Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

A Chama Violeta

Sítio dedicado à filosofia humana, ao estudo e conhecimento da verdade, assim como à investigação. ~A Luz está a revelar a Verdade, e a verdade libertar-nos-á! ~A Chama Violeta da Transmutação

Junho 08, 2023

chamavioleta

A corporação EUA ganha tempo extorquindo ouro tailandês e enganando a realeza chinesa

Por Benjamin Fulford

Relatório completo

de 5 de junho de 2023

Tradução a 8 de junho de 2023
 

 

A Corporação dos Estados Unidos da América (UNITED STATES OF AMERICA CORPORATION) conseguiu evitar o incumprimento, extorquindo ouro à família real tailandesa e enganando a realeza chinesa para que entregasse algum do seu ouro. No entanto, esta manobra não vai ficar impune e a Corporação vai ser liquidada, dizem várias fontes dos serviços secretos. Trata-se duma certeza matemática. Como diz um comentador: "Não se pode pedir emprestado 7,3% do PIB de agora até à eternidade e sair impune".

Um membro da família do dragão diz que a realeza chinesa radicada na Formosa foi enganada por um falso rei Carlos que prometeu "financiar projectos humanitários de grande envergadura" e ofereceu também enormes subornos. No entanto, a máfia cazariana renegou as suas promessas assim que recebeu o dinheiro. A família dragão diz agora que não sancionou este negócio e prometeu tomar "certas contra-medidas".

A outra coisa que aconteceu foi que o rei da Tailândia, que está a ser mantido como refém na Alemanha, foi forçado a trocar ouro pertencente ao povo da Tailândia por notas sem valor do Tesouro dos EUA, de acordo com fontes da família real tailandesa. Presumivelmente, o facto de a sua filha mais velha estar em coma induzido desde Janeiro teve algo a ver com a chantagem.

Além disso, no dia em que o "acordo sobre o tecto da dívida" dos EUA foi anunciado, os meios de comunicação oficiais chineses gabavam-se das promessas que extorquiram aos seus escravos americanos da dívida.

Por exemplo, a Xinhua proclamou que "o acordo da Parceria Económica Regional Abrangente (RCEP) entrou em vigor na sexta-feira... para todos os 15 membros".

https://english.news.cn/20230601/7b95e7b2af9d45fda097f80ba04c35ae/c.html

Isto significa que a máfia cazar "entregou o controlo" de antigos aliados dos EUA como a ASEAN, o Japão, a Coreia do Sul, a Austrália e a Nova Zelândia aos chineses. 

Trata-se de uma vigarice típica damáfia cazar, que vende coisas que não lhes pertencem a compradores crédulos.

No mesmo dia, o grupo de reflexão Brookings Institution, controlado pelos Rockefeller, publicou um relatório apelando a uma maior integração das economias dos EUA e da China. Tradução: "Vamos entregar o controlo dos EUA à China."

https://english.news.cn/20230602/727253f3eaf5443197537cd685d3fa76/c.html

Registamos também que - precisamente quando vários chefes da defesa se reuniam em Singapura para uma conferência - foi encenado um incidente em que um navio de guerra americano piscou o olho e fez manobras evasivas para evitar que um navio de guerra chinês bloqueasse o seu caminho no Estreito da Formosa. Este foi um sinal público de que os EUA não estavam dispostos a travar uma guerra por causa da Formosa, segundo fontes militares japonesas.

Video Player
 
 
00:00
 
00:38
 
 

À luz de tudo isto, pedimos a várias fontes da sociedade secreta mais informações sobre a razão pela qual a corporação EUA foi autorizada a continuar.

Os japoneses de direita ligados ao Imperador dizem que lhes foi prometido que o Presidente Donald Trump assumiria oficialmente o lugar do fantoche Rockefeller Joe Biden no final de Junho ou início de Julho.

Já ouvimos esta história antes. A última vez que nos disseram que ele assumiria o cargo foi em Março. Portanto, acreditem quando virem.

