Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Junho 21, 2023

chamavioleta

O SOLSTÍCIO DE JUNHO DE 2023

Por Tanaaz

Tradução: De coração a coração

a 20 de junho de 2023

,

 

O dia 21 de junho marca o Solstício, uma época em que o Sol ‘fica parado’ e as estações mudam.

O Solstício também traz o dia mais longo do ano no Hemisfério Norte, onde somos incentivados a celebrar a luz, e o dia mais curto do ano no Hemisfério Sul, onde entramos na noite escura da alma.

Não importa em que parte do mundo você viva, o Solstício é um dia altamente sensível em que podemos nos sentir mais sintonizados com as energias ao nosso redor.

Acredita-se também que no Solstício o véu entre este mundo e as dimensões superiores é mais fino, permitindo-nos explorar as energias galácticas e os reinos angélicos com maior facilidade.

 

O Solstício de junho também marca a passagem do Sol para o signo aquoso, nutritivo e sensível de Câncer.

Em 2023, na época do Solstício, também temos essa formação de energia sagrada da Deusa no zodíaco carregado do Sol em Leão, com a Lua, Vênus e a Lua Negra Lilith, todas dentro de alguns graus uma da outra. Este alinhamento da energia da Deusa também está se encontrando com o planeta Marte, que também está em Leão.

Toda essa forte energia feminina, aliada a Marte, cria um campo de força que aprimora nossa intuição e fortalece nossa inteligência emocional. Essa energia também pode ser altamente nutritiva, encorajando-nos a defender a nós mesmos, honrar como estamos nos sentindo e permanecer confiantes e fortes em quem somos.

Abaixo você encontrará previsões e rituais para os hemisférios norte e sul.

Bênçãos do Solstício, para você!

A Celebração da Luz – Hemisfério Norte

O solstício de junho é o início do verão, a estação da luz! Este é um momento para se colocar lá fora, para remover seu manto de medos e permitir-se brilhar!

Chega de se segurar, chega de jogar pequeno. Chegou a hora de você dar um salto e comemorar o trabalho que conquistou ao longo do ano.

A vida nem sempre é ensolarada, mas o Universo traz o dia mais longo do ano para nos lembrar que sempre há luz no fim do túnel.

Mesmo que as coisas pareçam sombrias, esse estado é temporário. Sempre há uma maneira de encontrar a luz novamente, não importa quão escura seja ou quão profunda seja a tragédia.

A luz brilhará novamente e nos lembrará da beleza e da generosidade que a vida tem a oferecer.

 

Quando o sol brilha forte, também podemos sentir um raio de clareza se movendo em nossas vidas. Percebemos o que é importante e no que realmente queremos focar nosso tempo.

O que nos motiva e impulsiona pode ser revisto neste momento, pois sob o sol de verão em Câncer, estamos sendo guiados para alinhar nossas motivações com nossa verdade mais elevada e para o chamado de nossa alma.

Nessa hora, somos orientados a pensar no que alimenta nosso Espírito e recarrega nossa Alma. E também estamos recebendo oportunidades do Universo de fazer exatamente isso usando o poder do Sol.

Como o sol brilha forte no dia mais longo, certifique-se de passar um tempo ao ar livre na natureza. Nade em seus oceanos, banhe-se em suas florestas, caminhe por entre suas flores silvestres e conecte-se com a energia da criação.

Sinta o calor do Sol iluminando seu ser e saiba que, assim como toda a natureza, os raios do Sol podem transformá-lo, alimentá-lo e ajudar a inspirar a criação.

Celebrando o Ritual da Luz

 

Para o seu ritual, saia e sente-se em algum lugar confortável e com sombra.
Leve um diário e uma caneta com você.

 

Ao sentar-se, torne-se presente e observe tudo o que vê ao seu redor. Se ajudar, identifique cinco coisas que se destacam para você. Apenas faça uma pausa enquanto testemunha cada uma dessas coisas.

Depois de permitir a entrada dessa presença, pegue sua caneta e papel e comece a desenhar ou escrever. Permita que sua própria criatividade flua sem censurar ou limitar a si mesmo.

Então, quando sentir que sua criatividade se acalma, feche os olhos, coloque a mão no coração e estabeleça uma intenção para você, para os outros, para o planeta e para o Universo.

 

 

A celebração da luz é um momento para celebrar tudo o que você é.
É hora de se expor e permitir que seu verdadeiro eu brilhe.

 

Seja audacioso, ousado e criativo neste dia. Faça algo novo, experimente algo diferente e lembre-se de que a luz sempre vive dentro de você.

A Noite Escura da Alma – Hemisfério Sul

No dia 21 de junho, temos o dia mais curto e a noite mais longa do ano. O aumento das horas de escuridão nos guia para entrar na noite escura da alma, um momento de retiro onde podemos entrar e ouvir os movimentos mais sutis de nosso ser.

Às vezes, é apenas na escuridão que podemos nos sentir realmente confortáveis ​​para sermos nós mesmos. Quando os holofotes do Sol brilham sobre nós, podemos nos sentir expostos; podemos sentir que temos que agir ou ser de uma certa maneira.

Quando as luzes são apagadas, quando somos apenas nós, sozinhos com nossos pensamentos à meia-noite, é quando podemos mergulhar profundamente em nosso âmago e ficar cara a cara com uma nova verdade de quem somos.

Não é que tenhamos que nos envergonhar sobre quem somos sob a luz brilhante do Sol. Pois isso também faz parte de nós. Mas se ficarmos muito tempo lá, tendemos a nos desconectar, e é por isso que o Universo chama na noite mais longa do ano.

Neste momento, é uma oportunidade para todos nós entrarmos na escuridão. Para nos afastarmos dos holofotes e, em vez disso, sentarmos com nós mesmos e com nossa própria verdade.

Não precisamos explicar essa verdade a ninguém ou ser capazes de envolvê-la com um lindo laço. Não precisamos identificar nossos sentimentos ou mesmo escrevê-los para serem analisados. Nós apenas temos que sentar com eles e permitir que eles sejam.

 

Na escuridão, nossos pensamentos não importam. São nossos sentimentos que podem realmente brilhar. É a nossa voz emocional que tem a chance de falar, e temos que permitir que ela seja ouvida.

Precisamos esquecer os rótulos e os julgamentos da mente e, em vez disso, nos permitir sentir com a força do coração.

Quando nos sentamos na escuridão e apenas nos permitimos ser, que sentimentos surgem? Que desconforto cresce? O que acontece quando simplesmente nos permitimos ser?

É a isso que a noite escura da alma nos chama a nos rendermos. Isso é o que somos encorajados a praticar. Precisamos parar de falar e começar a ouvir.

Precisamos encontrar a quietude, pois quando o fizermos, podemos entrar em um novo poder e uma nova verdade de quem realmente somos.

Ritual da Noite Escura da Alma

Seu ritual para esta noite é sentar-se na escuridão. Apague as luzes e apenas se permita sentar em um quarto escuro. Veja se consegue manter os olhos abertos e observe como se sente quando está sentado no escuro.

Pratique ficar confortável apenas sentado em seu corpo. Respire. 

Se algum pensamento surgir, deixe-o passar sem se envolver com ele.

Você pode fazer isso apenas por alguns minutos, mas veja se consegue superar qualquer angústia ou inquietação que surgir.

Depois de se sentar na escuridão, tome um banho relaxante. Encha a banheira com óleos e sais calmantes e permita-se limpar quaisquer sentimentos ou pensamentos que você não deseja mais carregar.

A noite escura da alma é um momento de descanso e contemplação. Seja gentil consigo mesmo e gaste tempo conhecendo quem você realmente é, longe dos holofotes do mundo.
 
Tanaaz 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub