Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Sentimentos que excluem: Primeira Lei Sistêmica – Exclusão.

Sentimentos que excluem: 

Primeira Lei Sistêmica – Exclusão.

Escrito por Paola Mingardo.

4 de agosto de 2020. 

 
 
Mulher sozinha olhando para o horizonte.
 
 
 


 
Muitas vezes entendemos que excluir é tirar da vida, ignorar, mas existe uma linguagem muito mais subliminar de exclusão que precisamos trazer à consciência para incluirmos.
 
Raiva: todas as vezes em que eu sinto raiva, percebo que atrás da raiva existe um desejo de que o outro faça como eu quero que ele seja e não como ele é, portanto estou excluindo, julgando como ele funciona e me colocando como grande, melhor que ele.
 
Dor. Aí vem uma pergunta: será que essa dor não é minha criança brava porque a vida não é como é?
 
Dor da separação de não entender que aquela pessoa precisa voar, crescer, evoluir?
 
Dor porque quero aprisionar como um pássaro na gaiola?
 
 
Christopher Windus/ Unsplash
 
 
Julgamento que excluí, quando eu decidi não comer mais carne, por exemplo, e acho que o outro tem de fazer o mesmo, ou por que ele não faz o que eu, o JUIZ, decidi que é certo?
 
E o desejo de controlar, ai, ai! Quanta energia perdemos, quando o outro tem de fazer o que queremos! Desde por que não me deu um beijo, até o presente que eu queria, não está a fim de namorar quando eu quero, eu, eu, eu…
 
E o preconceito, então!? Nossa, esse é tão subliminar! Esconde-se atrás de atitudes que tomamos sem perceber, preconceito pela classe social, preconceito porque não tem nada a me oferecer, preconceito porque é de tal religião, preconceito porque é gorda, magra, afe! Esse é tão grande, que ficaria horas escrevendo. Mas o pior preconceito é de nós mesmos, aquele que escondemos no inconsciente, e nem nós sabemos que temos.
 
 
Eric Ward/unsplash
 
 
Exclusivismo: o outro é meu. Hahaha, esse é o mais engraçado e mais mentiroso.
 
Arrogância: é quando nos achamos mais inteligentes. Vixe, é uma grande mentira, a inteligência muitas vezes nos aprisiona no ego, é uma armadilha.
 
Tenho usado a seguinte técnica de autoconhecimento, quando sinto qualquer sentimento acima: pergunto-me, questiono-me e espero passar. A raiva, por exemplo, vem como uma labareda, que, quando eu ponho gasolina, afe, ninguém aguenta! Mas, quando espero o fogo passar, me pergunto: “Isso é da minha conta? Posso resolver? Estou sendo intrometida? Quero que o outro seja como eu quero? Será que ele está me compreendendo?”
 
Dormir uma noite é sempre um bom remédio. Sempre quando o sol nasce novamente, temos a oportunidade de pôr luz na nossa escuridão e ver a vida de outra forma.
 
Sempre tem um aprendizado. Está vivo neste planeta? Então bora aprender mais uma linha da sua história eterna!
 
Paola Mingardo

Paola Mingardo





Sítio Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1