Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Abril 01, 2023

chamavioleta

A ilusão é reconhecida pelo que é - ILUSORIA!

Saulo (de Tarso - Paulo) 
Canal: John Smallman

Tradução a 1 de abril de 2023

 

 

Aqui, nos domínios não-físicos, todos aguardamos com grande entusiasmo o iminente despertar colectivo da humanidade, e para nos juntarmos a todos vós nas celebrações que estão planeadas e que se seguirão.  Na verdade, um evento magnífico está prestes a desenrolar-se, e a alegria que estão prestes a experimentar irá indubitavelmente surpreendê-los, à medida que os tempos irreais de medo, dor e sofrimento se dissolvem no vazio do qual parece ter surgido a actualidade.  Vós ireis acordar na Alegria que sempre foi, é e será sempre a vontade de Deus para toda a Sua Criação divina.  Vós estais sempre presentes neste estado de alegria sem limites, apenas parece, enquanto estiverdes em forma como seres humanos, que este não é nem pode ser o caso, e isso é devido ao que a ilusão, o estado de sonho, ou o jogo da separação, é.  Construíram-no precisamente para este fim, e serviu extremamente bem o seu propósito, mas chegou o 'tempo' para a sua terminação - sonhos e jogos não duram e não podem durar, há sempre um ponto de terminação - e esse ponto é AGORA!
 
Com o tempo', onde actualmente se está a viver a vida como seres humanos em forma, há muito tempo que lhe dizemos que o momento para a cessação da ilusão ou do jogo está 'muito próximo', e que irá acontecer 'muito em breve'.  E isto tem sido sempre verdade, não tem sido uma ideia ilusória fantasiosa que lhe temos vindo a oferecer.  No entanto, porque está a viver a vida 'a tempo', e porque, naturalmente, acredita e submete-se ao 'fluxo do tempo', este momento de 'proximidade', de 'rapidez' parece ter durado 'muito tempo'.   Mas, como tantas vezes vos foi dito - e como a física moderna finalmente percebeu - o 'tempo' não é real, só existe AGORA.  E assim é agora, quando se vai acordar, e mesmo quando se está a experimentar a aparente 'realidade' da irrealidade do tempo, esse momento de agora está extremamente próximo.  Lembro-vos mais uma vez que tudo está divinamente tratado, que o plano divino de Deus para vós é absoluta e precisamente 'pontual', porque não há outra possibilidade!
 
Vós estais a despertar, e muitos estão de facto a viver momentos encantadores de estar acordados, durante os quais se sentem felizes e alegres, e estão a perceber que não há necessidade de duvidar do que foi divinamente prometido, porque podem senti-lo, e por isso sabem que está a acontecer.  A ilusão está a ser reconhecida pelo que é - ilusória!  Sim, há muitos que ainda estão totalmente empenhados nela, e sofrem enormemente em consequência disso, mas isso é, claro, 'NORMAL!  A normalidade que tem vindo a experimentar durante eons está tão longe da Realidade quanto é possível, uma vez que a sua mente egoísta colectiva continua a encorajar o medo, e a expectativa resultante de futuras catástrofes e desastres.  A realidade aparente do irreal tem sido mantida de forma muito inteligente, enquanto as cenas e os actores mudam, e a história aparentemente interminável continua a desenrolar-se.
 
Este tempo de espera está a ser vivido de forma extremamente intensa por muitos devido ao desenrolar dos dramas para os quais os meios de comunicação social estão a chamar a sua atenção, porque muitos estão plenamente conscientes da necessidade de grandes mudanças na forma de viver e interagir uns com os outros, e porque muitos também sentem que estas mudanças essenciais estão a ocorrer, mas não com a rapidez suficiente.  Na verdade, muitos interrogam-se se as mudanças necessárias serão realmente levadas a cabo, ou se, em vez disso, algumas catástrofes catastróficas poderão lançá-lo de volta ao turbilhão de violência e corrupção em que a humanidade tem estado colectivamente envolvida há eons.  Esta ansiedade é completamente compreensível porque está profundamente enraizada em todos vós, devido aos eons em que o modo de vida colectivo tem sido passo a passo de catástrofe em catástrofe, e como o conflito foi escolhido como o único caminho a seguir, em vez de se envolver em diálogo e deliberação para benefício de todos os envolvidos.  No entanto, o colectivo finalmente, irrevogavelmente, escolheu e tomou definitivamente a decisão de despertar.  Portanto, devido ao amor e à sabedoria com que essa escolha/decisão foi feita, totalmente apoiada pela Mãe/Pai/Deus, não há maneira de cair de novo na limitação, no conflito e na confusão.
 
Todos estão a tomar consciência de que só existe Amor, que a sua verdadeira e única natureza é o Amor, e estão a abraçar com muito gosto e entusiasmo esta Verdade divina, a única VERDADE.  Todos vós sois Amor, nunca se afastaram desse estado, apenas caíram momentaneamente num estado de amnésia, enquanto dormiam e sonhavam, e do qual estão prestes a despertar para a plena consciência da alegria eterna da vossa verdadeira e imutável natureza - Um com o outro e com a vossa Fonte divina e santa.
 
Por favor continuem a fazer visitas diárias aos vossos santuários sagrados individuais, onde gostareis de sentir a Paz e o Amor que está sempre presente dentro de vós, aguardando a vossa aceitação da mesma.  Fazendo isto, fortalece enormemente a vossa constante e poderosa intenção de só estar a amar o que quer que surja durante o dia.  Depois, silenciosa e maravilhosamente, vivendo e como a sua verdadeira natureza sem qualquer fanfarra ou exibição egoísta, demonstrará muito eficazmente a todos com quem interage o espantoso poder do Amor para manter uma energia de paz e calma que é sentida por todos aqueles com quem entra em contacto.  Fazer precisamente isto é o vosso propósito agora, porque ser vós é a forma mais eficaz e expedita de trazer todo o colectivo humano à plena consciência da sua verdadeira e divina natureza.  Este é o estado de completa e mais alegre vigília - sem qualquer possibilidade de interrupção - em que todos estão eternamente presentes e mais belamente concentrados na divina Presença da Mãe/Pai/Deus, que é um estado de alegria insuperável.
 
Com muito amor, Saulo (Saulo de Tarso)
 
 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

 

Fevereiro 07, 2023

chamavioleta

Só o amor é real

Jesus (Issa, Sananda) 

Através de John Smallman

Tradução a 7 de fevereiro de 2023

 
 
 
Tu e eu, somos Um, e ser Um é Tudo o que precisamos, porque Um é Mãe/Pai/Deus, Amor, Fonte, de Quem Tudo flui de forma constante e infinitamente amorosa no acto sempre em curso da criação energética.
 
Isto nunca é interrompido ou pausado, mesmo no instante mais infinitamente pequeno que se possa conceber. Deus, Amor, Fonte, flui para sempre e sempre abundantemente em e através de cada expressão individualizada de Si próprio em pura alegria, porque essa é a Sua Divina Vontade, que está sempre a ser estendida em deleite com a maravilha sem fim que Ela é. Cada ser senciente é uma expressão individualizada ou diferenciada de Deus experimentando a Si próprio numa relação incessante e eterna consigo próprio através de cada um de vós, e é muito boa.
 
Sim, todo e qualquer ser senciente é uma expressão eterna e individuada de Deus. E, portanto, cada um de vós tem a sua própria vontade, total e incondicionalmente livre. Cada um de vós, na sua forma humana, escolheu pessoalmente jogar o jogo que é o estado ilusório ou de sonho, onde parece que o medo é a energia motivadora de praticamente todos os jogadores. O resultado é que gastam quantidades excessivas de energia individualmente - física e emocional - a fim de se defenderem ou protegerem das inúmeras ameaças possíveis aos vossos corpos, que podem danificá-los ou destruí-los seriamente se baixarem a guarda e não prestarem atenção. Na maioria das vezes, quando as vossas vidas fluem relativamente suavemente, sentem-se, e parecem relaxados e à vontade, mas abaixo do nível da vossa consciência os vossos egos estão sempre em alerta prontos para se envolverem no modo "luta ou fuga". No entanto, os vossos corpos são apenas veículos temporários nos quais escolheram passar algum tempo experimentando medo e limitação, ou procurando amor, estados que só podem estar presentes enquanto são seres aparentemente separados na forma, porque, tal como a ilusão, são irreais. Só o Amor é Real, É Quem Sois, e sentindo que vos falta Ele e depois precisam de ir à procura Dele, só é possível enquanto estiverem aparentemente separados Dele enquanto mergulhados no estado ilusório de separação.
 
O despertar colectivo da Humanidade é o processo com que finalmente e colectivamente escolheram envolver-se, a fim de fazer o vosso caminho para o Lar de Deus com Quem sois eternamente Um; um Lar do qual nunca e nunca poderiam ser separados ou deixados. É por isso que o processo em que a humanidade está actualmente totalmente envolvida é referido como o seu "despertar". Não foste a lado nenhum! Acabou de adormecer. Quando acordarem, muito em breve, encontrar-vos-eis encantados em Casa, onde sempre estais e sempre estivestes, presentes na Presença infinitamente amorosa da Mãe/Pai/Deus. Na alegria dessa Presença que não desejais para nada, não tendes necessidades ou exigências de qualquer tipo, e estais totalmente livres para vos envolverdes da forma mais maravilhosa e cooperativa em relação a todas as miríades de expressões individualizadas de vós próprios, o Um Aquele que é Tudo.
 
A vida é um estado constante da mais alegre abundância ou plenitude que se escolheu temporariamente renunciar enquanto presente e temporariamente encarnado para ajudar da forma mais graciosa e munificente no processo de despertar colectivo. Lembre-se, uma vez encarnado, não tem memória da sua verdadeira natureza, embora tenha a sensação de que a vida em forma como humano deve ter um propósito. E tendo procurado um especial para si próprio que lhe oferece valor, significado e alegria no ambiente físico e não tendo encontrado um que seja completamente satisfatório, olhe então para dentro para ver se consegue descobrir o que é que o motiva a continuar a procurar.
 
Se cresceu numa cultura que abraçou uma determinada religião, poderá descobrir que a fé nas promessas dessa religião era suficiente. Se não for o caso, ou se cresceu sem qualquer orientação religiosa, poderá procurar um sentido noutras crenças, ou concluir que a vida humana foi um acontecimento único com o qual se envolveu o melhor que pôde enquanto durou. A maioria das pessoas acaba por deixar de procurar, pois ao fazê-lo parece não oferecer nenhuma solução para o dilema que todos experimentam - qual é o meu objectivo, será que tenho mesmo um? - e tentam evitar pensar na morte, porque o pensamento de uma completa cessação da vida não é particularmente aliciante.
 
Mas não há morte. Os vossos corpos têm uma expectativa de vida, um período de tempo esperado durante o qual experimentam a vida em forma, e à medida que o tempo passa, eles crescem desde a infância até à idade adulta madura e depois começam a deteriorar-se, até já não conseguirem suportar a energia da infinita vontade de vida que cada um de vós é. Depois, depõem-nas e regressam ao estado pleno e sem forma em que foram criados, e nesse momento têm uma escolha a fazer, quer para aceitarem plena e alegremente o vosso regresso à Unidade desperta e consciente, quer para manterem um estado muito menos consciente em que se agarram às crenças que passaram a aceitar como 'realidade' enquanto encarnavam. Sois sempre livres de escolher como vivereis a vida, ninguém mais pode fazer essa escolha por vós, nem mesmo Deus. Neste último caso, um ser pode passar muito tempo, ou seja, pode continuar a experimentar ansiosamente a separação e a confusão sobre o seu propósito de vida, embora desencarnado. Mas não se preocupe com esta possibilidade, pois todos optarão por despertar. Como já vos disse antes, ninguém pode ficar a dormir indefinidamente, e quando um ser escolhe acordar da irrealidade da separação, a alegria total e completa irá envolvê-lo e abraçá-lo, pois encontra-se uma vez mais na eterna Presença da Mãe/Pai/Deus, um estado do qual ele agora sabe que nunca partiu.
 
Por isso, lembro-vos mais uma vez que a vida é eterna, todos vós sois seres eternos a experimentar momentaneamente a vida humana na forma humana. Só por serem, agora e em cada momento, enquanto vocês - todos, sem excepções, actualmente encarnados - vivem as vossas vidas em forma, estão a ajudar, de forma grandiosa e bela, no inevitável e imparável despertar da vossa própria humanidade. Por fazerem isto, todos vós estais muito honrados, e no vosso despertar a vossa alegria por terem escolhido participar neste magnífico e milagroso acontecimento inundará absolutamente a vossa consciência com uma felicidade inimaginável. Todos vós tendes definitivamente um propósito divino na Terra neste momento, e todos vós o estais a cumprir perfeitamente.
 
O vosso irmão amoroso, Jesus.

John Smallman
 
 
 


 
Traduzido por achama.biz.ly, com agradecimentos, de:
com ajuda da versão gratuita do tradutor: deepl.com/Translator

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub