Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

O que é a depressão, segundo o budismo

O que é a depressão, segundo o budismo

Por Bruno da Silva Melo da Equipe Eu Sem Fronteiras.

1 de outubro de 2020. 

 

 
 
 
Segundo o budismo, todos nós somos seres de energia, tanto positiva como negativa. Todos os nossos pensamentos, palavras e ações baseiam-se em energia. Nossa intuição e nossas intenções são resultados de acúmulos de pura energia. Cabe a nós conduzirmos essa fonte inesgotável de poder que temos em nossa vida para o bem ou para o mal.
 
Quando estamos em estados de euforia, alegria e muita felicidade, significa que o resultado de várias ações, palavras e pensamentos resultaram numa quantidade grande de energia em que “explodiu” para si e para o restante das pessoas ao redor, contagiando a todos com energias positivas e alegria. Quando oramos, acumulamos energia positiva para a mudança necessária em nossa vida e isso reflete em nosso ambiente.
 
 
Foto de Matheus Bertelli no Pexels
 
 
O mesmo acontece com a depressão, por exemplo. A depressão, além de ser uma doença e conhecida atualmente como o mal do século, trata-se de um resultado de energias negativas que “implodiram” na vida da pessoa. Normalmente, os sintomas da depressão são vários, dentre eles estão a ansiedade, o desânimo, a falta ou excesso de apetite, etc. Essas ações nada mais são do que resultados de energias acumuladas não tão boas assim, uma vez que a nossa mente que é a porta para a entrada e saída de energias, o acúmulo delas resulta em doenças também. Cabe a pessoa discernir e “filtrar” as suas energias de acordo com o modo que vive.
 
Chögyam Trungpa, mestre do budismo tibetano, em seu livro intitulado “O Rugido do Leão” disse certa vez:
 
“A depressão é uma das energias mais poderosas e uma das energias mais comuns que temos. É uma energia. A depressão é como um tanque de oxigênio que quer explodir, mas ainda está engarrafado. É um fantástico banco de energias, muito mais do que a agressão ou a paixão que são um tipo de desenvolvimento e que depois é manifestado. Elas são, de algum modo, frívolas, enquanto a depressão é a mais digna energia de todas.”.
 
Conforme falado acima, a depressão trata-se então de uma energia que está dentro do indivíduo, só que nebulosa, em que nada faz sentido na mente e no coração da pessoa que sofre com a depressão.
 
Em termos simples, como superar a depressão?
 
Sabemos que existem resoluções através de tratamento médico e é totalmente recomendável que o indivíduo que está passando por esse obstáculo o faça, e para ajudar – afinal toda ajuda verdadeira é sempre bem-vinda – a pessoa pode orar, começando a trabalhar a sua mente para que ela queira vencer essa questão. Aos poucos ela vai vencendo e derrubando as barreiras da negatividade e da energia acumulada em sua vida. Sabemos que se leva tempo, e o budismo e seus mantras são o remédio espiritual para a resolução dessa questão!
 
Além disso, com o tempo, é possível reorganizar e filtrar essa energia para resultados positivos, lembrando que o primeiro passo é acreditar, seguido do querer e assim por diante. Luz!
 
 
Eu Sem Fronteiras 
 

 


 
Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.