Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Abril 03, 2024

chamavioleta

A CIA, é a principal Ferramenta do Estado Profundo (Deep State) dos EUA

Por Sputnik via 

Pôsto a 3 de março de 2024

 

Há muito tempo que os cidadãos norte americanos entregaram o destino de sua nação a homens não eleitos, em sua maioria psicopatas. Tratam-se de agentes secretos, espiões e tecnocratas que exercem um poder indizível na condução da política externa e doméstica dos “controladores” do governo dos EUA. Estamos falando justamente da Agência de Inteligência Central (CIA, na sigla em inglês).

 

Fundada originalmente em 1947 sob os auspícios do então presidente americano Harry Truman, a CIA começou sua história como uma agência de inteligência independente dentro do Poder Executivo  estadunidense.

Pensada para o exercício de funções como coleta, avaliação e divulgação de informações que afetassem a segurança nacional dos Estados Unidos, não demorou muito para que a CIA recebesse poderes cada vez mais extraordinários, utilizados tanto para a espionagem em massa como para operações insidiosas no exterior.

Fato é que a CIA nunca se absteve de justificar o sigilo excessivo — e arbitrário — em torno de suas ações para proteger informações que comprometessem a organização. Isso só foi possível devido aos sucessivos fracassos do Congresso americano, que jamais conseguiu exercer uma vigilância adequada ou minimamente satisfatória sobre a agência de inteligência. Com isso, os segredos obscuros da CIA raramente foram divulgados ao público, seja por ex-operativos ou pelas PRE$$TITUTA$ da mídia.

No entanto, quando algum escândalo acabava ainda assim escapando do controle da organização, eram evidenciados casos de participação da CIA em conspirações de assassinato contra líderes políticos no exteriorapoio ativo e logístico a diversos golpes de Estado internacionais e ligações preferenciais com a elite financeira americana [judeu khazar de Wall Street].

Para além disso, como depois veio a revelar Edward Snowden, ex-funcionário da Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês), a CIA exercia vigilância atenta sobre uma lista incrivelmente abrangente de cidadãos americanos, em especial no ambiente virtual, podendo deduzir até mesmo seus pensamentos e seu grau de periculosidade para o “sistema” [os interesses do Deep State].

Logo, os agentes da CIA e da NSA eram instruídos a agir preventivamente contra qualquer indivíduo que pudesse trazer algum tipo de prejuízo à organização e a seus interesses e agendas ocultas.

Contudo, essa não é nem de longe a única — nem a mais grave — das práticas reprováveis exercidas pela CIA ao longo de sua história. Outras investigações por parte do Congresso americano relevaram que a agência já trabalhou, por exemplo, em experimentos de controle mental por meio de psicotrópicos, o LSD, assim como em operações de infiltração na imprensa, por meio de jornalistas “selecionados”, as suas PRE$$TITUTA$.

Há indícios de que milhares de jornalistas — desde a década de 1950 até hoje — tenham sido agenciados pela CIA, no âmbito da Operação Mockingbird, com o intuito de acompanhar, manipular e influenciar o trabalho de redação dos maiores jornais dos Estados Unidos.

Esse, por si só, é um esforço que diz muito sobre a natureza insidiosa da CIA, instituição que obteve cada vez mais poderes e financiamento [especialmente após assumir o controle do tráfico mundial de drogas – CIA=Cocaine Imporyt Agency] ao longo do tempo. Logo, resta demonstrado que um grupo seleto de funcionários não eleitos goza de imensos privilégios, recebendo carta branca do governo americano para implementar programas desconhecidos do grande público.

A partir da esquerda, o diretor do FBI, Christopher Wray, o diretor do Comando Cibernético dos EUA, general Paul Nakasone, a diretora de Inteligência Nacional Avril Haines, o diretor da Agência Central de Inteligência, William J. Burns, e o diretor da Agência de Inteligência de Defesa, tenente-general Scott Berrier, reunidos no Senado dos EUA em 8 de março de 2023
© AP Photo / Amanda Andrade-Rhoades

A CIA faz tudo isso no mais profundo sigilo, isenta de qualquer responsabilização direta, em parte porque o próprio Congresso dos Estados Unidos lhe fornece as condições para agir assim. Hoje, portanto, não há força política capaz de desafiar o poder da CIA, seja no Executivo, no Legislativo ou no Judiciário. Soma-se a isso a percepção, por parte de alguns operativos da agência, de que eles estão na verdade “fazendo a coisa certa” pela nação, servindo e protegendo — à sua maneira e de acordo com agendas ocultas  — os interesses dos Estados Unidos no mundo.

Não é de duvidar que muitos dentro da CIA tenham mesmo a convicção de que suas ações disruptivas e ilegítimas sejam justificáveis à luz de um “Bem Maior”, que se reduz de forma cínica à sua perpetuação burocrática no âmago do aparato estatal americano. Com isso, a CIA representa um dos mais arraigados e engenhosos tentáculos do chamado “Estado – DEEP STATE – Profundo” estadunidense, capaz de influenciar o curso de sua política doméstica e externa, sem qualquer consideração pelas vítimas de suas ações.

No final das contas, temos uma situação em que a CIA é quem acaba controlando o marionete instalado na Casa Branca, e não o contrário. Por outro lado, sempre que um novo vazamento acerca das atividades secretas da agência acaba milagrosamente vindo à tona, o cidadão americano comum se vê diante de verdadeiras barbaridades cometidas em nome da “segurança nacional da América”.

Em geral, este é um pequeno resumo da realidade da [pseudo] democracia americana, democracia essa composta por agências secretas que, ao agir nas sombras, dão lugar aos piores impulsos da natureza humana, facilmente corrompível por poder, status e dinheiro. Portanto, tenhamos uma coisa em mente: o destino da política externa americana não depende unicamente de quem venha a ser eleito o próximo presidente do país nas eleições de novembro deste ano.

As 18 “agências/serviços de inteligência”, o poder real por detrás do “circo da Casa Branca” em Washington DC

Afinal, parte desse destino está nas mãos de agências como a CIA, cujo princípio orientador é o da própria sobrevivência. Foi assim que ela patrocinou e participou da realização de golpes de Estado na América Latina, no Oriente Médio, na África e no Leste Europeu ao longo das últimas décadas. Isso porque a paz, em resumo, não é do interesse da CIA.

Seu interesse é, sim, agir de maneira irrestrita e secreta, produzindo novas ameaças artificiais para os formuladores de políticas em Washington e mantendo o público americano cada vez mais alheio a suas atividades.

Trata-se de um grupo de espiões profissionais e burocratas inescrupulosos e em sua maioria psicopatas doentios que usam o discurso da proteção à “segurança nacional” dos Estados Unidos para instigarem o caos pelo mundo, tornando-o inseguro e infringindo a liberdade de pessoas e de nações e povos inteiros.

Enfim, falar da CIA é falar da principal ferramenta do chamado “Estado – DEEP STATE – Profundo” americano, razão pela qual alimentar esperanças quanto a uma possível mudança nas políticas em Washington é, ao mesmo tempo, ingênuo e infrutífero.

Fonte: Sputnik
 

 
Transcrito por  http://achama.biz.ly  com agradecimentos a: 
 

As minhas notas:
Deus, a Fonte da vida é puro amor incondicional, não um deus zeloso de [algumas das] religiões dogmáticas.
O Google apagou meus antigos blogs rayviolet.blogspot.com e
rayviolet2.blogspot.com, sem aviso prévio e apenas 10 horas depois de eu postar o relatório de Benjamin Fulford de 6 de fevereiro de 2023, acusando-me de publicar pornografia infantil.
(Uma Grande Mentira)

Free counters!Visitor Map
 

Março 31, 2020

chamavioleta

Apenas 4 grandes empresas controlam o mundo, provavelmente nunca ouviu falar delas.

Lisa Karpova do Pravda.Ru

Tradução, edição e imagens:

Thoth3126@protonmail.ch.

Fonte: http://www.pravdareport.com/

 
 
 
 
 
 
 
Estas quatro grandes empresas controlam o mundo, mas você provavelmente nunca ouviu falar delas. Algumas pessoas começaram a perceber que existem grandes grupos financeiros que dominam o ambiente de negócios no planeta. Esqueça as intrigas políticas, os conflitos, revoluções e as guerras. Nada é por puro acaso. Tudo vem sendo planejado por um longo, longo tempo e debaixo de nossos narizes.
 
 
“A vítima da manipulação mental não sabe que ela é uma (ignorante) vítima. Para ele, os muros de sua prisão são invisíveis, e ele acredita ser livre”. – Aldous Huxley
 
 
Alguns chamam de “teorias da conspiração” ou Nova Ordem Mundial. De qualquer forma, a chave para entender os eventos políticos e econômicos planetários atuais (especialmente no ocidente – Europa, Américas e Oriente Médio) é um núcleo restrito de famílias que acumularam enorme riqueza, poder e influência sobre os destinos do ocidente. 
 
Estamos falando de 6, 8 ou talvez 12 famílias que realmente dominam o mundo. Saiba que esse é um mistério difícil de ser desvendado. 
 
Nós não estaremos longe da verdade citando Goldman Sachs, Rockefellers, Kuhn Loeb e Lehmans em Nova York, os Rothschilds de Londres e Paris, os Warburgs de Hamburgo-Alemanha, Lazards de Paris-França e Israel Sieff (Baron Sieff) de Manchester, Inglaterra (Nota Thoth: um traço em comum entre todos esses nomes, com exceção dos Rockefellers, é que todos são judeus khazares).
 
Muitas pessoas já ouviram falar do Grupo Bilderberg, dos Illuminati ou da Comissão Trilateral e outras organizações similares mas menos conhecidas como inúmeras “sociedades secretas”. Mas quais são os nomes das famílias que comandam e controlam estas empresas, organizações multilaterais e sociedades secretas e controlam o mundo e através delas manipulam estados e organizações internacionais como a ONU, a OTAN, o BIS, o FED ou o FMI?
 
 
Para tentar responder a essa pergunta, podemos começar com o mais fácil: um inventário dos maiores bancos do mundo, e ver quem são os seus acionistas controladores e quem toma as decisões. As maiores empresas do mundo são agora: o Bank of America, JPMorgan, Citigroup, Wells Fargo, Goldman Sachs e Morgan Stanley. Vamos agora analisar quem são os seus principais acionistas:
 
Bank of America: 
 
State Street Corporation, Vanguard Group, BlackRock, FMR (Fidelity), Paulson, JPMorgan, T. Rowe, Capital World Investors, AXA, Banco de NY, Mellon.
 
JP Morgan:
 
State Street Corp., Grupo Vanguard, FMR (Fidelity), BlackRock, T. Rowe, AXA, Capital World Investor, Capital Research Global Investor, Northern Trust Corp. e Bank of Mellon.
 
Citigroup: 
 
State Street Corporation, Vanguard Group, BlackRock, Paulson, FMR (Fidelity), Capital World Investor, JP Morgan, Northern Trust Corporation, Fairhome Capital Mgmt e Bank of NY Mellon.
 
Wells Fargo: 
 
Berkshire Hathaway, FMR (Fidelity), State Street, Vanguard Group, Capital World Investors, BlackRock, Wellington Mgmt, AXA, T. Rowe e Davis Selected Advisers.
 
 
Podemos ver que agora parece haver um núcleo presente em todos os bancos: State Street Corporation, Vanguard Group, BlackRock e FMR (Fidelity). Para evitar repeti-los, vamos agora chamá-los de “big four”(as quatro grandes)
 
Goldman Sachs: “As quatro grandes”, Wellington, Capital World Investors, AXA, Massachusetts Financial Service e T. Rowe.
 
Morgan Stanley: “Os quatro grandes”, Mitsubishi UFJ, Franklin Resources, AXA, T. Rowe, BanK of New York-Mellon e Jennison Associates. Rowe.
 
Podemos quase sempre verificar os nomes dos principais acionistas. Para ir mais longe, podemos agora tentar descobrir os acionistas dessas empresas e acionistas dos principais bancos em todo o mundo.
 
Banco de NY Mellon: Davis Selected, Massachusetts Financial Services, Capital Research Global Investor, Dodge, Cox, Southeatern Asset Mgmt. e … “as quatro grandes.”
 
State Street Corporation (um dos “quatro grandes”): Massachusetts Financial Services, Capital Research Global Investor, Barrow Hanley, GE, Putnam Investment e … As “quatro grandes” (acionistas em si!).
 
BlackRock (outro dos “quatro grandes”): PNC, Barclays e CIC.
 
Quem está por trás do PNC? FMR (Fidelity), BlackRock, State Street, etc. E por trás do Barclays e da BlackRock?
 
 
BlackRock (Pedra Negra, como a Caaba em MECA) também é o mesmo significado de ITAÚ (Itaú em tupi-guarani significa literalmente: ¨a pedra preta¨. (itá+u) …
 
 
E poderíamos continuar por horas, passando por paraísos fiscais nas Ilhas Cayman, o principado de Mônaco ou o domicílio legal de empresas da Shell em Liechtenstein. Uma rede onde as empresas são sempre as mesmas, mas nunca um nome de família.
 
Em resumo: as oito maiores empresas financeiras dos EUA (JP Morgan, Wells Fargo, Bank of America, Citigroup, Goldman Sachs, US Bancorp, Bank of New York-Mellon e Morgan Stanley) são 100% controladas por dez acionistas e temos quatro empresas sempre presente em todas as decisões: BlackRock, State Street, Vanguard e Fidelity.
 
Além disso, o Federal Reserve (o “banco central” dos EUA, controlado pelos Rothschild) é composto por 12 bancos, representados por um conselho de sete pessoas, composto por representantes das “quatro grandes”, que por sua vez estão presentes em todas as outras entidades.
 
Em suma, o Federal Reserve é controlado por quatro grandes empresas privadas: BlackRock, State Street, Vanguard e FMR (Fidelity). Essas empresas controlam a política monetária (e mundial) dos EUA sem qualquer controle ou escolha “democrática”. Essas empresas criaram a crise de 2008 e participaram da atual crise econômica mundial e conseguiram se tornar ainda mais enriquecidas. 
 
 
Profundamente conectado e entrelaçado com este sistema de controle do planeta também esta a PRESENÇA EXTRATERRESTRE ….
 
Para finalizar, uma olhada em algumas das empresas controladas por esse grupo das “quatro grandes”
  1. Alcoa Inc.
  2. Altria Group Inc.
  3. American International Group Inc.
  4. AT & T Inc.
  5. Boeing Co.
  6. Caterpillar Inc.
  7. Coca-Cola Co.
  8. DuPont & Co.
  9. Exxon Mobil Corp.
  10. General Electric Co.
  11. General Motors Corporation
  12. Hewlett-Packard Co.
  13. Home Depot Inc.
  14. Honeywell International Inc.
  15. Intel Corp.
  16. International Business Machines Corp
  17. Johnson & Johnson
  18. JP Morgan Chase & Co.
  19. McDonald’s Corp.
  20. Merck & Co. Inc.
  21. Microsoft Corp.
  22. 3M Co.
  23. Pfizer Inc.
  24. Procter & Gamble Co.
  25. United Technologies Corp.
  26. Verizon Communications Inc.
  27. Wal-Mart Stores Inc.
  28. Time Warner
  29. Walt Disney
  30. Viacom
  31. Corporação de notícias de Rupert Murdoch.
  32. CBS Corporation
  33. NBC Universal
 
As mesmas “quatro grandes” controlam a grande maioria das empresas europeias cotadas em bolsa de valores. Além disso, todas essas pessoas dirigem as grandes instituições financeiras, como o FMI, o Banco Central Europeu ou o Banco Mundial, e foram “treinadas” e permanecem “funcionários” dos controladores das “quatro grandes” que as formaram. Os nomes das famílias que controlam as “quatro grandes” nunca aparecem ao público.
 
(Lisa Karpova do Pravda.Ru)
 


 

Site Pincipal: http://achama.biz.ly/
 
 
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
BitChute Channel do Jordan Sather




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Abril 13, 2017

chamavioleta

OS KHAZARIANOS SE EXPÕEM FATALMENTE

Por BENJAMIN FULFORD 

10 de abril de 2017

Tradução: Candido Pedro Jorge

 

 
Na semana passada, a máfia khazariana adoradora de satanás cometeu um erro de cálculo fatal, quando chantageou o presidente americano Trump para se tornar seu zumbi escravo, concordam fontes do Pentágono e outras. 
 
 
 
Os satanistas publicaram vídeos de bebês envenenados com ópio sendo assassinados por médicos e usaram isso como uma desculpa para Trump ordenar um ataque ilegal de mísseis contra a Síria.
 
 
 
 
 
No entanto, a verdadeira razão pela qual Trump ordenou este ataque ilegal, foi pelo fato de estar sendo chantageado pelos satanistas com um vídeo em posse deles, assassinando uma menina de 12 anos, chamada Mary, dizem fontes do Pentágono e da CIA.
 
 
 
Fontes do Pentágono dizem que o "ataque contra a Síria foi feito com um aviso prévio aos militares russos por danos mínimos, para criar oposição e protestos em massa em todo o país para derrubar o manipulador khazariano [satanista] de Trump, Jared Kushner e expurgo dos neocons".
 
 
 
No caso de quem achar difícil acreditar que Kushner é um satanista, pergunte por que ele comprou o prédio 666 na Quinta Avenida que abrigava uma empresa chamada Lucent Technology, que estava desenvolvendo microchips para serem implantados em pessoas, ou seja, a marca da besta.
 
 
 
 
 
 
Kushner é agora um alvo oficial e não se espera que permaneça por muito tempo neste planeta, dizem fontes da CIA e agências.
 
 
 
Em qualquer caso, outra razão importante pela qual a desesperada “cabala khazariana planejou e lançou o ataque contra Síria, foi decorrente do fato da Rússia ter vencido a guerra energética, quando a UE abandonou sua oposição ao gasoduto Nordstream 2 para a Alemanha", dizem as fontes do Pentágono.
 
 
 
A outra coisa a notar sobre o ataque à Síria é que foi programado para ajudar o exército mercenário satânico khazariano Daesh, para tentar retomar o templo de Baal (Molech, Set, Satan) em Palmira. Esta tentativa falhou.
 
 
 
Agora que Trump foi transformado num zumbi satanista, o general satanista David Petraeus assumiu o Conselho de Segurança Nacional dos EUA, disseram as fontes do Pentágono. Seu desajeitado, HR McMaster, agora é o Conselheiro de Segurança Nacional de Trump e está planejando enviar 150 mil soldados dos EUA para invadir a Síria, dizem as fontes. 
 
 
 
"Isso não está de acordo com os Chefes de Estado-Maior Conjunto que, assim poderão ficar mais agitados", continuam as fontes. Escusado será dizer que o envio de 150 mil soldados americanos para a Síria iniciaria a 3ª Guerra Mundial, levando à morte de 90% da humanidade e à destruição do Hemisfério Norte, por isso, gente, isso não vai acontecer.
 
 
 
Os israelenses, também, estão de alguma forma se iludindo de que a força aérea dos EUA vá construir uma gigantesca base aérea na Síria, agora que as operações de contrabando de heroína satanistas na base aérea de Incirlink, na Turquia, foram encerradas.
 
 
 
 
 
 
O que estamos testemunhando é uma batalha desesperada da ofensiva de ataques com bombas pelos satanistas que ocupam o governo de Israel.
 
 
 
"O Hezbollah, a Síria e o Irã podem ser fortemente rearmados pela Rússia para retomada das Colinas do Golã, uma vez que linhas vermelhas foram cruzadas com os tomahawks e ataques de homens-bombas contra a Igreja Copta, no domingo de Palma", dizem fontes do Pentágono. O Egito, a Jordânia, a Síria, a Turquia, o Irã, o Iraque, o Líbano estão se unindo à Rússia e aos militares dos EUA, para forçar os israelenses, os sauditas e seus exércitos mercenários a pararem suas infindáveis e intermináveis guerrilhas.
 
 
 
Apesar dos fogos de artifício no Oriente Médio, no entanto, uma ação decisiva está, agora, acontecendo no Japão e Coréia do Norte, concordam fontes da CIA, FSB, inteligência militar japonesa e outras fontes.
 
 
 
A decisão do escravo satânico, Donald Trump, de ordenar um grupo com porta-aviões à Coréia do Norte, estaria ligada às suas ordens para um ataque contra a Coréia do Norte, que ocorreria no dia 27 de abril, de acordo com a inteligência militar japonesa. 
 
 
 
Na semana passada, quando Xi Jinping visitou os EUA, Trump lhe perguntou por que a China não reprimiu a Coreia do Norte?  Xi explicou que a Coreia do Norte e o norte da China estavam sob o controle de um grupo militar que ele não tinha capacidade de influenciar, disseram fontes de inteligência militar japonesas.
 
 
 
Por sua vez, fontes do Pentágono dizem que, "Xi evitou a Casa Branca e as armadilhas de uma visita de Estado, porque Trump não poderá durar muito tempo com a chantagem a que está submetido para servir a Israel". 
 
 
 
É por isso que Trump teve um chilique e ordenou o envio de um grupo com porta-aviões para a Coreia, como um aviso para a China e Coréia do Norte. Não importa o que aconteça, "Trump não será autorizado a travar a guerra", prometem as fontes do Pentágono.
 
 
 
A verdadeira razão para o desejo de Trump atacar a Coréia do Norte, tem a ver com o fato de que os khazarianos estão prestes a perder o controle do Japão, sua principal fonte de dinheiro, (ganhando mais de US $ 2 trilhões por ano), agora que a droga e a energia estão secando, dizem fontes da Sociedade Dragão Branco – SDB e outras. 
 
 
 
A razão é que a morte de David Rockefeller criou um poderoso vácuo no topo da estrutura de poder japonesa. A SDB e seus aliados identificaram o Japão como a chave para acabar permanentemente o poder da máfia khazariana em todo o mundo. Embora existam cerca de um milhão de satanistas khazarianos nos EUA, no Japão existem menos de 1.000 deles. Se a sede do CSIS, no Japão, perto da Torre de Tóquio, o Banco do Japão e o prédio Prudential, em Akasaka, Tóquio forem ocupados, o controle khazariano no Japão poderia ser finalizado, iria falir e, por sua vez, faria com que toda a sua grade de controle planetário viesse a ruir.
 
 
 
De qualquer forma, podemos confirmar que o corretor de poder japonês, Ichiro Ozawa, agora, desistiu de sua afirmação de que ele é o novo chefe e que ele tem permissão de Henry Kissinger para unificar a Coréia do Norte e do Sul com o Japão e Malásia para formar um novo país administrado por ele.
 
 
 
Agora, há um outro controlador do Japão, chamado pelo nome de Takao Nashimoto, agindo nas redondezas e dizendo para todos que ele é quem está no comando. Na verdade, ele recebe suas ordens da Japan Fundation, dirigida por Ryohei Sasagawa. Sasagawa que, por sua vez, está sob ordens do CSIS e da Loja Maçônica P2, confirmaram fontes da P2.
 
 
 
Na semana passada, a SDB tentou entrar em contato com o novo mestre Maçom e o chefe do CSIS, Ralp Cosa, todavia, não recebeu nenhuma resposta para que pudéssemos ir bater diretamente em sua porta. Cosa sabe que, no caso se acontecer uma luta, ele e seus capangas serão superados em números, numa razão de 1000 por um e, assim, espero que se renda pacificamente.
 
 
 
Por sua vez, os gnósticos Illuminati, dizem que, se necessário, estão dispostos a destruir Roma, se isso for necessário para libertar a humanidade do controle satânico da máfia khazariana.
 
 
 
Num desenvolvimento relacionado, o protegido de Kissinger, K.T. McFarland, na semana passada, foi demitido do NSC dos EUA e enviado para Cingapura como embaixador dos EUA. Cingapura é sede regional da CIA na a Ásia e por isso McFarland pode estar tentando tomar posse do ouro asiático para seu mestre Kissinger.
 
 
 
Enquanto isso, nos Estados Unidos, "o assalto à FRB continua, na medida em que o presidente do Fed de Richmond, Jeff Lacker, foi forçado a sair, no momento em que computadores e códigos para criar moedas fiduciárias foram aproveitados para lançar um reajuste monetário global", disseram fontes do Pentágono.
 
 
 
A inteligência militar japonesa, está dizendo que ocupar fisicamente o Federal Reserve Board dos Estados Unidos, o Banco do Japão e o banco central da UE não teria sentido, a menos que Henry Kissinger fosse capturado e forçado a entregar os códigos mestres para a criação de dólares, euros e ienes. É por isso que um alerta foi emitido para a captura de Kissinger. Se ele for capturado e forçado a entregar os códigos, então quatrilhões de dólares serão disponibilizados para financiar uma nova era.
 
 
 
Membros da família real japonesa dizem que, embora um comitê da família real tenha tradicionalmente colocado seu selo em pedidos pra criar dinheiro novo, eles sempre fizeram isso sob ordens de Kissinger, Rockefeller e a turba khazariana. Eles ainda estão com muito medo de tomar medidas independentes, até que tenham a confirmação da captura de Kissinger, dizem as fontes da família real. Isso acontece porque Kissinger ordenou o assassinato de muitos primeiros-ministros e políticos do pós-guerra, dizem eles.
 
 
 
Na última vez, Kissinger foi reportado estar escondido numa base antártica e que as forças especiais estão a caminho para capturá-lo, a partir da data desta redação.
 
 
 
Numa nota final, vamos explicar o que acontecerá uma vez que a SDB e seus aliados sejam vencedores da batalha pelo planeta Terra. Nosso grupo planeja:
 
 
 
• Anuncio de um jubileu ou de um único registro de todas as dívidas, públicas e privadas.
 
 
 
• Redistribuição para os povos de todos os bens ilegalmente obtidos pela máfia khazariana através de fraudes de bancos centrais fiat, de propriedade privada.
 
 
 
• Anistia todos os prisioneiros não violentos, encarcerados por acusações de drogas.
 
 
 
• Nacionalização dos bancos centrais privados e colocá-los sob o controle do povo.
 
 
 
• Anuncio da paz mundial e reconstrução da arquitetura internacional para refletir com precisão a realidade demográfica e econômica mundial
 
 
 
• Estabelecimento de uma agência de planejamento futuro para que, com os quatrilhões em fundos liberados para os povos sejam usados de forma responsável e não inflacionária para transformar este planeta em um paraíso.
 
 
 
• Liberação de tecnologia proibida e início de um importante projeto, pesadamente financiado para acabar com a morte e as doenças, assim nos tornando imortais, caso seja o desejo de cada um.
 
 
 
• Criação de um comitê da verdade e reconciliação, criado para que as pessoas possam aprender a sua verdadeira história e que todos tenham a oportunidade de ter um recomeço puro e limpo.
 
 
 
• Colonização de outros planetas na galáxia e expansão para o Universo.
 
 
 
• Início de uma era dourada.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Autor: Benjamin Fulford 
 
 
 



Agradecimentos a: Sementes das Estrelas

Recomenda-se o discernimento.






Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores.


Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.


Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.




Atualização diária.



Donations via PayPal

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub