Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Outubro 03, 2023

chamavioleta

ROMPENDO FRONTEIRAS

para uma Nova Terra e uma Era Dourada

Por Aurora Ray 

Tradução De Coração a Coração [br]

a 2 de outubro de 2023

 
 
Quando observo o mundo como um todo, ainda há algumas pessoas que simplesmente não conseguem acreditar na ideia de uma Nova Terra e de uma Idade Dourada.
 
Elas têm muito, muito medo da mudança – não importa se é uma mudança para melhor. Elas têm medo de novidades porque suas mentes estão acostumadas com os métodos antigos e não querem começar a aprender do zero. Elas querem que tudo continue igual.
 
É por isso que a sociedade tende a ser tão tradicional e presa aos seus costumes. Existem milhões de pessoas por aí que são exatamente assim – seguindo os mesmos velhos padrões. Por que? Bem, parece que elas não querem aprender, crescer ou tentar algo novo.
 
Elas preferem continuar na mesma direção, mesmo que isso as deixe entediadas. E quando ficam entediadas, elas se perguntam por quê. Elas perguntam: "Como faço para parar de me sentir entediada?" A questão é que o tédio delas é, na verdade, resultado de suas próprias escolhas. Elas não veem como elas mesmos criam isso.
 
Muitas vezes encontro pessoas que me dizem que estão entediadas e perguntam como escapar disso. Mas o tédio não é o verdadeiro problema. É apenas um efeito colateral. No fundo, a verdadeira questão é se elas estão dispostas a explorar algo novo.
 
Você está pronto para uma aventura? Porque uma aventura sempre traz riscos. Você nunca sabe como as coisas vão acabar - pode ser melhor ou pior do que você está acostumado. Não há certeza, exceto por uma coisa: nada é certo.
 
A ideia de algo novo deixa as pessoas muito nervosas. Elas se apegam firmemente ao que sabem e é por isso que o mundo permanece o mesmo. Elas continuam insistindo em fazer as coisas do jeito antigo. Mas deixe-me dizer-lhe: os métodos antigos não levarão a nada de extraordinário. Eles são como um peso pesado que nos segura. Precisamos nos libertar das convenções e abraçar a mudança.
 
Então, queridos, imaginem isto: um mundo onde a incerteza reina suprema. É um mundo de infinitas possibilidades. Você escolherá entrar no desconhecido? Você terá coragem de deixar para trás o tédio e abraçar a aventura que o espera? A escolha é sua. A Nova Terra está chamando, pulsando de entusiasmo e prometendo um futuro melhor. Você atenderá seu chamado?
 
Dentro de cada alma humana existe uma tendência – uma resistência inata à mudança. O medo se insinua, pois a mudança traz novas responsabilidades e desafios. Surge a pergunta assustadora: seremos capazes de conquistá-los?
 
Assim, parece mais seguro apegar-nos ao que é familiar, aos velhos métodos onde aperfeiçoamos as nossas competências e eficiência. No reino do conhecido, nos tornamos proficientes em nosso domínio. Mas e o novo? Em sua vastidão, quem sabe se manteremos nossa proficiência ou se tropeçaremos?
 
É somente no âmbito da infância que o verdadeiro aprendizado prospera. Os jovens, livres de um passado pesado, possuem uma sede insaciável de conhecimento. Eles estão aliviados, prontos para absorver a sabedoria que a vida oferece.
 
No entanto, à medida que crescemos, a nossa sede diminui e a aprendizagem desaparece. Por volta do início da adolescência, normalmente quando chegamos à adolescência, muitas vezes paramos de aprender e nosso crescimento mental fica mais lento.
 
Porém, se você possui o coração de um buscador, uma chama que anseia pela iluminação, então sua jornada de aprendizado nunca cessa. A própria vida é uma lição contínua, uma educação em constante desenvolvimento.
 
Mesmo nos momentos finais, quando a morte acena, o buscador aproveita a oportunidade de aprender – aprendendo a própria essência de partir desta existência terrena. Eles permanecem em um estado perpétuo de prontidão para se adaptarem às mudanças.
 
Aqueles que possuem a audácia de abraçar a mudança, libertar-se das algemas do passado e render-se ao fluxo do momento presente são a personificação da verdadeira humanidade. Eles são os aventureiros, as almas valentes que ousam explorar os tesouros da vida e aproveitar suas bênçãos.
 
É a eles, e somente a eles, que a vida revela os seus mistérios mais profundos. Estes indivíduos, através da sua coragem e vontade de assumir riscos, conquistaram este privilégio. Eles são os dignos, os escolhidos.
 
Você abraçará o aventureiro dentro de você? Você deixará de lado o medo da mudança e o fardo do passado e entrará corajosamente no reino do desconhecido? O caminho da verdadeira humanidade está diante de vocês, uma jornada extraordinária aguardando suas pegadas.
 
Ouse ser corajoso, pois ao fazê-lo, você desvendará os segredos da existência e se tornará um farol de Luz neste vasto universo!
 
Nós os amamos muito.
Estamos aqui com vocês.
Somos sua família de Luz.
Nós somos a Federação Galáctica.
 
A’HO
 
Aurora Ray
Embaixadora da Federação Galáctica
 
 
Direitos autorais 2023 Aurora Ray – 
Por favor respeite todos os créditos ao compartilhar
 
 

 
Transcrito com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)
Free counters!Visitor Map
 
 

Junho 29, 2023

chamavioleta

CORAÇÃO CORAJOSO

Por Aurora Ray 

Tradução De Coração a Coração

a 29 de junho de 2023

 
 
 
O Coração Corajoso: Do ​​Medo à Liberdade *
 
A cada dia que passa, a vida nos apresenta novos desafios que testam nossos limites e nos empurram para fora de nossas zonas de conforto.
 
Para superar esses obstáculos, devemos explorar nossos reservatórios internos de coragem e reunir forças para enfrentar o desconhecido. Mas o que exatamente é coragem e como podemos desenvolvê-la dentro de nós?
 
A resposta está em reconhecer que a maior forma de coragem é a capacidade de abraçar a mudança, adaptar-se a novas circunstâncias e entrar no desconhecido com o coração aberto e o espírito destemido. Neste texto, exploraremos a natureza da coragem e seu papel essencial em navegar pelas reviravoltas imprevisíveis da vida.
 
Todo mundo tem momentos na vida em que sente medo ou incerteza. Mas é importante lembrar que esses sentimentos não precisam impedi-lo. Quando você aprende a agir apesar do medo, abre um mundo de possibilidades!
 
Publicidade
Você pode nunca se tornar completamente destemido, mas pode se tornar mais confiante e capaz diante da adversidade. Tudo começa com a vontade de correr riscos e sair da sua zona de conforto.
 
A chave para desenvolver coragem é começar pequeno e crescer a partir daí. Desafie-se a fazer algo que te assusta todos os dias, mesmo que seja algo pequeno, como falar em uma reunião ou tentar uma nova atividade.
 
À medida que você se sentir mais à vontade para correr riscos, descobrirá que sua coragem se torna mais forte e resiliente. E lembre-se: não há problema em tropeçar no caminho – cada revés é uma oportunidade de aprender e se fortalecer. Com tempo e prática, você ficará surpreso com o quão longe pode ir.
 
A cada passo que damos para superar nossos medos, ganhamos um novo nível de força e confiança. É uma jornada de autodescoberta e crescimento pessoal, e nunca é tarde para começar. A coragem é um músculo que pode ser fortalecido com a prática e o exercício e, à medida que a desenvolvemos, nos tornamos mais bem preparados para enfrentar os desafios que a vida coloca em nosso caminho.
 
Para viver verdadeiramente, é preciso abraçar a mudança e entrar no desconhecido, mesmo quando parece desconfortável ou assustador. Isso requer coragem — o tipo de coragem que nos permite enfrentar nossos medos e agir de qualquer maneira.
 
É fácil cair na armadilha da rotina e da familiaridade, mas quando o fazemos, limitamos nosso potencial de crescimento e descoberta. É preciso muita coragem para nos libertarmos de nossas zonas de conforto e nos aventurarmos em território desconhecido. Mas as recompensas de fazer isso podem ser imensas!
 
A coragem não está nas façanhas físicas ou nos grandes gestos, mas nas decisões cotidianas que tomamos para abraçar o futuro e enfrentar a incerteza. É a coragem de tentar coisas novas, defender aquilo em que acreditamos, assumir riscos e perseguir nossas paixões. É a coragem de ser vulnerável, admitir nossos erros e aprender com eles. E é preciso coragem para seguir em frente, mesmo quando o caminho é incerto.
 
É natural temer o desconhecido e resistir à mudança, mas é somente enfrentando esses medos que podemos realmente crescer e prosperar. O desconhecido pode ser assustador, mas também está cheio de possibilidades e potencial. Quando enfrentamos o desconhecido com coragem, nos abrimos para novas experiências, novas perspectivas e novas oportunidades que talvez nunca teríamos encontrado de outra forma.
 
Para cultivar esse tipo de coragem, devemos primeiro aprender a abraçar a incerteza e confiar em nós mesmos e em nossas habilidades. Mesmo quando não temos ideia de como algo vai acontecer, devemos estar dispostos a arriscar.
 
Temos que estar preparados para sair de nosso ambiente familiar e enfrentar nossos medos de frente. E quando inevitavelmente encontrarmos obstáculos e contratempos ao longo do caminho, devemos ter a coragem de perseverar e seguir em frente, mesmo quando o caminho à frente parece incerto ou assustador.
 
Com tempo, paciência e prática, podemos desenvolver a coragem necessária para enfrentar o desconhecido e abraçar a mudança em todas as suas formas.
 
Então, vamos abraçar a jornada rumo à coragem, com todos os seus altos e baixos, e celebrar cada pequena vitória ao longo do caminho. Vamos encontrar inspiração nas histórias de outras pessoas que enfrentaram seus medos e saíram do outro lado mais fortes e mais sábias.
 
E lembremo-nos que, no fundo, não é a ausência de medo que nos define, mas sim a nossa capacidade de agir apesar dele com coragem, graça e determinação.
 
Eu o encorajo a agir para cultivá-la em sua própria vida. Comece pequeno, com desafios cotidianos que o deixam com medo, e trabalhe para desafios maiores. Procure as histórias daqueles que superaram seus medos e deixe-os inspirá-lo a fazer o mesmo.
 
Lembre-se de que a coragem não é uma qualidade inata, mas sim uma habilidade que pode ser desenvolvida e fortalecida com o tempo. Então vá lá e seja corajoso, e deixe suas ações falarem mais alto que seus medos!
 
Nós te amamos muito.
Estamos aqui com você.
Somos sua família de Luz.
Nós somos a Federação Galáctica.
 
A’HO
 
Aurora Ray
Embaixadora da Federação Galáctica
 
(Nota minha: Eu também sinto. Manuel.)
 
Direitos autorais 2023 Aurora Ray – 
Por favor respeite todos os créditos ao compartilhar

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub