Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

COMO É POSSÍVEL PERDOAR UM MEMBRO DA FAMILÍA


COMO É POSSÍVEL PERDOAR UM MEMBRO DA FAMILÍA

UMA MENSAGEM AOS TRABALHADORES DA LUZ

O Coletivo de Luz

Caroline Oceana Ryan

Tradução: Jessica Braga

a 13 de outubro de 2020




 
 
Saudações, amigos!
 
Estamos muito satisfeitos por ter este tempo para falar com vocês hoje.
 
Hoje respondemos à outra pergunta de um Portador da Luz, que pergunta:
 
“Todos nós sabemos que pessoas difíceis devem nos ensinar lições sobre paciência e perdão. E há várias maneiras de fazer isso (cortar cordas / afirmações / redigir decretos / visualização), especialmente em torno da família biológica.
 
Podemos ter perdoado um membro da família tóxico e não estarmos nos envolvendo conscientemente com ele. Mas não podemos negar o fato de que muitos Trabalhadores da Luz neste momento estão estacionados na casa de seus pais e desempregados.
 
Eles estão fazendo o melhor para ganhar e ser independentes usando seus dons. Mas às vezes, condições como lockdown ou bloqueios financeiros nos forçam a ficar mais tempo com uma família tóxica.
 
Como é possível perdoar um membro da família que constantemente abusa de você, menospreza você ou é sádico? Para perdoar e não se machucar quando eles continuam a atacar?
 
 
Nesse momento, nossos esforços para permanecer pacientes foram em vão? Será que estamos certos em nos sentir magoados e querer cortar todos os laços para sempre, ir embora quando chegar o momento?”
 
Nós diríamos que este é realmente um momento de desafio adicional que pode parecer um extremo irracional em muitos níveis. Muitos estão tendo que lidar não apenas com as necessidades adicionais de proteger a si mesmos e seus entes queridos de um vírus, mas também com o estresse de menos renda e, portanto, morando com parentes que normalmente evitariam ou veriam apenas ocasionalmente.
 
Você já ouviu dizer que simplesmente porque um grupo de pessoas está relacionado, não significa que todas elas se darão bem ou gostarão umas das outras, seja no nível da personalidade ou em relação aos modos de vida escolhidos.
 
No entanto, há um peso adicional adicionado, que é que a maioria dos Portadores da Luz irá encarnar em uma linhagem ou uma família que contém membros que também foram difíceis ou abusivos, ou desdenhosos ou abandonados em outras vidas nas quais eles os conheceram.
 
Isso pode ser difícil, pois todos os envolvidos têm alguma leve lembrança ressoando silenciosamente em seus corações às vezes, lembrando-os de que eles vieram para finalmente resolver velhas queixas de forma pacífica com essa pessoa a quem eles podem amar, mas não conseguem os olhar nos olhos.
 
Isso aumenta a confusão, já que é o Amor que motiva as pessoas a quererem finalmente fazer as pazes com alguém; no entanto, as mesmas coisas que antes o dividiram certamente buscarão dividi-los novamente.
 
Você entrou – e agora falamos com todos – para saber quem você é e crescer ainda mais, no contexto de lutas como você descreve. No entanto, você também veio para plantar uma Luz brilhante em circunstâncias familiares densas e difíceis – a sua e a do mundo.
 
Este parece ser o momento perfeito para qualquer pessoa espiritualmente consciente perguntar “Por quê?” em termos de exclusão, escárnio e outras formas de abandono que recebem daqueles que acham que devem ser amorosos e solidários com eles e todos os membros da família. No entanto, é a pergunta mais desnecessária que vocês poderiam fazer, por causa do caminho que todos vocês traçaram para si mesmos antes de encarnar.
 
A maioria de vocês se ofereceu para enfrentar as circunstâncias familiares mais difíceis e, em alguns casos, as mais sombrias, em termos das pessoas ou conexões menos evoluídas e conscientes que poderiam encontrar no caminho da alma.
 
 
 
E então, sim – isso significa o que é chamado de abuso, que da perspectiva mais elevada é simplesmente uma forma de densidade que muitos escreveram em seus mapas de vida como uma forma de continuar o “grande experimento” da vida na Terra. Esse experimento de dualidade “bom vs. mau” manteve a maioria de vocês em uma repetição cíclica de experiências.
 
Cada tentativa, cada vida vivida na terceira dimensão, está determinada a quebrar o ciclo, mas geralmente, apenas o progresso nominal é feito.
 
A Terra é bem conhecida entre as civilizações planetárias por sua emoção e comportamento densos. Sua cultura planetária é considerada pela maioria das outras raças de seres neste Universo como sendo rebelde e retrógrada, violenta e regressiva, embora isso esteja mudando agora, à medida que as vibrações da Terra e da humanidade aumentam.
 
No fundo, vocês entendem que vieram para aprender como Amar pessoas difíceis, no sentido de liberá-los para o seu caminho, e não precisar que eles mudem por você ou por ninguém – e para abrir mão da necessidade de ter seu Amor de volta, pois frequentemente, esse não é o caminho que você escolheu. Essa compreensão pode ser útil para vocês, mas ainda haverá momentos em que vocês desejam simplesmente estarem longe deles e da densidade de sua confusão energética.
 
Vocês ainda estão vivendo dentro de corpos humanos cuidadosamente treinados para responder aos estímulos externos primeiro, em termos de sobrevivência e autopreservação. Para a maioria das pessoas, isso significa uma postura de autoproteção que reage com decepção e dor por estar recebendo energias densas.
 
É também muito exigente para a maioria dos Portadores de Luz, que são curadores naturais, ver a densidade e permiti-la, sem querer remendar ou consertar o problema em sua essência. Também não é a sua mente lógica que recebe as palavras e ações dos entes queridos. É assim que vocês recebem as palavras e ações daqueles com quem você não tem nenhum investimento emocional.
 
Com os entes queridos, vocês recebem suas palavras e ações por meio do desejo de amá-los e de serem amados, e considerando a história de outras vidas que vocês tiveram com essas pessoas, isso equivale a receber o que eles dizem e fazem por meio de sua ferida, e seus desejos de finalmente acertarem velhas contas.
 
O que nosso amigo que enviou a pergunta está realmente perguntando é como eles podem não permitir que o comportamento dos outros os afetem, apesar de quem essas pessoas são para eles. E como superar a sensação de que, uma vez que vocês perdoam alguém, essa pessoa não deve mais ser insultuosa ou difícil. No entanto, asseguramos a vocês que eles serão um espinho no seu lado enquanto vocês permitirem. E vocês não precisam permitir isso. Portanto, não é uma questão de estar “certo” se machucar, ou querer ir embora.
 
 
 
Sentir-se magoado é uma escolha, embora para a maioria, profundamente inconsciente. Afastar-se é o que deve ocorrer para muitos que percebem que o diálogo que eles criaram não irá semear e criar raízes como eles esperavam. Isso também é aceitação da outra pessoa – permitir que a lacuna entre vocês seja como é, sem tentar consertar isso. E ainda – vocês ainda estão presos em casa com esses queridos que estão tão confusos, como vocês estiveram em muitas outras vidas – como todos estiveram.
 
E então, vamos supor que você estivesse conversando com uma criança de três anos da família, e ela lhe diz um dia: “Você é velho, gordo e estúpido!”. Você provavelmente riria disso e depois explicaria pacientemente que essas coisas não são agradáveis ​​ou aceitáveis ​​para se dizer a alguém.
 
Você pode então acrescentar: “Você consegue pensar em algo melhor para dizer? As pessoas ficarão mais felizes em passar tempo com você quando você mostrar suas boas qualidades!”. Agora, é claro que seria inútil dizer isso à outro adulto que está acostumado a ser insultuoso. O que é relevante aqui é sua reação – sua resposta calma – à criança de três anos fora de controle.
 
Você entende certas coisas sobre a criança de três anos que são necessárias para responder a ela de maneira positiva e até lógica. Você está ciente de que eles têm muito pouca experiência de vida e que ainda vivem em um nível emocional em que não sabem que os sentimentos de outra pessoa contam, exceto os seus.
 
Eles também não sabem como se expressar de maneiras que reflitam bem em si mesmos e nos outros – não lhes ocorre que, por se comportarem “mal”, estão fazendo com que pareçam mal. E podem ter sido influenciados por outras pessoas nesta ou em outra vida para se comportarem mal como uma forma de funcionar no mundo.
 
Você não recebe as palavras de uma criança imatura, ou de um adulto com doença mental, ou de alguém que sofre de demência, como ideias a serem levadas a sério e às quais reage fortemente – você permanece paciente.
 
E diríamos, queridos, se alguma vez houvesse um momento para não reagir – para não deslizar infinitamente para cima e para baixo na escala emocional de acordo com o que você vê e ouve acontecendo ao seu redor – agora é esse momento!
 
Diríamos também que a pessoa que você mais deseja perdoar é você mesmo.
 
Perdoe-se por não ser tão rico e independente a ponto de nunca precisar morar com a família, ou com alguém que não seja gentil e solidário.
 
 
 
Perdoe-se por ser pego em uma situação mundial sobre a qual você não tem controle.
 
Perdoe-se por não ter um emprego, ou muita (ou nenhuma) receita de negócios no momento.
 
Perdoe-se por mais uma vez encarnar em uma vida tridimensional e ter que enfrentar toda a discórdia, choque e densidade nela.
 
Vocês passarão por isso, queridos, mas acelerem as coisas para a solução dimensional superior recusando-se a “brincar” – recusando-se a reagir ao que foi projetado para machucar ou assustar vocês.
 
Entenda que aqueles que abusam são geralmente as ferramentas e vasos totalmente inconscientes de forças densas que desejam diminuir sua Luz e que vivem da emoção densa daqueles que abusam e abandonam os outros. Não é o seu caminho redirecioná-los ou salvá-los. Envie-lhes Luz, sacuda a poeira de seus pés e siga em frente, mesmo que ainda não consiga externamente.
 
Não se permita reagir aos comentários deles, às suas ações, à sua baixa intenção. Afaste-se fisicamente deles quando eles agirem e dê a si mesmo o espaço para respirar necessário para retornar ao seu centro de calma. Se você sentir que está fisicamente em perigo, deve encontrar outra moradia – peça orientação de sua equipe espiritual e esteja aberto a possibilidades nas quais ainda não pensou.
 
Ninguém o está abandonando a essas situações difíceis, nem elas durarão indefinidamente. Saia da atmosfera escura de uma casa infeliz sempre que puder, passando um tempo ao ar livre ou em um ambiente neutro. E saiba que estamos com você – em seu tempo de meditação, em suas atividades diárias, enquanto você viaja etéricamente à noite – nós e todos os seus ajudantes Divinos e família de alma apoiamos e acreditamos em você, e no caminho que você escolheu antes de encarnar.
 
Deixe sua equipe espiritual, seus guias e Eu Superior saberem o que deve mudar agora e o que você precisa de ajuda para liberar para sempre. Saia do ciclo de conflito e negação repetidos e saiba que você é íntegro, poderoso e um ser soberano em todos os sentidos e não pode ser de outra forma.
 
Namastê, meus queridos!
Vocês vão superar isso.
 
E estamos com vocês, sempre.
Caroline Oceana Ryan





 



Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!