Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Melhores pontos para ver discos voadores.

Melhores pontos para ver discos voadores.

Escrito por Eu Sem Fronteiras.

24 de junho de 2020. 

 
 
Ilustração de disco voador abduzindo homem em campo.
 
 


 
 
Em 1982, o filme “E.T. – O Extraterrestre”, de Steven Spielberg, foi lançado mundialmente. No longa-metragem, um menino, Elliot, passa a abrigar dentro de casa um ser incomum. Embora a amizade dos dois seja admirável, nem todo mundo gostou de ter um habitante de outro planeta aqui na Terra.
 
 
A possível existência de vidas extraterrestres gera medo, desconfiança e receio em muitas pessoas. Em outras, causa admiração, espanto e uma profunda curiosidade. Uma questão que já deve ter passado pela cabeça até mesmo dos mais céticos é: os seres humanos estão sozinhos no universo?
 
 
Para responder a essa pergunta, existem as mais diferentes teorias. E existem também acontecimentos que fornecem bases sólidas para as hipóteses: o aparecimento de discos voadores na superfície terrestre. Os Objetos Voadores Não Identificados, como são chamados, são estudados pela ufologia e sempre dão o que falar quando são vistos.
 
 
A seguir, vamos relembrar quais foram as cinco aparições de discos voadores que marcaram a história mundial. Será que alguma delas aconteceu no Brasil? Será que você já tinha nascido quando aconteceu? Descubra!
 
 
Aparições de discos voadores
 
 
 
1) Washington, 1952 (EUA)
 
Foto: Jorge Alcala via Unsplash
 
 
A primeira aparição de disco voador aconteceu em 1952, na capital dos Estados Unidos da América, Washington. Naquela época, sete objetos voadores semelhantes, que emitiam uma luz amarela, foram vistos sobrevoando a cidade, durante vários finais de semana. A população estava amedrontada e acreditava que os alienígenas tramavam uma invasão.
 
 
Rapidamente, a Força Aérea estadunidense encontrou uma justificativa para o fenômeno. De acordo com a instituição, os radares aéreos apontaram a presença de OVNIs erroneamente, visto que, na verdade, o que aconteceu foi uma inversão térmica. O ar quente e úmido se encontrou com o ar frio e seco e comprometeu a leitura feita pelo equipamento. Mas nada explicou os objetos brilhantes no céu! (Ver nota*)
 
 
 
2) São Paulo, 1986 (Brasil)
 
Foto: Joao Tzanno via Unsplash
 
 
Parece que o Brasil já recebeu discos voadores! No ano de 1986, em São Paulo, o aparecimento de vinte OVNIs no espaço aéreo da cidade levou a uma medida desesperada das forças militares. Cinco jatos foram enviados ao céu para interceptar o que poderia ser uma invasão alienígena.
 
 
Misteriosamente, os objetos voadores não identificados desapareceram antes mesmo que os pilotos dos jatos pudessem vê-los. Para suprir a curiosidade da população, Geoffrey Perry, um pesquisador britânico, explicou que os OVNIs eram provenientes da destruição de uma estação espacial russa. A parte estranha dessa história é que esses supostos escombros nunca chegaram ao chão.
 
 
 
3) Bélgica, 1989-1990
 
Foto: Liby Penner via Unsplash
 
 
Durante vários meses, entre 1989 e 1990, na Bélgica, a Força Aérea identificou centenas de objetos voadores. Eram triângulos escuros e grandes, que emitiam luzes coloridas. Dessa vez, as autoridades belgas não tentaram justificar o fenômeno. Até hoje não há uma explicação oficial para o que foi visto no céu da Bélgica, mas uma pessoa tentou explicar.
 
 
 
Renaud Reclet, ufólogo francês, determinou que os OVNIs triangulares e brilhantes não passavam de helicópteros. Quantos helicópteros triangulares você já viu? Ao que parece, eram mesmo discos voadores!
 
 
 
4) Turquia, 2008
 
Foto: Ekrem Osmanoglu via Unsplash
 
 
Muito tempo depois das primeiras aparições, os discos voadores voltaram a ser discutidos. Na Turquia, em 2008, um grande disco foi avistado no céu durante meses. Por ser mais recente que os anteriores e por se tratar de um OVNI com o exato formato de um disco, esse é considerado um dos eventos mais importantes da ufologia.
 
 
A Turquia, no entanto, afirmou que o suposto disco voador era uma montagem ou uma animação. Essa versão difere da resposta oficial de autoridades mundiais de ufologia, que declararam que a nave espacial não era computadorizada.
 
 
 
5) Londres, 2011 (Inglaterra)
 
Foto: Eva Dang via Unsplash
 
 
No ano de 2011, em Londres, milhares de testemunhas compartilharam vídeos e imagens de três objetos voadores nos arredores da Torre de Londres, conhecida internacionalmente. Nesse caso, os discos voadores eram pontos luminosos esbranquiçados.
 
 
De acordo com ufólogos que tiveram conhecimento do fenômeno, os objetos não eram discos voadores, e sim uma montagem. Será que tantas pessoas assim decidiram dedicar um tempo para simular OVNIs?
 
 
 
Melhores lugares para ver discos voadores
 
 
Depois de conhecer as principais aparições de discos voadores no mundo, será que você está preparada(o) para presenciar esse fenômeno? Prepare os binóculos, escolha uma roupa confortável e separe uma câmera fotográfica com muita qualidade: hora de aprender quais são os 10 melhores lugares para ver discos voadores.
 
 
 
1) Wycliffe Well (Austrália)
 
Foto: 123RF
 
 
A Austrália é um destino conhecido internacionalmente por abrigar cangurus e coalas, mas você sabia que também é possível avistar discos voadores? Wycliffe Well é um dos melhores lugares para os amantes de ufologia, já que lá é conhecida como a capital dos objetos voadores. A melhor época para visitar o local é de maio a outubro.
 
 
 
2) Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (Brasil)
 
Foto: Reprodução CVC
 
 
No Brasil, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, localizado em Goiás, é um destino buscado por pessoas que desejam apreciar as visitas de seres extraterrestres. Os moradores da região afirmam que já viveram e presenciaram abduções, inclusive. Se você quiser saber mais sobre esses eventos, fale com os cidadãos locais sobre isso!
 
 
 
3) Área 51 (EUA)
 
Foto: Reprodução t13.cl
 
 
Quem adora teorias da conspiração e ufologia tem um prato cheio na Área 51, nos Estados Unidos da América. A região é oficialmente um aeroporto que não pode ser acessado por qualquer indivíduo, por funcionar como uma base militar. Acredita-se, no entanto, que esse seja um local onde o governo estadunidense produz armamentos e naves usando a tecnologia alienígena que armazenam.
 
 
 
4) Varginha (Brasil)
Foto: Reprodução Opus Pesquisa
 
 
Se você nunca ouviu falar sobre o E.T. de Varginha, está na hora de se atualizar sobre a ufologia no Brasil! O suposto aparecimento de um extraterrestre e de discos voadores em Varginha (no ano de 1996), Minas Gerais, transformou essa região em um destino turístico muito procurado por quem quer visualizar discos voadores. Existe até mesmo uma caixa d’água com formato de nave espacial!
 
 
 
5) Observatório Paranal (Chile)
 
Foto: Reprodução Eso.org
 
 
O Deserto do Atacama, no Chile, tem um local perfeito para visualizar OVNIs. O Observatório Paranal é o melhor lugar para identificar discos voadores no país, que acumula relatos desse tipo de fenômeno justamente nesse local. Se estiver passando pelo Chile, que tal dar uma olhada?
 
 
 
6) Itacuruba (Brasil)
 
 
O propósito de Itacuruba, em Pernambuco, não seria o de observar extraterrestres ou discos voadores. O Observatório Astronômico do Sertão de Itaparica fornece os materiais necessários para apreciar as estrelas e o céu, e, se a pessoa visitante tiver sorte, pode se deparar com um disco voador.
 
 
 
7) Triângulo de Molebka (Rússia)
 
 
Na Rússia, a região do Triângulo de Molebka é uma das mais misteriosas do mundo. Embora não seja possível avistar muitos discos voadores pelo céu, os relógios e os aparelhos eletrônicos param de funcionar no lugar. Esse fenômeno é interpretado pelos moradores russos como obra de alienígenas. Parece que só indo até lá para conferir!
 
 
 
8) Peruíbe (Brasil)
 
Foto: Reprodução Wikipédia
 
 
Peruíbe, em São Paulo, é um destino muito reconhecido pelos ufólogos. Se você quiser ir para a região com o objetivo de conhecer os mistérios sobre alienígenas ou aprender mais sobre os discos voadores, vai encontrar um roteiro de viagem especialmente para esse objetivo. Vale a pena conferir!
 
 
Você também pode gostar
 
 
9) Chapada Diamantina (Brasil)
 
 
Na Bahia, a Chapada Diamantina pode ser o destino que você procura para encontrar informações e dados sobre a presença alienígena no Brasil. Em dois pontos, a Cachoeira da Fumaça e o Poço Encantado, você conseguirá ver pinturas rupestres que narram a chegada de extraterrestres no território.
 
 
 
10) Parque Nacional de Sete Cidades (Brasil)
 
 
No Parque Nacional de Sete Cidades, no Piauí, a ufologia foi um pouco mais além do que nos outros locais. Para os moradores da região, a Pedra Castelo do Piauí não é uma formação rochosa qualquer. Acredita-se que um ser alienígena vive aprisionado dentro dela e, por isso, é possível identificar discos voadores no local.
 


 


 

 

 
 
*NR: Há forte evidência de que os OVNIs de 1952 sobre Washington (EUA) não eram alígenas mas sim nazi-sionisras da base secreta na Antártica, e permanecerem por lá até que os EUA aceitacem a rendição, subjugando-se ao control nazi-sionista. Um bom exemplo disso é a operação "paper clip". Esta submisão levou os EUA a ficarem sob total control do "deep state" e dos nazi-sionistas que governam o chamado estado de Israel.
 
Mais evidência nas denúncias de: Corey Goode, David Wilcock, Michael SallaEmery Smith, etc..
 
 

 

 
Agradecimentos a:  

 

Sítio Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1