras pessoas como convidados civis, de fora do governo dos EUA que estavam presentes nessa reunião foram o jornalista Franklin Allen dos jornais Hearst, Edwin Nourse do Brookings Institute, Gerald Light da Metaphysical Research Fame, e o então Bispo da Igreja Católica de Roma em Los Angeles, James Francis MacIntyre, do estado da Califórnia.

    A reação dos quatro convidados foi julgada como uma reação do microcosmo do que poderia ser a reação do público dos EUA em geral. Com base nesta reação, desses quatro participantes civis, foi decidido que nada poderia ser contado ao público norte americano em geral. Estudos posteriores confirmaram a decisão como acertada.

    Uma carta emocionalmente reveladora escrita por Gerald Light, da Metaphysical Research Fame a um seu amigo conta os fatos em detalhes arrepiantes:


    “Meu caro amigo:

    - Acabo de regressar de Muroc (hoje a conhecida e enorme Edwards Air Force Base-USAF). O relatório é verdadeiro – devastadoramente verdadeiro! Fiz a viagem em companhia de Franklin Allen dos jornais Hearst e Edwin Nourse do Brookings Institute (antigo assessor financeiro do Presidente Truman) e o Bispo da Igreja de Roma de Los Angeles, (James Francis) Maclntyre (nomes confidenciais para o presente, por favor.) Quando fomos autorizados a entrar na seção restrita (após cerca de seis horas em que fomos verificados em cada item que foi possível, incidentes, eventos, e todos os aspectos de nossas vidas pessoais e públicas), tive a nítida sensação de que o mundo tinha chegado ao fim com um realismo fantástico.

    Porque eu nunca vi tantos seres humanos em estado de colapso e confusão mental total, pois eles perceberam que o seu próprio mundo e sua finalidade havia de fato terminados, tais como descreveria um mendigo. “A realidade de outras formas de vida, de outros “planos” (formas etéricas) esta agora e para sempre removida do reino da especulação e da fantasia e hoje é parte bastante dolorosa da consciência de cada grupo científico e político responsável que lá estavam presentes. Durante os meus dois dias da visita, eu vi cinco tipos distintos e separados de espaçonaves alienígenas que estavam sendo estudadas e analisadas pelos nossos oficiais militares da Força Aérea – com a ajuda e permissão dos seres “Etherians” (Etéricos).

    “Não tenho palavras para expressar as minhas reações. Ai está, finalmente aconteceu. Agora é uma questão de história. O Presidente Eisenhower, como você já deve saber, foi espirituoso sobre essa noite passada em Muroc (Edwards Air Force Base), durante a sua “visita a Palm Springs” recentemente. E é minha convicção de que ele vai ignorar o conflito terrível existente entre as várias “autoridades” e ir diretamente falar ao povo dos EUA através do rádio e da televisão. – Se o impasse continuar por muito mais tempo, pelo que pude perceber, uma declaração oficial ao país a respeito desse assunto está sendo preparada para ser feita pelo meio do mês de maio.”


    O Bispo de Los Angeles em 1954, James Francis McIntyre

    Ao lado: O Bispo de Los Angeles em 1954, James Francis McIntyre que esteve em contato com seres de outros planetas naquele encontro em 20 de fevereiro de 1954.

    Mais informações em:
    http://thoth3126.com.br/o-vaticano-e-o-regresso-do-planeta-x-parte-ii/
    http://thoth3126.com.br/o-vaticano-e-o-regresso-do-planeta-x/

    Sabemos que nenhum anúncio desse tipo foi alguma vez sequer feito. O grupo de controle do silêncio (e da verdade) ganhou o dia e o assunto nunca foi tornado público. Sabemos também que mais duas aeronaves, para as quais não podemos encontrar nenhuma testemunha, ou aterrissaram pouco depois das três horas ou já estavam na base antes que as outras três espaçonaves alienígenas desembarcaram.

    Gerald Light afirma especificamente que cinco embarcações estavam presentes e foram submetidas a estudo realizado pela Força Aérea. Sua experiência metafísica é evidente no que ele chama de entidades “Etherians” por ele vistas no local.

    Gerald Light foi muito enfático ao usar o termo “Etherians”, chamando a atenção para o fato de que esses seres poderiam ter sido vistos como “deuses” pelo próprio Sr Gerald Light. O emblema alienígena era conhecido como a “insígnia Trilateral” e era exibido nas espaçonaves e nos uniformes alienígenas que eles usavam. Ambos os desembarques e a segunda reunião foram filmados. Esses filmes do desembarque dos aliens existem ainda hoje.

    O tratado firmado naquele momento afirmava que os alienígenas não iriam interferir em nossos assuntos e nós não iríamos interferir nos deles (enquanto visitavam o planeta inteiro livremente ???!!!). Gostaríamos de manter a sua presença na Terra em segredo. Eles iriam nos fornecer tecnologia avançada e poderiam nos ajudar em nosso desenvolvimento tecnológico. Eles não iriam fazer qualquer outros tratados com qualquer outra nação da Terra, além dos EUA.



    Um aviso muito objetivo para a humanidade, deixado em uma plantação (CROP CIRCLE acima deixado em Crabwood, agosto de 2002) na Inglaterra, com a imagem de uma raça (greys) alienígena e um claro aviso em código binário contido no círculo com essa mensagem: “CUIDADO COM OS PORTADORES DE FALSOS PRESENTES E SUAS PROMESSAS QUEBRADAS. MUITA DOR MAS AINDA HÁ TEMPO. EELrijue. EXISTE BONDADE LÁ FORA. NÓS NOS OPOMOS AO ENGANO. CONDUTO FECHANDO [som de sino]“ Ao que parece ainda temos “Amigos lá fora”



    Eles poderiam abduzir os seres humanos em uma base limitada e periódica com o objetivo de exame médico e monitoramento do nosso desenvolvimento, com a estipulação de que os humanos não seriam prejudicados em sua integridade física, seriam devolvidos ao seu ponto de rapto, não teriam a memória do evento, e que essa raça alienígena deveria fornecer ao Majestic 12 uma lista de todos os contatos humanos e abduzidos em uma programação regular. Foi acordado que nosso país receberia o seu embaixador e eles o nosso durante o tempo em que o tratado secreto continuasse em vigor.

    Foi ainda acordado que uma raça alienígena (SERPO) e os Estados Unidos fizessem um Programa de Intercâmbio de Pessoal que teria dezesseis membros com o propósito de aprendermos uns com os outros. Os convidados alienígenas ”permaneceriam na terra. Os seres humanos” convidados “viajariam para o planeta de origem alienígena por um período determinado de tempo após o que em seguida, retornariam, quando a troca inversa seria feita. (n.t. O Planeta alienígena fica a 38 anos luz de distancia da Terra e é conhecido como SERPO, um planeta do sistema solar BINÁRIO de ZETA RETICULLI 1 e 2 , e a missão foi entre os anos de 1965-1978 e contou com doze membros.

    Saiba mais sobre SERPO: http://thoth3126.com.br/category/serpo-zeta-reticuli/

    A reconstituição deste evento/encontro/reunião entre as duas civilizações de diferentes planetas foi dramatizada no filme Encontros Imediatos do Terceiro Grau de Steven Spielberg. Uma dica de quem trabalha para quem, pode ser determinada pelo fato de que o Dr. J. Allen Hynek serviu como conselheiro técnico para o filme. Notei que o relatório Top Secret contendo a versão oficial da verdade da questão alienígena, intitulado Projeto Grudge , que eu tive acesso e li, enquanto eu estava na Marinha, foi de co-autoria pelo tenente-coronel e amigo Dr. J. Allen Hynek, que foi citado como um ativo membro da CIA ligado ao Projeto Grudge – O Dr. Hynek, aquele mesmo que desmontou muitos incidentes UFO legítimos quando ele funcionava como o responsável científico do Projeto Bluebook (Livro Azul, uma farsa do governo dos EUA) feito para a opinião pública.

    Dr. Hynek é o homem responsável pela infame declaração “era apenas gás do pântano” para desmistificar e encobrir verdadeiros contatos com UFOs. Foi acordado que seriam construídas bases subterrâneas para uso da raça alienígena e que duas bases seriam construídas para o uso conjunto da nação alienígena e o Governo dos Estados Unidos. (n.t. a principal e mais sinistra delas foi a Base de DULCE em Archuleta Mesa, na divisa dos estados do Novo México-Colorado.) O Intercâmbio de tecnologia teria lugar em bases subterrâneas conjuntamente ocupadas.

    Estas bases alienígenas seriam construídas em reservas indígenas na área de Four Corners dos estados do Utah, Colorado, Novo México e Arizona, e uma outra seria construída em uma área conhecida como Dreamland (a Terra dos Sonhos, futura ÁREA 51), que foi construída no deserto de Mojave, na Califórnia perto de, ou em um lugar chamado Yucca.


    Algumas das principais bases subterrâneas dos EUA e seu sistema de comunicações via túneis. DULCE é a mais central e foi fechada e os aliens foram expulsos após um duro combate em que cerca de 300 marines dos EUA perderam a vida. A Base DULCE por ter sido a primeira, fica no centro do sistema de ligação subterrânea existente.

    Sobre a ÁREA 51 ver mais em:
    http://thoth3126.com.br/area-51-entrevista-de-david-adair/
    http://thoth3126.com.br/area-51-entrevista-de-david-adair-parte-2/
    http://thoth3126.com.br/area-51-entrevista-de-david-adair-parte-3/
    http://thoth3126.com.br/area-51-e-seus-segredos-por-david-adair-parte-final/

    Não me lembro se era Yucca Valley, Yucca Flat, ou Ground Proving Yucca, mas Yucca Valley é o que sempre me pareceu querer dizer. Mais avistamentos UFO e incidentes ocorrem no deserto de Mojave na Califórnia do que em qualquer outro lugar do mundo (relativamente próximo à Los Angeles, um grande centro urbano). Tantos, na verdade, que ninguém se incomoda mais de fazer relatórios.

    Qualquer um que se aventurar para o deserto para falar com os moradores será surpreendido pela frequência de atividade UFO e com o grau de aceitação demonstrado por aqueles que já consideram avistamentos de UFOs como algo normal e corriqueiro. Todas as áreas alienígenas estão sob completo controle do Departamento Naval (pelo menos assim pensavam os (imbecis) militares dos EUA), de acordo com os documentos que eu li.

    Todo o pessoal que trabalha nesses complexos recebem seus cheques da Marinha através de um subcontratante (uma empresa do complexo militar industrial controlada por membros do governo secreto). Os cheques nunca fazem qualquer referência ao governo ou a Marinha dos EUA. A construção das bases subterrâneas começaram imediatamente, após o acordo firmado com os alienígenas ser produzido, mas o progresso foi lento. Grandes somas de dinheiro foram disponibilizados já em 1957. O trabalho continuou sendo registrado no Livro Amarelo.


    Gigantescas máquinas foram desenvolvidas e usadas para escavar as bases subterrâneas.

    A ÁREA 51 e S-4

    O Projeto REDLIGHT foi formado para experimentação de testes de vôo em aeronaves desenvolvidas com tecnologia alienígena, que começou a sério. Uma instalação de tipo Top secret foi construída em Groom Lake, em Nevada, no meio da faixa do campo de teste de armas. Foi apelidado de ÁREA 51. A instalação foi colocada sob jurisdição do Departamento da Marinha assim como todo o pessoal necessário com nível Q de acesso, bem como o Executivo presidencial, chamado MAJESTIC para nível de aprovação.

    Isso é irônico, devido ao fato de que o presidente dos Estados Unidos não tinha autorização para visitar o local. A base alienígena e a troca de tecnologia realmente ocorreu em uma área de codinome Dreamland acima do solo, e a parte subterrânea foi apelidado de “o Dark Side of the Moon.”(“O Lado Escuro da Lua’’, e coisas terríveis em experimentação genética lá ocorreram nos níveis mais profundos das instalações…)

    De acordo com a documentação que eu li, pelo menos 600 seres alienígenas na verdade residiam em tempo integral nesta Base, juntamente com um número desconhecido de cientistas e pessoal da CIA. Devido ao medo de implantação, apenas algumas pessoas tinham permissão para fazer a interface em contatos com os seres alienígenas, e os funcionários eram e são vigiados e monitorados continuamente.

    O Exército foi incumbido de formar uma organização força tarefa super-secreta para fornecer segurança para os projetos alienígenas. Esta organização se tornou a Organização Nacional de Reconhecimento (National Reconnaissance Organization-NRO) baseado em Fort Carson, no Colorado. As equipes específicas treinadas para garantir os projetos eram chamadas de Força Delta. O tenente-coronel James “Bo” Gritz era um Comandante da Força Delta. Um segundo projeto de codinome Snowbird foi promulgada para explicar ao público em geral qualquer avistamentos das aeronaves com tecnologia alienígena sendo testadas do projeto REDLIGHT como sendo experimentos da Força Aérea-USAF.

    As aeronaves do projeto Snowbird foram fabricadas com tecnologia convencional e foram levadas e demonstrados para a imprensa em diversas ocasiões. O Projeto Snowbird também foi usado para desacreditar avistamentos públicos de naves alienígenas legítimas (UFOs para o público, EAI para aqueles que as conhecem). O Projeto SNOWBIRD foi muito bem sucedida em sua operação de cobertura e disfarce, e os relatórios do público sobre UFOs diminuiram de forma constante até os últimos anos.

    O financiamento secreto dos programas

    Um fundo secreto multimilionário foi organizado e mantido pelo Escritório Militar da Casa Branca. Este fundo foi usado para construir mais de 75 instalações subterrâneas profundas espalhadas pelo território dos EUA. Aos Presidentes que se sucediam e perguntassem a respeito era dito que o fundo era usado para construir abrigos subterrâneos profundos para o Presidente em caso de guerra nuclear total. Apenas alguns foram construídos para o Presidente. Bilhões de dólares foram canalizados através deste escritório para o Majestic-12 e em seguida para os contratantes construtores.

    Ele foi usado para construir bases alienígenas Top Secret, assim como as bases Top Secret D.U.M.B. (Deep Underground Military Bases-Base Militares Subterrâneas Profundas) e as instalações promulgadas pelo ato Alternativa 2 em todo o país. O presidente Johnson usou esse fundo para construir um cinema e pavimentar a estrada em seu rancho. Ele não tinha ideia de seu verdadeiro propósito. Esse Fundo Secreto de Construção de Instalações Subterrâneas da Casa Branca foi criado em 1957 pelo presidente Eisenhower. O financiamento foi obtido a partir do Congresso sob o pretexto de:

    “Construção e manutenção de locais secretos onde o presidente poderia ser levado para segurança em caso de ataque militar:. Local de refúgio em caso de Emergência Presidencial”


    Foto de uma dependência, um dos primeiros níveis, subterrânea da ÁREA 51.

    Os locais dessas bases são literalmente buracos gigantescos escavados no subsolo, profundos o suficiente para resistir a uma explosão nuclear acima, e são equipados com equipamentos de comunicação state-of-the-art (de última geração). Até o momento existem mais de 75 locais espalhados pelo país que foram construídos com os recursos deste fundo. A Comissão de Energia Atômica construiu pelo menos mais 22 bases subterrâneas. Veja o capítulo sobre o Mt. Weather. A localização e tudo que tem a ver com essas Bases foram e são considerados e tratados como assuntos Top Secret. O dinheiro foi e está no controle do Escritório Militar da Casa Branca, e foi e é lavado através de tão tortuosa teia que mesmo um espião, ou o contador mais conhecedor de suas funções não poderá rastreá-lo. A partir de 1980 apenas alguns indivíduos do início e no final desta teia sabiam para o que o dinheiro se destinava.

    No início os seguintes membros da câmara (Deputados) eram George Mahon do Texas, presidente do Comitê de Dotações da Câmara e da sua Subcomissão de Defesa, e Robert Sikes da Florida, presidente da Subcomissão de Dotações de Construção Militar. Hoje há boatos de que presidente da Câmara, Jim Wright controla o dinheiro no Congresso e que uma luta pelo poder pode remover esse controle dele. No final da linha estavam o Presidente dos EUA, o grupo Majestic-12, o diretor do Gabinete Militar e um comandante do Arsenal da Marinha de Washington. O dinheiro era autorizado pelo Comitê de Apropriações, que o alocou ao Departamento de Defesa como um item Top Secret no programa de construção do Exército. O Exército, no entanto, não podia gastá-lo e, na verdade nem sabia para o que eram os recursos. A autorização para gastar o dinheiro era, na realidade dada à Marinha. O dinheiro foi canalizado para a Divisão dos Engenheiros da Marinha de Chesapeake, que também não sabia qual era a sua finalidade.

    Nem mesmo o oficial comandante, que era um almirante, sabia para que o fundo deveria ser utilizado. Apenas um homem, um comandante da Marinha a quem foi atribuído o comando da Divisão de Engenheiros da Marinha de Chesapeake, mas que na realidade era responsável apenas perante o Gabinete Militar da Casa Branca, sabia do propósito real, quantidade e destino final do dinheiro Top Secret. O total sigilo em torno dos fundos significava que cada traço de que poderia ser feito para desaparecer por poucas pessoas que o controlavam. Nunca houve e muito provavelmente nunca será feita uma auditoria dos gastos desse dinheiro secreto. Grandes quantidades de dinheiro foram transferidos do fundo secreto para um local em Palm Beach, na Flórida, que pertence à Guarda Costeira chamado Peanut Island.

    A ilha é adjacente à propriedade que pertenceu à Joseph Kennedy. Foi dito que esse dinheiro teria sido usado para paisagismo e embelezamento em geral. Algum tempo atrás uma notícia especial de TV sobre o assassinato do Presidente Kennedy disse que um oficial da Guarda Costeira transferiu uma soma em dinheiro em uma pasta a um funcionário dos Kennedy naquela propriedade. Poderia ter sido um pagamento secreto à família Kennedy pela perda de seu filho John F. Kennedy?

    Os pagamentos continuaram até o ano de 1967 e depois pararam. O montante total transferido é desconhecido e o uso real e destino do dinheiro também é desconhecido. Enquanto isso, Nelson Rockefeller mudou de posição novamente. Desta vez, ele foi pegar a antiga posição de C.D. Jackson, que tinha sido chamado de Assistente Especial de Estratégia Psicológica. Com a nomeação de Nelson Rockefeller o nome do cargo foi mudado para Assistente Especial para a Estratégia da Guerra Fria. Esta posição iria evoluir ao longo dos anos na mesma posição em que finalmente Henry Kissinger foi designado para manter sob a presidência de Richard Nixon. Oficialmente, ele foi dar “aconselhamento e assistência no desenvolvimento de maior compreensão e cooperação entre todos os povos” ao governo. A descrição oficial de suas funções era uma cortina de fumaça, pois secretamente ele era o coordenador Presidencial para a Comunidade de Inteligência. Em seu novo posto Rockefeller se reportava diretamente, e exclusivamente, ao Presidente.

    Ele participava de reuniões do Gabinete, do Conselho de Política Econômica Externa, e do Conselho de Segurança Nacional, que foi o maior órgão de decisão política no governo de então. A Nelson Rockefeller também foi dado um segundo trabalho importante como chefe da unidade secreta chamada Grupo de Coordenação do Planejamento, que foi formado sob NSC 5412 / 1 de março de 1955 . O grupo era composto de diferentes membros ad hoc, dependendo do assunto na agenda. Os membros básicos eram Rockefeller, um representante do Departamento de Defesa, um representante do Departamento de Estado, e o Diretor da Central de Inteligência. Foi logo chamado de Comitê 5412 ou o Grupo Especial. NSC 5412 / 1 e estabeleceu a regra de que as operações encobertas estavam sujeitos a aprovação por um comitê executivo, enquanto no passado essas operações foram iniciadas apenas na autoridade do diretor da Inteligência Central.



    Símbolo encontrado nas naves alienígenas, a “Insígnia Trilateral”

    Os Fundadores do MJ-12

    Pela emissão do secreto Memorando Executivo NSC 5510, o Presidente Eisenhower havia precedido NSC 5412 / 1 para estabelecer uma comissão permanente (e não ad hoc) a ser conhecida como MAJESTIC-12 ( MJ-12 ) para supervisionar e conduzir todas as atividades concernentes e preocupada com a questão alienígena, tudo de forma secreta. O NSC 5412 / 1 foi criado para explicar a finalidade destas reuniões, quando o Congresso e a imprensa se tornaram muito curiosos. O MAJESTIC-12 ( MJ-12 ) era constituído por Nelson Rockefeller, diretor da CIA Allen W. Dulles, Secretário de Estado John Foster Dulles, secretário de Defesa, Charles E. Wilson, presidente do Joint Chiefs of Staff almirante Arthur W. Radford, diretor do Federal Bureau of Investigation-FBI, J. Edgar Hoover (criador do próprio FBI), seis homens do comitê executivo do Conselho de Relações Exteriores-CFR conhecido como os “Sábios”, seis homens do comitê executivo do Grupo JASON , e o cientista Edward Teller.

    O Grupo JASON é um seleto grupo científico também secreto formado durante o Projeto Manhattan (que desenvolveu a bomba atômica durante a 2ª Guerra Mundial) e administrado pela Corporação Mitre. O núcleo interno do Conselho de Relações Exteriores-CFR recruta seus membros das sociedades secretas Skull and Bones (Caveira e Ossos) e Scroll & Key , sociedades secretas dentro da Universidade de Yale. Os Sábios também eram membros-chave do CFR-Conselho de Relações Exteriores. Havia 19 membros que integravam o MAJESTIC-12.

    A primeira regra do MJ-12 foi a de que nenhuma ordem poderia ser dada e nenhuma ação poderia ser tomada sem uma maioria de doze votos a favor do assunto em pauta, assim chamado como Maioria Doze. Ordens emitidas por MAJESTIC-12 ficaram conhecidas como diretivas maioria de doze. Este grupo foi composto ao longo dos anos dos membros oficiais superiores e diretores do CFR-Conselho de Relações Exteriores e, posteriormente, da Comissão Trilateral. Gordon Dean , George W. Bush e Zbigniew Brzezinski estavam entre eles.


    Acima: Os doze integrantes iniciais do Grupo Majestic 12 ou Majic 12 (às vezes escrito simplesmente como MJ-12 ou MJ-XII) é um nome código de um suposto comitê que englobaria cientistas de alto nível, líderes militares e altos funcionários do governo norte-americano, criado supostamente em 1947 e dirigido pelo então presidente dos Estados Unidos Harry S. Truman. Teria por finalidade investigar a atividade dos objetos voadores não identificados (OVNIS) depois dos acontecimentos ocorridos em Roswell, onde supostamente uma nave espacial alienígena teria caído próximo a localidade de Roswell, no Novo México, em Julho de 1947. Este alegado comité seria responsável pela divulgação de diversas teorias, cuja a finalidade seria a ocultação de diversos acontecimentos decorrentes da ação dos OVNIs.

    Os mais importantes e influentes dos integrantes dos Sábios eram John McCloy, Robert Lovett, Averell Harriman, Charles Bohlen, George Kennan, e Dean Acheson. Suas políticas foram bem implantas durante a década de 70. É significativo salientar que o presidente Eisenhower, bem como os primeiros seis membros do MAJESTIC-12 do Governo eram também membros do CFR-Conselho de Relações Exteriores. Isto deu o controle do grupo mais secreto e poderoso dentro do governo a um clube de interesse especial, que é totalmente controlado por si só pelos ILLUMINATI.


    Um memorandum do presidente Harry Truman solicitando ao seu Secretário de Defesa, James Forrestal (primeiro Secretário de Defesa dos EUA período de 17/09/1947 a 28/03/1949) que criasse o Grupo Majestic Twelve(12), datado de 24 de setembro de 1947, três meses após a queda das espaçonaves alienígenas na região de Roswell e Corona, estado do Novo México.

    Um pesquisador mais atento vai descobrir logo que nem todos os “Sábios” provinham de Harvard ou Yale e nem todos eles foram escolhidos das sociedades secretas Skull & Bones ou Scroll & Key, durante seus anos de faculdade. Você será capaz de rapidamente esclarecer o mistério disso lendo o livro “The Wise Men” (Os Sábios) escrito por Walter Isaacson e Evan Thomas , editora Simon and Schuster, New York. Sob a ilustração nº 9 no centro do livro você encontrará a legenda:

    “Robert Lovett com a Unidade de Yale, acima à extrema direita, e na praia: Sua iniciação (a cerimônia de) na Caveira e Ossos aconteceu em uma base aérea perto de Dunkirk.”

    Descobri que os membros eram escolhidos em uma base contínua por convite baseado no mérito pós-faculdade e não ficaram confinados a membros de Harvard ou Yale somente. Devido a este fato, uma lista completa de membros da Skull & Bones nunca pode ser compilado a partir dos catálogos ou endereços do segmento universitário da Fundação Russell, também conhecida como a Irmandade da Morte, ou a Skull & Bones. Agora você sabe por que foi impossível de identificar a associação ou em número ou pelo nome. Acredito que a resposta está escondida nos arquivos do CFR-Conselho de Relações Exteriores, se os arquivos existem.

    Os poucos escolhidos foram posteriormente iniciados no ramo secreto da Order of the Quest conhecida como Sociedade de JASON. Eles são todos membros do CFR-Conselho de Relações Exteriores e naquela época eram conhecidos como o Estabelecimento Oriental. Isso deve lhe dar uma pista para a natureza de longo alcance e levar mais a sério a existência dessas sociedades secretas dentro das principais universidades dos EUA (e dentro do governo). A sociedade está viva e bem hoje, mas agora inclui membros da Comissão Trilateral também.

    Os Trilateralistas existiam secretamente antes de 1973. O nome “Comissão Trilateral” foi retirado da bandeira/símbolo alienígena conhecida como Insígnia Trilateral. O MAJESTIC-12 existe sobrevivendo até aos dias de hoje. Sob Eisenhower e Kennedy foi erroneamente chamado de Comitê 5412, ou mais corretamente, o Grupo Especial. Na administração Johnson tornou-se a Comissão 303 porque o nome de 5412 tinha sido comprometida no livro O Governo Secreto. Na verdade, NSC 5412 / 1 vazou para esse autor para esconder a existência de NSC 5410. Sob as sucessivas presidências de Richard Nixon, Gerald Ford, Jimmy Carter, MAJESTIC-12 foi chamado de o Comitê dos 40, e sob a presidência de Ronald Reagan, tornou-se o Comitê PI-40. Durante todos esses anos apenas o nome mudou.


    Durante uma limpeza da casa de seu falecido pai, Alan Lewis encontrou essa foto do mesmo ao lado de um container com um corpo de um ET Grey morto (provavelmente da Constelação da LYRA, estrela VEGA), constando em baixo à direita um badge com o logotipo da base de Groom Lake/ÁREA 51 em Nevada.

    Os Alienígenas enganam os EUA sobre as mutilações (e em todo o resto):

    Em 1955 tornou-se óbvio que os alienígenas tinham enganado Eisenhower e seu governo e tinham quebrado o tratado. Seres humanos mutilados começaram a ser encontrados junto com os animais mutilados em todo os Estados Unidos (assim como por todo o resto do planeta) . Suspeitou-se que os alienígenas não estavam apresentando uma lista completa de seus contatos com humanos e os que tinham sido abduzidos para o Grupo MAJESTIC-12 e suspeitava-se que nem todos os abduzidos pelos alienígenas tinham sido devolvidos. A União Soviética era suspeita de interagir com esses alienígenas em segredo, e isto se provou ser verdade mais tarde.


    Os alienígenas afirmaram também que estiveram e estavam então, manipulando massas de pessoas através de sociedades secretas, feitiçaria, magia, ocultismo, permissividade e promiscuidade sexual e pela religião (eles têm a capacidade de atuar sobre o campo de energia humano, a aura, em um processo de vampirização energética feita em níveis não materiais, como relatado em várias postagens sobre REPTILIANOS).

    É preciso compreender que esta afirmação deles também poderia ter sido mais uma manipulação. Depois de várias encontros entre aviões da USAF em combates aéreos com naves alienígenas também ficou claro para os militares que nossas armas não eram páreo contra às deles. Em novembro de 1955 foi emitido pela NSC-5412 / 2 a criação de uma comissão de estudos para explorar “todos os fatores que estão envolvidos na elaboração e aplicação da política externa na era nuclear “. Este foi apenas um cobertor de neve que cobria o verdadeiro objeto da pesquisa, a questão alienígena e como enfrentá-la MILITARMENTE.

    O Grupo de Estudos sobre os Alienígenas:

    Em um Memorando NSC 5511 secreto emitido pelo Executivo, em 1954, o Presidente Eisenhower tinha encomendado ao grupo de estudo para “examinar todos os fatos, provas, mentiras e enganos e descobrir a verdade da questão alienígena.” NSC 5412 / 2 foi apenas uma cobertura que se tornou necessária quando a imprensa começou a indagar sobre o propósito de reuniões regulares de tais homens importantes.

    As primeiras reuniões começaram em 1954 e foram chamados de “Reuniões Quantico”, porque eles se encontravam na Base da Marinha em Quantico. O grupo de estudo foi constituído somente de 35 membros do Conselho de Relações Exteriores do grupo de “estudos secretos. O cientista Dr. Edward Teller foi convidado a participar. Dr. Zbigniew Brzezinski foi o diretor de estudo para os primeiros 18 meses. Dr. Henry Kissinger foi escolhido como diretor do grupo de estudo para o segundo período de 18 meses com início em Novembro de 1955. Nelson Rockefeller era um visitante freqüente durante o estudo.


    MEMBROS do “GRUPO DE ESTUDO”
    Gordon Dean, presidente
    Dr. Zbigniew Brzezinski, Diretor de Estudo – 1 ª fase
    Dr. Henry Kissinger, Diretor de Estudo – 2 ª fase
    Dr. Edward Teller O Major-General Richard C. Lindsay
    Hanson W. Baldwin Lloyd V. Berkner
    Frank C. Nash Paul H. Nitze
    Charles P. Noyes Frank Pace, Jr.
    James A. Perkins Don Price K.
    David Rockefeller Oscar M. Ruebhausen
    O Tenente-General James M. Gavin Caryl P. Haskins
    James T. Hill, Jr. Joseph E. Johnson
    Mervin J. Kelly Frank Altschul
    Hamilton Fish Armstrong Maj.Gen.James McCormack, Jr.
    Robert R. Bowie McGeorge Bundy
    William Burden AM John C. Campbell
    Thomas K. Finletter George S. Franklin, Jr.
    Isidor Isaac Rabi Roswell L. Gilpatrio
    Najeeb E. Halaby General Walter Bedell Smith
    Henry DeWolf Smyth Warren Shields
    Carroll L. Wilson Arnold Wolfers


    Os encontros da segunda fase desse grupo de estudos sobre alienígenas também tiveram lugar na base dos Marines em Quantico, Virginia, e o grupo ficou conhecido como Quantico II.

    Nelson Rockefeller construiu um refúgio em algum lugar em Maryland para o MAJESTIC-12 e o comitê de estudo. O local somente poderia ser alcançado apenas por via aérea. Desta forma eles poderiam reunir-se fora do escrutínio público. Este ponto de encontro secreto é conhecido pelo nome de código “Country Club”. O local conta com instalações completas, alimentação, recreação, biblioteca, salas de reunião, tudo o necessário existe no local. (O Instituto Aspen não é o Country Club.) O grupo de estudo foi publicamente denunciado nos últimos meses de 1956. Henry Kissinger escreveu o que foi oficialmente (uma cortina de fumaça) chamado de resultados em 1957 como Armas Nucleares e Política Externa, publicado pelo Conselho de Relações Exteriores por Harper & Brothers, New York. Na verdade, o manuscrito já havia sido escrito em 80%, enquanto Kissinger estava em Harvard. O grupo de estudo continuou, cada vez mais velado e sobre sigilo.

    Uma pista para a gravidade da situação demonstrada por Kissinger, anexado ao estudo pode ser encontrada em declarações de sua esposa e amigos à época. Muitos deles afirmaram que Henry poderia sair de casa cedo a cada manhã e voltar tarde da noite sem falar com ninguém ou até mesmo responder a alguém por uma indagação feita. Era como se ele estivesse vivendo em outro mundo em que não se percebia espaço para estranhos fora desse mundo. Essas declarações são muito reveladoras. As revelações da presença alienígena e suas ações durante o estudo deve ter sido um grande choque. Henry Kissinger estava definitivamente fora do seu personagem habitual durante este tempo.



    Raça conhecida como Greys, que se reproduz por clonagem, habitante do planeta SERPO, sistema solar binário Zeta Reticuli 1 e 2 e contatada pelo governo dos EUA.

    Ele nunca mais seria afetado desta maneira, não importa a gravidade de qualquer evento subseqüente. Em muitas ocasiões ele iria trabalhar até muito tarde da noite depois de já ter trabalhado em um dia inteiro. Este comportamento o levou ao divórcio. A principal conclusão do estudo sobre os alienígenas foi a de que nada poderia ser contado ao público em geral. Acreditava-se que a revelação destes fatos certamente levaria a civilização a um colapso econômico, ao colapso da estrutura religiosa e pânico nacional e global, o que poderia levar à anarquia generalizada em todo o planeta.

    Assim o segredo em torno do assunto UFO e a existência de alienígenas continua até os nossos dias (somente para os ainda completamente alienados, caso da imensa maioria). Um desdobramento dessa descoberta é que, se ao público nada poderia ser dito, ao Congresso e aos políticos dos EUA também nada poderia ser contado. Então o financiamento para os projetos e pesquisa para essa área teriam que vir de fora do Governo, deveriam também serem secretos.

    Enquanto isso o dinheiro era para ser obtido a partir do orçamento militar e confidencial da CIA, não de fundos apropriados em registros oficiais do governo. (n.t. Leia-se o lucro obtido com o tráfico de drogas, pois pela necessidade de recursos sem origem e sem registros no orçamento do governo a CIA se tornou o maior traficante, vendedor e distribuidor de drogas do planeta…)

    Continua…

    Mais sobre este assunto em:  
    1. http://rayviolet2.blogspot.com/2015/10/o-governo-paralelo-secreto-nos-eua-01.html
    2. http://rayviolet2.blogspot.com/2015/10/o-governo-secreto-paralelo-nos-eua-2.html
    3. http://rayviolet2.blogspot.com/2015/10/o-governo-secreto-paralelo-nos-eua-3.html
    4. http://rayviolet2.blogspot.com/2015/10/governo-secreto-paralelo-nos-eua-4-final.html

    Permitida a reprodução desde que mantida a formatação original e mencione as fontes. www.thoth3126.com.br

    Compartilhe:

    159Share on Facebook (Opens in new window)159
    11Click to share on Twitter (Opens in new window)11
    Click to share on Reddit (Opens in new window)
    Click to email this to a friend (Opens in new window)

    Posted by Thoth3126 on 13/04/2015


    URL: http://wp.me/p2Fgqo-rp


    Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

    Por favor, respeitem todos os créditos

    Arquivos em português:
    http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Milton W. Cooper

    Atualização diária

    Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
    achama.biz.ly 

    Israel ou Cazária!?

    achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


    EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

    RSPEITO. ~ Criador via Jennifer Farley.

    RSPEITO.

    Os Escritos do Criador.
    Transcrito por Jennifer Farley.

    12 de outubro de 2015

     images


    A primeira, e melhor maneira, para mostrar respeito pelos outros é mostrar respeito por si mesmo.

    Criador. 


    Tradução d'achama.biz.ly
     


    Agradecimentos a http://wp.me/s3fIGI-respect e a http://rayviolet.blogspot.com/2015/10/respect-respect-creator-via-jennifer.html


    Por favor, respeitem todos os créditos

    Arquivos deste escritor em português:
    http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Jennifer+Farley


    Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
    Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
    Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

    Atualização diária 


    Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
    achama.biz.ly 

    Israel ou Cazária!?
    achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

    EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
    ES: LLAMA VIOLETA