Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

SINTOMAS DA ASCENSÃO E AS ENERGIAS DO EQUINÓCIO.


 

DESFAZENDO SUA PROGRAMAÇÃO SUBCONSCIENTE. 

O Conselho Arcturiano da 9ª Dimensão.

Via Daniel Scranton.

Tradução: Adriano Pereira,

a 9 de fevereiro de 2020



 
 
.



Saudações. 

Somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar convosco.



Temos explorado as diferentes linhas do tempo existentes para a humanidade que o leva ao seu equinócio, e queremos que saiba que vimos muitas possibilidades positivas para vocês que os levarão adiante nesta jornada para a faixa de frequência da quinta dimensão.
 
As energias do equinócio geralmente trazem todos vocês de volta ao equilíbrio, e essas energias futuras têm a função adicional de abrir vocês para as frequências que já estão disponíveis, mas que vocês ainda precisam explorar no planeta Terra.
 
Sempre que vocês estão se abrindo para novas energias que contêm frequências mais altas, é provável que haja alguns efeitos colaterais. No entanto, essas frequências com as quais vocês se abrirão os ajudarão a lidar com alguns dos sintomas da ascensão com os quais muitos estão lutando há muito tempo.
 
Vocês nasceram em seu mundo com certas frequências Pleiadianas que procuram trabalhar com vocês para criarem um ambiente melhor para seus corpos físicos receberem todas essas energias de alta frequência que continuam chegando e causando estragos em seus corpos.
 
Essas frequências existem há mais de uma década, e alguns tiveram a sorte de acessá-las, mas esses poucos sortudos também precisaram realmente se abrir para essas frequências. Estamos falando de pessoas que já sofrem de intensos sintomas de ascensão há algum tempo em suas vidas.
 
Agora, as energias do equinócio que estão chegando vão abrir mais vocês, para que possam receber o que essas frequências Pleiadianas estão oferecendo, mas a verdade é que elas estão em um estado de frequência tão alta que a maioria das pessoas ainda não conseguem ser capazes de se harmonizar com elas o suficiente para ver qualquer cura real e eliminar esses sintomas de ascensão de uma vez por todas.
 
Mas agora é a hora, e ao aproximarem-se do equinócio, recomendamos que se ponham num estado de expectativa para receberem essas frequências Pleiadianas e as energias de equilíbrio do equinócio.
 
Essas energias de equilíbrio também estão vindo para ajudá-los a liberar seus sintomas de ascensão de uma vez por todas, para que vocês possam se concentrar mais no que devem fazer, no que devem criar e no que devem se tornar.
 
Somos o Conselho Arcturiano, e gostamos de nos conectar convosco.

 
Daniel Scranton.



Agradecimentos a:  



 


 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
 
 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1

 


 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.