Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Março 22, 2023

chamavioleta

Perceber a nossa luz interior

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 21 de março de 2023

 

 

Estamos a ser convidados a estar conscientes da nossa luz interior. Cada componente do nosso corpo é um ser de luz, expressando-se como uma forma giratória de energia-luz. Embora nos pareça físico, vibra para além do nosso limite perceptual, no entanto, damo-nos conta de que é empiricamente real para nós. O nosso Sol vibra com tal intensidade que não podemos olhar para ele. Muito mais e poderíamos ficar cegos. Seria invisível para nós, mas para a nossa consciência interior, teria uma presença forte. Temos também o mesmo tipo de presença na nossa essência para além do espaço/tempo e podemos conhecer-nos mutuamente a um nível intuitivo. Esta presença é o que poderíamos descrever como o nosso ser de luz, que se expressa como nós para além da nossa consciência de ego.
 
A nossa luz interior está para além do espectro energético do tempo/espaço. É a essência de quem nós somos, e é a fonte da nossa consciência. Tem a qualidade do amor incondicional e da alegria. É a força de vida criativa que surge constantemente dentro da consciência do Ser Único em que todos nós participamos.
 
Para nos abrirmos a esta consciência e sermos receptivos a ela, podemos ser meditativos e reflexivos. Somos nós que dirigimos a qualidade de tudo nas nossas vidas, desde os meandros do nosso corpo até aos nossos encontros e experiências. Tudo começa com toda a nossa consciência pessoal (consciente e subconsciente) e com o que sentimos mais profundamente sobre nós próprios. Isto estabelece a nossa assinatura energética, que é a nossa expressão electromagnética. Atrai experiências que ressoam com ela. 
 
Como somos capazes de alinhar com o amor e a alegria na nossa imaginação e emoções como um estado de ser constante, criamos os padrões energéticos que atraem experiências compatíveis. Isto é possível para todos nós, assim que nos damos conta de como a vida funciona, e desenvolvemos um foco constante nos tipos de energias que mais amamos. 
 
No nosso Ser mais profundo somos todos da mesma essência, o que nos dá um poder criativo infinito para a valorização de toda a vida. Quando aprendemos a alinhar com esta energia, as nossas experiências exteriores reflectem as mesmas qualidades que o nosso estado de Ser. Não há caos, ameaças ou medo. Existe apenas a energia da melhoria da vida, e é o nosso convite à consciência interior.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub