Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Junho 10, 2024

chamavioleta

UMA CAMINHADA PELA PAZ EM GAZA

Por Gurujima

Tradução: Regina Drumond

a 10 junho de 2024

 
 
 
Em Maio deste ano, o Ashram da Aldeia da Luz patrocinou uma Caminhada pela Paz em Gaza, desde a Escola Primária Leverett até à Pagoda da Paz de Nova Inglaterra. Os caminhantes e apoiadores incluíam pessoas da comunidade da Vila da Luz, Irmãs e Irmãos da Pagoda da Paz da Nova Inglaterra, clérigos locais e pessoas do público em geral que se sentiram emocionados por estar lá.
 
Esta Caminhada pela Paz em Gaza tornou visível o nosso apoio aos movimentos do coração e do espírito que procuram a paz e o fim do medo e da crença na escassez que dão origem a todas as guerras. Caminhamos para homenagear o grande sofrimento de mais de um milhão de deslocados de Gaza, cujas casas foram destruídas e famílias dizimadas, e também para homenagear o sofrimento dos israelenses que perderam entes queridos e que buscam o retorno de familiares ainda mantidos em cativeiro. Caminhamos para acabar com a violência em todos os lugares do mundo onde ela ocorre atualmente.
 
Para manter o sofrimento alinhado com o Divino, aqueles que caminhavam eram incentivados a participar do canto chamado “Om Anandamayi”. Este é um canto à Mãe Divina, para que ela viva dentro de nós que caminhamos, e que ela possa sustentar e elevar aqueles que estão com muita dor.
 
Irmãs e Irmãos da Pagoda da Paz da Nova Inglaterra, da Ordem Budista Nipponzan Myohoji, entoaram uma oração pela paz enquanto batiam tambores: "Na Mu Myo Ho Ren Ge Kyo".
 
Caminhamos com confiança no Divino que nos permite saber que a paz é possível, mesmo na presença de uma longa história de hostilidade entre Israel e a Palestina, e na firme convicção de que a dignidade e o respeito devem ser concedidos a todas as pessoas.
 
Que todos os corações se abram ao conhecimento de que somos todos um. Que a paz e o amor prevaleçam.
 
Gurujima
 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 
Arquivos:
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub