Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

AUTOESTIMA



OS COMPANHEIROS CONSTANTES.

Através de Gabriel RL.

Publicado a 13 de novembro de 2019.

 
.

 
 


OLÁ, ATLANTIS! Nós somos os Companheiros Constantes! (Alguns também nos chamam de CCs.)

(Eles me disseram que gostariam de começar suas mensagens assim, pois isso ativará também nossa herança positiva Atlante e eles, por também possuírem essa forte herança, sentem-se muito confortáveis chamando-nos assim.)

Voltamos com mais uma das nossas mensagens, felizes com essa oportunidade de transmissão direta, proporcionando uma maior proximidade com vocês pois a cada mensagem que entregamos, mais integrados ficamos a vocês que estão na superfície, nesta dimensão de experiências tão complexas e expansoras.

Ouvimos muitos de vocês em seus muitos questionamentos e estamos sempre que possível entregando nossas mensagens não apenas através desta canal (Neva/Gabriel RL), mas de vários outros. Saibam também que podem nos ouvir, não apenas quando mensagens como essas são transmitidas, mas a todo momento. Quando tiverem dúvidas, questões para serem resolvidas, qualquer questionamento seu é ouvido e as respostas sempre chegarão, só estejam atentos para elas. Saibam de uma coisa: qualquer "problema" que tiveram, existe a solução para ele, seja o que for.

Aqui, agora, vamos entrar no tema principal dessa nossa mensagem de hoje. Gostaríamos de abordar um tema profundo que mexe com a maioria de vocês. A autoestima.

Ao longo das muitas eras que tiveram sobre a Terra, vocês vivenciaram muitas experiências que feriram gravemente a sua autoestima e, neste ponto do tempo, vocês estão entrando em uma nova fase, uma fase onde o reencontro com esse estado natural de apreciação de si mesmos, em um nível onde somente o amor flui, de forma a ser benéfico para vocês e para as almas que tem a oportunidade de conviverem com vocês. Vejam, como já dissemos, durante esse tempo todo, vocês tentaram retomar esse estado onde se sentissem bem com vocês mesmos, onde tivessem um apreço maior por vocês. A busca, durante todo esse tempo, também causou confusão interna, deixando-os em muitos casos, alinhados com falso orgulho e soberba - não há julgamentos aqui, mencionamos apenas para que entendam os passos que deram até chegarem no ponto em que estão - vocês, em inúmeras vezes, se pegaram “valorizando-se” de tal forma perante os outros, numa falsa expressão de amor-próprio, que afundaram-se ainda mais em dor e desconexão. Essa desconexão forçava-os a, cada vez mais, afirmarem-se perante o externo. Exteriormente todos olhavam e diziam: “Oh, essa pessoa tem muito amor-próprio, ela sabe valorizar-se”. No entanto, vocês não estavam expressando amor-próprio ou autorrealização, na verdade, estavam com a sua autoestima reduzida ao ponto de necessitarem de autoafirmações e de um “brilho forçado” para que ninguém realmente visse o que estava acontecendo dentro de você. As experiências mais duras os forçaram a entrar nesse jogo, mas acalmem-se, tudo vai voltar ao seu lugar.

A verdadeira autoestima está ligada ao seu genuíno estado de ser, aquele que confia em você mesmo, de maneira que não necessita afirmar-se perante os demais, pois se assim for, terão caído novamente na armadilha do falso orgulho e insegurança disfarçados de amor-próprio. Quanto mais você sentir necessidade de se autoafirmar, menor estará sua autoestima. Quanto menor for essa necessidade, maior estará sua autoestima, pois ela está ligada a confiança interna e não a necessidade de expressar-se ao mundo com “força e vigor” que, na realidade, deseja apenas ganhar aprovação do mesmo, devido  ao seu real estado de baixa autoestima. Sua autoestima está na sua capacidade de manter-se centrado, amorosamente centrado, vivenciando todas as experiências que precisa experimentar de maneira suave, harmônica e feliz, sem a necessidade de provar ao mundo que você está vivendo essas experiências com força, poder e vigor, pois se houver essa necessidade, perceba-a como um sinal para recolher-se em seu interior em busca do acolhimento interno, pois estás necessitado profundamente de sua própria atenção, aprovação própria e amor, “apegando-se” a sua validação interna, ao invés da externa, que se apresenta, muitas vezes, através das chamadas de atenção de: “eu sou bom o bastante”. O mundo não precisa saber que você é bom o bastante através dos anúncios, ele precisa sentir que a sua força interna, no silêncio do seu ser, é poderosa o bastante para ajudá-lo. Deixe-nos dar uma frase conhecida de vocês para que os ajude a assimilarem este “bloco” de maneira mais abrangente possível: Enquanto você fala demasiadamente sobre as suas qualidades e potenciais, você deixa de ouvir o que realmente importa: o som que soa dentro de você. O mundo não precisa ver as suas múltiplas capacidades, ele precisa apenas que o ajude a amar, e isso basta, em muitos casos, você faz isso apenas com um sorriso ou um olhar carinhoso. 

Obviamente, não estamos tentando lhes dizer que suas AFIRMAÇÕES POSITIVAS não estejam corretas ou que não sejam boas, pois elas realmente os ajudam. Afirmações como: “EU SOU LUZ, EU SOU O EQUILÍBRIO PERFEITO, EU SOU O AMOR MANIFESTO, etc.”, são afirmações poderosas que os ajudam a integrarem-se novamente aos seus estados mais sublimados. Todavia, queremos dizer que, no momento em que essa necessidade partir do sentimento de combate, confronto e/ou autodefesa, mostra-se, na verdade, seu medo, insegurança e desconfiança de si mesmo, ou seja, baixa autoestima. Essas afirmações precisam vir sustentadas, primeiramente, em sua própria luz, na verdade intrínseca que elas carregam e não para serem usadas como escudos de defesa ou fuga.

Observem se vocês tem essas atitudes ou costumam falar essas frases:

Quando vão falar algo, tem a necessidade de que a sua voz seja ouvida por todos, conferindo se estão olhando enquanto vocês estão falando. Seguido de uma necessidade de falar de forma desenfreada, não dando espaço para outra pessoa. Isso mostra que você tem medo de não ser ouvido e/ou que não seja valorizado. Solução: Ouça mais e aguarde olharem para você pedindo sua opinião. Se não pedirem, também não haverá problema, pois você já estará em harmonia o bastante para conversar consigo mesmo, caso não tenha havido espaço para sua fala.

Você fica reativo quando alguém discorda de você? Tenta mostrar aos outros que suas ideias são as melhores e/ou as mais adequadas? Isso mostra novamente que você está com a autoestima baixa, e precisa impor-se para que de alguma maneira as pessoas vejam o seu valor. Isso é doloroso, a rejeição é dolorosa e você luta para não ser rejeitado. Solução: Quando alguém discordar de você, simplesmente sorria e transmita seu olhar amoroso, pois ela sentirá essa radiação amorosa de você e essa radiação trará uma nova perspectiva para ela, daquilo que talvez seja, realmente, uma boa ideia ou informação que esteja entregando. Seu amor a fará repensar com carinho, sem cobranças, sem exigências, sem imposições.

Quando as coisas não saem da maneira que você deseja, quando seus planos são alterados por “força maior” você se irrita e novamente entra em estresse? Isso também mostra que você está com sua autoestima baixa, pois a ideia de perder o controle das coisas/acontecimentos mostra uma possível incapacidade sua de guiar-se, a si mesmo, a vida e os acontecimentos. Ainda que você diga que não. No fundo, não é você que não tem capacidade de guiar a si mesmo, as coisas e acontecimentos, na verdade é a vida que é como é e você apenas precisa fluir com ela, tal como ela se mostra e quanto mais amoroso e compreensível você for, quanto mais você for como a água, mais sua autoestima estará elevada, pois a autoestima também está ligada a entrega e confiança no fluxo. Esta é a solução: entrega e confiança no fluxo.

Você sente a necessidade de fazer sempre o melhor, exageradamente o melhor? Cobrando-se em demasia? Se sim, isso também configura-se baixa autoestima, pois a autocobrança também esta ligada a necessidade de mostrar-se sempre superior, bom e aceitável. Faça o que puder, no seu limite e com muito amor. Nunca é a quantidade, mas sim a qualidade do que faz. Foque na qualidade, no amor e no afeto expressivo. Se você conseguir ajudar uma única pessoa, ainda que esta seja você mesmo, esse ato servirá como um exemplo para que outras pessoas também possam fazê-lo, e esse efeito se expandirá. Tenham em mente que, a qualidade energética de ajudar um ou a milhões precisa ser a mesma e só será se você não estiver se cobrando demais, ansioso demais, e desesperado demais para isso, pois isso fará com que perca qualidade. Acalme-se, você É Deus e onde está você já é grande o bastante para fazer tudo que precisar, honrando sua humanidade, limitações e capacidades de momento. Isso também é humildade que somada ao amor e a compreensão gera a autoestima equilibrada.

Saibam, vocês são grandes, ainda que estejam dentro de um lugar pequeno. Vocês são grandes ainda que o mundo mostre que vocês são pequenos. E se vocês estiverem bem com a afirmação de que são pequenos, significa que sua autoestima não foi abalada.

Saibam meus queridos que vocês já fazem um grandioso trabalho apenas por terem nascido nesse planeta. Não havia nada maior que pudessem fazer senão este ato corajoso. Vocês são importantes e colaboram grandiosamente com o planeta e com a humanidade quando estão em silêncio, simplesmente olhando o horizonte, assim como, quando estão em seus laboratórios desenvolvendo curas, tecnologias avançadas, ou quando estão se divertindo de alguma maneira. O que queremos dizer é que não existe uma coisa que seja a “certa” que vocês precisem desempenhar para sentirem-se amados, para ter a sua autoestima equilibrada. Vocês já fizeram a maior das coisas que poderia ser feita, agora, apenas flua com os movimentos da vida e verás que a paz e o equilíbrio, harmonicamente, os conduzirão para onde o seu coração deseja calorosamente envolver-se e criar.

E lembre-se, existe um mapa em seu interior e ele constantemente te mostra o caminho que você deseja trilhar, e não se preocupe se caso você queira mostrar o seu mapa para os demais que estejam ao seu redor e eles não te derem atenção, é porque eles também tem seus próprios mapas e estão atentos a eles. Todos o amam da mesma forma que você também os ama, mas cada um trilha o seu próprio caminho, seguros e confiantes das informações que o seu próprio mapa os revela, ainda que sigam juntos para o mesmo objetivo.

Deixamos nossa assinatura de Luz para que se funda à sua assinatura de Luz! Essa é nossa mensagem para hoje! Nós não somos superiores, nem inferiores. Nós somos apenas seus Companheiros Constantes!


Neva (Gabriel RL)
 
 




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1