Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Deixe que se torne óbvio ~ Gustavo Tanaka

Deixe que se torne óbvio.

Por Gustavo Tanaka


 

 

 

Será que eu mudo? Será que eu saio? Será que peço demissão? Será que deixo o projeto? Será que me envolvo mais? Será que aceito? Será que peço em casamento? Será que vou morar lá? Será que eu devo falar? Será que entro de cabeça? Será que pulo na piscina?
 
Dúvidas.
Dúvidas e mais dúvidas.
Eu sempre vivi com essas questões. Falta de convicção. Falta de certeza.
Eu sempre mudei muito.
A mudança parece ser a única constante na minha vida.
E com a mudança eu aprendi a observar.
Já agi por impulso antes da hora.
Já e precipitei e me arrependi.
Já me culpei.
Já me perdoei.
Já demorei pra agir e perdi o timing.
Já me arrependi, me culpei e me perdoei por isso também.
Então eu comecei a observar.
E observando eu aprendi que tem uma hora que tudo fica óbvio.
Tem uma hora que a dúvida se dissipa e se transforma em certeza.
Imagine que está calor, você passou o dia de roupas leves.
Aí o sol vai embora, começa a escurecer e esfria um pouco.
 
Vem aquela dúvida: será que pego minha blusa? Será que coloco uma calça?
E você fica na dúvida. Não faz nada. Continua ali onde está. Aproveitando o término do dia, a conversa agradável ou fazendo o que estiver fazendo, sem mudar nada.
 
Mas aí chega uma hora que o frio chega de vez. Fica impossível ficar sem blusa.
O que era dúvida, torna-se óbvio. É óbvio que você vai pegar uma blusa e se aquecer. É obvio que vai mudar de roupa.
 
E na vida também é assim.
 
E se ao invés de se culpar por não saber o que fazer, você simplesmente observar?
 
Espere.
Observe.
Não existe pressa. Tudo tem seu tempo.
Chega uma hora que fica óbvio.
E aí tudo fica mais claro. Você enxerga a sua escolha com clareza.
 
E aí sabe o que fazer, sem precisar pesar demais, colocar na balança e perder energia.
 
Se você tem dúvidas, não precisa agir ainda. Talvez ainda não seja a hora. Não se cobre por tomar uma decisão. Talvez você ainda não tenha clareza. Espere mais um pouco.
 
Siga no seu trabalho interno. Cuidando de você e da sua vibração.
Deixe que se torne óbvio.
 
E quando se tornar óbvio, aja com toda a intensidade e confie. É nessa hora que você estará seguindo seu coração…



 

Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.