Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Outubro 31, 2020

chamavioleta

Eleições nos EUA:

Assistindo ‘Roma Queimar’ novamente…

Fonte:  Watching Rome Burn.uk 

[Assistindo ROMA Queimar]

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch 

 
 
 

De repente, a antecipada “surpresa de outubro“ da campanha de Trump apareceu na mesa: as alegações de que o candidato à presidência do partido Democrata Joseph Biden foi beneficiário de um esquema internacional de tráfico de influência com seu filho, Hunter Biden como o nome do homem da ponta do iceberg. Por enquanto, isso virou dramaticamente a mesa das eleições presidenciais de 2020. 

 

Final de jogo pós-eleição de Trump. 

Ou… pode um criminoso [Joe Biden] tomar posse?

 

Este movimento de xadrez da semana pré-eleitoral é um óbvio e cuidadosamente planejado trabalho de sucesso de campanha de Trump, mas míope, pois a maioria dos ‘especialistas’ prevê que essas alegações chegam tarde demais para influenciar o resultado do dia da eleição. Essa visão é duvidosa e perde o que poderia ser um xeque-mate de três lances contra Joe Biden, mas … apenas depois que os votos estiverem contados.

Em 3 de novembro, a corrida pelo POTUS [President Of The United States] está longe de terminar. Os membros da campanha de Trump parecem saber disso. O seguimento da eleição será um espetáculo público sem precedentes que provavelmente incluirá o Colégio Eleitoral dos EUA. Além disso, esta possível manobra terá sessenta e quatro valiosos dias extras, um Comitê Judiciário, um Procurador-Geral, um Senado e o obrigatório desenvolvimento da atenção da mídia, com todos à disposição do RNC [Partido Republicano].

A campanha de Trump sabe disso e parece estar jogando o jogo longo da paciência. Rudy Giuliani e Steve Bannon não são tolos políticos. Graças à verdadeira personalidade de Joe Biden sendo exposta ao público cada vez mais, um baú de tesouro crescente de gravíssimas alegações de corrupção e tráfico de influência [quando era vice presidente do governo Obama] contra o candidato democrata foi entregue a Trump, em quatro vezes diferentes até agora. Se essas revelações forem verdadeiras, caso Trump perca a eleição, ainda assim isso também proporcionará à sua candidatura nada menos que mais duas chances de [legalmente] derrubar Joe Biden.

O momento das quatro semanas diferentes de bombardeios alegando um esquema de pagamento envolvendo a família Biden imita os efeitos das revelações pré-eleitorais de 22 de julho e 6 de novembro de 2016 do escândalo Wikileaks sobre e-mails de Hillary Clinton. Aqui, no contexto, deve ser lembrado que esse vazamento massivo de e-mails explodiu a campanha da então vanguarda do DNC [Partido Democrata], e expôs Hillary Rodham Clinton. Também expôs a corrupção e o golpe antidemocráticos absolutos que ocorreram no comitê de eleições presidenciais de 2016 do DNC.

As alegações de corrupção e tráfico de influência contra Joe Biden também imitam aquelas contra Hillary Clinton, então secretária de Estado dos EUA e o tesouro de evidências que indicam fortemente seu próprio esquema no qual seu parceiro de negócios, o ex-presidente Bill Clinton, se vendeu para discursos internacionais … e acesso ao Depto de Estado chefiado por Hillary Clinton e isto tudo sob a vice presidência de Joe Biden.

Poucos dias atrás, a salva inicial de revelações bombásticas divulgou a notícia do laptop de Hunter Biden e um suposto encobrimento do FBI sobre seu conteúdo ilícito. Resumindo, Hunter o havia deixado sem coleta por meses em uma oficina de conserto de computadores e, depois de ver o conteúdo do laptop, o proprietário, John Paul MacIsaac, o entregou ao FBI, que não fez nada com ele. Mas MacIsaac manteve uma cópia do disco rígido e em seguida doou para o capanga de Trump, Rudy Giuliani, que jogou o osso para o New York Post, que denunciou o público.

O conteúdo e os e-mails do laptop viraram manchetes … exceto em praticamente todas as mídias sociais e midia [pre$$titute] convencionais alinhadas com os Democratas e Joe Biden. Isso é quase tudo. Isso deu início aos esforços de Trump para comprovar que “frei” Joe era a isca disposta a “vender influência” ainda estando na vice-presidência dos EUA enquanto ele ainda estava naquele escritório.  É muito pior ainda, os Bidens [pai e filho] podem estar trabalhando em conjunto com o mais novo inimigo número um dos Estados Unidos: a CHINA.

Dois dias depois, a próxima salva de tiros aconteceu.  Um ex-sócio comercial próximo de Hunter Biden, Bevan Cooney, que atualmente cumpre pena de prisão por fraude, entregou seu próprio laptop contendo cerca de 26.000 e-mails que, de acordo com o  Breitbart News, tornam  “explícito”  que Hunter Biden estava  “negociando o Nome Biden, as conexões Biden e o acesso Biden ao governo dos EUA para interesses estrangeiros”. Recentemente, foi relatado que Cooney foi removido de sua cela em Oregon para sua segurança, evitando que seja “suicidado”.

Mal se passou um dia antes do terceiro tiro ser dado através de Tony Bobulinski, que deu um passo à frente com sua trilha em papel digital da suposta conspiração da família Biden. Bobulinski ofereceu-se como um insider e denunciante total, com os links diretos necessários para o ex-VP Joe Biden e a China. 

Na noite de terça-feira, 27 de novembro, ao aparecer com Tucker Carlson na Fox News, ele se tornou o rosto personalizado que representa todos esses três conjuntos de graves revelações. Ao revisar a entrevista, apesar de seus constantes lembretes de que é um democrata, de seu histórico militar e de sua indignação em nome do povo americano, Bobulinski é obviamente um “assassino profissional bem ensaiado”. Mas seu ato de teatro não nega essa suposta evidência de que seja feita uma investigação mais aprofundada de todas as suas denúncias contra a “famiglia” Biden.

Uma nota lateral duvidosa também foi lançada com um relatório investigativo  detalhado de autoria do desconhecido  Typhoon Investigations,  lançado por Christopher Balding, professor associado da Universidade de Pequim que supostamente é um colaborador do site anti-Trump Bloomberg News. O relatório tem 65 páginas, bem apresentado, documentado, mapeado, fornecido e referenciado. Esta apresentação deve ser alertada quanto à sua validade, pelo menos por causa do vazamento sensacional, mas fraudulento, do Dossiê Steele de quatro anos atrás.

Certamente, este relatório também deve ser examinado, assim como as duas traças da câmera, MacIsaac e Bobulinski. Mas se o Prof. Balding não trocar suas fichas para sempre com a Bloomberg, as investigações estarão em ordem. Se Trump perder a eleição, então começa o longo jogo da disputa política e jurídica pelo poder nesse final de 2020 e 21.

Por falar em investigações.

Essas alegações de corrupção dos Biden já forneceram muito mais deslegitimidade da campanha de Biden além da senilidade do próprio candidato. O apagão virtual de todas as quatro histórias dos principais veículos de imprensa [pre$$titute] , a censura das mídias sociais e as desculpas oferecidas pelos diretores de notícias de muitos censores “não cegaram o público”. 

Em vez disso, essa censura óbvia impulsionou e despertou maciçamente o interesse público por essa história em desenvolvimento para uma nova audiência massiva.  Perguntas sobre o encobrimento do FBI em enterrar as acusações de laptop aumentaram ainda mais os pedidos de investigação. A indignação do despertar do público da América está aumentando diariamente, com pelo menos sessenta e quatro dias restantes para a eleição ser legal, política e juridicamente ser decidida .

No dia pós-eleitoral, caso essas alegações sejam examinadas, há três possíveis órgãos de investigação disponíveis para Trump. Além disso, o Colégio Eleitoral tem mais duas etapas necessárias para concluir também suas investigações e ritual pós eleições. Isso dá a Trump, caso perca a eleição, várias novas chances de derrubar Biden legalmente.

Nos bastidores dos organismos da lei, como o processo do Colégio Eleitoral começa antes de sua última reunião em 6 de janeiro de 2021, o Comitê Judiciário, o Senado e o Procurador-Geral permanecerão em mãos dos republicanos.  Supondo que o Procurados Geral de Justiça Bill Barr esteja disposto a fazer seu trabalho, a história legal pode ser feita pós-eleição e, se assim for, colocar a mão sobre a Bíblia pode desta vez não ser privilégio do presidente eleito, mas de um co-réu indiciado na corte por corrupção.

A primeira etapa do Colégio Eleitoral não ocorrerá até segunda-feira, 14 de dezembro. Nesse ínterim, embora a mídia social e convencional continuará encobrindo Biden , o Comitê Judiciário controlado pelos republicanos já anunciou, na quinta-feira, 22 de outubro de 2020 , que no dia 28 de outubro estará convocando audiências públicas sobre a censura de pelo menos as grandes Big Tech, Twitter, Google e Facebook e sua censura sobre às acusações contra Biden. 

A ABC News à poucos instantes, foi a primeira que quebrou o silêncio da Grande Mídia sobre o escândalo, perguntando diretamente a Joe Biden sobre os escândalos envolvendo seu filho e ele mesmo, em negócios obscuros na Ucrânia e com a China:

 

Essas audiências, embora com o pretexto de examinar a censura das redes sociais, serão, em vez disso, uma exibição pública inicial pelo partido Republicano de muitas das acusações contra Biden. Este momento será de transmissão de TV obrigatória para dezenas de milhões de norte americanos presos, sem teto, despejados, desempregados, infectados e irritados que já estavam tapando o nariz por causa do fedor bi-partidário desta eleição.

Dois dos três métodos de investigação constitucionalmente disponíveis estão taticamente disponíveis para o RNC [Partido Republicano] derrubar a eleição de Joe Biden, caso ele vença: Uma Comissão do Senado; ou a Nomeação de um Conselho Especial, a pedido da Comissão Judiciária, pelo Dept. de Justiça.

Uma investigação do Senado teria o benefício da cobertura da TV, como foi o caso com as investigações do escândalo Watergate e do atentado do 11 de setembro. Pode ser incluído em um dueto de investigações. Com o Comitê Judiciário já no ataque, é quase certo que se reunirá novamente com Joe Biden como alvo. Capaz de funcionar rapidamente como um quase-grande júri, após o exame inicial do Comitê Judiciário, o Comitê provavelmente solicitará a nomeação de um Conselheiro Especial. O procurador-geral, William Barr, deve então nomear imediatamente um advogado especial de sua escolha.

GIF do beijo de Joe Biden assustador - GIFs do beijo de JoeBiden assustador

O Procurador Geral de Justiça Bill Barr ultimamente não tem sido leal a Trump, nem em suas investigações sobre interferência criminal do DNC [Partido Democrata] e conluio contra um presidente em exercício. Mas, se Barr deixar de nomear um Conselho Especial, ele deve, por lei, informar o Comitê Judiciário de suas razões exatas. Portanto, se Barr não fizer seu trabalho conforme exigido pelo CJ, ele também se juntará a Dorsey e Zuckerberg como co-conspiradores, pelo menos nas mentes cada vez mais amplas do público que agora observa de perto o desenrolar dos fatos jogados na mesa.

Com relação ao apoio do PG Bill Barr a um Conselho Especial, os regulamentos estabelecidos (28 CFR 600.1) exigem uma análise de três partes:

  • Uma, que “a investigação criminal de uma pessoa ou assunto é garantida. 
  • Dois, que o julgamento da “pessoa ou assunto” apresentaria “um conflito de interesses para o Departamento [DoJ]” , e,
  • Três, se “seria de interesse público nomear um Conselheiro Especial externo para assumir a responsabilidade pelo importam.”

Por definição, Biden está profundamente envolvido.

Certamente, os próximos dias antes da eleição não são suficientes para ver qualquer resultado de uma investigação e Trump ainda pode ganhar. Ou perder. Os partidários da campanha de Trump sabiam disso já de antemão, particularmente Steve Bannon, que foi libertado repentinamente do depósito de madeira. Ele e Giuliani provavelmente estavam de posse dessas informações há muitas semanas à espera. Se for legítimo, desperdiçar tesouros políticos dessa magnitude muito cedo em um único ataque pré-eleitoral não é provável para homens tão astutos como Bannon e Giuliani.  Uma vez que a derrota de Trump ainda é o resultado previsto por toda a midia tendenciosa, ambos estão mais propensos a se preparar para jogar o longo jogo do Colégio Eleitoral pós-eleitoral.  Presumivelmente, ambos estão cientes de sua cronologia passo a passo. Quase todos os eleitores americanos não estão. Ainda …

Por mais fraudulenta que esta eleição possa ser em muitas outras frentes de batalha estaduais, as duas próximas votações do Colégio Eleitoral (na verdade, cinquenta e um votos no total), ambos com um mês de diferença, são exigidos do CE para certificar o vencedor da eleição presidencial.  Com as investigações planejadas já abertas, portanto, já bem furiosas nas mentes do Colégio Eleitoral e no tribunal da opinião pública, o CE tem a capacidade de vir a ser o xeque-mate de Trump contra Joe Biden.

A realidade do Colégio Eleitoral e como ele funciona.

As disposições constitucionais do Colégio Eleitoral foram relatadas de maneira muito simples. O Colégio Eleitoral não é uma instituição, mas, mais precisamente, é o processo de certificação dos resultados finais de uma eleição presidencial após o dia da eleição e antes da posse do eleito em 20 de janeiro de 2021.

Se não fosse “trágico” seria hilário eleger um louco, senil e corrupto para a presidência da principal potência nuclear e militar do planeta. O atual nível de insanidade que se abateu sobre a humanidade é alarmante:

Antes da eleição de 2016, os Eleitores do Colégio Eleitoral de cada estado – Republicano ou Democrata – apenas  “prometeram” que votariam no candidato que ganhasse em seu estado. Poucos estados tinham uma exigência legal ou penalidade para um Eleitor do Colégio Eleitoral não o fazer. Até aquela eleição, apenas um total de oito eleitores na história dos Estados Unidos contrariaram as linhas partidárias rebelando-se.

Em julho de 2020, a Suprema Corte dos Estados Unidos, em uma decisão unânime, certificou a capacidade de um estado de ordenar que qualquer eleitor não se desvie do resultado e que qualquer um que o faça pode ser punido. Neste momento, ainda muitos estados não impõem uma pena e, dos que o fazem, nenhuma punição legal é grave o suficiente para impedir que um eleitor siga sua consciência e lealdade ao país, votando de forma diferente.

Quando o Colégio Eleitoral começa e a tabulação dos eleitores finalmente chega em algum momento depois de 3 de novembro, o governador de cada estado deve primeiro preparar um “Certificado de Verificação” listando todos os candidatos que concorreram à Presidência, juntamente com os nomes de cada um dos respectivos Eleitores e a escolha para presidente do partido do estado. Cada estado envia seu Certificado de Verificação aos Arquivos Nacionais, mas o CV de cada estado também está preparado para uma reunião pública obrigatória de Eleitores em cada uma das cinquenta capitais estaduais.

A reunião pública dos eleitores do presidente deve ocorrer na primeira segunda-feira após a segunda quarta-feira de dezembro, que será 14 de dezembro de 2020. Os eleitores se reúnem em seus respectivos estados, onde depositam seus votos para presidente e vice-presidente em cédulas pessoais separadas. Após a votação, geralmente uma formalidade raramente frequentada pelo público, os votos dos eleitores de cada estado são registrados no “Certificado de Voto” daquele estado , que, agora finalizado, também é enviado ao Congresso e ao Arquivo Nacional como parte do registros oficiais da eleição presidencial.

Mas, em 14 de dezembro – apenas 41 dias depois – o CE de cada estado deve votar em público. Qual será o humor desses eleitores seis semanas, e possivelmente com duas investigações em [caso Trump perca] andamento, após o dia das eleições? Independentemente disso, cada estado terá em seguida mais três semanas para reconsiderar seu voto de 14 de dezembro, as evidências de montagem … e sua consciência.

Qualquer protesto individual de um eleitor será apenas arrogância. No entanto, por lei, qualquer órgão estadual de Eleitores pode, em vez disso, ser influenciado a coletivamente “objetar”. Este protesto estadual coletivo de objeção a um presidente eleito pode ser apresentado na Câmara Estadual em 14 de dezembro, mas também a qualquer momento antes da leitura do nome daquele Estado no plenário da Câmara dos Representantes dos EUA. Isso será na quarta-feira, 6 de janeiro de 2021.

Esta reunião também é, por lei, pública.

Sim, em vez de influenciar individualmente eleitores a mudar de opinião em votos individuais no State House, um estado inteiro pode no final das contas – depois de dias de observar os resultados do verdadeiro caráter de Joe Biden diariamente – exercer seus direitos de usar a 10ª Emenda da Constituição e optar por negar a Joe Biden sua certificação presidencial. Quando os votos do eleitor são lidos um a um, em ordem alfabética por um dos quatro “escrutinadores” parlamentares designados , qualquer estado naquele momento poderá interromper o processo, mediante a chamada de seu nome e objeção. A objeção deve ser por motivos constitucionais. Como um vice presidente no seu mandato necociar secretamente com uma potência estrangeira para obter lucro para si e sua própria família.

Tão importante quanto, se algum estado se opor, a contagem de votos para imediatamente e uma sessão conjunta separada do Congresso deve ser realizada para investigar e debater os méritos da objeção desse estado. Caso haja uma objeção subsequente, outra sessão deve ser realizada, mas não está claro se vários problemas e objeções do estado poderiam ser combinados.

Embora um presidente eleito com condenação criminal ainda possa ser eleito presidente, qualquer estado pode, pelo menos temporariamente, interromper o processo de exame de novas acusações pelo plenário da Câmara. Para exemplos dessa possibilidade, o Texas, na constituição de seu estado, estabelece que a desqualificação para um cargo eletivo pode ser para “qualquer pessoa condenada por suborno, falsificação, perjúrio e outros crimes graves”. O Texas é um estado que vota emTrump e é uma possibilidade estratégica de se opor à posse de Joe Biden em nome de Trump assim que Trump fizer a ligação para o governador Greg Abbott.

Na Geórgia, seu nível de exigência criminal é mais baixo, desqualificando qualquer pessoa que tenha sido condenado por um crime “sobre torpeza moral”.

O que é importante notar é que se Joe Biden ultrapassar a barra em qualquer estado, seria legalmente ilegal para aquele estado permitir que seus eleitores certificassem o resultado de seu estado em 6 de janeiro. Portanto, esse estado deve se opor a Biden. Fazer com que a Geórgia se oponha da mesma forma em 6 de janeiro não é impossível, se as alegações já estiverem substancialmente comprovadas.

Quanto ao eleitor, certamente não é uma possibilidade rebuscada. Em 26 de outubro, a busca no Google por “Can I change my vote “ ( Posso mudar meu voto ) estava aumentando nacionalmente. E, até 6 de janeiro …?

Uma objeção de um estado a um presidente eleito nunca aconteceu antes, mas os tempos atuais são insanos. Esta eventualidade, especialmente se outros estados seguiram o exemplo, seria muito diferente de Biden morrendo ou sendo cassado por seu próprio partido sob a 25ª Emenda devido à sua condição mental em declínio. A (s) objeção (ões) também teria (m) o potencial de remover votos suficientes do eleitor do total geral de Biden para balançar o total restante em favor de Trump. Essas objeções não dariam ao DNC [partido Democrata] o resultado desejado de uma presidência de Kamala Harris, a vice na chapa de Joe Biden. Nem o presidente da Câmara [Pelosi] assumiria como presidente interino. Este seria um problema eleitoral único, provavelmente dirigido ao SCOTUS [Supreme Court Of The United States] para resolução do imbróglio legal.

E, há poucos dias, a nova nomeação de Trump para o SCOTUS, a conservadora juíza Amy Coney Barrett, foi agora confirmada pelo Senado. Um Senado de Trump, controlado pelos republicanos. O som dos forcados é um som interessante porque tende a ser carregado pelos ventos.

Venha em 14 de dezembro e, em seguida, em 6 de janeiro, em qualquer um dos dias, onde estarão os eleitores desempregados, com um forcado, os deprimidos, os irritados, os famintos e privados de direitos civis, física e mentalmente.

A resposta em ambos os dias poderia ser: os norte americanos ombro a ombro embalando cada rotunda da State House. Com razão, os eleitores, após décadas de corrupção partidária, no Congresso, na presidência , na vice presidência, estão todos bastante ansiosos e dispostos a linchar pelo menos um desses bastardos. E Joe Biden pode ser o único a balançar numa corda.

Biden vai lutar? É duvidoso, pois ele tem dificuldades até para falar, muito menos para resistir ao ataque de um promotor de justiça e a sua exposição ao público. Kamala Harris assumirá o lugar dele? Sem chance. Nenhum eleitor ou um indignado eleitor do Colégio Eleitoral depois de ter roubado a pele de Biden, jamais permitirá uma cópia negra de Hillary Clinton na Casa Branca, especialmente uma tão corrupta quanto Joe Biden. A louca e senil Nancy Pelosi? Bem … preciso dizer mais alguma coisa?

O autor oferece essa avaliação plausível ao leitor no espírito de desprezo ao sistema político bipartidário vigente nos EUA.

Embora seja fácil detestar as ofertas dos candidatos [meros marionetes] presidenciais de pelo menos as últimas cinco eleições, qualquer viciado em política deve deixar de lado um ponto de vista partidário para apreciar esse possível e brilhante xeque-mate estratégico de Giuliani e Bannon.  Trump não é tão inteligente para tê-lo criado sozinho.

Giuliani e Bannon são tudo menos politicamente ingênuos. Se essas alegações se mostrarem dignas de investigação no nível do Congresso, é muito duvidoso que esse golpe cuidadosamente armado seja tão míope a ponto de ter o risco de influenciar apenas a contagem do voto popular e não do Colégio Eleitoral.

Se as acusações contra Joe Biden e sua família começarem a se transformar em provas concretas, as consequências da pior eleição presidencial da história dos Estados Unidos só vão aumentar em turbulência. Com o outro caos eleitoral em curso, assim combinado com o Colégio Eleitoral, as imensas chamas já queimando as ruas americanas se tornarão uma tempestade que tem a possibilidade de destruir a nação.

O eleitor americano, não importa qual fênix com chifres e caudas, vermelho-carmesim, ergue-se dessas chamas, constitucional, política ou militarmente, em menos de uma semana, e sessenta e quatro dias depois, terá que assistir, esperar para ver. Ou pegue um forcado e corra para a State House local!

– O FIM –

 
 

 


Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos



Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Setembro 15, 2020

chamavioleta

German Doctors on COVID-19: 

‘We Have A Lot of Evidence That It’s A Fake Story All Over The World.

From HumansAreFree.com

Posted September 15, 2020 by Derek Knauss.

 
.

 

 

Is this article ‘fake news?’ No, because the statement in the title that reads “we have a lot of evidence that it’s a fake story all over the world” is an actual quote from a representative of the group discussed in the article.
The statement was said. Whether or not what the quote says is true, on the other hand, is up for you to decide or according to multiple governments, is up for the World Health Organization (WHO) to decide.
Is the title misleading or inaccurate? No, again, it’s a direct quote and represents the opinion of multiple health professionals.
German Doctors On Covid 19 'we Have A Lot Of Evidence That It’s A Fake Story All Over The World'
Are these health professionals implying that COVID-19 is a fake virus? No, they are simply implying that it’s not as dangerous as it’s being made out to be., and I summarize some of that information below that has them coming to that conclusion.
 
These doctors and scientists are being heavily censored across all social media platforms, and those who write about them are experiencing the same.
Many of the claims these doctors make have been ‘debunked’ by mainstream media, federal health regulatory agencies and ‘fact-checkers’ that are patrolling the internet.
Any information that does not come from the (WHO) is not considered reliable, truthful or accurate, and that would include the information presented in this article and information shared by these experts in the field.
People are being encouraged to visit the WHO’s website for real and accurate information about COVID-19 instead of listening to doctors and scientists who oppose the narrative of these health authorities.

What Happened

More than 500 German doctors & scientists have signed on as representatives of an organization called “Außerparlamentarischer Corona Untersuchungsausschuss.”
Außerparlamentarischer Corona Untersuchungsausschuss stands for the “Corona Extra-Parliamentary Inquiry Committee and was established to investigate all things that pertain to the new coronavirus such as the severity of the virus, and whether or not the actions taken by governments around the world, and in this case the German government, are justified and not causing more harm than good.
 
As the Corona-Extra-Parliamentary Inquiry Committee, we will investigate why these restrictive measures were imposed upon us in our country as part of COVID-19, why people are suffering now and whether there is proportionality of the measures to this disease caused by the SARS-COV-2 virus.
We have serious doubts that these measures are proportionate. This needs to be examined, and since the parliaments – neither the opposition parties nor the ruling parties – have not convened a committee and it is not even planned, it is high time that we took this into our own hands.
We will invite and hear experts here in the Corona speaker group. These are experts from all areas of life: Medicine, social affairs, law, economics and many more. (source)
You can access the full english transcripts on the organizations website if interested.
This group has been giving multiple conferences in Germany, in one of the most recent, Dr. Heiko Schöning, one of the organizations leaders, stated that “We have a lot of evidence that it (the new coronavirus) is a fake story all over the world.”
To put it in context, he wasn’t referring to the virus being fake, but simply that it’s no more dangerous than the seasonal flu (or just as dangerous) and that there is no justification for the measures being taken to combat it.
I also think it’s important to mention that a report published in the British Medical Journal has suggested that quarantine measures in the United Kingdom as a result of the new coronavirus may have already killed more UK seniors than the coronavirus has during the peak of the virus.
Below is a press conference held by representatives of the group that took place last month, you can find more important information below that.

Why This Is Important

It can be confusing for many people to see so many doctors and many of the world’s most renowned scientists and infectious disease experts oppose so much information that is coming from the WHO and global governments.
Many scientists and doctors in North America are also expressing the same sentiments.
For example, The Physicians For Informed Consent (PIC) recently published a report titled “Physicians for Informed Consent (PIC) Compares COVID-19 to Previous Seasonal and Pandemic Flu Periods.”
According to them, the infection/fatality rate of COVID-19 is 0.26%. You can read more about that and access their resources and reasoning here.
John P. A. Ioannidis, a professor of medicine and epidemiology at Stanford University has said that the infection fatality rate “is close to 0 percent” for people under the age of 45 years old.
You can read more about that here. He and several other academics from the Stanford School of Medicine suggest that COVID-19 has a similar infection fatality rate as seasonal influenza, and published their reasoning in a study last month.
You can find that study and read more about that story here.
Michael Levitt, a Biophysicist and a professor of structural biology at Stanford University criticized the WHO as well as Facebook for censoring different information and informed perspectives regarding the Coronavirus and has claimed that, with regards to lockdown measures, that “the level of stupidity going on here is amazing.”
You can read more about this here.
Dr. Sucharit Bhakdi, a specialist in microbiology and one of the most cited research scientists in German history is also part of Corona Extra-Parliamentary Inquiry Committee mentioned above and has also expressed the same thing, multiple times early on in the pandemic all the way up to today.
Implementation of the current draconian measures that are so extremely restrict fundamental rights can only be justified if there is reason to fear that a truly, exceptionally dangerous virus is threatening us.
Do any scientifically sound data exist to support this contention for COVID-19? I assert that the answer is simply, no. – Bhakdi. You can read more about him here.
Below are some interesting statistics from Canada. (source)
Covid 19 Canada

The Takeaway

We have to ask ourselves, why are so many experts in the field being completely censored.
Why is there so much information being shared that completely contradicts the narrative of our federal health regulatory agencies and organizations like the WHO?
Why are these experts being heavily censored, and why are alternative media platforms being censored, punished and demonetized for sharing such information?
Is there a battle for our perception happening right now? Is our consciousness being manipulated? Why is there so much conflicting information if everything is crystal clear?
What’s going on here, and how much power do governments have when they are able to silence the voice of so many people? Should we not be examining information openly, transparently, and together?

 



Compiled by http://violetflame.biz.ly from: 
 
Archives:
 
 
Main Site:
violetflame.biz.ly
site@violetflame.biz.ly
Alternative to Google

Alternatives to YouTube

Alternative banned videos
https://altcensored.com/

 

 
All articles are of the respective authors or publishers' responsibility. 
 


 
No religious or political creed is advocated here.

Organized religion is unnecessary to spirituality.

Excellent teachings of the masters have been contaminated by the dogmatic control of these religions.

Discernment yes; judgment does not.
If you use discernment you are free to research with an open mind. 

With discernment, it is possible to reach the spirit of the letter of any writing and it is also much easier to listen to the voice of the soul that comes from the heart.
Individually you can be helped to find your Truth that is different from everyone. 


Please respect all credits.

 
Discernment is recommended.
 
 

 

Like this! please bookmark. It is updated daily

 


 
 

Setembro 07, 2020

chamavioleta

Controlled implosion of U.S. continues with government-sponsored violence.

Benjamin Fulford 

Report's Sample

2020/09/07.

 

 
  


 


Last week various intelligence agencies confirmed the United States government is in the middle of a controlled implosion that will continue until at least January.  Russian intelligence sources say Donald Trump will be the last president of the United States in its present form, and they know from experience how quickly things can change.
If this forecast comes to pass, the big question is, will the U.S. be represented by a Khazarian Satanic government (and a Gates’ sponsored, RNA vaccine-induced, DNA damaged culling of the global population) or a hybrid democracy-meritocracy controlled by the people?  The battle over the coming months will determine that outcome, many sources agree.
Perhaps the most disturbing intelligence that came in last week is that the riots in the U.S. are being funded by the Ford Foundation, according to MI6 and NSA sources.  Not only that but “Joe Biden and Kamala Harris are on the board of directors and it’s funded with U.S. Federal Grant money,” the sources agree.  Biden has shown himself to be a totally corrupt Zionist slave.
Meanwhile, the fake news smear campaign against Donald Trump is also ramping up by the day.  With a full-court press to steal the election by mail-in voting and threats of violence unless Biden wins by a landslide, Americans may not see a confirmed President by next January.
The big question is how bad things will have to get before the U.S. military gets off its heavy butt and restores a genuinely representative government to the country.  It is a good bet they will only act if and when the U.S. people demand that they do so.
That day might not be so far off.  According to various estimates, as many as 50-million Americans will be facing a hunger crisis by the end of this year.  This is not due to a lack of food but rather to deliberate attempts by the ruling Khazarian mafia cabal to reduce the population.  There is in fact, as usual, an over-abundance of food in the U.S.  However, “half the farm produce in the U.S. is being shipped to China,” according to the NSA.  In other words, the Khazarian mafia is willing to starve Americans to pay off the debt to China (or let them eat all the Monsanto GMO as part of the new trade deal?).  This is what happened in Colonial India when there was mass starvation because the food was being sent to well-fed England. 
 

The crisis is not limited to food because the U.S. is running out of all sorts of items like lumber, light bulbs, etc. This is only going to get worse as stuff stockpiled in the months before the February 16th U.S. bankruptcy starts to run out.
Skyrocketing crime, criminal local governments, draconian restrictions on private business, etc. are also driving a continuing exodus from large U.S. cities.  At this point, two out of five New Yorkers want to leave the city. 
 

The other thing happening is that the genocidal medical mafia in the U.S. is fighting tooth and nail to continue to poison and rob the American people.  According to the prestigious medical journal Lancet, the U.S. has by far the most expensive, and the worst, medical system in the developed world. 
 

The situation with the medical mafia is so bizarre now that a new type of palindrome has appeared where the question: “Who caused the pandemic?” is the same as the answer “WHO caused the pandemic.” 
 

The latest in that agency’s long list of crimes against humanity is proof they have been spreading polio in Africa through the use of vaccines. 
 

African governments have woken up to the fact the WHO is a criminal organization and they are kicking them off the continent.  That probably explains this perplexed sounding headline in the New York Post:
“Scientists can’t explain puzzling lack of coronavirus outbreaks in Africa.” 
 
The corporate propaganda media is obviously in cahoots with the medical mafia.  This is seen in their support of the Satan-worshipping mayors who are forcing people to wear masks and be terrified of a provably non-existent pandemic.
Inside the U.S., the CDC has had its management replaced by military and agency White Hats and has declared the pandemic over but you won’t hear about that on CNN or read about it in the New York Times.  The scamdemic is also being wound down in places like China, Italy, and Japan and soon will be ended everywhere, Pentagon sources promise.
This is part of a major counter-offensive by the White Hats that is being seen in many ways.  Pentagon sources say the “COVID-19 pandemic” was used as cover in Italy to lock down the entire population while “tons of gold, documents and…
 
The remainder of this article is only available to members of BenjaminFulford.net
 

Please Log In or Register to create an account.
 
The full report (free) will be posted here:


up to this coming Thursday.
 






August 18, 2020

CBC News attacks Ontario doctor for Covid-19 tweets on HCQ

By Benjamin Fulford 

Letters to the Editor 

Comments



This letter, sent by an aware reader, shows how old people are being killed in the name of promoting the Covid-19 fear porn campaign. Warning to medical personnel, when this is over, those of you who have been sending old people to premature graves will be prosecuted.
 
Hi Ben,
 
I’m a retired M.D. with an M.Sc. in Microbiology and Immunology, but I did lots of infectious disease rotations during my medical training and worked at the AIDs clinic at the Ottawa General Hospital. It was the fake Ebola epidemic of 2013/2014 that woke me up out of this matrix.
 
This “Pandemic” has been so frustrating for me! My father was in a nursing home in Brampton, Ont. He was 87 with advanced dementia. In the last month of his life, I was not allowed to see him or even do a “window visit” and he was too deaf to speak on the phone. They were keeping the patients locked in their rooms (he was in a private room) and you know how hot those rooms can get.
 
Other than dementia, my dad was healthy. However, we were informed that he had developed a mild fever, was tested for Covid-19, and had come up positive. The Ministry of Health had claimed there was no “therapy” and had recommended that nursing home patients just be kept comfortable.
 
He seemed fine for the next 10 days with minimal if any symptoms and we thought he was improving, but on the 11th day we were told that he’d suddenly lost his appetite and his oxygen saturations were dropping. They started him on oxygen by nasal prongs and IV antibiotics (in case he had pneumonia) but by the next day he’d fallen unconscious and I was finally allowed to go in and sit with him. It was unfortunate because my older nephew had power of attorney and would not let me talk to the doctors (family dysfunction) so I never had a chance to talk to them about early treatment with HCQ (hydroxychloroquine) of which there is ample research showing its benefit.
 
What I did witness is that after I’d been sitting by his bed for several hours, a nurse came in and gave him an injection in the shoulder. When I asked her what it was, she said hydrocodone (a strong narcotic). He was dead within 2 hours after that.
 
Ben, there was no reason to give my father narcotics. While his oxygen sats were low, he was breathing rapidly and shallow (which was expected) but he was totally comfortable. If you give a narcotic to someone who’s trying to maintain their oxygen levels, it will slow down their rate of breathing, and cause their CO2 levels to rise. In other words, it is essentially euthanizing them. While he may not have pulled through, and he probably only would have lived for another year with his dementia, it shocked me to see that they had a “protocol” for how they handled patients with Covid-19. They seem to want to hasten their deaths rather than see if their immune systems can fight the virus off. Some of these patients may have recovered on their own.
 
I have accepted that it was my father’s time to go, but I can’t help but wonder if my father would have “tested positive” to begin with if he hadn’t been swabbed for Covid-19. I know it sounds paranoid, but there have been reports of testing kits being contaminated with the virus, and as the President of Tanzania demonstrated, even fruit and a goat can generate a positive test. My friends who work in nursing homes have also said that they think some of these patients are registering “low-grade fevers” because of being kept in stuffy, hot rooms with poor ventilation and no windows open.
 
Anyways, back in Feb/March, I tried to send research information to some of my Med school class-mates who are still practicing medicine about the effectiveness of HCQ/Zithromax/Zinc in treating Coronavirus infections. I sent them a link to all the studies, going back to 2005, which supported the use of Chloroquine. They were all so “brain-washed” that not a single classmate responded to me. They all believed their professional organizations/Ministry of Health’s claim that HCQ was ineffective against Covid-19, and they apparently view me as a “conspiracy theorist”.
 
There is one Canadian doctor who is bravely speaking out on Twitter about the benefits of HCQ here, and she is being demonized by the MSM in Canada: https://twitter.com/dockaurG/status/1295416069893611520?s=20
 
The CBC wrote this “hit-piece” against her, which was full of lies and innuendo but the comments section was disabled so I couldn’t respond.
 
Ontario doctor subject of complaints after COVID-19 tweets | CBC News
 
Ontario doctor Kulvinder Kaur Gill has been criticized by fellow doctors and others after a series of tweets…
 
I’m so glad I left my profession early because quite frankly, I’m disgusted with their unwillingness to examine the research first-hand or question the narrative of their professional organizations. If there are some who know the truth, they are keeping quiet out of their fear of reprisal. The only brave one is Dr. Kaur above! I’m doing my best to spread the truth on Twitter, and I’ve told all my relatives/friends about taking Vitamin D and zinc to boost their immune system.
 
M
 




 

Compiled by http://violetflame.biz.ly from: 

Archives:
 
 
 
A Trusty with Privacy Search 
Alternative to Google
startpage.com

Alternative to YouTube
brighteon.com



 
All articles are of the respective authors or publishers responsibility. 
 


 
No religious or political creed is advocated here.

Organised religion is unnecessary to spirituality.

Excellent teachings of the masters have been contaminated by the dogmatic control of these religions.

Discernment yes; judgement does not.
If you use discernment you are free to research with an open mind. 

With discernment it is possible to reach the spirit of the letter of any writing and it is also much easier to listen to the voice of the soul that comes from the heart.
Individually you can be helped to find your Truth that is different of everyone. 


Please respect all credits.

 
Discernment is recommended.
 
 

 

Like this! please bookmark. It is updated daily

 


 

Novembro 21, 2019

chamavioleta



Escrito por Sylvain Laforest.

15 de novembro de 2019.

Traduzido por Adriano Pereira

a 21 de novembro de 2019. 

 
 
.
Trump na casa branca
 
 
 

 
 

 
O momento é o certo para todos entenderem o que Donald Trump está fazendo e de se tentar descriptografar a ambiguidade de como ele está fazendo isso.
 
O polêmico presidente tem uma agenda muito mais clara do que qualquer um pode imaginar, tanto em política externa quanto em assuntos internos, mas, de como ele precisa permanecer no poder ou, até mesmo, de permanecer vivo para alcançar seus objetivos, sua estratégia é tão refinada e sutil que quase ninguém consegue vê-la.
 
Seu objetivo geral é tão ambicioso que ele precisa seguir cursos elípticos e aleatórios para ir do ponto A ao ponto B, usando padrões que afastam as pessoas da compreensão do que este homem está fazendo.
 
Isso inclui a maioria dos jornalistas independentes e os chamados analistas alternativos, tanto quanto os principais editores de notícias falsas do Ocidente e de uma grande maioria da população.
 
Sobre sua estratégia, eu poderia fazer uma analogia rápida e precisa como o uso de uma medicação: a maioria das pílulas é projetada para curar um problema, mas trazem uma série de efeitos secundários, colaterais. Bem, Trump está usando medicamentos exclusivamente para os efeitos colaterais, enquanto a primeira intenção da pílula é o que o mantém no poder, e vivo.
 
No final deste artigo, você verá que essa metáfora se aplica a praticamente todas as decisões, movimentos ou declarações que ele fez. Depois de entender o que Trump está fazendo, você poderá apreciar a extraordinária presidência que ele está conduzindo, como se nenhum outro predecessor chegasse nem perto disso.
 
Para começar, vamos esclarecer um dos aspectos de sua missão que é direto, terrivelmente direto: ele é o primeiro e único presidente americano a abordar a pior falha coletiva da humanidade, a sua total ignorância da realidade.
 
Como as mídias e a educação são controladas pelo punhado de bilionários que dirigem o planeta, não sabemos nada sobre a nossa história que não tenha sido distorcida pelos vencedores, e não temos a menor ideia do mundo atual.
 
Ao pisar na arena política, Donald Trump popularizou a expressão "Fake News", ou ”Notícias Falsas”, para convencer os cidadãos americanos e também a população mundial de que as mídias sempre mentem para todos nós.
 
A expressão agora se tornou comum, mas você percebe o quão profundamente chocante é o fato de que quase tudo o que você pensa que sabe é totalmente falso?
 
As mentiras da mídia não cobrem apenas a história e a política, mas moldaram nossa falsa percepção de tópicos como economia, alimentação, clima, saúde, enfim, sobre tudo.
 
E se eu lhe disser que sabemos exatamente quem atirou em JFK da colina, que havia o conhecimento prévio do ataque a Pearl Harbor, isto foi provado em tribunal, e que o efeito estufa do CO2 é cientificamente absurdo, e que nosso dinheiro tem sido criado através de empréstimos de bancos que não os têm, e eles ainda controlam os fundos, ou que a ciência prova com 100% de certeza que o 9/11 foi um trabalho interno?
 
Já ouviu falar de algum jornalista, algum documentário da PBS, ou algum professor universitário falando sobre isso?
 
Foram 44 os presidentes que vieram e passaram sem sequer levantar uma palavra sobre esse enorme problema, antes do surgimento do 45º presidente.
 
Trump sabe que libertar as pessoas dessa ignorância insondável é o primeiro passo para a liberdade geral, então ele começou a chamar os principais jornalistas e seus meios de comunicação pelo que eles são: mentirosos patológicos.
 
"Milhares de profissionais de saúde mental concordam com Woodward, o autor do artigo do New York Times: Trump é perigoso."
- Bandy X. Lee, falando em 2018
 
"A questão não é se o presidente é louco, mas se ele é louco como uma raposa ou louco como louco."
- Masha Gessen, The New Yorker 2017
 
Vamos deixar uma coisa clara: para o establishment, Trump não é desafiado mentalmente, mas ele definitivamente é visto como um possível inimigo do mundo deles.
 
Desde que se mudou para a Casa Branca, Trump tem sido descrito como narcisista, racista, sexista e cético em relação ao clima, carregado de histórias passadas e problemas mentais. Embora aproximadamente 60% do povo americano não confie mais nas mídias, muitos compraram a história de que Trump pode ser um pouco louco, ou inadequado para governar, e a estatística aumenta ainda mais quando você sai dos EUA.
 
É claro que Donald não está fazendo nada de especial para mudar a percepção profundamente negativa que tantos jornalistas e pessoas têm sobre ele. Ele é abertamente ultrajante e provocador no Twitter, ele soa impulsivo e burro na maioria das vezes, age irracionalmente, mente diariamente e lança sanções e ameaças como se fossem bastões de doces da sacola lateral de um elfo em um shopping na época de Natal.
 
Imediatamente, podemos destruir um mito persistente da mídia: a imagem que Trump está projetando é autodestrutiva, mas é exatamente o oposto de como os narcisistas patológicos agem, uma vez que prosperam para serem amados e admirados por todos.
 
Donald simplesmente não se importa se você gosta ou não dele, o que o torna o derradeiro anti-narcisista, por sua definição psicológica. E isso nem é de opinião, é um fato bastante simples e inegável.
 
Trump e o pântano
 
Seu plano geral exala um dos seus lemas favoritos: "Vamos devolver o poder ao povo", porque os Estados Unidos e sua teia imperialista tecida no mundo estão nas mãos de alguns banqueiros globalistas, industriais militares e multinacionais já a mais de um século.
 
Para alcançar seu plano, ele precisa acabar com as guerras no exterior, trazer de volta suas crianças, desmantelar a OTAN e a CIA, controlar o Federal Reserve, cortar todos os elos com aliados estrangeiros, abolir o sistema financeiro Swift, demolir o poder de propaganda das mídias, drenar o pântano do estado profundo que administra as agências de espionagem e desabilitar o governo oculto que se esconde no Conselho de Relações Exteriores e nos escritórios da Comissão Trilateral.
 
Em suma, ele tem que destruir a Nova Ordem Mundial e sua ideologia globalista. A tarefa é enorme e perigosa, para dizer o mínimo. Felizmente, ele não está sozinho.
 
Antes de abordarmos suas técnicas e táticas, precisamos saber um pouco mais sobre o que realmente está acontecendo no mundo.
 
A poderosa Rússia
 
Desde Pedro, o Grande, toda a história da Rússia é uma demonstração permanente de sua vontade de manter sua independência política e econômica dos bancos internacionais e do imperialismo, pressionando essa grande nação a ajudar muitos países menores que lutam para manter sua própria independência. Duas vezes a Rússia ajudou os Estados Unidos contra o Império Britânico/Rothschild; primeiro apoiando-os abertamente na Guerra da Independência, e novamente na Guerra Civil, quando os Rothschild financiavam os confederados para derrubar politicamente a nação, e trazê-la de volta à cooperativa do Império colonial britânico.
 
A Rússia também destruiu Napoleão e os nazistas, que eram ambos financiados por bancos internacionais como ferramentas para esmagar nações economicamente independentes.
 
A independência está em seu DNA. Depois de quase uma década de oligarquia ocidental assumindo a economia da Rússia após a queda da URSS em 1991, Putin assumiu o poder, e drenou o pântano russo.
 
Desde então, todos os movimentos que ele fez visam destruir o Império Americano, ou a entidade que substituiu o Império Britânico em 1944, que é o nome da teoria da conspiração da Nova Ordem Mundial. O novo império é basicamente o mesmo esquema de bancos centrais, com apenas um conjunto ligeiramente diferente de proprietários que trocaram o exército britânico pela OTAN, e a transformara na Gestapo mundial.
 
Até a chegada de Trump, Putin lutou sozinho contra a Nova Ordem Mundial, cuja obsessão centenária é o controle do mercado mundial de petróleo, uma vez que o petróleo é o sangue correndo pelas veias da economia mundial. O petróleo é mil vezes mais valioso que o ouro. Navios de carga, aviões e exércitos não funcionam com baterias. Portanto, para combater os globalistas, Putin desenvolveu os melhores sistemas de mísseis ofensivos e defensivos, com o resultado de que a Rússia agora pode proteger todos os produtores de petróleo independentes, como a Síria, Venezuela e Irã.
 
Os banqueiros centrais e o governo paralelo dos EUA ainda mantêm seu plano de morte, porque sem uma vitória na Síria, não há como ampliar Israel, terminando assim a fantasia secular de unir a produção de petróleo do Oriente Médio nas mãos da Nova Ordem Mundial.
 
Pergunte a Lorde Balfour, se tiver alguma dúvida. Essa é a verdadeira aposta da guerra na Síria, é nada menos do que fazer ou morrer.
 
Um século de mentiras
 
Agora, como um governo paralelo está dando ordens diretas à CIA e à OTAN em nome de bancos e indústrias, Trump não tem controle sobre os militares.
 
O estado profundo é um rosário de funcionários permanentes que governam Washington e o Pentágono, que apenas respondem às suas ordens.
 
Se você ainda acredita que o «comandante em chefe» está no comando, explique por que cada vez que Trump ordenou a retirada da Síria e do Afeganistão, mais tropas entraram? Enquanto escrevo este texto, as tropas dos EUA e da OTAN que saíram das zonas curdas, e foram para o Iraque, voltaram com equipamentos mais pesados ​​nas reservas de petróleo da Síria.
 
Donald tem muito mais a drenar do pântano antes que o Pentágono realmente ouça qualquer coisa que ele diga.
 
Trump deveria ficar indignado e denunciar em voz alta que o comando militar não se preocupa com o que ele pensa, mas isso acenderia um caos inimaginável, e talvez, até uma guerra civil nos EUA, se os cidadãos que possuem cerca de 393 milhões de armas em seus os lares soubessem que interesses particulares estão encarregados das forças armadas.
 
Também levaria a uma pergunta muito simples, mas dramática: "Qual é exatamente o propósito da democracia?"
 
Essas armas são as cercas de titânio que protegem a população de um Big Brother totalitário.
 
É preciso perceber quantos problemas o exército e as agências de espionagem dos EUA estão enfrentando na criação de operações de bandeira falsa há mais de um século, para que suas intervenções sempre pareçam ser justas, em nome da promoção da democracia, dos direitos humanos e da justiça em todo o mundo e do planeta.
 
Eles explodiram um navio no Maine em 1898 para entrar na guerra hispano-americana, depois o Lusitania em 1915, para entrar na Primeira Guerra Mundial. Eles pressionaram o Japão para atacar Pearl Harbor em 1941, souberam do ataque com 10 dias de antecedência, e não disseram nada à base havaiana.
 
Eles fizeram uma agressão por torpedo norte-vietnamita em seus próprios navios na Baía de Tonkin, para justificar o envio de botas ao solo vietnamita.
 
Eles inventaram a história de soldados iraquianos destruindo creches para invadir o Kuwait em 1991. Eles inventaram armas de destruição em massa para atacar o Iraque novamente em 2003 e organizaram o 9/11 para destruir a Constituição de 1789, atacar o Afeganistão, e iniciar uma guerra contra o terror.
 
Essa máscara de virtude totalmente falsa deve ser preservada para controlar a opinião dos cidadãos americanos e de seu arsenal doméstico, que precisam acreditar que usam os chapéus brancos da democracia.
 
Então, como Trump reagiu quando soube que as tropas americanas estavam entrando novamente na Síria?
 
Ele repetiu diversas vezes em todas as entrevistas e declarações de que "asseguramos os campos de petróleo da Síria" e até acrescentou "Estou pensando em enviar a Exxon na região para cuidar do petróleo sírio".
 
Neocons, sionistas e bancos ficaram emocionados, mas todos no mundo estão indignados, porque a grande maioria não entende que Trump está engolindo esta pílula apenas por seus efeitos secundários. Nesta única pílula está escrita uma cópia impressa de que «o uso desta droga poderia forçar as tropas da OTAN-americanas a sair da Síria sob a pressão da comunidade mundial unida e espantar a população americana.
 
Trump tornou insustentável para a OTAN permanecer na Síria, e como ele está repetindo essa posição profundamente chocante e politicamente incorreta, ele mostra claramente sua real intenção. Ele destruiu mais de um século de falsa virtude em uma única frase.
 
Trump é uma anomalia histórica
 
Trump é apenas o quarto presidente da história dos EUA a realmente lutar pelo povo, ao contrário dos outros 41, que canalizaram principalmente o dinheiro do povo em rede de tubos de transporte de dólares que são descarregados em bancos privados.
 
Primeiro, Andrew Jackson foi morto a tiros depois de destruir o Segundo Banco Nacional, que ele acusou abertamente de ser controlado pelos Rothschild e pela City, de Londres.
 
Depois, houve Abraham Lincoln, que foi assassinado depois de imprimir suas "verdinhas", o dinheiro nacional que o estado emitiu para pagar os soldados, porque Lincoln se recusara a emprestar dinheiro de Rothschild com juros de 24%.
 
Depois, houve JFK, morto por uma dúzia de razões que se opunham principalmente aos lucros dos bancos e das indústrias militares, e agora temos Donald Trump, que gritou que ele «devolveria a América ao povo».
 
Como a maioria dos empresários, Trump odeia os bancos pelo poder formidável que eles têm sobre a economia. Basta dar uma olhada no único livro de Henry Ford, "O Judeu Internacional", para descobrir quão profunda era sua desconfiança e ódio dos bancos internacionais. Os negócios de Trump sofreram muito por causa dessas instituições, pois eles basicamente vendem um guarda-chuva, apenas para recuperá-lo assim que começar a chover.
 
O controle dos bancos privados sobre a criação de dinheiro e as taxas de juros, através de todos os bancos centrais de quase todos os países, é um poder permanente sobre as nações, muito acima do ciclo efêmero dos políticos.
 
No ano 2000, esses saqueadores de nações estavam a poucos passos de seu sonho totalitário planetário, mas alguns detalhes pararam: Vladimir Putin e 393 milhões de armas americanas. Depois veio o Donald com seu rosto laranja, a última peça do quebra-cabeça que nós, o povo, precisávamos para terminar 250 anos do império bancário.
 
Técnicas e táticas
 
No início de seu mandato, Trump tentou ingenuamente a abordagem direta, cercando-se de rebeldes do establishment como Michael Flynn e Steve Bannon, irritando cada um e todos os seus aliados estrangeiros, destruindo seus tratados de livre comércio, impondo impostos sobre as importações e insultando-os na cara deles nas reuniões do G7 de 2017 e 2018.
 
A reação foi forte, e todos dobraram o absurdo do Rússiagate, pois parecia a única opção para parar o homem em seu caminho de destruição do globalismo.
 
Previsivelmente, a abordagem direta não levou Trumop a lugar algum; Flynn eBannon tiveram que ir, e Trump se envolveu em um punhado de perguntas que o fizeram perceber que não conseguiria nada com transparência.
 
Ele teve que encontrar uma maneira de aniquilar as pessoas mais perigosas do planeta, mas, ao mesmo tempo, permanecer no poder, e vivo. Ele teve que se acalmar.
 
Foi quando seu gênio explodiu no mundo. Ele mudou completamente sua estratégia e abordagem, e começou a tomar decisões absurdas e twittar declarações ultrajantes.
 
Por mais ameaçador e perigoso que alguns deles parecessem, Trump não os usou para o significado de primeiro grau, mas estava visando os genuínos efeitos de segundo grau que seus movimentos teriam. E ele não se importava com o que as pessoas pensavam dele, pois apenas os resultados contam no final.
 
Ele até brincava de bufão no Twitter, parecia ingênuo, lunático ou completamente idiota, talvez na esperança de impregnar a crença de que ele não sabia o que estava fazendo, e que não podia ser tão perigoso.
 
Ele está deliberadamente sendo politicamente incorreto para mostrar o rosto feio que os Estados Unidos estão escondendo atrás de sua máscara.
 
Cúpula Trump-Kim em Hanói
 
O primeiro teste em sua nova abordagem foi tentar parar o crescente perigo de um ataque e invasão da Coréia do Norte pela OTAN. Trump insultou Kim Jung-Un através do Twitter, o chamou de Rocket Man e ameaçou destruir a Coréia do Norte. Seu furioso erro político durou semanas até que afundou na mente de todos que essas não eram boas razões para atacar um país. Ele paralisou a OTAN.
 
Trump então foi conhecer o Rocket Man, e eles caminharam no parque com o início de uma bela amizade, riram juntos, enquanto não realizavam absolutamente nada em suas negociações, uma vez que não tinham nada com o que negociar.
 
Muitos estavam falando sobre o preço do Nobel da paz, porque muitos não sabem que geralmente o Nobel é entregue a criminosos de guerra como Obama ou Kissinger.
 
Depois veio a Venezuela. Trump levou sua tática um passo adiante, para garantir que ninguém pudesse apoiar um ataque ao país livre. Ele colocou os piores neoconservadores disponíveis no caso: Elliott Abrams, anteriormente condenado por conspiração no acordo Irã-Contras nos anos 80 e John Bolton, famoso aquecedor de primeiro grau. Trump então confirmou Juan Guaido como sua escolha para presidente da Venezuela; um boneco vazio, tão burro que nem consegue ver o quanto está sendo usado.
 
Mais uma vez, Trump ameaçou queimar o país em escombros, enquanto a comunidade mundial observava com admiração a total falta de sutileza e diplomacia no comportamento de Trump, como resultado, Brasil e Colômbia recuaram e disseram que não queriam nada com um ataque à Venezuela.
 
A medicina de Trump deixou apenas 40 países satélites em todo o mundo, com presidentes e primeiros-ministros mortos de medo o suficiente para apoiar timidamente Guaido, o bobo da corte.
 
Donald marcou a caixa ao lado da Venezuela em sua lista e continuou rolando para baixo.
 
Depois vieram os dois presentes para Israel: Jerusalém como capital e as Colinas de Golã na Síria como posse confirmada. Netanyahu, que não é o lápis mais afiado da caixa, pulou de alegria e todos gritaram que Trump era um sionista.
 
O resultado real após o efeito foi que todo o Oriente Médio se uniu contra Israel, que ninguém mais vai apoiá-lo. Até o cúmplice histórico de Israel, a Arábia Saudita, teve que desaprovar abertamente esse enorme tapa na cara do Islã.
 
Os dois presentes de Trump foram, na verdade, facadas nas costas do estado de Israel, cujo futuro não parece muito brilhante hoje em dia, já que a OTAN terá que sair da região. Verifique novamente no futuro.
 
Como a realidade afunda
 
Mas tem mais! Com sua falta de controle sobre a OTAN e o exército, Trump é muito limitado em suas ações. À primeira vista, a excelente multiplicação de sanções econômicas em países como Rússia, Turquia, China, Irã, Venezuela e outras nações parece dura e impiedosa, mas a realidade dessas sanções empurrou esses países para fora do sistema financeiro Swift, projetado para manter as nações escravizadas através da hegemonia do dólar, e todos estão escapando das garras dos bancos internacionais.
 
Forçou a Rússia, China e Índia a criar um sistema alternativo de pagamentos comerciais com base nas moedas nacionais, em vez do todo-poderoso dólar.
 
A realidade bipolar do mundo agora é oficial e, com suas próximas sanções, Trump empurrará mais países para fora do sistema Swift, que se juntarão ao outro lado, enquanto importantes bancos estão começando a quebrar na Europa.
 
Mesmo no furacão político em que Trump está, ele ainda encontra tempo para mostrar seu humor arrogante e quase infantil. Veja sua zombaria grandiosa de Hillary Clinton e Barack Obama, quando ele se sentou com os generais mais sérios que pôde encontrar, para tirar uma foto na chamada "sala da situação", enquanto fingiam o monitoramento da morte de Baghdadi, em algum lugar que ele não poderia estar, exatamente como seus predecessores criminosos fizeram há muito tempo com a falsa morte de Bin Laden.
 
Ele até empurrou essa farsa para adicionar os detalhes de um cachorro que reconheceu o falso califa do Daesch cheirando sua cueca. Agora que você entende o que Trump realmente significa, também poderá apreciar o seu programa de governo, em todo seu esplendor e verdadeiro significado.
 
«Asseguramos os campos de petróleo da Síria». De fato, com essa frase curta, Trump uniu sua voz à do general Smedley Butler, que abalou o mundo há 80 anos com um pequeno livro chamado "Guerra é uma raquete". Saquear e roubar petróleo definitivamente não é tão virtuoso quanto promover a democracia e a justiça.
 
O que me surpreende são os inúmeros jornalistas e analistas "alternativos", que conhecem na ponta dos dedos todos os problemas técnicos do 9/11, ou a realidade científica da absurda história do aquecimento global, mas ainda não têm ideia do que Trump está fazendo em três anos de seu mandato, porque eles compraram a grande mídia que convenceu a todos de que Trump é um desafio mental.
 
Para aqueles que ainda têm dúvidas sobre a agenda de Trump, você realmente acredita que a implosão óbvia do imperialismo americano no planeta é uma coincidência?
 
Você ainda acredita que é por causa da influência russa nas eleições de 2016 que a CIA, o FBI, todos os meios de comunicação, o Congresso Americano, o Federal Reserve, o Partido Democrata e a metade calorosa dos republicanos estão trabalhando contra ele e estão até tentando o impeachment?
 
Como a maioria das coisas que saem das mídias, a realidade é exatamente o oposto do que eles estão dizendo: Trump pode ser o homem mais dedicado a pôr os pés no Salão Oval. E certamente, é o mais ambicioso e politicamente incorreto.
 
Conclusão
 
O mundo mudará drasticamente entre 2020 e 2024. O segundo e último mandato de Trump coincide com o último mandato de Putin como Presidente da Rússia. Nunca mais poderá haver outra coincidência como essa, isso por um longo tempo, e ambos sabem que é agora ou, talvez, nunca.
 
Juntos, eles vão acabar com a OTAN, o Swift e a União Europeia deve desmoronar.
 
O terrorismo e o aquecimento global antropogênico pularão do vórtice e desaparecerão assim como seus criadores.
 
Trump terá que drenar o pântano na CIA e no Pentágono, e ele deve nacionalizar o Federal Reserve.
 
Junto com Xi e Modi, eles poderiam finalmente pôr um fim ao setor bancário privado dos assuntos públicos, recusando-se a pagar um único centavo de suas dívidas, e redefinindo a economia mundial mudando para as moedas nacionais produzidas pelos governos, pois os bancos privados cairão como dominó, não haverá mais servos do tipo Obama para salvá-los às custas do povo.
 
Feito isso, a paz e a prosperidade esperadas ​​podem percorrer no planeta, pois nossos impostos pagarão pelo desenvolvimento de nossos países, em vez de comprar equipamentos militares inúteis e pagar juros de empréstimos por banqueiros que nem sequer tinham dinheiro para emprestar, em primeiro lugar.
 
Se você ainda não entende Donald Trump depois de ler o exposto acima, é inútil. Ou você pode ser um Trudeau, Macron, Guaido ou qualquer outro idiota útil, sem saber que o tapete sob seus pés já foi puxado.
 
Fonte: 




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


 
 


Recomenda-se o discernimento.

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Outubro 15, 2019

chamavioleta


https://www.washingtonexaminer.com/

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

 
 
.
 
 
 

 
 

Você desconfia da cobertura da “Mídia Mainstream” (média convencional) sobre o que está acontecendo agora no norte da Síria entre os curdos e o exército turco? Você tem um bom motivo para estar desconfiado. A rede ABC exibiu imagens de vídeo supostamente chocantes na segunda e no domingo, alegando ser de uma batalha da linha de frente entre os curdos sírios e os turcos invasores. O único problema é que as imagens parecem vir de uma demonstração noturna de metralhadoras e outras armas na Knob Creek Gun Range, em West Point Kentucky, dentro dos EUA.
 
 

FAKE NEWS descarado na rede ABC ao afirmar que imagens de vídeo de Kentucky mostram ataque turco em “massacre” a civis curdos.

 
 
Em uma exibição quase inacreditável de extrema incompetência ou fake news proposital desmascarada, a rede de televisão ABC News transmitiu imagens de um show de armas no Kentucky, alegando que seria de massacre em ataque turco a civis curdos no norte da Síria, aliados que Donald Trump teria entregado à sua própria sorte ao retirar as tropas dos EUA da Síria.

A (des)organização de notícias fez a incrível, notável e humilhante confusão em seu programa World News Tonight no domingo e, pasmem, novamente no dia seguinte, no programa Good Morning America na segunda-feira. Ele foi apresentado em um pacote que foi fortemente crítico à decisão do presidente dos EUA, Donald Trump, de retirar tropas militares dos EUA do norte da Síria.
Com o impactante título “Abate na Síria”, o gráfico na tela gritou quando o âncora (palhaço) Tom Llamas apresentou a filmagem “Este vídeo aqui parece mostrar os militares da Turquia bombardeando civis curdos em uma cidade fronteiriça síria”, disse Llamas enquanto a fita rolava na tela, em um pseudo massacre na Síria.
“Este vídeo “obtido” pela ABC News parece mostrar a fúria do ataque turco à cidade fronteiriça de Tal Abyad”, disse o correspondente sênior estrangeiro Ian Pannell (com forte sotaque britânico), que está na Síria, na segunda-feira no Good Morning America. Enquanto ele falava, a ABC exibiu imagens mostrando militares não revelados disparando balas de grosso calibre (.50) em alvos não revelados, causando explosões maciças de fogo, de fato um pesado fogo de artilharia.
No início deste domingo, o âncora da ABC News, Tom Llamas, também transmitiu as imagens supostamente chocantes, alegando que mostrava um ataque feroz da Turquia a civis curdos. “A situação rapidamente descontrolada no norte da Síria. Uma semana desde que o presidente Trump ordenou que as forças americanas saíssem dessa região efetivamente abandonando os aliados dos EUA na luta contra [o Estado Islâmico]”, disse ele.
E Lhamas descreve o vídeo como foi ao ar na tela:
“Este vídeo parece mostrar aqui o bombardeio militar de civis curdos da Turquia em uma cidade fronteiriça síria. Os curdos que lutaram ao lado dos EUA contra o ISIS. Agora, relatos horríveis de atrocidades cometidas por combatentes turcos contra esses mesmos aliados”, acrescentou.
A introdução ao programa que ele ancorou, o ABC World News Tonight também alegou a filmagem como sendo de “Uma cidade fronteiriça bombardeada pelos militares da Turquia”
As filmagens seriam realmente impressionantes se realmente fossem do norte da Síria Seria horrível se mostrasse um ataque turco a civis curdos. Mas não mostra os fatos que os (pseudo) jornalistas narram, pois que as filmagens mostram entusiastas de armas norte americanos fazendo um show de pirotecnia fantástico. para uma audiência em Kentucky. De fato, o Machine Gun Shoot e o Military Gun Show, que envolvem as filmagens noturnas muito populares, são um evento semestral na faixa de armas de Kentucky. As pessoas adoram o show. 
Então houve apenas um sério e grande problema: o vídeo não era do norte da Síria, nem da invasão e massacre dos turcos na Síria e foi filmado a cerca de 10.000 km de distância durante o show de armas na Knob Creek Gun Range, perto de West Point Kentucky, nos Estados Unidos da América !!!!
A uso de armas ao ar livre é uma realização de shows dramáticos duas vezes por ano e eles foram imortalizados em vários vídeos do YouTube. A rede ABC reproduziu nacionalmente um vídeo de 2017 do show em seu caótico FAKE NEWS de domingo com direito à repetição na segunda pela manhã.
A exibição dos clipes mostra claramente que é a mesma cena, mas o vídeo foi editado PROPOSITALMENTE para cortar o público assistindo em primeiro plano.
ASSISTA AO VÍDEO ORIGINAL:
Depois de transmitir as imagens com as noticias falsas para a maioria das residências nos EUA, a ABC também enviou o vídeo para o YouTube. O vídeo foi excluído posteriormente quando a manipulação foi completa e vergonhosamente desmascarada pelo público.
O World News Tonight emitiu uma correção na segunda-feira dizendo que a ABC News “lamentava o erro”.
“Nós gravamos o vídeo que foi ao ar no ‘World News Tonight’ domingo e no ‘Good Morning America’ nesta manhã que “pareciam ser da fronteira síria” imediatamente depois que perguntas foram levantadas sobre sua precisão”, twittou a desmascarada rede de televisão.
O erro da ABC é ainda mais flagrante pelo fato de as imagens do show de armas de Kentucky terem se viralizado anteriormente em outra notícia falsa, quando foi alegado, em outra tentativa de FAKE NEWS,  que mostrava pseudo forças curdas destruindo tanques turcos em janeiro de 2018.
Parece que a ABC não emprega nenhum fato real no seu jogo de tentar iludir seus espectadores com noticias manipuladas, falsas e que são desmascaradas, deixando os seus apresentadores bem próximo da realidade, jornalistas transformados em meros marionetes, simples palhaços, noticiando FAKE NEWS.
Voce acreditaria em qualquer “notícia, informação, fatos” que esses jornalistas Fakes vomitam em suas telas de TV? … Bem-vindo ao show de horrores!




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


 
 


Recomenda-se o discernimento.

 


Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Setembro 06, 2019

chamavioleta

Teri Wade.

8 de agosto de 2019

 
Traduzido por Adriano Pereira

a 6 de setembro de 2019.

 
 
 
 
Praticamente tudo na nossa realidade é falso. O nosso mundo está repleto de uma quantidade extraordinária de mentiras, enganos, falsificações, desinformações, fachadas, e uma quantidade incrível de lavagem cerebral. Mas, quando você acorda, você pode usar essa consciência como uma ferramenta para elevar a sua consciência, o que significa, que a falsificação acaba revelando tudo.
 
Para a maioria, é uma intensa sensação de liberdade e libertação, e para alguns é muito deprimente. A ideia de que praticamente tudo é falso pode ser bastante incapacitante. Muitos de vocês, lá no fundo, já sabiam disso e é daqui que vem a libertação. É como se tudo tivesse sido validado e você não sabe exatamente o que isso tudo significa.
 
As Fake News são uma ferramenta enganosa que estes arcontes usam para nos enganar. A mídia de Fake News encobre tudo na nossa realidade para nos distrair do que realmente está acontecendo. Não há nada equilibrado, justo ou imparcial nas notícias. Nos Estados Unidos, na Austrália e em outras nações ocidentais, as notícias são de propriedade e geridas por grupos de corporações com uma agenda própria.
 
Os principais meios de comunicação estão fabricando notícias por razões de propaganda perpetuada por falso jornalistas, estes sem qualquer integridade pessoal. Não passam de papagaios pagos a repetir as palavras de seu partido, só isso.
 
Quando olhamos centenas de anos atrás, diremos que nosso futuro projetado pela indústria de Hollywood e do entretenimento, não passou de uma agenda sombria e sinistra que foi empurrada sobre a raça humana. Se você está procurando por falsificação e superficialidade, procure em Hollywood e na indústria do entretenimento. Estes serão um olho-negro na nossa história.
 
A Cultura de Hollywood e seus pontos de vista são infundidos com o satanismo, e podemos ver isso se tornando cada dia mais aparente. A prostituição e a pedofilia correm desenfreadas em Hollywood, e por mais doentio que pareça, é assim que se faz em Hollywood, o que significa que estão vendendo a sua alma. A Cultura em torno da indústria do entretenimento é tão superficial quanto pode ser.
 
Na Publicidade Corporativa tudo é falso, e sua agenda é convencê-los. Isso é tudo controle virtual da mente por anunciantes corporativos com moral zero. Eles usam o marketing como psicologia arma. A Industria Farmacêutica são grandes traficantes no uso da psicologia em seus anúncios, usando casais felizes aposentados, bebês sorridentes, etc. Tudo para empurrar o veneno deles.
 
Os falsos medicamentos são uma variedade das drogas, a quimioterapia, radiação, vacinas, alteração da mente, etc. Além disso, o fato de que uma criança não vacinada pode infectar uma criança vacinada desafia toda a lógica. As vacinas são uma ferramenta utilizada na agenda de despovoamento ditada por Bill Gates e muitas elites. As vacinas são um exemplo de extrema falsificação no mundo falso de hoje.
 
As falsas comidas no mundo de hoje tornaram-se tão processadas e muito do que comemos não está sendo cultivado no solo, mas sendo criadas em fábricas. Lembre-se, a verdadeira imunidade humana deriva do estilo de vida e dieta. Grande parte do que as pessoas comem não passa de uma reprodução sintética comercializada chamadas de nutritivas. Alguns destes alimentos geneticamente modificados são tão transformados que quase têm tanto nutrientes quanto um pedaço de papel.
 
Os produtos geneticamente modificados estão muito longe de serem considerados alimentos verdadeiros, e seu principal objetivo, além da infertilidade e cancros, é alterar geneticamente o seu modelo de DNA. Basicamente, os alimentos geneticamente modificados foram criados para contornar a digestão, e irem diretamente para a corrente sanguínea. Ou seja, você não recebe nutrientes deste alimento, e todos os produtos químicos tóxicos como o glifosato vão diretamente para o seu sangue, que é exatamente o seu propósito. Não é bom!
 
As águas falsas são mais uma grande falsificação no nosso mundo. A maior parte da água que a gente bebe é "água morta" Diluída com cloro e flúor etc. Elas podem fazer o suficiente para nos manter vivos, mas não para prosperar. Lembre-se, nós somos feitos de água, e as águas verdadeiras estão fluindo e vivas, e transportam as memória e informações passadas. A água absorve o que está pensando e a sentindo, e muda a sua estrutura em conformidade com isso. Muitas pessoas estão a ficar doentes ao beberem dessa água sintética. O que sempre fazemos com a nossa água, estamos a fazer a nós mesmos.
 
O dinheiro é uma ferramenta importante para manter a humanidade no controle, e todos vocês estão muito conscientes desta tática enganosa. O nosso dinheiro não tem qualquer valor intrínseco, e não é preciso dizer mais sobre este assunto.
 
O falso estado de Israel. Israel adora falar sobre que é certo se defender, mas quando é que Israel alguma vez esteve sob ataque, além da sua própria imaginação. Talvez eles estejam preocupados com algumas pedras e paus jogados pelos palestinos em seu sistema de defesa de bilhões de dólares. 🙄
 
A falsidade na educação, ela não é feita para educar a mente humana, é sobre doutrinação. Eles estão educando a raça humana para serem trabalhadores obedientes, não pensadores. O único propósito do sistema de educação é derrubar o ser humano o suficiente para eliminar uma ameaça futura. Pense nisso... eles não vão educar uma população que poderia um dia tirá-los do poder.
 
As falsas religiões têm tudo a ver com a inserção de falsos dogmas, teologias e crenças nas mentes de alguém para controla-los.
 
Basicamente, o que as igrejas estão fazendo é cobrar de vocês um dízimo por uma "Tradução divina", que empurra sobre suas cabeças a agenda deles. As religiões acabaram por ser usadas para nos enganar. O Núcleo de todas as principais religiões deste planeta é o satanismo, e esta será uma enorme pílula vermelha que muitos não vão conseguir lidar.
 
Teri Wade.
 
 
Fonte: Facebook de Teri Wade
 
 
Teri Wade



 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcansar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos

 
 

Recomenda-se o discernimento.

 

Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.

 

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1

 


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub