Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

O DESAFIO DE PERMANECER NO AGORA A


O DESAFIO DE PERMANECER NO AGORA A

Transcrição de Podcast de

Ramina El Shadai.

21 de fevereiro de 2020

 
.
 
 
 
 
 
No dia 13 de janeiro, eu postei no instagram uma pergunta:

QUAL O SEU GRANDE DESAFIO, HOJE?

Algumas pessoas escreveram nos comentários, muitas enviaram direct ou mensagem pelo whatsapp.

E dessas tantas mensagens que eu recebi, poderia classificar (eu não uso muito esse termo) em quatro grandes questões que seriam: curar feridas que ainda doem muito, e isso inclui as dores por perdas… curar um vazio interno… parar de viver situações repetitivas e, finalmente, o desafio de permanecer no agora, que é um grande desafio para a nossa velha forma de relacionar com tudo.


Vamos começar, então, tentando clarear porque existe desafio. Por que consideramos difícil estar no agora? E o que podemos fazer para que isso deixe de ser um desafio?

Hoje, nós estamos vivendo duas realidades. Nós estamos vivendo a realidade que criamos e nessa realidade, estamos aprendendo a criar, a partir de novas condições internas.

Só que essa realidade que criamos é tanto um contexto pessoal, particular, podemos até ampliar um pouquinho e dizer também, um contexto familiar, mas essa realidade diz respeito a todos os sistemas que existem. Todo o coletivo.

Hoje nós temos um planeta em transição da sua sustentação energética e essa energia afetando tudo, toda essa realidade! E nós, não só parte desse processo, mas agentes dessa transformação, sendo que a maioria ainda nem sabe o que está acontecendo.

Nós aprendemos a ser humanos e desenvolvemos várias teorias sobre isso e passamos a vida inteira buscando uma outra parte de nós que pudesse responder algumas perguntas. Fomos atrás do que pudesse nos acalentar, nos confortar. E tudo com muita dedicação, com muito esforço, acabamos nos tornando a nossa mente.

Nos tornamos o nosso pensamento! E fomos treinados para isso! Por isso nós lutamos tanto pelas nossas ideias. Porque elas praticamente nos representam.

Se fomos treinados para pensar, para sermos seres de ideias, seres estratégicos, imediatos e imediatistas… Acabamos ficando presos nos resultados, portanto no nosso controle das coisas e presos nas nossas experiências, todas elas: as boas e as ruins….

Sim! É porque também criamos várias classificações para tudo e fomos nos encaixando nesses limites. O bom e o ruim sempre fizeram parte das escolhas que nos deixam mais seguros e sobreviventes a tudo.

O passado determinou tudo. Tudo mesmo! O passado, o que sofremos, dores caladas, faltas, carências, o que foi passado e ensinado para nós, medos, lágrimas que engolimos (engole esse choro!), faltas de confiança, todas as nossas crenças … tudo isso traçou uma ponte direta para o futuro. O futuro promissor e libertador de todas as dores, de todas as faltas.

E vivemos assim! Nessa ligação direta entre passado e futuro!

Tudo nosso foi em busca de alguma coisa, de alguma conquista, de algum preparo. Isso é tão forte que até hoje, todos os sistemas nos preparam para o que vem depois. Até hoje, tentamos planejar controladamente o futuro.

O que a escola ainda faz com o aluno desde o primeiro dia de aula? Prepara ele para o ano que vem, para o vestibular, para a profissão, para o futuro! Isso, independente da idade! A criança já cresce treinando para ser adulto. Ela estuda 5 disciplinas, mas já se preparando para as 9, 10, 11 que vai ter no próximo ano.

Ontem, eu conversava com uma pessoa sobre isso e ela me disse: “você que vai ter que mudar seu conceito, a vida é assim!”

Não é que a vida seja assim! Nós definimos que a vida fosse assim e hoje vivemos para combater tudo próprio de uma vida assim: todas as intolerâncias, todas as doenças de todos os corpos, de todas as relações.

Quais as palavras de consolo para quando você está se sentindo péssimo? Isso passa! Nada como um dia após o outro! Pensa positivo que vai dar certo!

O momento AGORA é simplesmente atropelado por um novo pensamento sustentado pela possibilidade de estar tudo bem, depois. No futuro. Seja lá esse futuro próximo ou distante. O importante foi acreditar que “vai dar certo”, não foi?

O que nos foi dito a cada dor?

Não fica assim não! Isso não merece suas lágrimas!

Você deve estar me perguntando: se não focamos no futuro, que é onde passaremos o resto das nossas vidas, como será? O futuro ainda está forte em nossos planos, mas já está enfraquecido em nossas realizações. Simplesmente por vir, de dentro de nós, de um lugar escasso.

É isso que estamos fazendo aqui, juntos! Desconstruindo a forma, adoecida, de viver que criamos e estamos aprendendo a viver em paz com o que somos, na nossa natureza. E o AGORA nos revela isso lindamente.

Não aprendemos que cada dor que manifesta aqui, agora, já existe há tempos em nós. Não aprendemos! Nosso agora sempre foi descartado! Nunca nos enxergamos no agora! E agora estamos aprendendo o tanto de coisa que acontece com profundidade no agora. E as coisas não precisam mudar para isso! O que está mudando é a nossa forma de perceber!

Por isso eu digo que hoje vivemos duas realidades. Isso faz com que estar presente no agora ainda seja um desafio. Aprender a perceber de uma forma multidimensional ainda é desafiadora porque desconstrói tudo que aprendemos. Tudo!

Estamos despertando uma consciência de que o presente, o agora, é tudo de mais nobre que temos, mesmo com essa relação com o futuro ainda fazendo parte das nossas escolhas. Ainda vivemos inseridos num sistema assim, sustentado pelo passado e pelo futuro, e não tem como fecharmos os olhos para isso.

Mas tem como tudo isso ir perdendo o sentido para nós e o peso disso ser cada vez menor em nossa vida. O processo é natural. Aos poucos, a velhas escolhas (e escolha tem a ver com tudo), aos poucos elas perdem o sentido. E rompimentos são feitos. O sentido de tudo que acontece em nós.

Estar, inteiro, no agora é algo prazeroso é, no mínimo, curioso. É algo que nunca fizemos antes. E tem informação demais. Informação! Então, quando você tem consciência disso, estar no agora passa a ser mais um hábito, uma entrega, do que, propriamente, um exercício.

O sentido que o agora vai despertando em você vai devolvendo esse sentido para cada agora, entende! Você vai criando um novo ciclo na sua existência.

Então, nós consideramos um desafio viver no agora, quando vamos nos incomodando com as situações ainda presas nos limites, nas superfícies, no passado e no futuro, e não sabemos como sair disso, justamente porque nosso foco ainda é a nossa defesa. Nosso foco é sair! É resolver, e não curar!

Resolver é quase que exterminar uma situação! E curar é resolver, mas não a situação, a ferramenta que cria a situação.

E como tudo isso acontece é no agora, é possível você acolher com todos os elementos que tudo isso tem pra te dizer. Isso sim é um exercício de enxergar e de curar.

A melhor forma de enxergar o agora é observar o seu sentimento com relação ao que está acontecendo. Observar como você está diante de tudo isso. O que isso quer dizer, mas de uma maneira mais profunda.

Vou te dar alguns exemplos de aproveitar o agora.

Adoeceu? O que a doença fez com você? Te impede ou dificulta o que? O que a doença faz com você, normalmente, é o que você tem feito com a sua vida.

Incomodou? Doeu? Se sentiu irritado? É uma ferida antiga que só foi cutucada agora. De nome a essa sensação. Reconheça. Vasculhe ela em você. E cuide de você. Não se preocupe se foi alguém que te feriu.

Precisou reagir, se defender… Observe! Está com medo de perder qual lugar? Esse lugar é seu mesmo?

Está esforçando? Para tudo! Tudo que está na sua natureza se manifesta com naturalidade!

Está achando tudo muito lento? Queria que fosse mais rápido cada processo? Observe o tempo de tudo sem tentar controlar a natureza das coisas….

Quer provar que está certo? Discutindo ideias? Ideias são produtos dos nossos pensamentos, e nossos pensamentos são sustentados pelas nossas crenças. Experimente soltar crenças. Essas discussões todas vão perdendo o sentido.

Está vendo? Isso tudo acontece no agora! É você na interação com tudo.

Então, a nossa conduta diante desse passado ainda presente é que vai determinar o tanto de agora que estamos reconhecendo nas nossas experiências. O tanto de essência!

Sempre, sempre, sempre! Tudo que precisamos em cada momento, nós temos. Desde que nascemos é assim. A nossa concepção de precisar é que também foi sustentada pelas nossas faltas, pelo passado e pelo futuro.

É no agora que o passado vem para ser curado, é no agora que o futuro perde a força, é no agora que, realmente, tudo acontece…

Então, estar no agora, não é mais uma imposição, uma meta… talvez seja, simplesmente permitir que tudo, aconteça, na sua natureza, na sua presença em amor. Sem se programar, em linha reta, para mais nada, nem para viver no agora. É simplesmente estar!

Eu Sou Ramina El Shadai





 
 


Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 

 
No religious or political creed is advocated here.

Organised religion is unnecessary to spirituality.

Excellent teachings of the masters have been contaminated by the dogmatic control of these religions.

Discernment yes; judgement does not.
If you use discernment you are free to research with an open mind. 

With discernment it is possible to reach the spirit of the letter of any writing and it is also much easier to listen to the voice of the soul that comes from the heart.
Individually you can be helped to find your Truth that is different of everyone. 


Please respect all credits.

 
Discernment is recommended.
 

All articles are of the respective authors and/or publishers responsibility. 
 
 



 

Like this! please bookmark. It is updated daily

 


 
 
 
Free counters!

  geoglobe1
 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.