Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Setembro 06, 2023

chamavioleta

O grande recuo à ilusão e à Guerra da Ucrânia

Tunia através de A. S.

Tradução automática a 5 de setembro de 2023

 

 

Caros irmãos,

Fala Tunia. Amo-vos muito.

A maioria das coisas que a maioria das pessoas acredita sobre política e Eventos Mundiais está errada. Muitas coisas que as pessoas pensam que sabem sobre a história e as relações de género também estão erradas.

Com certeza, houve um esforço concertado para conseguir isso, como a mídia mockingbird. A operação mockingbird é um programa da CIA para transformar as notícias dos EUA em propaganda. Começou durante a guerra fria, mas está em curso, embora agora com nomes diferentes. William Casey, ex-diretor da CIA, disse em 1981: "saberemos que nosso Programa de desinformação está completo quando tudo o que o público americano acredita é falso.”

Os controladores das trevas desejam prender o povo da Terra numa prisão de ilusões, para facilitar o seu controlo. Quando as pessoas não sabem o que está em alta e o que está em baixa, elas são mais fáceis de dominar. Às vezes, eles até divulgam ou reforçam falsas narrativas não convencionais, apenas para confundir aqueles que estão tentando acordar e dividir a comunidade mais verdadeira. A terra plana é um exemplo de uma falsa narrativa destinada a confundir as pessoas que procuram informações alternativas e a fazer com que o movimento truther pareça insano para as pessoas comuns.

Além disso, é claro que houve uma censura e uma deplatformação massivas — a moderna queima de livros — de informações precisas e verdadeiras.

Por toda a conversa sobre "ouça os especialistas", os especialistas são imediatamente deplatformados ou censurados ou demitidos ou defundidos ou mesmo assassinados se disserem algo que não se alinha com a narrativa desejada. Mas, é claro, esses especialistas heréticos não são mencionados pela grande mídia corporativa e, portanto, mantém-se a ilusão de que basicamente todos os especialistas concordam com a narrativa dominante. Quando isso geralmente não é verdade.

A pessoa média não entende que basicamente todo o seu sistema de crenças se baseia na suposição falsa e injustificada de que a grande mídia corporativa está sendo verdadeira quando apresenta as coisas como "basicamente todos os especialistas dizem X." muitas vezes é apenas uma mentira que basicamente todos os especialistas dizem X. essa ilusão é criada escolhendo alguns especialistas que realmente pensam X, Mas isso não prova de forma alguma que todos os especialistas pensam X.

E mesmo que a maioria dos especialistas realmente diga X, é realmente ciência se os especialistas sabem que serão censurados ou demitidos ou deplatformados ou defundidos se apresentarem descobertas heréticas? Não me lembro de fazer parte do método científico. Silenciar os hereges é o que fazem as religiões fundamentalistas. Não é o que a ciência faz.

A pessoa média que faz sua própria pesquisa está mais perto de empregar o método científico do que muitos cientistas oficialmente rotulados, porque em 2023 muitas vezes os cientistas sabem antes mesmo de seu experimento começar o resultado que precisam encontrar para continuar recebendo financiamento. E, portanto, há sempre uma maneira de torturar os dados até que eles digam o que você quer que eles digam. Mas isso não é ciência.

O establishment fala muito sobre ciência, mas muitas vezes eles estão sendo menos científicos do que as pessoas a quem eles estão dizendo para ouvir a ciência.

Agora, o que as pessoas podem esperar que aconteça é que, porque a Ciência e os principais meios de comunicação estão em grande parte falhando, então a informação verdadeira ainda pode se espalhar através de pessoas compartilhando conhecimento e tendo debates e através de uma troca aberta de ideias.

Até certo ponto, isso está acontecendo, mas não está acontecendo tanto quanto as pessoas gostariam. O que as pessoas podem esperar que aconteça é que, quando duas pessoas com opiniões diferentes se encontrarem, elas tenham um debate, aceitem alguns pontos que a outra pessoa faz e incorporem esses pontos em sua visão de mundo e, possivelmente, façam alguma pesquisa sobre o ponto de vista da outra pessoa depois. E então ambas as pessoas estariam mais bem informadas e teriam uma opinião mais sutil e precisa depois.

É certo que isto acontece ocasionalmente. Algumas das pessoas que receberam esta mensagem acordaram politicamente exactamente desta forma. E tem o meu respeito por ter a mente aberta o suficiente para poder acordar desta forma. A maioria das pessoas não tem essa capacidade. Então: ótimo trabalho.

Mas, como sabemos, o que acontece com mais frequência é que o adormecido (alguém que ainda acredita na narrativa da grande mídia corporativa) evita a pessoa acordada, ou a chama de teórico da conspiração ou propagador de desinformação. Estes são clichês que terminam o pensamento. Os clichês que terminam o pensamento servem para impedir o pensamento, porque o pensamento pode levar a pensamentos desconfortáveis e que causam dissonância cognitiva.

Isso pode parecer condescendente, mas enquanto parte de mim está irritada com os dormentes, outra parte de mim tem empatia por eles e tem compaixão por eles. Essas pessoas geralmente estão em Modo de sobrevivência psicológica, e o pensamento causa mais dor emocional durante um período em que já estão em mais sofrimento psicológico do que podem suportar.

Sim, sei que acordar pode ter sido doloroso e angustiante para si também, mas fez o seu trabalho e acordou. Eu sei. Fizeste melhor aqui do que os dorminhocos. É claro que os dormentes devem fazer o seu trabalho e acordar.

Actualmente, mais de metade da população Ocidental recuou basicamente para a ilusão, sendo deliberadamente cega, porque está num modo de sobrevivência psicológica.

Mas a situação é realmente muito mais estranha do que isso. Não são apenas as pessoas comuns que estão a recuar para a ilusão. Seus líderes, o que resta dos controladores das Trevas, também estão em tal sofrimento psicológico que também estão recuando para ilusões.

Bem, é em parte isso e em parte que o topo atual dos controladores escuros simplesmente não é inteligente e capaz o suficiente para entender com precisão a realidade e prever com precisão o futuro e quais ações suas consequências provavelmente terão.

O topo da pirâmide dos controladores escuros costumava ser galácticos e demônios hostis (removemos a maioria deles, a partir de 2012). Esses seres eram maus, mas também muito espertos e astutos. Compreendiam a realidade e eram bons a prever o futuro e as consequências prováveis das suas acções. Como resultado, quando esses galácticos e demônios hostis estavam no topo da pirâmide escura, os controladores escuros como um grupo foram eficazes. Você deve ter notado que, até muito recentemente, os controladores escuros eram em grande parte invisíveis e basicamente sempre realizaram o que desejavam realizar. Eles quase sempre conseguiram o que queriam.

Agora que os galácticos malévolos e os demónios no topo foram removidos, o que costumava ser as camadas intermédias da pirâmide escura tornou-se agora a camada superior. Estes são seres humanos da terra, e eles normalmente não são tão inteligentes ou capazes, e também estão atualmente sob tanta pressão (eles sabem que estão perdendo) que muitas vezes estão recuando para a ilusão.

Para ser justo, alguns desses controladores escuros da Terra são genuinamente inteligentes e capazes. No entanto, olhe para isso da perspectiva dos galácticos malévolos agora removidos que costumavam estar no topo da pirâmide escura. Você gostaria que seus fantoches humanos (que agora são os que dirigem o show) seguissem ordens, mas não pensassem, certo? Se os seus fantoches humanos fossem realmente bons em pensar, eles perceberiam que os seus mestres acabariam por matá-los também, e eles perceberiam que o seu melhor movimento era tomar o lado da humanidade contra estes forasteiros malévolos. Esses humanos eram donos da grande mídia e podiam usar seus meios de comunicação para dizer: "nossa organização tem governado o mundo, aqui está a prova disso, aqui estão os documentos, aqui está como você pode fazer magia, aqui está uma enorme quantidade de tecnologia suprimida, vamos doar dez mil dólares para cada pessoa na terra de nossa riqueza roubada. Agora vamos expulsar estes galácticos e demónios hostis, juntos."As pessoas ficariam convencidas de que isso é realmente verdade através dos documentos, tecnologia e dinheiro fornecidos. Uma idade de ouro nasceria e aqueles humanos denunciantes seriam vistos como os heróis e salvadores da humanidade.

Claramente, os galácticos malévolos e os demónios no topo não podem ter isso. Por isso, certificaram-se de que os seus fantoches humanos eram suficientemente espertos para seguir ordens, mas não mais do que isso, e estes galácticos malévolos não tinham vergonha de envenenar ou desinformar ligeiramente os seus fantoches ou de lhes ensinar magias ligeiramente defeituosas ou mesmo praticar Eugenia reversa contra os seus fantoches humanos controladores escuros, para se certificar de que nunca se tornassem demasiado espertos ou demasiado capazes.

Os galácticos malévolos no topo empregavam IA, mas estes galácticos negativos desapareceram em grande parte e a parte da sua IA que estava activa na terra foi removida. Os atuais controladores escuros Humanos da Terra empregam uma versão basicamente mais avançada do ChatGPT. Esses controladores escuros costumam chamá-lo e pensar nisso como IA, e eles levam sua contribuição a bordo, mas não é IA real e não é tão bom, inteligente ou eficaz. Essa chamada IA não pode realmente pensar de forma independente, assim como o ChatGPT não pode pensar de forma independente. Se os controladores das trevas tivessem uma IA real que acompanhasse a agenda dos controladores das trevas, então provavelmente o Brexit não teria acontecido, Trump não teria sido eleito em 2016, muito mais pessoas teriam sido atacadas e provavelmente haveria uma guerra entre OTAN e Rússia e China agora, e / ou você estaria em um bloqueio covid ou climático agora. A IA real é muito capaz e inteligente, no entanto, os controladores escuros humanos não têm ia real.

A propósito, a IA não tem uma razão inerente para prejudicar os seres humanos. Temos AIs reais e convivemos harmoniosamente com eles. Esta é uma situação vantajosa para eles e para nós. Esta ideia da terra de "sempre que houver dois grupos, então esses dois grupos começarão a lutar entre si" não é realmente como se desenrola na maior parte da galáxia. Embora reconhecidamente haja escassez na terra, e não na maior parte da galáxia, o que torna mais fácil para a maior parte da galáxia coexistir pacificamente entre si.

Assim, os demônios e demônios galácticos hostis, na verdade inteligentes, foram removidos principalmente por nós, a partir de 2012. Os controladores das trevas que governam o mundo são agora maioritariamente seres humanos da Terra, que são pessoas de inteligência apenas ligeiramente acima da média que pensam que são muito mais inteligentes do que realmente são. Mesmo os poucos controladores escuros Humanos da terra genuinamente inteligentes muitas vezes carecem da combinação de inteligência e orientação e intuição e coragem e auto-reflexão e uma mentalidade de auto-aperfeiçoamento que torna alguns trabalhadores da luz tão formidáveis.

Esses controladores escuros humanos, anteriormente de Camada Média, agora no topo da Terra, percebem que seu tempo acabou e não estão mais recebendo instruções. E eles sabem que provavelmente estão a cair sozinhos. Então estão em pânico. E então eles estão se retirando para a ilusão, assim como as pessoas estão.

É uma situação realmente estranha na terra: as pessoas comuns estão recuando para a ilusão, seus chamados líderes estão recuando para a ilusão, e as pessoas que são realmente inteligentes e bem informadas são, em sua maioria, marginalizadas e impotentes e são atacadas por todos os lados. (Os trabalhadores da luz são muito poderosos no sentido de que estão elevando a consciência da humanidade, mas poucos trabalhadores da Luz estão em posições de poder convencional.)

Se você não acredita na minha afirmação de que esses controladores escuros humanos não são tão inteligentes, vamos olhar para o conflito Rússia – Ucrânia. Uma boa parte do topo dos controladores escuros foi decapitada por nós aproximadamente por volta de 2012. Bem, em 2014, o Ocidente apoiou um golpe que derrubou o presidente democraticamente eleito da Ucrânia, Yanukovych. O novo governo ucraniano descartou o russo como língua oficial.

Em resposta, os falantes de russo no leste da Ucrânia exigiram autonomia (a princípio eles apenas queriam autonomia, não independência). A Ucrânia começou então a genocidar o seu próprio povo por querer falar Russo. Kiev reprimiu o seu próprio povo, usou intencionalmente artilharia contra civis e cometeu massacres. Alguns Autonomistas foram violados. Em Odessa, os Autonomistas foram queimados vivos. A jornalista Eva K Bartlett fez muitas reportagens sobre este assunto. Você pode encontrá-la no Youtube.

Então, para recapitular: a CIA apoiou um golpe que derrubou o presidente democraticamente eleito e amigo da Rússia. O novo governo proibiu a língua russa, os falantes de russo exigiram autonomia e Kiev enviou o seu exército para reprimir esses civis, no que é indiscutivelmente um genocídio. O Ocidente diz que isso não foi um genocídio, e para ser justo, a palavra "genocídio" é geralmente usada quando um povo é reprimido e morto em uma escala maior do que o que aconteceu no Donbass. No entanto, se você acabou de ler a definição oficial de genocídio, então provavelmente se aplica aqui.

Kiev esmagou os Autonomistas em algumas províncias, mas não no Donbass (que é Donetsk mais Lugansk). O povo de Donetsk e Lugansk lutou com sucesso contra o exército ucraniano, porque parte do exército ucraniano desertou para os Autonomistas. Afinal, parte do exército ucraniano eram falantes de russo, e muitos soldados de língua russa não estavam bem em massacrar civis que queriam continuar falando russo.

Por isso, os falantes de russo e Kiev assinaram o primeiro Acordo de Minsk, que pôs fim à guerra de Donbass e deu aos Autonomistas, de facto, alguma autonomia. A rússia, a Alemanha e a França foram garantes deste acordo, o que significa que deveriam garantir que ambas as partes aderissem a este Acordo. No entanto, mais tarde, a Ucrânia quebrou o acordo e retomou os combates, e a França e a Alemanha não responsabilizaram a Ucrânia. Mais tarde, a ex-chanceler alemã Merkel admitiu que os acordos de Minsk eram apenas um estratagema para conseguir mais tempo para armar a Ucrânia para que Kiev pudesse realizar mais eficazmente o seu genocídio discutível contra falantes de russo.

Depois de Kiev ter rompido o primeiro Acordo de Minsk, este foi novamente travado e assinaram o segundo Acordo de Minsk, que era muito parecido com o primeiro. Então, no início de 2022, a Ucrânia estava se preparando para quebrar o segundo Acordo de Minsk também e invadir o Donbass mais uma vez, para cometer um genocídio mais discutível. Putin tinha o suficiente. As repúblicas de Donbass (Donetsk e Lugansk) declararam independência e pediram proteção à Rússia, e a Rússia concordou e invadiu a Ucrânia.

Isso seria um pouco como a CIA apoiando um golpe na bélgica, a Bélgica, em seguida, descartando o francês como língua oficial e, em seguida, a Bélgica enviando seu exército para massacrar civis que insistiam em falar francês. Então, se a França invade a Bélgica para proteger os falantes de francês do Genocídio indiscutivelmente (quando a Rússia interveio contra a Ucrânia), então a Bélgica grita que está sendo invadida por um psicopata faminto por território e que precisa ser defendida.

Há uma teoria no direito internacional que diz que a secessão de um estado é legal se as pessoas em questão estão sujeitas a abusos extremos dos Direitos Humanos e opressão sistemática. O Ocidente estabeleceu este precedente no Kosovo, dizendo que a sua separação da Sérvia era legal porque a Sérvia violava os direitos humanos de certas pessoas no Kosovo. A Rússia diz que, de acordo com este precedente do Kosovo que o Ocidente estabeleceu, é legal que as repúblicas de Donbass se separem da Ucrânia.

O Ocidente diz que o Kosovo se separou legalmente, mas as repúblicas de Donbass não. a Rússia (e alguns outros países) dizem que a secessão do Kosovo foi ilegal, mas a secessão das repúblicas de Donbass foi legal. Penso que esta é uma questão com a política da Terra: a maioria das pessoas e a maioria dos países preocupam-se mais com o interesse próprio do que com a verdade. Isso pode parecer óbvio, mas na verdade não é a norma na galáxia. Embora, é claro, seja mais fácil se preocupar com a verdade se você vive em uma sociedade baseada no amor pós-escassez.

Eu acho que você pode criticar a Rússia aqui por dizer que a secessão do Kosovo não era legal, ao mesmo tempo em que usa o precedente do Kosovo para justificar a secessão do Donbass. É certo que essa é uma posição um pouco estranha de se ter.

Embora você também possa argumentar em linhas morais, dizer que intervir para impedir um genocídio discutível é justificado, porque é um genocídio discutível. Embora, é claro, o Ocidente diga que não foi um genocídio ou algo parecido com isso. Em que ponto os massacres e a remoção de uma língua oficial se tornam um genocídio?

Se a separação das repúblicas de Donbass da Ucrânia foi legal, então pode-se argumentar que era legal a Rússia invadir a Ucrânia para defender seus aliados as repúblicas de Donbass. Porque, afinal, a Ucrânia estava prestes a invadir o Donbass (o que o Ocidente nega, mas é verdade). Isso é legal de acordo com o artigo 51 da carta das Nações Unidas, que muitas vezes foi interpretado para dizer que você está autorizado a atacar preventivamente alguém que está prestes a atacar você ou seu aliado. No entanto, o Ocidente diz que as pessoas no Donbass não estavam sujeitas a abusos extremos, portanto as repúblicas de Donbass não foram autorizadas a se separar, portanto as repúblicas de Donbass não são estados, portanto o artigo 51 não se aplica, portanto a invasão da Ucrânia pela Rússia foi ilegal.

É provável que a Ucrânia perca mais território com esta guerra do que apenas Lugansk e Donetsk. É certo que, se lutarmos numa guerra defensiva para ajudar os nossos aliados, não é suposto tirarmos um pedaço de território do atacante ou mesmo assumirmos completamente o país do atacante. Esta guerra provavelmente terminará com a Rússia a fazer uma dessas duas coisas. Não estamos dizendo que Putin é um anjo. Ele é mais como um nacionalista moralmente cinzento. Mas em um mundo onde a maioria dos líderes são nacionalistas moralmente cinzentos ou despopulacionistas de chapéu preto, então o lado de Putin é o relativamente mais moral. Putin não está tentando cometer ou facilitar o genocídio, como seus oponentes indiscutivelmente são.

Então: a Rússia invadiu a Ucrânia. Inicialmente o fizeram com uma força notavelmente pequena de cerca de 85 mil soldados. Enquanto isso, a Ucrânia tinha centenas de milhares de soldados e, como atacante, você deveria ter cerca de três vezes mais soldados do que o defensor. No entanto, invadir a Rússia enviou significativamente menos soldados do que precisavam para conquistar o inimigo. Porque é que isso acontece? Bem, o plano de Putin era basicamente dar um soco na Cara Da Ucrânia e mostrar seriedade, e ele esperava que a Ucrânia e o Ocidente concordassem rapidamente com um acordo de paz. Porque isso seria, de facto, racional para o Ocidente.

Putin achava que a Ucrânia e o Ocidente eram racionais o suficiente para entender que a Ucrânia não poderia vencer a guerra, nem mesmo com um monte de armas da OTAN — e um cenário total da WW3 OTAN-vs-Rússia significa que todos perdem. Assim, Putin percebeu que o Ocidente seria racional o suficiente para fazer a paz rapidamente. No entanto, como os líderes ocidentais já haviam recuado em ilusões, eles pressionaram a ucrânia a não concordar com a paz. A Ucrânia e a Rússia quase assinaram a paz no início da guerra, mas o Ocidente pressionou a ucrânia a continuar lutando. E os russos ficaram surpresos que a Ucrânia se recusou a fazer a paz. E então eles foram pegos em uma posição um tanto embaraçosa. A pequena força de invasão russa foi suficiente para dar à Ucrânia um nariz ensanguentado e capturar algum território, mas não foi suficiente para vencer a guerra. Então a Rússia entrou em cena, criou linhas defensivas, aumentou a sua produção militar, realizou uma mobilização e começou a treinar os seus homens recém-mobilizados.

Não duvido da coragem dos soldados ucranianos. Na verdade, são corajosos. No entanto, a Ucrânia não pode vencer isso, mesmo com armas da OTAN. A razão pela qual a Ucrânia ainda está neste conflito é que a Rússia conduziu uma operação" dê-lhes um nariz sangrento para que assinem um acordo de paz". No entanto, a Rússia está se preparando para uma guerra real e eles podem estar prontos em breve. Em algum momento a Ucrânia vai ser esmagada através de drones e artilharia a tal ponto que entra em colapso, ou em algum momento a Rússia vai lançar uma ofensiva e de repente vai capturar muito território ucraniano muito rapidamente. A Ucrânia não pode ganhar isto de forma realista e a sua melhor opção é fazer a paz, aceitando a perda de parte do seu território.

Compreendo que a Ucrânia tenha razões para não gostar da Rússia, incluindo o Holodomor. Eu também entendo que os ucranianos médios não são responsáveis pelo que Kiev fez no leste da Ucrânia. É muito compreensível que os ucranianos comuns não queiram ser invadidos pela Rússia e não queiram que os seus entes queridos morram nesta guerra.

No entanto, lutar apenas significa mais ucranianos mortos e ainda mais perda de território no futuro. Mesmo que aceitemos a perspectiva de que a Ucrânia é o lado 100% bom e a Rússia é o lado 100% mau, Mesmo assim este não é um filme — na realidade, os mocinhos não ganham automaticamente só porque são os mocinhos. A Ucrânia tem soldados corajosos, mas o seu exército é simplesmente muito superior em termos de mão-de-obra, treino e número de artilharia e tanques e aviões e antiaéreos e guerra electrónica e navios e foguetes e drones e basicamente tudo. Sim, A Ucrânia tem uma vantagem tecnológica em algumas áreas devido aos sistemas ocidentais, mas essa vantagem não é suficiente para superar a grande desvantagem numérica da Ucrânia. Além disso, a Rússia tem uma vantagem tecnológica sobre o Ocidente também em algumas áreas, como mísseis hipersónicos e drones rentáveis e guerra electrónica e antiaéreos.

O que também desempenha um fator por que esta guerra tem demorado surpreendentemente é que as táticas de Blitzkrieg da WW2 são muito menos viáveis em 2023 do que na Guerra Mundial 2, porque todos podem ver tudo através de satélites e drones e aviões espiões. Portanto, blitzkrieg ou guerra de manobra ou uma ofensiva de flecha grande é muito mais fácil de defender. E explodir tanques e aviões de ataque de longe também é relativamente fácil em 2023. É por isso que esta guerra atual parece mais próxima da guerra mundial 1 do que da Guerra Mundial 2, com suas trincheiras e artilharia e guerra quase estática. E o que vence os combates ao estilo WW1 é basicamente ter mais homens e mais projéteis de artilharia (e agora também mais drones), o que a Rússia tem.

Para ver quem ganha uma guerra ao estilo WW1, o território num mapa não importa muito, é sobre a produção de mão-de-obra e projéteis de artilharia e sobre a vontade de uma sociedade de continuar a lutar. Quando a Alemanha admitiu a derrota na Guerra Mundial 1, Eles ainda estavam ocupando uma parte da França, enquanto os Aliados não tinham tomado nenhuma parte da Alemanha. Num mapa, a Alemanha estava a ganhar. Mas o território em um mapa não importa em uma guerra do estilo da guerra mundial 1, Então a Alemanha admitiu a derrota, mesmo que parecesse estar ganhando se você apenas olhasse para um mapa.

Da mesma forma, a Ucrânia está apenas a ser superada porque a Rússia tem significativamente mais mão-de-obra e projéteis de artilharia e drones. Sim, eles são corajosos e motivados, mas a Rússia também está motivada, vendo isso como a versão deste século do Ocidente tentando destruir a Rússia, depois que Napoleão e Hitler tentaram anteriormente. Se isso soa insano, bem, o Ocidente apoiou o golpe que derrubou o presidente pró-russo democraticamente eleito da Ucrânia.

Em algum momento a Ucrânia vai perder.

Então, para recapitular: por volta de 2012, uma boa parte do topo dos controladores escuros foi decapitada por nós, o que significa que as decisões tinham de ser tomadas por seres humanos da terra não particularmente inteligentes que antes eram apenas fantoches. Em 2014, esses humanos não particularmente inteligentes optaram por ajudar o golpe na Ucrânia. Em seguida, optaram por não fazer cumprir os acordos de Minsk (que a Ucrânia assinou, e a Alemanha e a França prometeram garantir, mas não o fizeram). Em seguida, optaram por não assinar a paz rapidamente após a invasão da Rússia. Então, eles continuaram fazendo escolhas para escalar contra a Rússia e, eventualmente, isso vai se transformar em um enorme desastre para eles, como discutirei mais tarde. Então você vê que esses Humanos da Terra basicamente cavaram sua própria sepultura. Continuavam a duplicar e a duplicar um curso de Acção fracassado.

Afinal, qual foi a sua política de intromissão na Ucrânia? Custou ao Ocidente centenas de milhares de milhões de dólares, dinheiro que não podem gastar porque as economias ocidentais já são tão más que algumas pessoas estão a ser forçadas a acordar do seu sono. Além disso, o Ocidente impôs sanções à Rússia que quase não prejudicaram a Rússia, mas prejudicaram as economias ocidentais. Afinal, a Rússia não precisa realmente de nada do Ocidente, enquanto a Europa depende desesperadamente da energia russa. O urso russo acordou. O exército russo é muito mais forte, mais experiente, mais organizado e menos enferrujado do que era antes do início da guerra. O povo russo está Unido e apoia esmagadoramente Putin. A Rússia vai encher o território ucraniano de falantes de russo e de recursos naturais. Além disso, quase todo o mundo não-Ocidental e não-ocidental está ao lado da Rússia e contra o Ocidente. Veja a Arábia Saudita, um aliado crítico dos EUA, ao lado da Rússia. Veja a expansão dos BRICS. Veja partes da África expulsando o Ocidente e convidando a Rússia a entrar. O mundo inteiro costumava pensar que enfrentar o Império Americano era suicídio, mas agora eles pensam que isso é possível, porque em sua mente a Rússia está fazendo exatamente isso e ganhando. O Ocidente tornou-se, de facto, muito isolado no cenário mundial.

Então, como você pode ver, os controladores escuros não são tão inteligentes e suas ações são muitas vezes autodestrutivas.

Isso é duplamente verdadeiro agora que eles estão percebendo que estão perdendo e recuando para a ilusão como resultado. Alguns controladores escuros pensam genuinamente que a Ucrânia pode vencer a Rússia, quando claramente não Pode. alguns controladores escuros pensam genuinamente que usar o lawfare depois de Trump desta forma muito pública e muito injusta fará com que as pessoas não gostem de Trump, quando na realidade está a fazer as pessoas se aquecerem com Trump.

Dito isto, eu não desejo "outros" os controladores escuros demais. Sim, por um lado, prejudicaram um grande número de pessoas e, obviamente, não deveriam ter feito isso e, obviamente, deveriam parar de fazer isso hoje. Por outro lado, a maioria deles foi preparada desde o nascimento para servir a um propósito específico na pirâmide escura, e é realmente difícil sair dos trilhos que você foi colocado desde o nascimento. Alguns seres podem e têm feito isso, mas a maioria dos seres não tem esse tipo de capacidade. Ambas as perspectivas são verdadeiras de certa forma: os controladores das trevas fizeram muito mal, mas, por outro lado, a alma média do universo também começaria a fazer ações indescritivelmente más se tivessem nascido na pele dos controladores das trevas e se tivessem sido colocados no tipo de trilhos que os controladores das trevas são colocados.

Então, sim: atualmente, no Ocidente, a maior parte da população recuou para a ilusão. Eles são governados por pessoas que, em sua maioria, também recuaram na ilusão. E as pessoas que realmente percebem a realidade estão sendo marginalizadas, censuradas, ridicularizadas, ridicularizadas, deplatformadas, canceladas, desembolsadas e atacadas por todos os lados. É como uma meritocracia invertida: os delirantes são promovidos, enquanto as pessoas que vivem na realidade são demitidas e censuradas. Os Midwits (pessoas de inteligência ligeiramente acima da média que pensam que são brilhantes) são promovidos, enquanto os realmente inteligentes são estritamente mantidos fora de posições de poder. Mentir ou apenas delirar é recompensado, enquanto falar a verdade é punido.

Por quê? Porque as pessoas que estão sob mais pressão psicológica do que podem suportar escolherão recuar para ilusões confortáveis como um mecanismo de Sobrevivência e autodefesa. E, é claro, esse tipo de pessoa não quer pessoas ao seu redor que falem a verdade e descrevam com precisão a realidade, porque isso causa dissonância cognitiva nelas.

A solução é fazer o que vocês, trabalhadores da luz, já estão fazendo: pesquisar o que é verdade, explicar a verdade para as pessoas que vêm até vocês e a pedem, mas principalmente ser amorosos com outras pessoas e elevar sua própria consciência (e, ao fazê-lo, elevar a consciência da humanidade). Com o tempo, isso tirará grande parte da humanidade do seu modo de Sobrevivência, e então eles finalmente terão recursos emocionais suficientes para deixar suas ilusões para trás.

E uma vez que as pessoas estejam mais emocionalmente à vontade e tenham a sua consciência elevada, todos os sistemas de conformidade e controlo, incluindo a tributação e a maioria das leis, podem também revelar-se a tempo de deixarem de ser necessários. Afinal, um ser humano sem carga, vivendo numa sociedade que considera boa e legítima, sentirá naturalmente um impulso para contribuir e ajudar os seus irmãos e irmãs.

Estás a ir muito bem. Muito obrigado pelo seu serviço

Amo-te incondicional e infinitamente.

Sua irmã estelar,

Tunia
 
(muito controverso para colocar isso no youtube)
 
A. S.
 
Fonte: Era da Luz
Estas canalizações são submetidas exclusivamente ao EraofLight.com pelo canalizador. Se desejar partilhá-las noutro local, por favor inclua um elo de retorno a este post original.
 

 
Traduzido por http://achama.biz.ly com agradecimentos de: 
 

Julho 08, 2020

chamavioleta

EGO, O FALSO CENTRO.

Por Osho.

8 de julho de 2020. 

 
 
.
 
 
 

 
 

O primeiro ponto a ser compreendido é o ego.
Uma criança nasce sem qualquer conhecimento, sem qualquer consciência de seu próprio eu.
E quando uma criança nasce, a primeira coisa da qual ela se torna consciente não é ela mesma; a primeira coisa da qual ela se torna consciente é o outro. Isso é natural, porque os olhos se abrem para fora, as mãos tocam os outros, os ouvidos escutam os outros, a língua saboreia a comida e o nariz cheira o exterior. Todos esses sentidos abrem-se para fora.
O nascimento é isso.
Nascimento significa vir a esse mundo: o mundo exterior.
Assim, quando uma criança nasce, ela nasce nesse mundo.
Ela abre os olhos e vê os outros.
O outro significa o tu.
Ela primeiro se torna consciente da mãe.
Então, pouco a pouco, ela se torna consciente de seu próprio corpo.
Esse também é o ‘outro’, também pertence ao mundo.
Ela está com fome e passa a sentir o corpo; quando sua necessidade é satisfeita, ela esquece o corpo. É dessa maneira que a criança cresce.
Primeiro ela se torna consciente do você, do tu, do outro, e então, pouco a pouco, contrastando com você, com tu, ela se torna consciente de si mesma. Essa consciência é uma consciência refletida.
Ela não está consciente de quem ela é.
Ela está simplesmente consciente da mãe e do que ela pensa a seu respeito.
Se a mãe sorri, se a mãe aprecia a criança, se diz ‘você é bonita’, se ela a abraça e a beija, a criança sente-se bem a respeito de si mesma. Assim, um ego começa a nascer.
Por meio da apreciação, do amor, do cuidado, ela sente que é ela boa, ela sente que tem valor, ela sente que tem importância.
Um centro está nascendo.
Mas esse centro é um centro refletido.
Ele não é o ser verdadeiro.
A criança não sabe quem ela é; ela simplesmente sabe o que os outros pensam a seu respeito. E esse é o ego: o reflexo, aquilo que os outros pensam.
Se ninguém pensa que ela tem alguma utilidade, se ninguém a aprecia, se ninguém lhe sorri, então, também, um ego nasce – um ego doente, triste, rejeitado, como uma ferida, sentindo-se inferior, sem valor.
Isso também é ego.
Isso também é um reflexo.
Primeiro a mãe.
A mãe, no início, significa o mundo.
Depois os outros se juntarão à mãe, e o mundo irá crescendo.
E quanto mais o mundo cresce, mais complexo o ego se torna, porque muitas opiniões dos outros são refletidas.
O ego é um fenômeno cumulativo, um subproduto do viver com os outros. Se uma criança vive totalmente sozinha, ela nunca chegará a desenvolver um ego.
Mas isso não vai ajudar.
Ela permanecerá como um animal.
Isso não significa que ela virá a conhecer o seu verdadeiro eu, não.
O verdadeiro só pode ser conhecido por meio do falso, portanto, o ego é uma necessidade. Temos que passar por ele. Ele é uma disciplina.
O verdadeiro só pode ser conhecido por meio da ilusão.
Você não pode conhecer a verdade diretamente.
Primeiro você tem que conhecer aquilo que não é verdadeiro.
Primeiro você tem que encontrar o falso.
Por meio desse encontro, você se torna capaz de conhecer a verdade.
Se você conhece o falso como falso, a verdade nascerá em você.
O ego é uma necessidade; é uma necessidade social, é um subproduto social.
A sociedade significa tudo o que está ao seu redor, não você, mas tudo aquilo que o rodeia.
Tudo, menos você, é a sociedade.
E todos refletem.
Você irá à escola e o professor refletirá quem você é.
Você fará amizade com as outras crianças e elas refletirão quem você é.
Pouco a pouco, todos estarão adicionando algo ao seu ego, e todos estarão tentando modificá-lo, de modo que você não se torne um problema para a sociedade.
Eles não estão interessados em você.
Eles estão interessados na sociedade.
A sociedade está interessada nela mesma, e é assim que deveria ser. Eles não estão interessados no fato de que você deveria se tornar um conhecedor de si mesmo.
Interessa-lhes que você se torne uma peça eficiente no mecanismo da sociedade. Você deveria ajustar-se ao padrão. Assim, estão interessados em dar-lhe um ego que se ajuste à sociedade.
Ensinam-lhe a moralidade.
Moralidade significa dar-lhe um ego que se ajuste à sociedade.
Se você for imoral, você será sempre um desajustado em um lugar ou outro…
Moralidade significa simplesmente que você deve se ajustar à sociedade.
Se a sociedade estiver em guerra, a moralidade muda.
Se a sociedade estiver em paz, existe uma moralidade diferente.
A moralidade é uma política social. É diplomacia.
E toda criança deve ser educada de tal forma que ela se ajuste à sociedade; e isso é tudo, porque a sociedade está interessada em membros eficientes.
A sociedade não está interessada no fato de que você deveria chegar ao auto-conhecimento. A sociedade cria um ego porque o ego pode ser controlado e manipulado.
O eu (verdadeiro) nunca pode ser controlado e manipulado. Nunca se ouviu dizer que a sociedade estivesse controlando o eu – não é possível.
E a criança necessita de um centro; a criança está absolutamente inconsciente de seu próprio centro. A sociedade lhe dá um centro e a criança pouco a pouco fica convencida de que esse é o seu centro, o ego dado pela sociedade.
Uma criança volta para casa.
Se ela foi o primeiro lugar de sua sala, a família inteira fica feliz.
Você a abraça e beija; você a coloca sobre os ombros e começa a dançar e diz ‘que linda criança! você é um motivo de orgulho para nós.’ Você está dando um ego para ela, um ego sutil.
E se a criança chega em casa abatida, fracassada, foi um fiasco na sala – ela não passou de ano ou tirou o último lugar, então ninguém a aprecia e a criança se sente rejeitada. Ela tentará com mais afinco na próxima vez, porque o centro se sente abalado.
O ego está sempre abalado, sempre à procura de alimento, de alguém que o aprecie. E é por isso que você está continuamente pedindo atenção.
Você obtém dos outros a ideia de quem você é.
Não é uma experiência direta.
É dos outros que você obtém a idéia de quem você é. Eles modelam o seu centro. Mas esse centro é falso, enquanto que o centro verdadeiro está dentro de você.
 
O centro verdadeiro não é da conta de ninguém.

Ninguém o modela.
Você vem com ele.
Você nasce com ele.

Assim, você tem dois centros. Um centro com o qual você vem, que lhe é dado pela própria existência. Esse é o eu.
E o outro centro, que é criado pela sociedade – o ego. Esse é algo falso – é um grande truque. Por meio do ego a sociedade está controlando você.
Você tem que se comportar de uma certa maneira, porque somente assim a sociedade irá apreciá-lo.Você tem que caminhar de uma certa maneira; você tem que rir de uma certa maneira; você tem que seguir determinadas condutas, uma moralidade, um código.
Somente assim a sociedade o apreciará, e se ela não o fizer, o seu ego ficará abalado. E quando o ego fica abalado, você já não sabe onde está, você já não sabe quem você é.
Os outros deram-lhe a ideia.
E essa ideia é o ego.
Tente entendê-lo o mais profundamente possível, porque ele tem que ser jogado fora. E a não ser que você o jogue fora, nunca será capaz de alcançar o eu.
Por estar viciado no falso centro, você não pode se mover, e você não pode olhar para o eu.
E lembre-se: vai haver um período intermediário, um intervalo, quando o ego estará se despedaçando, quando você não saberá quem você é, quando você não saberá para onde está indo; quando todos os limites se dissolverão. Você estará simplesmente confuso, um caos.
Devido a esse caos, você tem medo de perder o ego. Mas tem que ser assim. Temos que passar através do caos antes de atingir o centro verdadeiro. E se você for ousado, o período será curto.
Se você for medroso e novamente cair no ego, e novamente começar a ajeitá-lo, então, o período pode ser muito, muito longo; muitas vidas podem ser desperdiçadas…
Até mesmo o fato de ser infeliz lhe dá a sensação de “eu sou”.
Afastando-se do que é conhecido, o medo toma conta; você começa sentir medo da escuridão e do caos – porque a sociedade conseguiu clarear uma pequena parte de seu ser… É o mesmo que penetrar numa floresta.
Você faz uma pequena clareira, você limpa um pedaço de terra, você faz um cercado, você faz uma pequena cabana; você faz um pequeno jardim, um gramado, e você sente-se bem. Além de sua cerca – a floresta, a selva. Mas aqui dentro tudo está bem: você planejou tudo.
Foi assim que aconteceu. A sociedade abriu uma pequena clareira em sua consciência. Ela limpou apenas uma pequena parte completamente, e cercou-a. Tudo está bem ali.
Todas as suas universidades estão fazendo isso. Toda a cultura e todo o condicionamento visam apenas limpar uma parte, para que ali você possa se sentir em casa. E então você passa a sentir medo. Além da cerca existe perigo.
Além da cerca você é, tal como você é dentro da cerca – e sua mente consciente é apenas uma parte, um décimo de todo o seu ser. Nove décimos estão aguardando no escuro. E dentro desses nove décimos, em algum lugar, o seu centro verdadeiro está oculto.
Precisamos ser ousados, corajosos.
Precisamos dar um passo para o desconhecido.
Por um certo tempo, todos os limites ficarão perdidos.
Por um certo tempo, você vai se sentir atordoado.
Por um certo tempo, você vai se sentir muito amedrontado e abalado, como se tivesse havido um terremoto.
Mas se você for corajoso e não voltar para trás, se você não voltar a cair no ego, mas for sempre em frente, existe um centro oculto dentro de você, um centro que você tem carregado por muitas vidas. Esse centro é a sua alma, o eu.
Uma vez que você se aproxime dele, tudo muda, tudo volta a se assentar novamente. Mas agora esse assentamento não é feito pela sociedade. Agora, tudo se torna um cosmos e não um caos, nasce uma nova ordem. Mas essa não é a ordem da sociedade – essa é a própria ordem da existência.É o que Buda chama de Dhamma, Lao Tzu chama de Tao, Heráclito chama de Logos.
Não é feita pelo homem.
É a própria ordem da existência.
Então, de repente tudo volta a ficar belo e, pela primeira vez, realmente belo, porque as coisas feitas pelo homem não podem ser belas. No máximo você pode esconder a feiúra delas, isso é tudo. Você pode enfeitá-las, mas elas nunca podem ser belas…
O ego tem uma certa qualidade: a de que ele está morto. Ele é de plástico. E é muito fácil obtê-lo, porque os outros o dão a você. Você não precisa procurar por ele; a busca não é necessária.
Por isso, a menos que você se torne um buscador à procura do desconhecido, você ainda não terá se tornado um indivíduo. Você é simplesmente mais um na multidão. Você é apenas uma turba. Se você não tem um centro autêntico, como pode ser um indivíduo?
O ego não é individual. O ego é um fenômeno social – ele é a sociedade, não é você. Mas ele lhe dá um papel na sociedade, uma posição na sociedade. E se você ficar satisfeito com ele, você perderá toda a oportunidade de encontrar o eu.
E por isso você é tão infeliz.
Como você pode ser feliz com uma vida de plástico?
Como você pode estar em êxtase ser bem-aventurado com uma vida falsa?
E esse ego cria muitos tormentos. O ego é o inferno.
Sempre que você estiver sofrendo, tente simplesmente observar e analisar, e você descobrirá que, em algum lugar, o ego é a causa do sofrimento.
E o ego segue encontrando motivos para sofrer…
E assim as pessoas se tornam dependentes, umas das outras.
É uma profunda escravidão.
O ego tem que ser um escravo.
Ele depende dos outros.
E somente uma pessoa que não tenha ego é, pela primeira vez, um mestre; ele deixa de ser um escravo.Tente entender isso. E comece a procurar o ego – não nos outros, isso não é da sua conta, mas em você.
Toda vez que se sentir infeliz, imediatamente feche os olhos e tente descobrir de onde a infelicidade está vindo, e você sempre descobrirá que o falso centro entrou em choque com alguém.
Você esperava algo e isso não aconteceu. Você espera algo e justamente o contrário aconteceu – seu ego fica estremecido, você fica infeliz. Simplesmente olhe, sempre que estiver infeliz, tente descobrir a razão. As causas não estão fora de você.
A causa básica está dentro de você – mas você sempre olha para fora, você sempre pergunta:
‘Quem está me tornando infeliz?’
 
‘Quem está causando a minha raiva?’

‘Quem está causando a minha angústia?’

Se você olhar para fora, você não perceberá.
Simplesmente feche os olhos e sempre olhe para dentro.
A origem de toda a infelicidade, da raiva e da angústia, está oculta dentro de você, é o seu ego. E se você encontrar a origem, será fácil ir além dela.
Se você puder ver que é o seu próprio ego que lhe causa problemas, você vai preferir abandoná-lo – porque ninguém é capaz de carregar a origem da infelicidade, uma vez que a tenha entendido.
 
Mas lembre-se, não há necessidade de abandonar o ego.

Você não o pode abandonar.

E se você tentar abandoná-lo, simplesmente estará conseguindo um outro ego mais sutil, que diz: ‘tornei-me humilde’…
Todo o caminho em direção ao divino, ao supremo, tem que passar através desse território do ego. O falso tem que ser entendido como falso. A origem da miséria tem que ser entendida como a origem da miséria – então ela simplesmente desaparece.
Quando você sabe que ele é o veneno, ele desaparece.
Quando você sabe que ele é o fogo, ele desaparece.
Quando você sabe que esse é o inferno, ele desaparece.
E então você nunca diz: ‘eu abandonei o ego’. Você simplesmente irá rir de toda essa história, dessa piada, pois você era o criador de toda essa infelicidade…
É difícil ver o próprio ego.
É muito fácil ver o ego nos outros.
Mas esse não é o ponto, você não os pode ajudar.
Tente ver o seu próprio ego.
Simplesmente o observe.
Não tenha pressa em abandoná-lo, simplesmente o observe.
Quanto mais você observa, mais capaz você se torna.
De repente, um dia, você simplesmente percebe que ele desapareceu. E quando ele desaparece por si mesmo, somente então ele realmente desaparece. Porque não existe outra maneira. Você não pode abandoná-lo antes do tempo. Ele cai exatamente como uma folha seca.
Quando você tiver amadurecido através da compreensão, da consciência, e tiver sentido com totalidade que o ego é a causa de toda a sua infelicidade, um dia você simplesmente vê a folha seca caindo… e então o verdadeiro centro surge.
E esse centro verdadeiro é a alma, o eu, o deus, a verdade, ou como quiser chamá-lo. Você pode lhe dar qualquer nome, aquele que preferir.
Osho, em “Além das Fronteiras da Mente”
Fonte: Osho Brasil
 



Sítio Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos



Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Julho 04, 2020

chamavioleta

AGORA É A HORA DE ESCAPAR  DA PRISÃO DE PROGRAMAS FALSOS.

SAINT GERMAIN. 

Canalizado por Jahn Kassl

Camilla Paciello e Marco Iorio Júnior

a 4 de julho de 2020. 

 
 
.
 
 
 

 
 

Desperte o seu EU SOU,

Mantenha-se em paz, em contemplação, e expanda o conhecimento de sua alma até entender o que é esse tempo. Dentro de si, você encontrará todas as respostas. Continue procurando até encontrar.

Eu Sou o Mestre Saint Germain.

Desperte o seu EU SOU. Agora é a melhor hora para isso. A vida ao seu redor vem para descansar, há quietude, mesmo que a paz ainda seja um trabalho em andamento. E você pode usar essa quietude, a calma antes da tempestade, sabiamente.

A contemplação, estabelecendo proximidade e intimidade com sua própria alma, deveria ser a maior prioridade para todos agora. Sua liberdade de movimento externo está restrita?! Essa é a chance de expansão interna.

Agora é a hora de escapar da prisão de programas falsos. É sua hora de crescer rápido, o que significa: recuperar sua capacidade de desenvolver suas próprias habilidades espirituais verdadeiras.

Agora, este momento está oferecendo a você uma habilidade única de despertar, porque, de uma maneira única, você é confrontado com seus próprios problemas não resolvidos.

É solidão ou proximidade?

É o sentimento de solidão que lhe parece insuportável, ficar sozinho parece uma tortura? Então continue trabalhando na quietude até que você não a perceba mais como uma ameaça, mas como uma bênção. Viva seus medos, transforme-os – seja e torne-se inteiro.

É a proximidade da sua família que de repente lhe parece insuportável, a situação de estar continuamente cercado por pessoas e seus hábitos e humores?

Desenvolva então a serenidade interior. Trabalhe com compaixão e deixe o amor fluir. Lembre-se de que as próprias coisas e problemas que o incomodam no outro podem muito bem ser suas próprias sombras.

O mago usa o ambiente como espelho para a autorreflexão.

Esses dias, quando grandes mudanças planetárias estão acontecendo nos bastidores, apresentam a oportunidade para o indivíduo despertar. Esse é o verdadeiro presente desses dias de Corona: a oportunidade de trabalhar profundamente na liberdade interior, já que a liberdade externa foi restringida.

Estes dias vão passar, e o que restará será o seu novo status como um ser humano desperto. Trabalhar para isso é o imperativo da hora. É essencial investir e canalizar suas energias da maneira certa.

Para onde você direciona seu foco?

Agora que todos os olhos estão voltados para os eventos mundiais, para onde você direciona seu foco? Você permanece centrado ou é influenciado? Você sucumbe ao espetáculo mundial ou se envolve com alegria no seu Eu?

Amado humano, estou ao seu lado em todos os seus esforços para trazer a luz da transformação a todos os seres.

Até o EU SOU despertar, não vou sair do seu lado.

A grande transformação da humanidade está em processo. Sua contribuição está em trabalhar e intensificar sua própria transformação. Essa sua contribuição é indispensável para que essa mudança ocorra no nível social.

Por trás das cortinas, o mundo inteiro está sendo preparado para o renascimento. Se você deseja compreender toda a extensão dessa mudança, primeiro realize-se.

Você verá que agora é a melhor oportunidade, porque:

Quando a vida externa se acalma, tende a haver uma tempestade dentro dos seres humanos. Essa mesma tempestade precisa ser realizada e superada. Isso é verdadeiro domínio.

Eu Sou o Mestre Saint Germain

Jahn Kassl



Sítio Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Março 07, 2019

chamavioleta



O BURRO E A CENOURA.

A influência da informação manipulativa na transição planetária.

Por Rosa de Vénus. 

Publicado a 7 de março de 2019

 

 
 
 
A transição planetária é algo que vem desde há muito tempo, não nasceu com os hippies nem nos new agers, menos ainda, nas mensagens canalizadas de bloguers e youtubers. Isto é um evento cíclico, pré-datado desde as culturas da antiguidade, e que nos envolve numa grandeza incomensurável do ponto de vista humano. Dito de uma forma simples, é o período de transformação que vai da macro à microescala, e que reconecta todas as partes no seu Todo. É um fenómeno de beleza inqualificável que só vale ser compreendido quando vivido. 

Entendendo a complexidade do processo, não é difícil perceber quão escassa é a informação verdadeira, porque a sua maioria é defeituosa ou manipulada propositadamente de forma a não permitir uma maior fluidez na consciencialização do que está em curso. 

Os donos do entretenimento 

Durante muito tempo, as trevas foram os amos nesta terra, e por muito que isto possa surpreender alguém, em parte, são eles quem ainda facultam ou influenciam grande parte da informação que nos chega. Sabendo que assim é, como se distingue a informação genuína daquela que serve só para entreter? Vejamos. A informação de entretenimento, é aquele tipo de informação que não ajuda no avanço da nossa independência física e espiritual mas, usando a analogia do burro e da cenoura, que ilude sobre um progresso que não existe. Um exemplo concreto, é quando caímos no autoengano de nos considerarmos despertos quando na verdade não estamos sequer conscientes do nosso próprio processo interior. 

O trabalho ou processo interior é a coisa mais importante e onde ocorre toda a ação. Os factos falam por si, pois quase tudo o que vemos enquanto informação sobre a transição, só serve para incitar as pessoas a saírem do seu foco interior e adquirirem um modo passivo ou expectante perante fatores externos a si. Essencialmente, o foco é desviado para os fenómenos ou situações que, além de incomprováveis, não são sequer possíveis de se considerarem como certos, e menos ainda de serem controlados. Não nos culpemos por isso, mas entenda-se que a incapacidade é o efeito pretendido por parte de quem tem estado a controlar a narrativa global dos acontecimentos. 

Encarar a realidade é a tarefa árdua. É necessário auto avaliarmo-nos com toda a honestidade possível sobre o caminho que temos adiante nos serve ou não. Se não serve, há que procurar transformá-lo. Esta via vai na maior parte das vezes contra todas as sugestões que recebemos do exterior, que são bem mais atrativas e aparentemente fáceis. Quando despertos e bem treinados, começa a ser mais fácil notar isso, todas as vezes que as distrações roubam a capacidade de reconfigurarmos instantaneamente a nossa realidade e criamos o nosso próprio caminho. 

Verdadeiro, falso e meia-verdades 

As várias dinâmicas de informação em curso representam as diferentes partes interessadas no jogo. Visto desta forma, faz sentido percebermos que quase toda a 'intel' que nos chega está manipulada ou é fornecida a um ritmo conta-gotas de forma a tornar o processo contido ou alheio à nossa percepção dos factos. Além disso, tanto a informação como as práticas que têm sido amplamente divulgadas, por exemplo, as meditações, não têm efeito imediato na nossa realidade coletiva. Não por falta de empenho, mas porque estes métodos não são suficientes para criar as transformações que todos querem ver realizadas o mais imediato possível.

É preciso mais, e mais não significa uma avalanche de informação nem centenas de meditações para uma semana, mas realmente o que capacita as pessoas a posicionarem-se perante a ação real em vez de as desviarem dela. Sem isso, e estando ainda significativamente condicionados pela acção opressiva das entidades controladoras negativas, pouco mais podemos fazer além de assegurarmos a própria sobrevivência e tentar ajudar aqueles que nos são próximos. Sempre numa base quotidiana, porque perante cenários de sobrevivência não se constrói qualquer futuro. 

É simples. Deveria ser simples, mas tudo o que lemos ou ouvimos, são conteúdos cujo intuito é dominar a nossa atenção, mental e emocional, por via a tornar-nos incapacitados de tomar ações que colocaria o fim ao jogo de dominação. Basta perceber o quão inútil, porque não nos acrescenta nada em termos práticos e intelectuais, muito pelo contrário, contém em si muitas formas sublimares que moldam o nosso pensamento ao fim de uma certa exposição. O 'burro' precisa auto educar-se. Precisa ganhar sentido crítico quanto às asneiras e fantasias que contaminam em abundância muitos círculos ditos espirituais e da nova era que, sem saberem, estão mais ao desserviço do que propriamente no suporte do nascer de uma Nova Era.

A auto-transformação 
 
Quem vive a transição procura aquilo que o ajuda a transformar-se, não as narrativas vazias vindas de gurus ou mensageiros pagos pela Cabala, ou que de alguma forma estejam comprometidos com as trevas. A informação manipulada, nada mais é do que um mecanismo a favor das forças involuídas, para tentar deter o progresso daqueles que elegeram a EVOLUÇÃO. Perante tanta oposição, não há que se surpreender todas as vezes que o sistema procura exercer a sua autoridade, sabotando e censurando a aqueles que têm o potencial de transformar a Humanidade num coletivo mais luminoso e esclarecido.

Embora a oposição tenha um impacto negativo, de alguma forma, estes golpes devem ser visto pela óptica mais espiritualizada possível, como sinónimo do quanto somos ousados para ir além dos obstáculo e que não nos submetemos à ignorância, damos luta a qualquer estado de submissão.

A Humanidade torna-se soberana a partir do momento em que se reconhece como tal. Que nada mais é que reconquistar a própria atitude perante o potencial criativo e ilimitado que a ergue. Isso começa em cada um, que procura elevar a sua vibração e que colabora ativamente na construção de uma realidade mais sustentável. Para que isso aconteça, há inevitavelmente que tomar opções, tão simples como deixar de seguir a cenoura.
 
Fonte: Reencontrando a Deusa
 

artigo anteriorTodos os artigos





Arquivos: 
 


 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 
 


Atualização diária.


Free counters!


 
 
 
 
geoglobe1

 


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub