Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Maio 21, 2024

chamavioleta

Técnicas para alcançar a realização consciente

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 18 de maio de 2024

 
créditos: frasesdelavida.com
 
 
Se alguma vez houver uma vibração negativa em nossa presença, temos uma resolução para isso residindo em nossa consciência do coração. Se sentimos alguma ansiedade ou depressão, estamos mantendo energia negativa em nossa psique. Isso nos mantém em desacordo com o que realmente sabemos e queremos sentir no fundo. Ao prestar atenção a cenários de padrões energéticos que amamos apaixonadamente e pelos quais somos gratos, podemos nos alinhar com nosso verdadeiro conhecimento inato. Quando nossas vibrações estão alinhadas com nossa consciência do coração, podemos estar cientes de muitos padrões energéticos que não existiram para nós, porque não percebemos sua realidade em nossa consciência de espécie.
 
Como funciona a nossa realização? Significa tornar algo real na nossa experiência. É uma interação da nossa capacidade perceptiva com entidades subatómicas que se organizam de acordo com a nossa assinatura energética, que é a nossa expressão Vibratória. Em nosso desejo de ter experiências físicas, aceitamos caminhos de vida e dimensões que mantemos em nossa consciência. Muitos mais estão disponíveis para nós, e podemos ter qualquer um deles prestando atenção às suas vibrações energéticas. Não precisamos do conjunto completo de formas, sons e outros sentidos empíricos, mas devemos sentir as qualidades das energias percebidas.
 
Sempre que abrimos nossa consciência para a energia do nosso coração, sentimos vontade de apoiar a vitalidade e o aprimoramento da vida. Podemos encher-nos de gratidão, compaixão, amor e alegria. Isto abre a nossa consciência para a dimensão destes padrões energéticos, permitindo-nos sentir-nos a viver neste ambiente e dando-nos a percepção que cria experiências que ressoam com a nossa consciência do coração. Se nos alinharmos intencionalmente com o espectro da gratidão, do amor e da alegria, podemos estar conscientes da nossa consciência do coração e podemos perceber a realidade de uma vida baseada na aceitação incondicional e no amor.
 
Consistindo de seres energéticos subatômicos, quânticos e localizados, nossos corpos físicos se alinham com nossa assinatura energética, e nossas células expressam as qualidades que acreditamos serem reais. Ao resolver nossas crenças limitantes sobre nós mesmos, podemos abrir nossa realização para uma maior expressão do aprimoramento da vida. Ao abandonar todos os julgamentos e preconceitos sobre a vida, podemos estar cientes de uma maior extensão de consciência. Está tudo dentro da consciência do nosso próprio ser.
 
A nossa essência pessoal é a essência de todos. Somos todos fractais individualizados da consciência infinita. Ao prestar atenção em como nos sentimos profundamente sobre tudo em nossa consciência, podemos escolher inteligentemente com quais vibrações preferimos nos alinhar. Quando estamos claros, estas são as vibrações do nosso coração e estão cheias de amor e melhoria da vida. Ao prestar atenção à natureza fluida do nosso ambiente energético, podemos perceber uma realidade em expansão que está sendo criada em nossa consciência.
 
Kenneth Schmitt
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)
Free counters!Visitor Map
 
 

Maio 12, 2023

chamavioleta

QUANTO MAIS PRECISO LIMPAR E CURAR?

Arcanjo Gabriel

Por Shelley Young

Tradução: De Coração a Coração 

a 12 de maio de 2023

 

 
Se você está em sua jornada de iluminação há muito tempo, é comum chegar ao ponto em que você se pergunta: “Quanto mais limpeza/cura eu preciso fazer?” Gostaríamos de abordar isso hoje.
 
Quando você inicia seu processo de despertar, geralmente é facilitado por algum tipo de crise que exige sua atenção imediatamente. Pode ser que você esteja em um estado de opressão, desespero, confusão ou depressão. As coisas ficarão tão desequilibradas que você será forçado a começar a abordar sua cura e bem-estar. O que está errado estará bem na frente e em sua consciência para chamar sua atenção para que você comece sua jornada. Você começa com a grande e óbvia questão que precisa ser tratada imediatamente.
 
Com o passar do tempo, você terá passado pelo que precisava urgentemente de sua atenção e poderá fazer uma pausa por um tempo. Ao reequilibrar e integrar totalmente o trabalho que realizou, você se sente chamado a explorar a próxima área que está pronta para ser curada e assim por diante. Você também começa a explorar o que é possível agora que algum trabalho de cura foi feito.
 
Gostaríamos de oferecer a você uma analogia que tornará isso fácil de entender. Pense em sua jornada evolutiva como uma casa. O primeiro estágio de sua jornada de cura/limpeza é como entrar pela porta da frente de sua casa e perceber que houve uma grande festa na casa e ninguém limpou depois.
 
Limpar a bagunça é uma tarefa monumental que pode parecer um tanto avassaladora, mas você sabe que precisa ser feita para que você possa viver em casa confortavelmente. Então você começa com as questões mais óbvias, pega uma sacola e começa a jogar fora o lixo e qualquer outra coisa que não tenha mais valor para você. Uma vez que a desordem se foi, você é capaz de avaliar o que realmente precisa ser cuidado e limpo.
 
Agora você pode esquecer temporariamente quanto trabalho foi preciso para limpar e permitir que outra festa, ou duas, sejam organizadas em sua casa. Mas logo você começa a lembrar que não vale a pena criar tanto trabalho para si mesmo. Assim você deixa de ter festas descontroladas em sua casa.
 
Depois que a casa estiver limpa, você pode descansar um pouco e ficar feliz com a aparência da casa. Mas com o tempo você começa a espirrar e percebe que não só não quer mais festas, como também precisa limpar a casa aspirando o pó. Isso seria o equivalente às suas práticas energéticas de bem-estar, que mantêm seu progresso.
 
Então agora você tem uma casa limpa e mantém seu estado energético razoavelmente bem. Agora que você está estável nessa prática, você tem tempo e energia para explorar o que estava escondido nas sombras, para começar a retirar e limpar atrás e embaixo de seus grandes aparelhos e todas as áreas que podem ser perdidas com a limpeza regular.
 
Agora que a casa está realmente completamente limpa, você só precisa manter seu progresso. E porque você fez um bom trabalho e a base está lá, você pode se concentrar em como gostaria de decorá-la ou em outras atividades que podem lhe trazer alegria.
 
Você vê? Você limpará, curará e expandirá. Você manterá um novo nível que lhe permitirá avançar de novas maneiras. Uma vez alcançada a grande clareira, é apenas uma questão de estar consciente, permitindo que o fluxo traga à sua consciência o que pode precisar de sua atenção cuidando disso imediatamente e, então, usar sua imaginação e curiosidade para descobrir o que está acontecendo possível agora.
 
Essa é a fase exata em que muitos de vocês estão entrando. Que momento emocionante e satisfatório para você; e tudo devido à sua consistência e diligência. Que alegria experimentar os frutos do seu trabalho!

Shelley Young 

Fonte: Trinity Esoterics
Canal: Shelley Young - Sudbury, Ontario, Canadá.
Website: http://www.trinityesoterics.com
Facebook: Trinity Esoterics
Twitter: @trinityesoteric
YouTube: http://www.youtube.com/user/trinityesoterics

 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
No Sapo:

N'achama 

Fevereiro 02, 2023

chamavioleta

COMEMORE AGORA!
Por Aurora Ray
Tradução De Coração a Coração
deixaracaixa.blogspot.com/2023/02/comemore-ag
rayviolet2.blogspot.com/2023/02/comemore-agor
Posto aqui por achama.biz.ly +em gab.com/active_me


* Pare de viver ‘para’ os fins de semana: Comemore AGORA! *
Você está criando sua realidade a cada momento.
Você é o criador da sua realidade.

Quanto mais você pensa sobre uma determinada coisa, mais ela se torna real em sua mente. Se você pensar em uma coisa muito positiva, ela se tornará mais positiva em sua vida. Se você pensar em uma coisa muito negativa, ela se tornará mais negativa em sua vida.

Quanto mais você pensa sobre o que é bom, mais isso se torna parte de sua experiência de vida. Quanto menos você pensa sobre o que é ruim, menos isso se torna parte de sua experiência de vida.

Se você se sente triste ou deprimido, a resposta não é analisar sua vida e torná-la pior tentando mudar as coisas que não estão funcionando para você. Se você fizer isso, a depressão se aprofundará em uma neurose completa e tornará mais difícil para você sair dela.

O primeiro passo no caminho da recuperação da depressão é simples: aceite que você está doente e precisa da ajuda de outras pessoas!

O segundo passo é perceber que não há vergonha em pedir ajuda quando precisamos. Quando fazemos isso, nos tornamos automaticamente mais atraentes do que as pessoas que não pediram ajuda porque têm medo de serem rejeitadas ou criticadas pelos outros....+
deixaracaixa.blogspot.com/2023/02/comemore-ag
COMEMORE AGORA!

alquimia,chama violeta,fogo violeta,luz violeta,meditação,espiritualidade,Saint Germain,esoterico,Amor,ascensão,5D, Fonte,consciência,feliz,paz,

deixaracaixa.blogspot.comView Link Feed

Janeiro 15, 2023

chamavioleta

Manter-se conectado
Mensagem do Seu Eu Superior - 45
Por Mwendwa Mbaabu
rayviolet2.blogspot.com/2023/01/manter-se-con

Deus habita em si.

O Reino de Deus está dentro de vós.

À medida que se mantém ligado a essa fonte de poder onisciente, todo-poderosa e todo-amorosa, a sua vida será radiante e cheia de vida! Lembra-te, nem todos os que vivem estão vivos.

Tal como um ramo desconectado da árvore murcha e morre, o mesmo acontece com qualquer ser humano que não esteja ligado à sua fonte de vida dentro de si, murcha e morre enquanto ainda vive.

Esta morte pode ser sob a forma de desarmonia mental, relações caóticas, más decisões, falta de paz, confusão, depressão, e assim por diante....+ deixaracaixa.blogspot.com/2023/01/manter-se-c

Dezembro 22, 2022

chamavioleta

Não há problema em não estar bem
Tunia através de A. S.
rayviolet2.blogspot.com/2022/12/nao-ha-proble

Meus caríssimos irmãos,

Fala-vos Tunia. Amo-vos muito.

Estou a reparar que é muito popular as pessoas dizerem que estão bem, mesmo que não estejam.

Por exemplo, na cultura americana, muitas vezes as pessoas perguntam umas às outras como é que estão, e a única resposta socialmente aceitável parece ser alguma forma de "Estou óptimo, como estás?

Bem, também lhe é permitido dizer que não estão bem se alguém que amam acabou de morrer ou algo semelhante. No entanto, na maioria dos casos, as pessoas não vão apreciar se disser que não está de facto bem.

Para nós, é triste olhar para uma raça incrível de pessoas, a maioria das quais não está bem, e são continuamente forçadas pela pressão social a dizer que estão a ir bem....+ deixaracaixa.blogspot.com/2022/12/nao-ha-prob

Outubro 19, 2020

chamavioleta

A depressão e suicídio são pecados imperdoáveis, como afirmam alguns grupos religiosos?

Por Jonathan Gomes de Brito.

18 de outubro de 2020. 

 
 
 

Foto: Katarzyna Białasiewicz / 123RF
 
 
 
 
Alerta: A taxa de suicídio cresceu 30% no isolamento social. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), em 2014, 10.631 pessoas cometeram suicídio no Brasil.
 
E, no contexto de pandemia, postagens e publicações sobre suicídio têm aumentado no Facebook e em outras redes sociais.
 
Após um estudo feito em Michigan, divulgado pelo Loudwire, o índice de pessoas que se matam cresceu 32% durante a quarentena.
 
Fiquei consternado ao observar alguns comentários na internet de pessoas que se dizem religiosas e, na prática, não são. Devido a isso, gostaria de desmitificar a crença de que o suicídio é algo imperdoável e demoníaco, como dizem algumas pessoas.
 
O que é depressão? E por que é tão importante falar sobre o assunto?
 
Foto: TORWAI Suebsri / 123RF
 
A depressão, ou transtorno depressivo, é considerada uma doença psiquiátrica que afeta negativamente a maior parte da população. Ela não tem cura, porém possui tratamento.
 
Por que devemos falar sobre a depressão? As pessoas que não são acometidas por essa doença acreditam que as que sofrem depressão se fazem de coitadinhas quando, na verdade, a situação é muito séria e merece uma maior atenção.
 
Devemos informar que a depressão afeta de várias formas a nossa vida. Esses são os principais sintomas, segundo os estudiosos:
 
tristeza ou humor deprimido constante; perda de interesse ou prazer em atividades antes apreciadas; alterações no apetite — perda de peso ou ganho não relacionado à dieta; problemas para dormir (insônia) ou dormir demais; perda de energia ou aumento da fadiga; baixa autoestima e presença de sentimentos de culpa.
 
Por que expliquei o que era a depressão?
 
As pessoas que abraçam a religião acabam não acreditando na ciência, o que é um absurdo, pois podemos fazer um equilíbrio entre Fé e Ciência. Gostaria de apresentar um pensamento que é defendido por alguns grupos religiosos.
 
“Na Idade média, podemos observar que as pessoas que sofriam de depressão eram taxadas como possuídas, e as que tiravam sua vida estariam condenadas eternamente ao inferno.”
 
Esse pensamento ganhou força por causa da Igreja Católica Romana, porém o contexto mudou. A Igreja entendeu que se tratava de uma doença e não de forças malignas.
 
A depressão vem do Diabo?
 
Foto: Katarzyna Białasiewicz / 123RF
 
Sabemos que a mudança de comportamento e humor são tristes frutos da depressão. Com isso em mente, alguns “evangélicos” afirmam que a depressão vem do Diabo, e você pode estar possuído e precisando de uma libertação.
 
Gostaria de provar que esse pensamento está errado, pois a depressão é uma doença psicológica, e não um demônio.
 
Como o próprio Jesus disse: “Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo” (João 16:33).
 
Não estou afirmando que só teremos tristezas nesse mundo e que esse foi o plano de Deus, pelo contrário, por meio do pecado a morte entrou em nosso mundo, por isso existe esse contexto de miserabilidade.
 
Qual é o papel do Diabo no pensamento cristão?
 
Foto: Pixabay / Pexels
 
Um antagonista que existe e se esconde por trás desse mundo terrível. A bíblia se refere a um ser completamente oposto à vontade divina. É chamado, às vezes, de Satanás ou Diabo.
 
São Pedro, em sua primeira epístola, menciona o objetivo do Inimigo da Humanidade:
 
“Sejam sóbrios e vigiem. O diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar” (1 Pedro 5:8).
 
Comentário Bíblico:
 
8,9: Sede sóbrios (calmos) e vigilantes… vosso adversário
 
(oponente em uma ação judicial)… anda em derredor, como leão
 
que ruge procurando alguém para devorar (1 Pedro 5:8-9).
 
Essa passagem pode ser uma velada referência a Nero ou ao seu anfiteatro com os leões.
 
Resumindo, é um diabo pessoal. Resisti-lhe. Compare Tiago 4:7. A determinação cristã provoca a ajuda divina. E o conhecimento do que a irmandade espalhada pelo mundo sofre as mesmas aflições tende a tomar os cristãos em dificuldades mais firmes na fé.
 
Durante séculos, a crença de que o Diabo vivia em constante guerra com Deus propagou mentiras. Durante a Idade Média, a Igreja Católica ensinava que a alma daqueles que se mataram estava no inferno, e consideravam o suicídio um pecado Imperdoável.
 
Lembrando que, durante a leitura do novo testamento, percebemos a movimentação do Diabo, em algumas passagens. Pouco antes de Jesus começar seu Ministério, o mesmo foi tentando por Satanás (Mateus 4:1-11, Lucas 4:1-13).
 
O fracasso de Satanás é evidente, porém o mesmo foi responsável por influenciar outros seres humanos, para executar Jesus Cristo (Lucas 22:2-4).
 
O apóstolo Pedro foi vítima das ações diabólicas (Mateus 16:21-23, Lucas 22:31-32).
 
A Bíblia revela algumas coisas sobre o caráter sujo do Diabo. Cristo disse:
 
“Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira” (João 8:44).
 
Foto de John-Mark Smith no Pexels
 
Comentário Bíblico:
 
43, 44: O verdadeiro motivo para o fracasso deles em aceitá-lo era o
parentesco que tinham com o diabo. Ele era o pai deles. Por isso é que agiam de acordo (Mateus 23:15). Seus pecados especiais eram a mentira (relacionada com a tentação no jardim) e homicídio (no estímulo de Caim para matar seu irmão — I João 3:12).
 
Por Willian Barclay:
 
(1) O próprio do demônio é ser um homicida. Jesus pode estar pensando em duas coisas. Pode ter presente a velha história de Caim e Abel. Caim foi o primeiro homicida e recebeu sua inspiração do diabo.
 
Mas possivelmente Jesus se refere a algo ainda mais sério. Foi o diabo quem tentou pela primeira vez o homem, no antigo relato do Gênesis. O pecado entrou no mundo pelo demônio, e pelo pecado chegou a morte (Romanos 5:12). 
 
Se não tivesse havido tentação, não existiria o pecado, e se não tivesse havido pecado, não existiria a morte. De maneira que, em certo sentido, o diabo é o homicida de toda a raça humana.
 
Além disso, além dos relatos antigos, subsiste o fato de que Cristo conduz à vida e o diabo à morte. O diabo mata a bondade, a castidade, a honra, a honestidade, a beleza, tudo o que converte a vida em algo bonito. O demônio destrói a paz do espírito, a felicidade e até o amor. A essência do mal é a destruição, a essência de Cristo é trazer a vida.
 
Nesse preciso momento, os judeus faziam acertos e planos para matar a Cristo. Tentavam converter-se em homicidas bem-sucedidos.
 
Tomavam o caminho do diabo.
 
(2) O que caracteriza o diabo é o amor à mentira. A palavra falsa, o
 
pensamento falso, a distorção da verdade, a mentira, pertencem ao demônio. Toda mentira é concebida e inspirada pelo demônio e faz sua obra. A falsidade sempre odeia a verdade e tenta destruí-la. É por isso que os judeus odiavam a Jesus. Quando se defrontaram com Jesus, o caminho falso se encontrou com o verdadeiro e, inevitavelmente, o falso tentou aniquilar o verdadeiro.
 
Jesus acusou os judeus de serem filhos do diabo porque seus pensamentos se inclinavam a destruir o bom e a manter o falso. Todo homem que busca destruir a verdade, faz a obra do diabo.
 
Mais tarde em Apocalipse, o apóstolo João oferece uma importante informação:
O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra (Apocalipse 12:9).
 
Foto: Pixabay / Pexels
 
Satanás “engana todo o mundo”. O verbo “enganar”, que João usa, está no presente do indicativo, o que significa que ele ainda continua com suas atividades diabólicas.
 
O Diabo tem influenciado a humanidade desde o princípio. A história começa no Jardim do Éden, Adão e Eva, representantes da raça humana, foram influenciados por Satanás e ao comerem do fruto, ambos foram expulsos (Gênesis 3). Podemos observar também que a serpente era um animal “sagaz” e, dessa forma, contradisse a mulher (Gênesis 3:4-5). Eva acreditou na serpente e ao comer compartilhou com Adão e ambos permitiram a entrada do pecado no mundo.
 
Como disse o Apóstolo Paulo:
 
“Portanto, da mesma forma como o pecado entrou no mundo por um homem, e pelo pecado a morte, assim também a morte veio a todos os homens, porque todos pecaram” (Romanos 5:12).
 
Homicida desde o princípio, Jesus se referiu a esse incidente, sem dúvidas satanás foi “homicida”. No entanto, ele não feriu Adão ou Eva, apenas provando que desobedecendo a Deus, eles trouxeram consequências para Si (Romanos 6:23).
 
No pensamento Cristão, o mundo sofre por causa do pecado.
 
A humanidade estabeleceu seu próprio padrão por meio de Adão e Eva. Satanás enganou ambos e, com isso, ficamos como escravos do pecado, como disse o Apóstolo Paulo:
 
“Vocês estavam mortos em suas transgressões e pecados” (Efésios 2:1).
 
Ao escrever para a Igreja de Éfeso, Paulo explica como estava a nossa situação antes de Deus, e conseguimos entender que o que ocorre no Mundo é por nossa causa.
 
Como o texto de Romanos 3:23 explica:
 
“Pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus.”
 
“Por causa do nosso pecado, sofremos as dolorosas consequências, porém Jesus veio para os doentes” (Marcos 2:17).
 
O mundo está cheio de misérias por causa da nossa ação. Nós colhemos o que plantamos.
 
Conclusão:
 
Foto de Andrea Piacquadio no Pexels
 
O Diabo não é Criador da Depressão, pelo contrário, por meio de sua liberdade, Adão escolheu pecar e, com isso, o pecado entrou no mundo.
 
Deus sempre avisou que após o pecado as pessoas seriam fortemente influenciadas mais cedo ou mais tarde.
 
“O seu crime a castigará e a sua rebelião a repreenderá. Compreenda e veja como é mau e amargo abandonar o Senhor, o seu Deus, e não ter temor de mim” (Jeremias 2:19), diz o Soberano, o Senhor dos Exércitos.
 
Quando procuramos a principal razão do sofrimento das pessoas e dos nossos, devemos buscar as respostas que estão em nossa volta. O Cristianismo afirma que o pecado é algo péssimo que afeta todos os seres humanos; a ciência afirma que a depressão é uma doença psiquiátrica que faz a narrativa dos religiosos passarem longe de tal veracidade.
 
Com a finalização desse artigo, quero afirmar que sou a favor da vida, logo eu não ofereço justificativa para o suicídio, pelo contrário, quero provar que as pessoas que cometeram tal ato sofreram vários motivos para tomarem uma decisão drástica.
 
Porém, todo tipo de julgamento pertence a Deus, caso você acredite nEle. O ser humano deve entender que nem sempre teremos respostas para nossas indagações.
 
Amar a Jesus nem sempre cura pensamentos suicidas. Amar a Jesus nem sempre cura a depressão. Amar a Jesus nem sempre cura o Transtorno de Estresse Pós-traumático. Amar a Jesus nem sempre cura a ansiedade. Mas isso não significa que Jesus não nos oferece companhia e consolo. Ele sempre faz isso.
 
— Pastor Jarrid Wilson (1988–2019)
 
Observação: Jarrid foi uma triste vítima da depressão que não aguentou as circunstâncias.
 
Descanse em paz, meu irmão na fé!
 
 
Jonathan Gomes de Brito
 
 
Email: jonathangomesdebrito@gmail.com
Facebook: Jonathan Gomes de Brito
Instagram: @eu_brito88
 




Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Setembro 29, 2020

chamavioleta

Aplicativos que te ajudam a controlar a ansiedade

Por Roberta Lopes da equipe Eu Sem Fronteiras.

29 de setembro de 2020. 

 


 
 
Infelizmente, a ansiedade passa a fazer parte da vida de um número cada vez maior de pessoas. Seja em níveis brandos como crises de ansiedade pontuais antes de eventos importantes ou patológicas quando realmente se torna um transtorno e exige cuidados e acompanhamento médico.
 
Seja qual for o tipo de ansiedade que te acomete, nenhuma das situações costuma ser nada agradável. Podemos ter problemas maiores advindos de pequenas crises de ansiedade, desde o autoboicote e desistência de compromissos até resultados de novos transtornos como padrões obsessivos compulsivos e depressão.
 
 
Para te ajudar no combate da ansiedade, listamos alguns aplicativos disponíveis
 
tanto para os sistemas IOS quanto Android. Confira o que mais te interessa, baixe no seu celular e alie com o tratamento feito com algum especialista:
 
Headspace
 
Divulgação/Headspace
 
 
Este aplicativo ajuda a criar uma sensação de calma através da meditação. São 10 tipos de meditações guiadas e um espaço onde você pode acompanhar o seu progresso. Também tem lembretes para te ajudar a não esquecer da importância de fazer disto um hábito. Está disponível tanto para IOS quanto Android e é gratuito.
 
 
Relax Melodies
 
Divulgação/Relax Melodies
 
 
Quem sofre de ansiedade costuma também ter problemas na hora de dormir, o que causa longas noites em claro e uma ansiedade sem fim. Este aplicativo disponibiliza sons que ajudam a relaxar e a dormir feito um bebê por toda a noite. Pode também ser usado sempre que você sentir que uma crise de ansiedade se aproxima, pois ele ajuda a relaxar quase que instantaneamente. Está disponível tanto para IOS quanto Android e é gratuito.
 
 
Anti-Stress Quotes
 
Cottonbro/Pexels
 
 
Um aplicativo bem simples, mas que funciona como aquele amigo que sabe dizer as coisas certas nas horas certas. É uma coletânea de mensagens de encorajamento e sabedoria, com possibilidade de favoritar e compartilhar nas redes sociais. Está disponível tanto para IOS quanto Android e é gratuito.
 
 
Calm
 
Divulgação/Calm
 
 
É um aplicativo que também guia as suas práticas de meditação, mas aqui são sessões maiores que duram até vinte minutos. Também disponibiliza imagens de natureza que podem te ajudar no processo. Está disponível tanto para IOS quanto Android e é gratuito.
 
 
Worry Box – Anxiety Self Help
 
Peter Olexa/Unsplash
 
 
Este aplicativo funciona como uma espécie de diário inteligente. Ele permite que você anote todas as suas preocupações no momento em que elas te acometem e que você revise algum tempo depois, para que analise se era algo assim tão grave quanto você imaginava. Sempre que você sentir crises de ansiedade se aproximado, o aplicativo pode te ajudar gerando um feedback dos seus registros e te mostrando que não é necessária tanta afobação. Fique tranquilo que o Worry Watch é protegido por senha e ninguém além de você terá acesso a esses registros. Está disponível tanto para IOS quanto Android e é gratuito.
 
 
Self-Help Anxiety Management (SAM)
 
Andrik Langfield/Unsplash
 
 
É uma forma evoluída de mapear os sintomas que te acometem sempre que uma crise de ansiedade se aproxima e te ajuda a descobrir como controlar esta crise. Disponibiliza exercícios para controlar a respiração até que ela fique mais branda e você mais calmo. Está disponível tanto para IOS quanto Android e é gratuito.
 
 
Pacifica
 
Alexa Williams/Unsplash
 
 
É um aplicativo bem completo e serve como uma alternativa rápida, fácil e barata para controlar as crises de ansiedade. Ele funciona como um diário de problemas com a ansiedade e vezes em que conseguiu lidar com ela. Também oferece exercícios de relaxamento e meditação. Está disponível tanto para IOS quanto Android e é gratuito.
 
 
Eu Sem Fronteiras 
 

 


 
Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Setembro 26, 2020

chamavioleta

8 atitudes de quem tem depressão, mas não demonstra.

Por Júlia Zayas da Equipe Eu Sem Fronteiras.

25 de setembro de 2020. 

 

 
 
 
A depressão é sim uma doença a qual é muito recorrente entre os brasileiros e muitos outros cidadãos ao redor do mundo.
 
As causas podem ser diversas, normalmente associadas ao modo de vida moderno que incita muitas pressões, cobranças e ansiedades, exigindo um esforço exagerado do corpo e mente e maior dificuldade de mantê-los em equilíbrio e harmonia, trazendo distúrbios facilmente e ocasionando diferentes reações em cada um.
 
Causas principais
 
Como já dito, a loucura da rotina pode ser a principal causa no desenvolvimento de uma depressão. Entretanto, esta rotina inclui alguns fatores específicos que auxiliam no progresso do quadro depressivo.
 
Algumas pessoas tem predisposição genética à depressão, sendo assim a presença de fatores externos como o estresse e ansiedade são potentes ativadores dos sintomas depressivos. A instabilidade hormonal proveniente do uso de remédios ou certos períodos da vida, principalmente nas mulheres, também é uma causa considerável.
 
As comuns complicações da rotina são também um caminho para adoecer. Diante de grandes decepções, perdas, expectativas não correspondidas ou situações de tristeza, os hormônio são alterados e nos tornamos mais sensíveis à depressão e outras doenças.
 
Problemas físicos, de autoestima e aparência influenciam muito em nosso humor e estado de espírito. Aqueles que se deixam levar pela tristeza caminham para os sintomas da depressão.
 
 
Efeitos
 
Volkan Olmez/Unsplash
 
 
A depressão é uma doença patológica, ou seja, as alterações são efetivas e biológicas. O indivíduo que sofre de depressão apresenta desvios estruturais e funcionais nas células. No caso de um quadro depressivo as células mais atingidas são os neurotransmissores, na verdade o alvo são as substâncias responsáveis pelo contato e transmissão de informações entre eles. Algumas destas substâncias são: dopamina, noradrenalina e serotonina.
 
Dentre os principais sintomas estão:
 
  1. – Irritabilidade frequente;
  2. – Falta de disposição;
  3. – Pessimismo;
  4. – Cansaço físico e mental;
  5. – Dificuldade em se divertir com coisas que eram antes prazerosas;
  6. – Baixa autoestima;
  7. – Falta de confiança em si e quaisquer situações ou circunstâncias novas;
  8. – Falta de vontade de sair de casa e realizar atividades;
  9. – Falta de apetite ou compulsão por certo tipo de comida ou hábito alimentar;
  10. – Concentração e foco falhos;
  11. – Dores e tensões musculares;
  12. – Choros sem motivo especifico,
  13. – Emoções à flor da pele.
 
 
Sintomas disfarçados
 
 
Kelly Sikkema/Unsplash
 
 
Estes são apenas alguns dos sintomas mais comuns ao quadro depressivo, entretanto, muitas pessoas caminham para a depressão porém não a percebem ou procuram negá-la como doença. No modo automático em que vivemos passamos por cima de algumas atitudes sem perceber os efeitos que causam em nossas vidas e em nosso ser, ou tememos assumi-las pensando que será apenas mais uma fase ruim, porém, pode ser muito mais do que isso.
 
Cabe aos familiares e amigos atentar para a identificação de características depressivas em alguém próximo a fim de minimizar o processo, descobrir e cortar suas raízes e proporcionar melhora desde o início da doença.
 
Abaixo algumas das atitudes mais comuns para identificar um indivíduo com comportamento depressivo:
 
Máscara de felicidade:
 
Andrik Langfield/Unsplash
 
 
As pessoas que escondem a depressão ou não a percebem tendem a criar uma máscara em que estão sempre alegres e sorridentes quando estão em público, porém estão sempre tristonhas em casa e desanimadas com quaisquer atividades por mais simples que sejam. Não necessariamente aparentando desânimo ou sofrimento, mas fingindo estar bem para não assumir a responsabilidade de uma alteração sentimental mais feroz.
 
 
Irritabilidade constante:
 
Annie Spratt/Unsplash
 
 
Quem sofre de depressão costuma se irritar facilmente com pequenos motivos e, ao contrário do que se pensa para o quadro, não fica calado e guardando as emoções, mas sim explode em diversas situações e desconta até mesmo em quem não tem nada a ver com a história.
 
 
Frieza:
 
Beniamin Şinca/Unsplash
 
 
Por dificuldade de reagir às situações como normalmente, o indivíduo depressivo tem sua sensibilidade também alterada. Sendo assim, apresenta-se mais frio e menos carinhoso. Mesmo sem perceber passa a não corresponder ou nem mesmo identificar palavras e gestos de afeto deixando de fazer da ação recíproca.
 
 
Outro ritmo:
 
Darya Skuratovich/Unsplash
 
 
Por sentir-se cansada e indisposta, a pessoa diminui o ritmo de trabalho e das atividades que exercia normalmente. Passa a fazer menos coisas durante o dia e abdicar de tarefas que antes faziam parte de sua rotina. Os esportes passam a ser motivo de grande desânimo e dificuldade e grandes planos como longas viagens são sempre cancelados.
 
Extremos de alimentação:
 
Joshua Rawson-Harris/Unsplash
 
 
Existem dois polos de comportamento relacionados à alimentação do depressivo. Um deles está no excesso de comida. A pessoa passa a incontrolavelmente ingerir alimentos que gosta sem pensar nas quantidades ou consequências ignorando quaisquer comentários que venham por outras pessoas que a observam. O outro lado é a falta de vontade de se alimentar. O indivíduo deixa de sentir prazer em comer e ignora a importância de se alimentar bem diariamente pulando refeições ou comendo muito pouco.
 
 
Convites negados:
 
Diego San/Unsplash
 
 
Se você convidar uma confeiteira para fazer um bolo em diferentes situações, horários e dias e resposta for sempre “não”, algo está errado. Quem está com depressão não sente prazer nem mesmo nas atividades que mais gostava de exercer ou mais tenha habilidade.
 
 
Oscilações de humor:
 
Yuris Alhumaydy/Unsplash
 
 
Esta pessoa pode num dia acordar extremamente feliz e animada e em outro totalmente sem vontade e triste. As oscilações de um e disposição são comuns do quadro e não tem periodicidade nem duração permanentes, são inesperadas e turbulentas.
 
 
Culpa:
 
Margot pandone/Unsplash
 
 
Quem tem depressão se culpa por tudo de ruim ou errado que acontece em sua vida, ou até mesmo na dos outros. A falta de confiança e as inúmeras incertezas que rodeiam esta mente alterada faz com que ela não ache outra razão para os problemas a não ser ela mesma.
 
 
Eu Sem Fronteiras 
 

 


 
Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Setembro 25, 2020

chamavioleta

Nem sempre depressão se manifesta com tristeza, conheça o lado oculto da depressão

Por Fabiano de Abreu.

24 de agosto de 2020. 

 
 
 
 
 
 
Comportamentos que indicam um possível princípio de depressão
 
Está provado que a tristeza pode resultar em depressão. Mas há comportamentos que são típicos de quem está iniciando um processo de depressão sem aparentar tristeza, diz o filósofo, psicanalista e especialista em estudos da mente humana.
 
Não podemos nos enganar pelo disfarce que o nosso inconsciente projeta como mecanismo de defesa. “Nosso inconsciente armazena os problemas da vida, pois a emoção causa impacto onde os hormônios com sua produção acentuada ao tipo de emoção entram em conflito com as nossas defesas que tentam conduzir um melhor equilíbrio emocional compensado com a razão.”
 
Daniel Xavier | Pexels
 
 
Nem toda pessoa deprimida é triste e um exemplo disso são os sorrisos amigáveis que escondem uma vontade interna de desaparecimento. Confira os cinco comportamentos que podem ocultar o início de uma depressão.
 
 
1 – Pensar demais
 
Os questionamentos do sentido da vida, as conversas profundas consigo mesmo sobre a vida e a morte podem ser pensamentos natos de quem tem uma mente filosófica. Mas podem ser também pensamentos de uma pessoa em estágio de depressão em busca de uma direção. O autoconhecimento torna-se necessário para identificar se esses pensamentos são naturais ou passaram a acontecer.
 
 
2 – Compulsões
 
 
Tim Gouw | Pexels
 
 
Ocupar a mente com muitos afazeres, criando muitas atividades, pode ser um comportamento de um intelectual que sente prazer em adquirir conhecimento. Mas pode ser também o mecanismo utilizado pelo depressivo para não pensar na insatisfação interna, ocupando a mente com pensamentos, dedicando-se demais aos passatempos para fugir dos sofrimentos e angústias.
 
 
3 – Falta de paciência
 
 
Qualquer pessoa pode perder a paciência, mas, se isso for frequente, pode ser um sinal de início de depressão. Nem sempre a depressão se manifesta com tristeza e desânimo, podendo ser também mediante a insatisfação contínua.
 
 
4 – Alimentação e sono irregular
 
 
Dificuldade em padrões regulares para drenar a energia. Sono e alimentação irregular é uma busca de prazeres e acontecimentos que disfarçam a insatisfação. A ansiedade leva a esses fatores na falta da conclusão do que se quer concluir, resultando em uma compulsividade.
 
 
5 – Medo do abandono
 
 
Dificuldade em manter relações interpessoais sustenta um sorriso disfarçado em que a alegria não condiz com a insatisfação que se sente internamente. Na realidade a pessoa se sente pesada e indesejada e o sorriso é a fórmula de manter as pessoas por perto, já que ela receia ficar desamparada quando mais precisa de apoio, mas tem vergonha de dizer e admitir ou não tem plena consciência do que está sofrendo. O mais perigoso na depressão é ter consciência dela quando se torna extremamente prejudicial.
 
Recentemente concluí minha especialização em neurociência em Harvard e neuropsicanálise na Sociedade Brasileira de Psicanálise Clínica. Sou membro da Mensa, associação de pessoas mais inteligentes do mundo, e dedico parte de meu tempo a pesquisas e estudos para melhor compreender a mente humana e seus comportamentos.
 
Fabiano de Abreu
 
Fabiano de Abreu



Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Setembro 16, 2020

chamavioleta

A ansiedade pode ser um precursor da depressão

Por Fabiano de Abreu.

16 de agosto de 2020. 

 
 

 

 
 
Ansiedade e depressão são assuntos cada vez mais na ordem do dia
 
Ansiedade é uma luta/fuga, um instinto de sobrevivência, uma expectativa apreensiva com relação ao que está por vir. O receio é igual ao medo, pela incerteza no futuro. Ambos são sentimentos similares com um mesmo resultante, ou seja, o receio leva à ansiedade que pode levar a outros transtornos ou síndromes e, em última análise leva à depressão.
 
Como essas mudanças são processadas a nível cerebral de uma forma que possamos entender.
 
Quando sentimos uma ameaça, ela é recebida no cérebro por meio do córtex visual. Quando estamos perante a dita ameaça, enviamos duas mensagens, uma para a amígdala e a outra para o córtex pré-frontal. A amígdala reencaminha a mensagem para as glândulas suprarrenais que passam a produzir mais noradrenalina, hormônio do medo, humor, ansiedade, sono e alimentação com a serotonina, dopamina e adrenalina. Esse neurotransmissor é um precursor da adrenalina, ou seja, ele aparece antes da adrenalina ser metabolizada. São neurotransmissores parecidos sendo que estimulam receptores diferentes.
 
Foto de Eternal Happiness no Pexels
 
 
A amígdala é a resposta física do medo. A consciência do medo está no córtex pré-frontal. Aqui encontramos o julgamento, a razão para o medo procurando memórias antigas e recentes de experiências do mesmo. Não precisamos ver para que nossa amígdala perceba o perigo, o medo, pois a região vai além dos sentidos mas também da percepção da condição.
 
Este tipo de condições comportamentais tem sido, ao longo do tempo, alvo de estudos e testes para se conseguir desvendar sempre mais sobre a matéria.
 
Neurocientistas da universidade da Califórnia, em São Francisco, fizeram testes em participantes com depressão e ansiedade que apresentaram sinais passando entre a amígdala cerebelosa, grupo de neurônios pertencentes ao sistema límbico que controlam as emoções, e no hipocampo, que é a estrutura localizada nos lóbulos temporais do cérebro e responsável pelo armazenamento da memória, em que as frequências apresentadas foram entre 13 e 30 hertz.
 
As ondas cerebrais, chamadas β-AH ICNs, coincidiam com períodos em que a ansiedade aumentava. Essas regiões têm papéis na emoção e no humor. As amígdalas recebem as informações dos sentidos, onde fica armazenado o que seria o inconsciente. As mesmas demonstram desempenhar um papel importante no processamento da memória e decisão especialmente no processamento de memórias que tenham significado emocional, tomando decisões com base nas mesmas.
 
Foto de cottonbro no Pexels
 
 
“O hipocampo é conectado reciprocamente ao córtex e às estruturas subcorticais. A atividade no hipocampo é necessária para converter memórias de curto prazo em memórias de longo prazo. Ele consolida uma experiência ou fato mantido na memória de curto prazo em código armazenável de longo prazo. O hipocampo também está diretamente conectado ao córtex visual e desempenha um papel significativo na navegação espacial e na memória”, refere o neurocientista.
 
Há uma série de sintomas e condicionantes que podem ser reveladores de ansiedade.
 
A adrenalina circulante precisa ser queimada, o que causa ações diferentes em cada parte do corpo: pode provocar tontura, boca seca, dificuldade de respirar, taquicardia, inquietação física, tremores, visão turva, frio na barriga, arrepios, dores de cabeça, sudorese, problemas gastrointestinais, sensação de queda, podendo levar ao desmaio.
 
A ansiedade pode resultar ainda em disfunções de outros neurotransmissores, entre eles, a serotonina e a dopamina que resultam nos sintomas acima. Tudo depende do tipo e intensidade da ansiedade para os sintomas e também do organismo do indivíduo e como ele responde ao desequilíbrio.
 
 
Foto de Andrea Piacquadio no Pexels
 
 
É necessário ainda compreender a ligação entre a ansiedade e a memória e a forma como se comportam.
 
A ansiedade é um circuito de sobrevivência defensivo e está relacionado à memória de trabalho, que faz a manutenção temporária e processamento da informação durante a realização de tarefas diversas. Quando a memória de trabalho está ativada, o seu funcionamento reside na interação entre o córtex pré-frontal e diferentes áreas do córtex posterior, lobo temporal e occipital.
 
Quanto maior a ansiedade, maior a perda da razão e da memória. Isso acontece pois a ansiedade é um sistema de defesa e a emoção impulsiona para que possa ter uma saída rápida. Quando temos a emoção sobressaindo à razão, temos menor raciocínio. Também há a questão da disfunção hormonal que leva a sintomas que interferem na razão. Por último, o terceiro ponto é o acumulo de informações que geram filtros em que, quando acentuada a ansiedade, o cérebro tem dificuldades na escolha devido a essa interferência de informações. É como se a emoção estivesse em todas as memórias e não escolhesse uma só para armazenar. Uma tremenda confusão.
 
A ansiedade é ainda fonte de várias outras doenças e síndromes que podem dificultar a nossa vivência.
 
A ansiedade pode levar à síndrome do pânico, fobias, transtornos, síndromes, mutismo seletivo, estresse e depressão.
 
Para contrariar essas situações é necessário aprender a lidar com a ansiedade e saber como a controlar.
 
Falta de metas de curto e longo prazo elevam a ansiedade e levam à depressão. É importante criar não só metas de longo prazo, mas as de curto. Principalmente quem sofre de ansiedade.
 
Respiração, procure respirar fundo quando sentir-se ansioso.
 
Nosso tipo de pensamento é responsável pelas diversidades mentais negativas. O pensamento desencadeia uma ação no sentimento. Precisamos pensar positivo e tentar agir positivamente também.
 
Meditação é um bom exercício de relaxamento quando praticado devidamente, não pensando em nada negativo ou que leve à ansiedade.
Você também pode gostar
 
 
Autointoxicação comportamental, em que seus pensamentos desregulam os hormônios e neurotransmissores trazendo desequilíbrio. Mudança de hábito é essencial.
 
Uma neuroplasticidade cerebral criando novas conexões por meio da leitura, exercícios físicos e mudança de hábitos.
 
Uma alimentação que supra nossas necessidades e regule a microbiota intestinal para que reações não atrapalhem o bem-estar e não levem a uma ansiedade. 
 
Fabiano de Abreu
 
Fabiano de Abreu



Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub