Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

RESPIRE E AGRADEÇA ~ P’taah, Jani King.


 
  
 

RESPIRE E AGRADEÇA

Mensagem de P’taah

Através de Jani King

20 de Abril de 2018

Tradução: Regina Drumond.

 
 

Questionadora: Eu gostaria de perguntar sobre o meu relacionamento com minha mãe. Ela se foi agora, mas não foi muito feliz, especialmente em seus últimos anos. Eu sinto que seria um enorme avanço para mim se eu pudesse trabalhar e curar isso, mas não tenho certeza de como fazê-lo. Tenho certeza de que houve muito "Eu  estarei certa e não lhe permitirei “vencer ". E isso é tudo que eu sei que ainda estou carregando e seria um grande alívio liberar isto.


P'taah: Amada, a mãe estava cheia de medo. No entanto, o que envolve este medo que criou modos de comportamento que foram prejudiciais, o que envolve este, é o amor. E na vida, a mãe fez as coisas da única maneira que sabia, da mesma maneira que você faz com a sua filha: da única maneira que você sabe.


Questionadora: Verdade


Ptaah: Então, ao que há de se apegar? Esta mãe não a amava?


Questionadora: Eu sei que ela me amava. Acho que a pergunta para mim é que desde que ela morreu, ela está em um lugar diferente, ou ela é ainda - espero que ela não seja, a mesma mulher cheia de medo que era?


Ptaah: Não, entenda, depois que ela entrou nesta outra realidade e viu a sua família - não apenas os seus filhos, mas a sua própria família - uma vez que ela conseguiu ver aqueles sem as histórias, ou, na verdade, com o pleno conhecimento da história e não apenas o fim da história, o medo desapareceu porque as histórias são apenas isto - histórias. E além das histórias há amor.


E você vê que é o mesmo para você em sua vida e em sua contemplação da mãe, do relacionamento e da história de ter que ganhar, de ter que estar certa, de ter que provar que ela estava errada, de ter que provar que você é bem sucedida, que você é digna.


Questionadora: Sim.


Ptaah: Tudo isto, também, é apenas história e quando você pode recuar na história e ver o presente, qual é o presente deste relacionamento para você ou como ele foi em sua vida?


Questionadora: Oh, o grande presente é que tive que passar por todas as coisas que passei para ser quem eu sou hoje. Se tivesse sido diferente, eu não teria experienciado ou aprendido o que aprendi. Eu não apreciaria os relacionamentos que são amorosos e abertos quase tanto se eu tivesse isto desde o início. Agora é um grande presente.


Ptaah: De fato, além disto amada, trata-se de seu sentimento de auto-estima e realização porque sempre foi uma idéia de ter que provar a si mesma e assim você se esforça muito para ser digna e, então, descobriu que você é.


Questionadora: Sim.


Ptaah: Tudo bem, assim veja, quando você pode se afastar das histórias, então, você pode permitir que o amor simplesmente seja o que realmente é e ter compaixão pelo medo, em vez de fazer julgamentos. Não vale a pena se apegar à história e a sua mãe ficaria muito feliz se você pudesse perdoar, de certa forma, a sua história.


Questionadora: Sim, sim, farei isto.  Na verdade, eu tive uma coisa bastante milagrosa nas últimas duas semanas. Eu fiz um acordo comigo mesma de permitir que o universo me apoiasse e que deixasse de tentar  fazer com que tudo funcionasse. Desde então a vida tem sido tão mágica que é incrível e eu  não continuo tentando. Eu me lembro do acordo que fiz porque tenho certeza de que provavelmente haverá momentos em que haverá escorregões, mas não quero voltar a esse terrível medo e a tanto esforço. É muito mais prazeroso apenas se divertir.


P'taah: É, de fato. É divertido, de certa forma, surfar nas ondas da existência, estar nessa liberdade.


Questionadora: E isto funciona! Quero dizer, foi incompreensível para mim, em primeiro lugar, ter uma pessoa me demonstrando como ele poderia funcionar e eu dizendo: "Oh, certo!" e então estou fiquei com a boca aberta quando ele realmente fez isso. Bem, ele não fez isso, ele apenas recuou e tudo se desenrolou. Agora eu tenho feito isso e tem sido incrível, incrível.


P'taah: De fato.


P: Eu tenho me divertido com a arte por algum tempo e desde então eu decidi fazer uma festa de arte. Não foi uma abertura, nem foi um show. Foi apenas uma festa e vieram perto de 70 pessoas  e eu vendi oito pinturas. Quer dizer, eu não acho que possa suportar tanto sucesso, então eu continuo me lembrando de respirar e apenas dizer obrigada!


P'taah: E isso é tudo que é necessário. Respire e depois agradeça!



Jani King.
 
 

 
 
Agradecimentos a: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br

 
Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português: 
 




Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.



 
 
 
 
geoglobe1
 

20º Dia duma JORNADA DE 30 DIAS DE AUTODESCOBERTA. ~ Orientação dos Anjos, Sharon


  

UMA JORNADA DE 30 DIAS DE AUTODESCOBERTA.

Orientação dos Anjos via Sharon Taphorn

20 de abril de 2018.

Tradução: Regina Drumond

  
 


20º Dia

Você está indo em uma jornada de Autodescoberta. Quais são as 5 coisas que você levaria com você? Gato: Para onde você está indo? Alice: Que caminho devo seguir? Gato: Isto depende de onde você quer chegar Alice: Eu não sei. Gato: Então, não importa que caminho você vai tomar Lewis Carroll “Conhecer a si mesmo é o início de toda a sabedoria”. - Aristóteles O existencialismo é uma filosofia preocupada em encontrar o nosso próprio “eu”, e com o sentido da vida através do livre arbítrio, escolha e responsabilidade pessoal. É isso que estamos fazendo quando nos conhecemos em um nível mais profundo. Nesta jornada você não precisa de muita coisa, pois é mágico, então você não precisa trazer uma muda de roupa ou comida. Em outras palavras, suas necessidades de sobrevivência serão atendidas magicamente. Eu tenho que compartilhar um dos meus livros favoritos, “A Jornada para o Lar”, através de Lee Carroll e Kryon. Esta é uma parábola da nossa jornada para o Lar quando fizermos a transição. É um livro extraordinário que recomendo muito. Este realmente nos ajuda a encarar a nossa vida a partir da perspectiva ou do nosso Eu Superior ou Espírito. Lembre-se, ninguém pode fazer isso por você! Aprenda a usar suas asas e voar! "Até que você se torne consciente, o inconsciente irá direcionar a sua vida e você o chamará de destino." - C. G. Jung.


Sharon.



 

 

Para todas as publicações da jornada:

 

 
 
Agradecimentos a: Regina Drumond - reginamadrumond@yahoo.com.br
 

Recomenda-se o discernimento.
 
 

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.
 
 
Atualização diária.
 
 
geoglobe1
 
 
 
geoglobe1







Pensamento do dia, 20 de abril de 2018 ~ Sathya Sai Baba


Manifestações do Amor Divino!

Pensamento do dia.

Por Sathya Sai Baba

20 de abril de 2018


O desejo destrói a devoção, a raiva destrói a sabedoria, a ganância destrói o trabalho - por isso sacrifique essas más características aos Pés do Senhor
 
Baba.

 

Image result for sathya sai baba


“Você quer estudar bem, passar e ser o melhor. 

Depois disso, você quer ter uma boa posição, casar e levar uma vida familiar feliz. 

E então você deseja ter filhos, e quer que eles sejam inteligentes e se deem bem na vida. 

Não há limite para tais desejos. 

A razão mais importante para a escravidão é dar muita liberdade à mente. 

Por exemplo, quando um animal é amarrado a um poste, ele não poderá ir para outro lugar e estragá-lo. 

Não será capaz de mostrar raiva ou violência ou prejudicar qualquer pessoa. 

Mas se for desamarrado e solto, pode percorrer vários campos, destruir as plantações e causar perdas e danos a outras pessoas. 

Pois ele é surrado pelo mal que faz. Da mesma forma, a mente deve estar presa a certos regulamentos e limites. 

Enquanto viver dentro de certos limites e disciplinas, bem como regras e regulamentos específicos, a pessoa será capaz de manter um bom nome e levar uma vida feliz e útil.” 


(Discurso Divino, 17 de fevereiro de 1985)



Sathya Sai Baba.




 

Agradecimentos a: https://www.sathyasai.org.br/



 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião é desnecessária à esperitualidede.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle das religiões.
Discernimento sim; julgamento não.

 

 

Por favor, respeitem todos os créditos
 
Arquivos em português:
 

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
 
Recomenda-se discernimento e evitar o julgamento.
 
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.
Recomenda-se o discernimento.
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
geoglobe1
 
geoglobe1