Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

O DIA DAS MÃES DE 2015. -- Jennifer Hoffman

O DIA DAS MÃES DE 2015.

Mensagem de Jennifer Hoffman

11 de Maio de 2015.

Tradução: Regina Drumond



Hoje é o Dia das Mães nos Estados Unidos, um dia em que comemoramos a mulher que nos deu à luz. Este pode ser um dia difícil para aqueles cujos sentimentos em relação a sua mãe não são afetuosos e amorosos. Para muitas, a experiência da mãe tem sido um dos maiores desafios de sua vida e o Dia das Mães serve como um lembrete do tipo de mãe que elas não tinham o desejo de ser. Temos muitas expectativas quanto a nossa mãe, assim quando ela não nos satisfaz, nós nos sentimos traídos, abandonados e rejeitados em um nível exponencial. As mães desempenham muitos papéis nas vidas dos seus filhos, em muitos níveis. E compreendemos estes papéis quando nossos filhos estão crescidos e têm seus próprios filhos.


Nesta semana eu estou compartilhando uma carta que escrevi para os meus filhos no Dia das Mães. Escrevê-la me ajudou a resolver os meus sentimentos em torno de meus pais, bem como falar com meus filhos sobre como eu me sentia, às vezes, quando nem sempre eu fui a "mãe perfeita" que eu pensei que seria. Eu sempre pensei que eu seria uma mãe "melhor" do que a que eu tive, mas, como eu descobri, houve complicações em um papel que nem sempre era fácil de definir e eu também tive que fazer coisas que eles interpretaram como cruéis ou não amorosas. Embora eu tenha feito o melhor possível, isto nem sempre significou que eles apreciaram meus esforços, ou que eles perceberam que eu realmente tive seus melhores interesses no coração.


Embora não haja nenhuma desculpa para o abuso ou algumas das coisas verdadeiramente terríveis que algumas mães fazem para seus filhos, existe uma relação cármica e energética muito maior atuando ao ser mãe, que é a conexão mais significativa que podemos fazer com outro ser humano. Há muito karma envolvido em um relacionamento da mãe, assim como o potencial para grande cura e transformação. Quando ficamos presos nas emoções, na raiva e no pesar, perdemos de vista o potencial de cura e de transformação.


Nossas mães nos apresentaram uma variedade de energias e usos do poder que tínhamos de aprender a superar. Não por estarmos zangados com a nossa mãe, mas por encontrarmos a saída da incapacitação que elas nos ensinaram, que era a fonte das nossas lições de capacitação. Nós as desafiamos em todos os níveis e, muitas vezes as rejeitamos, em vez de aprendermos a lição para que pudéssemos nos tornar mais do que queríamos e sabíamos que era certo para nós. Onde nós conseguimos criar mais alegria, amor e paz em nossas vidas do que elas tiveram nas delas, foi o propósito das lições que aprendemos através delas. Nossas mães são frequentemente nossos maiores professores, que nos apresentam nossas lições de vida mais poderosas, muitas vezes através de nossos desafios mais dolorosos, que nos forçam a nos interiorizarnos para encontrarmos o amor que achamos que elas deveriam nos ter dado ", porque elas são a nossa mãe"


No Dia das Mães vocês não têm que fingir que a sua mãe foi a mãe amorosa, doce e gentil que a mídia retrata. Mas tentem aceitar que tudo o que ela fez, foi o melhor que ela conseguiu fazer, encontrem o perdão e a compaixão por ela, não importa quais sejam as suas circunstâncias. A aceitação é uma das lições de vida mais desafiadoras, e isto significa que devemos aprender a ver as pessoas como elas são, e não como desejamos que elas pudessem ser, ou achamos que elas possam ser. Cada um de nós escolheu nossos pais para as lições que eles poderiam nos ajudar a aprender, para o que precisamos superar, para que pudéssemos nos tornar a expressão mais elevada de nossa própria energia. Conseguimos educar nossos filhos de forma diferente de que fomos educados, o que foi o nosso objetivo ao escolhermos a nossa mãe e aprendemos a sermos felizes e encontrarmos a nossa própria alegria, apesar da dor que sofremos. E esta é a nossa vitória, que podemos celebrar todos os dias, e no Dia das Mães. A todas as mães lá fora, Feliz Dia das Mães.

UMA CARTA DO DIA DAS MÃE PARA MEUS FILHOS



Cada Dia das Mães me remete ao dia em que vocês entraram em minha vida, o temor que senti quando olhei para o milagre de uma nova vida e a responsabilidade que eu sabia que tinha assumido ao optar por ser a sua mãe. Ninguém poderia me ter preparado para a alegria, a dor, as lágrimas, o riso, o medo e, principalmente, o amor que eu iria experienciar nesta jornada. A cada dia de sua vida eu me perguntava se estava fazendo a coisa certa, se o meu melhor seria bom realmente, e como as minhas escolhas e decisões iriam afetar o resto de suas vidas.


Sei que houve momentos em que vocês não gostaram de mim, ou não me aprovaram. Houve momentos em que ficaram com raiva de mim, quando palavras ásperas foram proferidas e desculpas demoraram a surgir. Houve momentos em que tive que dizer “não” e vi a decepção em suas faces, mas tive que manter a minha postura porque, como eu aprendi, a maternidade não é um concurso de popularidade. Nestas situações, vocês me viam como um obstáculo, mas eu estava apenas tentando manter o caminho livre para vocês. Vocês não tinham idéia de como algumas escolhas são permanentes e quanto dano pode ser feito a sua vida, em um instante. Algumas coisas não podem ser desfeitas, algumas escolhas são irreversíveis e têm consequências ao longo da vida. Era meu trabalho saber destas coisas para vocês e para guiá-los para que aprendessem a fazer escolhas poderosas, e criarem consequências com que vocês pudessem viver.


Cada uma de suas decepções partiu meu coração, porque eu queria protegê-los contra essas coisas. Mas eu sabia que vocês tinham que aprender através de suas próprias experiências e enquanto eu sofria em silêncio por vocês, tudo o que eu podia fazer era lembrá-los de que vocês mereciam o amor, e a validação que vocês queriam e, embora vocês tivessem isto de mim, você tinham que criá-losdentro de si mesmos para que pudessem, eventualmente, tê-los de outras pessoas também.


Quando vocês procuravam em mim o apoio, ele estava lá para vocês, mesmo que muitas vezes eu não tivesse ninguém para me apoiar. Muitas vezes eu tive que ser corajosa por vocês, ainda que eu estivesse com medo interiormente e eu ansiasse que alguém fosse corajoso por mim. Quando vocês precisavam do meu amor, vocês sempre tiveram tanto quanto queriam, ou receberiam, mesmo que muitas vezes me sentisse mal amada na minha vida. Era meu trabalho lhes dar isto, recorrendo a quaisquer recursos que eu pudesse reunir, sem fazê-los cientes de que minha vida nem sempre foi divertida, fácil, ou maravilhosa. Vocês nunca me viram com medo, triste ou solitária, mas eu vivia com essas emoções também e a minha alegria, muitas vezes veio do orgulho que eu tinha de vocês e de suas realizações.


Vocês não sabem que eu me sentava com vocês quando vocês estavam doentes, para ouvir cada respiração, rezando pelo seu bem-estar. Vocês, provavelmente, não estavam cientes de que estavam em meus pensamentos, a cada momento de cada dia, que eu orava por vocês, enviando-lhes força e amor, e tentando criar os melhores resultados para vocês, em todas as situações.Quando vocês estavam em apuros, eu os apoiava, mesmo que isso significasse fazer escolhas difíceis que vocês me rejeitavam por porque eu, às vezes, tinha que mostrar que vocês estavam no caminho errado, e os deixava viver com as conseqüências de suas escolhas.


Sabia que, eventualmente, vocês iriam entender que, em todas as coisas, eu os amei e quis que estivessem seguros, protegidos, felizes e se sentindo amados. Algumas vezes, isto significava mantê-los em casa, quando teriam preferido estar com os seus amigos, ou lhes dar conselhos que não queriam ouvir.


Embora eu tentasse lhes mostrar o meu melhor lado, sei que houve momentos em que fui impaciente e imprudente. Tentei ser uma mãe melhor do que a minha e, às vezes, para meu espanto, em me percebia repetindo o seu comportamento. Vocês compreenderão estas coisas quando tiverem seus próprios filhos.


Quero que saibam que tudo o que eu fiz, como a sua mãe, foi o melhor de que fui capaz, e que, não importa quanto vocês achem que eu falhei com vocês, ou eu ache que falhei, eu sempre fiz o melhor que podia. Algumas vezes, olho para trás, e desejo que tivesse sabido mais, sido mais consciente, menos temerosa e mais em paz. Há coisas que gostaria de ter feito de forma diferente, mas nos escolhemois e a jornada que faríamos juntos. Ser a sua mãe foi uma grande alegria em minha vida e eu os amo e estou orgulhosa da pessoa que vocês se tornaram. Espero que tudo o que vocês achem que fiz de errado, possam me perdoar, porque nada fiz de forma deliberada que os ferisse. E eu aprendi, ao longo dos anos, a me perdoar. O que espero que se lembrem é do amor, apoio e carinho que foram sempre seus. Amo-os com todo o meu coração e não importa onde a vida nos leve, vocês sempre serão os filhos que eu trouxe ao mundo, que me escolheram para ser a sua mãe e seguir este caminho com vocês.


Eu os amo, sempre,


Mamãe
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br




Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos em português:
http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Jennifer Hoffman

Atualização diária

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

   
Israel ou Cazária!?

achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly 


EN: VioletFlame * The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media * Creator's Map * ESU IMMANUEL * Exposing Media DesInformation * Galactic Federation * Indians, Prophecies and UFOs * Illuminati, The * Infinite Being * Israel (!?) * Jews..., the Real ones! * Khazars Jews are converted, not jenuine * Meditation * Media News * NESARA (!?) * SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... * UFO CONTACTS * UFOs (MORE) * USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government