Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

REALIDADES SIMULTÂNEAS

REALIDADES SIMULTÂNEAS

Por Fatima D’Agostino

lecocqmuller@gmail.com

a 24 de Junho de 2020.


 
 
.
 
 

Enquanto saímos das energias da tridimensionalidade, condição essa que vem dissipando a ilusão, buscamos nos adaptar às frequências vibracionais potentes que a Terra recebe e emana em sua nova posição cósmica. Na tridimensionalidade mantínhamos muitas realidades na dualidade, tudo era verdade e tudo era certo na dicotomia nós x eles.

Mas, o que é realidade na energia da dualidade?

São muitos mundos que convivem entre si sem interferir no outro. Você se lembra de alguma viagem a um país com uma cultura diversa da sua? Você aprecia, ou não, admira as paisagens, conhece a cultura por meio da arquitetura, dos museus, interage com alguns locais, gosta ou não gosta, mas volta para sua realidade.

Um mesmo país abrigou muitas realidades, a dos pescadores, das prostitutas, dos sem teto, dos gays, dos negros, dos brancos, dos ricos, da fauna, da flora, dos pobres, dos refugiados, enfim, são realidades que se mantiveram sem se chocarem, ao ponto de levarmos nossas vidas, todos nós, focados no nosso próprio bem estar e das pessoas próximas, sem nos importar com as outras.

Conhecemos muitas realidades, muitos mundos, mas voltamos para aquela que temos trocas energéticas similares. Estávamos tão comprometidos em viver as nossas vidas que dificilmente sairíamos da zona de conforto. A transição planetária iniciou há tempos, mas só estamos sentindo agora porque as ondas de frequências aumentaram e não é mais possível permanecer no mesmo lugar, ou melhor, na realidade fracionada em muitos mundos coabitando o mesmo espaço físico planetário, que funcionava muito bem.

Bem vindos às energias da unidade e se você não está bem, eu não posso estar também, não porque sofremos ou nos sensibilizamos com as dores alheias, é porque não existem mais realidades simultâneas, somos todos habitantes da Nova Terra. Por isso, é fundamental reajustarmos nossas frequências vibracionais e nos desvincularmos das crenças que nos deram segurança porque não funcionam mais aqui, é como se jogar numa piscina olímpica sem saber nadar, só causa sofrimento e tragédia.

O exercício da pandemia nos mostrou, sutilmente, o que é unicidade e inter-relação em nível global: se você não se cuida me afeta e se eu não me cuido afeto outros. Muitos de nós compreendemos que estamos imersos num processo universal, mas muitos ainda estão viciados nas velhas energias, estacionados na lógica linear que produziu resultados a partir do esforço e empenho, pessoal e coletivo.

É chegada a hora de rompermos com as expectativas utópicas de que um flash solar vai colocar tudo no lugar e quem trabalha a espiritualidade, as boas ações e sentimentos será presenteado com o bilhete de permanência. A nossa permanência na Terra, nesse momento, se dá por escolha consciente, porque somos inteiros, corpo, mente e alma.

Somos os arquitetos do projeto da nova realidade, basta brilhar a luz que somos e iluminar o caminho de quem escolhe sair dos escombros desses desabamentos simultâneos. A Terra já cuidou das paisagens e da abundância para desenvolvimento da vida, além de nos manter em segurança durante todo seu processo ascensional, cuidemos nós da construção de um mundo inclusivo e compassivo, vibrando amor.



Fatima D’Agostino


Agradecimentos a:  

 


 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:



Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1