Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Pensamento do dia, 7 de março de 2017 ~ Sathya Sai Baba


Manifestações do Amor Divino!

 

Pensamento do dia.

Por Sathya Sai Baba

7 de março de 2017



 
 

 
Todos têm vastos recursos de poderes. 
 
Quando você não os utiliza para cumprir os deveres para si mesmo e para a sociedade que o sustenta, você está apenas se tornando um alvo para o ridículo. 
 
Quando você está em uma plataforma de estação ferroviária, esperando o trem que deveria chegar e ouve o anúncio de que ele vai chegar cinco horas depois, como você se sente? 
 
Você não lança insultos contra o trem? 
 
Quando meros vagões recebem de você tal tratamento, quão pior tratamento você mereceria se não cumprisse seu dever e suas responsabilidades à sociedade? 
 
Utilize suas habilidades e aprendizado de forma consistente e eficaz conforme o dever exige. 
 
A menos que seja usado, mesmo um relógio fica enferrujado, o que pode ser dito, portanto, da habilidade não utilizada? 
 
O corpo não foi concedido por Deus para ser alimentado, bem vestido e para ser desfilado por aí com orgulho. 
 
O corpo deve ser exercitado para mantê-lo em boa forma, como uma ferramenta para servir os outros. 
 
 
(Discurso Divino, 27 de junho de 1981)
 

Sathya Sai Baba
 
 


Evite odiar, invejar ou até mesmo não gostar de ninguém. Coloque o amor em prática através do serviço. – Baba.

 


Não defendemos credos religiosos dogmáticos. Tentamos decifrar o Espírito da letra de todos os mestres espirituais de todos os tempos, livres do dogma religioso.




Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.



Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.

achama.biz.ly


achama.islands.biz.tc/

http://islands.biz.tc/azores/

Israel ou Cazária!?


achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly

EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation* Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! *Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

ES: LLAMA VIOLETA

Arcanjo Gabriel, 2017-03-03 ~ Shelley Young: DENTRO DAS VELHAS ENERGIAS, TRABALHAR DURO ERA A NORMA.



DENTRO DAS VELHAS ENERGIAS, TRABALHAR DURO ERA A NORMA.

Mensagem Diária do Arcanjo Gabriel.

Através de Shelley Young.

03/03/2017

Traduzido por Adriano Pereira







Dentro das energias mais velhas, trabalhar duro era a norma. Era sobre forçar seu caminho ao sucesso.
 
Nas novas energias, trata-se de fluir em seu caminho para o sucesso.
 
Trata-se de aproveitar sabiamente o que as energias estão apoiando em qualquer dia, o que permite que você seja muito mais eficiente com muito menos esforço.
 
Este é o caminho da graça e da facilidade de que falamos - abraçando seu papel como um parceiro de dança co-Criativo com O Universo, o que lhe deixa muito mais tempo e energia para experimentar a alegria e a presença que sua alma deseja.
 

Arcanjo Gabriel.
 
 
 



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:



Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.
Atualização diária.

Shelley Young: ETERICAMENTE FALANDO

Etericamente Falando

por Shelley Young

2 de março de 2017

Traduzido por Adriano Pereira

 


 


Como você sabe, neste mês que passou eu me senti extremamente desconfortável. Eu passei por grandes gemidos e fiquei me queixando e reclamando. Estou oficialmente no ponto em que não consigo suportar mais as minhas lamentações, nem por mais um segundo, e por isso, já é hora de uma mudança completa de foco, para voltar ao básico, para encerrar esta festa de compaixão energética em que todos nós estivemos nos chafurdando dentro.


É tão surpreendente que mesmo sabendo tudo o que sabemos sobre o poder de seu foco e intenção e, ainda assim, cair no velho hábito de ficar lutando contra tudo o que é indesejável.


Graças a Deus o desconforto aumentou, o que me leva a me redirecionar mais cedo do que mais tarde!


É definitivamente tempo de se escovar exteriormente, e lembrar do que eu sei, de aplicar o que eu sei, e de voltar para a minha prática de gratidão e celebrar as muitas, muitas coisas na minha vida que são absolutamente maravilhosas. Quem está comigo?


Shelley Young
 



Agradecimentos a: 
 

Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

Transcendendo o negativo dentro de nós – Melquisedeque, Thiago Strapasson e Michelinha OM

Transcendendo o negativo dentro de nós.

Mensagem de Melquisedeque.

Via Thiago Strapasson e Michelinha OM

5 de março de 2017

 
 
 
 
 
Meus amados irmãos, sou Melquisedeque e os recebo nos braços do amor. 
 
Eu os irradio nesse momento com a chama do perdão, do ancoramento no amor crístico, que ama incondicionalmente não somente a todos, mas ao planeta, ao cosmo, a todas as dimensões. Pois esse é um amor que os coloca em unidade, em integração com tudo o que é e que, portanto, aceita e flui nas asas da confiança. 
 
Mas quero lhes falar sobre os sentimentos inferiores ancorados na malha planetária, os sentimentos de menosprezo, de inveja, de soberba, da vaidade, da avareza e tudo aquilo que os prende à vida material, que os coloca a lutar pela sobrevivência quando bastaria tão pouco para que pudessem ser realmente felizes. 
 
Por isso, meus amados, venho lhes falar justamente sobre o fato de entenderem que tais sentimentos são inferiores, ruins, não corretos e que, portanto, devem ser negados. Mas, filhos, eles estão ancorados em sua consciência para que o recebam e compreendam porque ainda os carregam com vocês, porque os levam em seus dias. São sentimentos humanos que demonstram justamente a necessidade de desconectar de malha que os arrasta à falta, à dificuldade, à dúvida, ao sofrimento. 
 
Mas quando compreendem o motivo porque ainda carregam tais sentimentos inferiores são capazes de transcende-los, transformando-os em algo mais elevado. Mas vejam, não que haja qualquer problema, inferioridade moral, em carregar essas restrições em seus corações, mas são justamente elas que podem os conduzir a algo mais elevado, a uma outra visão, a um sentimento de amor com tudo e todos, à transcendência da matéria. 
 
A maior dificuldade que possuem é justamente compreenderem que há um núcleo comum em cada um desses sentimentos, há uma esfera de igualdade, que pode os conduzir para dentro de vocês mesmos, para que possam se olhar, ver aquilo que ainda gera tais sentimentos em vocês. Se sentem inveja, busquem a origem dessa competição que carregam dentro de vocês, se a preguiça os toma percebam porque não sentem a vontade de ancorar esse propósito. 
 
Tudo isso, meus filhos, são benção que os mostra aquilo que guardam em seus registros que necessita ser transcendido e jamais negado, bloqueado. A cada gota de sofrimento ganham um riacho de luz. Não que o sofrimento seja necessário ao crescimento, mas ele é uma bênção na vida a iluminar suas restrições e assim precisa ser vivido. 
 
Vocês sofrem porque se vinculam a esses aspectos inferiores, negando-os dentro de vocês mesmo como se fossem impurezas que carregam. E é isso que lhes causa dor. Mas quando liberam esses sentimentos confiando que vivem uma experiência material e que tudo é transitório e que nada será capaz de lhes tirar o sustento, aquilo que Deus reserva ao seu crescimento, vocês começam a compreender do que o mundo material é feito, de desafios, de provas, que acarretam esses sentimentos inferiores justamente para que possam demonstrar a capacidade de transcender esse algo, mas não externamente, e, sim, em seu interior. Isso deve ser feito com amor, com aceitação, sem culpa, apenas com recebimento. 
 
Portanto, filhos, a sabedoria divina vem nascida a partir das suas próprias experiências em situações às quais hoje podem observar como sofrimento, como tristeza, ou manifestações de ódio, rancor, inveja, e todas as características que estão ligadas à malha planetária, mas que que podem ser vistos como balsámos a os mostrar algo a mais. 
 
A partir do instante em que vocês direcionam o pensamento de gratidão em direção a essas sensações, que hoje vocês tratam com repulsa e negação, vocês iniciarão o processo de transformação disso em sabedoria. 
 
O berço da sabedoria na experiência como encarnados na Terra está nesses aspectos negados e tratados com repulsa. Vocês não aceitam que esses aspectos existem, pois sabem que eles geram sofrimento, e então, manifestam o medo ao tratar desses assuntos. O medo nasce como um escudo de defesa que supostamente os protegeria da manifestação desses aspectos nas suas próprias vidas e personalidades. 
 
Mas vocês precisam retirar o véu da ilusão e perceber que todos vocês, filhos, enquanto encarnados no planeta, manifestam todos os sete aspectos que conhecem como sete pecados capitais. Vocês estão aqui inseridos nessa experiência justamente para que absorvam esse aprendizado e transformem em sabedoria. 
 
E somente poderão aprender, vivendo esse aspecto, aceitando que ele existe dentro de vocês e permitindo que se manifeste em suas consciências. Ao permitir que se manifestem para si mesmos, deixando de lado o medo e o julgamento por vocês mesmos, que chamamos de culpa, vocês passam a incorporar a sabedoria. Pois a vivencia de transcender os aspectos quando eles se apresentam, é o que trará a sabedoria, e não na negação desses sentimentos. 
 
Todas as experiências que vivem enquanto encarnados, vão apresentar a vocês a manifestação de algum desses aspectos, para que vocês possam vivê-lo e transcendê-lo. 
 
Assim vão se desconectando do ciclo de encarnações, justamente porque o objetivo das encarnações na Terra é o transcender desses aspectos, para adquirir a sabedoria a qual vieram aqui buscar. Não seria possível desconectarem-se da malha energética e da necessidade de reencarnações se negarem esses sentimentos dentro de vocês mesmos. 
 
Vocês, filhos, podem, a partir de agora, observarem a si mesmos nessa ótica, que é a de um Ser de Luz, que é nascido da Fonte de Tudo o Que É, que manifesta aqui nesse planeta um fractal que representará para o seu Eu Sou a experiência de vida terrena. Por isso, filhos, vocês são desdobrados em muitos fractais, pois sabem que, para transcender os aspectos da malha energética, são necessárias várias encarnações, e muitas vezes essa sabedoria pode ser elevada ao Eu Sou através de várias de suas ramificações que são os fractais. 
 
Cada um de vocês, filhos, a partir do momento em que passam a perceber o que são verdadeiramente, começam a observar a tratar todos os assuntos durante as experiências de encarnação, da forma que devem ser tratados, de forma leve, e com atenção aos aspectos que se manifestam em suas personalidades, para que possam atuar e transcendê-los, e não mais negá-los. 
 
A negação, somente fará com que vocês passem inúmeras encarnações negando as suas próprias verdades e repetindo experiências incessantemente até que aceitem quem são vocês, e aceitem os seus aspectos negativos relacionados à malha energética. 
 
Vocês estão em processo de transmutação desses aspectos em luz, pois assim vocês são. Vocês são luz e precisam perceber que estão aqui simplesmente para viver essas experiências que somente poderão ser vividas aqui na Terra, e então retornarem para os seus verdadeiros lares. 
 
Tanto os que estão em missão, quanto os que permanecerão na Terra para viver a manifestação da Nova Era, estão trabalhando os aspectos ligados a malha energética. 
 
Aqueles que estão inseridos aqui para trazer a transformação à humanidade, mas que vivem também o sofrimento gerado pela manifestação dos sete aspectos, precisam perceber que também vieram para aprendizado, que é o seu primeiro propósito antes mesmo da missão. Afinal, sem a transmutação dos sete aspectos, não se concretizarão as missões que vieram desempenhar. 
 
E àqueles que permanecerão no planeta, que transcendem os seus próprios aspectos inferiores ligados à malha para que possam viver em paz e livres nesse planeta, conseguirão manifestar a Nova Era somente quando se libertarem desses aspectos, que hoje tentam negar, mas que precisam ser aceitos e acolhidos para que sejam tratados. 
 
Ao perceberem a manifestação de um dos aspectos, relacionados aos sete pecados capitais, nas suas personalidades, silenciem, escutem o seu EU Sou, que os orientarão do que deve ser feito. Procurem desconectar-se do impulso inferior gerado pelo pecado capital, e permitam que o seu Eu Sou direcione as suas ações. Isso somente poderá ser obtido através da meditação, da concentração, e do encontro consigo mesmos. Pois vocês somente poderão encontrar as respostas para as suas dores e os seus problemas, dentro de si mesmos. 
 
Cada um de vocês, filhos, percebe os aspectos inferiores de forma diferente, e cada um de vocês tem uma história de alma, das vivências em encarnações anteriores. Portanto, filhos, liberem-se do julgamento, tanto do julgamento a outros que vocês observam passar pelas vivências dos aspectos inferiores, quanto do julgamento a vocês mesmos, que é a culpa, e que bloqueia vocês através da negação da manifestação do aspecto do pecado capital em vocês. Percebam o quanto estão agindo de forma a julgar os outros e a vocês mesmos, e permitam que a limpeza ocorra a partir do momento em que aceitam que têm algo a transcender, buscando a resposta para como agir, com o seu Eu Sou. E também passem a respeitar os processos que os demais estão passando, a trilhar as suas próprias estradas em busca das suas próprias liberações. 
 
Percebam que vocês não são diferentes daqueles que vocês consideram que agem errado, pois vocês também agem errado. Todos vocês estão em busca do mesmo objetivo, mas trilham estradas diferentes para atingir o mesmo fim. 
 
Portanto, filhos, aceitem os seus aspectos inferiores, trabalhem eles através das respostas recebidas do seu Eu Sou, e percebam que só há uma verdade para você, que é a recebida do seu Eu Sou. A sua verdade não é a verdade do outro, pois cada um deve buscar por si mesmo. 
 
Sou Melquisedeque 
 

Thiago Strapasson,

Michelinha OM.

 


 



 
Agradecimentos a: http://coracaoavatar.blog.br/
 

Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

Saulo via John Smallman 2017-03-05 ~ O DESPERTAR DA HUMANIDADE ENVOLVE A ABORDAGEM E LIBERTAÇÃO ...

O DESPERTAR DA HUMANIDADE ENVOLVE A ABORDAGEM E LIBERAÇÃO DE TODAS AS SUAS PRINCIPAIS QUESTÕES

Mensagem de Saulo (de Tarso, Paulo) 

Via John Smallman

5 de março de 2017

Tradução: Candido Pedro Jorge






Aqui, nos reinos espirituais, estamos todos em alerta, na medida em que o momento do despertar coletivo da humanidade se aproxima.

Como estão bastante cientes, existe apenas o momento eterno agora, mesmo que experimentem o tempo linear contínuo e às vezes aparentemente interminável - sem um fim à vista - para vocês em suas formas humanas, haverá um fim dos tempos quando adentrarem na plena consciência da Realidade do momento do AGORA.

São muito mais do que seus corpos físicos, embora, para experimentar a separação tão completamente quanto possível, fecharam-se em sua consciências humanas da imensidade de seus seres, de suas eternas e inquebrantáveis Unidades com a Fonte.

Intelectualmente, podem aceitar a verdade disto, todavia, por causa do senso omnipresente da fisicalidade humana que seus corpos propiciam, o conhecimento disto permanece inacessível, porque este saber iria colocá-los no poder total do Amor, mas seus corpos foram construídos para, apenas, aceitar e funcionarem com fluxos de energia severamente restritos. Portanto, seus corpos iriam queimar, desintegrar ou dissolverem instantaneamente caso seus campos energéticos plenos fossem incorporados neles.

O despertar da humanidade envolve a abordagem e liberação todas as questões centrais - amargura, ressentimento, ódio, inveja, ciúme - que são todos os aspectos visíveis do MEDO que, imediatamente, surgiu e foi instantaneamente enterrado ou negado quando entraram na ilusão. Estar separado da Fonte é absolutamente aterrorizante!

Viver na separação, como tantas vezes temos assegurado é impossível. No entanto, toda a razão para construir e entrar na ilusão era para experimentar o impossível e, portanto, o terror tinha de surgir. A ilusão, em si, é irreal, mas seus corpos foram construídos para permitir que o irreal fosse experimentado e, portanto, eles parecem muito reais, assim como a dor e o sofrimento que passam, até que liberem essas questões centrais e se libertem do medo. E vocês podem fazer isso!

Sem medo, não existe sofrimento. Sim, ainda pode haver dor física que é apenas uma indicação de que precisam prestar atenção às necessidades de seus corpos físicos - afastando suas mãos do fogo, vestindo seus corpos para protegê-los do frio ou calor ou permitindo-lhes descansar quando estão cansados.

Na ilusão, nada é real ou dura para sempre, embora, as coisas - coisas físicas que fazem ou fabricam - possam ter suas vidas estendidas, se forem tratadas apropriadamente e cuidadas com Amor, o mesmo é verdade para seus corpos. Seus corpos lhes servirão, enquanto precisarem deles ou pelo tempo que escolheram para experimentar a vida humana, se cuidarem de suas necessidades, amorosamente e sem julgamento.

Escolheu todos os corpos em que encarnaram para lições que escolheram para aprender. O fato de que tenham se esquecido disso não muda essa escolha, embora possa limitar severamente suas percepções de seus propósitos. É o que são, por suas escolhas antes de encarnarem e, uma vez que aprendam a aceitar isso, a vida se torna muito mais fácil e mais pacífica para vocês, na medida em que o contentamento substitui o autojulgamento negativo.

Enquanto isso, continuamos a lembrá-los, a todos e a cada um de vocês que são filhos muito queridos de Deus. Não existe entidade, ser, alma, humano ou outra forma de vida que não seja eternamente amada por Deus. Deus é Amor, e não existe nada além de Deus, portanto, toda vida é eterna e eternamente amada por Deus. O julgamento é criação da ilusão e, certamente, parece que dentro dela exista muito a ser julgado, entretanto, essa crença também é, naturalmente, ilusória.


Como também continuamos a dizer, acabamos de dizer acima, são muito mais do que seus corpos físicos, porque, quando Deus os criou, Ele lhes deu Tudo o que Ele é e Tudo o que Ele tem. Deus é Amor infinito e Amor é incondicional - amor que estabelece condições não é Amor! Para despertar, para voltar para casa, terão que liberar tudo o que não esteja em completo alinhamento com o Amor, e o MEDO está completamente fora de alinhamento do Amor. O MEDO julga, condena, defende, ataca, esconde e nega.

Essas são as questões centrais que precisam serem vistas, reconhecidas e liberadas, porque enquanto estiverem abraçando, nutrindo e encorajando-as como seus direitos inalienáveis, atuarão em vocês, fechando seus corações ao Amor, rejeitando-O e recusando-se a Reconhecerem Sua eterna Presença.

O Amor sempre está a envolve-los porque é Tudo, nada poderá existir onde Ele não exista, embora possam e estejam a bloqueá-Lo, seja através do julgamento de outros - que são todos os filhos amados de Deus - ou de si mesmos, como indignos, culpados e vergonhosos. Essa percepção é endêmica em toda a humanidade e é a motivação que leva e encoraja ao conflito. No entanto, essa percepção é totalmente inválida.

Parece válido dentro da ilusão, onde todos vocês estão participando desses jogos de separação, mas quando se afastam dos jogos por um momento e vão para dentro de seus sagrados santuários interiores, percebem a invalidez dessa percepção e abrem seus corações para o Amor que espera pacientemente por suas aceitações.

E quando o fazem, podem sentir o Amor que é a verdadeira natureza e a ligação inquebrantável com a Fonte Sagrada e Divina. A Fonte que ama a todos a cada momento, independentemente de qualquer jogo que tenham optado jogar, enquanto se escondem na ilusão e que não veem e que permanecem inconscientes desses jogos, porque eles são irreais. Não existe julgamento, só existe Amor.

E porque só o Amor existe, tudo o que precisam fazer é aceitá-Lo, em vez de ficarem imaginando falhas irreais, inadequações ou pecados dentro de seus puros e bonitos eus, que são tão queridos por Deus, seu eterno e sempre amoroso Pai. Não existe nada que possam fazer para mudar ou diminuir o Amor de Deus por vocês, cujo Amor por vocês é infinito, permanente e eternamente imutável.

E, ao aceitarem esse cálido e divino abraço, permitam que o Amor preencha e flua através de vocês, ampliando seus campos de energia que continuamente interage com toda a humanidade, impulsionando-os, também, para a abertura ao Divino Campo do Amor que, também, é a verdadeira natureza de todos vocês.

A separação não existe, são todos UM, todos afetam a todos e o Amor é o poder que anima e mantém toda a Criação. Relaxem, no campo da energia divina e com isso atraiam outros para vocês, porque esse é o seu propósito, na medida em que seguem seus caminhos, aparentemente individuais que conduzem para a casa para a realidade, o verdadeiro e eterno lar do qual nunca foram separados.

Com muito Amor,

Saul.


John Smallman
 

 



Agradecimentos a: Sementes das Estrelas

Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

A DIRETIVA PRINCIPAL ~ Judith Coates

A DIRETIVA PRINCIPAL

 

Mensagem de Judith Coates

 

5 de Março de 2017.

 Tradução: Regina Drumond

 

 

 

 

Amado, você teve algumas mudanças acontecendo recentemente na consciência coletiva, no coletivo desse grupo geopolítico e em outros grupos geopolíticos em todo o mundo. Este grupo geopolítico, que se estende à mentalidade mundial, tem sido bastante ativo. Você tem encontrado um pouco de desafios de vez em quando, absorvendo tudo e se perguntando sobre isto, e realmente eu o vi seguindo meu conselho: ocupar o assento na primeira fileira para assistir ao drama no palco, até e a menos que você sinta outra orientação.

Você comprou os assentos na primeira fila, e é seu prazer estar na alegria. Porque, como você irá se lembrar, você cria a sua realidade, e você irá chamá-la como queira. Na Verdade, nada pode se aproximar de sua morada que não seja boa. Toda vez que você tem o ego separado correndo no palco e dizendo: "Mas mestre, e aí... eu ficarei sem as moedas de ouro? Eu terei restrições sobre o que posso fazer, etc.? " Você respira fundo e diz:" Não, ego separado, está tudo bem. Eu - com "E" maiúsculo - estou no comando, e eu decreto que tudo funcione como uma bênção para mim. "Então, você faz uma respiração profunda e se senta em sua poltrona e vê o que está acontecendo. Se alguém vem a você e quer ter uma discussão com você, você vem de um espaço de totalidade.

Você olha para o todo do que está acontecendo, e sabe que realmente nada pode lhe machucar. Nada pode interromper o Despertar. Na verdade, o que está acontecendo em seu drama nacional é trazer a receita mais maravilhosa para o Despertar. E eu digo isso com toda a Verdade. Não como uma piada, embora às vezes seja bom ter alegria e risos.

Na Verdade, você irá recordar este momento e verá como as várias partes se uniram para ajudar no Despertar. Permita-se assim viver em paz. Sim, você irá ter discernimento e dizer: "Hmm, algumas dessas coisas não parecem que irão levar a mais cura, pelo menos não a curto prazo."

Está bem. Você pode dizer: "Eu não posso esperar para ver como tudo isso irá funcionar", porque irá. Você sabe disto. Você já sabe que dará certo. Não importa como isto pareça em qualquer instante imediato, isto irá funcionar no momento. E então você irá dizer: "Sim, eu ouvi isso. Eu não tinha muita certeza sobre isso, mas você sabe, isto realmente passou." Tudo o que você vê no palco, passou. Observe-o, aprecie-o, permaneça em paz, sabendo Quem detém o futuro.

Quando alguém chegar a você muito chateado com alguma coisa, pegue as suas mãos, em primeiro lugar, e diga: "Respire comigo".

Então, ria e diga: "Está bem, vamos olhar, talvez, alguns anos ao longo do caminho. Como você se vê?

"Bem, eu não sei. Este é o problema."

"Certo, como você gostaria de se ver?"

"Bem, eu gostaria de me ver com moedas de ouro suficientes para estar confortável e ser capaz de fazer o que eu preciso fazer e ir a lugares."

"Está bem, você irá ter."

"Bem, como você sabe?" Ele dirá.

E você apenas dirá: "Eu sei." Porque você realmente viveu vidas suficientes e viu muitas coisas acontecerem. Você, por si mesmo, permanecerá na força, porque você sabe por experiências anteriores que tudo, não importa o quanto desagradável possa parecer em um instante, passará.

Então, respire, sorria, segure as mãos e diga: "Está tudo bem. Eu sei. Eu tenho, de boa fonte, que isto ficará bem ", e está. Você irá se divertir com isto, acredite ou não. E mesmo aqueles que estão torcendo as mãos e se perguntando o que irá acontecer com eles, eles irão ficar bem.

Agora, eu sei que há amigos que você tem que têm o hábito de se preocupar, um hábito de viver com medo, um hábito de julgar. Mas quando você segura suas mãos e respiram juntos por um momento ou mais, eles têm que deixar de lado a tensão, porque você não irá soltar as mãos até que eles liberem um pouco do peso que estão carregando , até que respirem e sintam o corpo relaxar um pouco.

Sim, as preocupações podem ainda estar lá, mas eles estarão liberando um pouco delas. Então você segura as suas mãos e vocês respiram juntos. Quando eles chegarem a um espaço de paz - e isso pode não acontecer de imediato, mas acontecerá - fale com eles ... "Você sabe, eu tenho essa idéia engraçada. Estou como se estivesse sentado. Eu estou na primeira fila assistindo esta peça acontecendo. "

"Oh, mas não é uma peça. Tudo irá se estragar e se arruinar.”

"Mas sim, você sabe, quando eu a assisto, às vezes é como alguns dos dramas que assistimos na tela grande."

- Sim, mas estou bem nisso.

"Talvez você não precise estar." Você pode fazer sugestões para eles para que eles possam recuar um pouco. Talvez não seja algo que eles pensaram que poderiam fazer. Uma nova idéia. "O que? Quer dizer que eu não tenho que me preocupar? Eu não tenho que resolver isso? "

"Não, isso passará", e realmente. Portanto, anime-se, porque há um ditado que você tem neste mundo, e é um provérbio muito bom: "Eu não posso saber o que o futuro me reserva, mas eu sei quem detém o futuro." O seu Cristo detém o futuro. Então você irá se lembrar disso. Talvez transmita-o quando for necessário. Às vezes, nem sequer precisarão de palavras. Eles só precisam do abraço, do sorriso que diz: "Eu irei ouvi-lo.. Eu sei como você se sente. Está bem."

E, então, enquanto eles estavam na tempestade, eles a veem passar. Você mesmo esteve lá. Às vezes, você apenas precisa se convencer disto, e, então, está terminado. Eu aconselharia que você deixasse que outros se persuadissem disto, porque se você tentar logo inserir uma nova ideia, você irá interromper o processo. O que é necessário é que eles sejam capazes de se expressar, e, então, haverá um pequeno espaço onde talvez algo novo possa chegar.

É por isto que você está aqui. É por isto que você se ofereceu para estar aqui neste momento. O seu Eu maior sabia que estes anos seriam anos de crescimento, anos de redenção. Você sabia antes de se inscrever que realmente era um tempo de despertar, e você disse: “Oh, eu quero estar aqui para isto. Eu quero ver todos despertarem.”

Bem, você, talvez, não sabia que eles passariam por pesadelos, em primeiro lugar, e quando estivessem em meio a pesadelos, você diria: “Oh, eu quero sair. Não é isto o que eu negociei. Não era para isto que eu pensei que estava me inscrevendo.” E, então, você dá a respiração profunda e se lembra de que tudo passou.

Vamos levar estas ideias um pouco mais adiante, porque há algo mais importante para que a consciência se lembre. É o que eu irei chamar de Diretiva Principal. Agora, você tem este termo. Você viu isto em seus dramas, na tela grande, em uma apresentação chamada de “Jornada nas Estrelas”, em uma galáxia muito, muito distante e há muito tempo, o que na verdade, sim, você pode dizer que isto aconteceu há muito tempo, e está prestes a acontecer novamente.

Havia uma diretiva principal, mas esta não é a diretiva principal de que falarei agora. Estou falando de algo que houve antes do tempo, e é a diretiva principal de sua vida, de cada vida que você teve. É a diretiva de viver no amor, de difundir o amor, de estar apaixonado, de estar apaixonado pela vida, de estar apaixonado pelos irmãos e irmãs, pelos quatro patas, por toda a vida em qualquer das suas formas, de estar apaixonado e expandir o Amor.

Esta é a Diretiva Principal que havia antes que o tempo fosse criado. É, na verdade, o solo do qual você se originou. O Amor existia antes de qualquer de suas criações. Você disse: “Eu participarei com as minhas criações nesta caixa de areia. Participarei com os irmãos e irmãs em determinado drama.”

E a Diretiva Principal disse: “Sim”. Ela sempre diz “sim”, porque o Amor sempre permite. Mas como ele está permitindo, ele também tem uma companhia, e esta diretiva principal vem com um companheiro da alegria, da felicidade, da aprovação, com qualquer termo descritivo que você queira usar; um coração leve. A Diretiva Principal sempre vem com um coração leve. Porque, na verdade, quando você está apaixonado, tudo se encaixa para servir ao próprio Amor. Esta diretiva principal é o que lhe permite saber que você está participando de um drama de outro tipo.

O amor o criou, como você disse: “Eu quero experienciar. Eu quero expressar. Eu quero expressar Aquilo que eu sou em todas as suas inúmeras formas e criações”. Isto é o que você disse desde o início, e isto é o que você está fazendo em toda a experiência. Você está expressando, de uma maneira ou de outra, a Diretiva Principal, porque você não estaria fazendo o que está fazendo sem que o Amor lhe permitisse.

Assim, cabe a você de vez em quando verificar e dizer: “Está bem, eu sou o ponto avançado da Diretiva Principal, interagindo com e em minhas criações. Eu sou a Diretiva Principal interagindo em e através de todas as minhas criações.” Porque, realmente, você é. Mesmo nas criações que você diria: “Oh, isto não pode ser bom. Isto não pode ter um bom resultado.” E, entretanto, quando você tiver terminado uma vida – e ouça isto bem – quando você tiver terminado uma vida, você terá a oportunidade de vê-la a partir do espaço da Diretiva Principal e contemplar tudo o que fez e chamá-lo de bom.

Você tem o espaço, a oportunidade de observar tudo. Você tem aqueles que tiveram o que é chamado de EQM, Experiência de Quase Morte. Bem, é uma experiência de morte, e, então, eles voltaram para falar sobre isto, e eles compartilham com você como foi, como eles tiveram uma oportunidade de observar o que estava acontecendo, o que eles estavam fazendo, e o que os outros estavam fazendo, e como eles o viram de forma diferente do que eles viam antes da interrupção da atividade da energia corporal.

Aqueles que voltaram para falar sobre isto não terminaram. Eles sabem que não terminaram com a experiência, assim eles voltam para lhe contar sobre ela. Na maior parte, há um acordo geral, um fio de experiência geral que passa por cada relato que as pessoas fazem. A principal coisa que eles se lembrarão é de que a vida é boa. Eles, com frequência, retornam, sentindo que seja o que for que estivesse lhes perturbando era realmente um presente, e eles estão aqui para compartilhar, para compartilhar a partir da Diretiva Principal do Amor.

Você conhece o sentimento do amor. Todos vocês que leem estas palavras, vocês sabem o que é se sentir apaixonado, estar tão imerso no amor que é tudo o que vocês veem e sentem. Talvez ele chegue e vá muito rapidamente. Talvez, ele dure uma vida inteira. Mas vocês conhecem o sentimento do amor total, completo.

Você conheceu isto, e é por isto que você se voluntariou para estar aqui, ainda que haja certo esquecimento que acontece quando você assume a forma física; nem sempre. E, na verdade, no começo, por algum período de tempo de meses, talvez anos, você ainda se lembre do amor, e é por isto que, com frequência, os pequenos dirão: “Eu quero ir para o Lar. Este não é o Lar.” Porque eles se lembram do Amor. Eles se lembram do Lar que é o Amor total e completo.

Assim, os pequenos lhe dirão, muitas vezes: “Eu não quero estar aqui. Por que eu estou aqui?” Porque neste ponto a alma se esqueceu de que ela se voluntariou. Você pode passar por anos de crescimento e dizer: “Eu não me ofereci para isto. Eu não me ofereceria para isto.” E, no entanto, cada alma que se voluntaria para assumir a forma física, veio como um emissário do Amor. Com frequência, é porque é do que ela quer se lembrar, e ela veio buscar por ele novamente.

Você conhece o espaço do amor. Você esteve lá. E, então, por causa da casualidade da vida física, você acha que ele escapou de você, e, ainda assim, é o que você é. É o que você tem que dar.

Você viu aqueles que podem não ter muitos bens tangíveis físicos. Eles podem estar vivendo a vida mais simples, sem muitos bens do mundo, mas há uma simplicidade sobre eles, e eles podem ser, e muitas vezes são, mais felizes do que aqueles que estiveram acumulando para si mesmos muitas moedas de ouro e muitas coisas físicas, porque eles sabem o que é realmente importante. Eles não perderam isto de vista.

Mesmo aqueles que estão aparentemente desprovidos de ajuda, nunca podem ser privados de Amor. É o que lhes permitiu vir e criar. É o seu próprio ser, como é o seu ser. Assim, você se permite conectar novamente com o Amor que você é. Agora, como você faz isto? Ótima pergunta.

Em primeiro lugar, sugiro que você reserve algum tempo a cada dia, para se conectar com o Amor que lhe permitiu estar aqui. Tenha algum tempo para meditação, o tempo para estar em silêncio por um curto espaço de tempo, por uma curta duração para se concentrar no maior milagre da vida física, a respiração. Se você não fizer nada mais em seu tempo de meditação, permita-se concentrar-se na respiração, inspirando e expirando, inspirando e expirando.

As ideias chegarão a você, sobre o que precisa estar fazendo: “Oh, eu preciso escrever assim e assim. Oh, eu preciso telefonar... Oh, eu preciso ser...” E você afasta tudo e diz: “Eu voltarei para eles mais tarde”. E se concentre novamente na respiração, inspirando e expirando. A própria simplicidade. Esta é a disciplina disto: simplicidade.

Depois de um tempo – pode não vir imediatamente. Pode até levar o que você entende por seis meses. “Oh, meu Deus, se eu não o conseguir nos primeiros vinte e um dias, eu falhei”. Não. Continue respirando, eu o aconselho. É melhor para o corpo se você continuar respirando. Permita-se concentrar-se na respiração, deixando de lado outras ideias.

Reserve algum tempo para você. Não um tempo para estar andando por aí, compondo algo, descobrindo o que você tem que fazer, onde você tem que ser, o que você irá dizer, mas apenas focando a respiração e como a respiração é curativa. Eu garanto que em algum momento você irá se sentir amado.

“Oh, meu Deus, de onde veio isto? Eu realmente me sinto bem.” Então a pequena voz chega e diz: “Bem, você não está bem. Você tem que fazer tal e tal, e tem que estar à altura”, e assim por diante, e, então, você começa a respirar novamente, concentrando-se na respiração. No início, um pouco do sentimento: “Hum, talvez a vida seja boa”, será, talvez, fugaz, ou não, mas isto cresce.

Se você tiver a disciplina – e você pode tê-la – de continuar respirando e se concentrando na respiração, com o tempo, na estrutura do tempo, você se sentirá transportado a um espaço de paz. Então, logo depois que você reconhecer isto, ela provavelmente desaparecerá, mas isto está bem, porque uma vez que você tenha tocado este espaço, você sabe que é real, e sabe que pode voltar a ele.

Pode levar outro mês ou dois, antes que o experiencie novamente. Está tudo bem. Saiba que você passou vidas sem mais nada a fazer do que ficar sentado na caverna e respirando, sentado no mosteiro e respirando. Você criou nesta vida inúmeras distrações para si mesmo, porque você é muito criativo. Mas você pode afastá-las por dez minutos e respirar, concentrando-se na respiração.

Agora, você irá se divertir com isto, porque a mente chegará lá e desejará uma coisa estruturada e sistemática para fazer. “Apenas se concentrar na respiração não é suficiente”, ela lhe dirá. “Você tem que ter diferentes etapas a realizar. Você tem que sentir que está fazendo progresso, e tem que ter certas informações que lhe permitam saber que você está fazendo certo.”

Se estiver respirando, você está fazendo isto certo. Se não estiver respirando, você pode pedir outra vida para começar de novo. Felizmente, você não terá que chegar a este ponto.

Continue a respirar. Muitas vezes, disseram: “Mas, Yeshua, Jesus, eu preciso de algo que tenha um esboço que me deixe sabendo que estou fazendo algum progresso com isto. Preciso ter um formato estruturado, de modo que eu saiba que estou fazendo certo”. Na verdade, quando você tem um formato estruturado, a que você está servindo? Você está servindo à mente, porque a mente quer saber. Mentes curiosas, especialmente, querem saber.

Permita que a mente fique em silêncio por um curto espaço de tempo. Concentre-se na respiração. Concentre-se na paz. Não no esotérico, no abstrato, como o amor tem que ser e como ele é, e como ele vem e vai, e em todos os atributos que você deu ao amor. Apenas se concentre no espaço do amor, no espaço onde tudo o que você quer é respirar, e você respira e se sente em paz. Então, aqueles me dizem: “Mas, Jesus, isto não é suficiente. Eu tenho que ter objetivos. Tenho que ter algo para realizar.” Então, quem está falando? A mente, mais uma vez. A mente é muito complicada. A mente é muito exigente, de maneiras muito escorregadias. Concentre-se na respiração. Conecte-se com a Diretiva Principal que lhe permitiu Existir para respirar, inspirando e expirando. É a própria simplicidade.

Todos os seus grandes mestres, os sábios de todas as eras, todos os filósofos que inventaram todas as técnicas, vieram em sua busca de volta ao mesmo ponto, onde o que eles estão experienciando é a totalidade do Ser, A Existência do Amor, a Totalidade que havia antes do tempo ser criado. Porque o tempo foi criado e aquilo que foi criado virá e passará. Mas a Paz que você é, o Amor que você é, viverá para sempre, porque existia antes do tempo.

Depois que você chegou ao espaço que parece muito vazio e ainda cheio, você avança neste dia para cumprir a Diretiva Principal de dar amor a alguém e a todos, porque você é tão pleno dele que ele transborda e tem que ser expresso. É a própria simplicidade.

Então, no resto do dia, se a mente vier até você e quiser estar muito ocupada, permita-o, sabendo que sempre com uma respiração profunda você pode retornar novamente ao espaço da paz, ao espaço do amor. No resto do dia, você pode passar fazendo o que a mente direciona, divertindo-se, porque é por isto que você criou a mente. É para se divertir, investigar, criar, mas lembrando-se sempre de seu critério da Diretiva Principal, o amor que o criou. Não apenas na forma física, mas na forma de avançar como o ser de Luz que você é, como o ser de Amor que você é.

Eu garanto que isto mudará como você vê tudo em seu mundo, tudo em relação a você. É a própria simplicidade. É fácil, e é por isto que a mente não se importa com isto. A mente quer dar voltas, andar em círculos, mas você está no centro do círculo. Você perceberá que depois de ter experienciado o espaço da paz, concentrando-se na respiração, você irá assistir a mente correndo ao redor, tentando reunir tudo, e haverá um grande sorriso no rosto, porque você está em paz, e você sabe que tudo vem do Amor.

Que assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus), expressando-se através de Judith Coates

 
 



Agradecimentos a: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

NATUREZA DO PENSAMENTO: RAZÃO E INTUIÇÃO ~ Julie Redstone

NATUREZA DO PENSAMENTO: RAZÃO E INTUIÇÃO

 

Mensagem de Julie Redstone

 

6 de Março de 2017

 Tradução: Regina Drumond

 

Image 

 

 

O que pensamos e o que sabemos são duas coisas diferentes. O pensamento é condicional, baseado em mudanças nos níveis de informação.

O verdadeiro conhecimento é permanente, baseado em um sentido eterno da verdade.

Nossos pensamentos têm múltiplas fontes. Eles podem vir do nível da mente e estarem baseados na razão, ou podem vir do nível do corpo ou da alma e serem baseados na intuição. A qual destas fontes nós prestamos atenção é uma escolha que fazemos, e a natureza desta escolha pode nos levar ou a nos unirmos com outros que pensam visivelmente o que pensamos, ou nos tornarmos mais autoconfiantes, porque somente nós podemos saber o que sabemos.

Há o pensamento com a mente e o pensamento com o coração. Há o conhecimento de algo porque isto se conforma ao conhecimento geral, e conhecemos algo porque nós o sentimos como verdade. Os pensamentos que direcionam a nossa vida têm fontes diferentes, com aqueles que estão mais próximos às percepções da alma, oferecendo a possibilidade de maior certeza e para a maior infusão da inspiração Divina. No entanto, estes pensamentos da alma são os menos preocupados com informações e o conhecimento geral. Com frequência, em relação às impressões ou intuições que vêm de um plano mais elevado de nosso ser, podemos apenas dizer que “sabemos de alguma coisa”, não como o conhecemos, ou porque o conhecemos, apenas que sentimos algo como verdadeiro. Porque não podemos encontrar evidência para estes pensamentos, nós, às vezes, duvidamos de sua origem. Se nós iremos seguir as mensagens que chegam a nós desta maneira, é responsabilidade nossa. Em grande medida, isto tem a ver com se estamos prontos para fazê-lo.

A prontidão tem a ver com a nossa capacidade de perceber a verdade – verdade que é fundamentalmente uma percepção da luz que envolve algo. No curso de nos tornarmos mais conscientes, a clareza sobre o que é mais verdadeiro ou o que é menos verdadeiro cresce dentro de nós, e a vida, muitas vezes, pede-nos para escolher entre os dois. A fim de fazermos isto, devemos decidir qual é a base da verdade, se os pensamentos de nossa mente que têm razões e explicações, ou os pensamentos de nosso corpo e de nossa alma que são mais sutis e difusos. O problema imediato que isto apresenta é o da confiança – se seguimos o nosso próprio caminho, confiando no que pensamos e sentimos, ou se buscamos o conforto de saber que pensamos o que os outros pensam.

O pensamento que vem da intuição não pode ser validado por outros. Se optarmos por seguir a sua orientação, devemos aprender como confiar nisto e como mantê-lo de forma protetora, de modo que as opiniões dos outros não nos afastem do que sabemos. Muitas vezes, o que vem a nós como percepção intuitiva é profundo ou sagrado e somos convidados a reconhecer a sua sacralidade, mesmo sem qualquer referência ou apoio externo.

A capacidade de nos movermos da razão para a intuição como uma fonte de conhecimento acontece como um resultado da abertura da intuição no curso do desenvolvimento da alma, trazendo com ela maior sensibilidade com outros planos de experiência. Antes disto, podemos ter momentos mais difíceis, de detectar o que sabemos, quando não vem da mente. Conforme progredimos, no entanto, o problema não é o de saber, mas de confiar. O processo prossegue quando ouvimos mais a nossa própria voz interior, e quando seguimos a sua orientação mais fielmente. Então, as intuições que nos chegam são sentidas mais fortemente e percebidas com mais confiança. Se nos afastamos destas intuições, no entanto, a voz que estamos ouvindo se tornará mais fraca e menos audível.

A expansão da intuição na vida não tem a intenção de eliminar a razão, ou mesmo de limitar as esferas em que ela é útil e necessária. No entanto, a capacidade racional, para muitos indivíduos, foi desenvolvida à custa do intuitivo. É o momento agora, enquanto a consciência se expande na luz, que cada um de nós preste mais atenção aos sussurros da alma que chegam no silêncio da noite, ou na tranquilidade do dia, trazendo com eles mensagens e insights que são destinados a ajudar e a inspirar.

Com o aumento da experiência, a capacidade de confiar em nosso conhecimento interior, irá aumentar até que ele se torne tão natural quanto o pensamento com a nossa mente. Neste ponto, a intuição se tornará parte de uma vida que não é mais comum, mas cheia de pequenos milagres de inspiração e de percepção que nos chegam, sem que sejam convocadas ao longo de cada dia.

INSPIRAÇÃO E INSIGHT

 

A inspiração ou a percepção vêm frequentemente durante a noite quando estamos dormindo. Pouco antes de ir se deitar, peça ao seu Eu Superior (seu eu unido à Deus) que lhe revele a resposta a uma questão sobre a qual você tem refletido. Tenha um lápis e papel por perto, de modo que possa anotar qualquer coisa que lhe ocorra quando você acordar pela manhã.

PRÁTICA DE ALINHAMENTO

 

Para começar, sente-se com as suas costas eretas, olhos fechados, e respire lenta e tranquilamente, com as suas mãos, palmas para baixo, sobre o seu centro cardíaco, no centro do seu peito. Deixe que a sua respiração se aprofunde e relaxe.

Agora, visualize uma coluna de luz, descendo do cosmos sobre a sua cabeça, descendo através do alto de sua cabeça e pela sua coluna, preenchendo o seu coração, e se estendendo para baixo, para as solas dos seus pés. Sinta que esta coluna de luz é interminável. É o apoio ilimitado de Deus e dos reinos da Luz.

Inspire a luz através do alto de sua cabeça. A cada inspiração, saiba que você está inspirando a Luz de Deus e que cada respiração está fortalecendo esta conexão. Esta Luz é ilimitada. Ela pode ser atraída inúmeras vezes. Sinta o calor de sua mão em seu coração e inspire a luz em seu coração também. Descanse, respire, sinta a luz movendo-se através de você, infundindo-lhe o sopro de Deus. Respire assim por alguns momentos.

Agora, preste atenção à expiração de cada respiração. Enquanto você exala, libere tudo o que não seja a luz dentro de você, tudo o que o limita, tudo o que o impede de se aproximar mais de Deus. Libere o medo, a raiva, o desespero, a tristeza – libere toda a limitação na luz maior de Deus que pode absorvê-la e na qual se dissolve. Exale tudo o que o retém, tudo o que o separa… Continue respirando por mais alguns momentos, concentrando-se na inspiração que atrai mais luz ao seu corpo e consciência, e à expiração que deixa ir tudo o que precisa ser liberado.

Conscientize-se de sua inspiração e de sua expiração. Conscientize-se do sopro de Deus, movendo-se através de você. Quando esta meditação for concluída, agradeça à Deus pela dádiva da luz e da respiração e pela ajuda que é dada.

Nota: Esta prática deveria ser feita diariamente para o benefício máximo, preferivelmente no mesmo momento do dia, ou pode ser feita na forma mais curta ao longo do dia. O Alinhamento é o eixo central de uma prática espiritual que busca incorporar mais luz ao ser, com propósitos de transformação individual e serviço à Terra. Quanto mais ela for praticada, mais será criado um caminho de luz através de todos os níveis do ser.



 

 



Agradecimentos a: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

A ESTÓRIA DE PABLO - UMA ESTÓRIA REAL - EMOCIONANTE !

A ESTÓRIA DE PABLO.  

UMA ESTÓRIA REAL. 

EMOCIONANTE !

 


Antes de morrer, jovem publica seu último adeus no Instagram. O que ele diz é a coisa mais triste e profunda que já li

A maioria dos jovens têm uma vida inteira pela frente, e querem experimentar coisas novas. E o garoto de quem vamos falar não era diferente. Ele tinha muitos sonhos e objetivos, mas infelizmente o destino lhe pregou uma partida cruel.

Quando tinha 18 anos, a 26 de março de 2015, ele foi diagnosticado com uma leucemia. Aquele dia mudou a vida do atleta de Espanha para sempre… e aí, o inferno começou. O jovem teve que passar por várias quimioterapias e um transplante de medula óssea.

A sua casa era agora o hospital. É muito triste sabermos que um garoto da sua idade está mais preocupado com os resultados de seus exames médicos do que com os testes de secundário. Mas, quando tudo parecia correr mal, houve uma luz ao fundo do túnel: após o transplante, Pablo ficou melhor e cheio de esperança. Ele poderia recuperar sua vida, e sonhar num futuro com sua namorada, Andrea.

Mas 10 meses depois, os médicos deram uma terrível notícia à sua família… ele estava de novo com leucemia, e teve passar por todos os processos dolorosos de novo. Da última vez, o pai foi o dador de medula óssea, mas isso não funcionou.

Desta vez, a realidade era ainda pior: Pablo ainda não tinha doador. O tempo estava passando e a sua saúde deteriorando cada vez mais. O jovem resolveu postar alguns desabafos e reflexões nas redes sociais acerca da sua doença.

Ele também se juntou a um desafio online para obter um milhão de dadores de medula em Espanha. Com este desafio, o garoto queria aumentar o número de dadores, mas ao mesmo tempo aumentar a conscientização sobre a importância da doação.

Mostrando dia após dia sua luta, mas sempre com um sorriso e compartilhando pensamentos profundos sobre a vida e a morte, Pablo conseguiu multiplicar as doações de medula em 1,000% na Espanha. Seu um milhão de seguidores no Instagram aplaudiram a sua força e vontade de ajudar.

Mas, em outubro de 2016, Pablo recebeu uma boa notícia: eles tinham encontrado outro doador. “Eles me perguntam onde encontro a minha força, a vontade de viver… apesar das dificuldades. Eu não temo a morte e eu sou livre, daí a minha força. Quando você parar de ter medo você vai estar livre”, disse o jovem em uma de suas publicações.

Infelizmente, nem nós podemos lutar contra o destino. O segundo transplante não funcionou. O garoto sabia que estava morrendo, mas mesmo passando por um momento muito difícil, ele não perdeu nem a força nem a coragem. No sábado dia 25 de fevereiro de 2017, com apenas 20 anos, Pablo morreu.

Num post do Instagram você pode ler um de seus últimos pensamentos antes de morrer: “Dê mais sorrisos, dê mais abraços, dê mais paz, dê a melhor versão de si mesmo. Dê graças à vida por lhe dar o luxo de ser capaz de acordar todas as manhãs, seja muito grato”.

Sua família, amigos e seguidores ficaram devastados com a notícia de sua morte. Muitos famosos e meios de comunicação prestaram homenagem ao jovem. Pablo vai receber a Medalha da Cidade de Marbella por seu exemplo de força, coragem e determinação.
Uma medalha que ele nunca vai ver, mas que agora faz mais sentido do que nunca.

Em seu último post Instagram, Pablo disse: “A morte faz parte da vida, por isso não devemos temê-la, mas amá-la”. O garoto tinha uma vida pela frente… ele até tinha pedido sua namorada Andrea em casamento. Ela o amava e seu mundo ficou sem chão quando ele partiu.

Esse jovem é um exemplo de perseverança, coragem e bondade. Ele não lutou apenas para ele, mas ajudou muita gente na mesma situação.

Queremos enviar as nossas condolências à família… Pablo pode ter morrido, mas seu espírito estará connosco para sempre!



 
 
Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português: 
 



Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

Observe mais atentamente. ~ Sabedoria dos Anjos, Sharon Taphorn

Introspecção.

 Observe mais atentamente.

SABEDORIA DOS ANJOS

canalizada por Sharon Taphorn

6 de março de 2017.

Tradução: Regina Drumond 

 

 

 

Neste momento de domínio, é importante se aprofundar mais em como você gasta os seus recursos. Isto pode se referir ao seu tempo, bem como aos seus objetivos monetários. É importante alcançar agora um equilíbrio, assim, observe bem e veja o que as ondas da vida estão lhe dizendo. Olhe mais profundamente os temas repetitivos em sua vida e se pergunte: Por que você se encontra aqui novamente?

Faça alguma pesquisa antes de prosseguir. Este não é o momento de declínio. É um momento de habilidades, de educação e de aprendizado. Isto significa que é um momento para buscar mais informação e de fazer o melhor que possa no que você escolher colocar o seu tempo, dinheiro e energia e investir com sabedoria em si mesmo.

O Mantra para hoje é: Quando eu observo mais atentamente e compreendo, eu equilibro o meu mundo de maneiras melhores.

E assim é.

Você é muito amado e apoiado, sempre
 
Os Anjos e Guias.

Thank you, Mahalo, Merci, Gracias, Vielen Dank, Grazie, Спасибо, Obrigado, 谢谢, Dank, 謝謝, Chokran, Děkuji

Sharon Taphorn

 



Agradecimentos a: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
NR: Mantra (originalmente no hinduísmo e no budismo) uma palavra ou som repetido para ajudar a concentração na meditação.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.