Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A regra é a metamorfose

A regra é a metamorfose

Por Talita Rebello.

21 de março de 2020

 
 
.
 
 
 


 
 
Tem um mamoeiro no quintal.

Eu o vi brotar, crescer e frutificar.

Certo dia, uma geada forte queimou todas as suas folhas. Com a minha brilhante mente racional, pensei: não poderá mais fazer fotossíntese, por certo que esse foi o seu fim.

Mas a natureza que fervilhava dentro dele, fez romper a sua pele em oito pontos. Oito brotos em locais pouco prováveis, que se tornaram oito novos galhos, distribuídos em todo o comprimento do caule. Produz oito vezes mais mamões e, agora, na altura das mãos.

Quem diria, uma aparente morte dando surgimento à uma efervescência de vida.

Lembrei-me, hoje, da quase morte do mamoeiro, quando senti desaparecer parte da minha consciência depois de um esforço físico leve. 

Sentei-me ao lado do mamoeiro para tentar absorver a inteligência da renovação, para sentir a energia da vida fluindo sem medo e sem economia.

Antes mesmo de colocar os olhos na árvore, percebi que o jardim havia me preparado uma nova lição.

Uma borboleta segurando-se firmemente ao casulo do qual havia saído.

Talvez ela não soubesse que depois de abrir as suas asas, não seria mais possível voltar para o espaço pequeno dentro do qual se sentia segura, mas permanecia confinada. Depois do caos, da metamorfose e da expansão, nada mais seria como antes – o que é assustador.

O mundo, como ela conhecia, acabou.

Ela se movimentará outra forma, ela enxergará a vida de outros ângulos, ela sentirá outras necessidades, ela irá se relacionar com outros grupos.

Não poderia ter recebido um presente maior que esse.

Enquanto nos debatemos contra as paredes dos nossos casulos e nos descobrimos grandes demais para espaços tão pequenos, lá fora a vida continua a jorrar com uma potência inimaginável, preparando-nos novas experiências.

Tal qual o mamoeiro e a borboleta, não sabemos que nascemos exatamente para isso e que viemos mais que preparados. Nossos corpos carregam uma inteligência pouco compreendida pelas nossas mentes: possuem códigos que são ativados em momentos chave.

Seguimos impulsionados pela força da vida, que nos impele ao movimento, ao crescimento e, por que não, às dúvidas.

A cada pequena morte, uma metamorfose, um degrau.
 
 


 
 
artigos anterioresTodos os artigos
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
BitChute Channel do Jordan Sather
 

 
 
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


 
 


Recomenda-se o discernimento.

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1