Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Explorar o vazio - É uma parte de você ~ Wes Annac

Explorar o vazio 

 É uma partede você

Por Wes Annac

Cultura daconsciência 

Tradução: Maria Dantas


  

Créditos: Sunwarrior.com

 
Devemosfugir do vazio, ou devemos ficar confortável com isso? É seguro dizer que amaioria das pessoas não quer se sentir vazia por dentro, mas e se esse vazio nosdá uma conexão com o espírito que nós não sabíamos que existia?

E se nosesvaziando de todos os nossos medos conscientes e inconscientes, hábitos edesejos  a nossa conexão se fortaleceria e a nossa consciência se tornaria mais fácilde se explorar? É fácil preencher o vazio interior que tantas pessoas tentamesconder, mas, e se o preenchendo nos distanciaria ainda mais do Eu (Self)?

O caminhopara a iluminação é iluminado com milhares de pequenas luzes internas quandoabrimos a mente e explorarmos nosso verdadeiro Eu, e nós só precisamos nosabrir e nos esvaziar a fim de vislumbrar a realidade maior um pouco além dohorizonte.

Nós sóprecisamos abrir mão de todas as coisas terrenas externas a fim de encontrar oque muitas pessoas têm procurado ao longo dos tempos, e  nos afastam da nossa consciência mais elevadaquando enchemos nossas cabeças com desejos e distrações.

Em vez de nosdistrairmos de nosso crescimento espiritual com qualquer coisa material queparece mais atraente, vamos entender que esta vida e tudo nela é impermanente.

Nossaconsciência mais profunda detém a única verdadeira permanência, e mudando nossaperspectiva sobre isso, por esvaziar os nossos pensamentos e emoçõesterrenas nos ajudará a entender que nós somos seres espirituais eternos. Então,podemos realmente começar a fazer progressos.

Krishnamurtinos diz que a maioria das pessoas tem medo do vazio, por isso elas são levadasa ficar em atividade em um esforço para encobri-lo.

"Éesse medo de ser nada que impulsiona o ser em atividade; mas isso não é nada,isso é um vazio."

Ele nos dizque a maioria das pessoas acumula experiências e emoções em um esforço para se distrairdo vazio que é uma parte inerente de sua consciência.

"Porque nós guardamos lisonja e insulto, mágoa e afeição? Sem esse acúmulo deexperiências e as suas respostas, nós não existimos; nós não somos nada se nãotivermos nome, nenhum apego ou nenhuma crença.

"É omedo de ser nada que nos compele a acumular; e é este mesmo medo, quer seja conscienteou inconsciente, que, apesar de nossas atividades acumulativas, nos leva a  nossa desintegração e destruição.

"Sepudermos estar consciente da verdade desse medo, então é a verdade que noslibertará dele, e não a nossa determinação proposital de ser livre."



Crédito: Pinterest.com

Ele nosdiz, não importa quem somos ou o que fazemos o nada é um aspecto permanente denosso ser.

"Vocêé nada. Você pode ter o seu nome e título, sua propriedade e conta bancária,você pode ter poder e ser famoso; mas apesar de todas estas salvaguardas, vocêé como o nada. Você pode estar totalmente inconsciente desse vazio, esse nada, ouvocê pode simplesmente não querer estar ciente disso; mas ele está lá, faça oque você desejar a fim de evitá-lo.

"Podetentar escapar dele em caminhos tortuosos, por meio da violência, individual oucoletiva, através da adoração individual ou coletiva, por meio de conhecimentoou diversões; quer você esteja dormindo ou acordado, ele está sempre lá.

Alguma vezvocê já quis  confinar a si mesmo no final de um dia longo ou estressante enão fazer nada? Pode haver uma razão para isso, e pode ser que nada é a nossaverdadeira natureza, quer a percebamos ou não.

Um monte depessoas, especialmente as pessoas espirituais que querem mudar o mundo, élevado à ação todos os dias, de uma forma ou de outra. Pelo que Krishnamurtinos disse até agora, parece que este chamado interior para a ação pode ser ummeio para evitar a nossa realidade interna silenciosa e calma, a qual se parececomo o nada no começo.

O nada éexatamente o que é, mas depois que exploramos um pouco, nós percebemos que este"nada" é na verdade uma existência superior vibrante. Após aexploração, o nada se acende com vibrações e sensações gloriosas meditativas, eem algum lugar ao longo do caminho, vamos perceber que nós voltamos para casa.

Ao exploraro nada, nós vamos ter nos re-conectado com a nossa consciência mais elevada eredescoberto algo que a maioria do mundo não iria entender ou aceitar. Isso nosobriga a desistir de nossa identidade terrena e 'morrer' para o Eu - Self, masse soubéssemos qual resultado seria, saberíamos que vale a pena o nosso tempo einação.

ComoKrishnamurti também nos diz, a dependência do exterior é causada por umanecessidade de preencher o vazio, que nunca pode ser preenchido.

"Adependência no mundo externo e forma, apenas indica o vazio do nosso próprioser, o qual nós preenchemos com a música, com a arte, com o silêncio intencional.É porque este invariável vazio é preenchido ou coberto com sensações que há otemor eterno do que é e do que nós somos".

A maioriade vocês sabe a minha opinião sobre a música e a arte, o que é, e que elas podemfornecer uma via de volta em nossa consciência mais elevada, assim como ameditação e outras ferramentas, mas isso não tira do fato de que algumaspessoas as usam como uma distração.

Algumaspessoas usam qualquer coisa externa que podem a fim de preencher seu vazio impreenchível,mas como Sri Chinmoy disse, podemos abraçar a música e a arte com umaperspectiva mais elevada. Podemos criar música que contém o silêncio em oposiçãoà música que o enche, e ao fazer isso, podemos elevar a nós mesmos e aosoutros.

Mas paraalgumas pessoas, a música e a arte são apenas formas de distração que osimpedem de explorar sua consciência. Todos estão em seu próprio caminho e todosnós temos de fazer as coisas funcionarem para nós e ficarmos longe de coisas que nãofuncionam, e pessoalmente, música e arte têm me ajudado muito ao longo docaminho.


Crédito: Pinterest.com

Com todasas coisas que distraem que estão lá fora, permanecer fiéis a nós mesmos e onosso caminho vai nos ajudar a explorar nosso vazio em vez de tentar fugir deleou encobri-lo. Geralmente, a vida se tornará mais harmoniosa quando pudermosaceitar e viver com nosso eterno vazio.

Na verdade,nós vamos encontrar todas as emoções que jamais poderíamos esperar, explorandonossa consciência, e o fato irônico é que nos obriga a nos tornarmoscompletamente imóvel e confortável em fazendo e sendo o nada.

A vida nãoé nada como nós pensamos ou esperamos, e nós vamos perceber que à medida quecontinuamos a viajar ao longo do caminho, aprendemos coisas surpreendentessobre nós mesmos, a nossa realidade e os reinos além.

O primeiropasso é  se sentir confortável sendonada, que é a nossa verdadeira natureza, e o próximo passo é explorar esse nadae assistir com admiração como ele nos deslumbra com vibrações mais elevadas euma maior percepção.

Notas derodapé:
J. Krishnamurti,Comentários sobre o Viver. Primeira Série. Bombaim, etc.: B.I. Publicações, 1972;c1974, 54. Ibid., 92. Loc. cit. Ibid., 64-5.


Compartilharlivremente

Eu sou um escritor de  blog espiritual de 21 anos de idade e canal para a expressão criativa do universo interior, e, eu criei o site diário de noticias  A Cultura da Consciência.

A Cultura da Consciência apresenta notícias diárias espirituais e alternativas, artigos que eu escrevi, e muito mais. Sua finalidade é despertar e elevar fornecendo o material sobre a queda da elite planetária e um novo paradigma de unidade e de espiritualidade.

Eu já contribuiu para alguns sites espirituais diferentes, incluindo The Shift Máster, Waking Times, Golden Age of Gaia, Wake Up World e Expanded Consciousness. Eu também posso ser encontrado no Facebook (Wes AnnaC and The Culture of Awareness) e Twitter, e, eu escrevo um boletim informativo semanal remunerado que você pode se inscrever por 11,11 dólares por mês aqui.

Agradecimentos a: URL: http://wp.me/p1Fiwj-cbj



 Extrato dos ensinamentos de J. Krishnamurti:

A forma mais elevada de inteligência humana é dirigir a atenção desprovida de julgamento.Cquote2.svg
Cquote1.svgObservar não implica acúmulo de conhecimento, apesar de o conhecimento ser obviamente necessário em um certo nível: conhecimento como médico, conhecimento como cientista, conhecimento da história, de todas as coisas do passado. Afinal de contas, isso é o conhecimento: informação sobre as coisas do passado. Não há conhecimento do amanhã, apenas conjecturas sobre o que poderia acontecer amanhã, baseado no seu conhecimento do que já aconteceu. Uma mente que observa com conhecimento é incapaz de seguir rapidamente o fluxo do pensamento. É apenas pelo observar sem a tela do conhecimento que se começa a ver toda a estrutura do seu próprio pensar. E quando você observa - o que não é condenar ou aceitar, mas simplesmente observar - você descobrirá que o pensamento chega a um fim. Observar casualmente um pensamento ocasional não leva a lugar nenhum. Mas se você observa o processo do pensar e não se torna um observador separado do observado, você vê todo o movimento do pensamento sem aceitá-lo ou condená-lo, então essa própria observação põe um fim imediatamente no pensamento - e consequentemente a mente está compassiva; ela está num estado de constante mutação.Cquote2.svg
Cquote1.svgHá uma diferença entre concentração e atenção. Concentração é trazer toda sua energia para focá-la em um ponto determinado. Na atenção não existe um ponto de foco. Nós estamos familiarizados com um e não com o outro. Quando você presta atenção ao seu corpo, o corpo torna-se quieto, o qual tem sua própria disciplina. Ele está relaxado, mas não indolente e tem a energia da harmonia. Quando existe atenção, não há contradição e, portanto não há conflito. Quando você ler isto, preste atenção à maneira que você está sentado, à maneira que você está escutando, como você está recebendo o que a carta está dizendo a você, como você está reagindo ao que está sendo dito e porque você está achando difícil prestar atenção. Você não está aprendendo como prestar atenção. Se você estiver aprendendo o como prestar atenção, então isto se tornará um sistema, que é o que o cérebro está acostumado, e então você faz da atenção algo mecânico e repetitivo, ao passo que a atenção não é mecânica ou repetitiva. É a maneira de olhar para sua vida inteira sem o centro do interesse próprio.Cquote2.svg
Cquote1.svgO problema por conseguinte, é este: para que o homem possa transformar-se radicalmente, fundamentalmente, torna-se necessária uma mutação nas próprias células cerebrais de sua mente. Dizem-nos que devemos mudar, que devemos agir, que devemos transformar nossa mente, nosso coração, tornar-nos uma coisa totalmente diferente. Isso vem sendo pregado há milhares de anos por homens muito sérios, muito ardorosos, e também por charlatães interessados em explorar o povo. Mas, agora, chegamos ao ponto em que não há mais tempo a perder. Compreendei isto por favor. Não dispomos de tempo para efetuar gradualmente tal transformação. Os intelectuais de todo o mundo estão reconhecendo que o homem se acha à beira de um abismo, na iminência de destruir a si próprio. Nem religiões, nem deuses, nem salvadores, nem mestres, nem as lengalengas dos gurus, poderão impedi-los. Dizem os intelectuais ser necessário inventar uma nova droga, uma 'pílula dourada' capaz de produzir uma completa transformação química; e os cientistas provavelmente descobrirão esta droga. Não sei se estais bem a par dessas coisas. Ora conquanto o organismo físico seja um produto bioquímico, pode uma droga, uma superdroga fazer-vos amar, tornar-vos bondosos, generosos, delicados, não violentos? Não o creio; nenhum preparado químico pode fazer os homens amarem-se uns aos outros. O amor não é um produto do pensamento; também não é cultivável, como a flor que cultivamos em nosso jardim. O amor não pode ser comprado numa drogaria, e o amor é a única coisa que poderá salvar o homem - e não os artifícios das religiões, nem seus ritos, nem todos os exércitos do mundo. Podemos fugir, assistindo a concertos, visitando museus, entregando-nos a divertimentos de toda ordem - debalde! - porque o homem se acha hoje em dia em presença de um tremendo problema: se tem a possibilidade de transformar-se radicalmente, de efetuar uma total mutação de sua consciência, não amanhã, nem daqui a alguns anos, mas agora! Eis o problema principal: se o homem, em qualquer país que viva, com todas as suas belezas naturais, é capaz de operar uma mutação radical em seu interior, imediatamente. E não podeis resolvê-lo com vossas crenças, vossas ideologias, vossos deuses, salvadores, sacerdotes e rituais. Essas coisas já não tem o menor significado.Cquote2.svg
Cquote1.svgPodemos ir longe, se começarmos de muito perto. Em geral começamos pelo mais distante, o "supremo princípio", "o maior ideal", e ficamos perdidos em algum sonho vago do pensamento imaginativo. Mas quando partimos de muito perto, do mais perto, que é nós, então o mundo inteiro está aberto — pois nós somos o mundo. Temos de começar pelo que é real, pelo que está a acontecer agora, e o agora é sem tempo.Cquote2.svg
Cquote1.svgMeditação é libertar a mente de toda desonestidade. O pensamento gera desonestidade. O pensamento, no seu esforço para ser honesto, é comparativo e, portanto, desonesto. (…) Meditação é o movimento dessa honestidade no silêncioCquote2.svg
Cquote1.svgEstou apenas a ser como um espelho da vossa vida, no qual podeis ver-vos como sois. Depois, podeis deitar fora o espelho; o espelho não é importante.Cquote2.svg
Cquote1.svg… Falamos da vida — e não de ideias, de teorias, de práticas ou de técnicas. Falamos para que olhe esta vida total, que é também a sua vida, para que lhe dê atenção. Isso significa que não pode desperdiçá-la. Tem pouquíssimo tempo para viver, talvez dez, talvez cinquenta anos. Não perca esse tempo. Olhe a sua vida, dê tudo para a compreender.


Agradecimentos a Maria Dantas mariadantas2@hotmail.com




Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=wes+annac


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.
Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Atualização diária 


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Israel ou Cazária!?
achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 

EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government
ES: LLAMA VIOLETA