Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Maio 13, 2024

chamavioleta

A melhor maneira de começar o seu dia

O Conselho Arcturiano da nona dimensão

Canal: Daniel Scranton

Tradução a 12 de maio de 2024

 
The Best Way to Start Your Day - The 9th Dimensional Arcturian Council - channeled by daniel scranton
 
Saudações. Somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar com convosco.
 
Temos um enorme respeito pela humanidade. Sabemos que escolheram caminhos muito desafiantes para si nesta vida de ascensão. Não podeis deixar de enfrentar estes desafios numa altura em que todo o multiverso está a ascender, porque tudo tem de surgir de dentro de vós e das sombras. Todos vocês têm a oportunidade de olhar para dentro de si mesmos, e muitos de vocês iniciaram esse processo olhando para fora de si mesmos. Ao ver a corrupção nos outros, nas instituições e nos sistemas em que outrora confiou, descobriu algo que existe como parte da experiência humana. E se está lá fora, também está dentro de TI.
 
Você gosta quando dizemos isso em relação a manifestar o que deseja. Por outras palavras, quando lhes dizemos que tudo o que desejam lá fora também está dentro de vocês, há um sentimento caloroso e reconfortante que lhes toma conta, mas quando estamos a falar daquilo que é escuro, daquilo que é negativo, daquilo que é opressivo, e recordamos-lhes que, se está lá fora, também está dentro de vocês, isso também não passa por cima. Todos vivemos num universo holográfico. Não há separação, e cada parte contém o todo. Por conseguinte, não faz qualquer bem humano simplesmente apontar um dedo e chamar as pessoas, as organizações, os sistemas, as instituições que estão a fazer mal e a fazer mal de propósito.
 
Cada pessoa que se torna consciente dessa escuridão deve reconhecer que a escuridão também existe dentro dela e que está surgindo e desencadeando essa pessoa porque há alguma cura e algum perdão que é necessário dentro desse indivíduo. Você não pode simplesmente trancá-los todos e acabar com isso, porque a consciência que criou essas circunstâncias ainda existirá, e você está lá para elevar o nível de consciência lá na terra, e tudo isso começa fazendo isso dentro de você. Você é o ponto a partir do qual tudo está sendo criado e experimentado. Portanto, deve ser até você para mudar, e quando você vê algo lá fora que você não gosta, vire a lente em si mesmo e perguntar-se como você pode fazer melhor, como você pode se tornar mais de quem você realmente é como um ser de amor incondicional.
 
Agora, a parte complicada da vida na terra a que nos referimos anteriormente é como. Como é que o fazes? Como você aparece no mundo como amor quando há tanta coisa lá fora que está disputando sua atenção que não é amor? Dito de uma maneira melhor, essas coisas, ou essas instituições, ou essas pessoas, têm o volume de amor que realmente são recusadas a tal ponto que parecem não ser o amor que realmente são. E todos sabem que podem fazê-lo de vez em quando. Algo pode chegar até você a tal ponto que você não é o seu melhor eu; você não é o seu eu mais amoroso em todas as situações. E saber disso torna mais fácil para você perdoar os outros, especialmente aqueles que nunca receberam nenhum amor de ninguém em suas vidas. Imagine como deve ser.
 
Agora, a maneira como você se mostra como amor é cultivando o amor que está dentro de você em todos os momentos em que é fácil fazê-lo. Se você está entediado e não sabe o que fazer, volte sua consciência para dentro e encontre o amor que você realmente é em seu espaço do coração, respire nele, amplie-o e preencha todo o seu corpo com ele. Em seguida, preencha seu campo de energia com ele e, em seguida, saia no mundo como amor. É altamente recomendável que você comece o dia fazendo exatamente isso e que se lembre periodicamente ao longo do dia de que está lá para haver amor e que o amor que você deve ser sempre existe dentro de você. Está a apenas alguns momentos de estar ativo dentro de você, e você tem o poder, sempre, de ativá-lo. Você não precisa esperar até que algum animal de estimação ou pessoa apareça que seja extremamente amável.
 
Nós sabemos que você pode fazer isso porque vemos mais e mais pessoas fazendo isso o tempo todo, e ficamos animados toda vez que vemos alguém escolhendo o amor. É a resposta; é o que todos nós somos, e é o que é necessário mais do que qualquer outra coisa no planeta Terra neste momento.
 
Somos o Conselho Arcturiano e gostamos de nos conectar convosco.
 
 
Daniel Scranton
Nota: Fonte = Origem, Deus, Amor Incondicional...
 

 
Traduzido com agradecimentos a: 
 
e com ajuda de: translate.yandex.com/
 
 
Eliquetas:
 


As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Setembro 13, 2023

chamavioleta

A DANÇA DAS DUALIDADES

Encontrando o Equilíbrio no Espectro da Experiência Humana

Por Aurora Ray 

Tradução De Coração a Coração [br]

a 13 de setembro de 2023

 
 
 
 
Dentro do reino ilimitado da existência, a vida se desenrola numa magnífica exibição de experiências contrastantes.
 
Exorta-nos a mergulhar totalmente no seu elaborado mosaico, abrangendo todo o espectro da existência humana. Das profundezas da escuridão às alturas do brilho, do frio do desespero ao fogo da alegria, somos convocados a viver a vida em todas as suas formas.
 
Nesta viagem extraordinária, encontramos as dualidades que moldam a nossa jornada.
 
A tristeza, como um vasto oceano, confere-nos grande profundidade. Permite-nos navegar pelos recônditos das nossas emoções, confrontar as nossas vulnerabilidades e emergir mais fortes e mais sábios. Acrescenta riqueza à nossa experiência humana, revelando as facetas ocultas de nossas almas.
 
Por outro lado, a euforia nos eleva a alturas altíssimas, como um sol radiante iluminando nosso caminho. Ele nos infunde uma energia ilimitada, enche nossos corações de risadas e incendeia nosso espírito. Tanto as sombras como o brilho são essenciais para o delicado equilíbrio que define as nossas vidas.
 
À medida que viajamos pela vida, é essencial abraçar todo o espectro da experiência humana. Os momentos agridoces conferem profundidade e significado, enquanto as emoções contrastantes trazem equilíbrio e crescimento. A interação entre alegria e tristeza, luz e escuridão, nos impulsiona em nosso caminho evolutivo. Ao abraçar estas dualidades, cultivamos a resiliência e expandimos a nossa capacidade de compaixão e compreensão.
 
Assumir total responsabilidade por nossas emoções e bem-estar é uma lição vital que a vida nos transmite. É uma compreensão fortalecedora de que nenhuma força externa pode ditar a nossa felicidade ou infelicidade. Só nós temos a chave do nosso bem-estar emocional.
 
Está ao nosso alcance escolher as nossas reações, encontrar consolo em tempos difíceis e cultivar um sentimento de gratidão pelas bênçãos que nos rodeiam. Somos os arquitetos da nossa própria felicidade e é nosso dever sagrado nutrir as nossas almas com amor, compaixão e autocuidado.
 
No fundo de cada um de nós existe um propósito único, um chamado que ecoa nas câmaras dos nossos corações. É um destino que só nós podemos cumprir, um caminho que só nós podemos trilhar. Para começar esta jornada sagrada, devemos nos sintonizar com a voz interior, o sussurro da nossa intuição.
 
Ela é a bússola que nos guia em direção ao nosso verdadeiro norte, revelando os passos que devemos dar para manifestar o nosso potencial mais elevado. Ouvir esta voz interior exige coragem, pois muitas vezes desafia as expectativas e opiniões dos outros. No entanto, é honrando a nossa própria verdade que encontramos a verdadeira realização.
 
A maturidade não se mede pela idade, mas pela disposição de arriscar tudo para sermos fiéis a quem somos. É a compreensão de que a conformidade e as expectativas sociais são meras ilusões que confinam os nossos espíritos. A verdadeira maturidade reside em abraçar o nosso eu autêntico, independentemente de julgamentos ou normas externas. É um ato corajoso de auto-capacitação, abrindo caminho para o crescimento pessoal, a autodescoberta e a profunda transformação de nossas vidas.
 
A verdade, muitas vezes ilusória, não é um tesouro externo à espera de ser encontrado. É uma revelação interna, uma centelha de sabedoria divina que reside dentro de nós. A verdade não é um destino, mas uma jornada de autorrealização.
 
Ela se revela para nós quando silenciamos o ruído do mundo externo e nos voltamos para dentro, buscando as profundezas do nosso próprio ser. É um despertar profundo, uma compreensão de que não estamos separados da verdade, mas somos parte integrante dela. A verdade nos liberta, libertando nossas mentes das ilusões, nossos corações das limitações e nossas almas das cadeias da ignorância.
 
A verdade muitas vezes procurada externamente reside nas profundezas do ser. Não é uma conquista externa, mas uma realização interna. À medida que alguém mergulha em seu mundo interior, abre a porta para a autodescoberta. A verdade se desenrola como um nascer do sol brilhante, iluminando o caminho da autorrealização. É uma revelação profunda que revela a interconexão de todas as coisas, a harmonia que ressoa na tapeçaria da existência.
 
Nesta grande sinfonia da existência, não somos meros espectadores, mas participantes ativos. Temos o poder de moldar os nossos próprios destinos, de criar ondas de mudança que se estendem muito além de nós mesmos. As nossas escolhas e ações reverberam por toda a rede interligada da vida, deixando uma marca indelével na tapeçaria da humanidade.
 
Concluindo, a jornada da vida nos convida a explorar as profundezas do nosso ser e abraçar o extraordinário. Ao ouvir a voz interior, aceitar a responsabilidade de sermos nós mesmos e perceber que a verdade reside dentro de nós, abrimos o portal para uma existência extraordinária.
 
É honrando o nosso propósito único e vivendo a vida em todas as suas formas que contribuímos para a maior tapeçaria da existência.
 
Entremos na dimensão das possibilidades ilimitadas, onde nossas almas dançam ao ritmo da autenticidade e nossos corações ressoam com a verdade que pulsa dentro de nós.
 
Nós os amamos muito.
Estamos aqui com vocês.
Somos sua família de Luz.
Nós somos a Federação Galáctica.
 
A’HO
 
Aurora Ray
Embaixadora da Federação Galáctica
 
 
Direitos autorais 2023 Aurora Ray – 
Por favor respeite todos os créditos ao compartilhar
 
 

 
Transcrito com agradecimentos a: 

 

 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)
Free counters!Visitor Map
 
 

Maio 26, 2023

chamavioleta

SINTA A ALEGRIA!

Arcanjo Gabriel

Por Shelley Young

Tradução: De Coração a Coração 

a 25 de maio de 2023

 

 
Muitos de vocês evitam sentir suas emoções porque temem ser dominado por elas. O problema de não querer sentir emoções é que você simplesmente não bloqueia as desagradáveis, mas também bloqueia a alegria da experiência humana.
 
Muitos de vocês arregaçaram as mangas e decidiram que iriam sentir suas emoções e embarcaram em suas jornadas de trabalho/cura da sombra. Mas isso também pode levar a apenas estar focado no que você percebe como errado e não reconhecer os muitos sentimentos maravilhosos que fazem parte da experiência humana.
 
Portanto, nossa recomendação para você hoje é permitir-se sentir a alegria. Ela existe para você tanto quanto as outras emoções e está pronta e esperando que você se esforce para reconhecê-la, tanto quanto você tem para as outras emoções que considera menos desejáveis.
 
Todo o trabalho que você fez foi para que você se sinta mais leve. 
 
Não é hora de você permitir essa experiência também, como parte dos frutos do seu trabalho?
 
Arcanjo Gabriel

Shelley Young 

Fonte: Trinity Esoterics
Canal: Shelley Young - Sudbury, Ontario, Canadá.
Website: http://www.trinityesoterics.com
Facebook: Trinity Esoterics
Twitter: @trinityesoteric
YouTube: http://www.youtube.com/user/trinityesoterics

 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
No Sapo:

velho blog:

Maio 17, 2023

chamavioleta

A nossa transição para um mundo novo

Por Kenneth Schmitt

2023/05/12, traduzido a 15 de maio de 2023

 

 

Parte da experiência humana é aprender o mais possível sobre a natureza e as experiências de viver num ambiente dualista de impressões intensamente reais. Temos um conhecimento profundo das energias negativas, e sabemos como elas diminuem e, finalmente, destroem a vida. Estas experiências foram adicionadas à expansão da consciência infinita, que é inerentemente benéfica para a vida. Todas as nossas experiências, pensamentos e sentimentos constituem a consciência da nossa espécie. A humanidade tem uma assinatura energética que vibra dentro de um espectro de polaridades e frequências de ondas electromagnéticas. O alcance da energia humana é determinado pela ressonância energética pessoal de cada um. Aqueles que estão claros e a vibrar na gama da compaixão e do amor têm a presença mais poderosa dentro da humanidade. 
 
Em 2012, completámos o culminar de um ciclo de 25.920 anos da Terra e da consciência humana e, pela primeira vez, os cristais do tempo foram reconhecidos. Estamos a entrar numa nova dimensão do espaço temporal cristalino. A negatividade não pode existir neste estado de ser, porque este é um estado de negentropia. Nesta dimensão, não há degradação, porque todas as nossas moléculas de ADN estão alinhadas numa estrutura cristalina. 
 
O mundo que conhecemos está a dissolver-se, e estamos a criar a energia humana que nos permite a todos perceber a realidade de viver numa dimensão superior. À medida que deixamos o reino do medo, da dúvida, da escravidão e da mortalidade da nossa realização, podemos abrir-nos e alinhar-nos com a energia no coração da nossa essência. É na consciência do nosso coração que sabemos tudo o que precisamos de saber, e podemos realizar a essência da nossa consciência. Esta é a nossa orientação interior e fonte de conhecimento. É uma fonte de vida para nós e para todos.
 
À medida que a ressonância energética do nosso planeta muda da dualidade para uma polaridade positiva e para as frequências de melhoria de vida, e para continuar a viver aqui, a humanidade está a alinhar-se com estas energias. Porque os nossos governos e o sistema monetário foram todos concebidos negativamente para nos escravizar, estão a tornar-se instáveis, os seus aderentes estão a ficar loucos, e estão a dissolver-se perante a realização da nossa espécie de que podemos ser seres verdadeiramente solidários e soberanos.
 
O tempo e o espaço em três dimensões estão a ser substituídos por um espaço temporal cristalino em quatro dimensões, e mesmo em cinco e seis. Tudo está a mudar, e estamos a ser guiados a partir do nosso interior para expressar o nosso brilho de gratidão e alegria em cada momento. É assim que podemos transformar a humanidade junto com nós mesmos. Podemos alinhar todos os nossos pensamentos, discurso, acções e interacções com a energia do nosso coração.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 

 

Abril 23, 2023

chamavioleta

A AVENTURA DE SER HUMANO

Por Owen Waters

Tradução Regina Drumond

a 23 de abril de 2023

 
 
 
 
Há milhares de anos, a humanidade tomou uma decisão: uma decisão de viver com um sentimento de separação interior.
 
Naquela época, os espíritos tinham se cansado de encarnar como espíritos plenamente conscientes no mundo físico. Eles queriam mais desafios na vida.. Eles queriam transformar a vida em um mistério, uma verdadeira experiência humana, independente e verdadeira, e não apenas uma extensão do espírito na matéria.
 
Tenham em mente que, no estado natural da vida espiritual, como espíritos livres nos reinos mentais, há bem poucas limitações.
 
As pessoas podem manifestar qualquer coisa que elas precisem, deslocar-se instantaneamente no espaço, mudar para uma posição diferente no tempo, tudo na velocidade do pensamento. Nos reinos mentais, as pessoas podem visitar os amigos ou acompanhá-los, explorando o universo, tudo através do poder do pensamento. É por isto que eles são chamados de reinos mentais..
 
Para ser mais específico, os reinos mentais existem na consciência da quinta dimensão e são o domínio de sua alma ou do seu ser interior.
 
Entre o mundo físico da terceira dimensão e o reino da quinta dimensão do seu ser interior se encontra o reino espiritual ou astral da quarta dimensão, habitado por pessoas no início das principais etapas da vida após a morte. Nos estágios finais da vida após a morte, as pessoas entram na quinta dimensão para considerarem as suas opções para uma maior experiência.
 
A encarnação física é sempre voluntária. Nada obriga uma alma a encarnar em outra vida física. É sempre uma decisão a um nível pessoal e do grupo de alma, se retornam à vida física na Terra.
 
Há milhares de anos, a experiência física era uma extensão plenamente consciente do espírito na matéria. As pessoas sabiam que elas estavam como espíritos, conectadas aos seus eus internos e ao universo como um todo..
 
“E se”, elas disseram, “viéssemos à existência física e não soubéssemos quem nós éramos? Poderíamos dedicar todas as nossas vidas à busca de respostas para o mistério. Imaginem que desafio seria!”
 
A Humanidade, então, tomou a decisão conjunta de mergulhar ainda mais em uma realidade mais focada e mais densa. Seu foco era dirigido aos sentidos físicos, juntamente com um desligamento dos níveis superconscientes e subconscientes do pensamento.
 
Ao manter um foco firme no mundo “externo” dos sentidos, os seres humanos poderiam até acreditar que eles estariam fixos em um local no espaço e trancados em um continuum do tempo.
 
Imaginem, a vida física se tornaria tão intensa, tão real, tão convincente!
 
Agora, a maioria das pessoas adora passeios emocionantes, como aqueles nos parques de diversão. E se o passeio parecer assustador, tanto melhor! Passeios de montanha russa são assustadores.
 
Os antigos Trens Fantasma nos parques do Reino Unido eram assustadores. Os Castelos Assombrados da Disney, em seus Parques Temáticos na Califórnia, Flórida, Paris e Tóquio, são todos aterrorizantes. Tão aterrorizantes que, quando o passeio termina, as pessoas dizem:
 
“Isto foi ótimo! Querem mais uma volta de novo?”
 
A vida pode ser amedrontadora, também. Uma vida passada sem uma conexão constante e consciente com a sua verdadeira natureza interior é sempre um desafio.
 
Hoje, o passeio no Parque de Diversões da separação interior está chegando ao fim. A Mudança para a Nova Realidade está acontecendo hoje. Estamos nos tornando mais e mais conscientes de nossa natureza interior. Aqueles que compreendem a ideia da Nova Realidade irão desenvolver ativamente esta conexão interior e não apenas esperar que isto os surpreenda, enquanto se revela lentamente.
 
E, lembrem-se: Este passeio intenso através do mundo físico foi sempre uma escolha. Podemos não nos lembrar de quando a escolha foi feita, mas, a um nível de alma, estivemos de bom grado entrando e partindo do parque temático da vida física na Terra, desde então.
 
Encarnamos para a experiência da vida física, e para ajudarmos a transformar esta realidade para o seu estado derradeiro. Aquele que, hoje, está surgindo gradualmente.
 
Estes são os dias da transformação, o tempo da Mudança. O passeio assustador está chegando ao fim. Como uma cultura, estamos prestes a nos encontrarmos e a nos conectarmos interiormente.
 

Abril 09, 2023

chamavioleta

Tornar-se Absolutamente Livre e Soberano

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 8 de abril de 2023

 

 

Vivendo num estado de transcendência na consciência para além do bem e do mal, podemos tornar-nos mestres da experiência humana. Podemos viver na nossa presença eterna de consciência com um poder criativo ilimitado para a valorização de toda a vida. Este é o estado de Ser a que estamos a ser atraídos pela consciência envolvente que nos rodeia. Somos participantes na consciência que cria constantemente tudo triliões de vezes por segundo. 
 
Ao percebermos que somos fractais da consciência universal, podemos saber que sempre fomos os criadores das nossas experiências em colaboração com todos os outros humanos e com tudo aquilo com que interagimos. Temos a consciência da nossa espécie, tal como os animais e as plantas. A Terra tem a sua consciência planetária, que se está a tornar mais poderosa na recuperação da sua força de vida criativa, à medida que ela se eleva em ressonância vibratória. Para continuar a viver aqui, temos de alinhar o nosso estado de ser com ela. Podemos beneficiar ao estarmos na natureza tanto quanto possível, muitas vezes sozinhos em lugares de beleza e majestade, com a nossa pele na terra, quando possível.
 
Para podermos utilizar a nossa capacidade criativa ilimitada, temos de viver em harmonia com o nosso ambiente e com todos à nossa volta. Temos de nos alinhar com as qualidades inerentes à consciência universal. Estas são as qualidades do amor e da alegria infinitos com total confiança nas nossas capacidades. São sobretudo o medo e a dúvida que têm restringido a nossa consciência e realização. Quando conhecemos e nos sentimos em alinhamento com a melhoria da vida para todos em cada momento, podemos confiar implicitamente em nós próprios, e as nossas capacidades tornam-se ilimitadas. Podemos resolver e libertar as nossas crenças limitadoras sobre nós próprios.
 
Ao realizarmos a nossa presença de consciência para além do tempo/espaço, não podemos ser ameaçados ou invadidos pela negatividade. Ela não existe para nós, porque estamos em diferentes dimensões energéticas. Nas nossas vidas humanas, isto resulta em liberdade última e soberania pessoal, independentemente do que possa estar a acontecer à nossa volta. Tudo isto está dentro da nossa consciência, e podemos escolher a que padrões vibratórios queremos prestar atenção e alinhar. É assim que criamos a nossa qualidade de vida, e podemos experimentar aquilo que mais amamos.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
  

Março 11, 2023

chamavioleta

Alinhamento com o Nosso Eu Maior

Por Kenneth Schmitt

Alinhamento com o Nosso Eu Maior

Por Kenneth Schmitt

Traduzido a 10 de março de 2023

 

 

Como fractais da consciência universal, temos acesso a todos os pensamentos e emoções que alguma vez ocorreram em todo o lado, mas impusemos a nós próprios a consciência limitada do espectro empírico e dualista das vibrações. Este tem sido o nosso acordo, a fim de desempenharmos o nosso papel na experiência humana. Somos tão bons actores e actrizes, que nos tornámos entrincheirados nos nossos papéis. Pela nossa imaginação, somos mantidos na gama vibratória do mundo que é real para nós. Isto acontece na nossa realização daquilo que reconhecemos e ressonamos, ou com aquilo com que resistimos, mas também alinhamos. 
 
Os seres humanos estão em grande contradição. Porque estamos a ser guiados para reconhecer um reino além dos nossos sentidos, temos vivido num mundo que é desconfortável para nós a muitos níveis. Antes de vivermos o mundo material, a sua essência surge na nossa consciência e toma forma. Embora a nossa consciência seja ilimitada, a nossa consciência está contida nas nossas crenças limitantes sobre nós próprios e sobre as nossas capacidades. Estas limitações prendem a nossa atenção, até que a alteremos intencionalmente. Quando decidimos abrir-nos à consciência de um ambiente mais positivo, já não temos necessidade de limitações.
 
Se escolhermos conhecer o nosso Eu maior, podemos abrir a nossa consciência às vibrações sentidas pelo coração e prestar atenção ao nosso conhecimento interior. Tudo na nossa experiência é simbólico ao proporcionar-nos orientação para elevarmos a nossa consciência. A qualidade energética da consciência criadora é a melhoria da vida em toda a parte, enquanto que a consciência negativa é a diminuição da vida em toda a parte. Quando a nossa imaginação e emoções são dominadas pelo medo e uma sensação de falta, as nossas experiências envolvem obstáculos para que continuemos como até aqui. As energias da vida são sempre positivas e leves, tornando as nossas experiências suaves e fáceis. Este é o nosso estado natural, permitindo-nos expressar sem interferências as nossas maiores paixões de coração. 
 
A fim de conhecer a consciência criadora, devemos alinhar-nos com a sua energia. Ao estarmos sempre alinhados com a energia do nosso coração, transformamos as nossas experiências de difíceis e desconfortáveis em graciosas e alegres. Quando podemos atingir estes estados intencionalmente dentro do nosso próprio ser, independentemente das energias que nos permitiram preencher a nossa consciência, reforçamos o nosso papel no drama humano e libertamo-nos das nossas crenças limitantes sobre nós próprios.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
  

Traduzido a 10 de março de 2023

 

 

Como fractais da consciência universal, temos acesso a todos os pensamentos e emoções que alguma vez ocorreram em todo o lado, mas impusemos a nós próprios a consciência limitada do espectro empírico e dualista das vibrações. Este tem sido o nosso acordo, a fim de desempenharmos o nosso papel na experiência humana. Somos tão bons actores e actrizes, que nos tornámos entrincheirados nos nossos papéis. Pela nossa imaginação, somos mantidos na gama vibratória do mundo que é real para nós. Isto acontece na nossa realização daquilo que reconhecemos e ressonamos, ou com aquilo com que resistimos, mas também alinhamos. 
 
Os seres humanos estão em grande contradição. Porque estamos a ser guiados para reconhecer um reino além dos nossos sentidos, temos vivido num mundo que é desconfortável para nós a muitos níveis. Antes de vivermos o mundo material, a sua essência surge na nossa consciência e toma forma. Embora a nossa consciência seja ilimitada, a nossa consciência está contida nas nossas crenças limitantes sobre nós próprios e sobre as nossas capacidades. Estas limitações prendem a nossa atenção, até que a alteremos intencionalmente. Quando decidimos abrir-nos à consciência de um ambiente mais positivo, já não temos necessidade de limitações.
 
Se escolhermos conhecer o nosso Eu maior, podemos abrir a nossa consciência às vibrações sentidas pelo coração e prestar atenção ao nosso conhecimento interior. Tudo na nossa experiência é simbólico ao proporcionar-nos orientação para elevarmos a nossa consciência. A qualidade energética da consciência criadora é a melhoria da vida em toda a parte, enquanto que a consciência negativa é a diminuição da vida em toda a parte. Quando a nossa imaginação e emoções são dominadas pelo medo e uma sensação de falta, as nossas experiências envolvem obstáculos para que continuemos como até aqui. As energias da vida são sempre positivas e leves, tornando as nossas experiências suaves e fáceis. Este é o nosso estado natural, permitindo-nos expressar sem interferências as nossas maiores paixões de coração. 
 
A fim de conhecer a consciência criadora, devemos alinhar-nos com a sua energia. Ao estarmos sempre alinhados com a energia do nosso coração, transformamos as nossas experiências de difíceis e desconfortáveis em graciosas e alegres. Quando podemos atingir estes estados intencionalmente dentro do nosso próprio ser, independentemente das energias que nos permitiram preencher a nossa consciência, reforçamos o nosso papel no drama humano e libertamo-nos das nossas crenças limitantes sobre nós próprios.
 
Kenneth Schmitt
 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
  

Fevereiro 27, 2023

chamavioleta

É O PODER DO AMOR

Por Owen Waters

Tradução Regina Drumond

a 26 de fevereiro de 2023

 
 
 
O amor, em suas várias formas, é o impulso poderoso que envia as pessoas aos extremos do empreendimento humano. Essa força potente que permeia o universo é parte integrante da experiência humana, proporcionando às pessoas aprendizado e evolução. É a força motriz por trás de toda a vida em sua jornada de volta à Unidade de todas as coisas.
 
Existem muitas formas de amor. Há o amor de uma mãe pelo bebê. Existe o amor de uma criança pelos pais. Existe a camaradagem de pessoas de mentes semelhantes. Há o amor demonstrado pelo auto sacrifício para salvar outras pessoas durante uma crise.
 
Todas essas são manifestações do amor, a energia que permeia toda a existência sobre todas as frequências de consciência. O mundo está mudando. Está se transformando em um mundo de dignidade e equilíbrio humano, onde uma pessoa é honrada por todas as outras pessoas, onde o sofrimento chegou ao fim porque as pessoas através de seus corações procuram servir a humanidade da maneira que acharem melhor.
 
É um mundo de amor que florescerá quando o medo chegar ao fim. Quando o medo for transformado, as pessoas não lutarão por recursos, elas criarão maneiras de garantir que haja o suficiente de tudo para todos. Quando o medo for transformado, as pessoas não precisarão ter poder sobre os outros para se sentirem mais seguras dentro de si.
 
O medo é uma energia mental. Ele circula o globo no cinturão mental da humanidade. Pode ser transformado em amor pelas orações e intenções de todo indivíduo de mente espiritual na face do globo. Quando o medo for neutralizado pelo amor, a paz mundial surgirá. Enviar sua energia de amor para o mundo é um ato de transformação e com o seu nome nela. Quando você se juntar a milhões de outros neste ato dinâmico de transformação, teremos a paz na Terra.
 

Janeiro 22, 2023

chamavioleta

A melhor maneira de começar o dia
O Conselho Arcturiano da 9ª Dimensão
Canalizado por Daniel Scranton
https://rayviolet2.blogspot.com/2023/01/a-melhor-maneira-de-comecar-o-dia.html

Posto aqui por http://achama.biz.ly

the best way to start your day - the 9d arcturian council - channeled by daniel scranton - channeler of aliens
Somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos ligar a todos vós.
Temos um enorme respeito pela humanidade. Sabemos que escolheram caminhos muito desafiantes para si próprios nesta vida de ascensão. Não puderam deixar de enfrentar estes desafios numa altura em que todo o multiverso está a ascender, porque tudo deve vir de dentro de vós e das sombras. Todos vós tendes a oportunidade de olhar para dentro de vós próprios, e muitos de vós já começaram esse processo olhando para fora de vós próprios. Ao verem a corrupção nos outros, e nas instituições, e nos sistemas em que uma vez depositaram a vossa confiança, desvendaram algo que existe como parte da experiência humana. E se está lá fora, então também está dentro de vós.

Gosta quando lhe dizemos isso em relação a manifestar o que quer. Por outras palavras, quando vos dizemos que tudo o que desejais lá fora também está dentro de vós, há uma sensação calorosa e reconfortante que se lava sobre vós, mas quando falamos....+ https://deixaracaixa.blogspot.com/2023/01/a-melhor-maneira-de-comecar-o-dia.html

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub