Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

À ESPERA DE UM AMOR VERDADEIRO.


Maria Padilha.

Por Maria Silvia P. Orlovas

 
publicadado a 25 de agosto de 2019

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
.


 
Meus amados, minhas amadas.
Eu passei muitas vidas na escuridão, esperando que o amor me completasse, sem nenhuma consciência de que eu era o amor.
E eu fazia de tudo para completar aqueles que estavam comigo.
E quanto mais eu me doava, mais carente eu me tornava, porque eu esperava respostas, eu esperava um olhar, eu esperava um toque. Eu vivia incompleta, eu vivia a escuridão da ingratidão.
 
Foram longos períodos da minha vida.
E como eu estava profundamente insatisfeita, eu tive muitas existências nas sombras e muitos erros, muitos erros.
E, durante muito tempo, eu achei que me cabia padecer para curar os meus erros.
Eu não me dava o direito da felicidade, do desfrute, ainda que eu fosse bela e ainda que eu tivesse muitas joias e muitas roupas e muitos homens me querendo.
Porque havia sempre o desencontro.
Aquele que eu queria, aquele que eu imaginava e idealizava, não me enxergava; ou, se me via, não me honrava. E aí eu passei a brincar com a vida, a brincar com os meus sentimentos, brincar com as pessoas, desdenhar do que sentia. Passei a não assumir aquilo que olhava, aquilo que desejava.
E as coisas mais simples que eu via na vida de outras pessoas, como um filho ou um lar feliz, eu dizia que não era para mim, que eu não queria. Mentira!
Mas eu tinha que mentir, porque eu não aguentava a minha vida.
 
Foi muito sofrimento, então eu entendo o sofrimento de vocês.
Eu entendo completamente o sofrimento de cada mulher, cada homem, cada pessoa que se sente só. Eu compreendo cada ser que bebe da ingratidão.
E eu ofereço a minha energia para a cura.
A minha cura foi a compreensão profunda espiritual.
Eu bebi do néctar da CHAMA VIOLETA, da consciência da transmutação, e eu percebi que o amor é a maior cura. Um amor que eu comecei a oferecer para mim mesma.
 
É um processo muito doloroso para alguns, que pode ser menos doloroso quando você tem o seu despertar, quando a sua chama é acesa.
E esse sentimento de abandono e rejeição às vezes é vivenciado também com os familiares: a ausência de pai, a ausência de mãe, ou a ausência da compreensão dos filhos.
As pessoas sofrem profundamente com a solidão.
Mas você não está só quando você está com você mesmo.
 
Quantas às pessoas, meus amados, façam uma escolha sábia: olhem apenas o bem das pessoas, e fiquem apenas com aquilo que é bom das pessoas.
Abram, de uma vez por todas, mão da projeção.
Não criem príncipes, não projetem salvadores. Não imaginem mais situações perfeitas. Não idealizem o par, o pai, a mãe, os filhos, os amigos.
Abandonem, de uma vez por todas, a idealização.
 
Esse véu de ilusões que cobrem as mentes, afastam vocês de Deus, afastam as pessoas da sua luz, da sua integridade, do seu ser.
Quanto mais vocês projetam para fora a felicidade e o salvamento, mais incompletos, pobres e tristes vocês serão. E nenhuma joia do mundo e nenhuma beleza do mundo e nenhuma roupa do mundo e nenhuma viagem do mundo trará felicidades a vocês.
 
Soltem a projeção, liberem a sua mente da necessidade do desejo.
E vivam hoje a autoaceitação: quem você é, como você é, onde você está.
Você é um ser de luz e você tem luz na sua vida.
Trabalhe o auto amor, a doação do amor, sem esperar o reconhecimento.
Faça aquilo que você pode fazer, aquilo que está ao seu alcance, com sabedoria, com amor, com luz, com soltura.
E deixe que a vida traga para você aquilo que é seu por direito divino, por graça de Deus, por bênção e por glória.
Escolham, de cada pessoa da sua convivência, apenas o melhor, apenas o bem. E vocês verão uma grande transformação em suas vidas.
 
Eu sou Maria Padilha, e trabalho a serviço da Evolução.
A Chama Violeta, à qual eu sirvo, tem inúmeras nuances.
Ela vibra no mais alto escalão e no mais profundo abismo.
E nessas esferas, em todas as esferas, existem trabalhadores a serviço da Evolução, trabalhadores a serviço da elevação da consciência.
Eu, que já fui uma meretriz, que já vivi vidas de profundos enganos, conheço, talvez mais que ninguém, as dores humanas nos relacionamentos.
E, por isso, posso dar a minha parcela de contribuição. Porque cada ser que eu encanto com a libertação, liberta o meu ser de dores que ainda vibram em mim.
Eu sou a luz do Eu Sou.
Assim aprendi com o amado Mestre: Eu sou a luz do Eu Sou. Eu sou a luz do Eu Sou. Eu sou a luz do Eu Sou.
 
Repitam: eu sou a luz do Eu Sou.
Eu sou a luz do Eu Sou. Eu sou a luz do Eu Sou. Eu sou a luz do Eu Sou. Eu sou a luz do Eu Sou.
Ativando energias de curas: Eu sou a luz do Eu Sou. Eu sou a luz do Eu Sou. Eu sou a luz do Eu Sou. Eu sou a luz do Eu Sou.
 
Neste momento, nós estamos trabalhando, junto com a Chama Violeta, a consciência de cada um de vocês aqui presentes.
Ofereço o meu amor para a cura, ofereço o meu amor para o desembaraço de sofrimentos e dores que aí estão.
Amados sejam, amados são, recebam!
 
 
-







Recomenda-se o discernimento.

Por favor, respeitem todos os créditos
 

 
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião é desnecessária à esperitualidede.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle e dogmas das religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
 


Por favor, respeitem todos os créditos
 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

Recomenda-se discernimento e evitar o julgamento.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:


Atualização diária.

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
 
Visitas recentes:
 
Free counters!

geoglobe1