Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Pensamento do Dia, de 1 a 8 de outubro de 2019

 

Manifestações do Amor Divino!

Por Sathya Sai Baba

 
 
 
Imagem Pensamento para o Dia
 
 
​​
1 de outubro de 2019
 
“O festival de Dásara homenageia a vitória dos deuses (devas) sobre os demônios (asuras) – das forças da retidão sobre a forças do mal. Eles foram vitoriosos porque o Aspecto Dinâmico da Divindade (Parashakti), o Poder que elaborou Deus em toda esta variedade e beleza, veio em seu socorro e lutou por eles. Uma companhia sagrada como esta ajuda a despertar o desejo de conhecer a si mesmo, de conhecer a verdadeira natureza do mundo à nossa volta e saber como descobrir e experimentar a unidade de ambos, expressa na máxima védica ‘Tu és Aquilo’. Foi através da influência sutil das companhias com quem conviveu, que Narada, o filho de uma empregada, transformou-se no mais conhecido praticante e expoente do caminho da devoção (bhakti-marga); que Valmiki, um ladrão das estradas, transmutou-se em um grande santo e notável poeta; e que muitos pecadores conheceram o caminho do arrependimento e da redenção.”
 
(Discurso Divino, 26 de setembro de 1965)
 
Sathya Sai Baba
 
 
2 de outubro de 2019
 
“A vida de cada criança é influenciada em grande medida pelas qualidades dos pais. O cuidado amoroso da mãe Jijabai fez de Shivaji um grande guerreiro. Gandhi tornou-se um Mahatma por causa de sua piedosa mãe Putlibai. Ela observava um voto rigoroso, de sempre aguardar pelo canto do cuco antes de se alimentar. Um dia, ela esperou um longo tempo pelo cantar do cuco sem comer. O jovem Gandhi não conseguiu suportar ver sua mãe jejuar por tanto tempo. Então, ele saiu de casa e imitou o pio do cuco. Em seguida, entrou em casa e disse: ‘Mãe, por favor, coma agora, já que ouvimos o cuco’. Incapaz de esconder a decepção pela mentira de seu filho, ela deu um tapa em Gandhi e lamentou: ‘Que pecado cometi para que um mentiroso nascesse como meu filho?!’ Gandhi imediatamente se arrependeu e pediu perdão a ela. Ele prometeu jamais dizer uma mentira e viveu pela verdade até o fim.” 
 
(Discurso Divino, 23 de novembro de 2003)
 
Sathya Sai Baba
 
 
3 de outubro de 2019
 
“Quando as forças da injustiça, imoralidade e falsidade crescem até assumir proporções monstruosas e se deliciam numa dança da morte, quando o egoísmo e o interesse pessoal estão em evidência, quando homens e mulheres perderam todo o senso de gentileza e compaixão, o princípio Átmico, assumindo a forma do Divino, surge para destruir os elementos malignos. Este é o significado interno do festival de Dásara. Cada pessoa deve decidir por si mesma se é Ravana ou Rama, conforme as qualidades que manifeste no seu dia-a-dia. Quem é Ravana e quais são suas dez cabeças? Luxúria (kama), ira (krodha), apego (moha), ganância (lobha), orgulho (mada), inveja (matsarya), mente (manas), intelecto (buddhi), vontade (chitta) e ego (ahamkara): essas são as dez cabeças. A arrogância é um demônio. Maus pensamentos são demônios. Rama é o destruidor das más qualidades. Durante os dez dias do Dásara, você deve orar a Deus para que destrua todos os traços perversos presentes em você.” 
 
(Discurso Divino, 18 de outubro de 1991)
 
Sathya Sai Baba
 
 
4 de outubro de 2019
 
“Encarnação do Amor Divino! Não dê margem a dúvidas que possam surgir devido aos alimentos que você consome, à companhia que mantém ou ao ambiente em que vive. Enfrente as dúvidas com coragem e fé. Para começar, livre-se das impurezas em você, fortaleça sua devoção e torne-a firme e inabalável. Esse é o esforço que todos devem fazer (purusha prayatna). Então, automaticamente você ganhará a graça de Deus (daiva anugraha). Não ore a Baba para transformar sua mente. É seu dever mudar sua mente e se manter focado. Se você esperar que Baba faça tudo, qual será sua contribuição? Cumpra sua disciplina espiritual (sadhana) com fé constante, regular e intensamente. A ajuda de Deus virá automaticamente quando você fizer sua parte. Cumpra com seu dever e deixe os resultados para Deus. Trilhando nesse caminho da verdade, percorrendo o caminho da sabedoria espiritual (jñana), você não deve parar até fundir-se no Divino.” 
 
(Discurso Divino, 6 de outubro de 1992)
 
Sathya Sai Baba
 
 
5 de outubro de 2019
 
“O Navaratri é comemorado em homenagem à vitória que a Deusa do Poder Divino (Parashakti) alcançou sobre as forças do mal, conforme descrito no Devi Mahatmyam e Devi Bhagavatam. Essa Energia Divina Primordial, quando se manifesta em seu aspecto puro e gentil (sátvico), é delineada como a grande professora e inspiradora, Maha-Saraswati. Quando se manifesta no aspecto ativo e potente (rajásico), é a grande provedora e sustentadora, Maha-Lakshmi. Quando se manifesta no aspecto da inércia (tamásico), mas latente como a grande destruidora e enganadora das trevas, Ela é Maha-Kali. Por meio da disciplina espiritual (sadhana) sistemática, é possível explorar os recursos internos concedidos por Deus e se elevar ao reino mais puro e feliz da Realidade. Essa Deusa do Poder Divino (Parashakti) está em todos como a energia espiritual adormecida (Kundalini Shakti), que é capaz de destruir as más tendências dentro da mente quando despertada. Portanto, dedique este Navaratri para honrar a onisciente Deusa Mãe e viver em paz e felicidade.” 
 
(Discurso Divino, 4 de outubro de 1967) 
 
Sathya Sai Baba
 
 
6 de outubro de 2019
 
“O festival Navaratri é comemorado para proclamar ao mundo o poder das deusas. A suprema Energia (Shakti) se manifesta na forma de Durga, Lakshmi e Saraswati. Durga nos concede as energias física, mental e espiritual. Lakshmi nos concede riqueza de muitos tipos, não apenas monetária, mas a riqueza de caráter e muito mais. Até mesmo a saúde é riqueza. Saraswati nos concede a inteligência, a capacidade de investigação intelectual e o poder de discernimento. A própria mãe de uma pessoa é uma combinação de todos esses Seres Divinos. Ela nos fornece energia, riqueza e inteligência. Ela deseja constantemente o nosso progresso na vida. Então ela representa todas as três deusas que adoramos durante o festival de Navaratri. A vida de uma pessoa que não pode respeitar e amar sua mãe é desprezível. Reconhecendo a mãe como a própria personificação de todas as forças divinas, é preciso mostrar reverência a ela e tratá-la com amor. Esta é uma mensagem importante que o Navaratri, o festival das nove noites, nos dá.” 
 
(Discurso Divino, 14 de outubro de 1988)
 
Sathya Sai Baba
 
 
7 de outubro de 2019
 
“Não há obrigação de se ter um altar externo para rituais (yajña) como aqui. Você deve, apenas, estar atento à pureza das palavras que profere ou ouve e das ações em que se envolve. De fato, seu coração é o altar cerimonial. Seu corpo é a lareira. Seu cabelo é a grama sagrada (darbha). Suas aspirações são o combustível que alimenta o fogo. Seu desejo é a manteiga que é derramada no fogo para fazê-lo explodir em chamas. A raiva é o animal sacrificial. O fogo é a penitência (tapas) que você realiza. Às vezes, as pessoas entendem penitência como práticas ascéticas, como ficar de pé em uma perna ou sobre a cabeça. Não, penitência não é o mesmo que mortificações físicas. Penitência é a organização completa e correta de pensamento, palavra e ação. Quando isso for alcançado, o esplendor do fogo se manifestará.” 
 
(Discurso Divino, 2 de outubro de 1981) 
 
Sathya Sai Baba
 
 
8 de outubro de 2019
 
“Você pode ter estudado muitos textos sagrados e ouvido muitos discursos. Você também pode ter tido a visão (darshan) de pessoas santas e piedosas. Para que servem? Devido ao efeito de alimentos não sagrados e má companhia, todos os seus bons pensamentos foram vencidos. Os bons pensamentos só poderão se manifestar quando você se livrar dos maus pensamentos. Cada um de vocês deve fazer esforços conscientes para dissipar os maus pensamentos. Da mesma forma que você abre a porta de sua casa apenas para familiares e amigos, e não para cães de rua, tampouco deve permitir que sentimentos e pensamentos perversos entrem em sua mente. Hoje é o auspicioso Vijayadashami. Esta é a conclusão (samapti) do sagrado festival de Navaratri. Samapti é aquilo que confere merecimento (prapti) de todas as maneiras possíveis. Manifestações do Amor! Nesta ocasião sagrada e santa, Eu desejo que cada um de vocês faça um juramento para descobrir todos os vícios que sabe que estão presentes dentro de si e abandoná-los!” 
 
(Discurso Divino, 1 de outubro de 1998)  
 
Sathya Sai Baba







Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 


Por favor, respeitem todos os créditos

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

Recomenda-se discernimento e evitar o julgamento.
Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 


Atualização diária.

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
 
Visitas recentes:
 


 
Free counters!

  geoglobe1