Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Junho 25, 2024

chamavioleta

Alquimia de todas as possibilidades

Informações das Mensagens Matinais

Por Peggy Black e A Equipe 

Tradução a 24 de junho de 2024
 
 

 
 
Saudamo-lo e honramo-lo enquanto nos encontramos neste campo de todas as possibilidades. Encorajamo-lo a reivindicar verdadeiramente a sua magnificência. Encorajamo-lo a reconhecer e a possuir o seu poder de invocar um mundo muito melhor. É nesses momentos que o seu domínio da transformação energética e do conhecimento inexplicável que você possui pode e deve surgir.
 
Quebre os grilhões de suas crenças limitadas; sacuda a programação do medo que está sendo constantemente oferecida. Olhe além do óbvio e perceba que o que está sendo retratado é apenas uma realidade possível que poderia se desdobrar. Agora é o momento de começar a esculpir a realidade que honra o bem-estar e a magnificência dos outros.
 
Cavalgue essas ondas de energia disfuncional, mantenha firme sua visão de um mundo no qual todos os seres são alimentados, nutridos e honrados pelos dons únicos que carregam e oferecem. Mantém sem medo a crença de um mundo de paz que honra todos os seres vivos e sencientes. Quando você mantém a clareza de sua visão com segurança, quando você a capacita com a energia e intenção do seu coração, você está ancorando-a no campo quântico de todas as possibilidades. Estão literalmente a invocar um novo mundo, num novo período de tempo e dimensão.
 
Reconhecemos os desafios pessoais que cada um de vós enfrenta. O que gostaríamos de transmitir é que esses desafios e essa vida física que vocês estão vivenciando são apenas um aspecto de quem vocês são como um ser multidimensional divino. Sim, entendemos as muitas provações e dificuldades terrenas. Estamos também a observar os acontecimentos que estão a gerar medo nos corações e mentes daqueles que o permitem. Estamos a assistir a estas criações erradas.
 
O foco da consciência em seu planeta continua a levar a disfunção ao seu nível mais alto. Estas são forças de poder e ganância extraviados. Essas forças que geram e mantêm a realidade que diminui todas as formas de vida com ações horríveis e hediondas sobre os outros e o meio ambiente são apenas uma expressão da consciência. Não acrescenteis a vossa energia, o vosso foco a esta realidade. Observe quando o medo é ativado ou o julgamento entra em sua conversa ou pensamentos. Mude seu foco, abençoe aqueles que estão experimentando a situação, bem como aqueles que estão criando a situação e imediatamente imaginem um resultado diferente e uma criação contrastante.
 
Pessoalmente, estão a ser chamados, convidados, a possuir e a reivindicar as vossas capacidades para oferecer uma visão de uma realidade diferente. Há sempre múltiplas realidades disponíveis em qualquer situação, com qualquer desafio. Lembre-se de que você é um Co-criador e agora é a hora de você possuir esse direito de primogenitura. Praticar uma frequência coerente de gratidão, apreço e alegria. Ofereça suas vibrações coerentes com a maior frequência e frequência possível em todas as situações.
 
Esta acção intencional é o seu poder. Seja perspicaz e consciente de quando você está no efeito da onda emocional coletiva. Quando vos sentirdes desanimados, temerosos ou mesmo oprimidos, compreendei, nesse exato momento, que podeis e deveis transcender estas frequências incoerentes. Vocês estão se abrindo e despertando para a percepção de que estão sentindo e experimentando as emoções energéticas carregadas na consciência coletiva.
 
Uma das muitas habilidades do seu despertar pessoal é a percepção de que você é um ser sensível capaz de sentir a natureza emocional dos outros. No despertar que está ocorrendo na consciência da humanidade estão as percepções extra-sensoriais que foram suprimidas e reprimidas por eras de tempo. À medida que vocês começam a despertar pessoalmente, pode ser esmagador sentir e sentir todas as energias emocionais discordantes que estão na matriz coletiva.
 
Como um ser multidimensional, um dos muitos aspectos e dons que ocorrem é o despertar de seus sexto sentidos. Talvez você esteja experimentando muitas mudanças estranhas nas percepções, ouvindo vozes, sendo dominado por emoções que não se sentem como as suas, tendo uma sensação de saber sem nenhum conhecimento claro. Comemore essas habilidades. Celebrar e saudar a capacidade de ver além dos limites físicos. A vossa realidade chama-lhe Clarividência. Celebrar e saudar a capacidade de intuitivamente sentir, sentir e identificar emoções e energias bloqueadas, como um Clarisenciente. Clariaudiência é a capacidade de ouvir vibrações e orientação interior. Celebrar e saudar esta consciência alargada.
 
Muitos estão começando a ver, sentir ou sentir os campos de energia em torno dos seres vivos. Muitos também estão experimentando poderosos sonhos lúcidos enquanto estão em seu estado de sono, quando é mais fácil percorrer as dimensões e os prazos. Muitos estão experimentando a capacidade de passar das dimensões normais para as paranormais e retornar à vontade. Essa habilidade chamaríamos Morphing.
 
Bem-vindo e invoque a capacidade multidimensional de saber sem exigir dados mentais, para adquirir orientação de seus reinos dimensionais internos da verdade. Estes variados aspectos e capacidades multidimensionais estão a surgir. Esta é a transformação da consciência que está ocorrendo dentro de cada um de vocês.
 
Convidamos você a acolher essas habilidades, fazer com que seja sua intenção permitir que elas surjam dentro de sua consciência, pois são ferramentas que lhe servirão bem nos próximos dias. No entanto, quando eles são ativados pela primeira vez em seu sistema, pode ser alarmante. Convidamos você a ser gentil e paciente consigo mesmo. Mantenha essas habilidades em um estado de graça enquanto as integra em sua consciência desperta. Mantenha a intenção de que esses sentimentos e conhecimentos sejam sempre gerados a partir da mais pura fonte de amor e luz que está banhando seu planeta. Mantenha a intenção e a frequência de que você está sempre sob a lei da proteção divina
 
É importante que se permita expressar qualquer energia discordante que seja sua pessoalmente ou um aspecto do coletivo. Use as ferramentas dos sons e torne essa ação sagrada ao liberar o que está sentindo. Com intenções sinceras e claras, lembrem-se de sempre preencher o vazio que acabaram de criar por este trabalho de libertação com qualidades e emoções que são de uma vibração mais elevada. Você é um transformador de energia disfuncional. Existem muitas, muitas práticas energéticas que podem e irão mudar as vibrações; use todas as ferramentas disponíveis. Envolver e convidar apoio e assistência celestial e divina, está sempre disponível mediante solicitação.
 
Lembre-se, é o cálice do coração em que a alquimia da transformação ocorre. Concentre a consciência do seu coração e, com intenções claras, envie energia de cura como um feixe de laser para qualquer situação. Pratique a conexão com a consciência e o conhecimento do seu coração; com o tempo, você começará a confiar nesse conhecimento antes que sua mente lhe ofereça dúvidas. Concentre a consciência do seu coração em uma realidade que sustenta toda a vida e, neste cálice alquímico da energia do seu coração, invoque e Ancore uma nova realidade, um novo mundo. Saiba que você é poderoso além da medida quando seu foco está dentro do seu Sagrado Coração. a"equipa"
 
A 'Equipe'
  
Peggy Black
 

 

 
©2006/24 Peggy Black. Todos os direitos reservados. Pode partilhar esta mensagem e distribuí-la, desde que não altere nada, dê crédito ao autor e inclua este aviso de direitos de autor e o endereço na rede: www.morningmessages.com subscribe to the FREE 88 messages.

Share with me your experiences and insights of how these Morning Messages have served you, email me at: joyandgratitude@aol.com Thank you.
  
Arquivos:

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)
Free counters!Visitor Map
 
 

Junho 19, 2024

chamavioleta

Acessando a Sabedoria do seu Eu Superior

Pelo ARCANJO MIGUEL

Canal: Ronna Vezane

Tradução thoth3126 a 16 de junho de 2023

 

 


 

Amados mestres, a Ascensão requer alcançar uma consciência mais clara de Si Mesmo, e aceitar o fato de que você é uma semente de Fogo Branco da faceta de nosso Deus Pai / Mãe. À medida que você se aprofunda cada vez mais para dentro de si mesmo, percebe sua conexão íntima com o TODO QUE É. Uma vez que você tenha sentido a bem-aventurança requintada de uma conexão coração a coração com nosso Deus Pai / Mãe, e seja capaz de atrair totalmente as Partículas Adamantinas de Amor / Luz, seu anseio por amor é gradualmente realizado. Sua fome de sustento também será satisfeita e você receberá a força, a vontade e a determinação de que necessita para completar com alegria sua missão terrena.

...

A energia é gerada por meio de padrões de frequência de atração, em vez de padrões de resistência ou fricção. Pensamentos, palavras e emoções têm um efeito útil ou prejudicial no vaso físico e também criam uma certa faixa de frequências dentro de seu campo áurico e além. Assim, sua realidade no plano físico é criada. As leis do Universo afirmam que “você deve sempre experimentar aquilo que cria.”

LEMBRE-SE: A PALAVRA FALADA É A LÍNGUA DO MUNDO FÍSICO. A LINGUAGEM DO ESPÍRITO É COMPOSTA DE LUZ, GEOMETRIA SAGRADA, IMAGEM, SOM E COR. QUANDO VOCÊ ESTÁ RADIANDO AS FREQÜÊNCIAS REFINADAS DO AMOR AO REDOR DE VOCÊ, AS FORÇAS NEGATIVAS NÃO O AFETARÃO.

Meus bravos, vocês devem se tornar um afluente do Rio da Vida, um canal para a Força Divina da Criação fluir. A estagnação começa imediatamente quando você interrompe o fluxo de Partículas Adamantinas para dentro e através do seu Coração Sagrado. Conforme você se torna um Sentinela de Luz, sua aura vai crescer e brilhar conforme você se torna iluminado pelo esplendor do Espírito. Você, sua casa, seu bairro, cidade, estado, província e país têm um campo áurico, seja claro ou escuro. O coração e a alma de cada país devem ser revividos. Quando a unidade de consciência é perdida, a força espiritual da vida de um país começa a diminuir. Lembre-se de que tudo o que existe tem uma aura. A divindade e o incrível poder do Criador estão em tudo!

Muitas almas são o que poderia ser denominado espiritualmente falidas, pois elas usaram sua cota de Partículas Adamantinas de Vida / Luz e agora estão tão imersas nas frequências mais baixas do mundo da Terceira e Quarta Dimensões que não podem mais entrar no rio cósmico da Vida e atrair o espectro total da Luz do Criador. Ou, desde a primeira infância, eles não foram capazes de atingir o nível necessário de padrões de frequência harmoniosos para acender sua cota de Partículas Adamantinas armazenadas em seu Sagrado Coração.

Infelizmente, muitas queridas Almas levam consigo para a morte a maior parte de sua cota de Luz do Criador. Estas são as Almas atormentadas que não se sentem amadas e levaram uma vida de sofrimento e muitas vezes de isolamento ou violência, que foi criada por uma sensação de desesperança, sentimentos de ódio de si mesma e inferioridade. Freqüentemente, concentram seu ódio e frustração externamente, culpando os outros e o destino por seus fracassos, enquanto o tempo todo não percebem que são a fonte de sua própria dor e sofrimento.

Muitos desses preciosos escolheram surgir no que poderia ser chamado de espectro inferior de Sombra e Luz. No nível da Alma, eles escolheram a sobreposição para o drama da vida que vivenciariam porque desejavam superar certos padrões de frequência desequilibrados do passado. No entanto, muitas vezes o caminho que eles escolheram é um grande desafio e eles voltam aos padrões negativos de muitas vidas infrutíferas. Aqueles que têm menos liberdade de escolha são movidos pela obsessão, vícios e impulsos inconscientes. Eles são controlados por influências negativas do passado que são muito difíceis de corrigir. Lembre-se, querido coração, você não é julgado por ninguém além de si mesmo e sempre terá a oportunidade de superar as transgressões do passado. O perdão a si mesmo é o primeiro passo para curar o passado e reconectar-se com o poder interior.

Pode parecer cruel e indiferente; entretanto, um mestre de si mesmo terminará gradualmente os relacionamentos com pessoas com as quais não está mais em harmonia. Não deve haver julgamento, apenas um abandono gradual e uma retirada ou ruptura de quaisquer cordões de energia de apego. Geralmente é a outra pessoa que termina o relacionamento, pois ela não pode mais receber a “energia emocional” que exige da pessoa iluminada.

Tantas almas solitárias estão procurando suas almas gêmeas, e isso está acontecendo em todo o mundo à medida que mais e mais almas alcançam um certo nível de harmonia interior. Para milhões de vocês, este é o momento em que sua Alma atingiu o ponto mais avançado de sua jornada de separação, e vocês agora estão no meio da jornada de “reunião e integração”. Sua Alma foi gradualmente infundida com um descontentamento Divino que está lentamente se filtrando em sua consciência, e você se voltou para dentro a fim de domar o ego e se reconectar com a Alma, a Superalma e as múltiplas facetas de seu Eu Superior. Você agora tem o potencial de se conectar com as muitas Facetas de sua família de Alma, seu Eu Superior, suas muitas Superalmas e seu Raio de Deus (Presença EU SOU).

Por outro lado, muitas Almas Gêmeas têm padrões vibracionais de Alma semelhantes, mas não necessariamente têm padrões áuricos físicos semelhantes. As frequências da alma são mais fortes do que os padrões de frequência física e são mais fortes quando você está em um estado emocional equilibrado e sincero. Se o brilho for forte o suficiente, a beleza da Alma brilha; no entanto, pode não ser forte o suficiente para superar os traços físicos, emocionais e mentais que não estão em harmonia uns com os outros, a fim de criar um relacionamento duradouro e satisfatório. Os relacionamentos físicos são difíceis, na melhor das hipóteses, no plano terreno, especialmente quando você está se esforçando para o autodomínio e está no processo de “conhecer a si mesmo”, o que leva a constantes mudanças transformacionais internas e externas.

Meus bravos, nunca se esqueçam, vocês são eternos e imortais. Seu corpo físico é um templo temporário no qual Deus habita. O Sagrado Coração é o templo da Alma; aí está a Essência da vida, onde reside o amor verdadeiro e onde começa a sua consciência do Infinito. A Célula Divina do Núcleo Diamante dentro do Coração Sagrado contém os Doze Raios da Consciência Divina que são prismas de cristal etérico de Luz refratada chamados Raios que irradiam a Essência da Criação.

A morte é uma metamorfose, uma mudança do manto da carne por um manto de luz. Você tem apenas uma vida e esta é eterna. Você assumiu muitos papéis durante sua jornada pela eternidade; entretanto, você é como era no início em seu Sagrado Coração: um filho Divino do Criador Supremo. Tornar-se “Cristado” é perceber sua Divindade interior e, então, seguir infalivelmente a orientação de seu Eu Divino. Nos reinos mais elevados, o seu vaso de Luz é puro, perfeito e indestrutível. Visualize uma totalidade que nunca foi alterada e não tem imperfeições .

Ficar centrado no Sagrado Coração mantém sua conexão com os níveis mais elevados da Consciência de Deus e garante um fluxo constante de Luz, Amor e Vida do Criador. A mente superconsciente é um ímã para verdades mais elevadas e divinas. O corpo de desejos é uma força geradora dentro de cada pessoa. Você é dominado pelo corpo de desejo do ego, que é controlado pelos sentidos físicos, ou pelo corpo de desejo espiritual “correto”, que é controlado pelo Eu Superior.

A mente subconsciente e subjetiva é governada pela mente consciente e pelo condicionamento passado. Ele é programado e reprogramado por meio de influências vibratórias, por meio das quais as formas-pensamento inferiores e negativas do passado o convenceram de que você é pecador, fraco, imperfeito e inferior. Ao longo de suas muitas experiências de vidas passadas, você criou um poderoso vórtice de dúvida, depressão, medo, escassez e doenças debilitantes, que leva à morte prematura. Essas formas de pensamento prejudiciais têm sido repetidas continuamente até que estejam firmemente enraizadas na mente subconsciente de cada indivíduo, bem como na estrutura de crença consciente coletiva, até que se tornem a realidade aceita pelas massas.

Sua mente sagrada sempre sabe a verdade e ela acabará por anular os equívocos da mente consciente, que podem ser reprogramados enquanto você se esforça para limpar a mente subconsciente de influências negativas. Sua Mente Sagrada é a conexão direta com a Mente Divina. A moderação em todas as coisas resulta em equilíbrio, equilíbrio e uma sensação de bem-estar.

O autodomínio leva ao controle das emoções físicas e dos processos de pensamento da mente inferior. Um Auto-mestre permanece firmemente centrado dentro do Sagrado Coração no meio do caos e da mudança, agarrando-se firmemente à sabedoria da Mente Sagrada ? conforme reúne força e orientação de nosso Deus Pai / Mãe ? sempre um observador do processo como todos a ilusão desaparece lentamente.

Ascensão significa atingir uma consciência mais clara do Eu e aceitar o fato de que você é uma extensão de nosso Deus Pai / Mãe Ao iniciar o processo de integração das muitas facetas de seu Eu Superior, você também entrará em contato com suas habilidades criativas superiores. Você deve aprender a aperfeiçoar um estado de relaxamento alerta, no qual você é o co-criador e também um observador do processo. Você deve ser paciente, pois há um estágio preparatório que deve ser seguido no processo de ativação de seus poderes e atributos de consciência superior.

A linguagem das mentes inconscientes e subconscientes é principalmente imagens . O processo de ativação e integração das mentes subconsciente, consciente e superconsciente é bastante acelerado pela prática deliberada de aperfeiçoar suas habilidades de imaginação e visualização. Aperfeiçoar suas habilidades de Tele-pensamento requer uma intensa vontade de ter sucesso, junto com determinação e concentração .

Sua progressão para os reinos superiores de consciência é um processo de despertar gradual, por meio do qual você desperta para as cutucadas e a sabedoria de seu Eu-Alma e de seu Eu Superior sobre a Alma. Ao entrar no Caminho da Iluminação, você inicia o processo de desenvolvimento de uma percepção consciente e atenta . Você deve primeiro se concentrar nos aspectos físicos do seu Ser: seu vaso físico, o sistema de chakras, sua natureza emocional e suas capacidades mentais. Gradualmente, ao longo do tempo, conforme você equilibra, harmoniza e integra um certo grau de consciência de unidade dentro de seu estado físico de ser, você está pronto para acessar os padrões vibracionais, sabedoria, atributos e habilidades das realidades superiores da Quarta e inferior da Quinta Dimensões. Este é o processo básico de transformação chamado Ascensão em Consciência .

Este procedimento inclui unir, equilibrar e integrar os hemisférios direito e esquerdo do cérebro, obtendo acesso à sua Mente Sagrada, bem como equilibrar e harmonizar os sete centros mentais etéricos dentro do corpo físico chamado sistema de Chakras. Conforme você acende o Fogo Kundalini que está armazenado dentro do Chacra Raiz [Muladhara] e sua reserva de Partículas de Luz Adamantina (que foram armazenadas lá no nascimento para uso futuro), você inicia o processo de abrir e ativar os Sete Selos da consciência superior. Você gradualmente ganhará acesso ao seu centro do Coração Sagrado, e sua Célula Divina do Núcleo Diamante começa a brilhar, ampliando e irradiando com maior força os Raios da Consciência Divina dinâmicos. Esta é a sua fórmula especial, sua canção da alma, que foi codificado dentro de sua estrutura cristalina antes de sua jornada para a fisicalidade. Sua tarefa é magnificar, aumentar e adicionar a esta Assinatura de Luz da Alma à medida que você se move cada vez mais para a Consciência Divina expandida.

Você deve perceber que existe em um turbilhão de frequências vibracionais criadas por meio de seus próprios pensamentos, ações e intenções fortes. Enquanto existe no ambiente de frequência inferior de uma realidade da Terceira e Quarta Dimensões, você só tem acesso às forças de energia compostas da Substância da Força de Vida Primordial, a Luz de meio espectro dos planos materiais desarmônicos da existência. Essas frequências vibracionais responderão aos seus pensamentos e ações, sejam positivas ou negativas, eventualmente manifestando-se materialmente, dependendo da força e da repetição de seus pensamentos. Seu estado mental de espírito determina o resultado de seus esforços criativos. A Lei Universal garante que você experimentará as expressões manifestadas resultantes de seus pensamentos e ações, sejam positivas ou negativas. Você está disposto a se esforçar para manter uma natureza equilibrada e vigorosa, de modo que os padrões de frequência que irradia para o mundo sejam amorosos, gentis e benéficos para todos?

Se você realmente leva a sério o desenvolvimento de suas habilidades latentes de comunicação telepática, é importante que dedique algum tempo a cada dia para estudar e praticar. Crie um espaço sagrado onde não seja perturbado e peça aos seus guias e professores para se juntarem a você lá. Conforme você gradualmente se sintoniza com os reinos mais elevados e limpa as distorções do passado de sua coluna pessoal de Luz, que o conecta com sua Presença EU SOU (Eu Divino) e nosso Deus Pai / Mãe, você desenvolverá lentamente sua capacidade de manter um nível de estado alfa constante. Depois disso, você desfrutará de um relacionamento contínuo com seu Eu Superior , seus guias, professores, o Conselho Cósmico de Luz e o reino angélico. Esse é o seu objetivo final.

 

Meus bravos, sabemos que pode haver muita dor, desconforto e medo enquanto vocês se movem por esses processos acelerados. Saiba que, juntos, superaremos todas as adversidades. Nossa missão é abrir o caminho para qualquer alma querida que expresse o desejo de retornar à harmonia. Quando você duvida, precisa de inspiração ou força, entre em sua Pirâmide de Luz e nós lhe daremos coragem, te elevaremos e inspiraremos. Quando você se sentir sozinho ou não amado, mova-se para o centro do seu Sagrado Coração, e estaremos lá esperando para preenchê-lo com o amor radiante de nosso Deus Pai / Mãe. EU SOU o Arcanjo Miguel.

Ronna Vezane 

http://starquestmastery.com/

email: RonnaStar@earthlink.net

O compartilhamento pessoal com amigos ou postagem em sites e publicações é permitido, desde que as informações não sejam alteradas, extraídas ou adicionadas, e o crédito de autoria e o endereço do meu site estejam incluídos: StarQuestMeciation.com


As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 
 

Abril 30, 2024

chamavioleta

A Diferença entre Espírito e Alma

Pelo ARCANJO MIGUEL

Transmitido através de Ronna Vezane
Pôsto a 1 de maio de 2023

 

Amigos amados: os ensinamentos do Arcanjo Miguel se tornaram mais avançados e complexos ao longo dos anos. Muitas almas queridas estão buscando respostas e orientação durante esses tempos turbulentos de transição. Muitas das mensagens atuais estão além da compreensão daqueles que estão apenas começando a buscar a consciência espiritual. Amados, vocês já se perguntaram: qual é a diferença entre sua “Alma” e o seu “Espírito”? 

A Diferença entre o Espírito e a Alma

Ao longo do ano passado, o Arcanjo Miguel me orientou para mensagens / conceitos que se repetem, ao atualizar e agregar a sua multiplicidade de ensinamentos de sabedoria. Em nossas mensagens atuais, continuaremos a rever alguns dos milhares de ensinamentos importantes que o Arcanjo Miguel nos brindou e, ocasionalmente, ele acrescentará uma parte de uma mensagem particular que é de vital importância para a compreensão de todos. Ao ler e estudar os ensinamentos de nosso amado Michael, mais e mais “Pérolas de Sabedorias” serão revelados.

A DIFERENÇA ENTRE  O “ESPÍRITO” E A “ALMA”

Amados, vocês já se perguntaram: qual é a diferença entre sua “Alma” e o seu “Espírito”? O que é a Alma? Do que ela é composta? Onde se originou? O que acontecerá com sua Alma quando seu corpo morrer ou transcender? Onde ela “RESIDE” em seu corpo? Você pode se tornar uma “alma perdida”? Sua alma precisa ser “salva” por causa dos “pecados” passados?

Todas essas perguntas foram feitas e ponderadas durante todas as eras que a humanidade esteve na Terra. Permita-nos dar-lhe algumas respostas concisas e simplistas para adicionar a sua nova e mais completa compreensão do funcionamento do universo e das suas origens divinas.  Dependerá de você se você aceitar ou não essas explicações como verdadeiras. Como sempre, pedimos que você use seu discernimento e apenas aceite como sua verdade aquelas coisas que ressoarem profundamente em seu coração e Alma.

A um nível cósmico ou Omniversal, você é “Espírito”, uma Faceta ou Raio da Essência Divina enviada do núcleo do coração do Criador Supremo. Nesse nível, você está plenamente consciente de quem você é e de sua conexão com o Criador Supremo; você também está ciente e conhece sua poderosa identidade “EU SOU”. Ao nível universal, você é um cocriador divino, mais uma vez enviado em um grande raio de luz refratado para manifestar mundos sem fim em nome de nosso Deus Pai / Mãe. Você estava ciente do plano Divino geral para este universo e da parte em que você deveria jogar; no entanto, você pode ou não ter lembrado suas origens ou identidade em um nível cósmico. Este tema foi reproduzido uma e outra vez através das eras, já que assumiu uma grande quantidade de formas e identidades.

Como Espírito, que chamaremos de sua Semente Atômica de Deus ou seu Raio de Deus, você é um grande Ser de Luz, que também enviou muitas facetas ou sub-raios de si mesmo, deixando OverSouls ou partes de sua Essência em muitas dimensões diferentes, galáxias, sistemas estelares, sub-dimensões e mundos ao longo deste universo. Por sua vez, cada um desses grandes OverSouls também enviou Faíscas ou fragmentos de Alma de sua Essência. O que você é agora encarnou em um corpo físico no planeta Terra é uma daqueles Faíscas ou fragmentos de Alma de sua Essência, que concordou em sair do grande vazio desconhecido com uma Missão Divina codificada para auxiliar na criação de muitos mundos diversos – habitar neles e depois experimentar o que ajudou a criar para que suas experiências únicas possam ser incorporadas na consciência universal e, finalmente, na Mente Cósmica.

Seu corpo físico é um vaso temporário que você escolheu para abrigar sua Alma por um curto espaço de tempo nos reinos da expressão material. Espírito, ou Consciência Divina, habita dentro do seu Sagrado Coração e Alma. É a Essência da vida, e você sempre terá uma linha de vida ininterrupta conectada com o Criador (não importa quão pequena ou fraca que essa conexão tenha se tornado quando você afundou na densidade dos reinos de Terceira e Quarta Dimensão).

Sua Alma é uma faceta imortal de sua mais vaga Faísca ou fragmento de Alma de sua Essência que percorreu todo o espaço e tempo para ganhar experiência e maior consciência de si mesmo. Dentro de sua Alma esta o registro de todas as experiências positivas que você teve durante as muitas eras e suas muitas vidas. Sua Alma e DNA contém átomos de semente de memória, que são codificados com uma história condensada (positiva e negativa) de cada vida, e também gravados dentro de um Átome Semente de Memória que é tudo o que precisa ser equilibrado e retornado à substância pura da Divina Luz.

Chega um momento em que cada alma atingiu o ponto mais distante de sua jornada de separação e um átomo de semente de memória é inflamado. Isso indica que é hora de começar a jornada de reunião e integração mais uma vez. A Alma é gradualmente infundida com um descontentamento divino, que lentamente filtra a consciência da mente humana. Espero que seja quando você, como uma entidade humana, começa a mudar para domar o corpo de desejos e paixões do ego, para que você possa se reconectar com a sua Alma, depois com o seu Eu Superior e múltiplas Facetas do seu Eu Divino que residem dentro dos múltiplos sub-planos das primeiras quatro Dimensões deste Sub-universo.

Nas vidas passadas e nas eras passadas, esta reunião gradual da Alma e suas muitas Facetas do seu Eu Divino foi um evento muito individualizado e pessoal – não experimentado pelas massas – apenas por poucos. Isso não é mais verdade. Agora é um momento de despertar em massa – um momento de reunião global, galáctica e sub-universal e ascensão à um estado elevado de consciência criada pelo Espírito. Você agora tem o potencial de se reconectar com as muitas Facetas da sua família da Alma, com seu Eu Superior, suas muitas Facetas do seu Eu Divino e sua Tríade Sagrada no primeiro sub-nível da Quinta Dimensão. Em um nível cósmico, o Criador Supremo está agora enviando o resplendor de si mesmo através dos Grandes Sois Centrais, e que está sendo filtrado na Terra em grandes rajadas de Chama Viva da Vida através do Sol (o coração) do seu sistema solar.

A Alma poderia ser descrita como um átomo de sementes da energia pulsante da Força da Vida, que reside dentro do seu núcleo de diamante da Célula Divina. A Alma pode ser apenas uma pequena Faísca da Vida dentro da área do coração naqueles que ainda estão presos na ilusão das Dimensões mais baixas; no entanto, à medida que floresce e cresce em seu poder dinâmico completo, ela se expande e se torna o “Centro de energia solar”, que abrange o plexo solar, o coração, o timo e a área da garganta. Muitas vezes, isso é chamado de “The Three-Fold Flame”(A Chama de Três Dobras), e o coração sendo chamado de “Assento da Alma”. A Alma se comunica com vocês tanto pelo seu corpo emocional quanto pelo mental: as emoções através do centro do coração e com o mente através da glândula pineal quando esta esta funcionando; ao acender os pacotes de luz / sabedoria armazenados nas porções de vibração mais altas do cérebro, chamado de Mente Sagrada.

Dizemos enfaticamente que você não pode se tornar uma alma perdida, se você quer dizer perder sua conexão com o Criador. Você pode perder o seu caminho, e você pode perder ou diminuir sua Luz do Criador, mas sua Alma é imortal e nunca pode ser perdida ou destruída. Você se salva da dor, do sofrimento e da ilusão de estar desconectado do Criador através da integração de sua Alma, dos seus múltiplos Eus Superiores e sua Divina Centelha. 

Os Grandes Seres da Luz vieram à Terra para serem exemplos, e para mostrar-lhe os muitos caminhos que levam à iluminação. Queridos corações, escolha o caminho que ressoa dentro de voce. No entanto, deve incluir a reintegração de seu Ser de Almas / Espírito com o Criador através da miríade de Facetas de seu Ser que residem nas múltiplas dimensões da Criação.

A pergunta foi feita: o que acontece depois que nos reconectamos com as múltiplas Facetas de nossa Alma e Eu Superior? Durante esses tempos de grande mudança, você não precisa deixar sua encorporação física no meio deste processo, e muitos de vocês estão se movendo rapidamente no caminho da integração neste momento. Muitos anos atrás, nós lhe demos o significado de A Promessa Dourada, e essa promessa é que você tem a capacidade de extrair para você toda a Essência de seu Raio de Deus Pai/Mãe (Presença EU SOU) que você pode conter. No entanto, você deve integrar e usar a energia que você acessa, para o bem melhor para todos. Você tem o potencial de se tornar um mestre ascendido, respirando, em pleno funcionamento, de nível terrestre na carne. Esse é um dos milagres disponível desses tempos.

Nós entendemos que há vários níveis na espiral da ascensão. Ele é interminável, pois a Criação cai, flui e evolui. Também gostaríamos que você soubesse que há um grande número de almas amadas queridas caminhando pela Terra que estão muito perto da ascensão galáctica. Eles concordaram em renunciar a sua própria ascensão para servir no serviço e ajudar os outros no caminho da ILUMINAÇÃO. Foi um acordo que eles fizeram antes de encarnarem nesta vida, e eles são muito dedicados à sua tarefa e determinados a completar sua missão. Nós sabemos quem você é, e nós o honramos pela sua grande dedicação e serviço.

Nós lhe dissemos que você é a Inalação do Criador. Estes são tempos sem precedentes, pelo que você tem o potencial de resolver todos os problemas kármicos passados, para se harmonizar com o seu Ser mais vasto e para se tornar parte integrante do plano de Deus Pai / Mãe para a expansão desse Sub-universo. Você não está pronto para deixar de lado as restrições, crenças e limitações antigas e residuais que o impedem de se mudar totalmente da agitação da dor, do apego, da falta e do sofrimento? Você permitirá que sua mente e coração se abram para a sabedoria superior de sua Alma e Espírito? Os éteres, ou campos de vibração mais altos da consciência, são preenchidos com energia potencial, esperando apenas para ser moldado se transformando em seus maiores sonhos e desejos.

Lembre-se, quanto mais Criador de Luz você se torna e trabalha para o maior bem de todos, mais você energizado e magnetizado – o que resultará em mudanças aparentemente mágicas e positivas em você e sua realidade pessoal. Toda vez que você visita sua Pirâmide pessoal de Luz na Quinta Dimensão, você trará mais da energia cósmica  de volta com você para o domínio da fisicalidade. Se você conscientemente crie uma coluna de (Luz) ascensão ** onde você reside (como muitas Almas queridas ao redor do mundo já fizeram), através de seus esforços, as vibrações de Amor / Luz irão irradiar através de você e para fora, mais e mais ao redor de você. 

Cada um de vocês pode ser fundamental para ajudar sua rua, seu bairro, sua cidade e seu país a atingir as freqüências refinadas de Luz necessárias para criar um ambiente de paz, abundância e prosperidade. Você é muito mais poderoso do que você percebe. Pare agora e sinta a sua “Canção da Alma” reverberar e murmurar em todo o seu corpo. Você está sintonizando a Sinfonia das Esferas da Luz. Bem-vindo ao nosso mundo, amados. Venham, vamos seguir em frente juntos. Você é amado além da medida. EU SOU o Arcanjo Miguel.

Ronna Vezane 

http://www.starquestmastery.com/

email: RonnaStar@earthlink.net

 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 
 

Março 28, 2024

chamavioleta

A Merkabah (Mercabá) de Luz

Autoria de Langa

Posto a 27 de março de 2024 por

 
 
A Merkabah de Luz – Amados Irmãos, nós dos Reinos Superiores temos trabalhado com a raça humana durante séculos, e nós sabemos que seu plano de existência nunca teve a oportunidade de ancorar a Consciência Crística através do décimo segundo Raio Cósmico Dourado. Trabalhadores da Luz e Viajantes – tal como este canal – no seu Planeta estão conseguindo um grande progresso em distribuir as mais altas freqüências vibratórias do Raio Rosa do Amor através da consciência coletiva, elevando a faixa frequencial coletiva, e assim facilitando o download de novos pacotes contendo códigos de ativação do DNA (ADN). 
 
Os pacotes são armazenados no centro Dourado do seu Centro Cardíaco. Muitos de vocês estão começando a sentir estas novas vibrações pela manhã, logo após ter acordado. 
 
 
Assim que cada download se completar, os códigos serão ativados através de feixes de luz. Quando você passar pela ativação, seu corpo deverá ter bastante água a fim de distribuir as vibrações por todo o seu sistema. Você deveria beber água em períodos regulares, três litros de água todos os dias. Comer bem e descansar bem também são importantes.
 
 
Uma Merkabah (figura tridimensional do selo de Vishnu, o chakra cardíaco), um veículo de Luz composto de dois tetraedros (poliedro referente ao elemento FOGO)
 
Um corpo bem alimentado e bem descansado tem um campo energético mais equilibrado. Seu campo energético possui os mesmos centros de força que o Campo Energético do Criador. 
 
Sistema de chakras equilibrados criando uma Merkabah (figura tridimensional do selo de Vishnu, o chakra cardíaco), um veículo de Luz composto de dois tetraedros (poliedro referente ao elemento FOGO) entrelaçados em volta do corpo físico 
 
O seu próprio campo é como uma gota de água do oceano. A gota é um mini oceano com todos os componentes do oceano. No seu campo energético você tem mais de 300 centros energéticos ou chakras. 
 
Entretanto, seus sete chakras primários são os responsáveis por manter o equilíbrio do seu campo energético.
 
Para uma total ativação com sucesso do seu novo DNA, seu campo energético deve estar convenientemente equilibrado; há muitos métodos que você pode usar para investigar fundo em si mesmo e equilibrar seus chakras, equilibrar seu campo energético. 
 
Em adição aos sete centros energéticos primários, sete outros chakras principais estão sendo ativados no seu corpo sutil, os chakras Cristal.Se você lembrar de todos os grandes mestres espirituais que andaram na face de seu Planeta, cada um deles tinha todos os 14 chakras ativos.
 
No passado, essa era uma configuração energética de poucos, mas agora toda a ajuda externa está preparando uma ativação maciça, então todos vocês têm a possibilidade de atingir o mesmo estado em expansão energética que aqueles mestres espirituais. 
 
Os sete chakras principais e sua distribuição no corpo físico da espécie humana com suas respectivas cores e símbolos:
 
 
 
Antes de encarnarem, vocês concordaram em ajudar na ativação coletiva através da ativação do seu próprio sistema. Toda a ajuda externa está pronta na periferia – esta oportunidade realmente é muito preciosa para se desperdiçar – mas a sua ativação pessoal só pode começar se você destrancar o seu Centro Cardíaco.
 
O Amor é a chave.
 
Não há nenhuma tranca que não possa ser aberta pelo Amor. Diferente de alguns dos seus outros centros energéticos, a abertura do Chackra Cardíaco sempre começa com relances. Tem que ser gradual, tal como uma flor se abre tão suavemente que você não consegue ver quando a abertura está ocorrendo.
 
Você veio a este plano de existência determinado a ajudar e a fazer a diferença, e esta é a hora de você assim fazer. Indiferente de como você despertou para a dimensão espiritual, uma vez que você a experimentar, uma tremenda quantidade de força fluirá através do seu sistema alcançando os sete níveis de consciência, intensificando todo aspecto do seu ser. 
 
Abaixo o Chakra cardíaco, o Lótus de doze pétalas circundando o Selo de Vishnu (No ocidente mais conhecido como selo de Davi/Salomão). Os dois triângulos entrelaçados representam a fusão do masculino com o feminino, o equilíbrio entre as duas forças Divinas Criadoras que se unem no coração. 
 
Essa força é o aspecto primário da energia do Criador, e corresponde ao Raio Rosa do Amor. Logo que o seu Chakra Cardíaco ressonar com a frequência mais alta do Amor, uma chama sem fumaça irá brilhar no seu peito. Esta chama corresponde à Consciência Crística hiper-dimensional e é o maior mistério do Universo, toda a vida depende dela.
 
Chacra Anahata 
 
Quando você abre seu Coração e a Consciência Crística flui através dele, haverá um tremendo impacto em você. Ela literalmente transforma você. 
 
Não importa sua condição ou seu desenvolvimento da consciência, não importa a sua idade ou sua posição social na rede de comunicação do seu plano, buscar esta Chama deveria ser sua tarefa principal. Lembre-se, uma das Leis do Logos é: tudo que você procura também procura por você. 
 
O Ser Humano como um campo de energia
 
A Consciência Crística existe fora do espaço e do tempo; Ela é uma consciência multidimensional do Príncipe Sananda, a consciência que portava meu amado Irmão e Mestre Jesus. 
 
Ela é a consciência do Um e a Unidade do Tudo Que É.
 
Trabalhe no equilíbrio de seus chakras e campo energético, abra seu Coração e distribua as vibrações mais elevadas de Amor, logo a total ativação do seu novo DNA ocorrerá, e você nascerá numa nova forma de Divindade. 
 
Não se contente com menos. EU SOU Emmanuel.
 

 
“Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra” – Mateus 5:5
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Março 06, 2024

chamavioleta

A Misteriosa Shambhala

Por Jason Jeffrey

Tradução: Thoth3126

Pôsto a 6 de março de 2024

 

Persistentemente, por milhares de anos, rumores e relatos circularam de que em algum lugar além do planalto do Tibete, entre os picos gelados e vales isolados da Eurásia, existe um paraíso inacessível, um lugar de sabedoria universal e paz inefável chamado Shambhala – embora também seja conhecido por outros nomes. Shambhala, que em sânscrito significa “lugar de paz, de tranquilidade”, é pensado situar-se no Tibete como uma comunidade onde vivem seres realizados perfeitos e semi-perfeitos que guiam a evolução da humanidade. Shambhala é considerada a fonte do Kalachakra, que é o ramo mais elevado e esotérico do misticismo tibetano.

 

A Misteriosa Shambhala

“Acredito que a ideia de Shambhala ainda não floresceu completamente, mas quando isso acontecer, terá um enorme poder para remodelar a civilização. É o sinal do futuro. Estou convencida de que a busca de um novo princípio unificador que nossa civilização deve empreender nos levará a essa fonte de energias superiores, e Shambhala se tornará o grande ícone do novo milênio”. – Shambhala, de Victoria LePage

James Hilton escreveu sobre isso no livro  ‘Lost Horizon‘ de 1933, Hollywood o retratou no filme ‘Shangri-la’ dos anos 1960 e filmes mais recentes como ‘Kundun’, ‘Little Buddha’ e ‘Seven Years in Tibet’, que aludem à utopia mágica. Até o autor James Redfield, conhecido por seu best-seller da Nova Era,  A Profecia Celestina, escreveu um livro chamado  The Secret of Shambhala: In Search of the Eleventh Insight.

Shambhala, que em sânscrito significa “lugar de paz, de tranquilidade”, é pensado no Tibete como sendo uma comunidade onde vivem seres perfeitos e semi-perfeitos que guiam a evolução da humanidade.  Shambhala é considerada a fonte do Kalachakra, que é o ramo mais elevado e esotérico do misticismo tibetano.

As lendas dizem que apenas os puros de coração podem viver em Shambhala, desfrutando de perfeita tranquilidade e felicidade e nunca conhecendo o sofrimento, a carência, doença e a velhice. O amor e a sabedoria reinam e a injustiça é desconhecida. Os habitantes vivem muito, usam corpos bonitos, saudáveis e perfeitos e possuem poderes sobrenaturais; seu conhecimento espiritual é profundo, seu nível tecnológico altamente avançado, suas leis brandas e seu estudo das artes e ciências abrange todo o espectro de realizações culturais, mas em um nível muito mais alto do que qualquer coisa que o mundo exterior tenha alcançado.

Por definição, Shambhala está oculta [não se expressa em nossa realidade]. Dos numerosos exploradores e buscadores de sabedoria espiritual que tentam localizar Shambhala, nenhum consegue encontrar sua localização física em um mapa, embora todos digam que ela existe nas “regiões montanhosas” dos Himalayas. Muitos também retornaram acreditando que Shambhala fica no limite da realidade física, como uma ponte que liga este mundo a outro além dele.

A Shambhala sânscrita e tibetana também foi identificada por ninguém menos que Alexandra David-Neel, que passou anos no Tibete, com Balkh – no extremo norte do Afeganistão – o antigo assentamento conhecido como “a mãe das cidades”. O folclore atual no Afeganistão afirma que, antes da conquista muçulmana, Balkh era conhecida como a “Vela Elevada” (“Sham-i-Bala”), uma persianização do sânscrito Shambhala.

Os lamas tibetanos passam grande parte de suas vidas em desenvolvimento espiritual antes de tentar a jornada para Shambhala. Talvez deliberadamente, os guias de Shambhala descrevem a rota em termos tão vagos que apenas aqueles já iniciados nos ensinamentos do Kalachakra podem entendê-los.

Como Edwin Bernbaum diz em  The Way to Shambhala :

“À medida que o viajante se aproxima do reino, suas direções tornam-se cada vez mais místicas e difíceis de correlacionar com o mundo físico. Pelo menos um lama escreveu que a imprecisão desses livros é deliberada e destinada a manter Shambhala escondida dos bárbaros que dominarão o mundo”. 1

A referência do lama aos bárbaros “que vão dominar o mundo” está diretamente ligada à profecia de Shambhala. Esta profecia fala da [momento atual] deterioração gradual da humanidade à medida que a ideologia do materialismo se espalha pela Terra. 

Quando os “bárbaros” que seguem essa ideologia estiverem unidos sob um rei maligno e pensarem que não há mais nada a conquistar, as névoas se dissiparão para revelar as montanhas nevadas de Shambhala. 

Os bárbaros atacarão Shambhala com um enorme exército equipado com armas terríveis.  Então o 32º rei de Shambhala, Rudra Cakrin, liderará uma poderosa hoste contra os invasores.  Em uma última grande batalha, o rei maligno e seus seguidores serão destruídos.

À medida que as culturas do Oriente e do Ocidente colidem, o mito de Shambhala surge nas brumas do tempo. Agora temos acesso a numerosos textos budistas sobre o assunto, junto com relatos de exploradores ocidentais que partiram na árdua jornada em busca de Shambhala. Há muito que podemos aprender para nossa própria jornada individual de compreensão espiritual.

O Reino “Perdido” de Agharta

A ideia de um mundo oculto sob a superfície do planeta é realmente muito antiga. Existem inúmeros contos folclóricos e tradições orais encontrados em muitos países falando de pessoas vivendo num reino subterrâneo que criaram um reino de harmonia, contentamento e poder espiritual.

Os primeiros viajantes europeus ao Tibete contaram consistentemente a mesma história da existência de um centro espiritual oculto de poder. Os aventureiros contaram histórias fantásticas de um reino oculto perto do Tibete. Este lugar especial é conhecido por inúmeros nomes locais e regionais, que sem dúvida causaram muita confusão entre os primeiros viajantes quanto à verdadeira identidade do reino. Esses primeiros viajantes o conheciam como Agharta (às vezes escrito Agharti, Asgartha ou Agarttha), embora agora seja comumente conhecido como Shambhala.

Tomando a lenda em sua forma mais básica, diz-se que Agharta é um misterioso reino subterrâneo situado em algum lugar abaixo da Ásia e ligado aos outros continentes do mundo por uma gigantesca rede de túneis. Essas passagens, em parte formações naturais e em parte obra da raça que criou a nação subterrânea, fornecem um meio de comunicação e conexão entre todos os pontos, e o fazem desde tempos imemoriais. 

Segundo a lenda, vastas extensões de túneis ainda existem hoje; o resto foi destruído por cataclismos. A localização exata dessas passagens e os meios de entrada são conhecidos apenas por alguns altos iniciados, e os detalhes são cuidadosamente guardados porque o próprio reino é um vasto depósito de conhecimento secreto.

O primeiro ocidental a popularizar a lenda de Agharta foi um talentoso escritor francês chamado Joseph-Alexandre Saint-Yves (1842-1910). Saint-Yves foi um ocultista autodidata e filósofo político que promoveu em seus livros o estabelecimento de uma forma de governo chamada ‘Sinarquia’. Ele ensinou que o corpo político deveria ser tratado como uma criatura viva, com uma elite espiritual e intelectual governante como seu cérebro.

Em sua busca pela compreensão universal, ele decidiu em 1885 ter aulas de sânscrito, a língua clássica e filosófica da Índia. Ele aprendeu muito mais do que esperava. O tutor de Saint-Yves era um certo Haji Sharif, que se acreditava ser um príncipe afegão. Por meio desse personagem misterioso, Saint-Yves aprendeu muito sobre as tradições orientais, incluindo sobre a mística Agharta.

Os manuscritos das lições de sânscrito de Saint-Yves estão preservados na biblioteca da Sorbonne, escritos em caligrafia primorosa por Haji. De acordo com Joscelyn Godwin, escrevendo em  Arktos :

“Haji assinou seu nome com um símbolo enigmático e intitulou-se “Guru Pandit da Grande Escola Agarthiana”. Em outro lugar, ele se refere à “Terra Santa de Agarttha”… No devido tempo, ele informou a Saint-Yves que esta escola preserva a língua original da humanidade e seu alfabeto de 22 letras: é chamado Vattan, ou Vattanian”. 2

Saint-Yves logo descobriu que seu treinamento lhe permitia receber mensagens telepáticas do Dalai Lama no Tibete, bem como fazer viagens astrais para Agharta. Os relatórios detalhados do que ele encontrou lá se tornaram o volume culminante de sua série de “Missões” político-herméticas:  Mission des SouverainsMission des OuvriersMission de Juifs e, finalmente, Mission de l’Inde  ( A Missão da Índia ).

Em The Mission of India, aprendemos que Agharta é uma terra escondida em algum lugar no Oriente, abaixo da superfície da terra, onde uma população de milhões é governada por um “Soberano Pontífice”, que é auxiliado por dois colegas, o “Mahatma” e o “Mahangá”. 

Seu reino, explica Saint-Yves, foi transferido para o subsolo e escondido dos habitantes da superfície no início do Kali Yuga, que ele data por volta de 3200 a.C. De acordo com Saint-Yves, os “magos de Agarttha” tiveram que descer para as regiões infernais abaixo deles, a fim de trabalhar para acabar com o caos da terra e a energia negativa. 

“Cada um desses sábios”, escreveu Saint-Yves, “realiza seu trabalho na solidão, longe de qualquer luz, sob as cidades, sob os desertos, sob as planícies ou sob as montanhas”. 3  De vez em quando, Agharta envia emissários ao mundo superior, do qual tem perfeito conhecimento.

Agharta também desfruta dos benefícios de uma tecnologia avançada muito além da nossa. Não apenas as últimas descobertas do homem moderno, mas toda a sabedoria dos tempos está guardada em suas bibliotecas. Entre seus muitos segredos estão os da relação da alma com o corpo e dos meios para manter as almas que partiram em comunicação com as encarnadas.

Para Saint-Yves, esses seres superiores eram os verdadeiros autores da Sinarquia, e por milhares de anos Agharta “irradiou” a Sinarquia para o resto do mundo, que nos tempos modernos escolheu tolamente ignorá-la. Quando o mundo adotar o governo Sinárquico, será o momento propício para Agharta se revelar.

Muito do que Saint-Yves revela em seus livros sobre Agharta, para o leitor moderno, parece de natureza bizarra. Seus escritos são semelhantes aos relatos de mundos estranhos visitados por numerosos exploradores extracorpóreos ao longo dos tempos. Após sua própria investigação de Saint-Yves, o respeitado historiador do esoterismo Joscelyn Godwin escreveu:

“Acredito que Saint-Yves “viu” o que descreveu e que não se considerava, no menor grau, estar escrevendo ficção ou derivando qualquer coisa de qualquer outra pessoa. A prova está em sua absoluta seriedade de caráter e nas publicações e correspondências do resto de sua vida, que tomam Agartha… por realidades inquestionáveis. Mas é outra questão aceitar a sua Agartha em toda a realidade e fisicalidade que ele atribuiu a ela”. 4

Até o início do século XX, a lenda de Agharta permaneceu muito… como uma lenda. As histórias de Agharta se espalharam amplamente na Europa desde a publicação dos livros de Saint-Yves, mas as evidências para apoiar as reivindicações permaneceram tão elusivas como sempre. De fato, era de se esperar que, no novo século racional e materialista, tais histórias fossem finalmente confinadas aos reinos da fantasia: uma tradição colorida a ser classificada ao lado de outros mistérios antigos, como os continentes perdidos da Atlântida e Mu.

Mas tal suposição não permitiu as notáveis ​​descobertas de dois exploradores intrépidos que na década de 1920 foram para a vastidão da Ásia e lá desenterraram evidências sobre Agharta que excediam em muito as de quaisquer relatórios anteriores. Seus relatos, de fato, tornaram-se a pedra angular de nosso conhecimento atual do reino secreto.

Estranhamente, nenhum dos dois se conhecia, mas ambos eram de origem russa. Um fez suas descobertas sobre Agharta enquanto fugia para salvar sua vida dos bolcheviques na Rússia; o outro veio logo depois do exílio auto-imposto na América, buscando penetrar nos mistérios do Tibete. Seus nomes eram Ferdinand Ossendowski e Nicholas Roerich.

O Rei do Mundo

Escrevendo no início do século passado, o viajante russo Ferdinand Ossendowski disse ter notado que havia momentos em suas viagens pela Mongólia em que homens e animais paravam, silenciosos e imóveis, como se estivessem ouvindo. Os rebanhos de cavalos, ovelhas e gado, permaneciam fixos em posição de sentido ou agachados perto do chão. Os pássaros não voavam, as marmotas não corriam e os cachorros não latiam. “A terra e o céu paravam de respirar. O vento não soprava e o sol não se movia… Todos os seres vivos com receio e reverência eram involuntariamente lançados em oração e esperando por seu destino.” 5

“Assim sempre foi”, explicou um velho pastor e caçador mongol, “sempre que o Rei do Mundo em seu palácio subterrâneo ora e procura o destino de todos os povos da terra”. 6  Pois em Agharta, ele disse, “vivem os governantes invisíveis de todas as pessoas piedosas, o Rei do Mundo ou Brahatma, que pode falar com Deus como eu falo com você, e seus dois assistentes: Mahatma, conhecendo os propósitos de eventos futuros , e Mahinga, governando as causas desses eventos…. Ele conhece todas as forças do mundo e lê todas as almas da humanidade e o grande livro de seu destino.” 7

Ferdinand Ossendowski (1876-1945), um cientista polonês que passou a maior parte de sua vida na Rússia, era tão intrigado com as lendas e com o ocultismo quanto com a política. Enquanto fugia pela “Misteriosa Mongólia… a Terra dos Demônios”, ele parava frequentemente para falar com monges budistas e lamas sobre as tradições associadas a lagos, cavernas e mosteiros. Havia uma história que ele disse ter encontrado em toda a Eurásia: ele a chamou de “Reino de Agharti”, considerando-o nada menos que “o mistério dos mistérios”. 8

O conhecimento de Ossendowski sobre o reino oculto surgiu depois que ele caiu na companhia de um notável colega que falava russo, um padre chamado Tushegoun Lama, que também havia fugido da Revolução Russa e podia reivindicar amizade pessoal com o Dalai Lama, então o governante supremo de Tibete.

Foi de Tushegoun Lama que Ossendowski ouviu as primeiras dicas sobre Agharta e se inspirou para investigar as histórias e, finalmente, produzir o primeiro relatório moderno detalhado sobre o reino subterrâneo. Ele chamou esse relatório de Beasts, Men and Gods  (1922), e agora é um livro raro e muito procurado.

Durante a viagem, Tushegoun Lama contou a Ossendowski sobre os poderes milagrosos dos monges tibetanos, e do Dalai Lama em particular – poderes, disse ele, que os estrangeiros mal poderiam começar a apreciar. Então, ele continuou: “Mas também existe um homem ainda mais poderoso e mais santo… O Rei do Mundo em Agharti.” 9

Nesse ponto, de acordo com o relato de Ossendowski, o Lama não esperou para responder às perguntas, mas partiu em seu cavalo. O pobre russo ficou parado na poeira que se assentava com uma série de perguntas rodopiantes passando por sua cabeça. Ele teve que esperar vários meses antes de começar a obter respostas para essas perguntas.

Mais tarde, outro tibetano chamado Príncipe Chultun Beyli disse a Ossendowski que sessenta mil anos atrás um homem santo havia liderado uma tribo de seus seguidores para migrar para as profundezas da terra. Eles se estabeleceram lá, abaixo da Ásia Central, e através do uso da incrível sabedoria e poder do homem santo e do trabalho de seu povo, Agharta tornou-se um paraíso. Sua população agora contava na casa dos milhões, e todos eram felizes e prósperos.

O príncipe também acrescentou os seguintes detalhes:

“O reino é chamado Agharti. Estende-se por todas as passagens subterrâneas do mundo inteiro…. Esses povos e espaços subterrâneos são governados por governantes que devem lealdade ao ‘Rei do Mundo’… Você sabe que nos dois maiores oceanos do leste [Lemúria] e do oeste [Atlântida] havia anteriormente dois continentes. Eles desapareceram sob as águas, mas seu povo foi para o reino subterrâneo. Nas cavernas subterrâneas existe uma luz peculiar que permite o crescimento dos grãos e vegetais e vida longa sem doenças para as pessoas”. 10

Ossendowski, compreensivelmente, encontrou muitas coisas intrigantes e confusas nesses relatos. No entanto, ele estava convencido de que havia encontrado algo mais do que apenas uma lenda – ou mesmo um exemplo de hipnose ou visão em massa – mas mais provavelmente uma ‘força’ poderosa de algum tipo, evidentemente capaz de influenciar o curso da vida no planeta Terra.

Curiosamente, Ossendowski relata que os enormes poderes que o povo de Agharta acreditava controlar poderiam ser usados ​​para destruir áreas inteiras do planeta, mas também poderiam ser aproveitados como meio de propulsão dos mais incríveis veículos de transporte. Foi sugerido que isso poderia ser uma previsão de energia nuclear e discos voadores! [Vimanas da antiga Índia – Arya Vata]! Seu livro Beasts, Men and Gods foi, é claro, publicado em 1922, muito antes de tais tópicos serem sequer discutidos).

Ossendowski fecha seu livro com a profecia do Rei do Mundo (veja “Uma Profecia do Interior da Terra!”, página 33), na qual se afirma que o materialismo devastará a Terra, batalhas terríveis envolverão as nações do mundo, e no clímax do derramamento de sangue em 2029, o povo de Agharta sairá de seu mundo cavernoso.

Emissário de Shambhala

Seria fácil descartar Agharta/Shambhala como pura fantasia, não fosse um explorador muito confiável que procurou, encontrou e voltou para nos contar algo sobre suas experiências.

Nicholas Roerich (1874-1947), um artista, poeta, escritor, místico e distinto membro da Sociedade Teosófica, nascido na Rússia, liderou uma expedição através do deserto de Gobi até a cordilheira de Altai de 1923 a 1928, uma jornada que cobriu 15.500 milhas através de trinta e cinco das passagens de montanhas mais altas do mundo. Como Victoria LePage coloca em seu livro  Shambhala :

Roerich era um homem de credenciais incontestáveis: um colaborador famoso da Sagração da Primavera de Stravinsky, colega do empresário Diaghilev e um membro altamente talentoso e respeitado da Liga das Nações. 11

Ele também foi influente na administração de Franklin Delano Roosevelt nos Estados Unidos e foi a força fundamental por trás da colocação do Grande Selo dos Estados Unidos na nota de dólar. Nicholas Roerich foi exposto pela primeira vez ao budismo e ouviu falar de Shambhala em São Petersburgo, Rússia, durante seu envolvimento com a construção do templo budista sob a orientação do Lama Agvan Dordgiev. 12

Uma das razões para a expedição de Roerich pode ter sido devolver uma pedra que se diz ser parte de um meteorito muito maior que possui propriedades ocultas chamado Chintamani Stone, supostamente vindo de um sistema solar na constelação de Orion. A pedra, diz LePage, “era capaz de dar orientação interior telepática e efetuar uma transformação de consciência para aqueles em contato com ela”. 13

De acordo com a lenda lamaísta, um fragmento desta Pedra Chintamani é enviado para ajudar a estabelecer missões espirituais vitais para a humanidade e é devolvido, quando as missões são concluídas, ao seu legítimo lar na Torre do Rei, no centro de Shambhala. 14  Dizia-se que tal pedra estava em posse da fracassada Liga das Nações, e sua devolução foi confiada a Roerich. Embora não se saiba se ele conseguiu devolver o fragmento ou não, sua expedição ajudou aqueles que acreditavam que Shambhala era mais do que um mito.

Roerich acreditava na unidade transcendental das religiões – na noção de que um dia o budista, o muçulmano, o brâmane, o judeu e o cristão perceberiam que seus dogmas separados eram cascas obscurecendo o cerne da verdade interior. Todas as suas obras abraçaram a crença de que todas as fés aguardavam uma nova era em que essa casca de dogma seria arrancada, a humanidade deixaria de lado suas discórdias e todos se reuniriam em um paraíso de fraternidade universal. Seu símbolo para o paraíso vindouro era Shambhala.

Roerich manteve um diário durante a viagem (publicado como Altai-Himalaya: A Travel Diary ) 15  e, enquanto estava na Mongólia, observou que “a crença na iminência da era de Shambhala era muito forte”. Em seu livro Heart of Asia, Roerich descreve suas observações científicas e sua busca espiritual pessoal. Embora ele estivesse pronto para ouvir histórias de cidades subterrâneas como parte da aventura, seu principal interesse centrava-se na dinâmica espiritual de Shambhala e sua importância como símbolo da era vindoura de paz e iluminação. Essa mistura do científico e do espiritual também está presente nas centenas de pinturas que Roerich fez ao longo da expedição.

“Seu olhar capturou as formas e cores das montanhas, mosteiros, esculturas rupestres, stupas, cidades e povos da Ásia”, escreve Jaqueline Decter em Nicholas Roerich. “Sua alma entendeu o espírito deles; e seu pincel forjou uma síntese de beleza.” Ao longo de sua vida, Roerich se esforçou para vincular todas as disciplinas científicas e criativas para promover a verdadeira cultura e a paz internacional, citando o poder da arte e da beleza para ajudar a realizar tal feito.

O Pacto de Paz de Roerich, que obrigava as nações a respeitar museus, catedrais, universidades e bibliotecas como faziam com hospitais, foi estabelecido em 1935 e tornou-se parte da carta organizacional das Nações Unidas. A conexão entre Shambhala e o Pacto de Paz é claramente evidente no seguinte discurso proferido na Terceira Convenção Roerich da Bandeira da Paz Internacional em 1933:

“O Oriente disse que quando a Bandeira de Shambhala circundasse o mundo, em verdade o Novo Amanhecer viria. Tomando emprestada esta Lenda da Ásia, vamos determinar que a Bandeira da Paz circundará o mundo, levando sua palavra de Luz e pressagiando uma Nova Manhã de fraternidade humana”. 16

“Hoje”, observa LePage, “toda grande cidade russa tem uma organização Roerich que expressa suas ideias para um novo tipo de civilização iluminada baseada nos princípios utópicos de Shambhala”. 17

O Signo de Shambhala

A própria Shambhala é o Lugar Sagrado, onde o mundo terreno se conecta com os mais elevados estados de consciência. No Oriente, eles sabem que existem dois Shambhalas – um terreno e um invisível.– Nicholas Roerich,  O Coração da Ásia

Nicholas Roerich e seu grupo partiram em 1924 para explorar a Índia, a Mongólia e o Tibete. Como Ossendowski antes dele, Roerich logo encontrou histórias sobre um reino subterrâneo secreto. Ele anotou seus pensamentos sobre este reino oculto e essas notas foram posteriormente publicadas em um notável registro da expedição intitulado  Altai-Himalaia: um diário de viagem . 18

No verão de 1926, Roerich relatou um estranho acontecimento em seu diário de viagem. Ele estava acampado com seu filho, Dr. George Roerich, e um séquito de guias mongóis no vale Sharagol perto da cordilheira de Humboldt entre a Mongólia e o Tibete. Na época do evento em questão, Roerich havia retornado de uma viagem a Altai e construído uma  stupa, “uma imponente estrutura branca”, dedicada a Shambhala.

Em agosto, o santuário foi consagrado em uma cerimônia solene por vários lamas notáveis ​​convidados ao local para esse fim e, após o evento, escreve Roerich, os guias Buriat previram algo auspicioso iminente. Um ou dois dias depois, um grande pássaro preto foi observado voando sobre a festa. Além dele, movendo-se alto no céu sem nuvens, um enorme corpo esferóide dourado, girando e brilhando intensamente ao sol, foi subitamente avistado. Através de três pares de binóculos, os viajantes o viram voar rapidamente do norte, na direção de Altai, depois virar bruscamente e desaparecer em direção ao sudoeste, atrás das montanhas Humboldt.

Um dos lamas disse a Roerich que o que ele tinha visto era “o sinal de Shambhala”, significando que sua missão havia sido abençoada pelos Grandes Seres de Altai, os senhores de Shambhala. Eles também haviam testemunhado um OVNI clássico [uma espaçonave de Agharta], vinte anos antes do início “oficial” do fenômeno com o avistamento de Kenneth Arnold em 1947.

O relato de Roerich sobre tal avistamento despertou grande interesse na Europa e, corroborado por George Roerich, trouxe para o Ocidente a primeira evidência concreta de que poderia haver algo presente na Eurásia que desafiava a compreensão ocidental. Victoria LePage descreve seu significado como tal:

“Em sua cor vívida e factualidade, sua referência bizarra, mas indiscutível, a uma aeronave dourada desconhecida que se comportou como nenhum avião comum poderia, a história de Roerich poderia ser chamada de a primeira indicação confiável de que o reino de Chang Shambhala talvez fosse conhecido como mais do que um reino intelectual, uma curiosidade, uma popular fábula asiática… e de cerca de 1927 em diante, o centro mundial nas montanhas do norte [os Himalayas] exerceu sobre os círculos ocultistas ocidentais o fascínio de uma ideia cujo tempo havia chegado”. 19

O que nos leva à própria natureza da realidade. Experiências paranormais, incluindo avistamentos de OVNIs, são sempre indicativas de um estado alterado de consciência que permite à testemunha ver outras realidades. Freqüentemente, a experiência é semelhante a um sonho lúcido, onde a física comum do espaço-tempo não se aplica mais.

A visão mística oriental do mundo pode ser bem diferente da visão científica ocidental com base puramente intelectual. Talvez os guias de Shambhala estejam descrevendo uma paisagem transformada pelas visões de um iogue que fez a jornada até lá: onde veríamos o topo de uma montanha brilhando com a neve, ele veria um templo dourado com um deus brilhante. Nesse caso, talvez possamos percorrer o mesmo caminho, mas com uma visão diferente da realidade.

Viajar para Shambhala, como Nicholas Roerich viajou, é empreender ao mesmo tempo uma jornada mística interna e uma jornada física externa através de um território desolado e montanhoso até uma usina cósmica.

Uma velha história tibetana conta a história de um jovem que partiu em busca de Shambhala. Depois de cruzar muitas montanhas, ele chegou à caverna de um velho eremita, que lhe perguntou: “Onde você está indo através desses desertos de neve?”

“Para encontrar Shambhala”, respondeu o jovem.

“Ah, bem, então você não precisa ir muito longe”, disse o eremita. “O reino de Shambhala está [DENTRO] em seu próprio coração.” 20

Este artigo foi publicado em New Dawn 72.

 

Notas de rodapé:

 

1. Edwin Bernbaum,  The Way to Shambhala: A Search for the Mythical Kingdom Beyond the Himalayas , 2001, p.25.
2. Joscelyn Godwin,  Arktos: O Mito Polar na Ciência, Simbolismo e Sobrevivência Nazista , 1993, p.83.
3.  Subterranean Worlds: 100.000 Years of Dragons, Dwarfs, the Dead, Lost Races & UFOs from Inside the Earth , Walter Kafton-Minkel, 1989, p.188.
4. Joscelyn Godwin,  Arktos: O Mito Polar na Ciência, Simbolismo e Sobrevivência Nazista , 1993, p.85.
5. Ferdinand Ossendowski,  Beast, Men and Gods , 1922, p.300.
6. Ibidem, p.300.
7. Ibidem, p.303.
8. Ibidem, p.300.
9. Ibidem, p.118.
10. Alec Maclellan, O Mundo Perdido de Agharti, O Mistério do Poder Vril , 1982, p. 66.
11. Victoria LePage,  Shambhala: A fascinante verdade por trás do mito de Shangri-la , 1996, p.11.
12. Veja  New Dawn  No. 68, p. 85.
13. Victoria LePage,  Shambhala: A fascinante verdade por trás do mito de Shangri-la , 1996, p.10.
14. Andrew Tomas,  Shambhala: Oasis of Light , 1976, p.32.
15. Nicholas Roerich,  Altai-Himalaya: A Travel Diary  (1929); Outros livros de Roerich:  The Heart of Asia  (1930); Shambhala  (1930)
16. Discurso de Francis Grant em  The Roerich Pact and Banner of Peace , 1947
17. Victoria LePage,  Shambhala: A fascinante verdade por trás do mito de Shangri-la , 1996, p.12.
18. Nicholas Roerich,  Altai-Himalaya: A Travel Diary  (1929).
19. Victoria LePage,  Shambhala: A fascinante verdade por trás do mito de Shangri-la , 1996, p.12.
20. Conforme citado em Edwin Bernbaum,  The Way to Shambhala : Jacques Bacot,  Introdução à l’histoire du Tibet , 1962, p.92N.

 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Abril 23, 2023

chamavioleta

ATUALIZAÇÃO DA ASCENSÃO

A Federação Galáctica

Canal: Aurora Ray 

Tradução De Coração a Coração

a 22 de abril de 2023

 
 
 
Nossa querida e doce Gaia está em processo há muitas vidas, até mesmo éons de tempo. Ela passou por seus ciclos de alquimia, purgação, processamento, transmutação, iniciação e avanço para a consciência superior.
 
A Terra começou sua Ascensão. O despertar de toda a consciência humana é iminente. A mudança de frequência deste planeta está agora em processo.
 
A humanidade está à beira de um novo começo. O caminho para isso foi escolhido e planejado antes de nascermos, mas muitos de nós não percebemos o que está acontecendo.
 
Você não está sozinho nesta jornada. Muitos de nós estamos experimentando a mesma coisa que você porque estamos todos profundamente interligados através do sistema de grade de consciência.
 
Este será um momento em que nossa conexão com a Terra terá que ser primordial. Perceberemos que não somos indivíduos desconectados, mas uma coisa viva.
 
Seus nobres corações foram comprometidos com a frequência da luz por incontáveis ​​eras. Em nome da Federação Galáctica falo com vocês, amados, a partir desta vibração dentro de cada célula que é a sua verdadeira essência.
 
Não importa a dificuldade que você esteja enfrentando, saiba que você está nos pensamentos e nos corações da Federação Galáctica. Saiba que a Federação Galáctica está trabalhando em conjunto para acabar com a escuridão que obscureceu nosso planeta por muito tempo. Saiba também que há outros neste processo de Ascensão conosco que estão passando por desafios semelhantes para alcançar esta ocasião tão auspiciosa.
 
É hora de você entender que existem muitos seres benevolentes em todo o universo que estão ajudando a humanidade nesta fase final da mudança.
 
Estou aqui para lembrá-lo de que você é poderoso além da medida. Vocês são os criadores de sua própria realidade. Seus pensamentos, pelos quais você é o único responsável, criam sua realidade de vida na Terra.
 
Para ser clara, não há nenhuma fonte externa responsável por tornar sua vida uma vida de dor e sofrimento. Esses tipos de energia alimentam o paradigma da dualidade tridimensional inferior no planeta que mantém a humanidade presa no medo e na separação. Esse entendimento é fundamental para compreender esses tempos finais.
 
A Federação Galáctica está ciente de que muitos de vocês agora estão aceitando o fato de que sua realidade ainda não é como deveria ser, embora as mudanças agora estejam acontecendo com mais frequência. Isso agora está chegando ao fim, mas antes que isso ocorra, você verá o quão longe você chegou nestes últimos anos.
 
Depois de completar o Grande Alinhamento Galáctico, a Federação Galáctica estará aqui para nos guiar em deixar o ambiente tridimensional da Terra e completar nosso último trânsito pela 4D para a quinta dimensão. Eles nos ajudarão a participar desta fase final da mudança, auxiliando-nos neste processo.
 
 
O mundo está mudando bem diante de nossos olhos, e o grito de guerra do novo mundo é o amor. Isso não quer dizer que não haverá alguns solavancos ocasionais na estrada, mas é hora de as coisas começarem a andar.
 
O velho paradigma de exigir gratificação instantânea e capitalismo sem compromisso foi superado em larga escala pelo povo, e a nova base para um mundo melhor e mais limpo está sendo construída desde a fundação.
 
O ataque às mudanças climáticas está no caminho certo, o esforço contra o fracking (NT – extração de gás e petróleo) está no caminho certo e parece bom para uma transição que beneficiará a todos.
 
As Forças das Trevas seguraram a humanidade por um longo tempo – mas isso não aconteceu sem luta. À medida que mais trabalhadores da Luz e anjos chegaram à Terra, as forças das trevas foram forçadas a recuar cada vez mais.
 
Para ajudar a concretizar suas maiores intenções, os lacaios das trevas tentarão impedi-lo. No entanto, você não está sozinho nesta batalha. A Luz te protege.
 
A Luz e a escuridão existem juntas em você e ao seu redor. A energia dessas forças opostas se manifesta em nossa consciência e no mundo físico. Seu poder pessoal e conexão com o Quadro Maior dependem de sua capacidade de permanecer conscientemente na Luz quando reina a escuridão.
 
Apesar do caos que está acontecendo em nosso mundo neste momento, há uma luz sendo acesa em milhões de pessoas, e ela brilha através das frestas da escuridão da humanidade. Os malignos que controlam a grade do nosso planeta sabem que estão enfraquecendo e perdendo o controle. Eles sabem que seu tempo está quase acabando.
 
As forças das trevas estão frustradas com o progresso recente da luz. Eles estão lutando contra a Luz a cada passo do caminho. Eles estão lutando contra você. É hora de lutar com enorme amor, gratidão e uso total de suas habilidades de Luz.
 
 
Os dias de engano e escárnio estão prestes a chegar ao fim. Nós, as pessoas deste planeta, não seremos mais abusados, degradados ou desrespeitados como temos sido por tanto tempo.
 
Mas um dia, olharemos para trás e não seremos capazes de imaginar a escuridão que um dia existiu. A vida será radiante e brilhante em todos os sentidos. É inevitável.
 
À medida que continuamos esse despertar coletivo, chegamos a um entendimento de que não estamos sozinhos; fazemos parte de um quadro muito maior. É como se você olhasse para a frente de uma pintura e, ao se virar, começasse a ver a tela por trás dela.
 
A imagem começa a se formar à medida que seus olhos se acostumam com a luz.
Mal posso esperar por esta jornada épica; vai ser incrível!
 
Nós os amamos muito.
Estamos aqui com você.
Somos sua família de Luz.
 
A’HO
 
Aurora Ray
Embaixadora da Federação Galáctica
 
Direitos autorais 2023 Aurora Ray – https://thegalacticfederation.com/
Respeite todos os créditos ao compartilhar

Dezembro 29, 2020

chamavioleta

SUA DATA DE NASCIMENTO E O SEU DOM

Publicado em 28 de dezembro de 2020 por lecocq

 
 

 
 
 
 
 
Não importa se acredita na magia. 
 
Nem mesmo se sabe qual é o número que cabe ao seu nascimento.
 
O teu presente mágico está aqui, quer saiba ou não. No entanto, se você descobrir, você tem mais oportunidades de “plantar” e se tornar um mestre do seu poder. Na verdade, você pode revelar o seu dom mágico que nem sequer suspeita que tem.
 
Para conhecer o seu dom, adicione os dígitos da sua data, mês e ano de nascimento até que tenha um número de um dígito.
 
Por exemplo, se nasceu em 1 de setembro de 1975, a soma de um dígito seria 5. (1 + 9 + 1 + 9 + 7 + 5 = 32 – 3+2= 5).
 
A importância do seu número de um único dígito é inestimável. Ao saber qual é o seu número de nascimento, você vai se encontrar mais perto do propósito da sua vida…
 
● Número 1: “O MÁGICO”
 
O primeiro número é o número da criação. Acredita-se que estes que nascem sob a sua influência são grandes bruxas, já que têm o poder de fazer valer a sua vontade neste reino. E vocês têm uma forte vontade. No entanto, você não deve tentar manipular e controlar aqueles que estão ao seu redor.
 
– Sua profissão mágica: manifestação e coragem
 
● Número 2: “O EMPATA”
 
Você é muito sensível às energias que te cercam. Por isso, à medida que cresceste, aprendeste a sentir e sentir o que os outros fazem e por isso te tornaste tão compassivo. O teu dom mágico está no teu coração e no teu terceiro olho enquanto sentes constantemente as correntes de energia que te rodeiam. Você deve usá-los para aliviar a dor dos outros, mas também para restaurar rapidamente a sua energia ao conectar-se à terra e ao entrar em contato com a natureza.
 
– Sua profissão mágica: sonhos e intuição.
 
● Número 3: “A LUA TRIPLA”
 
Este número encarna as três fases da lua. Este é o motivo pelo qual as bruxas acreditam que você é um ” instrumento ” do ” Deus triplo e / ou a deusa tripla “. por isso, dentro de vocês encontram-se as forças de criação e destruição. A velha regra, “tenha cuidado com o que você deseja”, aplica-se a você, já que seu dom mágico é que seus pensamentos e desejos podem se tornar rapidamente na realidade.
 
– Sua profissão mágica: Criação e destruição.
 
● Número 4: “O ELEMENTALISTA”
 
O número 4 dá-se com os 4 ELEMENTOS DA TERRA: Fogo, água, ar e terra. A sua essência está em equilíbrio com os quatro elementos ou a terra e é por isso que você é muito racional com uma mente forte. Como constantemente extraiu energia dos elementos, é muito difícil que alguém te amaldiçoe. Uma vez que fogo, água, ar e terra criam um campo de força mágica ao seu redor, desviares a negatividade.
 
– Sua profissão mágica: Magia Elemental.
 
● Número 5: “O ESPÍRITA”
 
Como o número 4 simboliza os quatro elementos da natureza (fogo, ar, água e terra), o número 5 simboliza o quinto elemento: O Espírito (Éter na magia grega antiga). Os nascidos sob a sua influência estão em contato com o reino espiritual e podem facilmente conjurar poderes do além. Esta é a razão pela qual eles fazem os espíritas perfeitos, já que são regidos pelo quinto elemento: O Espírito!
 
– Sua profissão mágica: entre em contato com os espíritos e a magia ancestral.
 
● Número 6: “O APRENDIZ SOLAR”
 
O número 6 simboliza o sol e tudo o que vem da nossa fonte de luz. Por isso, você tem um forte fluxo de energia no interior. O seu presente mágico vem do sol. Por isso, encarna todas as bênçãos da vida e do seu poder. Você é um curandeiro e um líder. Mas com grande poder vem uma grande responsabilidade. Aprenda a usar o seu magnífico poder da maneira mais ética.
 
– Sua profissão mágica: Magia ritual, todo feitiço e cura.
 
● Número 7: “O APRENDIZ DA LUA”
 
O número 7 simboliza a lua e toda a magia que vem da grande dama da noite. O teu dom mágico é pura magia indomável da lua. É muito estranho que você siga a magia do ritual, já que instintivamente sabe o que fazer. E geralmente você não faz o mesmo duas vezes. Improvisa por causa da sua intuição altamente ativa. Além disso, mais um dos seus presentes mágicos é sonhar sonhos proféticos. Se você os interpreta corretamente e confiar neles, você pode alcançar milagres!
 
– Sua profissão mágica: visões e sonhos proféticos.
 
● Número 8 : “A BRUXA TRADICIONAL”
 
Este número é considerado um dos mais mágicos.
 
O número 8 CORRESPONDE AOS 8 Sabbats das bruxas, os 8 CANTOS DO MUNDO. Se o seu aniversário é 8, então você tem um grande poder mágico correndo através de você, mas será ativado ainda mais se você conseguir sintonizar e comemorar os sabbats. Você tem uma bússola interna muito precisa e é por isso que você pode distinguir a coisa certa do errado.
 
– A sua profissão mágica: a manipulação da energia e a alquimia.
 
● Número 9: “O XAMÔ
 
O último número simboliza a união de tudo o que era anterior. É a porta de onde tudo acaba e tudo começa de novo. É por isso que você vê coisas como nenhuma outra. O seu dom mágico é a sua natureza artística e criativa e que muitas vezes você vê situações em uma perspectiva muito interessante. Por isso você pode curar.
 
Como o número corresponde à morte e ao renascimento, você tem uma habilidade natural para sentir fantasmas e espíritos, mas se você aprende a usar esta habilidade, você pode até transcender o mundo como fazem todos os xamãs..
 
– A sua profissão mágica: magia verde
 
● Número 11: “O INTUITIVO”
 
Possui um grande poder de clarividência e pode se interessar tanto por áreas espirituais quanto diplomáticas. De características naturalmente sensitivas e intuitivas, eles são capazes de guiar e orientar de forma sábia e com profundidade qualquer um que o procure. 
 
De fato, pode aplicar inúmeras vezes o seu conhecimento espiritual nos mais diversos campos, e à medida que for adquirindo mais sabedoria poderá, com seu idealismo, influenciar as outras pessoas. Poderá ser muito requisitado como conselheiro e confidente. Possui uma visão ampla do mundo a sua volta, devendo dedicar-se à realidade e evitando portanto cair numa vida visionária destituída de senso prático.
 
No entanto, caso você não tenha conseguido viver à altura das vibrações deste Número Mestre, o seu Número de Alma é o 2, que é derivado de 1 + 1.
 
A sua profissão mágica: magia etérea
 
● Número 22: “O CONSTRUTOR”
 
O “construtor mestre” na numerologia, que significa: realização, manifestação, capacidade de transformar sonhos em realidade.
 
A forte e vibrante energia emanada pelo 22 transmite capacidade para realizar tudo o que se quiser. Todos os trabalhos pesados, sobretudo físicos, mas também mentais.
 
É a manifestação do ser no espaço e no tempo, as 22 letras hebraicas que representam o Universo da Cabala, símbolo das formas naturais e da história da Criação. Os 22 Arcanos Maiores do Tarôt, os 22 capítulos do Apocalipse de São João. É o número do Universo. Este também é um número mestre, que além de conferir uma excelente compreensão do universo, permite a concretização dos ideais. Ele traz ainda uma grande dose de intelectualidade, o que equilibra a sua parte idealista. O lado negativo deste número só aflora quando ele abandona suas próprias convicções e se deixa levar pelas ideias alheias.
 
No entanto, caso você não tenha conseguido viver à altura das vibrações deste Número Mestre, o seu Número de Alma é o 4, que é derivado de 2+ 2.
 
A sua profissão mágica: materialização
 
● Número 33 – “O MESTRE”
 
Simboliza o professor mestre e o objetivo deste indivíduo é elevar a energia e o amor da humanidade. Não são pessoas preocupadas com a ambição pessoal e possuem grande devoção às suas causas. O caminho de vida do número 33 está ligado ao altruísmo e essa pessoa está ocupada em fazer o bem para o mundo.
 
Aqueles que possuem o número 33 como caminho de vida querem usar seu tempo para aumentar a consciência dos outros. Eles estão preocupados com o planeta e com todas as pessoas que o habitam.
 
– Simboliza também a energia do coração, quando aos 33 anos de idade o ser humano adentra as experiências que necessitam ser experimentadas através do centro cardíaco, que perdura até os 44 anos dentro do tempo linear da Terra. 
 
– Na ascensão da consciência humana redimensionada para o corpo físico, 33 também são os degraus que devem ser galgados energeticamente, passo a passo, estando manifestados simbolicamente na estrutura da coluna vertebral central do sistema esquelético humano. 
 
– Reconhecido como símbolo do número ‘Mestre Maior’, o 33 é a representação da união da vida terrena com a cósmica, através da integração da energia corrente livre na medula nervosa de um ser humano por dentro da sua coluna vertebral, interligando o sistema nervoso sutil entre as energias elevadas que descem pelo topo de sua cabeça com as mais densas que se integram na matriz do planeta, unindo-as numa só corrente de consciência.” 
 
(Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, pág 279, Horácio Netho, Ed. Alfabeto, 2011)
 
A sua profissão mágica: magia dos cinco elementos
 
No entanto, caso você não tenha conseguido viver à altura das vibrações deste Número Mestre, o seu Número de Alma é o 6, que é derivado de 3+3.
 
● Número 44: “O ANJO”
 
Os mistérios do 44 são normalmente associados aos anjos e arcanjos. Claro, como os seres mais próximos da perfeição Criadora, são eles os guardiões desses aspectos… 
 
O número 44 extrai sua importância da amplificação da essência vibracional do número 4. Em relação ao número quatro, ele é considerado a chama gêmea do anjo número 44, devido à ressonância e significado vibracional a repetição do número quatro embebe a este número do anjo.
 
A sua profissão mágica: magia de luz cristalina.
 
No entanto, caso você não tenha conseguido viver à altura das vibrações deste Número Mestre, o seu Número de Alma é o 8, que é derivado de 4+4.
 
 
 




Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Dezembro 27, 2020

chamavioleta

Vejam o ‘Alvorecer’ da Era de Aquário

Por Pepe Escobar

Tradução, edição e imagens:  

Thoth3126@protonmail.ch

Fonte:  ÁsiaTimes
 
 
 
 

Uma leitura astrológica para a humanidade da Terra em um momento de “Grande Transmutação” ao invés de uma “Grande Reinicialização”, o “Great Reset” dos oligarcas psicopatas esta fadado a um fracasso retumbante:  A Era de Aquário começa assim que algumas elites duvidosas e presunçosas se preparam para impor um Grande [Great Reset] Restauração na maior parte do planeta – seguindo uma agenda política muito específica, reducionista, excludente e nefasta para a grande maioria da população planetária. No entanto, o negócio real não é o “Great Reset”; é a “Grande Trasmutação” planetária da Era de Aquário que vai acabar chutando-os para a Grande Lata de lixo da história.

 

Vejam o ‘Alvorecer’ da Era de Aquário: Uma leitura astrológica para o planeta Terra em um momento de “Grande Transmutação” ao invés  de uma “Grande Reinicialização”, o Great Reset dos oligarcas psicopatas esta fadado a um fracasso retumbante

Sentenças entre [ ] são acréscimos de autoria de Thoth.


“Estamos todos na sarjeta, mas ALGUNS de nós estão olhando para as estrelas“. – Oscar Wilde

Hoje, dia 21 de dezembro, solstício com a Grande Conjunção, todas as estações de rádio do Planeta Terra deveriam tocar essa música apropriadamente chamada Era de Aquário – “A Quinta Dimensão…” um clássico soul psicodélico  imortalizado na primavera de 1969, há mais de 51 anos, como um prenúncio do que hoje estamos vivento e que agora é literalmente verdade, pois esta acontecendo.

Este é o alvorecer da Era de Aquário – a “Grande Conjunção” de Júpiter e Saturno em 21 de dezembro em zeroº do signo zodiacal de Aquário e abaixo voce pode ouvir a música:

Tocador de áudio

The Age Of Aquarius/Let The Sunshine In

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars
This is the dawning of the age of Aquarius
Age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!

Harmony and understanding
Sympathy and trust abounding
No more falsehoods or derisions
Golden living dreams of visions
Mystic crystal revelation
And the mind’s true liberation
Aquarius!
Aquarius!

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars
This is the dawning of the age of Aquarius
Age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!
Aquarius!
Aquarius!

— instrumental and tempo shift —

Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in
Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in
Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in

— continue to end with concurrent scat —

Oh, let it shine, c’mon
Now everybody just sing along
Let the sun shine in
Open up your heart and let it shine on in
When you are lonely, let it shine on
Got to open up your heart and let it shine on in
And when you feel like you’ve been mistreated
And your friends turn away
Just open your heart, and shine it on in

Era de Aquários / Deixe o Sol Vir

Quando a lua está na sétima casa
E Júpiter alinhado com Marte
A paz vai guiar os planetas
E o amor irá além das estrelas
Esse é o começo da era de aquários
Era de aquários
Aquários!
Aquários!

Harmonia e compreensão
Simpatia e confiança em abundância
Nenhuma falsidade ou escárnio
Visões vivas de sonhos dourados
A revelação do Cristal místico
E a verdadeira liberação da mente
Aquários!
Aquários!

Quando a lua está na sétima casa
E Júpiter alinhado com Marte
A paz vai guiar os planetas
E o amor irá além das estrelas
Esse é o começo da era de aquários
Era de aquários
Aquários!
Aquários!
Aquários!
Aquários!

Instrumental e tempo

Deixe o sol, deixar que o sol venha, o sol vir
Deixe o sol, deixar que o sol venha, o sol vir
Deixe o sol, deixar que o sol venha, o sol vir

Oh, deixe-o brilho, Vai!
Agora é só todo mundo cantar junto
Deixe o sol brilhar
Abra o seu coração e deixe-o brilhar nele
Quando você está solitário, deixe-o brilhar
Abra o seu coração e deixa-o brilhar
E quando você sentir como se você foi maltratado
E seus amigos se rebelar
Basta abrir o seu coração, que ele brilhará


A Era de Aquário começa assim que alguns membros psicopatas das elites presunçosas de oligarcas multibilionários se preparam para impor uma Grande [Great Reset] Restauração na maior parte do planeta – seguindo uma agenda política muito específica, reducionista, excludente e nefasta para a grande maioria da população planetária. No entanto, o negócio real não é o “Great Reset”; é a “Grande Trasmutação” planetária que vai acabar chutando-os para a “Grande” Lata de lixo da história.

Portanto, estamos todos “entrando” em algo muito maior do que qualquer cenário distópico orwelliano. Para finalmente lançar a Luz necessária sobre o que parece ser a nossa escuridão atual e interminável, fiz perguntas selecionadas a Vanessa Guazzelli, uma astróloga respeitada, escritora e palestrante em conferências de astrologia em todo o mundo, bem como uma doutora psicanalista e psicóloga praticante. Deixemos a astrologia fertilizar a geopolítica dos oligarcas multibilionários.  Deixemos o Sol entrar em nossas vidas nesta nova era de paz e abundância que se inicia para iluminar a escuridão que aceitamos imposta pelas mesmas elites nos últimos séculos.

Tudo que é sólido e EMOCIONAL se transforma em AR e SENTIMENTO, nesta transição da Era de Peixes [elemento Água] para a Era de Aquário [Elemento AR]

PE-Pepe Escobar: Provavelmente não muitas pessoas ao redor do mundo estão conscientes de que uma rara e grande conjunção entre os planetas Júpiter-Saturno neste 21 de dezembro, combinado com o dia do solstício parece representar o máximo divisor de águas – definido por muitos estudiosos em astrologia como o momento do início da “Grande Transmutação” planetária.

Você poderia explicar o que essa Transmutação realmente significa, astrologicamente, já que parece ocorrer a cada 200 anos? E trazendo isso de volta para a vida cotidiana e política, podemos inferir paralelos geopolíticos a partir do que os planetas e estrelas estão nos dizendo?  

 

Júpiter [Zeus] é a representação do otimismo, a justiça, abundância e a expansividade que lhe permite crescer como indivíduo. Geralmente, todas as conquistas, progressos e grandes passos dados pelas pessoas têm a bênção de Júpiter – o planeta da expansão universal. Saturno [Cronos] é o “Senhor do Tempo”  planeta responsável por toda contemplação profunda, convoca a alma para a vida interior, afastando-a das exterioridades, leva-a a subir cada vez mais alto e enfim inspira-lhe um saber superior e o dom profético”.FONTE

VG=Vanessa Guazzelli: Por Grande Transmutação nos referimos a quando as conjunções Júpiter-Saturno mudam de elementos e de casa zodiacal, o que acontece a cada 200 anos, como você mencionou, mas também a cada vinte anos e cerca de 800 anos, como é a atual conjunção. Júpiter e Saturno estão em conjunção, astrologicamente, pela longitude eclíptica, a cada 20 anos, um período não muito longo. Porém, continuam se cruzando em signos do mesmo elemento por 200 anos, com possibilidade de mais 40 anos de transição, indicando um ciclo maior.

 

Júpiter e Saturno são o que chamamos de planetas sociais e devem ser considerados em relação à política e geopolítica. Quando a conjunção Júpiter-Saturno começa a acontecer efetivamente no próximo elemento, ela marca a Grande Transmutação, denotando importantes mudanças socioeconômicas e culturais. Isso é o que está acontecendo agora.

Viemos de um período de conjunções de dois séculos nos signos do elemento Terra. A ênfase e o nosso foco tem estado na matéria e na dimensão mais tangível da vida – meninos e meninas materiais em um mundo material. À medida que agora avançamos para o elemento AR, quando eles se unem a 0º da casa zodiacal de Aquário, surge uma chamada para a sublimação de tudo que é material para algo mais sutil.

Tudo que é sólido se transforma em ar. Coisas e procedimentos podem ser menos materiais e mais digitais e, até certo ponto, virtuais. Mas não é só isso. Ideias e ideias compartilhadas ganham ainda mais importância. Mais do que o que possuímos materialmente, com quem e para quê é o que mais importa. Colaboração e cooperação são, agora mais do que nunca, os ventos [AR] que fazem o mundo girar.

Este é de fato um aspecto astrológico e configuração altamente significativos que aconteceram no dia 21 de dezembro, às 18h20 UTC. Em partes da Ásia e da Oceania, já passará da meia-noite do dia 22 de dezembro.

Esta não é apenas a Grande Transmutação, mas uma Grande Conjunção, quando os dois planetas visíveis gigantes e mais distantes se unem não apenas pela longitude, mas também pela latitude (coordenadas eclípticas), tanto por ascensão reta quanto por declinação (coordenadas equatoriais).  Isso significa que eles não estão apenas alinhados na mesma direção, mas muito, muito próximos um do outro no céu, vistos da Terra, quase como se fossem a mesma estrela.

A última vez que os dois corpos celestes estiveram tão próximos foi em 1623, mas não foi uma Grande Transmutação, apenas uma conjunção regular em termos de longitude eclíptica.  Astrologicamente, o fato de todas essas melhorias acontecerem juntas nesta época intensifica o significado do que essa conjunção agora indica, quão poderosa é a Transmutação que ela traz.

Na vida cotidiana, também fala de um aumento do desenvolvimento tecnológico, digitalização de coisas e procedimentos, incluindo criptomoedas e dinheiro digital como uma espécie de dinheiro “sublimado”, de matéria [cédula de papel] a uma “substância” mais leve [digital, sem expressão física], menos material que pode rapidamente “circular pelo ar” [pela internet].

Em um nível mais pessoal, tendemos a perder o interesse por contextos sociais que não estão em sintonia com nossas ideias e ideais [polarização], e somos atraídos para grupos, associações e projetos afins e na mesma onda energética que nós. Não é um momento de simplesmente contar com instituições para cuidar das pessoas, mas um momento de discernir por si mesmo e, em seguida, conectar-se com outras pessoas com interesses, ideais, consciência, discernimento e propósitos comuns.

O elemento ar é onde abrimos nosso espaço e abrimos espaço para o outro, seja no respeito às diferenças, seja para colaborar e cooperar por interesses e projetos comuns. Cooperação é a chave, onde cada participante recebe uma parte justa e proporcional, em uma empresa conjunta, é certamente um caminho a percorrer.

Aquário é o oposto do signo centralizador de Leão. Geopoliticamente, ou seja, não é o momento de uma “estrela única” hegemônica [um único pais] dominar o mundo, mas o momento de muitas estrelas [países] iluminando todo o céu. Não é hora de um único império. Pode haver impérios, se no plural. A força das nações poderosas agora reside, mais do que nunca, na qualidade de suas parcerias e alianças e no respeito mútuo, como iguais.

Qualquer “poder” que perder de vista essa chave crucial [como o Deep State] verá que, a curto ou longo prazo, o tiro saiu pela culatra. Alguns são mais poderosos do que outros e alguns serão mais proeminentes do que outros. No entanto, eles não estão sozinhos. É hora de um mundo multipolar – agora esse é o mandato que as posições dos corpos celestes indicam [e ordenam] no céu.

Em relação ao mapa astro-cartográfico da Grande Transmutação, que mostra as linhas de posições planetárias na face da Terra, é interessante notar que as linhas IC de Júpiter e Saturno passam por Pequim, indicando a relevância da China na fundação deste Ciclo de 200 anos, pois o CI é a raiz de um mapa astrológico .

Do outro lado do globo, vemos as linhas MC dos dois planetas passando pela América do Sul (Venezuela, Amazônia brasileira, Bolívia, Argentina), mostrando o valor dos recursos do continente neste novo ciclo.

O que a trupe de elitistas, globalistas e oligarcas do Fórum Econômico Mundial [WEF] de Davos está fazendo

PE : Nossa conjuntura turbulenta atual parece apontar para o aumento da biossegurança e o que algumas análises sistêmicas sérias definem como tecno-feudalismo. Tudo isso implica na hiper concentração de poder – e não apenas poder exercido pela hegemonia geopolítica, os Estados Unidos. Devemos agora esperar uma séria transmutação do atual sistema mundial – conforme estudado por Immanuel Wallerstein, no sentido de mudanças sérias em nosso sistema capitalista? 

VG: Sim, devemos. Estamos no ponto de virada do sistema mundial. Junto com a Grande Transmutação, outro aspecto imensamente significativo na década de 2020 é a conjunção Saturno-Netuno, em fevereiro de 2026, a 0º de Áries. Este é precisamente o primeiro grau de todo o Zodíaco, também chamado de Ponto Vernal – crucial na interpretação astrológica.

Saturno e Netuno se unem a cada 36 anos, o que é um ciclo histórico relativamente curto. Porém, como acontece com a Grande Transmutação, a forma como ela ocorre e onde ocorre no Zodíaco pode nos levar a perspectivas históricas mais amplas e indicar momentos históricos mais expressivos.

Se voltarmos até 7.000 anos atrás, essa conjunção ocorreu no Ponto Vernal apenas em 4.361 a.C. [Era de Touro] e 1.742 a.C. [Era de Áries]. Se olharmos três mil anos à frente, o mais perto que ela chega do Ponto Vernal é 3º de Áries em 3.172. Bastante raro. Portanto, esta conjunção no primeiro grau do Zodíaco, 0º de Áries – o início – não é pouca coisa.

Netuno engravida e concebe; Saturno se refere à estrutura concreta da realidade; e 0º de Áries significa o novo surgindo. Saturno-Netuno em 0º Áries significa uma nova concepção de realidade.

Aspectos entre Saturno e Netuno, por observação histórica, estão associados ao socialismo e ao comunismo – esses movimentos na Terra coincidiram com os contatos transitórios entre esses dois planetas no céu. Já foi comprovado historicamente na astrologia mundana. Além disso, isso não nos fala apenas sobre o passado, pois na verdade está prestes a começar – atualizando-se e avançando, reconfigurando-se transmutando-se em ainda novas e saudáveis formas de convivência.

De acordo com Wallerstein, durante a crise estrutural que caracteriza o período final de um sistema-mundo, uma bifurcação do sistema pode se inclinar para uma das direções ou para vários sistemas. Antes de falecer no ano passado, Wallerstein nos considerava bem no meio da crise estrutural do capitalismo, que dura de 60 a 80 anos.

Eu diria que neste momento passamos do ponto médio. Poderia, inicialmente, ir para sistemas múltiplos em dois ramos: por um lado, o frescor dos ventos orientais inspirando cooperação e multipolaridade por meio da Iniciativa Belt and Road Initiative [BRI, da China] e a integração da Eurásia e seus parceiros; por outro lado, o turbilhão do império [Deep State nos EUA e Europa] em colapso e seus aliados ocidentais como um ciborgue terminator operado pelos perversos membros da elite dos 0,0001% da população que são tão sem vida que não podem conceber o direito de outras pessoas de existirem livres, em paz e prosperidade.

Quando ouvi pela primeira vez sobre isso em junho de 2020, fiquei surpresa como “eles” definiram o “Grande Reinício” para janeiro de 2021, tão perto da Grande Transmutação no final de dezembro de 2020. Duvido que seja uma mera coincidência ou “sincronicidade”. É conhecido que JP Morgan afirmou que milionários não precisam de astrólogos, mas bilionários sim.

Possivelmente consciente dessa grande transição [porque os servidores das trevas tem conhecimento do oculto e do místico] , a tripulação de oligarcas maquiavélicos de Davos parece estar realmente tentando redefinir o sistema [via Great Reset] que já comanda com suas próprias configurações para reviver e reestruturar o atual sistema agonizante, por eles mesmos criado, como um manco ciborgue do inferno.

O potencial da ênfase aquariana é o controle nefasto da sociedade por meio da tecnologia [e dai temos as atuais Big Pharma, Big Tech, censurando tudo que for verdadeiro, o Complexo Industrial Militar, et caterva] , seja ele tecno-feudalismo ou, que os deuses proíbam, uma tecno-escravidão. O lado bom da “Força”, Aquário é um projeto social para sustentar a vida e atender às necessidades das pessoas. Ambas as dimensões ou sistemas podem coexistir na Terra ainda por um pouco de tempo.

As potências ocidentais – para não falar dos “Mestres do Universo”[Illuminati, Nazistas, Khazares, Igreja de Roma, Deep State, et caterva] , como você diz, que puxam seus cordões – parecem ter um longo caminho a percorrer [talvez para a prisão] antes de atingir um estado de cooperação real e respeitosa. Talvez civilizações mais antigas tenham uma raiz mais profunda e consistente da qual extrair a sabedoria e a maturidade necessárias em tempos tão desafiadores para a humanidade.

Muitas vezes lembradas pelas diferentes culturas que abrangia, comida, sabedoria e mercadorias comercializadas ao longo do percurso, a antiga Rota da Seda envolveu um passado e hoje envolvem a troca de ideias. É interessante observar a forte borda aquariana ativada nas progressões astrológicas da China quando a Iniciativa do Cinturão e da Estrada {BRI-Belt & Road Initiative] foi proposta pela primeira vez por Xi Jinping em Astana [Cazaquistão], em 2013, e como ela se conectou ao grau da Grande Mutação (Vênus e Júpiter progrediram em conjunção com AC no 1º de Aquário).

Quando, alguns anos antes, Vladimir Putin fez seu discurso histórico em Munique, propondo a Integração Eurasiana, em fevereiro de 2007, havia um aspecto Saturno-Netuno – uma oposição. Quando, na 70ª Assembleia da ONU, Putin e Xi fizeram discursos longos, fortes e sincronizados afirmando a multipolaridade do mundo, em 2015, havia também um aspecto Saturno-Netuno – uma quadratura.

O próximo aspecto Saturno-Netuno será a conjunção, em fevereiro de 2026, inaugurando um novo ciclo e podemos esperar que esteja relacionado a esses movimentos anteriores, tendo em mente que o ciclo aponta para a multipolaridade e novas formas de convivência. [os termos capitalismo, socialismo, comunismo e outros e tantos “ismos” criados pelo frio e cruel intelecto europeu serão varridos da existência humana, dando lugar a novas formas de governo e cooperação entre os povos]

O feitiço da Lua Negra

PE : A “pandemia” pelo vírus Covid-19 poderia, em certo nível, ser interpretada como o – desagradável – preâmbulo de uma Grande Transmutação? Afinal, a nova [ir]realidade social representa um sistema de cabeça para baixo, de “pernas para o ar”: devastação econômica quase total, especialmente de pequenos negócios; cancelamento de direitos constitucionais; desemprego em massa, governos tirânicos praticamente governando por decreto, sem consulta popular; grandes corporações globais [Big Techs, Big Pharma] censurando qualquer forma de dissidência à sua agenda; populações inteiras praticamente sob prisão domiciliar; a maior parte do planeta reduzida a uma espécie de parque temático de um empreendimento de engenharia social tirânico e totalitário.

VG: Oh, a pandemia Covid-19 – poderíamos ter uma conversa inteira apenas sobre as implicações disso em tantas dimensões, e como pode ser, até certo ponto, rastreado astrologicamente.  Definitivamente, pode ser interpretado como o preâmbulo desagradável, talvez visando [induzindo deliberadamente para ] a Grande [Great Reset] Restauração, pode-se refletir.



Uma experiência coletiva mundial sem precedentes – um experimento social gigantesco. No entanto, [a pandemia] também esta servindo para sacudir tudo, transformando a nossa própria percepção do tempo, de realidade, preparando-nos para a concepção de uma nova Era. Para todos aqueles que “prestam atenção”, um chamado para se estar ainda mais vivo, mais vívido, mais lúcido, consciente das armadilhas, ficando firme contra todas as probabilidades.

A própria dicotomia que tem sido tão enfatizada entre “ou cuidar da vida ou cuidar da economia” por si só mostra o quão absurdo ele já era. Quantas pessoas caíram tão facilmente em separar uma coisa da outra, como se fosse um meio de resistir ao sistema e finalmente dizer não às demandas da acumulação de capital. Para eventualmente ver, de fato, pequenas empresas devastadas, a pobreza aumentando drasticamente, o desemprego generalizado [e tudo isto também tem um custo em vidas humanas] enquanto os bilionários concentram ainda mais a riqueza em níveis ainda mais bizarros em suas mão ávidas e gananciosas.

Algo fundamental a se considerar é como isso afetou [a mente e] o corpo humano. A pandemia foi declarada com a Lua Negra (o apogeu lunar) em Áries e isso indica a importância de estar bem presente e responsivo enquanto Michael Jackson dançava, Bruce Lee se movia como um tigre e Maria Zakharova respondia aos ataques à Rússia.

Em outubro, Lua Negra, este ponto astrológico que representa a dimensão visceral e instintiva da existência, mudou-se para Touro, destacando a importância de estarmos cientes de como a força vital em nós é condicionada ou canalizada, moldando como percebemos e definimos nossa própria existência. Por exemplo, como o confinamento do corpo pode – ou não – confinar a nossa psique.

Quais são os efeitos psicológicos da falta de toque ou da experiência física de ter constantemente a face encoberta [por focinheiras]? Como e o quanto essas situações afetam nossa psique não é irrelevante. Tanto René Descartes quanto Wilhelm Reich tiveram Lua Negra em Touro. Como a mente e o corpo estão relacionados? São uma dicotomia cartesiana ou se entrelaçam como uma unidade bioenergética movida pela libido? Esta é uma questão subjacente importante em nosso consciente coletivo até julho de 2021.

O destino do império [Deep State OCIDENTAL] americano

PE: A astrologia na história humana está repleta de histórias fascinantes sobre interpretações celestiais abrindo caminho para um movimento político ou militar crucial. Por exemplo, pouco antes da conquista mongol de Bagdá em 1258, o Grande Khan Mongol, Hulagu, perguntou ao astrólogo da sua corte sobre as perspectivas à frente. O astrólogo, Husam al-Din, disse que se ele seguisse seus generais e invadisse Bagdá, as consequências seriam nefastas.

Mas então Hulagu recorreu a um astrônomo [muçulmano] xiita, Tusi, um polímata. Tusi disse que a invasão seria um grande sucesso. Foi o que aconteceu – e Tusi foi admitido no círculo íntimo de Hulagu. Portanto, os mongóis – que construíram o maior império da história – eram grandes fãs do “seguro celestial”. Poderia o “seguro celestial” em nossos tempos acabar prevendo o destino de outro império – os Estados Unidos e do seu apêndice, a Europa ?

VG: É verdade, existem tantas histórias fascinantes. O fim do Império Bizantino e a conquista de Constantinopla pelo Sultão Mehmet II do Império Otomano [em 29 de maio de 1453] também foram marcados por uma previsão astrológica da vitória otomana relacionada a um eclipse [uma “Lua de Sangue“] que ocorreu em um momento fundamental ao cerco Otomano de Constantinopla [haverá um eclipse de uma Lua de Sangue, visível do Brasil em 16 de maio de 2022 …]

O retorno de Plutão aos Estados Unidos acontece em 2022. Isso é massivo. É um ciclo de aproximadamente 247 anos. Plutão tem um senso de destino. A volta do senhor do submundo também fala da volta daquilo que foi reprimido, escondido ou rejeitado. Terá três acertos exatos ao longo de 2022, sendo que o final e definitivo do próximo ciclo de Plutão terá o planeta da morte e regeneração enfrentando a Lua Negra Lilith em Câncer, em oposição. O Karma é uma vadia e bate à porta de casa de volta cobrando a sua conta… SEMPRE.

É também um ciclo relacionado à alimentação e ao status da alimentação. Nem tudo será mau e alguns momentos de vitória estarão aí, mas há uma mudança na posição dos EUA no equilíbrio de poderes no mundo que não é tão fácil de digerir. A luta pelo poder será intensa, tanto externa quanto internamente, com riscos consideráveis ​​de manifestações destrutivas. A melhor maneira de passar por um momento assim seria purgando – embora seja difícil acreditar que “o pântano” pode ser drenado tão facilmente.

É um apelo a uma transformação profunda, quando todas as coisas debaixo do tapete e os cadáveres [e otras cositas más] que saem do armário têm de ser resolvidos. Para o povo da nação norte americana, é um apelo à maturidade (Saturno une a Lua), compaixão e uma disposição mais humanamente receptiva (oposição a Netuno), permitindo que as ilusões se dissolvam e percebendo que o império está perdendo sua hegemonia e status, mas a nação continuará. Que nação os EUA deverá ser para seu povo – em oposição a outros povos ou em cooperação ?

Isso não significa que o Império Americano cairá em 2022, mas está entrando em colapso e passará por transformações dramáticas na próxima década.

Um Renascimento Distópico

PE: Em meio a tanta tristeza, parece que você está introduzindo um conceito muito promissor: “Renascimento distópico”. Isso é exatamente o oposto do que está sendo amplamente interpretado como nosso inevitável futuro distópico orwelliano. Como você caracterizaria este Renascimento Distópico – em termos de luta individual, coletiva, política e cultural?

VG: O conceito surge justamente para elucidar a extrema complexidade dos nossos tempos. Bem, a parte renascentista parece muito promissora, não é? Mas, há a parte distópica nisso também. Não é um renascimento utópico, como bem sabemos. Talvez em 200 anos, quando alcançarmos a Grande Transmutação na água, o mesmo elemento da magnífica Renascença italiana, a humanidade poderá sentir e compreender melhor as dimensões mais profundas da vida. Por que não apontar para a Utopia em seguida? Mas tudo o que for possível até lá, passa por aqui agora mesmo.

É agora que, junto com esta Grande Transmutação especial, alguns aspectos astrológicos significativos apontam para uma mudança real do atual falido sistema mundial. É preciso esse momento crucial no tempo e esse período de [influência do elemento] AR para elevar as perspectivas, compartilhar ideias e ideais e entender como pode ser enriquecedor construir “uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade”, como diz Xi Jinping.

Um ponto de inflexão altamente potencializado, abrindo novos horizontes, oferecendo a possibilidade de enriquecer as trocas em um mundo multipolar e com um apelo à cooperação como nunca conhecemos. Não esqueçamos que este momento também ressoa com o século 13, quando o veneziano Marco Polo, viajando pelas Rota da Seda para a Ásia, trouxe de volta à Europa o frescor dos ventos orientais, com notícias da Dinastia mongol Yuan de Kublai Khan, incluindo a “sublimação ” do dinheiro em uma forma mais leve, da moeda ao papel, mas também a pólvora.

[A Rota da Seda era uma rede de rotas comerciais que conectava o Oriente e o Ocidente e era fundamental para as interações econômicas, culturais, políticas e religiosas entre essas regiões do século II a.C. ao século XVIII. A Rota da Seda se refere principalmente às rotas terrestres que conectavam o Leste Asiático e o Sudeste Asiático com o Sul da Ásia , Pérsia , a Península Arábica , a África Oriental e o Sul da Europa]

Naquela época, havia um stellium (uma concentração de planetas) em Capricórnio, assim como tivemos em 2020, com a seguinte conjunção Júpiter-Saturno em Aquário (embora não como uma Grande Mutação), e a entrada de Plutão em Aquário, como também iremos ter em 2023/2024. É um contexto absurdamente distópico, mas um marco para uma nova concepção da realidade e a possibilidade de surpreender e criar novos horizontes.

Um novo sistema mundial está no [elemento] AR

PE: Giorgio Agamben se referiu àquela famosa intuição de Foucault em Les Mots et les Choses , quando Foucault escreve que a humanidade pode desaparecer como uma figura desenhada na areia sendo apagada pelas ondas do destino que batem na praia. A imagem impressionante pode se aplicar à nossa condição atual, mutante, quando estamos prestes a entrar em uma era trans-humana e até pós-humana, dominada pela inteligência artificial (IA) e engenharia genética ou dominada pela elevação da consciência e a cooperação entre os povos.

Agamben argumenta que o Covid-19, o aquecimento global e, mais radicalmente, o acesso digital direto à nossa vida psíquica [pelo transhumanismo] – todos esses elementos estão destruindo a atual humanidade. A Grande Transmutação instalaria um paradigma diferente – e nos afastaria da pós-humanidade?

FG: O rápido desenvolvimento [e o aumento da nossa dependência ] da tecnologia será algo seriamente complexo para se lidar. Será incrível em muitos aspectos, mas nem todos bonitos, apresentando desafios inegáveis, alguns dos quais já estão aqui e prestes a se intensificar.  Quais são os efeitos da tecnologia e da inteligência artificial em nossos corpos orgânicos e subjetivos? O controle mental com dispositivos bidirecionais, tanto a coleta de informações quanto a “indução de comandos” [ou para ser mais explícito, controle mental], é um trabalho em andamento.

Níveis perversos de controle tecnológico da sociedade são uma preocupação séria, pois o planeta Plutão, também conhecido como Hades, o senhor do submundo, também transitará no Aquário tecnológico e futurista de 2023/24 em diante, até 2043/44 -tempos de intensa transformação social, quanto tecnológica, e os “avanços” vão nos surpreender e a própria concepção da ciência mudará consideravelmente, mas com sérios riscos da loucura transhumanista e pós-humana.

Não podemos desconsiderar a nossa organicidade. Também não podemos desconsiderar nossa subjetividade. Plutão é sobre transformação ou dominação – em outras palavras, citando um artigo recente seu: “Aqui está nosso futuro: hackers ou escravos.” Temos que ir hackeando não apenas no sentido objetivo – o que certamente se torna uma habilidade cada vez mais desejável – mas também no sentido subjetivo, encontrando linhas de fuga e mantendo o Eros vivo, a força vital em nós vívida.

Considerando que já estamos aqui, vivendo uma época distópica, podemos muito bem tirar o melhor proveito dessa aventura inegavelmente épica. Em vez de sucumbir ao medo, pânico e ao isolamento, vencidos pela desgraça e tristeza, não vamos esquecer a observação de Wallerstein sobre o destino versus o Livre Arbítrio – uma abordagem muito legal, aliás, que minha experiência como astróloga observando ciclos coletivos e individuais confirma muito: Ambos existem.

Durante o período estável de um sistema-mundo, sua vida normal quando sua estrutura está funcionando bem, mesmo que haja algumas flutuações nele, é muito difícil mudar as coisas no sistema, ele tende à estabilização [acomodação]. É o “destino” [e a “preguiça”]: você tem que se esforçar muito para conseguir, talvez, muito pouca mudança tentando escapar do destino.

Mas quando o sistema mundial atinge sua fase final [e ocorre a ruptura da “estabilização”], ele não pode mais ser resgatado e há muita instabilidade. A crise não vai embora e a única possibilidade e a grande oportunidade é a mudança, de uma forma ou de outra – é o tempo do uso do Livre Arbítrio [impossível para quem é acomodado, morre de medo e entra em pânico em face a qualquer crise]. Na crise estrutural, Wallerstein diz que temos que usar mais o nosso Livre Arbítrio, nossas ações têm um impacto mais forte e cada pequeno movimento conta para decidir em que direção a mudança do sistema irá ao invés de aceitar o destino [acomodado] sentado à beira do caminho sem fazer nada.

Em nossas vidas pessoais neste momento decisivo, como questiona Foucault, também podemos nos perguntar: Como seres humanos, somos uma solução ou um obstáculo? Somos uma forma de aprisionar a vida – ou somos uma abertura, uma linha de fuga?



A respeito das palavras de Foucault que você e Agamben trazem à luz, permita-me referir-me ao parágrafo anterior, pouco antes daquele final em Les Mots et les Choses , quando ele afirma que “tomando uma amostra cronológica relativamente curta dentro de uma área geográfica restrita – a cultura europeia desde o século XVI – pode-se ter certeza que o homem é uma invenção recente dentro dela”.

O “homem” a que ele se refere como o efeito de uma mudança nos arranjos fundamentais do conhecimento alguns séculos atrás, com os arranjos mais novos talvez prestes a terminar, está dentro das “referências europeias” [e seus inumeráveis “ismos”]. Isso não é nem o começo nem o fim do homem, nem sua única expressão interessante. Com um enorme e profundo apreço por grande parte da cultura europeia, talvez uma das coisas que estão necessariamente chegando ao fim seja justamente o eurocentrismo porque com a Era de Aquário também acaba o domínio do INTELECTO frio e cruel sobre as estruturas da existência humana.

No entanto, é claro, é profundamente preocupante como os rostos estão sendo ao mesmo tempo traçados digitalmente por máquinas e pela pandemia estão sendo ocultos de outros humanos por uso imposto de [“focinheiras”, ops,] máscaras – especialmente os efeitos disso em crianças, um ser humano em formação. A transição atual tem efeitos epistemológicos e efeitos sobre como concebemos o homem/mulher, os seres humanos. Mas não está tudo dito e feito [e nada esta escrito em pedra].

Para contrariar a objetificação dos seres humanos, pode ser oportuno recorrer à concepção dos nativos tupis dos seres humanos: tu + pi, “som sentado”. Um ser humano é um som que se assentou, aconteceu e vibra. Precisamos manter nossos corpos, rostos e palavras vibrantes. Para os nativos tupis brasileiros, cada ser humano é uma nova música, uma nova e única canção, uma palavra que vibra e co-cria vida com os outros e a natureza. Parece que as raízes mais profundas da sabedoria nativa-indígena ainda precisam ser mais plenamente reconhecidas e reintegradas no ocidente antes que a reinvenção do mundo ocidental possa ocorrer.

Agora os ventos sopram do Leste e da Eurásia, inspirando novas formas de coexistência [Mas o principal “vento”, em breve, soprará do Brasil …]. Mas os controladores do capital, da riqueza e do poder mundano não desistirão sem lutar – ou algumas guerras e uma carga pesada de controle social via tecnologia, capturando corpos e mentes. O que será – Grande Reinicialização ou Grande Transmutação?


Asia Times Financial agora está ao vivo. Conectando notícias precisas, análises perspicazes e conhecimento local com o ATF China Bond 50 Index, o primeiro índice de referência de títulos da China em vários setores do mundo. Leia ATF agora.
 
 




Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos



Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Dezembro 26, 2020

chamavioleta

Vejam o ‘Alvorecer’ da Era de Aquário

Por Pepe Escobar

Tradução, edição e imagens:  

Thoth3126@protonmail.ch

Fonte:  ÁsiaTimes
 
 

 
 

Uma leitura astrológica para a humanidade da Terra em um momento de “Grande Transmutação” ao invés de uma “Grande Reinicialização”, o “Great Reset” dos oligarcas psicopatas esta fadado a um fracasso retumbante:  A Era de Aquário começa assim que algumas elites duvidosas e presunçosas se preparam para impor um Grande [Great Reset] Restauração na maior parte do planeta – seguindo uma agenda política muito específica, reducionista, excludente e nefasta para a grande maioria da população planetária. No entanto, o negócio real não é o “Great Reset”; é a “Grande Trasmutação” planetária da Era de Aquário que vai acabar chutando-os para a Grande Lata de lixo da história.

 

Vejam o ‘Alvorecer’ da Era de Aquário: Uma leitura astrológica para o planeta Terra em um momento de “Grande Transmutação” ao invés  de uma “Grande Reinicialização”, o Great Reset dos oligarcas psicopatas esta fadado a um fracasso retumbante

Sentenças entre [ ] são acréscimos de autoria de Thoth.


“Estamos todos na sarjeta, mas ALGUNS de nós estão olhando para as estrelas“. – Oscar Wilde

Hoje, dia 21 de dezembro, solstício com a Grande Conjunção, todas as estações de rádio do Planeta Terra deveriam tocar essa música apropriadamente chamada Era de Aquário – “A Quinta Dimensão…” um clássico soul psicodélico  imortalizado na primavera de 1969, há mais de 51 anos, como um prenúncio do que hoje estamos vivento e que agora é literalmente verdade, pois esta acontecendo.

Este é o alvorecer da Era de Aquário – a “Grande Conjunção” de Júpiter e Saturno em 21 de dezembro em zeroº do signo zodiacal de Aquário e abaixo voce pode ouvir a música:

Tocador de áudio

The Age Of Aquarius/Let The Sunshine In

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars
This is the dawning of the age of Aquarius
Age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!

Harmony and understanding
Sympathy and trust abounding
No more falsehoods or derisions
Golden living dreams of visions
Mystic crystal revelation
And the mind’s true liberation
Aquarius!
Aquarius!

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars
This is the dawning of the age of Aquarius
Age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!
Aquarius!
Aquarius!

— instrumental and tempo shift —

Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in
Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in
Let the sunshine, let the sunshine in, the sunshine in

— continue to end with concurrent scat —

Oh, let it shine, c’mon
Now everybody just sing along
Let the sun shine in
Open up your heart and let it shine on in
When you are lonely, let it shine on
Got to open up your heart and let it shine on in
And when you feel like you’ve been mistreated
And your friends turn away
Just open your heart, and shine it on in

Era de Aquários / Deixe o Sol Vir

Quando a lua está na sétima casa
E Júpiter alinhado com Marte
A paz vai guiar os planetas
E o amor irá além das estrelas
Esse é o começo da era de aquários
Era de aquários
Aquários!
Aquários!

Harmonia e compreensão
Simpatia e confiança em abundância
Nenhuma falsidade ou escárnio
Visões vivas de sonhos dourados
A revelação do Cristal místico
E a verdadeira liberação da mente
Aquários!
Aquários!

Quando a lua está na sétima casa
E Júpiter alinhado com Marte
A paz vai guiar os planetas
E o amor irá além das estrelas
Esse é o começo da era de aquários
Era de aquários
Aquários!
Aquários!
Aquários!
Aquários!

Instrumental e tempo

Deixe o sol, deixar que o sol venha, o sol vir
Deixe o sol, deixar que o sol venha, o sol vir
Deixe o sol, deixar que o sol venha, o sol vir

Oh, deixe-o brilho, Vai!
Agora é só todo mundo cantar junto
Deixe o sol brilhar
Abra o seu coração e deixe-o brilhar nele
Quando você está solitário, deixe-o brilhar
Abra o seu coração e deixa-o brilhar
E quando você sentir como se você foi maltratado
E seus amigos se rebelar
Basta abrir o seu coração, que ele brilhará


A Era de Aquário começa assim que alguns membros psicopatas das elites presunçosas de oligarcas multibilionários se preparam para impor uma Grande [Great Reset] Restauração na maior parte do planeta – seguindo uma agenda política muito específica, reducionista, excludente e nefasta para a grande maioria da população planetária. No entanto, o negócio real não é o “Great Reset”; é a “Grande Trasmutação” planetária que vai acabar chutando-os para a “Grande” Lata de lixo da história.

Portanto, estamos todos “entrando” em algo muito maior do que qualquer cenário distópico orwelliano. Para finalmente lançar a Luz necessária sobre o que parece ser a nossa escuridão atual e interminável, fiz perguntas selecionadas a Vanessa Guazzelli, uma astróloga respeitada, escritora e palestrante em conferências de astrologia em todo o mundo, bem como uma doutora psicanalista e psicóloga praticante. Deixemos a astrologia fertilizar a geopolítica dos oligarcas multibilionários.  Deixemos o Sol entrar em nossas vidas nesta nova era de paz e abundância que se inicia para iluminar a escuridão que aceitamos imposta pelas mesmas elites nos últimos séculos.

Tudo que é sólido e EMOCIONAL se transforma em AR e SENTIMENTO, nesta transição da Era de Peixes [elemento Água] para a Era de Aquário [Elemento AR]

PE-Pepe Escobar: Provavelmente não muitas pessoas ao redor do mundo estão conscientes de que uma rara e grande conjunção entre os planetas Júpiter-Saturno neste 21 de dezembro, combinado com o dia do solstício parece representar o máximo divisor de águas – definido por muitos estudiosos em astrologia como o momento do início da “Grande Transmutação” planetária.

Você poderia explicar o que essa Transmutação realmente significa, astrologicamente, já que parece ocorrer a cada 200 anos? E trazendo isso de volta para a vida cotidiana e política, podemos inferir paralelos geopolíticos a partir do que os planetas e estrelas estão nos dizendo?  

 

Júpiter [Zeus] é a representação do otimismo, a justiça, abundância e a expansividade que lhe permite crescer como indivíduo. Geralmente, todas as conquistas, progressos e grandes passos dados pelas pessoas têm a bênção de Júpiter – o planeta da expansão universal. Saturno [Cronos] é o “Senhor do Tempo”  planeta responsável por toda contemplação profunda, convoca a alma para a vida interior, afastando-a das exterioridades, leva-a a subir cada vez mais alto e enfim inspira-lhe um saber superior e o dom profético”.FONTE

VG=Vanessa Guazzelli: Por Grande Transmutação nos referimos a quando as conjunções Júpiter-Saturno mudam de elementos e de casa zodiacal, o que acontece a cada 200 anos, como você mencionou, mas também a cada vinte anos e cerca de 800 anos, como é a atual conjunção. Júpiter e Saturno estão em conjunção, astrologicamente, pela longitude eclíptica, a cada 20 anos, um período não muito longo. Porém, continuam se cruzando em signos do mesmo elemento por 200 anos, com possibilidade de mais 40 anos de transição, indicando um ciclo maior.

 

Júpiter e Saturno são o que chamamos de planetas sociais e devem ser considerados em relação à política e geopolítica. Quando a conjunção Júpiter-Saturno começa a acontecer efetivamente no próximo elemento, ela marca a Grande Transmutação, denotando importantes mudanças socioeconômicas e culturais. Isso é o que está acontecendo agora.

Viemos de um período de conjunções de dois séculos nos signos do elemento Terra. A ênfase e o nosso foco tem estado na matéria e na dimensão mais tangível da vida – meninos e meninas materiais em um mundo material. À medida que agora avançamos para o elemento AR, quando eles se unem a 0º da casa zodiacal de Aquário, surge uma chamada para a sublimação de tudo que é material para algo mais sutil.

Tudo que é sólido se transforma em ar. Coisas e procedimentos podem ser menos materiais e mais digitais e, até certo ponto, virtuais. Mas não é só isso. Ideias e ideias compartilhadas ganham ainda mais importância. Mais do que o que possuímos materialmente, com quem e para quê é o que mais importa. Colaboração e cooperação são, agora mais do que nunca, os ventos [AR] que fazem o mundo girar.

Este é de fato um aspecto astrológico e configuração altamente significativos que aconteceram no dia 21 de dezembro, às 18h20 UTC. Em partes da Ásia e da Oceania, já passará da meia-noite do dia 22 de dezembro.

Esta não é apenas a Grande Transmutação, mas uma Grande Conjunção, quando os dois planetas visíveis gigantes e mais distantes se unem não apenas pela longitude, mas também pela latitude (coordenadas eclípticas), tanto por ascensão reta quanto por declinação (coordenadas equatoriais).  Isso significa que eles não estão apenas alinhados na mesma direção, mas muito, muito próximos um do outro no céu, vistos da Terra, quase como se fossem a mesma estrela.

A última vez que os dois corpos celestes estiveram tão próximos foi em 1623, mas não foi uma Grande Transmutação, apenas uma conjunção regular em termos de longitude eclíptica.  Astrologicamente, o fato de todas essas melhorias acontecerem juntas nesta época intensifica o significado do que essa conjunção agora indica, quão poderosa é a Transmutação que ela traz.

Na vida cotidiana, também fala de um aumento do desenvolvimento tecnológico, digitalização de coisas e procedimentos, incluindo criptomoedas e dinheiro digital como uma espécie de dinheiro “sublimado”, de matéria [cédula de papel] a uma “substância” mais leve [digital, sem expressão física], menos material que pode rapidamente “circular pelo ar” [pela internet].

Em um nível mais pessoal, tendemos a perder o interesse por contextos sociais que não estão em sintonia com nossas ideias e ideais [polarização], e somos atraídos para grupos, associações e projetos afins e na mesma onda energética que nós. Não é um momento de simplesmente contar com instituições para cuidar das pessoas, mas um momento de discernir por si mesmo e, em seguida, conectar-se com outras pessoas com interesses, ideais, consciência, discernimento e propósitos comuns.

O elemento ar é onde abrimos nosso espaço e abrimos espaço para o outro, seja no respeito às diferenças, seja para colaborar e cooperar por interesses e projetos comuns. Cooperação é a chave, onde cada participante recebe uma parte justa e proporcional, em uma empresa conjunta, é certamente um caminho a percorrer.

Aquário é o oposto do signo centralizador de Leão. Geopoliticamente, ou seja, não é o momento de uma “estrela única” hegemônica [um único pais] dominar o mundo, mas o momento de muitas estrelas [países] iluminando todo o céu. Não é hora de um único império. Pode haver impérios, se no plural. A força das nações poderosas agora reside, mais do que nunca, na qualidade de suas parcerias e alianças e no respeito mútuo, como iguais.

Qualquer “poder” que perder de vista essa chave crucial [como o Deep State] verá que, a curto ou longo prazo, o tiro saiu pela culatra. Alguns são mais poderosos do que outros e alguns serão mais proeminentes do que outros. No entanto, eles não estão sozinhos. É hora de um mundo multipolar – agora esse é o mandato que as posições dos corpos celestes indicam [e ordenam] no céu.

Em relação ao mapa astro-cartográfico da Grande Transmutação, que mostra as linhas de posições planetárias na face da Terra, é interessante notar que as linhas IC de Júpiter e Saturno passam por Pequim, indicando a relevância da China na fundação deste Ciclo de 200 anos, pois o CI é a raiz de um mapa astrológico .

Do outro lado do globo, vemos as linhas MC dos dois planetas passando pela América do Sul (Venezuela, Amazônia brasileira, Bolívia, Argentina), mostrando o valor dos recursos do continente neste novo ciclo.

O que a trupe de elitistas, globalistas e oligarcas do Fórum Econômico Mundial [WEF] de Davos está fazendo

PE : Nossa conjuntura turbulenta atual parece apontar para o aumento da biossegurança e o que algumas análises sistêmicas sérias definem como tecno-feudalismo. Tudo isso implica na hiper concentração de poder – e não apenas poder exercido pela hegemonia geopolítica, os Estados Unidos. Devemos agora esperar uma séria transmutação do atual sistema mundial – conforme estudado por Immanuel Wallerstein, no sentido de mudanças sérias em nosso sistema capitalista? 

VG: Sim, devemos. Estamos no ponto de virada do sistema mundial. Junto com a Grande Transmutação, outro aspecto imensamente significativo na década de 2020 é a conjunção Saturno-Netuno, em fevereiro de 2026, a 0º de Áries. Este é precisamente o primeiro grau de todo o Zodíaco, também chamado de Ponto Vernal – crucial na interpretação astrológica.

Saturno e Netuno se unem a cada 36 anos, o que é um ciclo histórico relativamente curto. Porém, como acontece com a Grande Transmutação, a forma como ela ocorre e onde ocorre no Zodíaco pode nos levar a perspectivas históricas mais amplas e indicar momentos históricos mais expressivos.

Se voltarmos até 7.000 anos atrás, essa conjunção ocorreu no Ponto Vernal apenas em 4.361 a.C. [Era de Touro] e 1.742 a.C. [Era de Áries]. Se olharmos três mil anos à frente, o mais perto que ela chega do Ponto Vernal é 3º de Áries em 3.172. Bastante raro. Portanto, esta conjunção no primeiro grau do Zodíaco, 0º de Áries – o início – não é pouca coisa.

Netuno engravida e concebe; Saturno se refere à estrutura concreta da realidade; e 0º de Áries significa o novo surgindo. Saturno-Netuno em 0º Áries significa uma nova concepção de realidade.

Aspectos entre Saturno e Netuno, por observação histórica, estão associados ao socialismo e ao comunismo – esses movimentos na Terra coincidiram com os contatos transitórios entre esses dois planetas no céu. Já foi comprovado historicamente na astrologia mundana. Além disso, isso não nos fala apenas sobre o passado, pois na verdade está prestes a começar – atualizando-se e avançando, reconfigurando-se transmutando-se em ainda novas e saudáveis formas de convivência.

De acordo com Wallerstein, durante a crise estrutural que caracteriza o período final de um sistema-mundo, uma bifurcação do sistema pode se inclinar para uma das direções ou para vários sistemas. Antes de falecer no ano passado, Wallerstein nos considerava bem no meio da crise estrutural do capitalismo, que dura de 60 a 80 anos.

Eu diria que neste momento passamos do ponto médio. Poderia, inicialmente, ir para sistemas múltiplos em dois ramos: por um lado, o frescor dos ventos orientais inspirando cooperação e multipolaridade por meio da Iniciativa Belt and Road Initiative [BRI, da China] e a integração da Eurásia e seus parceiros; por outro lado, o turbilhão do império [Deep State nos EUA e Europa] em colapso e seus aliados ocidentais como um ciborgue terminator operado pelos perversos membros da elite dos 0,0001% da população que são tão sem vida que não podem conceber o direito de outras pessoas de existirem livres, em paz e prosperidade.

Quando ouvi pela primeira vez sobre isso em junho de 2020, fiquei surpresa como “eles” definiram o “Grande Reinício” para janeiro de 2021, tão perto da Grande Transmutação no final de dezembro de 2020. Duvido que seja uma mera coincidência ou “sincronicidade”. É conhecido que JP Morgan afirmou que milionários não precisam de astrólogos, mas bilionários sim.

Possivelmente consciente dessa grande transição [porque os servidores das trevas tem conhecimento do oculto e do místico] , a tripulação de oligarcas maquiavélicos de Davos parece estar realmente tentando redefinir o sistema [via Great Reset] que já comanda com suas próprias configurações para reviver e reestruturar o atual sistema agonizante, por eles mesmos criado, como um manco ciborgue do inferno.

O potencial da ênfase aquariana é o controle nefasto da sociedade por meio da tecnologia [e dai temos as atuais Big Pharma, Big Tech, censurando tudo que for verdadeiro, o Complexo Industrial Militar, et caterva] , seja ele tecno-feudalismo ou, que os deuses proíbam, uma tecno-escravidão. O lado bom da “Força”, Aquário é um projeto social para sustentar a vida e atender às necessidades das pessoas. Ambas as dimensões ou sistemas podem coexistir na Terra ainda por um pouco de tempo.

As potências ocidentais – para não falar dos “Mestres do Universo”[Illuminati, Nazistas, Khazares, Igreja de Roma, Deep State, et caterva] , como você diz, que puxam seus cordões – parecem ter um longo caminho a percorrer [talvez para a prisão] antes de atingir um estado de cooperação real e respeitosa. Talvez civilizações mais antigas tenham uma raiz mais profunda e consistente da qual extrair a sabedoria e a maturidade necessárias em tempos tão desafiadores para a humanidade.

Muitas vezes lembradas pelas diferentes culturas que abrangia, comida, sabedoria e mercadorias comercializadas ao longo do percurso, a antiga Rota da Seda envolveu um passado e hoje envolvem a troca de ideias. É interessante observar a forte borda aquariana ativada nas progressões astrológicas da China quando a Iniciativa do Cinturão e da Estrada {BRI-Belt & Road Initiative] foi proposta pela primeira vez por Xi Jinping em Astana [Cazaquistão], em 2013, e como ela se conectou ao grau da Grande Mutação (Vênus e Júpiter progrediram em conjunção com AC no 1º de Aquário).

Quando, alguns anos antes, Vladimir Putin fez seu discurso histórico em Munique, propondo a Integração Eurasiana, em fevereiro de 2007, havia um aspecto Saturno-Netuno – uma oposição. Quando, na 70ª Assembleia da ONU, Putin e Xi fizeram discursos longos, fortes e sincronizados afirmando a multipolaridade do mundo, em 2015, havia também um aspecto Saturno-Netuno – uma quadratura.

O próximo aspecto Saturno-Netuno será a conjunção, em fevereiro de 2026, inaugurando um novo ciclo e podemos esperar que esteja relacionado a esses movimentos anteriores, tendo em mente que o ciclo aponta para a multipolaridade e novas formas de convivência. [os termos capitalismo, socialismo, comunismo e outros e tantos “ismos” criados pelo frio e cruel intelecto europeu serão varridos da existência humana, dando lugar a novas formas de governo e cooperação entre os povos]

O feitiço da Lua Negra

PE : A “pandemia” pelo vírus Covid-19 poderia, em certo nível, ser interpretada como o – desagradável – preâmbulo de uma Grande Transmutação? Afinal, a nova [ir]realidade social representa um sistema de cabeça para baixo, de “pernas para o ar”: devastação econômica quase total, especialmente de pequenos negócios; cancelamento de direitos constitucionais; desemprego em massa, governos tirânicos praticamente governando por decreto, sem consulta popular; grandes corporações globais [Big Techs, Big Pharma] censurando qualquer forma de dissidência à sua agenda; populações inteiras praticamente sob prisão domiciliar; a maior parte do planeta reduzida a uma espécie de parque temático de um empreendimento de engenharia social tirânico e totalitário.

VG: Oh, a pandemia Covid-19 – poderíamos ter uma conversa inteira apenas sobre as implicações disso em tantas dimensões, e como pode ser, até certo ponto, rastreado astrologicamente.  Definitivamente, pode ser interpretado como o preâmbulo desagradável, talvez visando [induzindo deliberadamente para ] a Grande [Great Reset] Restauração, pode-se refletir.



Uma experiência coletiva mundial sem precedentes – um experimento social gigantesco. No entanto, [a pandemia] também esta servindo para sacudir tudo, transformando a nossa própria percepção do tempo, de realidade, preparando-nos para a concepção de uma nova Era. Para todos aqueles que “prestam atenção”, um chamado para se estar ainda mais vivo, mais vívido, mais lúcido, consciente das armadilhas, ficando firme contra todas as probabilidades.

A própria dicotomia que tem sido tão enfatizada entre “ou cuidar da vida ou cuidar da economia” por si só mostra o quão absurdo ele já era. Quantas pessoas caíram tão facilmente em separar uma coisa da outra, como se fosse um meio de resistir ao sistema e finalmente dizer não às demandas da acumulação de capital. Para eventualmente ver, de fato, pequenas empresas devastadas, a pobreza aumentando drasticamente, o desemprego generalizado [e tudo isto também tem um custo em vidas humanas] enquanto os bilionários concentram ainda mais a riqueza em níveis ainda mais bizarros em suas mão ávidas e gananciosas.

Algo fundamental a se considerar é como isso afetou [a mente e] o corpo humano. A pandemia foi declarada com a Lua Negra (o apogeu lunar) em Áries e isso indica a importância de estar bem presente e responsivo enquanto Michael Jackson dançava, Bruce Lee se movia como um tigre e Maria Zakharova respondia aos ataques à Rússia.

Em outubro, Lua Negra, este ponto astrológico que representa a dimensão visceral e instintiva da existência, mudou-se para Touro, destacando a importância de estarmos cientes de como a força vital em nós é condicionada ou canalizada, moldando como percebemos e definimos nossa própria existência. Por exemplo, como o confinamento do corpo pode – ou não – confinar a nossa psique.

Quais são os efeitos psicológicos da falta de toque ou da experiência física de ter constantemente a face encoberta [por focinheiras]? Como e o quanto essas situações afetam nossa psique não é irrelevante. Tanto René Descartes quanto Wilhelm Reich tiveram Lua Negra em Touro. Como a mente e o corpo estão relacionados? São uma dicotomia cartesiana ou se entrelaçam como uma unidade bioenergética movida pela libido? Esta é uma questão subjacente importante em nosso consciente coletivo até julho de 2021.

O destino do império [Deep State OCIDENTAL] americano

PE: A astrologia na história humana está repleta de histórias fascinantes sobre interpretações celestiais abrindo caminho para um movimento político ou militar crucial. Por exemplo, pouco antes da conquista mongol de Bagdá em 1258, o Grande Khan Mongol, Hulagu, perguntou ao astrólogo da sua corte sobre as perspectivas à frente. O astrólogo, Husam al-Din, disse que se ele seguisse seus generais e invadisse Bagdá, as consequências seriam nefastas.

Mas então Hulagu recorreu a um astrônomo [muçulmano] xiita, Tusi, um polímata. Tusi disse que a invasão seria um grande sucesso. Foi o que aconteceu – e Tusi foi admitido no círculo íntimo de Hulagu. Portanto, os mongóis – que construíram o maior império da história – eram grandes fãs do “seguro celestial”. Poderia o “seguro celestial” em nossos tempos acabar prevendo o destino de outro império – os Estados Unidos e do seu apêndice, a Europa ?

VG: É verdade, existem tantas histórias fascinantes. O fim do Império Bizantino e a conquista de Constantinopla pelo Sultão Mehmet II do Império Otomano [em 29 de maio de 1453] também foram marcados por uma previsão astrológica da vitória otomana relacionada a um eclipse [uma “Lua de Sangue“] que ocorreu em um momento fundamental ao cerco Otomano de Constantinopla [haverá um eclipse de uma Lua de Sangue, visível do Brasil em 16 de maio de 2022 …]

O retorno de Plutão aos Estados Unidos acontece em 2022. Isso é massivo. É um ciclo de aproximadamente 247 anos. Plutão tem um senso de destino. A volta do senhor do submundo também fala da volta daquilo que foi reprimido, escondido ou rejeitado. Terá três acertos exatos ao longo de 2022, sendo que o final e definitivo do próximo ciclo de Plutão terá o planeta da morte e regeneração enfrentando a Lua Negra Lilith em Câncer, em oposição. O Karma é uma vadia e bate à porta de casa de volta cobrando a sua conta… SEMPRE.

É também um ciclo relacionado à alimentação e ao status da alimentação. Nem tudo será mau e alguns momentos de vitória estarão aí, mas há uma mudança na posição dos EUA no equilíbrio de poderes no mundo que não é tão fácil de digerir. A luta pelo poder será intensa, tanto externa quanto internamente, com riscos consideráveis ​​de manifestações destrutivas. A melhor maneira de passar por um momento assim seria purgando – embora seja difícil acreditar que “o pântano” pode ser drenado tão facilmente.

É um apelo a uma transformação profunda, quando todas as coisas debaixo do tapete e os cadáveres [e otras cositas más] que saem do armário têm de ser resolvidos. Para o povo da nação norte americana, é um apelo à maturidade (Saturno une a Lua), compaixão e uma disposição mais humanamente receptiva (oposição a Netuno), permitindo que as ilusões se dissolvam e percebendo que o império está perdendo sua hegemonia e status, mas a nação continuará. Que nação os EUA deverá ser para seu povo – em oposição a outros povos ou em cooperação ?

Isso não significa que o Império Americano cairá em 2022, mas está entrando em colapso e passará por transformações dramáticas na próxima década.

Um Renascimento Distópico

PE: Em meio a tanta tristeza, parece que você está introduzindo um conceito muito promissor: “Renascimento distópico”. Isso é exatamente o oposto do que está sendo amplamente interpretado como nosso inevitável futuro distópico orwelliano. Como você caracterizaria este Renascimento Distópico – em termos de luta individual, coletiva, política e cultural?

VG: O conceito surge justamente para elucidar a extrema complexidade dos nossos tempos. Bem, a parte renascentista parece muito promissora, não é? Mas, há a parte distópica nisso também. Não é um renascimento utópico, como bem sabemos. Talvez em 200 anos, quando alcançarmos a Grande Transmutação na água, o mesmo elemento da magnífica Renascença italiana, a humanidade poderá sentir e compreender melhor as dimensões mais profundas da vida. Por que não apontar para a Utopia em seguida? Mas tudo o que for possível até lá, passa por aqui agora mesmo.

É agora que, junto com esta Grande Transmutação especial, alguns aspectos astrológicos significativos apontam para uma mudança real do atual falido sistema mundial. É preciso esse momento crucial no tempo e esse período de [influência do elemento] AR para elevar as perspectivas, compartilhar ideias e ideais e entender como pode ser enriquecedor construir “uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade”, como diz Xi Jinping.

Um ponto de inflexão altamente potencializado, abrindo novos horizontes, oferecendo a possibilidade de enriquecer as trocas em um mundo multipolar e com um apelo à cooperação como nunca conhecemos. Não esqueçamos que este momento também ressoa com o século 13, quando o veneziano Marco Polo, viajando pelas Rota da Seda para a Ásia, trouxe de volta à Europa o frescor dos ventos orientais, com notícias da Dinastia mongol Yuan de Kublai Khan, incluindo a “sublimação ” do dinheiro em uma forma mais leve, da moeda ao papel, mas também a pólvora.

[A Rota da Seda era uma rede de rotas comerciais que conectava o Oriente e o Ocidente e era fundamental para as interações econômicas, culturais, políticas e religiosas entre essas regiões do século II a.C. ao século XVIII. A Rota da Seda se refere principalmente às rotas terrestres que conectavam o Leste Asiático e o Sudeste Asiático com o Sul da Ásia , Pérsia , a Península Arábica , a África Oriental e o Sul da Europa]

Naquela época, havia um stellium (uma concentração de planetas) em Capricórnio, assim como tivemos em 2020, com a seguinte conjunção Júpiter-Saturno em Aquário (embora não como uma Grande Mutação), e a entrada de Plutão em Aquário, como também iremos ter em 2023/2024. É um contexto absurdamente distópico, mas um marco para uma nova concepção da realidade e a possibilidade de surpreender e criar novos horizontes.

Um novo sistema mundial está no [elemento] AR

PE: Giorgio Agamben se referiu àquela famosa intuição de Foucault em Les Mots et les Choses , quando Foucault escreve que a humanidade pode desaparecer como uma figura desenhada na areia sendo apagada pelas ondas do destino que batem na praia. A imagem impressionante pode se aplicar à nossa condição atual, mutante, quando estamos prestes a entrar em uma era trans-humana e até pós-humana, dominada pela inteligência artificial (IA) e engenharia genética ou dominada pela elevação da consciência e a cooperação entre os povos.

Agamben argumenta que o Covid-19, o aquecimento global e, mais radicalmente, o acesso digital direto à nossa vida psíquica [pelo transhumanismo] – todos esses elementos estão destruindo a atual humanidade. A Grande Transmutação instalaria um paradigma diferente – e nos afastaria da pós-humanidade?

FG: O rápido desenvolvimento [e o aumento da nossa dependência ] da tecnologia será algo seriamente complexo para se lidar. Será incrível em muitos aspectos, mas nem todos bonitos, apresentando desafios inegáveis, alguns dos quais já estão aqui e prestes a se intensificar.  Quais são os efeitos da tecnologia e da inteligência artificial em nossos corpos orgânicos e subjetivos? O controle mental com dispositivos bidirecionais, tanto a coleta de informações quanto a “indução de comandos” [ou para ser mais explícito, controle mental], é um trabalho em andamento.

Níveis perversos de controle tecnológico da sociedade são uma preocupação séria, pois o planeta Plutão, também conhecido como Hades, o senhor do submundo, também transitará no Aquário tecnológico e futurista de 2023/24 em diante, até 2043/44 -tempos de intensa transformação social, quanto tecnológica, e os “avanços” vão nos surpreender e a própria concepção da ciência mudará consideravelmente, mas com sérios riscos da loucura transhumanista e pós-humana.

Não podemos desconsiderar a nossa organicidade. Também não podemos desconsiderar nossa subjetividade. Plutão é sobre transformação ou dominação – em outras palavras, citando um artigo recente seu: “Aqui está nosso futuro: hackers ou escravos.” Temos que ir hackeando não apenas no sentido objetivo – o que certamente se torna uma habilidade cada vez mais desejável – mas também no sentido subjetivo, encontrando linhas de fuga e mantendo o Eros vivo, a força vital em nós vívida.

Considerando que já estamos aqui, vivendo uma época distópica, podemos muito bem tirar o melhor proveito dessa aventura inegavelmente épica. Em vez de sucumbir ao medo, pânico e ao isolamento, vencidos pela desgraça e tristeza, não vamos esquecer a observação de Wallerstein sobre o destino versus o Livre Arbítrio – uma abordagem muito legal, aliás, que minha experiência como astróloga observando ciclos coletivos e individuais confirma muito: Ambos existem.

Durante o período estável de um sistema-mundo, sua vida normal quando sua estrutura está funcionando bem, mesmo que haja algumas flutuações nele, é muito difícil mudar as coisas no sistema, ele tende à estabilização [acomodação]. É o “destino” [e a “preguiça”]: você tem que se esforçar muito para conseguir, talvez, muito pouca mudança tentando escapar do destino.

Mas quando o sistema mundial atinge sua fase final [e ocorre a ruptura da “estabilização”], ele não pode mais ser resgatado e há muita instabilidade. A crise não vai embora e a única possibilidade e a grande oportunidade é a mudança, de uma forma ou de outra – é o tempo do uso do Livre Arbítrio [impossível para quem é acomodado, morre de medo e entra em pânico em face a qualquer crise]. Na crise estrutural, Wallerstein diz que temos que usar mais o nosso Livre Arbítrio, nossas ações têm um impacto mais forte e cada pequeno movimento conta para decidir em que direção a mudança do sistema irá ao invés de aceitar o destino [acomodado] sentado à beira do caminho sem fazer nada.

Em nossas vidas pessoais neste momento decisivo, como questiona Foucault, também podemos nos perguntar: Como seres humanos, somos uma solução ou um obstáculo? Somos uma forma de aprisionar a vida – ou somos uma abertura, uma linha de fuga?



A respeito das palavras de Foucault que você e Agamben trazem à luz, permita-me referir-me ao parágrafo anterior, pouco antes daquele final em Les Mots et les Choses , quando ele afirma que “tomando uma amostra cronológica relativamente curta dentro de uma área geográfica restrita – a cultura europeia desde o século XVI – pode-se ter certeza que o homem é uma invenção recente dentro dela”.

O “homem” a que ele se refere como o efeito de uma mudança nos arranjos fundamentais do conhecimento alguns séculos atrás, com os arranjos mais novos talvez prestes a terminar, está dentro das “referências europeias” [e seus inumeráveis “ismos”]. Isso não é nem o começo nem o fim do homem, nem sua única expressão interessante. Com um enorme e profundo apreço por grande parte da cultura europeia, talvez uma das coisas que estão necessariamente chegando ao fim seja justamente o eurocentrismo porque com a Era de Aquário também acaba o domínio do INTELECTO frio e cruel sobre as estruturas da existência humana.

No entanto, é claro, é profundamente preocupante como os rostos estão sendo ao mesmo tempo traçados digitalmente por máquinas e pela pandemia estão sendo ocultos de outros humanos por uso imposto de [“focinheiras”, ops,] máscaras – especialmente os efeitos disso em crianças, um ser humano em formação. A transição atual tem efeitos epistemológicos e efeitos sobre como concebemos o homem/mulher, os seres humanos. Mas não está tudo dito e feito [e nada esta escrito em pedra].

Para contrariar a objetificação dos seres humanos, pode ser oportuno recorrer à concepção dos nativos tupis dos seres humanos: tu + pi, “som sentado”. Um ser humano é um som que se assentou, aconteceu e vibra. Precisamos manter nossos corpos, rostos e palavras vibrantes. Para os nativos tupis brasileiros, cada ser humano é uma nova música, uma nova e única canção, uma palavra que vibra e co-cria vida com os outros e a natureza. Parece que as raízes mais profundas da sabedoria nativa-indígena ainda precisam ser mais plenamente reconhecidas e reintegradas no ocidente antes que a reinvenção do mundo ocidental possa ocorrer.

Agora os ventos sopram do Leste e da Eurásia, inspirando novas formas de coexistência [Mas o principal “vento”, em breve, soprará do Brasil …]. Mas os controladores do capital, da riqueza e do poder mundano não desistirão sem lutar – ou algumas guerras e uma carga pesada de controle social via tecnologia, capturando corpos e mentes. O que será – Grande Reinicialização ou Grande Transmutação?


Asia Times Financial agora está ao vivo. Conectando notícias precisas, análises perspicazes e conhecimento local com o ATF China Bond 50 Index, o primeiro índice de referência de títulos da China em vários setores do mundo. Leia ATF agora.
 
 




Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos



Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Dezembro 04, 2016

chamavioleta

A Alquimia do Poder: 

A Indústria Farmacêutica 

 A sua História, as suas Drogas e como Manipula o Mundo

Publicado a 28 Novembro, 2016 

por Edward Morgan   


Durante a Idade Média, o conhecimento sobre as propriedades curativas das plantas era proveniente sobretudo de druidas e bruxas. Essas pessoas conheciam a natureza e curas, e podiam tratar problemas de saúde como inflamações ou pequenas feridas, com misturas simples de folhas e ervas. Mas isso acabou por torná-los numa ameaça para a Igreja.
 
 
O catolicismo era muito poderoso e não aceitava nenhuma solução para as doenças para além da oração, da obediência e das doações financeiras generosas. Mesmo que não houvesse cura disponível para uma doença durante a vida de uma pessoa na Terra, uma grande vida no céu, após a morte, foi-lhes prometida. Assim, druidas, bruxas e os seus remédios naturais representavam uma ameaça para este modelo. Rotulados como malignos, foram brutalmente erradicados.

As drogas ilegais de hoje eram as legais de ontem

No início dos anos 1900, a cocaína e a heroína eram drogas legais e quotidianas. A heroína era usada para acalmar crianças, a cocaína para estimular o metabolismo e o apetite, e ambas eram prescritas como estimulantes do humor.
A C.F. A Boehringer de Mannheim, na Alemanha, estava orgulhosa de ser a produtora líder de cocaína a nível mundial. Mesmo os vinhos frequentemente continham cocaína, e por isso tinham, consequentemente, uma enorme procura. O Papa Leão XIII concedeu uma medalha de ouro ao enólogo Angelo Mariani pela sua invenção do vinho enriquecido com cocaína. No rótulo do vinho Maltine, produzido em Nova York, as pessoas eram instruídas a consumir um copo cheio durante e após as refeições, sendo que às crianças era recomendado que tomassem um copo meio-cheio. O Metcalf era outro vinho de cocaína famoso que era popular como uma bebida de festas. O Vapor-OL era uma mistura de álcool e ópio que reivindicava curar a asma e os espasmos.
 
Como as garrafas de vinho eram demasiado volumosas para colocar em bolsas, as senhoras em vez disso levavam pequenas pastilhas de cocaína quando saíam. Estas eram supostamente utilizadas para melhorar o humor e tratar as cordas vocais. Para evitar as dores de garganta, esses comprimidos eram vistos como essenciais para cantores, mães com filhos pequenos e professores. Às crianças era mesmo dada a cocaína em comprimidos para as dores de dentes. Só curava os sintomas e, é claro, a dor voltava logo após os efeitos da droga desaparecerem. Ainda hoje, os dentistas usam uma forma modificada de cocaína conhecida como Lidocaína para entorpecer os nervos antes da cirurgia.
Imagem: Por Maksym Kozlenko [CC BY-SA 4.0], via Wikimedia Commons
Outro exemplo é uma droga conhecida como Paregoric, produzida pela Stickney & Poor`s, que continha 46% de álcool e uma grande percentagem de ópio puro. Incrivelmente foi recomendada como uma ajuda para dormir para recém-nascidos, a quem eram dadas 3 gotas diariamente. 8 gotas diárias era o aconselhado para bebés com 8 dias de idade, 25 gotas para crianças de 5 anos, e uma colher inteira para adultos. Sem dúvida todos dormiam bem.
 
Hoje existem museus na Alemanha, como em Dortmund e Heidelberg, onde você pode ver frascos e frascos de remédios daqueles dias passados. Vale a pena visitar, eles são muito educativos!

As drogas legalizadas de hoje

Seria ilusório fingir que os medicamentos perigosos baseados em drogas já não existem. O pesadelo ainda anda por aí, todos os dias. Somos confrontados com ele no momento em que ficamos doentes e vamos ao nosso médico à procura de tratamento.
Um produto farmacêutico contendo Varfarina.
As drogas químicas prescritas por médicos convencionais causam efeitos colaterais múltiplos. Enquanto nosso corpo entende – e pode com segurança metabolizar – moléculas naturais, os produtos químicos artificiais e sintéticos que os médicos prescrevem são estranhos a ele.
 
Tomemos o exemplo da Varfarina, uma droga anticoagulante (adelgaçante do sangue), que é prescrita para milhões de pessoas que sofrem de doenças cardiovasculares. Também é usada como veneno para ratos, e é uma das principais causas de morte em salas de emergência hospitalares nos Estados Unidos. Para aqueles pacientes que não mata, os possíveis efeitos secundários da Varfarina incluem úlceras no pé, dedos roxos, tonturas, fezes sanguinolentas, tossir sangue, sangramento que não estanca, náusea, vómitos, dificuldades respiratórias, falta de ar e paralisia, entre outros. Muitas mortes por hipovolémia, uma diminuição perigosa no volume de sangue no corpo, estão associadas ao uso a longo prazo de drogas para diluir o sangue.

Antibióticos – outro enorme mercado

Você já pensou sobre o que a palavra “antibiótico” realmente significa? Significa “contra a vida”. Se você comer carne não-orgânica, você recebe uma dosagem de antibióticos químicos cada vez que você digere um pedaço fino de carne ou uma asa de frango. Não tenha ilusões, os antibióticos são tóxicos.
 
Quando os pacientes desenvolvem a gripe, muitos médicos imediatamente prescrevem antibióticos químicos. Estes matam TODAS as bactérias no intestino – incluindo as benéficas. A digestão adequada e a absorção de micronutrientes são então impossíveis até vários dias depois.
 
Mas existem outras abordagens mais seguras. Existem muitos antibióticos naturais que são baseados em plantas e que não irão prejudicar as bactérias benéficas que vivem no intestino.
 
Plantas naturais com propriedades antibióticas:
  • Balsamodendron muskul
  • Maharasnadi quath
  • Tinospora cordifolia
  • Rubia cordifolia
  • Shank bhasma
  • Emblica officinalis
  • Sutherlandia frutescens
  • Moringa pterygosperma
  • Glycyrrhiza glabra
  • Asparagus racemoses
  • Cimmamonum zeylanicum
Estes antibióticos naturais são muito poderosos. Mas como eles não podem ser patenteados eles não têm nenhum interesse para as empresas farmacêuticas porque a margem de lucro é muito baixa. Um corpo saudável não tem utilidade para a indústria farmacêutica. Apenas os corpos doentes geram lucros.
Rubia cordifolia Imagem: Por Vinayaraj (Trabalho próprio) [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

O flúor é tóxico e não devia estar nas pastas de dentes

Outra substância extremamente tóxica é o flúor, que é um ingrediente da maioria das pastas dentífricas. Raymond Francis, um cientista treinado pelo MIT, descreveu o flúor como um dos produtos químicos mais tóxicos no nosso ambiente e uma vasta experiência. Apenas um punhado de pastas de dentes são decentes, as melhores contêm substâncias naturais, como óleo de chá-árvore e sal marinho.
 
Produto dos resíduos da indústria de fertilizantes químicos, o flúor é também um ingrediente principal dos fármacos antidepressivos como Diazepam, Flunitrazepam, Rohypnol, Stelazine, Trifluoperazin, Prozac e Zoloft.

A fácil acessibilidade dos antidepressivos

Kim, 38 anos, descreve a sua experiência da seguinte forma: “Eu só tinha um bebé e sofria da chamada depressão pós-parto’. Eu não estava a sentir-me bem, tinha alterações de humor, e não conseguia adormecer facilmente. Eu estava ansioso e inquieto. Fui ver o meu médico de família e ele prescreveu-me Zoloft para me “aliviar um pouco”. Eu não pensei nisso e no começo funcionou bem, eu sentia-me menos emocional com as coisas e conseguia dormir melhor, mas após alguns meses eu estava mais deprimida do que nunca. No meu aniversário recebi um presente e eu nem sequer consegui ficar feliz com isso, apenas sentia-me completamente entorpecida, e foi então que percebi que tinha que parar. Faz meses que eu tomo um comprimido e até agora eu ainda não voltei completamente ao velho ‘eu’.

Hoje em dia, mesmo as crianças e adolescentes recebem antidepressivos. É perturbador que algumas crianças de 6 as tomem agora e o número de novos utilizadores está a aumentar. Considere alguns dos possíveis efeitos colaterais:
  1. Depressão
  2. Mania e psicose
  3. Sentimentos suicidas
  4. Violência
  5. Cancro
  6. Defeitos de nascimento e aumento do risco de autismo
  7. Danos cerebrais
  8. Ossos enfraquecidos
  9. Movimentos incontroláveis do corpo
  10.  Aumento do risco de diabetes
  11.  Aumento do risco de acidentes vasculares cerebrais
  12.  Aumento do risco de demência
  13.  Aumento do risco de nervosismo, insónia e agitação
  14.  Apatia
  15.  Problemas sexuais
  16.  Vício
Para obter mais informações sobre os perigos dos antidepressivos, visite o site ssristories.org.
Para tratar a depressão naturalmente, pesquisas recentes sugerem que grandes quantidades de ácidos ômega-3 DHA e EPA, juntamente com uma selecção de micronutrientes, podem ser eficazes.
 
Uma alternativa natural aos antidepressivos.

Os enormes lucros dos negócios com as doenças

Não deveriam nossos governos ter o dever moral e legal de começarem a financiar estudos científicos que lidam com abordagens de saúde natural? Eles deveriam, mas infelizmente os interesses financeiros estão a impedir que isso aconteça.
 
Para ilustrar as enormes margens de lucro da indústria farmacêutica a partir de drogas químicas, vamos dar alguns exemplos:
Aspirina:
Um pacote com 20 comprimidos = 3 dólares
Custos com produção, incl. embalamento = 0,03 dólares
Margem de lucro percentual = 10.000%!
Xanax:
comprimidos 100 x 1mg = 136.79 dólares
Custos de produção = 0.024 dólares
Margem de lucro percentual = 569,958% !!
Como você pode imaginar, a nível político, lucros como este compram à indústria farmacêutica muita influência.

Quem controla o mundo?

Mayer Amschel Rothschild
Grandes participações em algumas das maiores corporações do mundo são propriedade de uma rede de famílias que operam globalmente. Além da indústria farmacêutica, essas mesmas famílias também controlam bancos, empresas químicas, empresas de biotecnologia, agências de notícias e outros sectores-chave da sociedade.
“Permitam-nos controlar o dinheiro de um país e não nos importamos com quem faça as suas leis”
A máxima da casa dos Rothschilds, é o princípio de fundação dos bancos europeus, como descrito num relatório das audiências oficiais do governo dos EUA em 1914.
 
Na área bancária, uma das famílias mais influentes é a família Rothschild. Descendente de Mayer Amschel Rothschild, que criou um negócio bancário na década de 1760, o jornal britânico Daily Telegraph descreveu-os como um sinónimo de riqueza e poder, notando que “o nome Rothschild tornou-se sinónimo de dinheiro e de poder numa medida que mais nenhuma outra família alcançou”. Notoriamente, diz-se que a versão original do hit do musical Fiddler on the roof não se chamava “se eu fosse um homem rico”, mas sim “se eu fosse um Rothschild”.
John D. Rockefeller
No que diz respeito ao desenvolvimento da indústria farmacêutica, sem dúvida a influência mais importante foi a de um americano chamado John D. Rockefeller. Uma breve história da sua empreitada para criar um sistema de saúde industrializado pode ser lida no site da Fundação. Existe também um livro revelador intitulado Rockefeller Medicine Men que descreve como, nos primeiros anos do século 20, Rockefeller criou a indústria do investimento farmacêutico para promover a riqueza, já por si massiva, e o poder que ele tinha acumulado através do seu controlo sobre a indústria do petróleo.
 
Os principais princípios por detrás do plano de negócios com fármacos de Rockefeller, nos quais assenta a indústria farmacêutica de hoje, são os seguintes:
Os produtos devem ser patenteáveis.
Os produtos não devem abordar as causas da doença, mas apenas tratar os sintomas.
 
Os produtos devem ter um potencial aditivo.
 
Numa ilustração vívida de como as famílias-chave no negócio global do investimento se ligam, em Maio de 2012 foi anunciado que a dinastia de operações bancária de Rothschild tinha comprado uma 37 por cento das acções da riqueza do grupo de Rockefeller e no negócio de gestão de recursos. O movimento juntou David Rockefeller, então com 96 anos, e Jacob Rothschild, então 76, patriarcas da família, cuja relação pessoal diz-se datar já desde há cinco décadas.

O objectivo principal da indústria farmacêutica não é a cura, mas o lucro

 
 
As empresas farmacêuticas não estão interessadas em curar os pacientes, o seu único foco é o de os transformar em clientes ao longo da vida. Isto significa que o mercado da indústria farmacêutica é o corpo humano. Com a ajuda da indústria dos alimentos, que produz alimentos rápidos e processados e refrigerantes açucarados, a transformação da saúde em doença – através da qual as empresas farmacêuticas prosperam financeiramente – pode ser facilmente alcançada.
 
Para garantir que tudo corre bem, dispendiosas agências de publicidade são usadas. A maior delas está presente em vários países e oferece às empresas farmacêuticas contacto directo com as autoridades governamentais de saúde. Eles também fornecem “formação” médica gratuita para os médicos com o intuito de promover novas drogas para os pacientes.
 
Mas nem tudo são más notícias. À medida que estilos de vida orgânicos e saudáveis se tornam cada vez mais populares, as pessoas cada vez mais sentem a beleza que existe em reconectarem-se com a natureza. Novas abordagens da educação estão a ensinar as crianças a pensarem por si mesmas e a fazerem as suas próprias escolhas. Terapias naturais com micronutrientes e plantas de cura estão cada vez mais disponíveis e estão a ser usadas por um maior número de pessoas. A mídia sociais têm desempenhado um papel importante nisso, através de pessoas que partilham as suas experiências on-line. O resultado inevitável de tudo isto é que, lenta mas seguramente, o poder e a influência da indústria farmacêutica estão a ser reduzidos. Embora ainda não tenhamos grandes hospitais e universidades a promoverem remédios naturais, um dia certamente teremos.
 

 



 
 
Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português: 
 






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.

Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.

achama.biz.ly 


achama.islands.biz.tc/

http://islands.biz.tc/azores/

Israel ou Cazária!?


achama.biz.ly email: nai@achama.biz.ly

EN: VioletFlame The Illuminati * Alternative Media * North Atlantic Islands * Indian Ocean Islands * South Atlantic Ocean Islands * Alternative Media Creator's Map ESU IMMANUEL Exposing Media DesInformationGalactic Federation Indians, Prophecies and UFOs Illuminati, The Infinite Being Israel (!?) Jews..., the Real ones! *Khazars Jews are converted, not jenuine Meditation Media News NESARA (!?) SCIENCE, SPIRIT, Free Energy!... UFO CONTACTS UFOs (MORE) USA The 4th NAZI Reich!? * Zionism Lies and The Illuminati * Light a Candle for PEACE * The Red Pill * The True Shadow Government

ES: LLAMA VIOLETA

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub