Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Não trabalhe tanto! Tenha responsabilidade afetiva!

Não trabalhe tanto! 

Tenha responsabilidade afetiva! 

Seus filhos precisam mais de você, do que do seu dinheiro!

Escrito por Fabiano de Abreu.

4 de julho de 2020. 

 
 
Mãe beijando bochecha do seu bebê.
 
 
 


Não trabalhe tanto! Tenha responsabilidade afetiva! Seus filhos precisam mais de você, do que do seu dinheiro!

O mundo moderno corre acelerado de uma maneira que nos dá a sensação de que o tempo voa. Vivemos numa angústia permanente de não termos tempo suficiente para realizar todas as tarefas que desejamos, fazer todas as viagens que queremos, ler todos os livros que compramos e, pior ainda, dar a atenção necessária a quem mais amamos. Por um lado, a ânsia de ser bem-sucedido e ter uma situação financeira estável e, por outro, o buraco negro de afeto que criamos em nossos filhos com a nossa constante ausência.

Já parou para pensar: dedico tempo suficiente ao meu filho? Partilho o suficiente da sua vida para o conhecer verdadeiramente?
 
Anna Kolosyuk/Unsplash
 

Nem todo o dinheiro do mundo paga o tempo que não passará com o seu filho, e um dia quando o tempo não lhe der mais tempo será tarde demais. Teremos que jogar no equilíbrio. Trabalhar sim, pois é necessário dar-lhes condições de vida, saúde e educação, vestir e alimentar, mas não podemos esquecer de trabalhar também os afetos. Criar-lhes um ninho num abraço, dar-lhes saúde mental baseada num quotidiano de carinho e atenção, educá-los desbravando o caminho ao seu lado. Uma criança não compreende o valor de uma moeda, mas compreende a linguagem dos afetos. E amor não se compra.

Bens materiais são passageiros, os distraem por algumas horas até o vazio emocional se instalar de novo. Bens materiais não criam memórias nem histórias para contar mais tarde na vida. Não nos podemos esquecer que nós, pais, somos a plataforma e a bagagem para a sua vida futura. Somos ninho e asas ao mesmo tempo. E, se criarmos nossos pássaros da forma correta, eles terão asas para sozinhos voarem alto, mas essas mesmas asas os farão regressar sempre ao ninho como forma de reconhecimento. E mais tarde serão eles que nos aconchegarão quando nós próprios já não conseguirmos voar sozinhos. Amor com amor se paga.
 
 
CDC EAH/Unsplash
 

Sejamos conscientes de que uma criança só será feliz e completa se tiver de nós toda a atenção que necessita na medida correta.

Por essa razão, invista em tempo de qualidade com os seus filhos, crie rotinas só suas, partilhem, falem, discutam, se divirtam muito e cresçam juntos. Crianças felizes serão certamente adultos mais felizes realizados. Invista no seu filho para que o futuro de ambos seja mais risonho e tranquilo.

Os pais são figuras determinantes e têm que tomar a si toda a responsabilidade que isso acarreta. Ser pai é saber somar à vida da criança, saber dividir a vida com a criança, é multiplicar a vida dela. A única coisa que não nos podemos permitir é subtrair a vida da criança.

Fabiano de Abreu
Fabiano de Abreu

Você também pode gostar

 



Arquivos:  
  1. https://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Fabiano+de+Abreu
  2. http://achama.biz.ly/cgi-bin/blog/?tags=fabiano+de+abreu
  3. Mais em: convivendo, Crianças, Fabiano de Abreu, filhos, Responsabilidade,
  4. Todos os artigos

Sítio Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.