Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Pensamento do Dia, 14 de junho de 2016.

 

Pensamento do Dia, 14 de junho de 2016.

Sathya Sai Baba.

https://1.bp.blogspot.com/-FLTa2zXFPjU/U9wn-KTgRGI/AAAAAAAAIcA/CsK3ed5uYxA/s320/sathya_sai_baba.jpg
 

 

Quando vemos o Avatar de Narasimha, temos um sentimento de terror.

Quando o Senhor Narasimha apareceu, parecia que Prahlada estava de pé, em um canto, cheio de medo.

Naquele momento, Senhor Narasimha olhou para Prahlada e perguntou se ele estava com medo da figura temível que tinha vindo para punir seu pai; mas Prahlada explicou que ele não tinha medo do Senhor, uma vez que era a forma mais doce que se podia compreender.

Ele disse que era realmente feliz por ser capaz de ver o Senhor. O Senhor então perguntou por que Prahlada estava com medo.

A isso Prahlada respondeu que ele estava com medo porque a visão divina que ele estava tendo ali, provavelmente desapareceria em alguns momentos e ele logo seria deixado sozinho.

O medo que estava incomodando Prahlada era que Deus o deixaria neste mundo e desapareceria.

Prahlada queria pedir a Deus para não abandoná-lo. A visão divina de Deus e Sua beleza divina são tais que apenas Seus devotos podem apreciar.

(Rosas de Verão nas Montanhas Azuis, 1976, Capítulo 4)

 

 
Mais e diversos artigos espirituais e denúncias atualizados em achama.biz.ly

 

 

 




MAIS PENSAMENTOS AQUI

Por favor, respeitem todos os créditos.


Recomenda-se discernimento.

Todos os Artigos são da resposabilidade do respectivos autores.

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente em cada um de nós.

Atualização diária