Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Jesus: O Amor é a chave para a consciência espiritual.

Jesus -(Isa, Esu, Emanel, Sanada, etc.)- 27.11.2013

Através de John Smallman



À medida que o dia deAção de Graças se aproxima, por favor, deem graças por tudo o que foi de bom emsua vida. Não haverá realmente ninguém entre vocês que não tenha algo aagradecer, por isso, recolha-se em seus lugar seguro e tranquilo, onde poderá,conforme sua escolha, acessar seus guias espirituais e mentores e peça parachamar sua atenção sobre qualquer evento ou aspecto de sua vida do qual éeternamente grato. Em seguida, "agradeça" por isso.

Agradecer apenas com umobrigado será edificante para si mesmo, caso não esteja se sentindo muitograto, porque este gesto o abrirá para receber o Amor que o cerca, à espera desua aceitação, de seu abraço constantemente oferecido.

O Amor é a chave para aconsciência espiritual, porque tudo o que é espiritual, tudo o que existe,repousa nele. O Amor é gentil, amável, compassivo, aceitação, perdão e ainda éa energia mais poderosa, porque é infinito e não há nada além dele.

Não pode ser destruído,derrotado, enfraquecido ou evitado porque tudo está contido nele. Não impõe ou pede,embora dentro da ilusão, possa fingir que ele não existe e ao fazê-lo, cala aalegria e a felicidade de sua vida, substituindo por temor e ansiedade, querendonegar, numa tentativa de esconder, ou se afastar como vítima indefesa de ummonstro horrível.

No entanto, o Amor éinfinitamente paciente. Irá esperar até que se recolha e, eventualmente, oaceite para depois, a alegria sem limites ser eternamente sua. Isso,certamente, não seria motivo suficiente para dar graças?

O Amor é a fonte da qualtudo o que existe brota, porque é a partir de onde tudo é criado, não fazendoabsolutamente nenhum sentido, negá-lo, evitá-lo, ou esconder-se. Negar o Amor éser como uma criança que coloca suas mãos cobrindo seus olhos, acreditando queo que não pode ver não está mais lá. A humanidade optou coletivamente retirarsuas mãos que cobriam seus olhos e mais uma vez ver sua mãe olhando e lheacenando com adoração. Já brincou de se esconder por muito tempo, embora elanunca o tenha perdido de vista, de modo que o seu despertar está divinamentegarantido.

Muitas vezes pareceu queesteve esperando interminavelmente para experimentar a alegria infinita deestar eternamente na presença de sua Fonte de Amor e isso é porque continua ase apegar no irreal, na ilusão com todos os enganos e truques que oferece,alegando que sejam reais.

Corpos são partes dailusão, sem eles não poderiam experimentá-los corretamente. Com eles estãosujeitos às doenças, dor, sofrimento, envelhecimento e decadência.Principalmente se identificar-se com eles, em vez de vê-los apenas como veículostemporários que permitem experimentar o que não é real e suas deficiências os aterrorizam,porque suas vidas são tão curtas e eles tão vulneráveis ??em um vasto e complexo universal.

É realmente um grandeparadoxo para ter que tentar entender, mas se aceitar a vida como ela acontece,se aceitar que na verdade é um ser espiritual eterno tendo uma experiênciafísica temporária, o terror da morte se dissipará, porque irá perceberclaramente que a morte não existe. Existe apenas uma transição, através da qualos seres humanos têm passado por eras, deixando seus veículos quebrados edanificados por trás e despertando novamente nos s reinos espirituais, onde têmsua existência eterna.

No entanto, neste pontode sua evolução optaram por se retirarem em massa da ilusão, mantendo seuscorpos físicos e ao fazê-lo passarão de um mundo de sofrimento, desconfiança etraição para um ambiente de paz, beleza e abundância. Fizeram o seu caminhopara este momento, atravessando muitas crises, decepções e catástrofes enquantolutaram com o conceito de liberar os seus medos e retornando ao compartilhamentodo abraço amoroso que Deus oferece a todo o momento.

Encarnados, cercaram-secom escudos para se protegerem da intensa energia do Amor Divino, pensando quepoderiam se desintegrar, caso entrassem em contato direto com ele. Dentro doseu mundo ilusório, tiveram que se proteger através do uso de roupas de proteção,como se estivessem nas imediações de algo que estivesse projetando radiação,tais como no interior de uma usina de energia nuclear ou em um hospital, onde umequipamento de raio-x estivesse em uso. Analogamente, para manter a integridadede seus corpos físicos, também pensaram que teriam de se protegerem do poder doAmor Divino.

Eventualmente, chegarama compreender que seus corpos seriam um impedimento à união com a Fonte, o seuamoroso Pai / Mãe. Na Terra estão muito conscientes de suas separações de um como outro e gratos por isso, a não ser ocasionalmente, quando estão muitoapaixonados por outro e desejam realmente tornarem-se "dois em uma sócarne”.

Quando se elevarem, o Amorirá envolvê-los como nunca antes experimentado e suave e gradualmente começarãoa se lançarem dos escudos de proteção de seus corpos, proporcionando ocrescimento de sua confiança em Deus e deixando de estarem desencarnados paravoltarem mais uma vez ao seu estado natural de unidade com sua Fonte. E esse émais um motivo para dar graças.

Seu irmão amoroso,Jesus.


Canal: John Smallman
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge