Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Julho 22, 2024

chamavioleta

A história galáctica dos Trabalhadores da Luz

Mensagem de Jeshua
Canal: Pamela Kribbe

Tradução de Paula Divino

Pôsto a 18 de julho de 2024

 
 

O nascimento da alma

As almas dos Trabalhadores da Luz nasceram muito antes do surgimento da Terra e da humanidade.

As almas nascem em ondas. Em um certo sentido, as almas são eternas, sem começo nem fim. Mas, em outro sentido, elas nascem em algum momento. É nesse momento que sua consciência alcança um senso de individualidade. Antes disso, elas já estão lá como uma possibilidade. Entretanto, ainda não há consciência do eu e do outro.

A consciência do “eu” surge quando, de alguma forma, uma linha de demarcação é traçada entre grupos de energias. Temos de voltar às metáforas para explicar isso.

Pense no oceano por um momento e imagine-o como um enorme campo de energias fluidas, correntes que se misturam e se separam constantemente. Imagine que uma consciência difusa permeia todo o oceano. Chame-a de espírito do oceano, se quiser. Depois de algum tempo, surgem concentrações de consciência em determinados locais do oceano. A consciência nesse local é mais concentrada e menos difusa do que em seus arredores diretos. Em todo o oceano há uma diferenciação contínua que leva ao desenvolvimento de formas transparentes dentro do oceano. Essas formas, que são pontos focados de consciência, movem-se independentemente de seu ambiente. Elas se percebem como diferentes do oceano (espírito). O que ocorre aqui é o nascimento de um senso rudimentar do eu ou da autoconsciência.

Por que os pontos de consciência focalizados surgiram em algumas partes do oceano e não em outras? Isso é muito difícil de explicar. Você consegue sentir, no entanto, que há algo muito natural nesse processo? Quando você joga sementes em um canteiro de terra, percebe que as plantinhas que brotam crescem cada uma em seu próprio tempo e ritmo. Uma não crescerá tão grande ou tão facilmente quanto as outras. Algumas não crescerão de forma alguma. Há uma diferenciação no campo. Por quê? A energia do oceano (o espírito do oceano) busca intuitivamente a melhor expressão possível para todos os seus múltiplos fluxos ou camadas de consciência.

Durante a formação de pontos individuais de consciência dentro do oceano, há um poder que atua no oceano a partir do exterior, ou assim parece. Esse é o poder da inspiração divina, que pode ser concebido como o aspecto masculino Daquilo que criou você. Enquanto o oceano representa o lado feminino e receptivo, o aspecto masculino pode ser visualizado como feixes de luz que fluem para o oceano e que aprimoram o processo de diferenciação e separação em pedaços individuais de consciência. Eles são como os raios de sol que aquecem o leito da semente.

O oceano e os feixes de luz juntos formam uma entidade ou ser que pode ser chamado de arcanjo. É uma energia arquetípica com um aspecto masculino e um feminino e é uma energia angélica que se manifesta ou se expressa para você. Voltaremos a falar da noção de arcanjo com mais detalhes no último capítulo da Parte I, chamado “Your Light Self” (Seu Eu de Luz), do texto Time, Multidimensionality and your Light Self (Tempo, multidimensionalidade e seu Eu de Luz).

Depois que a alma nasce como uma unidade individual de consciência, ela deixa lentamente o estado oceânico de unidade que foi seu lar por muito tempo. A alma se torna cada vez mais consciente de estar separada e por conta própria.

Com essa consciência, um sentimento de perda ou falta surge na alma pela primeira vez. Quando a alma embarca em sua estrada de exploração como uma entidade individual, ela carrega consigo um certo anseio de totalidade, um desejo de pertencer a algo maior do que ela mesma. Em seu íntimo, a alma guardará a lembrança de um estado de consciência em que tudo é um, em que não há “eu” e “outro”. É isso que ela considera “lar”: um estado de unidade extática, um lugar de total segurança e fluidez.

Com essa lembrança no fundo de sua mente, a alma inicia suas viagens pela realidade, por inúmeros campos de experiência e exploração interior. A alma recém-nascida é movida pela curiosidade e tem uma grande necessidade de experiência. Esse era o elemento que estava ausente no estado oceânico de unidade. A alma agora é capaz de explorar livremente tudo o que deseja explorar. Ela é livre para buscar a plenitude de todas as formas.

No universo, há inúmeros planos de realidade a serem explorados. A Terra é apenas um deles e um que surgiu relativamente tarde, em uma escala cósmica. Os planos de realidade ou dimensões sempre se originam de necessidades ou desejos internos. Como todas as criações, eles são a manifestação de visões e ponderações internas. A Terra foi criada a partir de um desejo interior de reunir elementos de diferentes realidades que se chocavam entre si. A Terra foi planejada para ser um caldeirão para uma grande variedade de influências. Explicaremos isso mais adiante. Por enquanto, basta dizer que a Terra chegou relativamente tarde ao palco cósmico e que muitas almas viveram muitas vidas de exploração e desenvolvimento em outros planos da realidade (planetas, dimensões, sistemas estelares etc.), muito antes de a Terra ter nascido.

Os trabalhadores da luz são almas que viveram muitas e muitas vidas nesses outros planos antes de encarnarem na Terra. É isso que os distingue das “almas da Terra”, como as chamaremos por conveniência. As almas da Terra são almas que encarnaram em corpos físicos na Terra relativamente cedo em seu desenvolvimento como unidades individualizadas de consciência. Pode-se dizer que elas iniciaram seu ciclo de vidas terrenas quando suas almas estavam em seu estágio infantil. Naquela época, as almas dos trabalhadores da luz já eram “adultas”. Elas já haviam passado por muitas experiências e o tipo de relacionamento que mantinham com as almas terrenas pode ser comparado ao de pais e filhos.

O desenvolvimento da vida e da consciência na Terra

Na Terra, a evolução das formas de vida estava intimamente ligada ao desenvolvimento interior das almas terrenas. Embora nenhuma alma esteja vinculada a um planeta específico, pode-se dizer que as almas da Terra são as nativas do seu planeta. Isso se deve ao fato de seu crescimento e expansão coincidirem aproximadamente com a proliferação de formas de vida na Terra.

Quando as unidades individuais de consciência nascem, elas são de certa forma semelhantes às células físicas individuais no que diz respeito à estrutura e às possibilidades. Assim como as células individuais têm uma estrutura relativamente simples, os movimentos internos de uma consciência recém-nascida são transparentes. Ainda não há muita diferenciação estabelecida. Há um mundo de possibilidades a seus pés, tanto físicas quanto espirituais. O desenvolvimento de uma unidade recém-nascida de consciência para um tipo de consciência que é autorreflexiva e capaz de observar e reagir ao seu ambiente pode ser comparado, grosso modo, ao desenvolvimento de um organismo unicelular para um organismo vivo complexo que interage com seu ambiente de várias maneiras.

Estamos aqui comparando o desenvolvimento da consciência da alma com o desenvolvimento biológico da vida e não o fazemos apenas por meio de metáfora. De fato, o desenvolvimento biológico da vida como ocorreu na Terra deve ser visto contra o pano de fundo de uma necessidade espiritual de exploração e experiência por parte das almas da Terra. Essa necessidade ou desejo de exploração deu origem à rica variedade de formas de vida na Terra. Como dissemos, a criação é sempre o resultado de um movimento interno de consciência. Embora a teoria da evolução, como atualmente adotada por sua ciência, descreva corretamente o desenvolvimento das formas de vida em seu planeta até certo ponto, ela deixa completamente de lado o impulso interno, o motivo “oculto” por trás desse processo profundamente criativo. A proliferação de formas de vida na Terra se deveu a movimentos internos no nível da alma. Como sempre, o espírito precede e cria a matéria.

No início, as almas da Terra encarnavam em formas físicas que melhor se adaptavam ao seu senso ainda rudimentar do eu: organismos unicelulares. Após um período em que adquiriram experiência e a integraram em sua consciência, surgiu a necessidade de meios mais complexos de expressão física. Foi assim que surgiram as formas de vida mais complexas. A consciência criou formas físicas para atender às necessidades e aos desejos internos das almas terrenas cuja consciência coletiva habitava primariamente a Terra.

A formação de novas espécies e a encarnação das almas terrenas em membros individuais dessas espécies representam um grande experimento de vida e consciência. Embora a evolução seja impulsionada pela consciência, e não por acidente ou incidente, ela não segue uma linha predeterminada de desenvolvimento. Isso ocorre porque a própria consciência é livre e imprevisível.

As almas da Terra fizeram experiências com todos os tipos de formas de vida animal. Elas habitaram vários tipos de corpos físicos no reino animal, mas nem todas experimentaram a mesma linha de desenvolvimento. O caminho de desenvolvimento da alma é muito mais fantasioso e aventureiro do que você supõe. Não existem leis acima ou fora de você. Você é a lei para você. Assim, por exemplo, se você deseja experimentar a vida do ponto de vista de um macaco, pode, em algum momento, acabar vivendo no corpo de um macaco, desde o nascimento ou como visitante temporário. A alma, especialmente a alma jovem, anseia por experiência e expressão. Esse desejo de explorar é responsável pela diversidade de formas de vida que floresceram na Terra.

Dentro desse grande experimento da vida, o surgimento da forma de vida humana marcou o início de um importante estágio no desenvolvimento da consciência da alma na Terra. Antes de explicar isso com mais detalhes, discutiremos primeiro os estágios do desenvolvimento interno da alma em geral.

Evolução da consciência: estágio infantil, maturidade, velhice

Se observarmos o desenvolvimento da consciência da alma depois que ela nasce como uma unidade individual, ela passa, grosso modo, por três estágios internos. Esses estágios existem independentemente do plano particular da realidade (planeta, dimensão, sistema estelar) que a consciência escolhe para habitar ou experimentar.

1) O estágio da inocência (paraíso)

2) O estágio do ego (“pecado”)

3) O estágio da “segunda inocência” (iluminação)

Pode-se comparar esses estágios metaforicamente com a infância, a maturidade e a velhice.

Depois que as almas nascem como unidades individuais de consciência, elas saem do estado oceânico de unidade, do qual se lembram como bem-aventurado e totalmente seguro. Elas então passam a explorar a realidade de uma maneira totalmente nova. Aos poucos, elas se tornam mais conscientes de si mesmas e da maneira como são únicas em comparação com seus companheiros de viagem. Nesse estágio, são muito receptivos e sensíveis, como uma criança pequena que olha para o mundo com os olhos bem abertos, expressando curiosidade e inocência.

Esse estágio pode ser chamado de paradisíaco, pois a experiência de unidade e segurança ainda está fresca na memória das almas recém-nascidas. Elas ainda estão perto de casa; ainda não questionam seu direito de ser quem são.

À medida que a jornada prossegue, a lembrança do lar se desvanece enquanto elas mergulham em diferentes tipos de experiências. Tudo é novo no início e tudo é absorvido sem críticas no estágio infantil. Um novo estágio se inicia quando a alma jovem começa a experimentar a si mesma como o ponto focal de seu mundo. Então, ela realmente começa a perceber que existe algo como “eu” e “outro”. Ela começa a experimentar como pode influenciar seu ambiente agindo de acordo com essa percepção. A própria noção de fazer algo que se origina de sua própria consciência é nova. Antes, havia uma absorção mais ou menos passiva do que fluía. Agora há um senso crescente dentro da alma de seu poder de exercer influência sobre o que experimenta.

Esse é o início do estágio do ego.

O ego representa originalmente a capacidade de usar sua vontade para afetar o mundo exterior. Observe que a função original do ego é simplesmente aquela que permite que a alma se experimente plenamente como uma entidade separada. Esse é um desenvolvimento natural e positivo dentro da evolução da alma. O ego não é “ruim” em si mesmo. No entanto, ele tende a ser expansivo ou agressivo. Quando a alma recém-nascida descobre sua capacidade de influenciar seu ambiente, ela se apaixona pelo ego. No fundo, ainda há uma lembrança dolorosa na alma que está amadurecendo; ela se lembra do lar, do paraíso perdido. O ego parece ter uma resposta para essa dor, essa saudade de casa. Ele parece permitir que a alma tenha um controle ativo sobre a realidade. Ele intoxica a alma ainda jovem com a ilusão de poder.

Se alguma vez houve uma queda da graça ou uma queda do paraíso, foi esta: a jovem consciência da alma se deixou seduzir pelas possibilidades do ego, pela promessa de poder. Entretanto, o próprio propósito da consciência nascida como almas individuais é explorar, experimentar tudo o que existe: tanto o paraíso quanto o inferno, tanto a inocência quanto o “pecado”. Portanto, a queda do paraíso não foi uma “virada errada”. Não há culpa associada a ela, a menos que você acredite que seja. Ninguém o culpa, a não ser você mesmo.

Quando a alma jovem se torna madura, há uma mudança para uma maneira “centrada em mim” de observar e vivenciar as coisas. A ilusão de poder aumenta a separação entre as almas em vez da conexão. Por causa disso, a solidão e a sensação de alienação se instalam na alma. Embora não esteja realmente ciente disso, a alma se torna uma lutadora, uma guerreira pelo poder. O poder parece ser a única coisa que tranquiliza a mente – por um tempo.

Acima, distinguimos um terceiro estágio no desenvolvimento da consciência da alma: o estágio da iluminação, “segunda inocência” ou velhice. Teremos muito a dizer sobre esse estágio e, em particular, sobre a transição do segundo para o terceiro estágio mais adiante nesta série. Agora voltaremos à nossa história sobre as almas da Terra e esclareceremos como o despertar do estágio do ego se encaixa no surgimento dos seres humanos na Terra.

As almas da Terra entrando no estágio do ego; o surgimento dos seres humanos na Terra

O estágio em que as almas terrenas exploraram a vida vegetal e animal coincidiu com o estágio de inocência ou paraíso no nível interno. A vida floresceu na Terra sob a orientação e a proteção de seres espirituais dos reinos angélico e dévico. (Os devas trabalham no nível etérico, ou seja, mais próximos do mundo físico do que os anjos). Os corpos etéricos das plantas e dos animais eram receptivos, sem qualquer crítica, às energias maternas carinhosas e nutritivas dos reinos angélico e dévico. Eles não tinham nenhuma inclinação para “se libertar” ou sair e encontrar sua própria maneira de fazer as coisas. Ainda havia um grande senso de unidade e harmonia entre todos os seres vivos.

O surgimento do homem-macaco, entretanto, marcou um ponto de transformação no desenvolvimento da consciência. Essencialmente, ao andar ereto e por meio do desenvolvimento do cérebro, a consciência que residia no homem-macaco passou a ter um controle melhor sobre seu ambiente. A consciência encarnada no antropoide começou a experimentar o que era ter mais controle sobre seu ambiente direto. Começou a descobrir seu próprio poder, sua própria capacidade de influenciar seu ambiente. Começou a explorar o livre-arbítrio.

Esse desenvolvimento não foi uma coincidência. Foi uma resposta a uma necessidade interna sentida pelas almas da Terra, uma necessidade de explorar a individualidade em níveis mais profundos do que antes. A crescente autoconsciência das almas da Terra preparou o terreno para o surgimento, em termos biológicos, do homem, o ser humano que conhecemos.

Quando as almas da Terra estavam prontas para entrar no estágio do ego, a criação do homem permitiu que essas almas experimentassem uma forma de vida com livre arbítrio. Também dotou a consciência encarnada de uma maior percepção do “eu” em oposição ao “outro”. Com isso, foi criado o cenário para possíveis conflitos entre “meu interesse” e “seu interesse”, “meu desejo” e “seu desejo”. O indivíduo estava rompendo com a unidade auto evidente, a ordem natural de “dar e receber”, para descobrir que outros caminhos estavam disponíveis. Isso marcou o “fim do paraíso” na Terra, mas pedimos que você o veja não como um evento trágico, mas como um processo natural, como as estações do ano. Foi uma reviravolta natural que, em última análise, permitiria a você, nos dias de hoje, equilibrar a divindade e a individualidade em seu ser.

Quando a consciência da alma terrena entrou no estágio do ego e começou a explorar o “ser humano”, as influências demoníacas e angélicas foram lentamente ficando em segundo plano. É da própria natureza dessas forças respeitar o livre arbítrio de todas as energias que encontram. Elas nunca exercerão sua influência sem serem convidadas. Assim, a consciência do ego passou a reinar livremente e as almas da Terra se familiarizaram com todos os privilégios e desvantagens do poder. Isso também afetou os reinos vegetal e animal. Pode-se dizer que a energia guerreira emergente foi parcialmente absorvida por esses reinos não humanos, o que criou uma sensação de turbulência dentro deles. Isso ainda está presente hoje.

Quando as almas terrenas ansiavam por novos locais de experiência, isso as tornava receptivas a novas influências externas também. Aqui, queremos chamar a atenção especialmente para os tipos de influências galácticas extraterrestres que afetaram grandemente as almas terrestres em amadurecimento, mas ainda jovens. Foi também nesse ponto de nossa história que as almas que chamamos de almas trabalhadoras da luz entraram em cena.

Influências galácticas no homem e na Terra

Por influências galácticas ou extraterrestres, queremos dizer influências de energias coletivas associadas a determinados sistemas estelares, estrelas ou planetas. No universo, há muitos níveis ou dimensões de existência. Um planeta ou estrela pode existir em várias dimensões, desde as dimensões materiais até as mais etéreas. Em geral, as comunidades galácticas que influenciaram as almas da Terra existiam em uma realidade menos “densa” ou material do que a que existe na Terra.

Os reinos galácticos eram habitados por almas maduras que nasceram muito antes das almas da Terra e que estavam no auge do estágio do ego. Quando a Terra passou a ser habitada por todos os tipos de formas de vida e, finalmente, por seres humanos, os reinos extraterrestres observaram esse desenvolvimento com grande interesse. A diversidade e a abundância de formas de vida chamaram sua atenção. Eles sentiram que algo especial estava acontecendo aqui.

Entre as diferentes comunidades galácticas, muitas lutas e batalhas vinham ocorrendo há muito tempo. Esse foi um fenômeno natural, de certa forma, já que a consciência das almas envolvidas precisava batalhar para descobrir tudo sobre o poder e a centralização no eu. Elas estavam explorando o funcionamento do ego e, à medida que “progrediam”, tornavam-se muito hábeis em manipular a consciência. Tornaram-se especialistas em subordinar outras almas ou comunidades de almas ao seu domínio por meio de ferramentas psíquicas sutis e menos sutis.

O interesse das comunidades galácticas pela Terra era principalmente egocêntrico. Elas sentiram ali uma oportunidade de exercer sua influência de maneiras novas e poderosas. Pode-se dizer que, naquele momento, as batalhas intergalácticas haviam chegado a um impasse. Quando lutamos uns contra os outros repetidamente, chegamos a um tipo de equilíbrio depois de algum tempo, uma divisão de zonas de poder, por assim dizer. Vocês se conhecem tão bem que sabem onde há espaço para agir e onde não há. A situação chegou a um impasse dessa maneira e os inimigos galácticos esperavam novas oportunidades na Terra. Eles achavam que a Terra poderia ser o palco para renovar a batalha e superar o impasse.

A maneira pela qual as comunidades galácticas procuraram exercer sua influência na Terra foi manipulando a consciência das almas terrenas. As almas da Terra ficaram particularmente receptivas à influência delas quando entraram no estágio do ego. Antes disso, elas eram imunes a qualquer força externa motivada pelo poder, porque não tinham inclinação para exercer poder por si mesmas. Você é imune à agressão e ao poder quando não há nada dentro de você ao qual essas energias possam se ligar. Portanto, as energias galácticas não podiam acessar a consciência da alma da Terra antes que essas almas decidissem explorar a energia do poder por si mesmas.

A transição para o estágio do ego tornou as almas terrenas vulneráveis porque, além de sua intenção de explorar a consciência do ego, elas ainda eram em grande parte inocentes e ingênuas. Portanto, não foi difícil para as potências galácticas imporem suas energias à consciência das almas da Terra. A maneira como operavam era por meio da manipulação da consciência ou do controle da mente. Suas tecnologias eram muito sofisticadas. Eles tinham principalmente ferramentas psíquicas, não muito diferentes da lavagem cerebral por meio de sugestões hipnóticas subconscientes. Eles operavam em níveis psíquicos e astrais, mas influenciavam os seres humanos até o nível material/físico do corpo. Elas influenciaram o desenvolvimento do cérebro humano, reduzindo a gama de experiências disponíveis para os seres humanos. Essencialmente, estimularam padrões de pensamento e emoção relacionados ao medo. O medo já estava presente na consciência da alma terrena como resultado da dor e da saudade que qualquer alma jovem carrega dentro de si. As potências galácticas tomaram esse medo existente como ponto de partida para ampliar enormemente as energias do medo e da subserviência nas mentes e emoções das almas terrenas. Isso lhes permitiu controlar a consciência humana.

Posteriormente, os guerreiros galácticos tentaram combater seus inimigos galácticos anteriores por meio do ser humano. A luta pelo poder sobre a humanidade foi uma luta entre os antigos inimigos galácticos que usaram os seres humanos como seus fantoches.

O terno senso de individualidade e autonomia da alma terrena foi cortado em seu auge por essa intervenção violenta, essa guerra pelo coração da humanidade. Entretanto, os interventores galácticos não puderam realmente tirar a liberdade deles. Por mais maciça que fosse a influência extraterrestre, a essência divina dentro de cada alma-consciência individual permaneceu indestrutível. A alma não pode ser destruída, embora sua natureza livre e divina possa ficar velada por um longo tempo. Isso está relacionado ao fato de que o poder não é, no final das contas, real. O poder sempre alcança seus objetivos por meio das ilusões do medo e da ignorância. Ele só pode ocultar e velar as coisas; não pode realmente criar ou destruir nada.

Além disso, esse mesmo ataque às almas da Terra não trouxe apenas escuridão para a Terra. Ele iniciaria involuntariamente uma profunda mudança na consciência dos guerreiros galácticos, uma virada para o próximo estágio de consciência: a iluminação ou “segunda inocência”.

Raízes galácticas dos Trabalhadores da Luz

Como a noção de almas dos trabalhadores da luz se relaciona com essa história? Antes de virem à Terra para encarnar em corpos humanos, as almas dos trabalhadores da luz habitaram vários sistemas estelares por um longo tempo. Em termos do desenvolvimen to da consciência em três estágios, elas passaram grande parte de sua maturidade lá. Foi nesse estágio que elas exploraram a consciência do ego e todas as questões de poder relacionadas a ela. Foi o estágio em que exploraram a escuridão e em que fizeram um grande uso indevido de seu poder.

Nesse estágio galáctico, os trabalhadores da luz foram cocriadores do ser humano à medida que ele se desenvolvia. Assim como outras forças galácticas, eles tinham a intenção de usar o homem como um fantoche de palha para conquistar o domínio em outras partes do universo. É difícil explicar as técnicas que as potências galácticas usavam em suas batalhas porque elas não combinam com nada em seu mundo, pelo menos não até o ponto em que elas as aperfeiçoaram. Essencialmente, a tecnologia de guerra galáctica era baseada em uma ciência não materialista da energia. Eles conheciam o poder da psique e sabiam que a consciência cria a realidade física. A metafísica deles era mais adequada do que as visões materialistas adotadas por seus cientistas atuais. Como a ciência estabelecida concebe a consciência como resultado de processos materiais, e não o contrário, ela não consegue compreender os poderes criativos e causais da mente.

Na era do Cro-Magnon (Homo sapiens), as almas dos trabalhadores da luz interferiram no desenvolvimento natural do homem em um nível genético. Você deve conceber essa interferência genética como um processo de manipulação de cima para baixo; elas imprimiram no cérebro/consciência humana formas de pensamento específicas que afetaram a camada física e celular do organismo. O efeito dessas impressões mentais foi que um elemento robótico e mecânico foi instalado no cérebro humano, o que tirou parte da força natural e da autoconsciência do ser humano. Houve um implante artificial que tornou o homem mais adequado como instrumento para os objetivos estratégicos dos extraterrestres.

Ao interferir dessa maneira no desenvolvimento da vida na Terra, as almas dos trabalhadores da luz violaram o curso natural das coisas. Elas não respeitaram a integridade das almas da Terra que habitavam a espécie humana em evolução. De certa forma, roubaram-lhes o livre-arbítrio recém-adquirido.

Há um sentido em que ninguém pode roubar o livre-arbítrio de nenhuma alma, como indicamos no final do último parágrafo. No entanto, em termos práticos, devido à superioridade extraterrestre em todos os níveis, as almas da Terra perderam seu senso de autodeterminação em grande parte. Os trabalhadores da luz viam os seres humanos como ferramentas, como coisas que essencialmente os ajudavam a realizar seu objetivo. Naquele estágio, eles não estavam prontos para respeitar a vida como valiosa em si mesma. Eles não reconheciam no “outro” (seus inimigos ou escravos) uma alma viva como eles.

Agora não faz sentido fazer qualquer julgamento sobre isso, pois tudo faz parte de um grande e profundo desenvolvimento da consciência. No nível mais profundo, não há culpa, apenas livre escolha. Não há vítimas nem ofensores; em última análise, há apenas experiência.

Vocês, almas trabalhadoras da luz, que já empregaram esses meios sombrios de opressão, julgaram-se muito severamente por seus atos posteriores. Mesmo agora, carregam dentro de si um profundo sentimento de culpa, do qual estão parcialmente cientes como a sensação de que não são bons o suficiente em tudo o que fazem. Esse sentimento se origina de um mal-entendido.

É importante entender que “trabalhador da luz” não é algo que você simplesmente é ou não é. É algo que você se torna, quando passa pela jornada da experiência: vivenciar a luz e a escuridão. Ser luz e escuridão. Se tivéssemos que nomeá-los, nós os chamaríamos de almas Crísticas, em vez de trabalhadores da luz.

Você já teve a experiência de que um erro grave que cometeu acabou mudando as coisas de forma positiva e inesperada? Algo semelhante aconteceu como resultado da interferência galáctica na Terra e na humanidade. No processo de imprimir suas energias nas almas da Terra, as forças galácticas criaram, na verdade, um grande caldeirão de influências na Terra. Pode-se dizer que os elementos conflitantes das diferentes almas galácticas foram implantados na humanidade como uma raça, forçando assim o ser humano a encontrar uma maneira de uni-los ou levá-los a uma coexistência pacífica. Embora isso tenha complicado seriamente a jornada das almas da Terra, em última análise, criaria a melhor chance de um avanço positivo, uma saída para a situação de impasse a que os conflitos galácticos haviam chegado.

Lembre-se de que todas as coisas estão interconectadas. Há um nível em que as almas da Terra e as almas galácticas foram e são movidas pela mesma intenção. Esse é o nível angélico. Toda alma é um anjo em seu âmago mais profundo. (Leia a publicação Tempo, multidimensionalidade e seu eu de luz). No nível angélico, tanto os guerreiros galácticos quanto as almas da Terra consentiram em participar do drama cósmico descrito acima.

A interferência galáctica não apenas “ajudou” a Terra a se tornar o caldeirão que deveria ser, mas também marcou o início de um novo tipo de consciência dentro dos guerreiros galácticos. De maneiras imprevistas, ela marcou o fim do estágio do ego, o fim da maturidade para eles e o início de algo novo.

O fim do estágio do ego para os trabalhadores da luz

As guerras intergalácticas haviam chegado a um impasse antes de a Terra entrar em cena. Quando a batalha foi renovada na Terra, ela foi de fato transposta para a Terra. Com essa transposição, algo começou a mudar na consciência galáctica. O tempo das guerras galácticas havia terminado.

Embora tenham permanecido ativamente envolvidas com a humanidade e a Terra, as almas galácticas lentamente se retiraram para o papel de observadoras. Nesse papel, elas começaram a se conscientizar de um tipo particular de cansaço em seu ser. Sentiram um vazio interior. Elas sentiram um vazio em seu interior. Embora as lutas e batalhas continuassem, elas não as fascinavam tanto quanto antes. Começaram a fazer perguntas filosóficas, como: qual é o significado da minha vida; por que estou lutando o tempo todo; o poder realmente me faz feliz? Ao levantar essas questões, o cansaço da guerra se tornou mais forte.

Os guerreiros galácticos estavam gradualmente chegando ao fim do estágio do ego. Sem saber, eles haviam transferido a energia do ego e da luta pelo poder para a Terra, um lugar que estava energeticamente aberto a essa energia. Naquela época, as almas humanas estavam apenas começando a explorar o estágio de consciência do ego.

Na consciência dos guerreiros galácticos, criou-se um certo espaço: um espaço para a dúvida, um espaço para a reflexão. Eles entraram em uma fase de transformação, que descreveremos distinguindo as etapas a seguir:

  1. Estar insatisfeito com o que a consciência baseada no ego tem a lhe oferecer, desejando “algo mais”: o começo do fim.
  2. Tornar-se consciente de seus vínculos com a consciência baseada no ego, reconhecendo e liberando as emoções e os pensamentos que a acompanham: o meio do fim.
  3. Permitir que as velhas energias baseadas no ego morram dentro de você, livrando-se do casulo e tornando-se seu novo eu: o fim do fim.
  4. O despertar de uma consciência baseada no coração dentro de você, motivada pelo amor e pela liberdade; ajudando os outros a fazerem a transição.

Essas quatro etapas marcam a transição da consciência baseada no ego para a consciência baseada no coração. Lembre-se de que tanto a Terra quanto a humanidade e os reinos galácticos passam por essa fase, mas não simultaneamente.

O planeta Terra está agora dando o passo 3. Muitos de vocês, trabalhadores da luz, também estão dando o passo 3, em sintonia com o processo interno da Terra. Alguns de vocês ainda estão lutando com a etapa 2, e há alguns que chegaram à etapa 4, saboreando as delícias da alegria e da inspiração sinceras.

No entanto, grande parte da humanidade não deseja liberar a consciência baseada no ego de forma alguma. Eles ainda não entraram na etapa 1 da fase de transição. Isso não é algo que deva ser julgado, criticado ou lamentado. Tente ver isso como um processo natural, como o crescimento de uma planta. Você não julga uma flor por ser um botão em vez de estar em plena floração. Tente ver o fato sob essa perspectiva. Fazer julgamentos morais sobre os efeitos destrutivos da consciência baseada no ego em seu mundo é baseado na falta de percepção da dinâmica espiritual. Além disso, enfraquece sua própria força, pois a raiva e a frustração que às vezes sente ao assistir ao noticiário ou ler os jornais não podem ser transformadas em algo construtivo. Isso apenas o esgota e diminui seu próprio nível de vibração. Tente ver as coisas à distância, em uma atitude de confiança. Tente sentir intuitivamente as correntes subterrâneas da consciência coletiva, as coisas sobre as quais dificilmente lê ou ouve falar na mídia.

Não faz sentido tentar mudar almas que ainda estão presas na realidade da consciência baseada no ego. Elas não querem a sua “ajuda”, pois ainda não estão abertas às energias baseadas no coração que vocês – trabalhadores da luz – desejam compartilhar com elas. Mesmo que, para você, elas pareçam precisar de ajuda, enquanto não a quiserem, elas não precisarão dela. É tão simples quanto isso.

Os trabalhadores da luz gostam muito de dar e ajudar, mas muitas vezes perdem seu poder de discernimento nessa área. Isso leva a um desperdício de energia e pode resultar em dúvida e decepção por parte do trabalhador da luz. Por favor, use seu poder de discernimento aqui, pois o desejo de ajudar pode se tornar tragicamente uma armadilha para os trabalhadores da luz que os impede de realmente completar a etapa 3 da transição. (A noção de “ajudar” é discutida mais detalhadamente no capítulo e na canalização “Pitfalls on the way to becoming a healer” (Armadilhas no caminho para se tornar um curador, parte II).

Agora terminaremos nossa descrição dos trabalhadores da luz no final do estágio do ego. Como dissemos, naquela época, vocês, entre outros impérios galácticos, interferiram na humanidade quando o ser humano moderno tomou forma. Quando começaram a desempenhar cada vez mais o papel de observadores, vocês se cansaram de lutar.

O poder que buscaram por tanto tempo resultou em um tipo de dominação que aniquilou as qualidades únicas e individuais daqueles que vocês dominavam. Assim, nada de novo poderia entrar em sua realidade. Você matou tudo o que era “outro”. Esse modo de proceder tornou sua realidade estática e previsível depois de algum tempo. Quando você se deu conta do vazio da luta pelo poder, sua consciência se abriu para novas possibilidades. Surgiu um desejo por “algo mais”.

Você concluiu a etapa 1 da transição para uma consciência baseada no coração. As energias do ego, que tiveram livre domínio por eras, se acalmaram e abriram espaço para “algo mais”. Em seus corações, uma nova energia despertou, como uma flor tenra. Uma voz sutil e calma começou a falar-lhes de “casa”, um lugar que um dia conheceram, mas que perderam de vista ao longo do caminho. Você sentiu uma saudade de casa dentro de você.

Assim como as almas da Terra, você já havia experimentado o estado oceânico de unidade do qual toda alma nasce. Vocês evoluíram gradualmente desse oceano como unidades individuais de consciência. Como essas “pequenas almas”, vocês tinham um grande gosto pela exploração, ao mesmo tempo em que carregavam dentro de si a dolorosa lembrança de um paraíso que tiveram de abandonar.

Mais tarde, quando você entrou no estágio de consciência do ego, essa dor ainda estava dentro de você. O que vocês essencialmente tentaram fazer foi preencher esse ponto vazio em seu coração com poder. Vocês procuraram se realizar jogando o jogo da luta e da conquista.

O poder é a energia que mais se opõe à unidade. Ao exercer o poder, você se isola do “outro”. Ao lutar pelo poder, você se distancia ainda mais de seu lar: a consciência da unidade. O fato de que o poder o afasta de casa em vez de aproximá-lo dela ficou escondido de você por muito tempo, pois o poder está fortemente entrelaçado com a ilusão. O poder pode facilmente esconder sua verdadeira face para uma alma ingênua e inexperiente. O poder cria a ilusão de abundância, realização, reconhecimento e até mesmo amor. O estágio do ego é uma exploração irrestrita da área do poder: ganhar, perder, lutar, dominar, manipular, ser o ofensor e ser a vítima.

Em nível interno, a alma é despedaçada durante esse estágio. O estágio do ego implica um ataque à integridade da alma. Por integridade entendemos a unidade natural e a totalidade da alma. Com a entrada da consciência baseada no ego, a alma entra em um estado de esquizofrenia. Ela perde sua inocência. Por um lado, a alma luta e conquista; por outro lado, ela percebe que é errado prejudicar ou destruir outros seres vivos. Não é tão errado de acordo com alguma lei ou juiz objetivo. Mas a alma percebe subconscientemente que está fazendo algo que se opõe à sua própria natureza divina. É da natureza de sua própria essência divina criar e dar vida. Quando a alma opera com base em um desejo de poder pessoal, surge um sentimento de culpa em seu íntimo. Novamente, não há um veredicto externo sobre a alma que a proclame culpada. A própria alma percebe que está perdendo sua inocência e pureza. Enquanto a alma busca o poder por fora, um crescente sentimento de indignidade a está corroendo por dentro.

O estágio da consciência baseada no ego é um estágio natural na jornada da alma. Na verdade, ele envolve a exploração completa de um aspecto do ser da alma: a vontade. Sua vontade constitui a ponte entre o mundo interno e o externo. A vontade é a parte de você que concentra a energia de sua alma no mundo material. A vontade pode ser inspirada pelo desejo de poder ou pelo desejo de unidade. Isso depende do estado de sua consciência interior. Quando uma alma chega ao fim do estágio do ego, a vontade se torna cada vez mais uma extensão do coração. O ego ou a vontade pessoal não é destruído, mas está fluindo de acordo com a sabedoria e a inspiração do coração. Nesse ponto, o ego aceita com alegria o coração como seu guia espiritual. A integridade natural da alma é restaurada.

Quando vocês, almas trabalhadoras da luz, chegaram à etapa 2 da transição da consciência baseada no ego para a consciência baseada no coração, sentiram o desejo sincero de consertar o que haviam feito de errado na Terra. Perceberam que haviam tratado mal os seres humanos vivos da Terra e que haviam impedido a livre expressão e o desenvolvimento das almas da Terra. Percebeu que havia violado a própria vida ao tentar manipulá-la e controlá-la de acordo com suas necessidades. Você queria libertar os seres humanos das amarras do medo e da limitação que haviam trazido muita escuridão para suas vidas e sentiu que poderia realizar mais nesse aspecto encarnando em corpos humanos. Assim, encarnou em corpos humanos, cuja composição genética foi parcialmente criada por você, a fim de transformar suas criações por dentro. As almas que foram à Terra com essa missão pretendiam espalhar a Luz em suas próprias criações manipuladas.

Por isso, são chamados de trabalhadores da luz. Você tomou a decisão de fazer isso – e de se envolver em uma série de vidas terrenas – por causa de um senso de responsabilidade recém-nascido e também por causa do desejo sincero de assumir esse fardo cármico, para que pudesse se livrar totalmente do passado.

 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Julho 18, 2024

chamavioleta

Tempo de colheita

Mensagem de Jeshua
Canal: Pamela Kribbe

Tradução a 18 de julho de 2024

 
 
Caros Amigos, Eu sou Jeshua.
 
Saúdo-vos a todos. Estou convosco de profunda ressonância. Percorremos o mesmo caminho e tu estás comigo. Eu era uma espécie de porta-bandeira na época em que vivi. Plantei sementes, mas nunca tive a intenção de o fazer sozinho. O que eu fiz não foi algo sozinho. O que fiz foi relacionado com um grupo de almas de espíritos afins ao qual pertencem.
 
Este é o momento da colheita. Através do plantio e crescimento, através da germinação de sementes, através do surgimento de novos brotos, uma nova luz é trazida a este mundo, e vocês são aqueles que germinam sementes e brotos. Você está conectado comigo no Grande Campo da energia Crística. A coisa mais preciosa que se está a desenvolver durante este tempo é quem vocês são.
 
Muitas vezes pensam que a maior diferença é feita pelo que fazem ou estabelecem no mundo, mas não é esse o caso. Pelo contrário, é o que e quem você é que faz toda a diferença; é isso que cria uma abertura na consciência coletiva na Terra. Por estar demasiado fixado em objectivos específicos fora de si – no que pretende alcançar neste mundo-afasta-se do seu núcleo, da sua base, que é onde a transformação está a ocorrer. É o que é mais necessário neste mundo.
 
É importante que reconheçais o mundo interior - o mundo dos vossos sentimentos, da vossa psique, dos vossos pensamentos – como a fonte primária de toda a criação. Você se tornou doutrinado por uma visão de mundo na qual o interior – o intuitivo e o espiritual – é negligenciado. Há um foco excessivo no mundo exterior, no material. E quando você concorda com isso, você mina seus próprios poderes de criação, porque a fonte de cada criação duradoura está sempre dentro de você. Você não depende de forças externas, e perceber isso é um grande passo, porque o liberta do mundo exterior, que então perde seu poder sobre você.
 
Quando você percebe profundamente, a partir do seu núcleo divino, que você é um criador, as regras e idéias sociais, os medos que prevalecem na sociedade, perdem gradualmente sua influência sobre você. Esta é também a mensagem que está a transmitir às pessoas deste mundo. Nada traz uma pessoa em sua própria força mais do que a percepção de que ele ou ela é o centro de seu próprio mundo, e que a partir daí você atrai e cria o que é certo para você. Assim, a energia do medo e da ilusão perde sua influência sobre você. Este é o verdadeiro avanço que todos procuram.
 
Peço-vos que se liguem agora ao vosso coração. Quando estou a falar do coração, não estou a falar do coração físico, mas de algo muito mais vasto e profundo; ou seja, aquela parte de TI, a tua alma única, que está ligada ao todo, que vibra num campo de amor que é a tua casa, o lugar onde pertences. Seu coração físico é a manifestação material mais visível deste centro interior, mas não é mais do que isso. O vosso verdadeiro coração é muito mais vasto e não está limitado pelo tempo e pelo espaço.
 
O amor em seu coração ultrapassa o material, transcende a vida física. Isso o torna realmente ótimo e também permite que você esteja seguro. Porque através deste amor estais ligados à energia Crística: um campo de amor infinitamente mais poderoso do que qualquer imagem medrosa ou todas as coisas materiais do mundo. Sinta este campo agora. Invoque em seu próprio coração e sinta claramente que você é muito maior do que um corpo terreno, uma personalidade terrena. Sua alma escolheu você para crescer através de você nesta vida, para experimentar, para trabalhar. Este grande poder de sua alma está disponível para você como uma fonte de sabedoria.
 
Agora, vá com sua atenção para o centro do seu coração e sinta quem você é. Sinta também os talentos e dons que você desenvolveu em outras vidas, porque o coração opera a partir de uma consciência atemporal e tem acesso a todas as variadas manifestações ou encarnações que você já teve. Sinta a energia do seu coração chegar até você e cercá-lo. Deixe-o iluminar um problema que você está enfrentando em sua vida cotidiana. Muitos problemas surgem ou se tornam maiores à medida que você se fixa em coisas externas, ou em seu próprio corpo, no tangível, no físico. Querem encontrar soluções a esse nível. Mas, conectando-se com o seu núcleo maior, com a sua consciência do coração, você terá acesso a fontes de sabedoria que podem ajudá-lo muito mais.
 
A solução nunca está no plano material; está dentro de você. Desça todo o caminho até esse nível e veja uma chama de luz no meio do centro do seu coração. Esta luz liga - vos ao campo Crístico, que vos protege e cuida de vós – permitam que ele vos envolva. Sinta que você não depende de poderes fora de si mesmo; sinta que pode viver da facilidade e do amor, da leveza. Você foi tão doutrinado com pensamentos de medo, luta e sobrevivência que parece impossível viver de leveza, gentileza e amor. Esta é a sombra que paira sobre todos vós: a crença no medo, na luta e no controlo.
 
Peço-vos que abram o vosso coração a essa realidade maior que existe e que vos transporta. Imagine que a energia luminosa desta realidade maior entra através do seu coração, e ainda mais através do seu corpo e do seu campo de energia. Deixe a luz fluir através do seu coração e descer para o seu plexo solar ... e mais para o seu abdómen ... e para o seu chacra radicular no seu cóccix ... e ainda mais para baixo através das suas pernas até aos seus pés. Sinta o seu próprio poder. Não é uma força dura, não é uma força de resistência ou de luta. Já passou o tempo em que tinhas de estar em conflito com o mundo exterior.
 
Há outro poder dentro de você que pode ajudá-lo a perceber o que deseja profundamente. Mas esse poder não é de natureza dual, de lutar contra alguma coisa. Sinta o poder dessa força e vá para onde você experimenta um problema que lhe dá preocupação, faz você se preocupar e pensar. Vá para onde você sente que está perdendo suas forças, que você não é capaz de viver com alegria, mas tem a sensação de ser ameaçado por algo fora de você, algo que você não entende, ou por algo que continua surgindo e nunca parece ser capaz de ser resolvido. Há uma espécie de nó em sua energia, em seus pensamentos sobre seus próprios poderes de criação. Há uma sensação de impotência. Há um ponto cego em ti.
 
Sinta o grande poder do amor. Olhe para a sua vida e pergunte-se: "onde eu experimento mais o amor? Em que atividade ou com que pessoa ou em que momentos experiencio um sentimento de alegria e felicidade sinceras?  Onde me sinto em casa, relaxado?"Quero dizer, momentos em que você literalmente se sente mais leve, quando seu corpo vibra em um nível mais alto. Olhe para si mesmo onde e em que situação você sente que o mais, e tomar isso como seu critério ou guia.
 
O amor dá-lhe energia, torna-o criativo e, ao mesmo tempo, livre de preocupações. Então você está confiante, e de uma forma quase infantil você se torna feliz. Esta é uma grande força; não a subestime. Procure esse tipo de sentimento tanto quanto possível em sua vida. Deixe de fazer a batalha, e encontrar os lados mais brilhantes em sua vida e alimentar essa energia. Então você liberta forças em si mesmo que lhe dão uma conexão mais profunda com a sabedoria de sua própria alma; então você magnetiza os outros – semelhante atrai semelhante.
 
 
 

 
Transcrito por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Junho 18, 2024

chamavioleta

Reflexões sobre os dons de Pentecostes (Parte 5)

O Ajustador do Pensamento

É o Mestre

Mensagem recebida por Anyas

Trauzida a 16 de junho de 2024

 

 

Oregon, EUA, 4 de maio de 2023 "Se a religião é um opiáceo para o povo, não é a religião de Jesus. Na cruz, ele se recusou a beber a droga amortecedora, e seu espírito, derramado sobre toda a carne, é uma poderosa influência mundial que leva o homem para cima e o impele para frente. O impulso espiritual para a frente é a força motriz mais poderosa presente neste mundo; o crente que aprende a verdade é a única alma progressista e agressiva na terra."[UB, 194: 3.4] Ajustador do pensamento: "apesar de suas realizações espirituais inovadoras, Jesus permaneceu um indivíduo humilde e pé no chão sempre focado em seu chamado superior enquanto lidava com as vicissitudes da vida humana. De que outra forma o Filho Criador encarnado poderia ter revelado Deus aos homens? Enquanto estava na carne, ele era um Embaixador visível do Pai Celestial para seus semelhantes. Depois de ascender a reinos experienciais mais elevados, ele enviou Seu Espírito de verdade para preencher o grande vazio deixado por sua ausência. Não faz todo o sentido que o Espírito da Verdade seja uma poderosa força motriz? Através de suas divulgações contínuas para aqueles que fazem perguntas pertinentes, encoraja-os a levar uma vida centrada em Deus. Voltando-se para dentro e contemplando suas jóias práticas de conhecimento e sabedoria, o 'crente que aprende a verdade' alimenta sua alma com nutrientes premium. É isso que o diferencia daqueles que tolamente afirmam possuir toda a verdade de que necessitam, mas, devido à sua flagrante falta de receptividade, desembarcaram em um estado de paralisação não recompensadora e complacente. Jesus, enquanto estava na carne, nunca deixou de fazer perguntas — aos seus pais e professores quando era criança e à presença do seu pai residente depois de perceber que não podiam dar respostas satisfatórias e lógicas às suas perguntas inteligentes. O seu espírito de verdade, que habita em vós, exorta-vos a fazer o mesmo, prometendo-vos grandes resultados no vosso crescimento espiritual. Tenha em mente que nunca mente!”
 

 

© Grupo de Progresso 11:11.
Não importa qual seja a pergunta, a resposta é sempre Amor.

www.innersherpa.org

 
 
 

 
Traduzido por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso [d'algumas] das religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Junho 04, 2024

chamavioleta

Reflexões sobre os dons de Pentecostes (Parte 2)

O Ajustador do Pensamento

É o Mestre

Mensagem recebida por Anyas

Trauzida a 3 de junho de 2024

 

 

Oregon, EUA, 30 de abril de 2023
 
"Jesus viveu na terra e ensinou um evangelho que redimiu o homem da superstição de que era filho do diabo e o elevou à dignidade de filho de Deus pela fé. A mensagem de Jesus, tal como a pregou e viveu nos seus dias, foi um solvente eficaz para as dificuldades espirituais do homem naquele dia da sua declaração. E agora que ele deixou pessoalmente o mundo, ele envia em seu lugar o seu espírito de verdade, que é projetado para viver no homem e, para cada nova geração, para reafirmar a mensagem de Jesus para que cada novo grupo de mortais que apareça na face da terra tenha uma versão nova e atualizada do evangelho, exatamente a iluminação pessoal e a orientação grupal que provarão ser um solvente eficaz para as dificuldades espirituais sempre novas e variadas do homem."[UB, 194: 2.1]
 
Ajustador do pensamento: "uma nova faceta do Espírito da Verdade de Jesus chamou a sua atenção: o facto de ser altamente adaptável — nunca obsoleto, estagnado ou irrelevante. O Espírito da verdade está vivo e bem, fornecendo instruções sobre situações difíceis e esclarecendo o pensamento do homem quando intrigado com a ocorrência de desenvolvimentos sem precedentes.
 
O seu é voltar-se para dentro e emprestar os ouvidos internos do seu coração à sua entrada. Na verdade, é um espírito de amor e verdade — nunca expressando uma verdade desnaturada e dolorosa misturada com sentimentos tóxicos de raiva, como muitas vezes ocorre em interações inter-humanas.
 
O Espírito da verdade pode confrontar seu ego imaturo com sua intenção honesta e direta de elevá-lo para o próximo círculo Psíquico de sua evolução espiritual. Não é surpreendente que a ascensão pessoal e gloriosa de Jesus ao Pai tenha se tornado uma porta de entrada para sua própria ascensão, desde que você siga as orientações de seu verdadeiro embaixador?
 
O Espírito da verdade traz clareza à sua mente, iluminando sua alma. Os momentos a que rende no seu rastro são comemorativos, pois sua verdade é libertadora. Através desta maravilhosa aplicação espiritual, você está conectado ao seu 'salvador' que o livra dos grilhões da mentira, do engano, da falta de poder, da falta de confiança, do desespero e da resignação.
 
O pronunciamento revolucionário de Jesus à geração da sua encarnação humana foi que eles eram filhos de Deus, não Filhos do diabo. Admoestou-os a amarem-se uns aos outros e a si próprios.
 
O que é que a vossa geração precisa de ouvir do Espírito sempre progressista da verdade nestes tempos difíceis de grande confusão espiritual, onde as forças das trevas parecem conceber implacavelmente novos esquemas iníquos para manter este mundo num estado de turbulência e instabilidade?
 
É respondendo aos impulsos internos positivos do Espírito da verdade que abrireis um mundo profuso de esperança, de amor e de luz — a terra prometida anunciada por Jesus.”
 

 

© Grupo de Progresso 11:11.
Não importa qual seja a pergunta, a resposta é sempre Amor.

www.innersherpa.org

 
 
 

 
Traduzido por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso [d'algumas] das religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Junho 04, 2024

chamavioleta

Reflexões sobre os dons de Pentecostes (Parte 1)

O Ajustador do Pensamento

É o Mestre

Mensagem recebida por Anyas

Trauzida a 3 de junho de 2024

 

 

Oregon, EUA, 29 de abril de 2023
 
"Estes crentes sentiram-se subitamente convertidos a um outro mundo, uma nova existência de alegria, poder e glória. O mestre lhes havia dito que o Reino viria com poder, e alguns deles pensaram que estavam começando a discernir o que ele queria dizer."[UB, 194: 0.6]
 
Ajustador do Pensamento: "ao ler esta narrativa sobre o efeito da doação do Espírito de verdade de Jesus no dia de Pentecostes, ocorreu-lhe que, porque esta dotação espiritual tem continuado a doar-se desde então, é fácil dar como certo, uma vez que não experimentou como os seguidores de Jesus, o contraste experiencial entre o seu estado de espírito e coração oprimido e o inegável "depois" de elevação emocional e espiritual que deu testemunho daquela maravilhosa efusão do Espírito.
 
Esta dotação foi de grande magnitude, pois foi tremendamente amplificada pela doação simultânea do Espírito Santo e dos fragmentos do Pai Divino — os Ajustadores do pensamento.
 
Cabe a si revitalizar essas tremendas forças motrizes espirituais internas que você pode ter inconscientemente relegado a um modo ocioso por falta de atenção. Estes são os contribuintes mais significativos para o seu renascimento espiritual e ascensão em direção ao seu próximo círculo Psíquico de realização espiritual.
 
São parte integrante das boas-novas trazidas por Jesus ao vosso mundo para vos inspirar a imitar os seus passos espirituais confiantes, espalhando a grande notícia da vossa libertação da escravidão espiritual para um estado contagiante de prosperidade espiritual.”
 

 

© Grupo de Progresso 11:11.
Não importa qual seja a pergunta, a resposta é sempre Amor.

www.innersherpa.org

 
 
 

 
Traduzido por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso [d'algumas] das religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Abril 13, 2024

chamavioleta

Inauguração

Mensagem de Jesus

(Josué, Issa, Yeshua, Sananda)

Canal: Jahn J Kassl

Tradução a 12 de abril de 2024

 
 
 
 
Quando Deus se inscreve na sua vida, deixa uma impressão duradoura. Uma vez que isto tenha acontecido, chegou o fim de todas as dúvidas. Nada nem ninguém pode tirar-te do caminho certo.
 
O dia em que você se abre incondicionalmente a Deus é o dia – e esse dia chegou para muitas pessoas aqui hoje e para muitos que seguirão esta mensagem em uma data posterior. Minha missão é encontrá-los onde estão hoje, para que possam continuar sua jornada para a luz. O que lhe faltava agora é dado, o que você precisa agora é dado a você: Força, Poder, conhecimento, certeza e amor no fluxo constante da vida.
 
A inauguração começa
 
A CONSCIÊNCIA CRÍSTICA VIVA É AGORA TRANSFERIDA PARA VOCÊS. O CORAÇÃO DENTRO DO CORAÇÃO É AGORA CRIADO E ESTABELECIDO EM SEU CORPO SUTIL.
 
Você sabe que isso afeta você, você sabe quando a hora para isso chegar mais tarde. Todo o conhecimento está dentro de você.
 
A CONSCIÊNCIA CRÍSTICA VIVA É AGORA TRANSFERIDA PARA VOCÊS. O CORAÇÃO DENTRO DO CORAÇÃO É AGORA CRIADO E ESTABELECIDO EM SEU CORPO SUTIL.
 
Deixe o que pode acontecer acontecer, não force, mas espere Deus a cada hora.
 
A CONSCIÊNCIA CRÍSTICA VIVA É AGORA TRANSFERIDA PARA VOCÊS. O CORAÇÃO DENTRO DO CORAÇÃO É AGORA CRIADO E ESTABELECIDO EM SEU CORPO SUTIL.
 
Pausa …
 
Recebeu este presente. Foste trazido para cá por uma razão.
 
Você está agora no lugar certo, na hora certa.
 
Deixaste-te guiar pela tua voz interior, que te transmite as mensagens da tua alma como eco.
 
A Consciência Crística Viva está estabelecida dentro de vocês.
 
Agora você pode se dar o presente.
 
JJK: como é que os indivíduos podem agora saber praticamente se receberam esta iniciação ou se ainda está por vir? Existe um método ou mostra-se claramente a cada pessoa de uma forma individual?
 
Cristo: a grande maioria das pessoas que foram e estão a ser levadas a esta mensagem estão a receber este dom de iniciação. Um pequeno número de pessoas interessadas, mas ainda não prontas, está posteriormente preparado para isso.
 
Uma vez que esta intervenção sutil tenha ocorrido, ninguém a notará. Existem dois fenómenos:
 
1. Uma sensação indescritível de bem-estar na área do coração, que é percebida como expansão – perceptível na vida cotidiana.
 
2. A percepção alterada e um aumento significativo da vitalidade – perceptível na vida cotidiana.
 
Se isso não é suficiente para si e para alguns não é suficiente, preste atenção aos seus sonhos e aos sinais que a própria vida lhe revela. Tudo é dado a você-tudo!
 
Através desta iniciação, uma fonte de energia que nunca seca foi estabelecida dentro de vocês. Agora você pode gerar força vital a partir de si mesmo e não precisa mais de um substituto. Perseverar ou dar a um processo o tempo que ele precisa torna-se fácil agora que você não pode mais ficar desanimado ou perturbado mental, emocional e espiritualmente. (…)
 
Tire um tempo para seus processos internos, porque você só pode mudar o mundo a partir de dentro.
 
Não se envolva num jogo que não lhe serve nem lhe interessa. Se uma luta for imposta a você, aja de acordo com seus instintos internos. Nunca fique no campo de batalha por muito tempo! A única linha que você tem que traçar hoje é a linha com o condicionamento antigo que o mantém no jogo antigo.
 
Esteja ciente agora de que, com a iniciação de hoje, você alcançou um novo status:
 
* Sua conexão interior com Deus é resiliente e permanece estável.
 
* Você pode desfrutar do amor e doá-lo.
 
* Assume a responsabilidade pela sua vida e pela vida que lhe é confiada.
 
Este é o resultado de um trabalho constante de consciência: o coração é exposto e o amor pode fluir. É o seu nascimento na Consciência Crística. É revelado a você!
 
Em Eu sou você em mim e eu estou consigo.
 
Eu sou JESUS Cristo
 
 

 
Tradusido por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Abril 02, 2024

chamavioleta

A mecânica da Harmonia

O Ajustador do Pensamento

É o Mestre

Mensagem recebida por Anyas

Trauzida a 1 de abril de 2024

 

 

Oregon, EUA, 2 de junho de 2020
 
Ajustador do pensamento: "um erro não justifica mais erros. Período.
No entanto, é a mentalidade defeituosa adotada pelos oportunistas que usam os erros como pretextos para seguir o exemplo. A filosofia de vida revolucionária de Jesus era nunca tolerar um ato ilícito respondendo da mesma forma. Em vez disso, ele rapidamente extinguiu incêndios emocionais tomando a contramedida de emergência de apagá — los com a direita-apresentando a outra face em vez de ficar de olho.
 
A recente morte injusta de um homem nas mãos de um agente da polícia sem coração foi o catalisador de um tumulto destrutivo que ceifou mais vidas inocentes. Como poderia o homicídio culposo justificar a destruição das propriedades de pessoas inocentes e a privação dos seus legítimos meios de subsistência? A lamentável perda de uma vida pôs em movimento Um terrível efeito dominó que evidenciou as muitas variações da iniquidade.
 
Acontece quando os perpetradores são desprovidos de fibra moral e, usando a máscara da Justiça ofendida, cuidam de si mesmos — os proverbiais lobos escondidos sob peles de ovelha. Devido a tais vendas emocionais e total falta de empatia, eles estão alheios à dor e ao sofrimento que acrescentam à já transbordante Taça planetária.
 
Quando chegar o dia do acerto de contas pessoal, os fundamentos da Quinta Emenda que se enquadram nas categorias "eles-me-fizeram-fazer", "todo mundo-estava-fazendo-o" ou "isso-me-fez-tão-louco" serão rejeitados nos tribunais das leis divinas por causa de sua inalienável prerrogativa de livre arbítrio e auto-responsabilidade.
 
Assuma a responsabilidade por seus pensamentos, sentimentos, palavras e ações. Eles não são originários de você? Como, então, poderia apontar um dedo acusatório a outros por seus erros? Seguramente, não tornará o vosso mundo um lugar melhor. A proliferação da má vontade não pode ter resultados positivos, como demonstrado pelos Efeitos Contraditórios da rebelião de Lúcifer que fizeram com que o vosso planeta descesse para um estado sem lei de anarquia espiritual desencadeada pela promoção tola de liberdades pessoais desenfreadas.
 
Um mundo estabelecido na luz e na vida é um mundo de lei e ordem — a mecânica fundamental da harmonia. Sois uma pequena célula chamada a desempenhar o seu papel com perfeição no vasto organismo cósmico. É como você encontrará seu propósito; é como você se tornará apaixonado por viver uma vida significativa. Não sejas desonesto!”
 

 

© Grupo de Progresso 11:11.
Não importa qual seja a pergunta, a resposta é sempre Amor.

www.innersherpa.org

 
 
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso [d'algumas] das religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Abril 01, 2024

chamavioleta

A Ressurreição de Yeshua (Jesus)

Timo: O Coletivo dos Mestres Ascensos

Canal: Daniel Scranton

Tradução a 31 de março de 2024

 
The Resurrection of Yeshua - Jesus Christ - Thymus - channeled by daniel scranton
 
 
Bênçãos. Somos o timo. Somos o coletivo dos Mestres Ascensos.
 
Estamos aqui agora para vos falar sobre a ressurreição e o seu significado. Isso pode significar que você morre em um corpo e depois volta para ele, como faz todas as noites quando adormece. Agora, você não morre todas as noites, mas você deixa seu corpo, e permanece amarrado, ou ligado, ao seu corpo enquanto você está em sua jornada através do plano astral, e então você volta para o seu corpo porque você ainda está conectado a ele. Mas uma ressurreição não significa um corte desse cordão que liga a consciência da sua alma à consciência do seu corpo e depois volta para o mesmo corpo.
 
Uma ressurreição é uma transformação, e a transformação é o que Yeshua foi e tem tudo a ver. Yeshua está aqui entre nós, caso você esteja se perguntando. Ele faz parte deste colectivo e é um exemplo muito bonito do que é possível para todos vós nos vossos corpos físicos humanos. Não é preciso morrer para renascer. Você também não precisa experimentar um trauma para crescer espiritualmente. Você simplesmente precisa se lembrar de quem você realmente é e acessar essa energia, para permitir que essa energia flua para você e através de você, para habitar um tipo diferente de corpo, um corpo de luz.
 
E assim, quando falamos de ascensão, estamos falando de ressurreição e transformação, e é isso que Yeshua queria para si mesmo naquela vida famosa e para todos vocês. Yeshua queria que outros humanos seguissem seus passos, mas sem o martírio, sem a crucificação. Agora, ele havia completado seus ensinamentos e completado sua missão, e toda vida que termina termina porque o propósito dessa vida terminou. E assim, ele optou por verificar de uma forma muito dramática que emprestaria a toda a especulação de quem ele realmente era e é.
 
Ele queria que as pessoas vissem que não há morte, que a consciência não pode ser destruída, e você também não pode destruir uma ideia. Seus ensinamentos continuam vivos, e eles continuam vivos por causa de sua profundidade e porque ele escolheu um fim dramático para seu ministério. Agora, em última análise, a ressurreição provou que o corpo não é a única casa para a consciência. Existem outros órgãos. Existem corpos mais leves, e todos vocês agora estão se transformando em seres de corpo mais leve para que possam ter a vida eterna. A vida eterna é algo em que os seguidores modernos de Yeshua acreditam, e todos vocês que estão despertos também acreditam na natureza eterna da alma.
 
Agora, como sua alma, vocês podem habitar qualquer corpo que quiserem, e estão escolhendo corpos cada vez mais leves à medida que vão para representar a evolução de sua alma, a evolução de sua consciência e a direção de seu foco, à medida que se concentram em Estados cada vez mais elevados de ser, vibrações cada vez mais elevadas, e se permitem tornar-se seus eus superiores de quinta dimensão, seus eus ressuscitados e ascendidos. Lembre-se de que você ressuscita sempre pela manhã quando acorda em seu corpo e decide quem será naquele dia em particular, sobre o que será essa vida dessas dezesseis ou mais horas.
 
E vocês continuarão a dar-se essa escolha por toda a eternidade, e isso é algo para serem felizes. Isso é algo para nos sentirmos felizes, porque não há fim para a nossa experiência, e não há fim para o que podemos explorar e descobrir sobre nós mesmos como seres de energia de origem.
 
Isso é tudo por agora. Somos o timo. Somos o colectivo dos Mestres Ascensos e estamos sempre entre vós.
 
 
Daniel Scranton
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Abril 01, 2024

chamavioleta

OS SEGREDOS METAFÍSICOS DE JESUS

Por Owen Waters

Tradução: Regina Drumond

a 31 de março de 2024

 
 
 
 
O Domingo de Páscoa é o dia mais movimentado do ano para Jesus. Não foi uma promessa vã quando ele disse: “Onde dois ou três se reunirem em meu nome, ali estarei com eles”. Segundo uma pesquisa publicada pela revista Forbes, mais da metade da população dos Estados Unidos irá à igreja no Domingo de Páscoa. Então, como ele consegue estar presente para todas essas pessoas?
 
Imagine, grupos intermináveis de pessoas se reunindo para lembrá-lo em um fuso horário, depois em outro, depois em outro. Como ele se torna presente entre milhares de grupos ao mesmo tempo? É aqui que a metafísica moderna apresenta respostas que nunca antes foram compreendidas.
 
Cada um de nós tem um caminho de evolução espiritual traçado diante de nós. Como seres humanos em um mundo físico, corremos em círculos em busca do propósito da vida, em uma busca aparentemente interminável. Finalmente, um dia descobrimos a saída desse ciclo interminável de busca, ao elevarmos o olhar.
 
A porta de entrada para o propósito da vida neste mundo é através da consciência centrada no coração. Ao abrirmos o coração e também a mente, descobrimos uma visão maior da consciência. À medida que vivenciamos essa visão do mundo centrada no coração com familiaridade cada vez maior, nós nos tornamos não apenas sinceros, mas movidos pelo coração. A fase inicial de aprendizagem da consciência centrada no coração se transforma na próxima fase da mestria e nos tornamos capacitados de maneiras que podem mudar o mundo para melhor. Neste ponto, pisamos firmemente na escada da evolução espiritual.
 
Quais são os próximos passos no crescimento espiritual?
 
Cada estágio da evolução espiritual produz uma expansão da consciência. Seu campo de consciência cresce à medida que sua consciência aumenta em frequência. O mundo físico existe atualmente em uma versão densa e altamente comprimida da consciência do Criador, conhecida como terceira densidade. Embora a consciência da terceira densidade conduza ao domínio da faculdade da razão, ela tem as suas próprias limitações, limitações que só podem ser liberadas ao darmos o próximo passo na escada da evolução consciente. O próximo passo é a experiência de quarta densidade, que culmina no domínio da consciência empoderada pelo coração.
 
Além disso está o reino da alma, um mundo não-físico da quinta densidade de maior alegria mental e criatividade. Livre das limitações de tempo e espaço, a alma pode tecer padrões intrincados de aprendizagem e experiência em um estado que é para nós um campo de consciência enormemente expandido.
 
Além do reino da quinta densidade da criatividade baseada na alma, existe um nível de consciência ainda mais expandido, chamado de reinos angélicos. Os anjos baseiam a sua presença na sexta densidade enquanto projetam partes da sua consciência no reino físico para servir aos necessitados. Eventualmente, um anjo evolui para um campo de consciência ainda maior chamado arcanjo ou, para usar um termo mais descritivo, espírito global.
 
Um espírito global é assim chamado porque o seu campo de consciência tem alcance global. A sua consciência abrange todo o planeta, atingindo os reinos da alma, do espírito e do físico, procurando sempre responder a quem necessita de encorajamento, cura e apoio.
 
O próximo estágio de evolução acima daquele dos espíritos globais é um estágio de existência totalmente diferente. Embora os arcanjos ou espíritos globais mantenham a sua relação com os estágios humanos da existência, a sétima densidade é o início dos níveis cósmicos de evolução. Quando um espírito global está pronto para avançar para a sétima densidade, torna-se parte da pequena reunião de seres que formam a alma ou o logos de um planeta. Na literatura metafísica avançada, estes têm sido referidos como Senhores da Chama do logos do planeta.
 
Então, como é que Jesus se enquadra neste grande esquema de evolução espiritual? Em primeiro lugar, ele não pode operar como opera se se tornar parte de um planeta, de um sol ou de uma galáxia. Ele tem que funcionar no nível mais acessível para ajudar os humanos, e esse é o nível superior da sexta densidade dos espíritos globais.
E é assim que Jesus faz. Sua consciência abrange todo o planeta, alcançando os reinos da alma, do espírito e do físico, sempre buscando responder com ajuda para aqueles que precisam de encorajamento, cura e apoio.
 
Jesus sempre funcionará neste nível? Não, daqui a milhares de anos, quando as pessoas do Planeta Terra tiverem crescido espiritualmente o suficiente para não precisarem mais deste serviço pessoal, ele dará o próximo passo na escada da evolução espiritual. Certa vez, fui informado por uma fonte angélica impecável que ele então se tornaria parte do logos deste maravilhoso planeta e, mais uma vez, atuaria como uma luz condutora, acenando-nos para eventualmente seguirmos seus passos sagrados.
 
Owen Waters
 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Março 26, 2024

chamavioleta

Preparação para a ascensão

Até quando vai continuar?

Conversa com Sananda

(Josué, Issa, Yeshua, Jesus)

Canal: Jahn J Kassl

Tradução a 25 de março de 2024

 
 
 
 
JJK: a situação na Rússia está a acalmar – se e o Presidente Putin conseguiu – mais uma vez-manter a unidade. Até quando vai continuar este jogo, em que a humanidade está à beira de muitas áreas?
 
SANANDA: o fim chega no dia em que o ponto crítico no processo de Despertar da humanidade é alcançado. Estamos a aproximar-nos deste ponto em grandes passos, muito grandes passos. A terra então será transformada e em muito pouco tempo vocês emergirão dos processos de transformação como recém-nascidos. A Constituição energética básica do ser humano é realinhada, o corpo e a psique são adaptados à vibração divina e elevados.
 
É agora importante fazer os preparativos necessários para cumprir os requisitos para esta redefinição.
 
Um processo que consiste em permanecer ancorado em Deus, inabalável na confiança e incondicional no amor, apesar de toda a loucura que encontras agora – essa é a prática.
 
Os verdadeiros mestres não nascem, mas são forjados através dos acontecimentos!
 
JJK: isso significa – aguentar até ao dia x?
 
SANANDA: isso significa viver até o dia
 
Para se aprofundar cada vez mais em Deus e não contar mais os dias, semanas ou meses para a ascensão, mas para celebrar os minutos que você gasta com Deus – a espera pela ascensão é apenas uma espera enquanto houver uma separação entre você e Deus existe.
 
Assim que você se percebe na consciência de sua graça a cada minuto, esse estado de inquietação termina – a serenidade e a paz surgem.
 
JJK: como é criada a proximidade com Deus?
 
SANANDA: o anseio por Deus é colocado no coração de cada pessoa e desperta assim que o coração é libertado das sobreposições e bloqueios, de todo o lixo que se acumulou nas muitas encarnações. É por isso que a introspecção e o trabalho de cura no corpo e na alma são tão importantes – até que o avanço seja alcançado, até que você possa sentir e perceber Deus em seu coração. Então, você lida com respostas com a mesma calma que lida com perguntas não Respondidas. Então ambos têm a mesma validade para si.
 
JJK: tudo é então "igualmente válido", mas não "importante", certo?
 
SANANDA: uma pessoa desperta deixa-se guiar por Deus nas respostas e não ser manipulada pela inquietação da mente. Na proximidade de Deus, a mente se acalma e todas as necessidades desaparecem.
 
Os coxos andarão e os cegos verão?
JJK: vamos ascender com o corpo? Eu perguntei isso muitas vezes.
 
Devido às muitas mudanças que ocorrem repetidas vezes, esta questão é novamente relevante para mim hoje. Será que os nossos corpos serão realmente rejuvenescidos, os dentes voltarão a crescer, os coxos serão capazes de andar, os cegos serão capazes de ver e os surdos serão capazes de ouvir depois que a terra for levantada com as pessoas? Ouvi isto recentemente num vídeo de Kerry K. (2) será assim?
 
SANANDA: cada pessoa experimentará este tempo de forma diferente. Existem diferentes maneiras de escalar.
 
No entanto, quem ajudar a moldar e moldar ainda mais esta terra, quem participar activamente na construção da nova humanidade, receberá a graça da renovação global em todos os membros.
 
No processo de Ascensão, as células humanas são recalibradas, expostas a uma nova luz e recebem vibrações divinas de cura. Os seres humanos tornam-se seres plenamente conscientes da quinta dimensão, derramando a massa inerte de um corpo 3d. Um redesenho completo do seu físico e da sua psique para todos os que continuam a servir neste mundo. Muitas pessoas desistirão e abandonarão seus corpos terrestres durante esse período.
 
Cada pessoa faz jus ao seu destino divino. Cada ser humano recebe a vida neste ou noutro mundo de acordo com as suas ordens divinas. Tudo e todos são tratados. É assim para sempre.
 
Neste ponto, terminaremos a nossa conversa hoje.
 
Confie no tempo! Os guardiões do tempo acompanham-Vos até ao limiar da existência intemporal. Porque a criação está nas mãos de Deus e das mãos de Deus toda a vida recebe a sua graça.
 
Com amor sem fim,
SANANDA
 
 

 
Tradusido por achama.biz.ly com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub