Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A MORTE DA METAFÍSICA.


A MORTE DA METAFÍSICA. 

Owen Waters

Boletim de Dinâmica Espiritual, Crescimento espiritual, vitalidade e bem-estar

 

Tradução: Adriano Pereira

 

a 27 de setembro de 2020.



 
 
Pode algo tão profundo como a metafísica chegar a um ponto em que deixará de existir?
 
Para responder a isso, você tem que entender a definição da palavra metafísica. Significa "além da física", ou seja, "além do estudo dos fenômenos da natureza."
 
Dizer que a metafísica está além do estudo da natureza sugere algo sobrenatural. No entanto, como nada pode existir fora da Criação, então nada está além de ser natural. Sobrenatural, portanto, é uma palavra que se contradiz.
 
 


 
‘Supernatural’ é um oximoro, assim como ‘uma estimativa exata’, ‘sujeira limpa’, ‘recém-congelada’ e ‘um talvez definitivo’. Como pode algo na Criação estar além do natural? Mais provavelmente, é algo além da compreensão dos físicos porque é muito sutil para ser incluído na física de hoje.
 
Vamos abandonar o uso da palavra sobrenatural. ‘Sobrenatural’ implica que algumas coisas estão permanentemente além da nossa compreensão e, na Nova Realidade, essa atitude simplesmente não existe mais. Se algo existe, pode ser entendido. O primeiro passo é admitir que existe.
 
Por exemplo, há evidências esmagadoras para apoiar a ideia de que a aura humana existe. A aura humana é um envelope de energia etérica que envolve o corpo físico. Embora atualmente apenas os clarividentes possam ver a aura humana, o que acontecerá quando for inventado um dispositivo que permita que a energia etérica da aura seja convertida diretamente para exibição na tela de um monitor físico? Uma coisa que vai acontecer é um aumento em nossa capacidade de diagnosticar problemas de saúde antes que eles possam se manifestar fisicamente e causar danos reais.
 
Nota: Temos câmeras de aura hoje que interpretam sinais elétricos de pontos de acupressão nas mãos e fazem uma estimativa da aparência da aura, mas não leem a energia etérica da aura diretamente. Além disso, temos câmeras Kirlian, mas elas exibem uma reação elétrica à energia etérica, não à própria energia etérica. O que precisamos é de tecnologia que possa converter energia etérica diretamente e exibi-la em vídeo. Outra aplicação de tal tecnologia será o contato claro com os espíritos dos entes queridos que já partiram.
 
O estudo da energia etérica está em sua infância hoje. A energia etérica é a energia da vida, uma energia mais sutil do que a energia eletromagnética. Enquanto a energia eletromagnética lida diretamente com o mundo físico, a energia etérica é pré-física. Os clarividentes podem vê-la, e as pessoas no mundo espiritual podem vê-la, como luz etérica. A maioria dos humanos físicos não vê isso no momento, embora tenhamos a habilidade potencial de fazer isso desenvolvendo nossos sentidos sutis embutidos e, conforme progredimos através da Mudança, as pessoas vão descobrir que essa habilidade se desenvolve naturalmente.
 
A pesquisa em energia etérica hoje está em sua infância. Lembre-se de que a energia elétrica, no início dos anos 1800, ainda era uma mera curiosidade de pioneiros científicos. A eletricidade, dizia-se, podia ser sentida em uma enguia elétrica, podia ser vista no céu como um raio e observada na biologia como a força que move os músculos. Para a pessoa comum da época, tais pensamentos eram considerados algum tipo de piada.
 
 


 
Quando o jarro de Leyden, um dispositivo para armazenar uma pequena carga de eletricidade estática, foi inventado, a porta foi aberta para mais pesquisas em eletricidade. Então, com a invenção de Alessandro Volta da bateria química e sua capacidade de produzir uma corrente controlada, os experimentos de laboratório tornaram-se muito mais fáceis de realizar.
 
Não demorou muito para que surgissem instrumentos para medir tensão, corrente e resistência. Então, as invenções de Faraday do motor elétrico e do gerador elétrico abriram o caminho para que a eletricidade se tornasse a nova força motriz na Revolução Industrial, substituindo em grande parte o vapor como fluido de trabalho.
 
Os desafios de hoje para a física e metafísica são a energia etérica e a consciência. O primeiro passo para o avanço da pesquisa da consciência é abandonar a ideia atualmente popular, embora ingênua, de que a mente é o resultado de sinais elétricos no cérebro quando o oposto é verdadeiro. A mente não física inicia sinais cerebrais físicos.
 
A pesquisa de energia etérica produzirá máquinas que diagnosticam e curam automaticamente. Também produzirá, entre inúmeros outros benefícios, os meios para afetar e controlar o clima. As danças da chuva podem parecer superstições, mas na verdade são tentativas conscientes de alterar o equilíbrio da energia etérica nas proximidades e isso afeta automaticamente as condições climáticas. Dispositivos de energia etérica também podem obter o mesmo efeito.
 
Dispositivos de energia etérica para fazer chuva já tiveram sucesso em alguns experimentos pioneiros de Trevor Constable. Quando ele servia em navios da marinha mercante, ele fixava seus tubos projetores de energia etérica experimental no convés do navio. A passagem do navio pela água recarregava continuamente a nave com energia etérica. Os tubos do projetor direcionaram parte dessa energia para o céu à frente da nave. Em 15 minutos a chuva iria aparecer - em um bom dia, ao redor do navio e em nenhum outro lugar!
 
O estudo da consciência também expandirá a física, que está apenas começando a reconhecer o papel da consciência no comportamento subatômico. Partículas subatômicas estão exibindo sinais de consciência, e isso está acontecendo em condições controladas de laboratório. Isso está levando à compreensão de que o universo, e tudo nele, deve ser consciente.
 
Em outras palavras, o universo deve realmente ser um Ser Infinito grande, totalmente consciente e interconectado.
 
As fronteiras entre a física e a metafísica ficarão confusas à medida que o estudo da consciência se tornar seu terreno comum. A física descobrirá que precisa se expandir e se tornar algo mais abrangente do que tem sido até agora. O grande ponto de inflexão ocorrerá quando a física crescer para incluir uma filosofia da consciência criacional. Quando se adotar o hábito de fazer essa pergunta: "Como a consciência do Criador conseguiu isso?", então estará no caminho rápido para as maiores descobertas de todos os tempos.
 
A física, o estudo da natureza, crescerá para incluir tudo na natureza. Quando esse dia chegar, não haverá metafísica porque a metafísica terá se tornado uma parte da nova física expandida.
 
O desconhecido terá se tornado o conhecido, e nossa apreciação das obras do Criador terá crescido junto com esse conhecimento expandido.
 
Owen Waters.





 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:



 
 
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
 
 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 


 
Atualização diária.
 
Free counters!