Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

PARA RECOMEÇAR É PRECISO PERDOAR

 

PARA RECOMEÇAR É PRECISO PERDOAR

Mãe Maria

Através de Jane Ribeiro

22 de setembro de 2020

 
 
 

Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Enxugai vossas lágrimas, levantai vossas cabeças, abri vossos corações para tornar possível a entrada de novos ares em vossas vidas, ares que trazem novas frequências que magnetizam o instante sagrado onde a verdade se revela plena e o perdão emerge glorioso, para se sobrepor a todas as vossas dores, mágoas e desilusões.

Lembrai-vos que para recomeçar é preciso perdoar, eis que é impossível construir o novo sobre os escombros do passado, resultado de vossas escolhas equivocadas, de vossas decisões precipitadas, de vossas atitudes egoístas, de toda sorte de falsas verdades que vos levaram a alimentar a ilusão de que só poderíeis ser felizes se alguém vos fizesse felizes.

Vós sois o instrumento que gera vossa felicidade, vós, e somente vós, detendes a capacidade de cocriar os eventos, as situações e de atrair as pessoas certas para que vossa alma possa concretizar o aprendizado que a levou a escolher um corpo para encarnar em vossa dimensão de tempo.

Lembrai-vos que a vibração densa gerada em vosso mundo já não mais serve aqueles que despertaram para a compreensão de que a vida aí está para que possais comungar com ela e, assim, prosseguir em vossas conquistas com a consciência de que vossa meta maior é a consolidação e a expressão da luz em vós e em vossa Mãe Terra.

Amados, é preciso que possais atingir rapidamente a vibração do amor incondicional, porque é ele, e só ele, que traz a vós a tônica do verdadeiro viver; para tanto é preciso que possais liberar espaço em vossos corpos, mentes e corações, e esse trabalho se inicia pelo exercício do perdão.

Olhai, pois para dentro de vós, para iniciardes esse processo pedindo perdão as vossas almas pelo tempo que tendes desperdiçado por não compreender a linguagem que vos permite comungar com ela.

Meditai sobre todo o tempo que desperdiçastes, sem culpa e sem vos desesperar, para que possais aprender a lição de que o mundo da ilusão nunca vos fará feliz.

Olhai para os castelos de areia que criastes, já agora destruídos, já agora disformes, e perdoai-vos para que possais estender o perdão a todos os que estiveram convosco envolvidos nessas empreitadas.

Olhai para vossas mágoas e purificai-as com o amor de Deus, para que possais libertar as pessoas que de alguma forma, e em algum momento, foram as desencadeadoras de todos vossos sofrimentos.

Olhai para o orgulho descabido que não vos permitiu estender a mão aqueles que vos procuraram buscando afeto, compreensão e perdão, para que possais vos desvencilhar desse orgulho e da paralisia que não vos permitiu dar o primeiro passo reconhecendo que a indiferença e a distância só faz crescer a incompreensão.

Olhai para vossas famílias sem julgamento, para compreender a postura de cada um de seus componentes, ajudando a curar as chagas que se originaram como pequenas feridas, feridas abertas em outros tempos e em outras vidas, pelas atitudes de todos e de cada um.

Olhai para tudo que não faz sentido em vossas vidas buscando, na energia do perdão amoroso, encontrar o sentido que os reuniu novamente nessa jornada.

Olhai para tudo e para todos, assumindo vossa parcela de responsabilidade sobre todos os eventos que os atraiu em algum tempo, sem contudo querer carregar a parcela de responsabilidade que é inata a esses seres, e que não pode ser por vós assumida eis que a causa que as originou não foi provocada por vós.

Aceitai a responsabilidade sem peso, eis que neste tempo ela não mais se reveste de culpa, aquela que corroeu por tanto tempo vossas forças, que não permitiu a compreensão que liberta, pelo exercício do perdão, todas as energias que não contém a vibração do amor.

Ousai vos despir da camisa de força que vos prende ao mundo da ilusão, e rendei graças a esta oportunidade única que a vida vos oferece neste tempo de vos despir de todas as máscaras, revelando a beleza infinita de vossas essências, para que possais também reconhecer a essência de cada ser que vos cerca, e que de alguma forma espera a oportunidade de, como vós, mergulhar nas águas do perdão para transformar todas as lágrimas em gotículas cristalinas que disseminam a alegria só possível de ser vivenciada aos puros de coração.

Bem amados, que a legião dos Filhos da Luz seja engrossada cada vez mais através do exemplo de que sois portadores, e que vossas orações sustentem, hoje e sempre, a expansão da luz em vosso planeta e em vossos irmãos.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.
 

Jane Ribeiro

         



 
 
Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!