Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Abril 25, 2023

chamavioleta

Expandir a nossa consciência para além do Ego

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 24  de abril de 2023

 

 

A maior realização que podemos alcançar nesta vida é viver em alinhamento com a consciência do nosso coração, transcendendo a consciência do ego e as crenças limitadoras sobre nós próprios. Podemos fazer isso desenvolvendo uma sensibilidade aguda para o que realmente sabemos dentro de nós. Quando preenchemos a nossa consciência com alegria e confiança, podemos sempre saber como estar em todas as situações. Podemos ler as energias de cada momento e saber como nos alinharmos com elas ou transformá-las. Podemos ser guiados em todos os aspectos da vida na nossa consciência da Consciência Criadora que nos anima e inspira constantemente.
 
Só libertando os nossos apegos a crenças baseadas no medo é que podemos estar conscientes do amor incondicional na consciência do nosso coração. As nossas crenças limitadoras não nos permitem imaginar que a essência da nossa consciência é infinita e inclui todos os seres conscientes. Enquanto tivermos medo de sermos ameaçados de alguma forma, não podemos estar conscientes e em alinhamento com a nossa consciência-coração. A sua orientação radiante está sempre presente no interior, mas o ego não tem consciência disso, devido à crença numa consciência pessoal limitada.
 
Para estarmos conscientes e em alinhamento com a consciência universal, temos de aprender a ser claros e livres de apegos limitadores e apenas estar presentes em consciência. Podemos viver para além do medo e do stress, substituindo as nossas crenças limitadoras por tudo o que se baseia no amor, na alegria e na compaixão. Isto torna-se fácil, se tivermos uma experiência fora-do-corpo, porque nos apercebemos da nossa consciência infinita. Sem a experiência fora-do-corpo, precisamos de treino intencional para imaginar que vivemos em grande amor, alegria e domínio da vida. Podemos eliminar a dúvida sobre as nossas capacidades e substituí-la pela confiança naquilo que sabemos profundamente que é verdade.
 
Abrir a nossa consciência à consciência do coração permite-nos activar os nossos centros de energia superiores e aumentar as nossas capacidades psíquicas e espirituais. Não há nada de ameaçador ou desconhecido na consciência do coração. Ela é completamente benéfica para a vida. Quando abrimos a nossa consciência para ela, podemos sentir as qualidades das suas vibrações e conhecer a sua inspiração. A nossa consciência inclui a consciência de todos os seres conscientes. Podemos senti-los através da nossa essência. 
 
À medida que nos abrimos cada vez mais às vibrações que melhoram a vida da nossa consciência-coração, deixamos de ser vítimas das circunstâncias. Podemos controlar a nossa experiência da polaridade e da frequência vibratória de cada situação em que participamos. Vivemos num plasma electromagnético de potencialidades quânticas em que tudo existe, e podemos reconhecer quaisquer qualidades de padrões energéticos que escolhermos. Quando conseguimos transcender a consciência do ego, a nossa capacidade criativa é infinita.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub