Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Julho 15, 2023

chamavioleta

O PODER DO AMOR PRÓPRIO

Como ele pode ajudar nosso planeta a se curar rapidamente

Canal: Aurora Ray

Tradução: De Coração a Coração a 15 de julho de 2023

 

 
A Terra se esforça para manter sua integridade.
 
Atualmente, a Terra se sente despojada de sua integridade, desrespeitada e odiada.
 
A Terra* é uma coisa viva que ama você e lhe dá um lar. A Terra está prestes a restaurar sua pureza e permitir que você perceba como é importante amar a Terra para amar a si mesmo.
 
Ame a Terra e a si mesmo porque são um e o mesmo.
 
Precisamos estar conscientes do que estamos fazendo com nossas vidas, porque não somos apenas parte da Terra, mas também parte do universo. Somos formados por átomos que foram criados em outra galáxia há bilhões de anos, e agora vivemos neste planeta com outros seres como nós.
 
Temos que cuidar do nosso planeta para que ele viva muitos anos mais.
 
Quando amamos a nós mesmos e aos outros o suficiente, automaticamente daremos coisas de volta à Terra e ao universo. Isso significa que se não amarmos a nós mesmos ou aos outros o suficiente, nada mudará em nossas vidas, mesmo que desejemos algo diferente do que está acontecendo agora! Vamos começar agora amando a nós mesmos e aos outros!
 
A Terra é um corpo que está vivo há bilhões de anos.
Passou por muitas mudanças para sobreviver.
 
Estamos aqui para experimentar a vida na Terra e aprender com ela, mas também devemos protegê-la. Ela precisa de nós agora mais do que nunca porque está sob ataque de todos os lados: do sol que está queimando sua pele, da água que retira os minerais necessários para a vida, destruindo tudo o que ela ama, e do próprio homem, que quer apenas poder sobre a natureza para seus próprios ganhos egoístas. Todas essas fontes de sofrimento estão se aproximando hoje mais do que nunca!
 
A Terra tem trabalhado em si mesma por muitos anos, mas ela não foi capaz de fazer toda a sua cura porque precisava de sua ajuda. Ela passou por tanto trauma, dor e sofrimento que não consegue se curar sozinha. Ela precisa de você para ajudá-la a se curar para que ela possa retornar ao seu verdadeiro eu novamente.
 
A Terra precisa do amor de vocês agora, assim como dos outros. Todos vocês estão conectados em um nível espiritual e emocional uns com os outros e com a própria natureza.
 
Quanto mais você se amar, mais energia amorosa será liberada no universo, o que permitirá que nosso planeta se cure mais rápido do que nunca! Ame a si mesmo para que sua luz brilhe mais forte do que nunca! Você merece isso!
 
Quando a Terra nasceu do Grande Sol Central, alguns bilhões de anos atrás, já estava começando a amadurecer em uma entidade viva que se conhece como Mãe Natureza.
 
O planeta está passando por um processo de transformação no qual ajuda você a reintegrar sua alma com sua consciência de origem, ou consciência de Deus.
 
Esse processo pode ser comparado a um bebê no útero. À medida que um bebê cresce, ele passa por diferentes estágios de crescimento até atingir a maturidade total; o mesmo vale para o nosso planeta, assim como para nós mesmos.
 
O planeta atingiu um estágio em seu desenvolvimento em que agora deve se fundir com a consciência de Deus para que cada um de nós possa se tornar um com nosso eu superior e viver em unidade com toda a vida na Terra.
 
Meu ponto aqui é amar a si mesmo primeiro e, então, você naturalmente amará os outros e a Mãe Terra. Agradeça a si mesmo em primeiro lugar, pois sem você nossa existência não seria a mesma. Sem vocês nada teria mudado para melhor. Não haveria nenhum outro mundo salvo da destruição ou qualquer esperança para o futuro.
 
Sem você, só haveria mais negatividade no mundo. A Terra precisa de sua luz porque só haveria mais escuridão se não fosse por sua influência neste planeta como uma das muitas almas que compõem todo o corpo dos humanos que compõem o que conhecemos como existência hoje.
 
Nos dias de hoje, é mais importante do que nunca amar a si mesmo. Hoje, desafio você a começar a amar a si mesmo do fundo do seu coração. Quando você se ama, você é um farol de luz para todos ao seu redor!
 
Seja a melhor versão de si mesmo. Seja uma luz para os outros; você ficará surpreso com a rapidez com que o mundo mudará para melhor por causa de suas ações! Amar a si mesmo e à sua luz é a maneira mais rápida de ajudar a curar nosso planeta.
 
Seu sorriso e bem-estar são necessários e vale a pena protegê-los com pura bondade e compaixão, para que todos possam compartilhar o que não estão recebendo em outro lugar.
 
Você é especial!
Você também vale muito!
Nós os amamos muito.
Estamos aqui com vocês.
Somos sua família de Luz.
Nós somos a Federação Galáctica.
 
A’HO
 
Aurora Ray
Embaixadora da Federação Galáctica
 
 
Por favor compartilhe todos os créditos ao compartilhar.
 
* Nota minha: A Arcangelina Gaia é a alma da Terra.
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
 

 

Março 04, 2023

chamavioleta

Não sois máquinas

Mensagem de Saint Germain
Canal: Jahn J Kassl

Tradução a 4 de março de 2023

 
 

 

Tensão energética e electromagnética
 
JJK: Depois de ter estado hoje num centro comercial, que tinha de ser, estou totalmente exausto e tenho uma dor de cabeça e tanto. Isto será provavelmente semelhante a muitas pessoas neste momento, que estão apenas a rodopiar pelas influências enérgicas?
 
Mestre Saint Germain: Neste momento estão expostos a cargas energéticas e electromagnéticas inacreditáveis. Além disso, a poluição no ambiente, no ar, na terra e na água está a afectar-vos. Sim, está e está a ser desafiado.
 
O que pode fazer, como pode lidar com isso?
 
Esteja atento a onde decide estar e quando.
 
Se você, como Jahn hoje em dia, é afligido por influências estranhas, então vá, assim que lhe for possível, para uma sessão de cura silenciosa com a luz divina, com os Mestres Ascensionados ou/e os Arcanjos. Peça para remover as energias estranhas - e isso irá acontecer. Também pode conseguir isto durante as fases do sono.
 
Se cair cansado na cama, peça a luz e o amor de Deus - isso pode e acontecerá. A cura é sempre possível, incurável não existe.
 
JJK: Comigo não quer realmente ter sucesso hoje. Ainda estou um pouco adormecido, embora já tenha meditado e "pós-dormido"?
 
Mestre Saint Germain: Por vezes leva tempo até que certas energias partem completamente. Este é o seu caso hoje porque passou por processos energéticos massivos nas últimas 48 horas e ainda hoje esteve aberto a certas influências. Sempre que um ser humano necessitado olhava para si hoje em dia, estendia-lhe um convite enérgico. O que raramente se faz, hoje em dia fez em grande medida e tantas energias foram capazes de chegar até si.
 
Este é um processo natural durante o trabalho transformacional e a mudança de energias. Leva algum tempo até que o novo estatuto se possa estabelecer.
 
JJK: Que tipo de novo estatuto?
 
Mestre Saint Germain: Um novo nível de compaixão e amor - o próximo nível é alcançado, expande-se cada vez mais dentro de si.
 
Ama-te a ti próprio por ele ...
 
 
Gente querida,
Todos vocês estão actualmente a passar por processos de transformação. Como a terra está a mudar, vocês também estão a mudar. Em todos os níveis do vosso ser acontecem grandes convulsões e estas conduzem muito frequentemente ao cansaço, impotência, desânimo - até à exaustão. Aceitem estas condições e não se condenem por isso! O autoamor tem aqui o papel principal.
 
Especialmente as pessoas que têm funcionado como máquinas podem sentir-se inúteis devido a isto.
 
Questionem padrões e crenças a este respeito e cheguem ao fundo dos bloqueios!
 
Não tem de provar nada a ninguém, ninguém exige nada de si, a menos que você mesmo imagine e diga isso a si mesmo. Chegou o momento de estar atento e amoroso consigo mesmo.
 
O velho pode, vai e deve ir, para que o novo possa surgir.
 
Comece o seu trabalho de transformação aceitando o seu "NÃO-FUNCIONAMENTO" e dedique-se a si próprio o tempo de que necessita. Coloca-te no centro! Se for chamado egoísta, não se ofenda por isso, porque para alguém que não consegue ler processos interiores, também permanece um mistério.
 
A sua transformação está a ter lugar agora. Renda-se a ela e esteja ciente: a sua antiga vida na roda do hamster, como um robô entre robôs, acabou. Mais uma vez tornas-te naquilo que és - um ser humano em plena floração.
 
Com amor infinito,
 
Saint Germain
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

 

Setembro 03, 2020

chamavioleta

O Dragão e a espada.

Estados de espíritos, posso estar assim? Posso ser assim?

Por Fabio Nasa.

3 de setembro de 2020. 

 
 
Mulher ao lado de árvores olhando para frente.
 
 
 
 
 
Hoje amanheci com um desejo enorme de sair com uma marreta e marretar o primeiro que cruzar meu caminho. Já se perguntaram por que ficamos assim, nesse estado ou estágio?
 
Existem razões sociais, neuroquímicas, psíquicas, emocionais, comportamentais, espirituais…
 
 
Aguardando peça de reposição a 6 meses em concessionária, atendente técnico que descumpre o prometido, reforma em casa e materiais que são entregues fora do especificado, pedreiros descumprindo prazos, coisas que não caminham, colegas de trabalho braço curto, invasão de privacidade dos sem noções de limite, cuidados com a saúde física, exercícios do sentir, autoavaliações constantes…
 
 
Status de hoje: frustrado com o mundo! E com todos!
 
Essa é uma pequena lista de alguns detalhes do momento de vida. Mas por que externar ou expor isso?
 
Justamente para fazermos uma análise do sentir e do momento sentido e vivido. Se perguntarmos ou abrirmos uma enquete, veremos que todo mundo passa por situações entendidas por elas no momento presente como “problemas” ou desafios de vida.
 
Quem está num processo de autoconhecimento ou de reforma do seu sentir, costuma se cobrar ou se culpar muita das vezes por sentir raiva, agressividade.
 
Carolina Heza/Unsplash
 
 
Já pararam para pensar que somos seres humanos e se frustrar com a vida faz parte do sentir?
 
Já pararam para pensar que a raiva é uma resposta de defesa do ser, e se bem conduzida pode ser útil?
 
Desejos e realizações em andamento em nossas vidas diariamente nos impulsionam para o viver e o realizar, salvo os processos depressivos em que o ser perde a razão do realizar e viver. É fato que, o mundo em que vivemos nem sempre responderá aos nossos desejos e impulsos, seja no tempo que esperamos ou até mesmo na resposta que esperamos. Essa projeção de tempo ou resultado chamamos de “expectativa”.
 
 
A energia aplicada “X” produzirá uma expectativa “Y” resultando em um fator realização ou frustração “Z”.
 
 
A
ndrew Neel/Unsplash
 
 
Cada um reage de uma forma diante das realizações e/ou expectativas frustradas. Bloquear essas reações é tão nocivo quanto não ter freio diante de algumas, pois essa energia fluirá para algum lugar, normalmente se castrada no próprio corpo. Se extravasada de forma impulsiva pode atingir quem ou o que não tem nada a ver, ou até mesmo atingir quem tem a ver, mas de forma a gerar um prejuízo maior que a resultante desejada, gerando então outros ciclos de problemas.
 
Como lidar com a raiva, a frustração, ou os polos negativos engatilhados?
 
Desenvolvendo o binômio razão-emoção, sabendo, em primeiro lugar, os gatilhos e os movimentos que disparam as reações; em segundo, entendendo como se reagem diante de cada emoção disparada pelo gatilho; e em terceiro, analisando o que fazer com o que se sente.
 
Sem sentir não haverá trânsito pela emoção.
 
Sem parametrizar, analisar não haverá trânsito pela razão.
 
Diante desses dados iniciais, avalia-se o que pode ser mudado, quando pode ser mudado, como pode ser mudado, por que ser mudado, para que ser mudado, ou não.
 
Ter consciência de tudo isso ajuda no processo de conhecimento interior; no processo de recanalização da raiva, por exemplo; no processo de várias patologias psicossomáticas; no processo de crescimento individual e coletivo.
 
O desejo de resolver muita coisa na marretada existe, mas…
 
Por Fábio Nasa — Texto
 
Vontades de desejos — O Dragão e a Espada
 
Hoje queria dar “porrada” em alguém! Quero, mas não posso; posso, mas não devo; devo, mas não vou, pois nem tudo o que quero eu posso, e tudo que posso nem sempre devo.
 
A diferença entre o ser que está se “educando emocionalmente” e o ser “deseducado emocionalmente” está relacionada à condição do “ser ou estar”, ser um estado emocional ou estar um estado emocional. Hoje estou aprendendo a sair do “ser”, mas permitindo-me “estar”.
 
Hoje estou frustrado com,
 
Com raiva de,
 
Mas sei o porquê, para que e, principalmente, que “vai passar”. 
 
 
Fábio NASA.

Fabio Nasa
Email: fabionasa@uol.com.br
Site: fabionasa.com.br
Facebook: fabionasaterapia
Instagram: @fabionasa
Twitter: @FabioNasa
Youtube: InstitutoIntegra7
Linkedin: Fábio Nasa




 
Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Agosto 13, 2020

chamavioleta

O Dragão e a Espada.

Escravidão e desapego.

Por Fabio Nasa.

13 de agosto de 2020. 

 
 
Mulher de perfil com braços abertos em campo com sol refletindo.
 
 
 
 
 
 

Somos livres?


 
Areflexão de hoje fica por conta da questão acima. Muitos de nós temos uma moradia própria ou não, automóvel, bens materiais e/ou recursos que nos movem, sustentam ou proporcionam alguma experiência sensorial durante nosso ciclo de vida.
 
Lembro-me de um dia ouvir a seguinte frase de um vizinho, “Desapega, fio”. Pensei eu, mas sou tranquilo quanto a essas questões materiais, pois ao longo da vida já havia percorrido diversos caminhos forçosos de perda em assalto, furto e coisas da vida moderna. Então por que desapegar? Do que desapegar?
 
 
Foto de Yogendra Singh no Pexels
 
 
Pois bem, passados alguns anos, inclusive há cerca de um ano, uma grande crise de ansiedade controlada em processo terapêutico e remédio controlado – sim, remédio controlado, sim, terapeuta também adoece, terapeuta também é gente. Hoje sei que tinha que passar por essa experiência de vida, até mesmo para compreender a dor do meu próximo e a efetividade de uma conduta psiquiátrica e da ciência alopática.
 
Mas o que isso tem a ver com “Liberdade”?
 
Ansiedade é excesso de futuro, ou seja, excesso de controle de algo que ainda não aconteceu nem sabemos se vai acontecer. Ficamos presos num Mundo Mental inexistente, ficamos presos num processo de Idealização e controle. Pior de tudo certamente incerto. Insano isso, né! Digno de medicação psiquiátrica (Sarcasmo Mode on).
 
Analisemos este gráfico abaixo:
Imagem disponibilizada pelo autor par ilustrar o artigo
 
 
O controle sobre o outro, meio ou Universo pode ser chamado de PREPOTÊNCIA ou SÍNDROME DE DEUS!
 
Então essa é uma forma de controle e aprisionamento mental emocional. Que vai desencadear ANSIEDADE, MEDO e INSEGURANÇA.
 
Vamos pensar sobre mais algumas prisões.
 
Carro do ano, iPhone, roupa da moda, corpo ideal, relações tóxicas… oras, ter, ter, ter…
 
Quanto custa tudo isso na sua vida?
 
Quanto custa a sua hora de vida?
 
Qual a relação custo-benefício de tudo isso?
 
Não sou hipócrita de falar disso, pois gosto e tenho muitos bens materiais, mas tenho ponderado e observado a relação custo-benefício, a utilidade e usabilidade do “ter”. Ainda mais quando o “ter” é pelo “ser”.
 
Daí a reflexão “Somos livres?”
 
Somos escravos de um sistema de vida aprisionador. Temos um carro, mas não o temos, pois se não pagarmos os devidos encargos e impostos, o sistema nos confisca o que temos. Temos emprego e pagamos impostos, mas o sistema não nos oferta a contrapartida, temos às vezes um imóvel que nos custa impostos e encargos que se não saldados nos custarão o confisco do bem. Essa fala não tem nenhum sentido anarquista ou discursa contra o sistema capitalista, mas apenas traz uma reflexão sobre as formas de aprisionamento.
 
Muitos são aprisionados pelos Filhos, Pais, Esposos, Amigos, pois quantos de nós somos reféns de um pseudoamor ou sentimento de posse disfarçado de amor. Amor liberta e compreende que a caminhada é individual.
 
Somos escravos da ignorância, pois segundo o Mito da Caverna de Platão abrir os olhos pode doer, ofuscar, mas não permite ver a realidade do mundo, ver a Luz e a liberdade.
 
Medo de perder o que não é nosso! Aprisionamentos…
 
Já pensou que você pode não estar vivendo sua vida ou estar fora do seu EU ou do seu eixo? VIVENDO a vida de outro ou dissociado de Si.
 
Observe o gráfico abaixo:
 
Imagem disponibilizada pelo autor par ilustrar o artigo
 
 
Sair do eixo e viver a vida do outro, viver o futuro, o passado e/ou o meio gera uma perda de identidade e da essência, e dispersa energia.
 
Saia da Terceira pessoa, ou seja, do outro, do governo, do obsessor, do meio, do Pai, da Mãe e aprenda a caminhar com suas próprias pernas e a ser você, principalmente a se AMAR.
 
Dizemos ao outro: “Eu te amo”, fique comigo, você é meu… eu sou seu… Amor liberta e quem ama respeita e deixa o outro seguir seu caminho e suas escolhas. AMOR LIBERTA, autoAMOR mais ainda.
 
Você é livre ou escravo?
 
Você quer ser livre?
 
Viva… simples assim… VIVA!
 
Fábio NASA, aprendendo com a OLX da VIDA. Desapego!
 
Fabio Nasa





Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub