Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

À LUZ DAS ESTRELAS

Uma trilogiade histórias infantis

Apresentando;

Felicidadefazendo perguntas a seu pai enquanto eles olham para acima às Estrelas no Céu.

Por NancyTate



“Papai, aondeas estrelas vão quando o sol sai de manhã?” Felicidade olhou para os suavesolhos azuis de seu pai. Eles brilhavam como os pontos de luz que acenavam parasair e brincar à noite.



Ela se lembravade voltar antes que ela visse seu primeiro céu estrelado, quando as nuvenspercorriam os céus todas as noites. Felicidade iria assistir o céu de suajanela depois da ceia enquanto as nuvens se deslocavam rolando umas sobre asoutras. Elas sussurravam sobre o segredo que elas se apressavam em esconder. Elassopravam suas histórias para as árvores, fazendo com que seus ramos rissem emondas de prazer. Elas provocavam os amores-perfeitos até que eles escondiam seus rostos nas capas de veludo verde que os rodeava, enquanto estavam deitadosem suas camas.



Todos ospássaros aquietavam sua canção até que apenas um gorjeio ocasional pudesse serouvido. O crepúsculo mudava de zona rural para um paraíso de sombras. Osanimais que exploravam o mundo noturno começavam seus jogos de esconde-escondecom os animais que se preparavam para descansar após a aventura de um dia longocom o seu mundo.

Felicidadeobservava de seu assento sob a janela em seu quarto. Ela prendia as cortinaspara trás sobre os ganchos em ambos os lados para que ela pudesse ter uma visãoclara do quintal, onde toda a atividade estava ocorrendo.

Skeeter, opequeno rato, espiava para o lado fora sob a folha que cobria a entrada de sua casa. Eleolhava para cima para Felicidade e piscava dizendo em seu silêncio: "Saudaçãopequena senhorita. Você está parecendo bastante em forma e feliz esta noite."Ele mexeu em seus bigodes e Felicidade riu.

“Bem, euvou pegar meu caminho”, disse ele. “Muita terra para cobrir esta noite. Muitas bocasfamintas para alimentar”. Ele olhou de um jeito, e depois de outro, se certificandose o caminho estava livre antes de correr precipitadamente adiante em sua buscapor todos os quitutes deliciosos que ele pudesse encontrar. Skeeter semprevoltava para sua família pouco antes que o sol começasse a brilhar sua luz emum novo dia. Seus bolsos e bochechas inchavam com comida suficiente parasatisfazer até o filho mais velho Oscar, cujo apetite de fato era muito grande.

Seela olhasse bem de perto e se concentrasse de verdade, Felicidade podia ver os rouxinóis,os curiangos e os pardais à medida que eles se instalavam em seus poleiros nasárvores durante a noite, deixando suas gargantas descansar para melodias do diaseguinte. Eles gritavam para ela: "Estes últimas notas verdadeiras sãopara você, minha querida, uma serenata para te enviar para o maravilhoso mundodos sonhos”.

Enquanto osúltimos sons suaves sumiam em doce silêncio, as pálpebras de Felicidadebaixavam na suavidade de um mundo cheio de amor. A promessa de uma continuaçãoda maravilha de tudo isso, a relaxava para os sonhos que a levava à terra ondetodas as coisas são possíveis.

Osespíritos noturnos sussurravam nas primeiras horas da manhã, “Felicidade, estáquase na hora. Acorde! Você não quer perder isso”. Eles sabiam o quanto elagostava de ouvir o coro, começando fraco no início, em seguida, extravasavaaumentando tão doce e tão cheio de amor que todos os ouvidos afinados sentiam comose realeza estava chegando. Felicidade se sentava na cama e olhava comexpectativa para o céu clareando lentamente. Através da abertura abaixo das copas das árvores ela tinha uma visão clara do horizonte leste.

Derepente, um grande silêncio caiu sobre a terra. Era como se o mundo estivesseprendendo a sua respiração, à espera de uma gloriosa surpresa. Nem é um pássaropoderia ser ouvido. Até mesmo os insetos pausavam em sua fuga. As folhas dasárvores acalmavam seu sussurro. O mundo dos carros, ônibus e caminhões deentrega, dos cães latindo e das crianças rindo ainda estava dormindo. Você nãopodia nem ouvir uma folha de grama esfregando contra o seu vizinho. Pois algunsmomentos mágicos do mundo ficaram absolutamente imóvel.

Então,lá estava ele! O som de Deus! A música do Universo! Uma nota tão pura, tãocompleta; que continha todas as notas da escala musical de uma só vez. Elaressoou em perfeita harmonia para produzir uma homenagem linda para o Amor que tudoÉ! A felicidade sentida no coração e na alma de toda a criação de Deusrealizava essa nota por um único momento perfeito da eternidade.

Então,Aparece! Um pedaço de ouro vermelho que cegava todos os olhos no instante do seudespertar. O sol espreitava a sua face no horizonte, anunciando o início de um incrívelnovo dia!

Àmedida que o sol da manhã enchia rapidamente o horizonte com os tons radiantesde pink, laranja, vermelho e ouro, o mundo existente abaixo iniciava sua celebração.Os pássaros cantavam! Suas gargantas inchavam até que parecesse como que iam estourar!Os insetos zumbiam e invadiram, correndo aqui e ali, pra dentro e pra fora,para cima e para baixo. Em seguida, eles repousavam sobre as folhas das arvores e sobre os galhose folhas de gramas mais próximas, onde eles eram gentilmente recebidos com balançode boas-vindas.

Skeetere todos os seus amigos dançavam em círculos até que eles ficavam tontos. Elesquase perdiam o tesouro de sua noite enquanto eles tropeçavam em seus pés.Então, rindo, eles puxaram as folhas sobre a porta seus buracos e corriam parasuas famílias que já os esperavam. Felicidade ria, e gritava para eles: “É ummilagre que vocês podem caber através de suas portas, vocês estão tão gordos deseu banquete noturno!.

Umanoite, Felicidade perguntou aos espíritos da noite, "Aonde as nuvens vãoquando o sol mostra sua cara pela manhã? E quais segredos que elas escondemenquanto elas ficam lá no céu a noite toda?"
  
Osespíritos trocaram olhares felizes, e assentiram com a cabeça. Eles se moverammais próximos de forma que Felicidade pudesse ouvi-los. "Há algumas coisasque não são reveladas até a pergunta seja feita, a resposta até então seria semsentido." Os espíritos pareciam estar falando todos ao mesmo tempo, emperfeita harmonia, diretamente ao seu coração.

Elasentiu seus sorrisos como uma lavagem calorosa que fluía sobre ela."Algumas das nuvens rolam sobre noite seguinte, a qual fica esperandoao redor da próxima curva da terra. As outras ficam brincando com o sol duranteo dia. Todas elas se reconstroem e mudam de forma criando um novo plano deentretenimento para se divertir.

Às vezes,elas ficam tão pesadas que elas decidem que é hora de lançar algum de seu peso, entãoelas dizem: "A terra está parecendo muito seca. Vamos borrifar um pouco denossa umidade de modo que a terra dê graças e ressurja com sua energiarenovada. “Outras vezes, elas sentem a necessidade de uma apreciação de beleza, e elas próprias se criam com o leve toque de uma pena em uma dança no céu”.

Percebendoatenção sonolenta de Felicidade, os espíritos sussurraram: “Você pode visitarseus sonhos, e explorar acima das nuvens. Então um dia você vai descobrir e se lembrardos segredos que as nuvens noturnas possuem. Se abrirá um mundo totalmente novopara você, Um mundo que vai falar com você sobre o lar, o amor e a maior alegriaque você possa imaginar.”
Felicidadeouvia estes sussurros enquanto ela caiu na terra dos sonhos, ela se perguntava, comoeu posso encontrar o lugar acima das nuvens? Eu realmente quero ir para lá.

Mal foi elapensar sobre o vento, que as nuvens se abriram e revelaram uma cena tão gloriosa,tão estupenda que Felicidade piscou uma, duas, três vezes, balançando acabeça. Em seguida, ela se atreveu a olhar novamente para as nuvensdescobertas.
  
O céuestava tão negro como o sono que ela via enquanto fechava sua mente para anoite, e tão profundo como o fundo do poço no quintal cercado pelos bosques depinheiros. E na escuridão eram pontos de luz, faiscando, piscando, todosdançando ao som da música do universo. Alguns deles se uniram em uma faixa deluz que decorava o céu em uma onda. Alguns agrupados em padrões que lembravam aela alguns de seus companheiros na Terra. Um grupo se assemelhava a uma conchaque parecia esvaziar-se em outra ainda menor. Ela imaginou partículas de poeirade ouro puro flutuando em um fluxo a fim de encher a concha menor em um padrãoque fluía de forma permanente.

Ela sentiuque poderia chegar e tocá-los. Quando ela o fez, ela foi impulsionada além,suavemente flutuando por milhões de pequenas luzes.

“Estrelas!”Ela ouviu em seu coração. “Estrelas que contêm a essência de tudo que antes se foi e tudo que será. O universo é o lar das estrelas, e as estrelas são o larde todos nós.”

Ela ouviuas vozes noturnas sussurrarem: "Você pode levá-las para casa em seucoração, e elas estarão sempre com você. Você pode brincar com elas à noite,pois elas estão sempre prontas para a aventura. Este foi o seu playgroundquando você ainda estava aqui e este será o seu playground muitas vezes. As estrelasajudam a te renovar. Elas nunca te esquecem. Elas carregam o amor que criou você.A semente delas está em seu coração e nunca te deixará. Embora você nemsempre possa se lembrar, você será lembrado desse amor cada vez que você olhar acimapara elas.”

Felicidadeacordou cedo, antes que a primeira luz do dia começasse a clarear o céu. Elasussurrou: “Até logo” para as estrelas enquanto elas lentamente desapareciam devista, e, em seguida, fechou seus olhos mais uma vez, feliz e se perguntando seela nunca mais iria visitar o paraiso de estrelas. A questão começou a se formarenquanto ela caia no sono, “Aonde as estrelas vão quando o sol sai de manhã?”

Fim


Direitos deautor de 2010
Nancy Tate

Tradução voluntária de Maria Dantas mariadantas2@hotmail.com 
de: http://rayviolet.blogspot.com/2014/05/starflight-by-nancy-tate.html

Por favor, respeitem todos os créditos.
 Atualização diária
Se gostou! Por favor  RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly * achama.islands.biz.tc/ * achama.webs.com  
Webstats4U - Free web site statistics

 EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media *   North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands  * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government  ** by Steve Beckow: 9/11 Truth, Abundance Program, Accountability, Disclosure, end times, Extraterrestrials, financial crash, Golden Age, Illuminati, Mayan Predictions, NESARA, New Paradigm, Spiritual Hierarchy, Spiritual Teachers, UFO Cover-up, Wisdom Economy   ES: LLAMA VIOLETA


geoglobe6