Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Janeiro 16, 2021

chamavioleta

Os cinco elementos no Ayurveda

Escrito por Bruna Rei Freitas.

15 de janeiro de 2021

 
 
El Roi /123RF
 
 
 
Segundo o Ayurveda, o universo é composto por cinco elementos que formam sua base estrutural, bem como são o fundamento de toda a criação física. A ciência védica¹ acredita que a própria consciência se manifesta dentro dos cinco elementos básicos: éter (espaço), ar, fogo, água e terra.
 
De acordo com Vasant Lad² , a partir da movimentação do éter, iniciou –se a primeira manifestação da matéria através do elemento ar; o movimento vibrante do ar produziu fricção e assim o calor foi gerado, e estas partículas em sintonia formaram uma intensa luz manifestando o fogo.
 
Através do calor do fogo, os elementos mais etéreos se dissolveram e liquificaram manifestando o elemento água, solidificando para depois se transformar em moléculas de terra.
 
Os cinco elementos também são muito importantes, pois estão presentes também na formação das estações do ano, no clima, na composição dos remédios e nos alimentos dentro da tradição védica. Quanto ao clima, o éter predomina nos climas frios e secos, enquanto o fogo e a água predominam nos climas quentes e úmidos. O ar em dias com grande quantidade de ventos e terra em dias mais secos. Desta forma percebe- se as ações do clima sobre a saúde do homem.
 
 
Andrea De Martin/123RF
 
 
O Ayurveda³ explica as influências climáticas sobre a saúde exatamente pela ação dos cinco elementos, ou seja, dependendo da estação do ano, da constituição de determinado elemento, da tendência fisiológica do indivíduo, pode ocorrer tanto o excesso como a ausência de algum destes elementos no organismo do indivíduo atuando sobre os princípios vitais de sua fisiologia.
 
Na visão terapêutica, compreendendo a interação dos cinco elementos na estrutura física e psíquica do indivíduo, já é possível compreender o micro (organismo) no macrocosmo.
 
Os cinco elementos também possuem relação com os órgãos do sentido e com a harmonização de nosso corpo. Marino & Dambry4 , descrevem esta interação da seguinte forma: pelo éter transmite-se o som e desta forma pode-se relacionar este elemento com o sentido da audição tendo como órgão o ouvido; o ar relaciona-se com o sentido do tato tendo a pele como seu órgão sensorial; O fogo manifesta-se como calor e luz, se relacionando com o órgão da visão; a água está relacionada com a gustação e o órgão sensorial a língua; e finalmente o elemento terra relaciona-se ao olfato e seu órgão sensorial é o nariz.
 
Este elementos em harmonia, sem excessos ou deficiência geram uma coordenação em nosso corpo e nossos movimentos, manifestando um equilíbrio entre corpo e mente.
 
É através dos doshas que o ayurveda canaliza os cinco elementos responsabilizando – os pelas funções físico/químicas e fisiológicas do corpo, mantendo a saúde no estado de homeostasia.
 
A identificação das patologias ou a manifestação dos sinais e sintomas físicos, mentais e emocionais somente se farão possíveis através do entendimento destes elementos e suas interações no momento do diagnóstico no organismo vivo, pois como todo ser vivo é dinâmico, estas interações são passíveis de mudança.
 
Referências
DE LUCA & BARROS. Ayurveda – Cultura de Bem – Viver. Editora Cultura, 2007.
LAD, Dr. Vasant. Ayurveda – A Ciência da Autocura: Um guia Prático. Editora Ground, 2007.
CARNEIRO, Danilo M. Ayurveda – Saúde e Longevidade na Tradição Milenar da Índia. Editora Pensamento, 2009.
MARINO, Maria I. & DAMBRY, Walkyria A. G. Ayurveda – O Caminho da Saúde. Editora Gaia, 2009.
 
Bruna Rei Freitas
 
 
Telefone: 11 98307-0834
 





Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos
 
 




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Outubro 22, 2020

chamavioleta

Como aprimorar e proteger seu cérebro com cúrcuma.

Por Lucas Zappia.

21 de outubro de 2020. 

 
 

 
 
 
Há cerca de 4.000 anos, culturas ancestrais védicas da Índia usavam cúrcuma como tempero para comidas e em cerimônias religiosas. Existem registros de aproximadamente 2.500 anos atrás da cúrcuma sendo uma importante parte da medicina ayurvédica. A ayurveda é uma prática ancestral indiana de cura natural e holística. A ayurveda pode ser traduzida como “ciência da vida” – ayur significando vida e veda ciência ou conhecimento. A cúrcuma é usada desde essa época para curar todos os tipos de males e doenças, desde congestão nasal, intoxicações, feridas e até condições de pele. A literatura ayurvédica tem mais de 100 termos distintos para cúrcuma, dependendo do seu uso e propósito.
 
Até os dias de hoje o país que mais produz e consome cúrcuma no mundo é a Índia. A cúrcuma como o tempero que conhecemos é extraída da raiz (rizoma) da Cúrcuma longa, nome científico da planta. Essa raiz é cozida em água alcalina e depois seca ao sol. Na maioria das vezes a raiz é triturada e transformada em um pó e embalada para venda.
 
Apesar de ser usada há milhares de anos como um tratamento da medicina tradicional, nos últimos dez anos a medicina moderna tem estudado essas evidências tradicionais mais a fundo. As pesquisas científicas com a cúrcuma demonstram uma variada gama de benefícios à saúde, especialmente para o cérebro.
 
O maior responsável pelos benefícios mentais da cúrcuma é a curcumina, um polifenol com propriedades impressionantes. Diversos estudos demonstram as propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes naturais da curcumina. Esse composto está sendo amplamente estudado pela ciência em diversas aplicações para melhora da capacidade e saúde cognitiva.
 
Imagem de Nirmal Sarkar por Pixabay
 
Redução de inflamação e menores níveis de oxidação promovem uma série de benefícios para a saúde. O poder anti-inflamatório da curcumina é tão forte que na mesma dose chega a ser igual ao de alguns remédios anti-inflamatórios com o benefício adicional de não ter os efeitos colaterais. Essa redução da inflamação melhora a memória de curto e longo prazo, pois ativa e protege o hipocampo, centro de memória do cérebro.
 
O consumo desse tempero também pode ajudar nosso cérebro a se reparar e até crescer. A curcumina aumenta a produção natural de Fator Neurotrófico Derivado do Cérebro (BDNF, em inglês). BDNF é uma proteína usada pelo cérebro como hormônio de crescimento. Ela
 
é capaz de estimular a criação de novos neurônios e novas conexões entre os neurônios. Nosso cérebro tende a perder neurônios com a idade, diminuindo a capacidade cognitiva. Porém esse ciclo pode ser atenuado com níveis mais altos de BDNF.
 
Adicionalmente, a curcumina tem sido estudada como mecanismo de prevenção a Alzheimer. Esse polifenol tem capacidade de quebrar a placa de beta-amiloide que se acumula no cérebro dos pacientes que possuem a doença. Essa capacidade serve como um mecanismo para retardar a doença em pacientes que já apresentam sintomas ou para prevenção em pessoas que possuem predisposição à doença.
 
Outros estudos ainda apontam a curcumina como possível agente anticancerígeno. Um estudo realizado no Brasil, pela UFRGS, liga a cúrcuma à prevenção de câncer cerebral. Nos testes em animais, viram uma redução de 45 a 65% no seu número de tumores no cérebro com o consumo de curcumina.
 
Resumo dos benefícios:
 
Imagem de Nirmal Sarkar por Pixabay
 
  • Poderoso antioxidante e anti-inflamatório
  • Melhor memória de curto e longo prazo
  • Promove plasticidade neural (cria e repara neurônios)
  • Combate e previne Alzheimer
  • Evidências de propriedades anticancerígenas
 
Conseguir todos esses benefícios não é difícil nem caro. Cúrcuma em pó é facilmente encontrada em supermercados e lojas de produtos saudáveis e a raiz fresca pode ser encontrada em feiras e hortifrútis.
 
Um detalhe importante: sozinha, a poderosa curcumina não tem uma boa absorção pelo corpo. Porém, uma solução muito simples é consumi-la junto com pimenta-do-reino.
 
A piperina da pimenta aumenta significativamente a absorção e a biodisponibilidade da curcumina.
 
Algumas combinações para usar cúrcuma de forma natural no dia a dia:
Ovos mexidos ou omelete com cúrcuma e pimenta-do-reino
Molhos e marinadas com iogurte natural, azeite e cúrcuma
Sopas, caldos e curry temperado com cúrcuma
Arroz branco ou risoto tingido com cúrcuma em vez de açafrão
Shot de cúrcuma e gengibre triturado com limão espremido
 
Existem muitos outros temperos, que você talvez já conheça que trazem benefícios para memória, atenção, humor e disposição. Descubra mais com o e-book gratuito “6 Temperos para a Mente”
 
Lucas Zappia
 

 




Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Agosto 24, 2020

chamavioleta

Ayurveda: a ciência da prevenção.

Por David Reys.

24 de agosto de 2020. 

 
 
Mesa com velas e especiarias típicas da Ayurveda.
 
 

 
Com o surgimento de diversos problemas crônicos e doenças degenerativas, cada vez mais há a procura por sistemas de cura alternativos e medicinas complementares.
 
A soma de hábitos ruins e comida de baixa qualidade fez surgir problemas de saúde que a medicina moderna não consegue solucionar, e dessa forma medicinas ancestrais como o Ayurveda entram em foco com a ideia central da prevenção.
 
 
Medicina Moderna X Ayurveda
 
 
Flickr/Amila Tennakoon
 
 
Com toda a fé que desenvolvemos no século passado na ciência e medicina moderna, por que cada vez mais pessoas buscam racionalidades médicas ancestrais como o Ayurveda e a Medicina Chinesa?
 
A resposta está na vontade de viver os últimos anos com saúde e sem problemas crônicos. A medicina moderna é uma excelente ferramenta de correção para doenças e problemas graves, sabemos disso. Mas mesmo com o surgimento de um novo pensamento integrativo nos médicos de hoje, a indústria farmacêutica ainda domina o meio das ciências médicas modernas. E assim fez-se das doenças o mercado mais lucrativo do mundo, investindo-se pouco em prevenção e apostando na possibilidade quase que infinita de correção em curto prazo.
 
Mas o Ayurveda possui foco na prevenção e, antes de receitar qualquer ferramenta (intervenções, fitoterápicos) de correção, atua na mudança de estilo de vida e na supressão de hábitos prejudiciais.
 
Dessa forma evitamos que novas doenças se formem ou que novos desequilíbrios continuem aumentando as doenças já instaladas, podendo-se em médio prazo reduzir efeitos nocivos no corpo e partir para um reequilíbrio integral e completo.
 
 
Como Funciona a Prevenção no Ayurveda?
 
 
Foto: Pixabay
 
 
O Ayurveda aposta na adequação do estilo de vida ao biotipo de cada indivíduo. Ou seja, antes de receitar qualquer mudança na vida de alguém, o terapeuta ayurvédico realiza um diagnóstico completo e traça um biotipo psicofísico chamado de Dosha.
 
Esse diagnóstico permite que hábitos (ruins ou bons) sejam adequados à capacidade e necessidade de cada um, e que a alimentação seja ajustada de acordo com o fogo digestivo e a necessidade não só de nutrientes, mas de sabores e propriedades especiais dos alimentos para cada conjunto corpo-mente.
 
E dessa forma traça-se um caminho terapêutico de prevenção e cura em todos os níveis da vida, incluindo alimentação, rotina, sono, exercícios adequados e muito mais. Isso aumenta a longevidade, melhorando a absorção de nutrientes (físicos e emocionais) e diminuindo o desgaste dos tecidos.
Você também pode gostar
 
 
Rotina Diária e Hábitos Saudáveis
 
 
Foto de Nathan Cowley no Pexels
 
 
A ideia de prevenção no Ayurveda tem o nome de Svastravitta e possui a sua base nos hábitos adequados e estilo de vida saudável. A base da saúde, de acordo com o Ayurveda, está ligada a três fatores essenciais: alimentação, sono e atividade sexual saudável.
 
Quando nos alimentamos adequadamente, não são geradas toxinas, chamadas de AMA, que prejudicam a distribuição da energia densa e sutil no corpo, e permite-se uma absorção adequada de nutrientes.
 
Quando adequamos nosso sono e dormimos o suficiente sem viciar os tecidos corporais, conseguimos uma digestão sutil completa, um descanso absoluto e uma reconstrução celular perfeita.
 
Quando entendemos a rotina sexual saudável para o nosso biotipo, deixamos de desgastar excessivamente o nosso corpo e, além de evitar desperdício de energias densas e sutis, conseguimos uma atividade sexual completa e plena.
 
David Leys
 
Email: contato@indiamed.com.br
Site: indiamed.com.br I indiamedblog.wordpress.com
Facebook: indiamedbr
Instagram: @indiamedbr
 

 




Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub