Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Abril 23, 2023

chamavioleta

Transcendendo a consciência do ego

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 22 de abril de 2023

 

 

Uma forma de transcender a consciência do ego e abrir-nos à realização de uma maior consciência, é passar tempo numa parte tranquila e majestosa da natureza enquanto se espalha e imagina cenários de grande amor e realização. À medida que nos familiarizamos com estas vibrações, e sendo capazes de as sentir, estamos a expandir a nossa consciência de um mundo maior de exploração da nossa consciência e a perceber como somos concebidos para viver. 
 
Podemos reconhecer quando nos negamos a nós próprios as emoções do nosso coração. Isto acontece sempre que entramos em alguma forma de medo, quando diminuímos a nossa força de vida com stress e sentimentos negativos. Se nos encontramos nesta condição, temos a oportunidade de dirigir a nossa atenção e sensibilidade emocional à gratidão por tudo, à compaixão por nós próprios e à alegria por estarmos conscientes disso. 
 
Independentemente da nossa condição, temos efectivamente a capacidade de escolher o nosso estado de ser. Somos os directores da nossa consciência. Quaisquer apegos limitantes que nos impeçam de realizar a consciência infinita dentro da consciência universal podem ser intencionalmente libertados. Uma vez que todos os apegos se baseiam em algum tipo de medo, podemos transformar essa energia em gratidão e alegria, independentemente de como acreditamos que a negatividade surgiu em nós. Estas são escolhas intencionais. Podemos precisar de aprender procedimentos que nos ajudem a dirigir com sucesso a nossa atenção para as energias que amamos, especialmente se tivermos caído em vícios a padrões negativos.
 
Naturalmente, sentimos e sabemos como ser e como prestar atenção às vibrações positivas, e como ressoar com elas. Isto abre-nos à energia do coração da nossa essência consciente, expressa pelo nosso coração físico, que irradia constantemente amor incondicional por nós, independentemente do que lhe façamos. Quando podemos perceber o que são estas energias, e podemos alinhar-nos com elas, podemos perceber uma realidade maior em cada momento presente. 
 
Quando podemos estar em gratidão e alegria, podemos viver na consciência da nossa unidade consciente com todas as criaturas vivas. Abrangemos tudo dentro da nossa consciência, e podemos estar cientes da consciência de qualquer pessoa em quem nos concentramos. Quando alinhamos com a nossa consciência do coração, naturalmente melhoramos as vidas de todos os que encontramos, e sentimos o amor, porque tudo acontece dentro da nossa consciência e da nossa presença de consciência. Toda a nossa realidade está dentro da nossa consciência, e dirigimos a sua qualidade, e em certa medida a sua forma.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
  

Abril 20, 2023

chamavioleta

Formação para uma maior consciencialização

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 19 de abril de 2023

 

 

Quando escolhemos ser levados na alegria pelas vibrações da Consciência Criadora, entramos num espaço de amor incondicional. Isto é desconhecido na consciência do ego, porque não há nenhum elemento de medo. A consciência ego é baseada no medo do sofrimento e do fim. Escolher intencionalmente a gratidão e a alegria como o nosso estado de ser, permite-nos tomar consciência da transcendência para além da consciência do ego. Neste reino, podemos realizar o êxtase e a realização de todas as formas. Este campo energético melhora toda a vida. Para estarmos conscientes desta dimensão da realidade, devemos realizá-la no nosso conhecimento interior. Esta realização acontece quando abrimos a nossa consciência intencionalmente e sem apegos a limitações. 
 
As crenças limitantes sobre nós próprios mantêm-nos na consciência do ego. Na Consciência Criadora não existem limitações, e a nossa entrada na realização da sua realidade está a transformar-se pessoalmente. Toda a nossa vida muda para melhor. Não precisamos de estar apegados a nada, porque podemos criar tudo o que queremos em cada momento.  Do medo podemos mudar o nosso foco para o amor, e já não fornecemos a nossa força de vida e alinhamento ao medo e às ameaças. Somos completamente cuidados e estamos para além da negatividade. Podemos realizar a sua irrealidade face à nossa presença eterna de consciência consciente com capacidade criativa ilimitada.
 
Mesmo sem consciência da nossa capacidade criativa, continuamos a criar as qualidades das nossas experiências através dos nossos padrões de pensamento e apegos emocionais. Esta é a nossa natureza, e podemos dirigi-la intencionalmente. Podemos treinar a nossa mente subconsciente para nos alinharmos com a natureza da nossa consciência de coração e trabalhar de forma criativa connosco. Quando toda a nossa consciência está em alinhamento com o nosso saber interior, concentramos o nosso poder criativo, resultando na experiência imediata das nossas intenções criativas.
 
Cada um de nós é único, e conseguimos determinar a qualidade dos nossos pensamentos e emoções em cada momento. Esta é a nossa energia criativa, e reflecte-se para nós como as qualidades das nossas experiências. Tudo depende de como nos sentimos em relação a nós próprios. A polaridade e a frequência dos nossos padrões de pensamento e sentimentos sobre nós próprios e as nossas condições atraem magneticamente energias ressonantes no campo quântico. Todas as possibilidades existem sempre para experimentarmos através do nosso reconhecimento e sentimento. Através da nossa imaginação e emoções, podemos trazer qualquer coisa à nossa realização, quando nos alinhamos em clareza com a nossa presença intuitiva de consciência.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
  

Abril 01, 2023

chamavioleta

Desenvolver a Consciência do Coração

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 31 de março de 2023

 

 

A consciência do ego é uma expressão da nossa essência sem uma orientação superior. Isto resulta em encerrar a nossa consciência dentro de uma pequena parte da nossa consciência. Se temos um desejo de expandir a nossa consciência, podemos fazê-lo, alinhando-nos com a nossa consciência do coração. A presença da consciência do coração é poderosamente radiante e inabalável na sua valorização da vida. Quando desejamos alinhar com esta corrente de vida, podemos tomar consciência do nosso conhecimento interior e da nossa incitação, para além de pensamentos e emoções mal orientadas. Encontramos o espectro vibratório da nossa intuição ao dirigir a nossa consciência para o estado enérgico de gratidão, amor e compaixão. Toda a nossa orientação interior vem com positividade em apoio dos nossos desejos e necessidades. Estamos concebidos para poder escolher como queremos utilizar a corrente de vida consciente que proporciona a nossa presença de consciência.
 
À medida que desenvolvemos uma consciência crescente das energias positivas, retiramos a nossa força de vida dos padrões energéticos negativos. Podemos deixá-los passar pela nossa consciência sem o nosso envolvimento, à medida que continuamos a dirigir a nossa consciência para o nosso conhecimento interior da consciência do coração. Neste estado de ser, sabemos em cada momento tudo o que precisamos e queremos saber, desde que prestemos atenção. Ao mesmo tempo, podemos participar na nossa sociedade e cultura, mas a nossa participação é agora sentida em cada momento. Isto resulta na mudança da nossa realidade de participação na negatividade para viver no amor e na alegria. Encontram-se em diferentes polaridades e bandas de frequência. A nossa assinatura enérgica atrai agora encontros e experiências que são maravilhosos e que melhoram a vida. Pode parecer magia, mas a sua forma como as energias interagem e entram na nossa consciência e realização. 
 
Com as nossas capacidades mentais e emocionais, somos os moduladores dos padrões energéticos, criando as qualidades que se manifestam nas nossas vidas. Tudo o que nos acontece está de facto a acontecer dentro da nossa consciência. Não há nada nem ninguém fora da consciência, que é infinita, e temos tanta consciência dela como nos permitimos dentro do nosso subconsciente e auto-limitações conscientes. 
 
Ser guiado pela consciência do coração permite-nos transcender as nossas crenças limitantes sobre nós próprios. A consciência do coração proporciona o conhecimento interior de que a consciência do ego não pode participar, mas podemos orientar o nosso ego a partir da intuição. À medida que desenvolvemos a confiança de que estamos realmente conscientes da nossa consciência do coração, começamos a criar as vidas que realmente queremos, imaginando ter experiências maravilhosas e estar constantemente gratos. À medida que mais de nós o fazemos, o nível vibratório da humanidade sobe, eventualmente para uma dimensão energética mais elevada de amor, alegria, beleza e liberdade.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
  

Março 30, 2023

chamavioleta

Antecipar a Vida com Confiança

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 29 de março de 2023

 

 

medida que os nossos tradicionais sistemas sociais, monetários, políticos e militares começam a entrar em colapso, o nosso modo de ser mais aperfeiçoado está a surgir. Estamos a ser instados pela natureza e pelo nosso maior ambiente a escutar o nosso coração. Há crises por todo o lado, fazendo com que a nossa consciência de ego esteja com medo do que está a acontecer, porque não há fuga aparente ao caos total ou à escravidão completa. Mas nós temos outras escolhas. Se optarmos por abandonar o medo e a luta, podemos dar a nossa atenção àquilo que amamos e desfrutamos da forma mais profunda. 
 
Dentro da nossa intuição, conhecemos e compreendemos a nossa situação actual. Somos mantidos no medo e no stress pelo nosso próprio sistema de crenças, baseado no medo do sofrimento e do fim. Acreditamos nas nossas limitações, mas podemos mudar a nossa perspectiva, reconhecendo intencionalmente uma realidade diferente e realizando-nos a viver nela. Ao reconhecer e alinhar com a consciência do coração, podemos viver bem em qualquer dimensão. Tudo é, na sua essência, parte da consciência Criadora. 
 
Todas as experiências futuras são criadas pela nossa ressonância energética na forma como nos sentimos sobre nós próprios em cada momento. Quando nos apercebemos de que somos criadores infinitamente poderosos, e estamos constantemente a usar este poder com os nossos processos mentais e emocionais, podemos ser completos em nós próprios. A nossa polaridade e o nosso nível vibratório determinam as nossas experiências. Quando libertamos o medo e o substituímos pelo amor, mudamos a nossa polaridade e a trajectória das nossas vidas. Podemos sentir que o amor incondicional é a qualidade da nossa força de vida consciente. 
 
A nossa essência é a nossa presença de consciência, que controlamos com a nossa atenção. Criamos a negatividade e a positividade nas nossas experiências pela forma como nos sentimos em cada momento. É a nossa vibração. É disto que o nosso subconsciente está consciente e transmite através da nossa aura para o campo quântico. Quando reagimos com negatividade ou positividade, é isso que estamos a criar no nosso futuro. Somos moduladores de energia e criadores de experiências através da nossa imaginação e das nossas emoções. Este é o poder que desconhecíamos. Todos nós o temos, e todos nós o utilizamos a toda a hora.
 
Ao tomarmos consciência da nossa capacidade criativa, podemos aprender a controlar as nossas mentes e emoções, de modo a exprimir constantemente os desejos de melhoria da vida. Podemos viver com gratidão e alegria no presente eterno, com consciência de tudo, em todo o lado, tudo de uma só vez. Neste estado de Ser, podemos dirigir os nossos caminhos na vida para os mais realizadores pessoalmente. Em cada momento temos escolhas infinitas para sermos nós próprios e para formarmos experiências. Todas as oportunidades estão sempre presentes, à espera do nosso reconhecimento para se tornarem reais para nós. Podemos alcançar com a nossa imaginação e sentimentos, antecipando sempre uma maior valorização de toda a vida. Escolhemos o nosso próprio futuro, e escolhemos o que sentimos em cada momento.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
  

Março 10, 2023

chamavioleta

Conhecimento da Grande Consciência

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 7 de março de 2023

 

 

Como os telepatas sabem, a consciência universal permite-nos estar atentos à consciência de outros seres conscientes. O nosso universo está carregado de magníficos seres conscientes, incluindo os planetas e as estrelas. Somos todos seres de energia radiante que interagem uns com os outros. Cada um de nós determina a qualidade das nossas interacções na forma como escolhemos sentir a qualquer momento. A nossa consciência de ego apresenta-nos desafios, todos baseados na falta e no medo, mas é-nos possível escolher receber tudo enquanto estamos conscientes de ser a nossa consciência actual e de agir de forma a beneficiar toda a vida. 
 
Na essência do nosso coração, recebemos constantemente a força vital consciente da consciência infinita, animando-nos a criar experiências, cuja energia é transmitida através da consciência, contribuindo para a expansão infinita. O Espírito do nosso planeta também se expressa através do seu brilho energético, com o qual interagimos constantemente. A sua expressão energética é mais poderosa para a nossa consciência quando temos pele a tocar a Terra não poluída. 
 
O nosso Sol atrai e dirige magneticamente a energia do nosso Sistema Solar. Sendo o Ser consciente mais claro e brilhante da nossa experiência humana, ele ilumina as nossas vidas de todas as formas. O nosso planeta e a nossa Estrela vivem na mesma dimensão energética que a nossa consciência de coração. Podemos receber as suas expressões conscientes abrindo-nos à sua energia e desejando senti-la e conhecê-la. Isto acontece quando nos encontramos num estado de sentimentos e pensamentos que aumentam a nossa vida, apreciando a sua essência e expressões.
 
Tal como o nosso coração, o nosso planeta está incondicionalmente a aceitar e a perdoar a humanidade. Ela continua a fornecer-nos todo o sustento, independentemente do que lhe façamos. Quando estamos alinhados com a sua energia, é o mesmo que o nosso alinhamento com a nossa consciência de coração. Esta é a nossa ligação com a nossa própria essência e a abertura da nossa consciência a uma maior realização. 
 
Podemos compreender que o mundo empírico consiste em energia eléctrica e magnética, tal como os nossos pensamentos e emoções. Como temos o controlo dos nossos pensamentos e emoções, podemos controlar e dirigir o mundo empírico da nossa própria experiência. Temos a escolha pessoal de criar um mundo de beleza e amor pela nossa experiência e por todos os outros que fazem a mesma escolha. 
 
Na nossa busca de estarmos mais atentos à nossa intuição, a verdadeira essência da natureza, como expressão da consciência universal, proporciona uma orientação maravilhosa para nos alinharmos com ela.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
  

Março 07, 2023

chamavioleta

Alinhar com a nossa Essência

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 6 de março de 2023

 

 

Embora tenhamos encarnado aqui sem compreender o que pretendemos realizar nesta vida, e como podemos criar as experiências que realmente desejamos, podemos tomar consciência destas coisas e muito mais. Enfrentamos grandes desafios ao sermos programados com informações falsas e crenças limitantes, e assumimos os medos, a sensação de separação e a falta que impregnam a nossa sociedade. Não aprendemos a desenvolver sensibilidade para o nosso próprio conhecimento interior, que detém o cumprimento de tudo o que alguma vez poderíamos desejar. Uma vez que apanhamos uma dica do nosso potencial, podemos transformar as nossas vidas.
 
Passamos eras a contribuir para a consciência universal nas nossas experiências com negatividade, e ficamos tão entrincheirados com ela que nos convencemos de que somos a nossa consciência de ego vivendo no nosso corpo físico, muitas vezes vivendo na pobreza, sofrendo os ditames dos tiranos e destinados a morrer sozinhos. No nosso verdadeiro Eu, nada disto seria possível. Tornamo-lo possível através das nossas crenças limitantes sobre nós próprios. 
 
Embora possamos acreditar que podemos ser feridos, subjugados ou inspirados por outros, a nossa primeira realização de recordar quem somos é a consciência do nosso livre arbítrio na escolha do que queremos sentir sobre qualquer coisa. Nenhuma força fora de nós pode ditar o que sentimos. Embora possamos renunciar ao nosso poder pessoal, podemos controlar a nossa atenção e o que sentimos sobre aquilo em que nos concentramos. Uma vez que nos apercebemos disto, podemos começar a dirigir os nossos pensamentos e emoções de forma criativa. 
 
Muitos de nós desconhecemos ou fomos incapazes de compreender a compreensão da física quântica de que não há nada de sólido no nosso mundo empírico. Tudo consiste em padrões de energia conscientes e rodopiantes, a começar pelas entidades sub-atómicas mais pequenas. Estamos constantemente a interagir com expressões energéticas de consciência, e isto inclui os nossos corpos. Os nossos sentimentos e crenças são expressões energéticas das nossas escolhas conscientes, incluindo os nossos eus subconscientes, dos quais podemos tomar consciência e alinharmo-nos mental e emocionalmente com a nossa presença de consciência. 
 
Porque o mundo empírico é uma expressão energética electromagnética da consciência, é através de processos conscientes que interagimos com este mundo. As ciências quânticas determinaram que o nosso reconhecimento consciente dos padrões energéticos os traz para a nossa consciência como reais para nós. Para além do nosso reconhecimento, eles não são reais na nossa experiência. São energias não manifestadas fora da nossa experiência pessoal. Todas as formas e substâncias possíveis existem no campo quântico, expressas em consciência e disponíveis para o nosso reconhecimento.
 
Todos os seres conscientes partilham a mesma consciência. Somos todos da mesma essência dentro da consciência unificada, e esta consciência inclui tudo sobre nós, os nossos sentimentos, pensamentos e consciência. Embora tenhamos a nossa consciência pessoal, não somos seres separados com consciência separada. Estamos constantemente a criar a experiência da separatividade através das nossas crenças limitantes sobre nós próprios. É um jogo de consciência, expresso energeticamente como realidade empírica.
 
Quando tomamos consciência das nossas escolhas de livre vontade sobre nós próprios, podemos aprender a dirigir os nossos pensamentos e sentimentos em alinhamento com as qualidades que desejamos. Se abrirmos a nossa consciência e formos receptivos aos sentimentos inerentes à nossa essência, podemos transformar as nossas vidas em alinhamento com a consciência do Criador de todos, dentro da qual vivemos e temos a nossa identidade. Podemos dirigir a nossa atenção para a nossa Consciência Fonte na energia do nosso coração. Esta é a nossa essência criativa de amor incondicional e valorização de toda a vida, interagindo constantemente em união com todos os seres conscientes em todo o lado.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

 

Março 02, 2023

chamavioleta

Criar a Presença de Amor

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 1 de março de 2023

 

 

Todos nós partilhamos o desejo de sobreviver e prosperar, mas a nossa consciência de ego baseia-se na crença de que somos entidades separadas e que podemos sofrer e morrer. Embora as experiências fora-do-corpo tenham refutado a inevitabilidade disto, a manutenção destas crenças continua a criar a realidade aparente da nossa vitimização e mortalidade. Talvez possamos recordar que desenvolvemos o medo, e conscientemente ou subconscientemente fornecemos o desejo ou a antipatia para criar estas crenças. 
 
Temos a escolha de formar e manter crenças sobre qualquer coisa que possamos imaginar, e podemos aprender a dirigir as nossas escolhas para os sentimentos que amamos. Embora haja pressão social para criar as mesmas crenças partilhadas com todos à nossa volta, especialmente com aqueles de quem gostamos, qual é a base para estas crenças? As nossas crenças tornam o mundo empírico a nossa realidade completa. Potencialmente, tudo o resto é fantasia. Se examinarmos o mundo físico, e penetrarmos a sua realidade aparente até às suas partes constituintes mais pequenas, descobrimos que os átomos e os seus constituintes são padrões giratórios de ondas electromagnéticas. Cada um deles tem uma identidade que tornamos real para nós próprios através do nosso reconhecimento e realização. Estas colecções de padrões energéticos têm uma presença grupal consciente, que inclui os nossos corpos. Expressamos as nossas perspectivas e crenças sobre a nossa personalidade e presença física dentro da gama vibratória das energias empíricas. 
 
A nossa tecnologia tem reconhecido uma riqueza de padrões energéticos para além da nossa percepção física, mas não nos tem dado os seus sentimentos sobre si próprios. Através da nossa intuição, podemos conhecer estes sentimentos. As nossas emoções e a nossa intuição não são controladas pelas nossas crenças limitantes. Através da intuição, podemos estar conscientes de reinos para além do domínio energeticamente denso do espaço/tempo, abrindo-nos a um maior amor e luz, alinhando a nossa atenção com sentimentos de gratidão, alegria e soberania.
 
O universo é composto por fractais de consciência universal. Isto significa que tudo e todos têm consciência que é apropriada para eles. Sem as nossas crenças negativas sobre nós próprios, a nossa consciência é ilimitada. A nossa essência é a nossa presença pessoal eterna de consciência, dentro e fora de nós próprios. Podemos abrir a nossa consciência à fonte da nossa força de vida consciente. Embora esta esteja numa dimensão para além das palavras, podemos conhecê-la quando lhe damos a nossa atenção e sentimos as suas vibrações. 
 
Uma vez que possamos dirigir consistentemente a nossa atenção para as expressões e manifestações de amor e alegria, já não precisamos de prestar atenção a nada menos desejável. A nossa atenção e o alinhamento energético moldam a nossa assinatura energética pessoal, que nos atrai experiências que nos dão vida e irradia as nossas energias criativas através da nossa aura e para além dela.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub