Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Os famosos cães Sem Raça Definida.

Os famosos cães Sem Raça Definida.

Escrito por Eu Sem Fronteiras.

31 de julho de 2020. 

 
 
.
 
 
 

 
 


s mais congelados: o cachorro. Considerado o melhor amigo do homem, o animal de quatro patas que descende dos lobos é um companheiro para todas as horas, mesmo quando provoca aquela bagunça dentro de casa. Os rabinhos abanando, os pulos de alegria e os lambeijos são as marcas registradas desse animal tão simpático.
 
Alguns cachorros são mais peludos, outros são mais bagunceiros e há aqueles bem pequenos. A aparência de um animal é definida pela raça que ele tem. Raça é um conjunto de animais de uma mesma espécie que apresentem as mesmas características hereditárias. Você já deve ter percebido que alguns cachorros são mais parecidos entre si, seja no tipo de pelo, no porte ou no comportamento. Ou seja, eles pertencem à mesma raça.
 
Nos casos mais comuns, os cachorros não apresentam uma raça pura. O cruzamento entre animais de diferentes espécies gera novas características, que unem as duas hereditariedades. Existem alguns cachorros que apresentam tantos aspectos diferenciados que é difícil dizer quais raças deram origem a eles. Esse é o caso dos cães Sem Raça Definida (SRD), ou como são popularmente conhecidos, vira-latas.
 
Quem pensa que só os cães de raça fazem sucesso e conquistam corações está muito enganado. A verdade é que os cães sem raça definida também são famosos e amados, principalmente na internet. A seguir, você vai ver quais são os cinco maiores nomes de cães sem raça definida que são até influencers digitais!
 
Imagem de S. Hermann & F. Richter por Pixabay
 
 
1) A transformação de Estopinha
 
Muitas pessoas que preferem os cachorros de raça usam a desculpa de que eles são mais fáceis de adestrar, diferentemente dos vira-latas. Será que é verdade? O adestrador Alexandre Rossi quis provar que não é bem assim, e que não há desculpas para não adotar. A cúmplice do conhecido Dr. Pet foi a cadela Estopinha.
 
Alexandre escolheu Estopinha entre os outros cães porque ela era muito agitada e bagunceira. Afinal, seria muito fácil adestrar um cão vira-lata que já se comportasse bem, não é? Com Estopinha, que faz parte da vida do adestrador há sete anos, ele provou que é possível transformar uma vira-lata hiperativa em uma vira-lata obediente.
 
A história de Estopinha fez tanto sucesso que ela ganhou redes sociais. Evidentemente, quem está por trás delas é o adestrador, mas ele escreve como se a própria Estopinha estivesse contando tudo que o fez ao longo do dia. No Facebook (como “Estopinha”), ela tem quase 3 milhões de fãs. No Instagram (@estopinharossi), a cadela ostenta 650 mil seguidores.
 
Imagem de Dgdom por Pixabay
 
 
2) A permanência de Bartho
 
O adestrador Alexandre Rossi, já citado anteriormente, acreditava que seria importante mostrar outro exemplo de cão sem raça definida sendo adestrado. O plano era escolher um cachorro hiperativo e com déficit de atenção, com um grau a mais de dificuldade para o adestramento. Dessa vez, ele adestraria o cachorro e depois permitiria que ele voltasse para a adoção.
 
Barthô conquistou a atenção de Alexandre. Cumprindo os requisitos que o adestrador buscava, o cão seria um ótimo exemplo de que o adestramento sempre funciona. Acontece que, nesse caso, o processo demorou mais tempo do que Alexandre imaginava. E com a proximidade que Barthô desenvolveu com os humanos e com Estopinha, ficou resolvido que ele faria parte da família definitivamente.
 
Se você se encantou pela história de Barthô e quer conhecê-lo de perto, pode procurá-lo e segui-los nas redes sociais que ele ganhou, assim como Estopinha. No Facebook, pesquise por Barthô Temporário Rossi. A página já tem quase 300 mil seguidores! No Instagram, @barthooficial, o sucesso continua!
 
Imagem de 85Miranda por Pixabay
 
 
3) As aventuras de Café e Django no apartamento
 
Será que é possível criar dois cachorros dentro de um apartamento? Café e Django mostram que sim. Os dois são cães sem raça definida e parecem irmãos, por suas características físicas, embora tenham sido adotados em momentos e em lugares diferentes.
 
Café chegou primeiro, ainda filhote. Dois anos depois, a tutora de Café, Ana, viu um post com a foto de Django, cujos donos estavam oferecendo para a adoção. O casal ia se mudar para um apartamento menor e não poderia levar o cachorro, de acordo com o que disseram.
 
Ana não pensou duas vezes: adotou Django, que tinha a mesma idade de Café, e fez a vida dos dois ainda mais feliz. Os dois podem ser encontrados no Facebook, como “Café Prejuízo” e no Instagram, no user @cafeprejuizo. Nos perfis, é possível conferir o site da loja que Ana compartilha com os cachorros, na qual são vendidos produtos para humanos e para animais!
 
Imagem de D Bray por Pixabay
 
 
4) A trajetória heroica de Darci
 
Uma vantagem incrível de adotar cachorros em vez de comprá-los é que você pode fornecer uma vida muito melhor para os animais que sofrem com algum problema físico ou de saúde. Darci, por exemplo, é um cão sem raça definida que foi encontrado na rua, manco. Mariana o resgatou e procurou alguém que o adotasse, mas logo percebeu de que ele estava no destino dela.
 
Se Darci pudesse falar, ele diria o quanto é grato à Mariana por ter lhe dado um lar seguro e amoroso. Como ele não conhece o nosso idioma, Darci demonstra gratidão por meio de poses para fotos e atividades que estimulam a adoção de animais, conduzido por Mariana.
 
Nas redes sociais, é possível conferir a rotina do simpático Darci, além de se engajar na causa que ele e Mariana defendem. No Facebook, o cão pode ser encontrado pelo nome “Página do Darci”. No Instagram, o usuário @paginadodarci é a conta do vira-lata mais engraçado do mundo. Existem até memes com ele nas redes sociais!
 
Imagem de vargazs por Pixabay
 
 
5) O legado de Ninão
 
Um cachorro que fez história na internet foi Ninão. Em vídeos, ele abanava o rabo freneticamente, vestia fantasias inusitadas e causava situações muito engraçadas e inusitadas. Nenhum humorista conseguiria reproduzir as piadas que ele fazia com o corpo! Esse cão sem raça definida era um verdadeiro palhaço.
 
Infelizmente, Ninão faleceu em 2016. Mas a história dele não terminou aí. Ninão deixou uma família igualmente divertida e bem humorada: Dona Nina e os filhotes Lívio Bracho, Mini-Nino e Felipa. A família ainda ganhou novos membros: Fetúcia, uma Pinscher bem rabugenta, e Soulwinna, uma porquinha super simpática.
 
Diferentemente dos outros cachorros, a página não é escrita em primeira pessoa. Quem cuida de tudo é o tutor dos animais, conhecido como “Pai do Ninão” (nome da página no Facebook). No Instagram, é possível dar muitas gargalhadas com @paidoninao e com todas as gracinhas que essa família canina (e suína) faz!
 
Ficou com vontade de ter um cachorro para te fazer companhia nos momentos difíceis e nas melhores experiências? Procure um centro de adoção perto da sua casa e torne seus dias ainda mais bonitos com a presença de um cachorro sem raça definida!
 
Eu Sem Fronteiras
 
 
 

 



Sítio Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1