Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Abril 27, 2023

chamavioleta

ECLIPSANDO A ESCURIDÃO COM A LUZ

By Jennifer Hoffman

Tradução: Regina Drumond

a 26 de abril de 2023

 
about Jennifer Hoffman

 

 

 

E entramos em outra semana poderosa de movimento de energia que faz parte de nosso caminho de ascensão sem fim. Eu sei que queremos que as coisas se acalmem, mas isso não irá acontecer tão cedo. Pelo contrário, a energia está se intensificando e Maio será outro mês com alguns aspectos de energia estelar que continuarão a apoiar a vasta transformação que está ocorrendo para toda a humanidade. Este é o nosso caminho de ascensão e não é o passeio alegre para o unicórnio e o país das fadas que pensávamos que seria. É melhor. É um exercício para elevar nossas vibrações, expandir nosso espírito e acolher a oportunidade de resplandecer as nossas luzes e eclipsar a escuridão. O que acabamos de experienciar? Um eclipse poderoso e raro em um ponto crítico que já está virando a maré da escuridão. É um motivo para celebrarmos os novos potenciais, não para desejarmos um retorno ao ‘normal’. Acho que nos próximos meses vamos descobrir que o normal que pensávamos ser o status quo, era uma ilusão. Esteja preparado para isso, não será uma revelação bonita. Mas o próximo passo será a substituição da escuridão pela luz e a expansão total de nosso caminho de ascensão. E isso será algo para comemorar, pois permitiremos que a luz ofusque a escuridão e que o medo fique em segundo plano em relação à alegria. Qualquer hesitação que tenhamos é de onde isso nos coloca, na interseção de intenções e interesses. Qual caminho escolheremos? Depende de nós se somos determinados em nosso desejo de cura, ou temos um espírito inquebrantável que nos permite transcender o passado e eclipsar nossa própria escuridão. Ao despertarmos de nosso sono coletivo, como a bela adormecida e seu sono de 100 anos, não é o beijo mágico de um príncipe que nos desperta, é o momento em que a escuridão é eclipsada pela luz. Em um eclipse solar total que ocorre no momento após a lua ter coberto ou eclipsado o sol, há um flash brilhante de luz quando a luz do sol começa a aparecer novamente. Em nossas vidas é quando a luz se torna tão brilhante e tão forte que devemos abandonar nossa escuridão e deixar a luz entrar. O que significa ser eclipsado? Se você é eclipsado por alguém ou algo, significa que isso o ofusca e você empalidece em comparação. Mais simplesmente – é melhor, mais brilhante e maior do que você. Agora pense no que acontece quando você eclipsa algo – digamos que eclipsa um desafio ou um problema, ou finalmente supera um problema do qual nunca pensou que seria capaz de superar. Parabéns, você eclipsou a escuridão em sua vida e deixou a luz entrar. Mas antes que fiquemos muito satisfeitos com o processo e você pense que estou sendo excessivamente simplista sobre uma situação, vamos dar uma olhada no que você está tentando iluminar porque, como a maioria das coisas, não é tão simples assim. O recente eclipse de 21 de Abril foi realmente poderoso. Um raro eclipse híbrido que começou como um eclipse anular e se transformou em um eclipse total que pode ser visto na Austrália e em partes da região sul do Pacífico. É outro fenômeno astronômico, mas sabemos que é muito mais do que isso porque faz parte de um vasto movimento de energia que nos tem inundado com mudanças e downloads de energia nos últimos 4 anos. Com um eclipse solar, significa que a escuridão obscurece a luz, o sol sendo coberto pela lua, mas não para por aí. Eclipsar algo é superá-lo, ser o melhor em relação aos outros. Este eclipse é nossa oportunidade de eclipsar nosso caminho cármico e focar nossa luz no que é mais importante para nós. Se não tivermos certeza do que é isso, ter que escolher entre a escuridão e a luz nos empurrará na direção certa. Apenas lembre-se de que, embora um eclipse seja momentâneo, o efeito é duradouro. Acredito que estamos saindo de séculos de escuridão e só agora somos capazes de ver a luz e ter consciência e maturidade espiritual para escolher entre a escuridão e a luz e isso está acontecendo porque agora estamos cientes da escuridão . Isto nunca foi visível para nós antes porque estava totalmente integrado na 3D, como nós. Para ser capaz de eclipsar um problema, para lançar luz suficiente sobre ele para superá-lo, você deve se levar para a interseção de intenções e interesses. É aqui que sua intenção encontra o muro de resistência – os interesses que você tem naquilo com que está alinhado naquele momento. Sim, estou dizendo que você tem interesse em tudo o que está acontecendo em sua vida – você o criou, está alinhado com isso e o manterá no lugar a ponto de resistir a qualquer mudança, não importa como você se sinta sobre isso. isso, porque serve a um propósito para você. Quer esse propósito seja ser uma vítima, representar seu desempoderamento, esperar por uma justificativa, ter seus sentimentos ou esforços validados, provar um ponto, ou por suas próprias razões, você tem interesse nas circunstâncias de sua vida, goste ou não delas. Isso é você fazendo uma declaração para seus agressores, manipuladores, seus críticos e seus juízes. Você tem uma agenda e vai cumpri-la, não importa quanto tempo demore ou o que você tenha que fazer para alcançá-la. Você já conhece o processo de definir a intenção de transformação, já é popular há algum tempo e eu escrevo sobre isso há 20 anos. E sua intenção pode ser poderosa, você pode estar comprometido com ela, você pode realmente querer e precisar que ela seja verdadeira para você. Mas se seus interesses competirem com sua intenção, você ficará preso, confuso e frustrado e bloqueará qualquer transformação porque você está na interseção entre intenção e interesses. Seus interesses devem ser eclipsados antes que você possa permitir que sua intenção se manifeste. Isso parece fácil, mas é muito mais difícil do que você pensa porque seus interesses representam crenças e experiências que exigem reconhecimento, validação e cumprimento de suas agendas. Esses interesses abrangem décadas e até vidas inteiras de dor, luto, vergonha, culpa, tristeza, ressentimento, manipulação, traição, julgamento, perseguição, abandono e muito mais. Você pode adicionar sua própria ferida da alma e trauma energético aqui – tudo está representado em seus interesses. Esses interesses criam o muro de resistência que nem mesmo a intenção mais poderosa pode derrubá-lo ou ultrapassá-lo até que você negocie seus interesses e permita que a luz os eclipse. Como é que isso funciona? Vamos usar a intenção de ter um relacionamento romântico maravilhoso. Essa é a sua intenção. Agora sua experiência de relacionamento não é boa, você foi traído, abandonado, magoado, enganado, traído, manipulado e deixado no altar. Você quer um relacionamento estável, amoroso e comprometido em sua vida, mas seus interesses exigem que você se proteja de repetir o passado, onde você aprendeu que as pessoas não são confiáveis, mentem, elas o traem, não se preocupam com seus sentimentos, elas se aproveitam de você e muito mais. Você pode preencher suas próprias mensagens aqui, tenho certeza que você tem algumas. Mais do que apenas experiências do passado, elas fazem parte de nosso fardo cármico, os negócios inacabados que temos com nosso grupo de almas ao longo das vidas. Curar essas questões ESSENCIAIS faz parte do cumprimento de nossos interesses e da libertação das correntes do passado que nos prendem a caminhos de vida que são sem alegria, limitantes e auto-replicáveis até que sejam eclipsados pela luz da verdade e pela liberdade. Lembro que alguém postou na minha página do facebook há alguns meses, quando eu estava falando sobre como era o momento de criar relacionamentos românticos. Ela disse que havia decidido que o amor não era para ela e foi assim que se libertou do passado. Bem, isso é o que ela pensa, mas ela está apenas se escondendo atrás de seu muro de resistência, onde seu medo de repetir mais uma experiência dolorosa de relacionamento não permitirá que a luz da redenção eclipse suas memórias de relacionamentos desafiadores e sem alegria. Então agora você está parado nesse impasse entre interesses e intenções. Como você vai além do muro de resistência, que representa eventos reais que aconteceram com você, e se permite ter o relacionamento fabuloso que deseja? Como você eclipsa o passado quando o presente é desconhecido e tudo o que você tem para continuar é uma experiência que não é boa? É aqui que você deve colocar seu manto de soberania energética, definir seus limites energéticos, decidir o que deseja e resistir à tentação de cumprir a agenda representada por seus interesses. Algumas coisas você apenas tem que deixar ir – deixar o passado passar – e traçar a linha entre o passado e o presente. Isso também não é fácil porque você quer vingança, justificativa e validação. Você tem queixas reais e deseja que alguém as reconheça. Na verdade, é o reconhecimento que você insiste porque provavelmente nunca o teve e está cansado de ser explorado, decepcionado, negligenciado, pisado e ignorado. Há uma parte de você que é a vítima empoderada buscando justiça e você pode obtê-la, mas não agora e não da maneira que deseja. Você precisará abaixar sua espada e virar em outra direção se sua intenção for ultrapassar sua parede de resistência. Deixe-me perguntar o que é tão importante para você, que parte de sua agenda deve ser cumprida, para que você possa seguir em frente em sua vida, superar a dor e o trauma e encontrar a paz, alegria e amor? Qual é a sua definição de paz, alegria e amor? Como sua vida muda se você os tem e muda da maneira que você deseja? Aqui está o problema – estabelecemos intenções para o que acreditamos ser algo melhor do que o que temos atualmente, ou algo que nos tirará de uma situação em que estamos atualmente, mas não consideramos a mudança ou transformação que vamos realizar em nossas vidas porque estamos estabelecendo uma intenção para algo novo e desconhecido. Como você sabe que ‘desta vez’ será melhor ou diferente do passado? Você não sabe. Como você sabe que a luz irá eclipsar seu medo e você superará todos os desafios para ascender gloriosamente em um amor livre de dor e trauma? Você não sabe. Então, o que você faz? Você define a intenção e observa o medo avançar. Dê a atenção que ele quer, ele está aí apenas para protegê-lo. Como um cão leal que fica à sua frente para protegê-lo do mal, seu medo é a lembrança de suas experiências passadas quando o vê se preparando para repetir o mesmo comportamento. Você pode permitir que o medo crie um muro de resistência ou pode negociar seus interesses e ir além dele. A chave aqui é evitar a tentação de se apressar e acreditar que “desta vez será diferente”. Pode ser, mas pode não ser. Em vez disso, você precisa de um espírito inquebrantável, não imparável. Você precisa de clareza, confiança e congruência energética que lhe permitam manter-se firme com suas intenções e acreditar no que deseja e merece ter, e depois dizer não a qualquer coisa que não seja relevante para suas intenções. O primeiro relacionamento será o ‘primeiro’ ou será o segundo? Às vezes, somos testados para ver se estamos realmente dispostos a permitir que a transformação ocorra. Então o príncipe (ou princesa) encantado aparecerá e a princípio tudo parece ótimo. Então, sinais de alerta e bandeiras vermelhas começam a aparecer e esse é o momento de interseção entre interesses e intenções. Você vai ignorar os avisos e correr para salvar mais uma alma ferida ou você se lembra que não está mais interessado em projetos, em curar as feridas dos outros, que sua alegria vem primeiro e você quer equilíbrio e congruência, não dor e drama? Muitas vezes percebemos que esse padrão se repete após o fato, mas é nesse momento de interseção que temos um momento decisivo. Podemos dizer não e virar as costas ou podemos sucumbir à tentação de que “desta vez” conseguiremos criar o relacionamento perfeito curando alguém que pode estar próximo da perfeição. Este é um padrão que repetimos continuamente e só nos causa dor. Os eclipses no céu nos lembram que às vezes temos que dar à nossa escuridão a atenção necessária para permitir que a luz brilhe com mais intensidade. E quando chegar na interseção entre interesses e intenção, olhe para os dois lados e escolha o caminho que for mais relevante e alinhado com sua intenção porque esse é o caminho da alegria e da transformação. Em todas as situações, temos a oportunidade de brilhar com nosso espírito inquebrantável, ou nos escondermos atrás de nosso muro de resistência. O que você vai escolher?

 
Jennifer Hoffman
 
 
Direitos Autorais: Site original: http://www.enlighteninglife.com/     

Direitos reservados © 2004/2022 para Jennifer Hoffman. Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora. Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel
 

 
 


 
 
 
Transcrito por achama.biz.ly, com agradecimentos, de:  

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub