Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Maio 29, 2023

chamavioleta

Desenvolvimento do conhecimento interior

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 28 de maio de 2023

 

 

A forma como alcançamos algo é reconhecendo as suas vibrações e alinhando-nos com elas. Se nos tornarmos aventureiros espirituais, podemos dar-nos permissão para nos abrirmos a uma maior realização consciente e descobrir o que acontece. Fazemo-lo imaginando a qualidade da consciência criativa que nos dá consciência e força vital. Isto abre a nossa consciência para os padrões vibratórios pelos quais nos sentimos apoiados. Quando nos alinhamos com estas energias, entramos em ressonância com o nosso conhecimento e sentimento intuitivos, e podemos reconhecer a nossa orientação interior pelo que ela é. 
 
Este tipo de ressonância não pode acontecer na consciência do ego, porque os medos do ego impedem a expansão da consciência. Se escolhermos viver dentro das limitações do ego, não podemos alinhar-nos com o nosso conhecimento interior, que é livre de medo e dúvida. Temos de mudar a nossa perspectiva de nos envolvermos com a negatividade para nos alinharmos com a melhoria da vida em todo o lado. Se conseguirmos privar a negatividade da nossa atenção e envolvimento e, em vez disso, enchermos a nossa consciência com alegria e celebração, podemos alinhar-nos com o nosso sentido mais profundo de Ser, que traz a realização completa.
 
Uma vez que todos nós partilhamos a mesma essência de consciência infinita, o nosso potencial de consciência é ilimitado. O nosso potencial torna-se a nossa experiência quando conseguimos perceber a sua realidade para nós. É simples assim, mas isso só pode acontecer quando conseguimos transcender a consciência do ego. Não temos de nos convencer de nada. Este não é um processo mental, é um processo etérico, e é assim que percebemos a nossa realidade, resultando na sua criação na nossa experiência. A nossa intuição é ilimitada e está sempre presente, quer estejamos conscientes dela ou não. A consciência dela requer o nosso alinhamento intencional com o seu nível vibratório, transcendendo a consciência do ego e as crenças pessoais limitadoras.
 
Ao vivermos intencionalmente em gratidão por cada experiência, independentemente da sua qualidade energética, podemos abrir-nos a uma maior consciência de uma dimensão superior de vida. A qualidade da radiação que emitimos determina o tipo de experiências que nos são apresentadas. Quando reconhecemos a nossa orientação intuitiva, tudo se torna possível para nós. O nosso subconsciente recebe direcções amorosas de nós e alinha-se com o nosso verdadeiro conhecimento interior, abrindo a nossa consciência para a vastidão do nosso Ser interior.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub