Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

O VÍRUS EVOLUTIVO

O VÍRUS EVOLUTIVO

Gillian MacBeth-Louthan.

Tradução de Vera Correa

a 26 de março de 2020

 
 
.
 
 
 

 
 

Ultimamente, todos nos sentimos preparados como soldados esperando instruções, sem entender por que estamos de prontidão, enquanto tudo ao nosso redor nos diz “esteja atento, algo não parece certo”.
 
Nossos corpos experimentam fenômenos incomuns não compreendidos pela medicina. Nossos corações batem diferente, como se tivéssemos dois ou três. Nossos corpos emocionais nos envolvem como luas binárias que procuram pousar. Nós, como planeta, movemo-nos ciclicamente juntos.
 
 
Seguimos em frente com cautela, como se estivéssemos andando em areia movediça ou em um campo minado abandonado, sabendo que a qualquer momento o paradigma pode mudar e poderemos nos encontrar nos arredores da Cidade das Esmeraldas.
 
Olhamos para a natureza em busca de compreensão e discernimento, mas ela nos fita de volta, tão confusa quanto nós mesmos. As regras mudaram para todos nós. Como um homem Neandertal que encontra um IPhone, batemos a cabeça tentando descobrir o que fazer a seguir.
 
Na maioria dos dias, é melhor não tentar forçar um resultado. Como um feiticeiro da antiguidade tentando fazer uma esposa de hoje obedecer, isso é simplesmente inútil. Olhamos das janelas de nossos carros, das janelas de nossas casas e das janelas de nossas almas, em busca de um sinal que se sustente nas próximas mudanças.
 
Como dirigir em uma tempestade de poeira, tudo o que podemos fazer é encostar até que ela passe. Muitos estão estacionados ao lado de suas vidas, esperando pelo evento único que mudará sua existência. Tudo está alinhado como um grande adversário durante um jogo fora de casa. Ficamos cara a cara com o que aciona o nosso medo em todas as suas formas. A vida está ficando mais densa, mais pegajosa e mais mortal ao toque.
 
Ao longo do tempo, os vírus têm mantido o poder de mudanças e perturbações sobre a espécie humana. Como um ceifador em um campo bíblico, eles provocam um profundo e antigo medo dentro de nós, a impotência no combate a um inimigo invisível.
 
Mais uma vez, entramos em um tempo de profecia e inquietação, como povo e planeta. As linhas do quebra-cabeça da Terra mostram-se cerradas, à medida em que país após país fecha suas fronteiras à ameaça biológica. Estamos todos lutando contra um adversário invisível que muda nosso DNA como um ladrão durante a noite. Sentimo-nos privados de nossas escolhas.
 
Uma grande agitação planetária ocorre, enquanto todas as células do nosso corpo lutam para manter o que são. Nos últimos anos, nós, como planeta, sofremos grandes perdas em todos os níveis; entramos em um tempo, no qual estamos em guarda 24 horas por dia, 7 dias por semana, pois intimamente podemos sentir a penetração de energias desconhecidas, pensamentos desconhecidos e medos desconhecidos.
 
Os vírus são vivos e conscientes e passam por evolução e seleção natural, como toda a vida, e a maioria evolui rapidamente. Quando dois vírus infectam uma célula ao mesmo tempo, eles podem permutar material genético para criar novos vírus “combinados” com propriedades únicas nunca vistas antes. Os vírus de RNA têm altas taxas de mutação que permitem uma evolução especialmente rápida.
 
Vocês já se perguntaram por que uma variedade diferente de vírus da gripe surge a cada ano? Ou como os vírus podem se tornar resistentes a medicamentos?
 
A resposta rápida é que os vírus evoluem exatamente como nós. O “pool genético” da população de um vírus pode mudar com o tempo. Em alguns casos, os vírus em uma população ou área geográfica podem evoluir por seleção natural. Os vírus não apenas evoluem, como também tendem a evoluir mais rapidamente do que seus hospedeiros humanos.
 
Os cientistas estimam que existem aproximadamente 1031 vírus em qualquer dado momento. Isto é um número 1 seguido de 313131 zeros! Se houvesse um jeito de colocar esses vírus alinhados, extremidade com extremidade, a coluna de vírus se estenderia por quase 200200200 anos-luz no espaço. Em outras palavras, existem mais de dez milhões de vezes mais vírus na Terra do que estrelas no universo inteiro.
 
Os vírus podem vir de muitos lugares – do espaço, da terra, da água, de animais e de seres humanos. Eles podem ser liberados numa escavação, quando um lugar antigo é revelado ou uma tumba é aberta. Podem nascer de vítimas de catástrofes ambientais, que ficaram muito tempo soterradas.
 
Nós, como planeta, criamos a energia da própria palavras “vírus”, já que acabou tornando-se uma expressão corriqueira. Essa palavra poderosa tornou-se mais forte do que a nossa capacidade de lidar com ela. Sob a perspectiva da numerologia, a palavra vírus é uma vibração nº 8, que por si só é uma ativação de sequência de DNA/RNA. Estamos sempre removendo o refugo do DNA à medida que desenvolvemos mais verdades que mostram quem éramos e quem estamos nos tornando.
 
Este é um vírus evolutivo que exige nossa total atenção. Não busque em outrem o seu resgate ou salvação. A única maneira de sair dessa energia é elevando-se cada vez mais. 
 
Como alguém que estivesse subindo a evolutiva escada de luz de Jacó, mova sua energia para fora do holograma terrestre do medo planetário, e deste lugar de Luz, mais elevado, perceba o que o obscurece, o que pesa na sua alma, o que reduz sua imunidade psíquica e fisicamente. Como um venerável ancião sentado no alto de um platô, contemplando o Vale do Monumento, mova sua sabedoria e luz para o alto, para um espaço de paz e conhecimento.
 
As próprias palavras “medo” e “vítima” mantêm a mesma vibração. Como alguém gritando “fogo” em um teatro trancado, o medo sempre gera uma debandada; um mecanismo de luta ou fuga é acionado no interior das espécies terrenas.
 
O medo tem uma voz alta e garante que todos os seus terrores adormecidos sejam despertados. Ele transborda através das linhas virtuais e linhas ley da Terra. Como um cubo de Rubik [Cubo Mágico] fechando-se durante a noite, todos os tapetes são enrolados, e as janelas e portas são fechadas e trancadas.
 
Nós somos os filhos e filhas da Luz; nascemos para ser guerreiros como os próprios anjos que estão conosco. Não fomos colocados aqui na Terra para nos escondermos com medo da vida. Nós, como espécie, sobrevivemos mais do que jamais foi gravado nos Registros Akáshicos do tempo.
 
Fomos criados especificamente para este tempo e lugar em nossa história evolutiva. Temos as qualidades e habilidades certas para dissolver os medos que vivem em nós e garantir que a verdade sobreviva e nade pelos mares da humanidade.
 
Você tem a capacidade de abrir os mares e as visões de todo este diálogo planetário. Você é o capitão deste navio e mestre da sua alma. Agarre-se a isto, assuma seu poder e liberte-se.
 
Gillian MacBeth-Louthan
 
 


Agradecimentos a:  

 
artigos anterioresTodos os artigos
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
BitChute Channel do Jordan Sather
 
 





Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


 
 


Recomenda-se o discernimento.

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1