Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A CONSCIÊNCIA INFELIZ...

Teri Wade.

Traduzido por Adriano Pereira

a 10 de outubro de 2019.

 
.


 
Não há Deus que exija adoração. É Satanás que o exige. Satanás anseia por isso. Ele quer o mundo inteiro de joelhos diante dele. Ver os muçulmanos, em seus milhões, de joelhos em Meca, judeus balançando para trás e para frente e resmungando para si mesmos em frente ao muro das lamentações, cristãos batendo as mãos, rolando os olhos e gritando Aleluia e Amém, é ver nada além de legiões iludidas dos adoradores do diabo. Estas pessoas são tão alienadas de si mesmas que parecem ver Deus como uma espécie de tirano louco e egoísta. Um Führer, um ditador fazendo comício em Nuremberg.
 
Deus não é tal coisa. Ele não procura adoração. Por que haveria? Ele não quer as pessoas de joelhos diante dele. Por que haveria? Ele não quer orações e hinos, confissões e sacramentos, manipulação de cobras e falar em línguas. Por que haveria? Será que ele é um mágico ridículo desesperado por uma audiência? Será que ele é o Deus dos truques baratos, das acrobacias e do óleo de cobra? Será que ele é um narcisista que sempre quer estar no palco central na ribalta?
 
O cristianismo, o judaísmo e o Islã são obscenos. É enjoativo que tanta gente tenha sido enganada e tivessem seus cérebros lavados para acreditarem nas besteiras mais fantásticas possíveis.
 
Os textos "santos" dessas religiões são livros das mentiras mais vergonhosos. Eles foram escritos para aproximar a humanidade de Satanás, o supremo supremo. Cada passo nessa direção está um passo mais longe de Deus.
 
Deus, longe de ser alienígena para nós, longe de ser uma divindade distante, está dentro de todos nós. A nossa missão é encontrá-lo dentro de nós mesmos, de libertar a nossa divindade interior.
 
Não é mais ninguém que devemos estar adorando, mas sim a nós mesmos. Este é o grande teste com o qual somos confrontados... Será que temos a coragem e o conhecimento de olhar para nós mesmos do que para os outros? Podemos encontrar a nossa chama divina? Este é o Santo Graal, o objeto mais sagrado e espiritual de todos. A busca pelo Santo Graal é a mais difícil possível.
 
Pense no mundo em que vivemos. A pessoa comum arqueia-se diante da riqueza e glamour das celebridades, do poder dos políticos, do dinheiro dos líderes de negócios. Eles não só se arqueiam, eles adoram. É a mesma fórmula nas religiões. Nós nos fazemos de escravos, e depois ficamos com medo dos nossos mestres. Onde é que os nossos mestres nos querem? De joelhos. Porque então não seremos uma ameaça para eles. Então eles podem explorar-nos. Deveríamos ter vergonha de nós mesmos.
 
O grande Satanás deseja a adoração, pelo domínio da Terra. Ele procura massas de escravos de joelhos diante dele. A sua igreja nesta terra é a velha ordem do mundo. Eles também se envolvem em luxúria depois da adoração do povo. Nós ereto nos templos a eles. Nós os idolatramos, os canonizamos, os adoramos. Nós lhes dizemos que eles são melhores do que nós, que eles merecem muito mais do que nós. Damos-lhes grandes recompensas pelos seus pequenos e egoístas esforços. A gente não reclama. Nós não protestamos. Nós não nos revoltamos. Não fazemos nada. Na verdade, acreditamos que só eles devem desfrutar de muito mais do que o resto de nós.
 
Porquê? Porque nos odiamos a nós mesmos. Porque somos alienados de nós mesmos. Nós existimos em um estado de consciência infeliz. A nossa mente está em guerra consigo mesma. Nós entregamos para os outros a divindade em de nós mesmos, e depois adoramos aqueles outros.
 
A velha ordem mundial não são deuses. Eles são gananciosos, são egoístas, bêbados de amor próprio. Bono, vocalista da U2, nas campanhas contra a pobreza mundial. O Bono é um dos homens mais ricos do planeta. Ele não deveria estar fazer campanha contra si mesmo? Por que tolerar uma hipocrisia tão nojenta? Porque é que esta pessoa não ri da face da terra? São Francisco de Assis veio de uma família rica, mas entregou tudo o que ele tinha para seguir a sua vocação religiosa. Esse é um homem que você pode levar a sério, um homem que você pode respeitar. Ele não era hipócrita. Ele viveu como um pobre e bradava contra a riqueza. Ele quase foi excomungado pelo Papa por pregar a sua mensagem subversiva que era uma ameaça tão grande para as riquezas escandalosas do Vaticano.
 
Se uma pessoa rica assim faz campanha contra a pobreza mundial, você daria atenção, mas ninguém de boa mente iria ouvir um hipócrita como o Bono. Ele é típico da velha Ordem do Mundo. Ao mesmo tempo que estão puxando nossos bolsos para levar o nosso dinheiro, eles estão a proclamar o quão maravilhosos eles são, e fazendo-nos acreditar nisso. Quão estúpidos somos? Somos estúpidos porque somos auto-alienados. Nós, nos a nós mesmos. Perdemos todo o sentido da chama divina que habita dentro de nós. Estamos afundados no materialismo. Nós somos os perdidos, os malditos, mas não precisa de ser assim.
 
Não cultue os outros. Cultue-se. Encontre a sua divindade interior. Seja o máximo que puder ser. As pessoas vão parar de adorar a Satanás quando verem que nenhum bom Deus jamais iria querer ser amado. Todos aqueles que exigem que você se ajoelhe e se quede em nome de "Deus" estão te manipulando. Eles são falsos profetas. Deus não precisa de louvor. Quando a velha Ordem do Mundo te pedir para os adorar, não faça isso. Pare de viver na sombra dos outros. Quando você liberta sua faísca Divina, você nunca mais vai ficar com medo de outra pessoa.
 
Se você tem em alguma dúvida que as religiões convencionais são um meio sinistro de controle de massa, basta olhar para qualquer sessão de oração islâmica. Nas grandes mesquitas islâmicas em todo o mundo você verá milhares e milhares de homens barbudos, descalços, usando chapéus religiosos estranhos, de joelhos, reverenciando e resmungando as palavras do Alcorão que foram eles são obrigados a se lembrar desde os seus primeiros dias. (Os muçulmanos são obrigados a orar cinco vezes por dia, e até são acordados do sono no meio da noite para realizar uma de suas sessões de oração) A ruptura do sono é uma técnica clássica de lavagem cerebral. kkkkkkkkkkkk
 
As mulheres muçulmanas não têm permissão para rezar com os homens. Eles rezam em outro lugar, geralmente atrás das telas. Elas estão geralmente usando vestidos longos e negros, cobrindo cada parte de seus corpos. Como muitas, apenas os seus olhos são visíveis. É impossível reconhecer um de outro. Estas mulheres são totalmente despersonalizadas, sem uma só partícula de individualidade. Elas são os apêndices dos homens, a propriedade privada dos seus maridos. Elas não têm permissão para apertar as mãos de outros homens, ou deixar que outros homens vejam o seu cabelo ou rosto.
 
Em algumas nações, elas são proibidas de dirigir. Elas não podem nem ficar na mesma fila para votar que os homens. Elas podem ser chicoteadas até a morte por cometer adultério, enforcadas por fornicação. Elas foram feitas para se sentirem como leprosas. Elas são totalmente alienadas dos seus corpos, da sua aparência, da sua individualidade. No entanto, você vai ouvi-las dizendo que são mais livres e melhores do que as mulheres ocidentais... tal é a extensão da lavagem cerebral a que elas foram implacavelmente submetidas. Quando os escravos proclamam a escravidão como liberdade, você pode ter a certeza de que o controle que é realizado sobre eles é absoluto.
 
Não fique sob nenhuma ilusão. A religião convencional é apenas uma coisa: controle. Todas as cerimônias da religião tradicionais são concebidas para te forçar a ficar de joelhos, para te forçar a posturas de submissão. Eles quebram a sua vontade, transformam-te em escravos e marionetes da velha ordem do mundo. A religião é uma arma de guerra psicológica, habilmente exercia pelos mestres da velha ordem mundial. Um homem de joelhos não pode lutar, não consegue resistir. Nietzsche descreve o cristianismo como uma "moralidade dos escravos". Isso é exatamente o que é. Você teria que ser um escravo para comprar no cristianismo, no Islã ou no judaísmo.
 
A palavra "muçulmano" significa " aquele que se apresenta". Você pode também ter a palavra "escravo" marcada na sua testa. As nações islâmicas revelaram-se atrasadas em comparação com as nações ocidentais. Porquê? Porque a sua ideologia de submissão remove a liderança, a individualidade e a criatividade necessárias para o progresso.
 
O Islã não é diferente do comunismo, uma ideologia que destruiu o progresso e a criatividade ao fazer com que todos se apresentassem ao estado. A submissão é um anátema. Mesmo no Ocidente, há muita submissão, muitos escravos. Imagine um mundo cheio de meritocratas - altos empreendedores a atingir todo o seu potencial - em vez de um mundo de escravos governados por uma elite rica e privilegiada, um grupo corrupto de mestres indignos - a velha ordem mundial.
 
Que grandeza poderia um mundo assim alcançar?
 
A humanidade mal tem riscado a superfície do seu potencial. Quando é que nós na escravidão em todas as suas muitas formas de manifestações poderemos avançar para o próximo nível.
 
As 6,000 pessoas que pertencem a velha ordem do mundo dão graças todos os dias que tantos bilhões de pessoas caíram no truque mais antigo do livro - a ideia de que se você se fizer escravo de "Deus", você, de alguma forma, se libertou.
 
Eles vão te dizer que você se liberta do medo, do pecado e da morte... do próprio Satanás. Na verdade, é o contrário. Você abraçou o Credo de Satanás. Você se transformou em um morto vivo. Pense nos fanáticos muçulmanos que orgulhosamente proclamam: "Nós amamos a morte mais do que vocês amam a vida".
 
O que é isso se não o evangelho da morte, da destruição, do auto-ódio, suicídio e loucura?
 
E essas pessoas se consideram como seres humanos bons e saudáveis, merecedores de serem bem-recebidos na presença de Deus!
 
Que Deus iria querer tais seguidores?
 
Essas pessoas estão doentes até o núcleo do seu ser.
 
A mão de Satanás agarra os seus corações.
 
Não siga o evangelho da morte. A religião secreta dos Illuminati.
 
Teri Wade.
 
 
Fonte: Facebook de Teri Wade
 
 
Teri Wade
NR: * O Apocalipse de João Evangelista.



 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1