Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Janeiro 23, 2021

chamavioleta

Conheça os efeitos da falta do autoconhecimento na era digital

Eu Sem Fronteiras

18 de janeiro de 2021


 
 
 
Muito se fala sobre os efeitos da internet na sociedade mundial. Alguns defendem que ela é boa, porque promove o contato com diversas culturas e referências, enquanto outros dizem que ela é tóxica, porque pode influenciar pessoas de forma negativa e em uma escala imensa. Não é possível dizer que alguma dessas perspectivas está errada. A internet é boa e tóxica, na medida que seus usuários a utilizam.
 
Pense assim: se você segue pessoas que compartilham conteúdos que fazem com que você se sinta bem, será mais fácil identificar o lado positivo da internet. Por outro lado, se você acompanha pessoas que divulgam conteúdos que lhe desagradam, ou se vê constantemente pessoas serem influenciadas por isso, será mais fácil afirmar que a internet é tóxica. Tudo depende da sua realidade e do seu ponto de vista.
 
Porém, há um fator que vale para todas as experiências online: o autoconhecimento é fundamental para manter a sua sanidade mental nesse cenário. Para entender essa afirmação, primeiro você deve ter certeza do que é autoconhecimento. É um processo que consiste em desvendar sua verdadeira essência, avaliando quem você é, o que você busca, quais são seus defeitos e de onde vêm as suas opiniões sobre o mundo.
 
Mas como o autoconhecimento funciona na era digital? Como ele pode nos ajudar a ter uma experiência melhor nas redes sociais que usamos normalmente? Como ele se faz presente e importante para cada faixa etária? A seguir, entenda cada um desses questionamentos!
 
O autoconhecimento na era digital
 
Na era digital, estamos sempre em contato com um mundo virtual, que pode destoar da realidade em que vivemos. Em um sentido, isso permite que entremos em contato com outras formas de pensar, com outras culturas e com outros jeitos de existir. Em outro sentido, isso pode nos aprisionar a um cenário que não corresponde ao que realmente importa nas nossas vidas.
 
Com o fenômeno de influencers digitais e anúncios patrocinados, entramos em contato com conteúdos que se tornam itens de desejo. Queremos consumir o que as pessoas com muitos seguidores consomem, queremos ter uma vida feliz e bem-sucedida como é a das pessoas que acompanhamos. Queremos ser iguais e elas. A realidade de alguém que talvez nem conheçamos na vida real passa a ser nosso maior desejo, e entendemos aquela vida como a definição de sucesso, e não como uma possibilidade de sucesso.
 
377053 / Pixabay
 
 
É por meio do autoconhecimento na era digital que conseguimos combater essa distorção que ocupa nossas mentes. Se você é consciente do que quer para a sua vida, de qual é a sua realidade e de que é possível ser feliz seguindo os seus objetivos, as outras pessoas não terão poder sobre a sua existência e sobre os seus planos de vida.
 
Se você é uma pessoa com mais visibilidade online e precisa lidar com haters, ou com comentários negativos sobre você, o autoconhecimento é o que vai ajudá-lo a lidar melhor com isso. Uma vez que sabemos quem somos, quais são os nossos defeitos e as nossas qualidades, a opinião dos outros sobre nós deixa de ser importante e relevante. Afinal, é só uma opinião, e não uma verdade.
 
Se você já entendeu como o autoconhecimento na era digital se faz essencial, continue lendo o artigo para descobrir como ele se faz presente em cada idade, e como pode melhorar a experiência de cada pessoa na internet!
 
Autoconhecimento durante a infância
 
Durante a infância, quando uma pessoa ainda está descobrindo o mundo, quais são seus gostos e quais são seus desejos, é muito fácil que ela seja influenciada por tudo o que vê ao seu redor. Para encantar uma criança, basta mostrar algo colorido, divertido ou com um som interessante.
 
Então, o maior risco para a infância durante a era digital é a exposição desenfreada aos anúncios de produtos e de brinquedos, veiculados por meio de canais do YouTube destinados a crianças, que realizam o processo de desembalar esses itens (unboxing).
 
Tais vídeos apresentando brinquedos e outros itens despertam a curiosidade e o desejo das crianças, que ainda não entendem como o dinheiro funciona, e não sabem que adquirir a maioria desses produtos seria financeiramente inviável para a maioria das famílias brasileiras. Então, quando elas não conseguem aquilo que tanto desejam, podem se sentir frustradas e inconformadas, culpando os familiares por isso.
 
A Intel Security, em 2015, realizou uma pesquisa sobre os usuários de redes sociais, e a idade deles. Identificou-se que 83% dos internautas são crianças de 8 a 12 anos que estão ativas na internet. Ou seja, estão em contato direto com os anúncios.
 
 
Cherylt23 / Pixabay
 
 
Em 2019, porém, o Ministério Público brasileiro exigiu que o Google removesse os vídeos do YouTube que apresentavam anúncios de brinquedos. Dessa forma, as crianças teriam o contato com esse tipo de conteúdo reduzido.
 
Tendo em vista que as crianças podem ter suas vidas prejudicadas pela exposição aos anúncios da internet, o autoconhecimento deve partir de conversar com seus familiares e de controle sobre o conteúdo que elas consomem.
 
Uma criança que ainda está se formando não poderia desenvolver um autoconhecimento sobre si, mas pode aprender, aos poucos e com as pessoas de seu convívio social, que os brinquedos e produtos que ela tem podem lhe trazer satisfação e diversão, sem precisar de tudo que veem em propagandas.
 
O controle dos familiares sobre o conteúdo que as crianças consomem também é essencial, para garantir que elas não estarão sendo expostas a materiais inadequados para suas faixas etárias ou que podem promover desejos que não serão atendidos. Mantenha o diálogo com seus filhos!
 
Autoconhecimento durante a adolescência
 
Durante a adolescência, o contato com a internet é ainda maior. As pessoas se fazem mais presentes nas redes sociais e podem até construir relações de amizade que só existem no ambiente virtual. Há inúmeros perigos escondidos na diversão online, como cyberbullying e exposição à pornografia e a influências negativas, mas vamos analisar como o autoconhecimento se mostra nesse universo ameaçador.
 
Diferentemente da infância, é improvável que os familiares de uma pessoa adolescente sejam capazes de controlar o conteúdo que ela consome. Como ela já está adquirindo independência, pode acreditar que os parentes a estariam atrapalhando nesse processo de descobrir contas a seguir e vídeos para assistir.
 
Infelizmente, a situação pode fugir do controle com facilidade. Falando sobre os casos de cyberbullying, que se caracterizam por agressões virtuais a uma pessoa (xingamentos, intimidação, ameaças etc.), uma pesquisa promovida pela Intel Security, em 2015, revelou que 66% dos jovens brasileiros de 8 a 16 anos que participaram do levantamento já presenciaram casos de agressão na internet.
 
Muitas vezes, um comentário negativo sobre a aparência de alguém pode parecer inofensivo para quem o escreve, mas terá consequências sérias para quem o recebe. Nesse sentido, o autoconhecimento auxiliaria uma pessoa a não se abalar com possíveis críticas ou ataques.
 
O cyberbullying deve ser punido, e os adolescentes devem ser capazes de conversar sobre isso com seus familiares, mas é a partir do autoconhecimento que esses jovens terão consciência de que o que dizem sobre eles na internet não corresponde ao que eles realmente são.
 
StartupStockPhotos / Pixabay
 
 
Outra ameaça da internet para os adolescentes é a exposição à pornografia. O serviço de aconselhamento ChildLine, do Reino Unido, realizou um estudo em 2015 com 700 adolescentes de 12 a 13 anos sobre esse tema. Constatou-se que 1 em cada 5 adolescentes recebeu uma imagem pela internet que considerou perturbadora, enquanto 12% afirmaram já ter participado de alguma forma de um vídeo de sexo explícito.
 
O problema da exposição à pornografia é a formação de uma imagem sobre o sexo que não corresponde a realidade. A sexualização e a objetificação dos corpos pode fazer com que as pessoas se sintam mal consigo, ou que tenham expectativas sobre o ato sexual que não podem ser atendidas.
 
Com o autoconhecimento, porém, adolescentes podem aprender sobre seus corpos, sobre o que lhes dá prazer e sobre formas seguras de se proteger de ISTs ou de prevenir uma gravidez. A educação sexual e as informações sobre a importância de se conhecer, nesse caso, podem ser fornecidas por familiares ou por escolas.
 
Finalmente, a exposição a perfis de influenciadores ou de celebridades pode ameaçar a autoestima de muitos adolescentes. Meninos e meninas podem criar uma imagem irreal de um corpo ideal, e conduzirão seus hábitos alimentares de forma a atingir um objetivo impossível, visto que muitas vezes as fotos que essas pessoas compartilham são editadas.
 
Por meio do autoconhecimento, adolescentes podem compreender que o corpo deles é único e que isso os torna especiais. Tentar se parecer com outras pessoas não fará com que eles tenham mais visibilidade, ou com que sejam alguém melhor. É importante que saibam quem são e do que realmente gostam para não se renderem a esse tipo de influência.
Autoconhecimento durante a adultice
 
Na fase adulta, muitos dos problemas da adolescência ainda podem permanecer na internet. No entanto, surge uma outra situação que pode prejudicar o bem-estar de uma pessoa: a comparação com pessoas bem-sucedidas.
 
Durante a infância e durante a adolescência, as pessoas não pensam com intensidade sobre o que esperam das suas vidas. Já na fase adulta, é comum que se questionem sobre as carreiras que escolheram, sobre suas famílias e sobre as escolhas que fizeram até o presente momento.
 
Quando uma pessoa adulta se depara com um perfil de alguém que parece ter mais dinheiro, mais felicidade, mais tempo de lazer e mais sucesso, imediatamente realiza comparações com a própria vida. Começa a imaginar que tudo o que tem não está bom, que é preciso mudar, que é preciso ser como essa outra pessoa.
 
 
StartupStockPhotos / Pixabay
 
 
Nesse sentido, o autoconhecimento surge como um aliado para o público adulto que está inserido nas redes sociais. Se uma pessoa adulta tiver consciência das próprias escolhas e se suas metas de vida forem bem definidas, ela saberá que a vida dos outros é só uma outra forma de viver e não a única forma de viver.
 
Assim, as comparações tendem a diminuir, bem como os problemas que podem ter começado na adolescência. Outra dica é se rodear, online, de pessoas que tenham escolhas de vida parecidas com as suas, e que são felizes assim. Uma influência positiva fará bem para a imagem que você constrói sobre a sua vida.
 
Autoconhecimento durante a velhice
 
Os maiores problemas do uso da internet durante a velhice são a desinformação e o risco de cair em golpes virtuais. Como as pessoas mais velhas não estão acostumadas ao ambiente digital, elas podem sentir dificuldade para separar a realidade da ficção na internet, o que faz com que elas compartilhem notícias falsas ou sejam vítimas de golpes sem se darem conta disso.
 
A prática de enganar pessoas para que elas compartilhem dados bancários e informações confidenciais é chamada de phishing, e os idosos são os que mais sofrem com isso. Como eles têm dificuldades para verificar a veracidade de mensagens ou de notícias, acabam acreditando que uma pessoa má intencionada é quem ela diz ser, sem desconfiar.
 
Pasja1000 / Pixabay
 
 
Para proteger as pessoas idosas desses golpes, o ideal é que os familiares sempre conversem com elas sobre isso, para impedir que o pior aconteça. Assim, o autoconhecimento não tem serventia para as pessoas idosas, mas há uma outra situação na qual ele tem utilidade.
 
As comparações que aconteciam durante a adultice ainda podem tomar conta da vida de uma pessoa idosa. Ela pode se deparar com amigos ou amigas que estão vivendo de uma forma diferente dela, e imagina que seria melhor se fosse mais como eles. E então, a sensação de solidão e de infelicidade irá tomar conta dessa pessoa, que se esquece de que a vida que ela tem também é boa.
 
O autoconhecimento é fundamental para que os idosos lembrem-se de quem são e de que as vidas deles foram muito bem vividas, assim como as de outras pessoas. Se eles não forem capazes de realizar esse processo de olhar para si sozinhos, devem receber o auxílio dos familiares.
 
A era digital apresenta uma série de benefícios, mas também esconde armadilhas que podem promover muito mal-estar. Se você quer escapar de problemas como esse, o melhor a fazer é desenvolver seu autoconhecimento e sempre dialogar com as pessoas que fazem parte do seu círculo social!
 
 
Eu Sem Fronteiras
 


 

 
A verdade dentro de nós libertar-nos-á. 
Nós somos UM.
Não há necessidade de religiões dogmáticas, partidos políticos e ciência dogmática, vinculados a uma cabala negra que nos divide para reinar.
Qualquer investigação à VERDADE genuína irá confirmá-la.
A VERDADE não precisa de proteção.
Pergunta: Por que será que os sionistas têm tanto medo de qualquer investigação ao Holocausto?
 


Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos
 
 




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Agosto 23, 2020

chamavioleta

A Elite Global tem muito mais controle sobre nós do que a maioria ousaria imaginar.

Fonte:  The Most Important News.

Tradução, edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch

 
 
.
 
 
 
 
 
 
 
Não importa como e onde você se enquadre no espectro político, provavelmente você concordará que a elite global tem muito poder e influência sobre tudo e todos. Já se disse que “dinheiro é poder”, e hoje isso parece mais verdadeiro do que nunca.  Aqueles que estão no topo da pirâmide ditam e impõe as regras do jogo para o resto de nós, e não há muito que o resto de nós possa fazer a respeito. E mais do que nunca, as “vozes dissonantes” [ou os teóricos da conspiração] estão sendo cada vez mais, perseguidos e calados …
 
 


Quando falamos sobre como a elite global domina nossas vidas, o foco tende a ser em como eles influenciam os governos nacionais, mas a verdade é que essa é uma das áreas onde a elite global tem menor controle aparente. Sei que pode parecer estranho, mas acredito que as coisas ficarão mais claras no final deste artigo.

 
Eu diria que as grandes corporações transnacionais são o principal veículo que a elite usa para controlar nossas vidas. Na verdade, muitas dessas grandes corporações transnacionais globais são agora maiores e mais poderosas do que a maioria dos governos nacionais e, coletivamente, a rede de corporações globais que domina o planeta é muito maior e muito mais poderosa do que qualquer governo nacional.

Há alguns anos, foi realizado um estudo notável que examinou de perto as relações de interconexão das principais corporações em todo o mundo. Esse estudo descobriu que uma rede de 1.318 enormes empresas dominava a economia global e também descobriu que apenas 147 corporações colossais e transnacionais no centro dessa rede formavam uma “super entidade” que controlava 40 por cento de toda a rede …

Cada uma das 1318 grandes empresas tinha laços com duas ou mais empresas do grupo e, em média, estavam conectadas a 20 outras. Além do mais, embora representassem 20 por cento das receitas operacionais globais, as 1318 pareciam possuir coletivamente, por meio do controle de suas ações, a maioria das ações das demais grandes empresas blue chips e de manufatura do mundo- a economia “real” – representando o controle de mais 60 por cento das receitas globais.

Quando a equipe desvendou ainda mais a teia de propriedade, ela descobriu que grande parte dela remontava a uma “super entidade” de apenas 147 empresas ainda mais unidas – todas as suas propriedades eram detidas por outros membros da super entidade – que controlava 40 por cento da riqueza total da rede. “Na verdade, menos de 1 por cento das empresas eram capazes de controlar 40 por cento de toda a rede”, diz Glattfelder. A maioria eram instituições financeiras. Os 20 primeiros incluem Barclays Bank, JPMorgan Chase & Co e The Goldman Sachs Group.

É claro que no topo estão os indivíduos ultra-ricos que possuem e controlam as gigantescas corporações que compõem essa “super entidade”, um monstro sutil sem face e sem nome.

 
É por isso que todas as nossas principais empresas parecem ter os mesmos valores. No topo, suas propriedades estão todas interligadas e, portanto, tentar mudar fundamentalmente a cultura dessas gigantescas corporações é quase impossível.

Muitos promoveram a ideia de se recusar a enfrentar esse monstro economicamente, mas isso se tornou quase impossível. Ao longo dos anos, vimos tantas empresas promissoras serem engolidas por essa “super entidade” e, em muitos casos, os clientes dessas empresas nem percebem que agora pertencem a outra dono. Por ter uma fatia tão grande do mercado, a elite global essencialmente dita o que é produzido, o que é vendido e o que é comprado.

E se você precisar de um empréstimo para comprar uma casa ou fazer alguma outra compra importante, normalmente terá que passar por uma de suas instituições financeiras. Mas é claro que não para por aí. Os políticos adoram falar sobre “criação de empregos”, mas a verdade é que são as nossas grandes corporações que realmente detêm a chave sobre quem trabalha e onde.

Quando eu era bem mais jovem, deixei bem claro quem eu era e o que acreditava ser no meu currículo. Que grande erro foi esse. Se você quer ser contratado pela elite, tem que parecer que você compartilha os valores dela e que você será uma boa engrenagem na máquina.

E a elite garante que terá um suprimento infinito de “pequenas engrenagens boas”, dominando completa e totalmente nosso sistema de ensino superior. Faculdades e universidades que fizeram o que a elite desejava foram totalmente inundadas de dinheiro, enquanto outras foram deixadas de lado.

Neste ponto, uma “educação universitária” será praticamente a mesma, não importa aonde você vá, e isso é extremamente lamentável.

Assim que deixamos a escola, a elite continua a controlar o que pensamos por meio de sua propriedade de quase todas as principais empresas de mídia e entretenimento. Hoje, mais de 90% das “notícias” e “entretenimento” que recebemos por meio de nossas televisões são produzidos por seus colossais impérios de mídia, e o americano médio passa aproximadamente cinco horas por dia na frente de uma televisão.


Se você permitir que alguém alimente propaganda em sua mente durante cinco horas por dia, isso terá um enorme impacto em como você vê o mundo. Você pode tentar mudar para um canal diferente do que normalmente assiste, mas isso não mudará muito. Você já se perguntou por que as notícias sempre soam iguais, independentemente do canal que você está assistindo?


Desnecessário dizer que isso não acontece por acaso.

Nos primeiros anos, a Internet permitiu que vozes alternativas competissem com os gigantescos impérios da mídia, mas agora isso está mudando rapidamente. Como as corporações gigantescas agora controlam grande parte da Internet, essas corporações podem silenciar vozes dissidentes, “deplatando-as”. Uma por uma, luzes brilhantes estão se apagando em toda a Internet e, eventualmente, as únicas vozes que sobrarão serão as vozes aprovadas pela empresa.

A Constituição que governa nossa terra deve garantir a liberdade de expressão do cidadão. Mas as corporações que dominam completamente nossas vidas agora controlam a maioria das “praças públicas” online, e eles já deixaram bem claro que eles vão ditar o que pode e o que não pode ser dito.

Portanto, você ainda pode sair para o seu quintal e dizer o que quiser, mas neste ponto a “liberdade de expressão” está morta neste país para todos os fins práticos. Você está começando a entender o poder que eles têm?


O presidente Trump não pode controlar o que você diz, mas as grandes corporações fazem isso todos os dias. E, ao contrário de nossos políticos, não podemos nos livrar das corporações na cabine de votação. Não importa o que aconteça em novembro, a elite global continuará a dominar nossa sociedade, mas se continuarmos no caminho que eles estão nos conduzindo, nosso futuro será extremamente sombrio .

Vozes como a minha continuarão tentando despertar as pessoas, mas quando o outro lado tem recursos quase ilimitados, é uma batalha muito difícil de lutar. No entanto, nunca podemos desistir, porque enquanto as corporações pertencentes à elite global dominarem completamente nossa sociedade, nunca seremos verdadeiramente livres.




Sítio (site) Principal: http://achama.biz.ly/
e-mail: site@achama.biz.ly
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!


 

Dezembro 12, 2017

chamavioleta


Putin para lançar "Internet independente" sem "Censura da Nova Ordem Mundial"

(Tradução)
 
 
 
 
 
O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou que a Rússia está lançando uma nova "Internet independente" que estará livre dos grilhões da Nova Ordem Mundial.
 
Putin e o Conselho de Segurança estão desenvolvendo a nova Internet inicialmente para países BRICS, que será totalmente independente das corporações e governos de elite globais e continuará trabalhando no caso de interrupções globais na internet.
 
 
A nova iniciativa foi apresentada na reunião de outubro do Conselho de Segurança, com Putin fixando o prazo para 1 de agosto de 2018.
 
Acredita-se que a nova Internet independente será livre de censura, com o Google e o Facebook impedidos de monopolizar funções-chave, como resultados de pesquisa e comunicações de redes sociais.
 
Rt.com relata: ao discutir a questão, os membros do conselho observaram que "o aumento das capacidades das nações ocidentais para realizar operações ofensivas no espaço informacional, bem como a maior disponibilidade para exercer essas capacidades representam uma séria ameaça para a segurança da Rússia".
 
Eles decidiram que o problema deveria ser resolvido criando um sistema de backup separado de Servidores de Nomes de Domínio (DNS), que não estaria sujeito ao controle de organizações internacionais. Este sistema seria usado por países do bloco BRICS - Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.
 
A questão da dependência excessiva do DNS global já foi abordada pela Rússia. Em 2014, o Ministério das Comunicações da Rússia realizou um grande exercício em que simulou a "desligação" dos serviços globais de internet e usou um sistema de backup russo para apoiar com sucesso as operações na web dentro do país.
 
Image result for Putin To Launch ‘Independent Internet’ Without ‘New World Order Censorship’
 
Resultado da imagem para Putin To Launch 'Independent Internet' Without 'New World Order Censorship'
 
No entanto, quando os repórteres perguntaram ao secretário de imprensa de Vladimir Putin, Dmitry Peskov, se as autoridades do país estivessem considerando se desconectar da Internet global em 2014, Peskov descartou essas alegações como falsas.
 

"A desconexão da Rússia na Internet global está, naturalmente, fora de questão", disse Peskov à agência de notícias Interfax. No entanto, o funcionário também enfatizou que "recentemente, uma parte justa da imprevisibilidade está presente nas ações de nossos parceiros tanto nos EUA como na UE, e nós [a Rússia] devemos estar preparados para qualquer turno de eventos".
 
Fonte em inglês.



 

Arquivos:

 




Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.






Atualização diária.



Novembro 27, 2017

chamavioleta


Demandas mundiais; prisões na Arábia Saudita; sintomas de intensificação da energia; crianças, telefones celulares, Internet; ETs próximos da Terra; "Pequenos Grays (Cinzentos)".

 

Matthew Ward via Suzanne Ward,

20 de novembro de 2017 

Tradução: Candido Pedro Jorge

 
 
 
 
Com saudações amorosas de todas as almas nesta estação, este é Matthew. Desejos e esperanças de longa data aumentaram globalmente num mar de demandas: cidadania, integridade moral em seus governos e sistemas de justiça; pobreza, pela igualdade em todos os aspectos da vida; grupos minoritários, por direitos iguais; mulheres, pela equidade pessoal, profissional, cultural e respeito; povos em todos os lugares, pela paz em vez da guerra.

Toda a atividade concomitante, conhecida em todo o mundo, através, das mídias sociais e notícias mais importantes dos países, é o prenúncio de mudanças radicais. Mas apenas os colaboradores que trabalham na Luz e todos cujos interesses são profundamente afetados negativamente por aqueles, cujas ações se baseiam na escuridão, sabem que uma atividade por trás de portas fechadas anuncia outras mudanças monumentais que, acabarão com o longo reinado das trevas no planeta.

Ao longo das eras, as civilizações da Terra tiveram outras oportunidades para eliminar os grilhões do controle, todavia, a escuridão que "manteve os povos através do medo e do engano era muito formidável e muito impenetrável para ser penetrada. Todavia, desta vez, em resposta ao pedido de ajuda de Gaia, nossa família da Terra dispões de poderosa ajuda da Luz irradiada de fontes distantes, somada aquela gerada no planeta por voluntários como vocês. A Luz de suas forças interiores, perseverança e confiança ajudaram a encorajar a população a realizar uma revolução global em nome da paz, justiça e prosperidade para todos.

Pergunta: Será que a prisão de tantos na oficialidade da Arábia Saudita também desestabilizará a volátil situação do Oriente Médio ou talvez seja um precursor para finalmente alcançar a estabilidade e a paz nessa região?

Resposta: Estamos conscientes de que as prisões são consideradas por alguns de seus analistas como preocupantes, no entanto, nós as vemos como um indicador de que esse país já não irá apoiar os interesses dos Illuminati, financiando o ISIS e outros grupos terroristas no Oriente Médio e, esse, é um passo para mudar a região, de um viveiro de violência para uma terra de estabilidade e paz. Também, vemos as prisões como um revés para o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, que está no topo dos Illuminati e que, quando for removido do poder por seus compatriotas, a cujos interesses nunca serviu, outro golpe será dado naquela sociedade escura, cujos planos incluem a manutenção do Oriente Médio em meio a turbulência.

Pergunta: Você poderia abordar ao que os trabalhadores da Luz podem estar fisicamente experimentando neste momento? Você falou sobre esse assunto antes, todavia, a energia é mais intensa agora, então, o que podemos esperar? Fica mais fácil de lidar com os sintomas quando temos informações. Podemos esperar que nossos corpos se ajustem às novas energias e que possamos nos sentir bem de novo? Existe algum tempo para que tudo isso aconteça? 

Resposta: Com certeza, a energia intensificada está cobrando um pedágio nos corpos, principalmente na forma de fadiga ou fraqueza - vocês quase não têm tempo de se ajustarem ao último aumento de energia, antes de encontrar outro. Episódios esporádicos de dores de cabeça, depressão, dificuldades de memória, músculos doloridos e articulações, zumbido nos ouvidos, horas incomuns de sono e vigília, visão turva, cólicas, náuseas e coceira também são sintomas comuns.

Para diminuir tais efeitos é importante: dormir o suficiente, sem tomar produtos farmacêuticos para ajudá-lo a dormir, se animar ou se acalmar, praticar exercícios adequados à idade e beber muita água. Comer menos do que o habitual, evitar açúcar, álcool (exceto pequenas quantidades de vinho tinto) e alimentos com aditivos químicos. Se o seu orçamento permitir, escolha produtos orgânicos, frutos do mar sem impurezas e ovos, aves e carne de origem animal, criados em condições naturais. Não existe separação de corpo, mente e espírito, portanto, é igualmente importante reduzir o estresse mental e emocional. Mudem os pensamentos negativos para positivos, vivam na natureza sempre que possível, definam as prioridades para que seus cotidianos sejam ocupados de forma satisfatória, reservem tempo para a solidão, livres da energia dos outros. A meditação também é útil para aliviar a tensão.

Queridos, cada um de vocês é único e, assim suas reações aos novos níveis de energia também são. Quando cuidam de si mesmo, suas células absorvem mais luz e isso faz com que o processo de ajuste seja menos acentuado. Prestem atenção nos efeitos dos surtos de energia que são os mesmos que os sinais do início ou progresso de alguma doença. Se seus sintomas piorarem ou se tornarem crônicos, consulte um profissional de saúde, de preferência um com abordagem holística para diagnóstico e tratamento.

Pergunta: Por favor, peça ao Matthew para comentar sobre o porte e uso de Smartphones e Internet numa idade precoce.

Resposta: Esta é uma decisão de julgamento para que os pais façam e esperamos que eles saibam que as emissões dos telefones celulares e torres de retransmissão que são prejudiciais aos cérebros adultos, são muito mais para os jovens, cujos cérebros ainda estão em desenvolvimento. O paradoxo é que as crianças dominam facilmente telefones de uso múltiplo e computadores portáteis e que esses objetos podem se tornar seus apêndices e que pais sábios evitarão isso. Podem discutir com os médicos a idade segura para que seus filhos tenham um telefone, restringir seu uso, limitar o tempo no computador e bloquear o acesso a sites inadequados da Internet. Entendemos que é importante que crianças pequenas interajam muitas vezes com a família e amigos, para experimentar o prazer do contato pessoal - falar, sorrir, abraçar, rir, fazer refeições e passeios juntos - e estabelecer relacionamentos amorosos que os dispositivos eletrônicos nunca podem oferecer.

Vamos acrescentar isso: quando o público exige sistemas de comunicação de segurança sanitária, os fabricantes irão fornecê-los. No entanto, as tripulações de naves espaciais usam essa tecnologia em seus próprios benefícios. Todavia, saibam que a energia do medo produz mais estresse nos corpos do que as emissões que não estão alinhadas com seus sistemas elétricos.

Para os leitores que perguntaram sobre as "bolas de fogo" que recentemente atravessaram a Alemanha, a França e o Sudoeste dos Estados Unidos e a "ensurdecedora explosão" no Alabama, os monitores da Terra no Nirvana, nos dizem que a energia dos corpos astrais de forma espetacular e inofensivamente interagiu com a tecnologia espacial que continuamente está varrendo seus céus para neutralizar, na medida do possível, os poluentes tóxicos na atmosfera terrestre. Quando vemos o planeta nos segundos em que acontecimentos como esses acontecem, presenciamos lampejos repentinos de luz que os monitores determinam suas causas.

Pergunta: E sobre os poderosos computadores que geram inteligência artificial que foram desenvolvidos pelo governo secreto e que podem nos modificar sem o nosso conhecimento? 

Resposta: Primeiro, dizemos que, tudo em seu mundo está lá para seu aprendizado e experimento. Todo desenvolvimento, desde a roda, até a tecnologia mais recente, é filtrado por cientistas de fora, para que mentes no planeta possam absorver e processar a informação. Os desenvolvimentos subsequentes podem ser usados ​​para finalidades benéficas ou prejudiciais e, as escolhas dos indivíduos, determinam o avanço ou retrocesso na evolução da alma.

Agora, abordando a preocupação do leitor sobre a aplicação sub-reptícia da inteligência artificial, o que podemos dizer é que ela não alcançará esse ponto insidioso - nada baseado na escuridão pode permanecer nos níveis vibratórios, sempre crescentes, do planeta. Quando suas diversas tecnologias são usadas de forma benéfica, elas melhoram em muito suas vidas e que, o papel da IA é aumentar a precisão e proficiência em áreas como atendimento médico, pesquisa científica, transporte e fabricas. A automação, que já substituiu muitos empregos, continuará a fazê-lo, entretanto, isso levará a programas de educação e treinamento ampliados para o empregos muito mais satisfatórios para a alma do que as linhas de montagem, mineração e serviços de limpeza, por exemplo. O progresso é considerado perturbador por uma sociedade que se apega ao que é familiar. No entanto, na medida em que as pessoas forem percebendo as vastas vantagens das próximas mudanças, elas irão receber de braços abertos, o novo e emocionante mundo que surge no horizonte da Terra.

Pergunta: Matthew disse que os ETs próximos da Terra são benevolentes e que quando pousarem, trarão sua tecnologia e nos ajudarão a limpar o meio ambiente. Por favor, pergunte a ele por que outras fontes afirmam que os ETs, primeiramente, fingirão ser amigáveis ​​e úteis para, depois, agirem em suas reais intenções  de nos aniquilar ou transferir suas almas escuras para nossos corpos. 

Resposta: Sem conhecer tais fontes, podemos apenas oferecer as possíveis razões pelas quais, tão descaradamente, esta falsa informação foi dada. Se ela se originou de fora do planeta, provavelmente, foi  através de entidades de base, negociantes do medo, que, talvez, se passando por conhecidos e respeitáveis seres de Luz, transmitiram isso a indivíduos que não conseguiram detectar as baixas vibrações que todas entidades escuras emitem. Se a informação se originou no planeta, telespectadores remotos podem ter interpretado, ou mal interpretado, o que viram num dos mundos paralelos ou possíveis da Terra, ou foi proveniente de indivíduos, obscuros que inventaram e disseminaram essas falsidades para provocarem medo.

A verdade é que atualmente, apenas, Seres de Luz podem entrar na grade eletromagnética protetora em torno da Terra - seu brilho é muito poderoso para os extraterrestres escuros possam se aproximar de seu Sistema Solar. Isto dito, seres escuros com origens em outras civilizações, viveram no planeta num momento ou outro, desde quando foi habitado pela primeira vez e que seu tempo está, rapidamente, se esgotando para quem nele vive agora.

Pergunta: A descrição de Matthew dos comandantes reptilianos soa como a de pequenos cinzas (grays), que deram ao governo dos EUA tecnologia avançada em troca de realização de experimentos brutais em pessoas que abduziram. A minha pergunta é: eles são  reptilianos escuros na Terra? 

Resposta: Os seres que você chama de Pequenos Cinzas, são de uma espécie humanoide de Zeta Reticuli e existe  um equívoco de que tenham feito esse acordo com o governo dos Estados Unidos. Eles compartilhavam seus conhecimentos de design espacial, sistemas de mísseis e clonagem humana, todavia numa condição de visitantes oferecendo presentes aos seus anfitriões. Quanto a razão deles para virem à Terra não foi um problema, uma vez  tinham feito acordos de pré-nascimento com as almas que se ofereceram para lhes fornecer amostras genéticas.

Longas eras, antes desse grupo de Cinzas chegarem, há cerca de 80 anos, sua civilização se refugiou contra os invasores, deixando a superfície de seu planeta natal e indo morar em seu interior. A clonagem e concentração em proeza intelectual, evitou sua morte durante esses séculos, antes de poderem voltar a superfície, resultando numa aparência de cor acinzentada e, de maior importância para seus indivíduos, a perda de emoções em suas composições. O desejo de restaurar sentimentos aos seus povos por meio de clonagem de progênies com DNA humano, levou ao acordo entre eles e as almas que encarnavam na Terra.

No entanto, a falta de emoções dos Cinzas teve duas sérias consequências. A maioria aderiu à disposição do acordo de que tomariam amostras de tecido, apenas de pessoas que se lembrassem – o encontro "na carne" desencadearia a memória. No entanto, algumas pessoas não tinham essa experiência de memória e, sem a capacidade de empatia, sensibilidade e compaixão, os Cinzas não perceberam que estavam traumatizando esses indivíduos. E, sem um quadro emocional para avaliar a confiabilidade nas pessoas que se aproximaram, eles escolheram mal e foram traídos. Ao mesmo tempo, o governo dos EUA estava ridicularizando todos os relatórios de OVNIs e ETs e seus cientistas, dando credibilidade às contas de abdução e brutalização na realização desses  procedimentos, para incutir medo na população sobre os extraterrestres.

Outra situação inesperada, também, entrou em jogo para os Cinzas, que estavam escondidos em gigantescos labirintos subterrâneos, onde os "abduzidos" foram levados e foi desastroso. Eles esperavam que, rapidamente, pudessem retornar à sua pátria e famílias, pelo mesmo meio que vieram para a Terra, pelo poder de suas mentes que lhes permitiu desmaterializar, então se rematerializar na chegada. Todavia, seus corpos ficaram presos na profunda energia de terceira densidade do planeta e, uma vez que as tentativas do governo de matar todos eles falharam, os sobreviventes ainda estão vivendo no subsolo. Essas pessoas altamente inteligentes, não são combatentes e se puderem voltar para a superfície da Terra, talvez depois da chegada de outras civilizações, jamais irão prejudicar alguém.

De forma incremental, as verdades estão revelando as profundezas do engano e temor que as trevas empregaram, para manter as civilizações da Terra em cativeiro por milênios. Quanto mais verdades vierem à tona, mais fracas se tornam as sombras e, em última instância, os povos viverão na alegria que a vida está destinada a ser. Em todo Universo, Seres da Luz estão honrados em ajuda-los - levando-os - sempre adiante!
 
 
AMOR e PAZ. 
 
 
Suzanne Ward. 
 
 
 
 
 






 
Agradecimentos a: Sementes das Estrelas 

 



Por favor, respeitem todos os créditos

Arquivos deste escritor em português: 
 




Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.



Atualização diária.



geoglobe1
 
 

Fevereiro 14, 2015

chamavioleta

Não existe privacidade e/ou segurança na internet.

Como a Microsoft entregou acesso as mensagens criptografadas de seus clientes e usuários para a  NSA.

Posted by Thoth3126 on 14/02/2015



A Microsoft tem colaborado muito estreitamente com os serviços de inteligência dos EUA para permitir que as comunicações privadas dos usuários de seus programas possam ser interceptadas.

Trata-se inclusive de ajudar a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA-National Security Agency) para burlar a criptografia da própria empresa, de acordo com documentos secretos obtidos pelo jornal The Guardian.

Tradução edição e imagens: Thoth3126@gmail.com

FONTE: http://www.guardian.co.uk/

Glenn Greenwald , Ewen MacAskill , Laura Poitras , Spencer Ackerman e Dominic Rushe – The Guardian, Sexta-feira 12 julho, 2013.

• Arquivos secretos mostram a escala da cooperação das indústrias de TI de Silicon Valley no PROGRAMA PRISM da N.S.A.
• A criptografia do Outlook.com foi desbloqueada, mesmo antes do lançamento oficial do produto
• O Programa Prism e a Skype-Microsoft trabalharam para permitir a coleta de dados das chamadas de vídeo pelo PROGRAMA PRISM
• Empresa diz que esta legalmente obrigada a cumprir com programa da NSA


A Skype trabalhou com as agências de inteligência no ano passado para permitir que o PROGRAMA PRISM coletasse vídeos e conversas de áudio de seus usuários. Fotografia: Patrick Sinkel / AP

Os arquivos fornecidos por Edward Snowden ao The Guardian ilustram a escala de cooperação entre as empresas de TI do Vale do Silício e as agências de inteligência dos EUA nos últimos três anos. Eles também lançam (mais) uma nova luz sobre o funcionamento do programa ultra-secreto PRISM da NSA, que foi divulgado pelo The Guardian e o Washington Post no mês passado na mesma data.

Os documentos mostram que:

• A Microsoft ajudou a NSA para contornar sua própria criptografia para acabar com as preocupações de que a agência seria incapaz de interceptar conversas sobre o novo web site Outlook.com;

• A agência já tinha acesso a fase pré-encryption dos e-mail no novo Outlook.com, e também no Hotmail.com;

• A empresa trabalhou com o FBI este ano para permitir que a NSA tivesse acesso fácil via PROGRAMA Prism ao seu serviço de armazenamento de dados em nuvem SkyDrive, que agora já tem mais de 250 milhões de usuários em todo o mundo;

• A Microsoft também trabalhou com unidade de Interceptação de dados do FBI para “entender” os possíveis problemas com um recurso no Outlook.com que permite aos usuários criar endereços paralelos com pseudônimos de e- mail;

• Em julho do ano passado, nove meses depois que a Microsoft comprou o Skype, o NSA se gabou de que uma nova capacidade havia triplicado a quantidade de vídeo-chamadas do Skype a serem rastreadas, analisadas e recolhidas através do Programa Prism ;

• Materiais e dados colhidos pelo Programa Prism é compartilhado rotineiramente com o FBI e a CIA , sendo que um documento da NSA descreve o programa como um “esporte de equipe”.

A gigantesca sede da N.S.A. nos Eua

As revelações mais recentes sobre a NSA em conjunto com outras revelações expõe as tensões entre as empresas do Vale do Silício e a administração Obama. Todas as grandes empresas de tecnologia da informática estão pressionando o governo para que possam divulgar mais plenamente a extensão e a natureza de sua cooperação com a NSA para atender as crescentes preocupações de seus clientes sobre sua privacidade.

Privadamente, os executivos dessas empresas de TI tem o cuidado de se distanciar das acusações e reivindicações de colaborarem, trabalharem em equipe, e cederem os documentos para a NSA, e insistem que o processo de colaboração é devido a obrigações legais das empresas.

Em comunicado, a Microsoft disse:

“Quando nós atualizamos ou lançamos produtos nós não estamos absolvidos da necessidade de cumprir as exigências legais existentes ou futuras.”

A empresa reiterou seu argumento de que fornece os dados do cliente “somente em resposta às demandas do governo e nós sempre apenas cumprimos com ordens e os pedidos acerca de contas ou identificadores específicos”.

Em junho, o The Guardian revelou que o NSA alegou ter “acesso direto” através da programa Prism para todos os sistemas de muitas das principais empresas de internet, incluindo a Microsoft, Skype, Apple, Google, Facebook e Yahoo.

Os pedidos determinados a partir da Corte de Vigilância Secreta permitem que as comunicações possam ser coletadas, sem um mandado judicial, se o agente da NSA acredita com 51% que o alvo da espionagem não é um cidadão dos EUA e não esta em solo dos EUA na época. Se direcionada para os cidadãos dos Estados Unidos então exige um mandado judicial específico, mas a NSA é capaz de coletar as comunicações dos norte americanos sem mandado, se o alvo for um cidadão estrangeiro localizado no exterior.

Desde que a existência do PROGRAMA PRISM tornou-se pública, a Microsoft e outras companhias listadas nos documentos da NSA como provedores de dados para o programa negaram qualquer conhecimento do mesmo e insistiram que as agências de inteligência dos EUA (FBI, NSA, CIA, DIA …) não têm acesso em seus sistemas através de “portas traseiras” nos mesmos.

Na mais recente campanha de marketing da Microsoft, lançada em abril, ela enfatizava o seu compromisso com a privacidade de seus clientes com o slogan:

“Sua privacidade é nossa prioridade“.

Da mesma forma, a política de privacidade do Skype DECLARA: “O Skype está empenhado em respeitar a sua privacidade e a confidencialidade dos seus dados pessoais, dados de tráfego e conteúdo das comunicações.”

Mas boletins internos da NSA marcados como top secret, sugerem que a cooperação entre a comunidade de inteligência e as empresas citadas é profunda e permanente.

Os últimos documentos liberados da divisão de Operações Especiais (SSO) da NSA, é descrito por Snowden como a “jóia da coroa” da agência. Ele trata e é mostrado que é responsável por todos os programas voltados para os sistemas de comunicação dos EUA: através das parcerias com grandes empresas corporativas do Programa Prism.

Os arquivos mostram que a NSA ficou preocupada com a interceptação de conversas cifradas no site Outlook.com da Microsoft a partir do momento em que a empresa começou a testar o serviço em julho do ano passado.

Em cinco meses, os documentos explicam, a própria Microsoft e o FBI já tinham descoberto uma solução que permitisse que a NSA pudesse burlar a criptografia nos chats existentes no Outlook.com.

Um boletim informativo datado de 26 de dezembro de 2012 afirma: “MS [Microsoft], trabalhando com o FBI desenvolveu uma capacidade de vigilância para lidar” com a questão. “Estas soluções foram testadas com sucesso e ao vivo em 12 de dezembro de 2012.” Dois meses depois, em fevereiro deste ano, a Microsoft lançou oficialmente o site do Outlook.com. Outro boletim afirmou que NSA já tinha tinha acesso ao sistema de pré-encryption do e-mail Outlook:

“Para a coleta de dados de e-mails do Prism contra os sistemas Hotmail, Live e Outlook.com, não serão afetados porque o Programa Prism recolhe esses dados antes da criptografia“.

A cooperação da Microsoft não se limitou ao seu sistema Outlook.com. Um registro em um relatório datado de 08 de abril de 2013 descreve como a empresa trabalhou “durante muitos meses” com o FBI – que atua como elo de ligação entre as agências de inteligência e o Vale do Silício com o Programa Prism – que permite ao programa o acesso sem autorização legal ao seu serviço de armazenamento de dados em nuvem SkyDrive.

Esse documento descreve como este acesso permitirá que os analistas “não precisem mais de uma solicitação ao SSO para coleta de dados – um passo do processo que muitos analistas não têm conhecimento ainda.”

O NSA , explicou que “esta nova capacidade irá resultar em uma resposta de coleta de dados muito mais completa e oportuna”. Ele continuou: “Este sucesso é o resultado do trabalho do FBI durante muitos meses em conjunto com a Microsoft para obter esta solução de tarefa de coleta de dados estabelecida.”

Um registro separado identifica uma outra área para a colaboração. “A Unidade de Tecnologia de INTERCEPTAÇÃO de Dados do FBI (DiTu-Data Intercept Technology Unit-Unidade de Tecnologia de Interceptação de DADOS), a equipe que está trabalhando com a Microsoft para entender um recurso adicional no Outlook.com que permite aos usuários criar e-mail com pseudônimo, uma tarefa que pode afetar os nossos processos de coleta de dados.”

Os esforços que a NSA têm dedicado para trabalhar com a Microsoft são substanciais nos últimos dois anos para garantir maior acesso ao programa Skype, que tem um total estimado de 663 milhões de usuários no mundo (a serem espionados em suas conversas).

Um documento da NSA se gaba de que o monitoramento do Programa Prism sobre a produção de vídeo no Skype triplicou desde que um novo recurso foi adicionado em 14 de Julho de 2012. “As porções de áudio desses vídeos foram processados corretamente o tempo todo, mas sem o vídeo que o acompanhava. Agora, os analistas terão a “imagem completa”, diz o documento. Oito meses antes de ser comprada pela Microsoft, o Skype se juntou ao programa Prism em fevereiro de 2011.

De acordo com documentos da NSA, o trabalho começou sem problemas Integrando o Skype com o programa Prism em novembro de 2010, mas não foi até 4 de fevereiro de 2011 que a empresa foi comunicada com uma ordem diretiva para cumprir assinada pelo procurador-geral.

O NSA foi capaz de iniciar a acessar as tarefas de comunicações do Skype no dia seguinte, e a coleta de dados começou no dia 6 de Fevereiro. “Comentários coletados indicaram que uma chamada Skype estava muito clara e o metadata, parecia completo, o documento afirmava, elogiando a cooperação entre as equipes NSA e FBI.”O trabalho colaborativo e em equipe foi a chave para o sucesso na adição de outra operadora (Skype) para o sistema de interceptação do Programa Prism”.

O especialista em tecnologia Chris Soghoian, da American Civil Liberties Union (ACLU-Associação Norte americana das Liberdades Civis), disse que essas revelações seriam uma grande surpresa para muitos usuários do Skype. “No passado, aos usuários do Skype foram feitas promessas afirmativas sobre à sua incapacidade de realizar escutas telefônicas”, disse ele. “É difícil conciliar em segredo a colaboração da Microsoft com o NSA e com os seus esforços de alto nível para competir em “privacidade” com o Google. “

As coletas de informações da NSA através do Programa Prism é rotineiramente compartilhada com o FBI e a CIA. Em 03 de agosto 2012 um boletim descrevendo como a NSA se expandiu recentemente na partilha de seus dados com as outras duas agências.

O NSA, revela o boletim, tem ainda automatizado a partilha de aspectos do Programa Prism, usando um software que “permite aos nossos parceiros para ver qual seletores [termos de pesquisa] a Agência Nacional de Segurança é encarregada do Prism”.

O documento continua: “O FBI e a CIA pode então solicitar uma cópia do material coletado do Programa Prism de qualquer seletor … “Como resultado, o autor observa:” essas duas atividades ressaltam o ponto em que o PROGRAMA PRISM é um “esporte” de equipe “!

Na sua declaração ao jornal The Guardian, a Microsoft disse:


“Temos princípios claros para orientar a resposta através da qual toda a empresa sofre às exigências do governo para acessar informação do nosso cliente tanto para a aplicação da lei e as questões de segurança nacional. Primeiro, vamos levar os nossos compromissos com os nossos clientes e para o cumprimento da legislação aplicável muito a sério, por isso, forneceremos dados de clientes somente em resposta a processos legais.

Em segundo lugar, a nossa equipe de compliance exige muito de perto examinar tudo, e rejeitá-los (os pedidos) se acreditar que eles não são válidos. Em terceiro lugar, nós apenas cumprimos ordens acerca das contas ou identificadores específicos e não respondemos ao tipo de ordens encobertas, do tipo que foi discutida na imprensa ao longo das últimas semanas, como os volumes documentados em nossos esclarecimentos ilustram claramente.

Finalmente quando nós atualizamos ou melhoramos os nossos produtos, obrigações legais, em algumas circunstâncias, podem exigir que mantenhamos a capacidade de fornecer informações em resposta a um pedido de aplicação da lei ou a segurança nacional. Há aspectos desta discussão que gostaríamos de que fossemos capazes de discutir mais livremente. É por isso que nós temos defendido a transparência adicional e que iria ajudar todos a compreenderem e discutirem estas questões importantes'”.

Em uma declaração conjunta, Shawn Turner, porta-voz do Diretor de Inteligência Nacional, e Judith Emmel, porta-voz da NSA , disseram:


“Os artigos descrevem- vigilância determinada pela Corte de Justiça – e os esforços das empresas (de T.I.) dos EUA para cumprir com estes requisitos que são legalmente obrigatórios. Os EUA opera seus programas sob um regime rigoroso de fiscalização, com monitorização cuidadosa pelos tribunais, o Congresso e o Diretor de Inteligência Nacional. Nem todos os países têm requisitos equivalentes de fiscalização para proteger as liberdades civis e a privacidade”.

Eles acrescentaram que: “Na prática, as empresas americanas colocam energia, foco e compromisso em sempre “proteger a privacidade de seus clientes” em todo o mundo, enquanto cumprem as suas obrigações sob as leis dos EUA e em outros países em que atuam.”

—————————————————————–

Este artigo foi alterado em 11 de Julho de 2013 para refletir as informações da Microsoft, que não fez nenhuma alteração para o Skype para permitir coleta de dados pelo Prism em torno de julho de 2012.

Mais informações em:
http://thoth3126.com.br/eua-e-a-espionagem-da-nsa-snowden-pede-asilo-a-russia/
http://thoth3126.com.br/os-eua-espionaram-milhoes-de-e-mails-e-ligacoes-de-brasileiros/
http://thoth3126.com.br/echelon-o-esquema-de-espionagem-global-dos-eua/
http://thoth3126.com.br/facebook-uma-conspiracao-da-cia/
http://thoth3126.com.br/nsa-e-a-vigilancia-em-tempo-real-na-internet-nos-eua/
http://thoth3126.com.br/a-base-subterranea-e-os-segredos-de-pinho-abertura-e-canberra/

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br

Compartilhe:

97Share on Facebook (Opens in new window)97
3Click to share on Twitter (Opens in new window)3
Click to share on Reddit (Opens in new window)
Click to email this to a friend (Opens in new window)


Por favor, respeitem todos os créditos


Arquivos em português:


http://rayviolet2.blogspot.com/search?q=Microsoft



Atualização diária


Se gostou! Por favor RECOMENDE aos seus Amigos.
achama.biz.ly 

Janeiro 10, 2015

chamavioleta

Estamos todos ganhando um segundo extra no dia 30 de junho deste ano.

Posted by Thoth3126 on 09/01/2015


tempo-dali-relogios
NR: Precaução! Pode haver a intenção de criar medo...
 
 
O ano de 2015 chegou com uma nova ameaça a serviços e sites que adoramos como o Mozilla, Reddit, LinkedIn e Foursquare: todos eles relataram falhas em 2012, quando os cientistas determinaram a adição de um segundo extra ao horário mundial. O ajuste deste ano foi agendado para as 23:59:59 do dia 30 de junho, e serve para atualizar os absurdamente precisos relógios atômicos com o movimento de rotação da Terra, que desacelera dois milésimos de segundo por dia.

Edição e imagens:  Thoth3126@gmail.com

Um segundo será adicionado ao calendário no final do dia de 30 de junho de 2015, porque o planeta está “fora de sincronia” com os nossos relógios atômicos.

FIONA MACDONALD,   7 JAN 2015

Fonte: http://www.sciencealert.com

Este ano de 2015 será um segundo mais longo do que o ano de 2014. Os cientistas anunciaram que estarão adicionando um segundo extra, chamado de “segundo bissexto” para o horário UTC (Tempo Universal Coordenado) em 30 de junho às 11:59:59 em todos os relógios do mundo.

big-ben-relogio

Isso significa que o relógio vai ler 11:59:60. Isso ocorre porque a Terra está se movendo um pouco mais lenta do que os nossos super-precisos relógios atômicos o fazem, e está ficando fora de sincronia com o tempo por eles medido. De fato, enquanto o tempo atômico é constante, a rotação da Terra está se abrandando por cerca de dois milésimos de segundo de cada dia.

“A verdadeira explicação simples é que a Terra está a abrandar um pouco a sua rotação”, disse Nick Stamatakos, o chefe do Earth Orientate Parameters no US Naval Observatory disse à Australian Broadcasting Corporation.

“Para esse dia específico haverão 86.401 segundos, em vez dos habituais 86.400 segundos”, disse ele ao The Telegraph .

A decisão vem de cientistas que trabalham no International Earth Rotation and Reference Systems Service, baseado em Paris, que tomam conta dos dados de como nosso planeta é pontual em termos de horário.

Mas 2015 chegou com uma nova ameaça a serviços e sites que adoramos como o Mozilla, Reddit, LinkedIn e Foursquare: todos eles relataram falhas em 2012, quando cientistas determinaram a adição de um segundo extra ao horário mundial.

cosmic-soulscape-300x225

Mas por que um mero segundo a mais pode desestabilizar gigantes da internet? O motivo é que o sistema que coordena os relógios dos computadores, chamado de Network Time Protocol, é baseado na medida de tempo atômica.

E quando este protocolo nota a repetição de um mesmo segundo, interpreta que algo deu errado, dando origem a uma série de problemas técnicos em serviços bancários e de comunicações. Algumas empresas como o Google já pensaram em formas de remediar esta dor de cabeça: o gigante de Mountain View elaborou uma técnica que “dilui” o acréscimo em vários milissegundos antes da data oficial.

O chamado “segundo bissexto” não é particularmente uma novidade: 26 deles já foram adicionados ao Tempo Universal Coordenado (UTC na sigla em inglês, o fuso horário referencial para todas as zonas horárias do planeta) desde 1972, sendo que o último foi incluído em 2012. A decisão parte dos cientistas do International Earth Rotation and Reference Systems Service, instituição sediada em Paris que monitora a pontualidade do nosso planeta.

cosmiclock

A maior preocupação dos especialistas é que estes segundinhos a mais acabem arruinando de vez o UTC, que não suportaria, por exemplo, um minuto ou uma hora adicionais. Mas o mais importante é: já pensou no que voce vai fazer com seu segundo extra em 2015?

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

www.thoth3126.com.br


Por favor, respeitem todos os créditos
Arquivos em português:

 Atualização diária


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub