Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Fevereiro 07, 2023

chamavioleta

RELATÓRIO DA ENERGIA DE FEVEREIRO DE 2023

Jennifer Hoffman

Tradução: De Coração a Coração

a 7 de fevereiro de 2023

 
 

 

 

Quando você pensa em Fevereiro, pensa no dia dos namorados e esse é o foco principal do mês. Normalmente é o mês em que nossos pensamentos estão no amor, no romance e relacionamentos, seja comemorando o que temos, lamentando o ‘aquele que se afastou’, tentando esquecer aquele que partiu nosso coração, ou esperando que nossa vez no amor chegue logo. Mas Fevereiro é muito mais do que isso e este mês tem uma energia linda e poderosa que vai destacar o tema do Julgamento deste ano e apresentar um claro caminho de transição de ascensão. Você já sentiu que o calendário estava errado ao começar em Janeiro, geralmente o mês mais frio e escuro do ano? Se celebramos o nascimento do novo ano na natureza com a primavera, por que celebramos nosso novo ano civil no frio do inverno? Até 1752, o ano civil começava com o mês de Março e depois foi alterado para o calendário Juliano, que começava em Janeiro. Com o calendário do ‘estilo antigo’, Fevereiro seria o 12º mês do ano e o último mês antes do início de um novo ano na primavera com o equinócio de Março. É por isso que Fevereiro recebeu o nome de Februus, deus romano da expiação e purificação. Em vez de focar no amor e no romance este mês, o que pode ser um desafio se você não tiver um amor para celebrar, vamos olhar para purificação alquímica, expiação, recalibração e movimento da energia da ascensão. Isso não significa que o amor esteja fora de cena, mas significa que não podemos continuar a perseguir o amor e continuar nossos padrões de amor que incluem escolher a cura em vez da totalidade, transpirar em vez de inspirar e buscar nossa própria redenção, redimindo os outros. Agora, este é um novo foco para o mês em que normalmente pensamos em romance para considerar um tema menos “romântico” para o mês e fazer o melhor uso de sua energia. Está totalmente alinhado com o tema de 2023 de Acerto de contas e o Caminho no qual estamos embarcando este ano. Como 2023 é um ano 7, e esse número representa contemplação e crescimento interior, já que a numerologia de Fevereiro do mês 2 é 9, o número da conclusão. Como é apropriado e favorável nos prepararmos para um novo crescimento e novos começos na primavera, que é o tema do próximo mês. Em vez de focar no amor e no romance este mês, o que pode ser um desafio se você não tiver um amor para celebrar, vamos olhar para a purificação alquímica, expiação, recalibração e movimento da energia da ascensão. Isso não significa que o amor esteja fora de cena, mas significa que não podemos continuar a perseguir o amor e continuar nossos padrões de amor que incluem escolher a cura em vez da totalidade, transpirar em vez de inspirar e buscar nossa própria redenção redimindo os outros. Parece difícil, mas se quisermos satisfazer nosso próprio desejo de amor, precisamos de fortes limites de energia, mais autoestima e vontade de nos envolvermos em parcerias energeticamente alinhadas e não emocionalmente desequilibradas. Um dos aspectos notáveis de Fevereiro é que cada planeta é parceiro de seu complemento de frequência superior e todos são marcados por Mercúrio e Plutão, ambos em Capricórnio. Tenho escrito sobre essas energias complementares desde Outubro de 2022 e elas ainda estão ativas neste mês. Esta é uma grande bênção para nós e Mercúrio é o menor planeta e Plutão o mais distante e ambos estão em Capricórnio, o signo que rege nosso processo de ascensão desde 2008. Como Plutão muda de signo no próximo mês, é apropriado e adequado usarmos Fevereiro para nos purificarmos do resto das energias, situações, pessoas, memórias, linhas do tempo e outros bloqueios e limitadores que impedem nosso crescimento espiritual e nos distraem de nosso pleno empoderamento e da expressão mais brilhante e ousada de nossa luz.

Isto tem que ser uma limpeza deliberada, porém, não podemos selecionar aleatoriamente energias que pensamos serem inconvenientes, ou que estão no caminho. O tema da purificação alquímica significa transformar o “chumbo em ouro”, por assim dizer. É o que ensino no programa Transformação do Trauma, transformando o trauma do passado em um trampolim triunfante para o presente. Fevereiro começa com Vênus em Peixes, que é seu posicionamento mais poderoso (é exaltado em Peixes), mas também é uma energia semelhante a Kali, criadora e destruidora. O amor é um tema bem complexo e é uma área onde nos sentimos mais vulneráveis e frágeis. No entanto, é uma área onde buscamos realização, validação e conexão. Sem ele estamos perdidos, mas muitas vezes nos perdemos com ele. Vênus nos ajudará a navegar pelas águas incertas dos relacionamentos, de todos os tipos, neste mês, para que estejamos preparados para os relacionamentos que estarão disponíveis para nós ainda este ano. Este é um dos posicionamentos de energia mais fortes de Fevereiro. Ter Vênus aqui no ‘mês do amor’ traz uma qualidade espiritual a esse estado, mas não é o amor sonhador e romântico que todos buscamos. É a verdade do amor que podemos ter tentado evitar. E isso não significa que realmente não sejamos amados, dignos de amor ou que não possamos ter amor, longe disso. Este é o chamado à ação do Amor, lembrando-nos que, se queremos o amor com que sonhamos, precisamos parar de nos envolver em relacionamentos que não estejam alinhados com essa intenção. É muito nobre querer curar e ajudar alguém, mas quando fazemos isso às custas de nossa alegria e paz de espírito, apenas adiamos nossas próprias bênçãos de amor. E a conjunção Vênus-Netuno em Peixes em 14 de Fevereiro irá revelar isso de maneiras que não podemos ignorar. Você pode descobrir que seu parceiro não tem sido honesto ou comprometido, que é realmente hora de terminar um relacionamento, que você precisa se concentrar mais em suas próprias necessidades amorosas, ou que você tem sido seu próprio sabotador na área do amor. Vênus rege o valor e a autoestima e Netuno dissolve as ilusões, então prepare-se para um relacionamento e uma verificação da realidade do amor. Se a energia de Fevereiro se estende muito além do amor, por que estou me concentrando tanto no amor? Porque é o começo e o fim de todos os aspectos do nosso caminho de vida. O amor está entrelaçado em todas as partes de nossas vidas por meio de nossas conexões com a família, amigos, filhos e parceiros.

Nós o buscamos, vivemos por ele, ansiamos por ele e ele colore todos os aspectos de nosso ser. Uma infância sem amor cria adultos amargos, solitários e raivosos. Um amor partido cria dor, tristeza e vergonha. Uma traição amorosa cria medo, dúvida e ressentimento. Podemos viver sem amor, mas isso cria um desejo secreto que leva à vergonha do amor – por que não podemos ter sorte no amor como as outras pessoas? O amor é nossa maior fraqueza e também pode ser nossa maior força. Nossa capacidade de amar é limitada por nossa disposição de sermos amados, de sermos vulneráveis e de recebermos tanto quanto damos. No final, medimos o sucesso de nossa vida por quanto fomos amados, quanto amamos e quem nos amou. Portanto, é apropriado que o final do nosso ano solar inclua uma exploração do amor, porque é o que todos desejamos e o que buscamos em todas as conexões e em todas as situações. Os temas de Fevereiro são uma interessante reunião de aspectos sobre os quais trabalhamos há décadas. Isso não é novo, mas é outro nível de oportunidade para esclarecermos onde estamos, quais são nossos limites de energia e o que pretendemos para nós mesmos. A purificação alquímica significa nos livrarmos de nosso excesso de bagagem energética, mas não a jogamos aleatoriamente para o lado. A purificação deve incluir um processo alquímico irreversível que transforma o passado em uma nova vibração para o presente. Eu ensino isso no Método de Transformação do Trauma, você pode aprender mais aqui. A expiação é uma das maiores causas incompreensíveis de dor e sofrimento em nosso caminho espiritual. Há muito tempo pensamos que isso significava buscar absolvição, redenção e validação, como parte de nossa jornada para a reconexão com o espírito. Cumprir essa missão significava firmar-se em longas jornadas de cura, trazer os outros para a luz e tornar-se um exemplo de perfeição divina em vez de congruência, harmonia e integração divinas. Para esse fim, dedicamos vidas inteiras a usar todos os meios possíveis para trazer a luz ao mundo e nos oferecermos como Curadores Mártires por essa causa. Quantas vidas passamos em subjugação a esse esforço apenas para sentirmos que nunca alcançamos nosso objetivo e falhamos a cada passo? Em meu livro, Ascendendo aos Milagres – O Caminho da Mestria Espiritual, eu escrevi sobre expiação porque mesmo assim, quando eu publiquei esse livro em 2011, escrevi sobre esse tópico por vários anos. Em vez da expiação como um caminho de redenção, precisamos ver isso como uma compensação, trazendo-nos de volta ao nosso centro espiritual. Nossa cura, integridade e congruência não dependem do número de pessoas que trazemos à luz. Em vez disso, é nossa missão nos trazermos de volta ao nosso centro divino, de volta à nossa luz, e praticarmos a aceitação da soberania energética dos outros quando eles escolhem rejeitar a luz e estar em sua própria densidade e escuridão. Não perdemos nada nesse processo e, em vez disso, ganhamos nossa própria soberania energética e interrompemos nossas vidas de sofrimento porque sentimos que falhamos em trazer luz ao mundo. Devemos ser uma fonte de inspiração para aqueles que desejam um novo caminho, não o martelo da justiça divina, lembrando a todos que a luz é o único caminho. Quando liberamos nossa missão de expiação, podemos completar nossa própria missão da ascensão e acolhermos e incorporarmos a alegria que é nossa recompensa divina por honrarmos nosso próprio caminho de vida e missão de alma. Liberação e recalibração envolvem deixar ir o que não nos serve mais porque fomos alquimizados em uma nova frequência e vibração energética. E é acompanhado por uma recalibração energética, o que significa que reconsideramos nossas conexões, escolhas, opções, potencial e possibilidades. A energia da ascensão nos move ao longo da espiral da ascensão, um movimento crescente para novas experiências multidimensionais que não são um divórcio da realidade 3D, é uma integração, não uma aquisição. A cada novo nível de ascensão, devemos também expandir a energia para criar um campo de energia maior. Elevar nossa vibração não é simplesmente abraçar uma nova frequência, mas também expandir nossa energia para acomodar mais alegria, paz, amor e abundância. Devemos integrar novas frequências em nossa realidade 3D. É por isso que é inútil ignorar, liberar ou descartar o ego. Seu ego é sua personalidade. O ego é parte de sua humanidade que o ancora em sua realidade. Sem ele, você não tem recipiente para receber e expressar energia. Ame seu ego e deixe-o aberto à ascensão também, é uma parte importante de você. Temos uma linda lua cheia em 5 de Fevereiro, aos 16 graus de Leão, que traz surpresas de Urano à tona. Esteja preparado para o inesperado e lembre-se de deixar algum espaço para milagres em sua intenção. O universo pode ser muito criativo quando lhe damos algum espaço para respirar. E a lua nova a um grau de Peixes em 20 de Fevereiro, abre o portal Alpha Omega que veremos em Março e Abril, com duas luas novas a um grau de Áries e 29 graus de Áries e a segunda lua nova é um eclipse – momentos divertidos pela frente. O que tudo isso significa para nós? É hora de sentarmos e prestarmos atenção, passarmos para a frente da fila e começarmos a pensar em nós mesmos agora. Estamos vivendo a vida plena e alegre que é nosso projeto divino? Ou estamos nos escondendo em segundo plano, esperando que um dia as coisas melhorem? Estamos vivendo com alegria ou com medo da próxima coisa ruim ou desafio da vida? Expressamos totalmente nossa energia ou diminuímos nossa luz? Quando terminamos nossa cura e nos tornamos inteiros? Como criamos a congruência? Estas são perguntas para Fevereiro e as respostas estão disponíveis para nós enquanto usamos a energia deste mês para purificar e expiar, tornando-nos mais ancorados no espírito e mais alinhados com o divino que está dentro de cada um de nós. A divindade é o seu destino e o projeto para a sua vida deve ter um fundamento de alegria. Tenha um mês maravilhoso.

 
Jennifer Hoffman
 
 
Direitos Autorais: Site original: http://www.enlighteninglife.com/     

Direitos reservados © 2004/2022 para Jennifer Hoffman. Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora. Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub