Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

AMAR NUNCA É DISCRIMINAR, É ACEITAR INCONDICIONALMENTE TUDO O QUE DEUS CRIOU


 

Jesus (Issa) 

Through John Smallman. 

Tradução: Candido Pedro Jorge

 

14 de novembro de 2019
 
 
 
Aqui nos reinos espirituais – que obviamente não é ‘um lugar’, mas o campo infinito de energia infinita do Amor, Mãe/Pai/Deus, onde Tudo o que É tem Sua Eterna Presença e, portanto, onde toda a vida senciente tem sua eterna existência, mesmo quando desconhecemos isso – estamos observando alegremente o processo de despertar antecipado da humanidade se aproximando da fruição.

Tudo está indo muito bem. O caos, o conflito e a confusão em tantas áreas estão chegando ao fim, porque a intenção coletiva de despertar se intensificou enormemente ao longo do atual ano terrestre.

A intenção do coletivo humano tem poder ilimitado, quando finamente focada e, agora, está sendo focada com muita atenção em amar o que quer que venha a surgir. Obviamente, cada um que vocês mantém essa intenção – porque é único, que é o coletivo humano – que é extremamente eficaz. Estão realizando a tarefa que encarnaram para fazer, realizando-a magnificamente.

E isso, obviamente, é o que era esperado, porque todos são seres divinos começando se lembrando de quem realmente são e, consequentemente, também se lembrando por que escolheram encarnar neste momento do processo de despertar da humanidade.

Mantenham-se calmos, pacíficos e amorosos, independentemente do que possa acontecer porque, essa, é a maneira mais eficaz e poderosa em que cada um de vocês pode avançar com o processo de despertar em direção à sua conclusão.
Isso é o que encarnaram para fazer; portanto, não deixem seus próprios egos ou qualquer outra pessoa convencê-los de que o que estão fazendo seja sem sentido ou ineficaz, porque definitivamente NÃO é! Vocês estão despertando a humanidade.

O Amor é infinitamente poderoso, não há nada que não possa alcançar ou criar; no entanto, nunca impõe, força ou obriga alguém a aceitá-lo. Está sempre disponível, esperando para ser convidado a entrar no coração de qualquer um – e há muitos – que, até agora, escolheram fechar seus corações a Ele, que espera com paciência infinita, porque existe apenas o Agora, que é quando todos vão abrir seus corações!

É TUDO o que existe, todavia, não tentará encerrar o estado onírico, o estado irreal da forma com a qual a humanidade só pode se envolver inserindo um véu ou cortina entre si e Ele. Como sabem, esse estado foi estabelecido para experimentar a separação da Fonte, do Amor que, na verdade, é impossível.

Para aqueles em forma, a separação parece real porque, essa era a intenção daqueles que a estabeleceram, mas, que é e sempre foi um estado muito inseguro ou frágil, porque é irreal, porque não existe. É um estado mental irreal, que pode se evaporar ou ser dissolvido no momento em que optarem por fazê-lo, liberando qualquer apego que tenham ao medo, à raiva, à amargura, ao ressentimento, à vítimização e à necessidade sentida de culpar, de julgarem.

O Amor é suas verdadeiras naturezas e, portanto, todos vocês são capazes de amar. Amar é estar realizado,  completo, estar em alegria, estar em paz. Optar por amar apenas aqueles com quem concorda e com quem optar por se associar, ou seja, aqueles que são da mesma cultura, etnia, fé, persuasão política ou posição social, isso não é Amor.

O Amor nunca discrimina, aceita incondicionalmente tudo o que Deus criou, porque é isso que o Ele é e, não há nada que Deus não tenha criado, porque só existe Deus (Amor/Fonte/Inteligência Suprema/Divina Sabedoria/Tudo o Que É) dentro do qual, toda a Criação tem sua existência eterna.

Quando na forma, jogando o jogo duro da separação, o julgamento dos outros é um dos principais objetivos do jogo. E, é claro, o julgamento leva à culpa e à condenação – e, sempre que possível – à punição daqueles que são julgados. Isso os impede totalmente de amar. Despertar é lembrar suas verdadeiras naturezas e abraçá-las, total e completamente, sem quaisquer condições, porque é isso que é o Amor e o que faz.

Isso significa que cada um de vocês deve aceitar totalmente a si e todos os outros, como seres humanos na forma que parecem ser, sem nenhum julgamento – negativo ou positivo – sobre suas aparências, aptidões, habilidades, crenças, níveis de inteligência, posição social, etc.

Por quê? Porque todos vocês são UM e, portanto, todo julgamento, efetivamente, é um autojulgamento. O que veem, como e admiram em outro, apenas, é um reflexo desses aspectos de si mesmos e, o que veem, odeiam, desprezam e condenam em outro, também, são reflexos de aspectos de si mesmos. Neste último caso, provavelmente são aspectos que negaram com horror e, profundamente, enterraram nas partes subconscientes de suas mentes.

Como seres humanos jogando o jogo da separação, todos são dotados de todos os aspectos possíveis de serem humanos, do melhor ao pior, do mais alto ao mais baixo onde, cada um de vocês escolheu o papel que desempenharia em toda a vida humana. As lições que cada um de vocês e os outros com quem gostariam de interagir e aprender.

Portanto, condenar outro é condenar a si mesmo. No entanto, é tudo irreal! Quando acreditam que é real, parece que o mundo está cheio de pessoas infligindo intensa dor e sofrimento umas às outras e, veem algumas delas como totalmente justas, e outras como totalmente injustas, ou veem tudo isso como algo que deve ser parado.

No entanto, ao definirem a intenção de serem apenas amorosos e permitirem que o Amor entre em seus corações, verão que cada pessoa “lá fora”, está fazendo o melhor possível nas circunstâncias em que se encontra e, que tudo o que deseja é ser amada e escapar do terrível e intenso sentimento de separação que estão experimentando, enquanto, continuam a se envolver com o sonho ou jogo da irrealidade.

No entanto, dentro do jogo ou sonho, não existe solução, porque o Amor foi bloqueado do estado mental irreal em que o jogo é jogado, no qual o sonho é vivenciado. No entanto, cada um pode convidá-lo, estabelecendo diariamente e renovando com frequência durante o dia a intenção de, apenas, amar o que quer que venha a surgir.

Na verdade, tudo o que surge é um chamado ao Amor, um chamado que cada um de vocês deve responder, estabelecendo essa intenção e convidando o Amor para suas vidas em tempo integral! Somente, então, realmente, poderão atender a esse chamado.

Apoiar instituições de caridade ou, fazer boas obras, realmente, é muito útil, embora, muitas vezes, isso envolva julgamento e, para, realmente, responder à chamada de Amor, devem liberar todo o julgamento e, muitas vezes acha isso difícil de fazer, porque parece que, ao olharem para vocês, o mundo as suas voltas, tudo o que está ocorrendo é inesgotável e completamente inaceitável.

Todavia, quando definem essa intenção com firmeza e incondicionalmente – como, “quando os que estão no poder fazem uma tentativa séria de alcançar a paz” ou “quando os que estão no poder fazem uma tentativa séria de impedir crimes violentos” ou “quando os que estão no poder param de tirar proveito dos empobrecidos, etc, etc.”- então o poder de suas intenções é enorme e, exatamente, é isso que, agora, é necessário em seus processos de despertar.

Como nós, nos reinos espirituais, continuamos vigiando e apoiando-os a todo momento, sabemos que alcançarão o despertar, porque definiram a intenção de fazê-lo antes de encarnarem e, porque essa intenção está perfeitamente alinhada com a divina Escolha. Portanto, continuem celebrando, porque celebrar é uma expressão de alegria e seus despertares é um evento muito alegre que a alegria de cada um e de todos está provocando.
Seu amoroso Irmão, 

Jesus.

 
 
 
John Smallman
 
 
 

 
NR: Tudo indica que o nome Jesus não é verdadeiro. Parece que foram os farizeus que lhe deram esse nome com desdém uma vez que significa algo como "o rejeitado". A igreja de Roma adotou-o no ano 315. 
Segundo uma obra recebida via sinais de rádio tipo morse na década de 1980, o segundo livro da série de Phoenix Journal "AND THEY CALLED HIS NAME IMMANUEL --- I AM SANANDA" o seu verdadeiro nome parece que é "Essu Emanuel" (gafia em português).
 
 


 

 Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 


Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:


 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1

 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.