De seguida, os maçons do P3 apresentaram a sua própria história. De acordo com eles:

"Elon Musk está na China, não apela à independência da Formosa, constrói fábricas e empresas na RPC e apoia a cooperação em pé de igualdade com o Partido Comunista. A partir destas acções, pode entender-se que forças sensíveis estão a preparar Musk para a presidência dos Estados Unidos quando os anciãos de Washington morrerem. E isso pode acontecer muito em breve, uma vez que estamos todos na casa dos oitenta".

As fontes da CIA, por seu lado, dizem que "Janet Yellen (o Departamento do Tesouro) está a emitir até 1 trilião de dólares em T- Bills e vai inundar o mercado. Isto não é mais do que um baralhar de dinheiro falso gerado por computador dum lado para o outro do livro-razão. O tiro sairá definitivamente pela culatra, uma vez que irá retirar a liquidez dos mercados financeiros".

Independentemente das promessas que estas cobras tenham feito, pode ter a certeza de que as vão quebrar assim que tiverem oportunidade.

Por exemplo, ainda estão a planear iniciar uma guerra nuclear total antes de o falso mandato de Biden terminar - e o dinheiro novo acabar - em Janeiro de 2025, de acordo com o MI6.

De seguida, notamos que, assim que o dinheiro chegou, o falso governo dos EUA aprovou um orçamento que incluía financiamento ilimitado para a Ucrânia. Como diz o embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov: "O novo 'pacote de segurança' dos EUA... alimenta efectivamente o regime podre de Quieve".

https://tass.com/politics/1626133

A Ucrânia é a capital mundial do branqueamento de capitais, do tráfico de seres humanos e da extracção de órgãos. "Em 14 de Abril de 2022, o Parlamento ucraniano aprovou a Lei 5610, que permite à Ucrânia exportar órgãos para o estrangeiro. Estas leis foram promovidas pela antiga ministra da Saúde em exercício, Ulyana Suprun, e permitem que hospitais, prisões, unidades militares e orfanatos utilizem os órgãos de qualquer pessoa ao seu cuidado sem o seu consentimento", de acordo com fontes dos serviços secretos polacos.

Também constatamos que três quartos das armas enviadas para a Ucrânia estão a ser vendidas no mercado negro internacional. A título de exemplo, pode ver-se aqui um membro dum cartel mexicano com um míssil anti-tanque Javelin, fabricado nos EUA, que foi trocado por droga, segundo fontes mexicanas.

https://www.milenio.com/policia/carteles-se-preparan-para-una-guerra-tienen-lanzacohetes-militares

É claro que a troca de armas por drogas não é novidade para o INC dos EUA.

A embaixada chinesa no México, por seu lado, afirma que os precursores do fentanil que os EUA acusam de vender ao México provêm, na realidade, da UE (ou seja, da Ucrânia).

https://www.youtube.com/watch?v=4Gh6SZKoNFQ

Escusado será dizer que os "chapéus brancos" não estão a aceitar tudo isto de braços cruzados. Realizaram-se uma série de reuniões de emergência no Canadá, na China, no Japão, nos EUA e noutros locais para avançar com a detenção dos líderes da máfia cazariana.

Por exemplo, os escritórios da Google no México e os escritórios das Nações Unidas ao lado foram evacuados na semana passada após uma "ameaça de bomba". Fontes do governo mexicano dizem que se tratou de uma operação contra o regime Rockefeller/Biden.

https://www.elfinanciero.com.mx/empresas/2023/06/01/google-evacua-sus-oficinas-en-cdmx-debido-a-situacion-de-emergencia/

No Canadá, um tribunal militar realizado no fim-de-semana passado apresentou provas extensas dos crimes relacionados com a vacina e a COVID-19 cometidos pelo governo canadiano controlado pela máfia cazar. Segundo fontes do tribunal, a polícia militar está agora a agir com base nestas provas.

Na China, o enviado para a paz na Ucrânia, Li Hui, que acaba de visitar Chieve, Varsóvia, Berlim, Paris e Bruxelas, afirma que "a Rússia tem razão, à luz do direito internacional, em levar a cabo a sua operação militar especial contra os 'nacionalistas integrais' ucranianos".

https://www.voltairenet.org/?lang=en

Além disso, mesmo quando os chineses se recusam publicamente a encontrar-se com o falso secretário da Defesa dos Rockefeller, Lloyd Austin, Tan Kefei, porta-voz do Ministério da Defesa Nacional, afirma que "os contactos e intercâmbios militares entre os dois países nunca foram suspensos". Por outras palavras, os militares chineses (ao contrário de alguns funcionários do PCC) estão a trabalhar com os chapéus brancos dos EUA e não com os Rockefeller.

https://english.news.cn/20230531/5bad69cb4549408c81449cec51d7b9fa/c.html

O sapo não suporta a extensão deste artico, por vavor clique abaixo para continuar a leitura.

http://achama.biz.ly/cgi-bin/blog/view_post/1200699

Abril 05, 2023

chamavioleta

Nova Ordem Mundial Termina Plano de 500 Anos para Conquistar o Planeta

Por Benjamin Fulford

Relatório completo

de 3 de abril de 2023

Tradução a 5 de abril de 2023
 

 

 

A 30 de Março, o Vaticano renunciou à Doutrina da Descoberta. Foi uma vez em 500 anos um acontecimento noticioso que quase não foi noticiado nem nos meios de comunicação social corporativos nem nos alternativos.

https://press.vatican.va/content/salastampa/en/bollettino/pubblico/2023/03/30/230330b.html

Esta doutrina -primeiro apresentada pelos Papas em 1452- permitiu aos cristãos assassinar, escravizar e roubar a terra de não-cristãos em todo o mundo. Levou a mais de 500 anos de guerras implacáveis de conquista e pilhagem pelo Ocidente contra o resto do mundo. É por isso que os conquistadores espanhóis retirariam uma bíblia, pediriam aos astecas e aos incas que obedecessem aos seus ensinamentos e depois começariam a massacrá-los quando recusassem. Era o que os americanos utilizavam para justificar o genocídio das primeiras nações. Mais recentemente, foi usado por George Bush (Pecce) Jr. para justificar uma invasão maciça do Médio Oriente.

Agora, o Império Romano diz: "Lamentamos ter tentado subjugar todo o planeta à obediência de um César". O Papa Francisco diz: "Nunca mais a comunidade cristã se pode deixar infectar pela ideia de que uma cultura é superior a outras, ou que é legítimo empregar formas de coagir os outros".

Também se volta a falar da substituição de Francisco por um Papa africano. Esta pode ser a verdadeira razão pela qual se voltou a falar sobre a sua demissão "por razões de saúde". Os observadores do Vaticano observam:

O episódio de saúde envolvendo o Papa Francisco parece cada vez mais indecifrável. As versões dadas não são apenas diferentes. Estão também em contradição umas com as outras.

https://ilsismografo.blogspot.com/2023/03/vaticano-card-sandri-gia-lunedi-scorso.html

Em qualquer caso, durante a mesma semana em que o Vaticano estava a fazer os seus movimentos, o chefe do Comité dos 300 enviou uma mensagem às sociedades secretas asiáticas, pedindo para negociar um novo arranjo policêntrico para o planeta. As sociedades secretas asiáticas responderam da seguinte forma:

Procuramos realizar a paz mundial. Fomos enganados por vezes pelas belas palavras do Ocidente, mas estamos ansiosos pela criação de uma nova federação mundial mundial. (世界の平和実現は我々も求めています。何度も欧米に美しい言葉で騙されてきたが、新たな世界連邦を期待しています)。

Estes movimentos dos dois principais centros de poder ocidentais - o Vaticano e a Comunidade Britânica - estão a ser feitos porque a Organização de Cooperação de Xangai e os BRICS controlam agora cerca de 80% da população mundial e do PIB. Mesmo a França, Itália, Espanha, Hungria, Alemanha, Holanda, Eslováquia, Polónia e Reino Unido já estão a romper com a máfia cazariana e a negociar com a Rússia.

Isto significa que a "ordem mundial baseada em regras" da MC está agora limitada a alguns líderes fantoches como o falso Joe Biden que estão prestes a ir para a prisão.

Há também uma verdadeira revolução em curso nos Estados Unidos, França, Israel, Alemanha e os poucos outros países que se aguentam na MC.

Outro grande factor no processo de paz do Ocidente é a derrota militar. Fontes da CIA dizem: "Assim que Putin acabar com a Ucrânia, a OTAN entrará em colapso. Nós já sabemos isto. Agora está a desmoronar-se".

O MI6 concorda em dizer: "O cerne da questão é a lavagem de dinheiro utilizando o comércio de armas em algum tipo de guerra falsa para se desviar de pagar a bancarrota. No que nos diz respeito, a guerra na Ucrânia terminou e tudo o que resta é a esfregona". 

O Secretário do Conselho de Segurança russo Nikolay Patrushev acrescenta "o colapso da União Europeia não está muito longe".

https://tass.com/politics/1595047

A Rússia assumiu agora a presidência do Conselho de Segurança das Nações Unidas e diz que irá aplicar "o direito internacional e as regras processuais, desenvolvidas ao longo de décadas estão de facto em vigor na ONU, em vez da 'ordem baseada em regras', com a qual o Ocidente colectivo procura substituir o direito internacional".

https://tass.com/politics/1598101

Estão também a dizer ao mundo "As tentativas de utilizar factores religiosos, étnicos ou sociais para explicar a deterioração dramática da segurança após a chegada das forças militares ocidentais são uma manipulação que as potências coloniais têm vindo a utilizar há décadas".

Tudo isto faz parte de uma estratégia de política externa russa recentemente anunciada para "eliminar vestígios do domínio dos Estados Unidos e de outros países hostis na política mundial".

https://tass.com/politics/1595747

Esta ofensiva diplomática começou por causa da vitória russa na guerra da Ucrânia. Como Tass assinala, a bandeira russa foi içada sobre Artyomovsk (chamada Bakhmut na Ucrânia), a câmara municipal de Yevgeny Prigozhin, o fundador da empresa militar privada Wagner, afirmou na segunda-feira.

https://tass.com/defense/1598263

Todos os dias 6.000 a 10.000 russos alistam-se no que agora pensam ser uma guerra santa para libertar a Europa do controlo satânico.

Em contraste, os tanques ucranianos estão a usar mesquitas como cobertura, enquanto outros bandidos ucranianos se apoderam de igrejas.

Militarmente, não há nada que impeça a Rússia de se infiltrar na Europa Ocidental neste momento. Isto porque as forças armadas dos EUA e do Reino Unido não vão lutar contra a Rússia para salvar a UE fascista de MC e os seus governos fantoches.

No entanto, tudo o que os russos precisam de fazer agora é esperar pela revolução para varrer a Europa. Isto está definitivamente a começar em França, onde uma segunda revolução está bem encaminhada.

O proeminente jornalista Thierry Meyssan (o primeiro a relatar o 911 foi um trabalho interno) fala pela maioria dos franceses quando escreve:

Todos notam que nada está a correr bem: o nível de educação desceu muito perigosamente, a polícia já não consegue manter a ordem, o sistema judicial não tem meios para fazer nada antes de dois anos, o exército é incapaz de responder a uma guerra de alta intensidade. Os problemas são tão numerosos que não se sabe por onde começar. Os serviços públicos não devem ser remendados, mas redesenhados de acordo com novas realidades: Os franceses, que em 1789 tomaram a iniciativa de derrubar o Antigo Regime e criar uma sociedade moderna, esperam tomar outra iniciativa para criar um novo mundo.

Os protestos em toda a França estão agora longe de ser pacíficos. Mais de 1.000 agentes da lei e bombeiros foram feridos em manifestações e motins por toda a França, disse o Ministro do Interior Gerald Darmanin aos meios de comunicação locais no domingo.

https://www.dw.com/en/france-minister-over-1000-officers-injured-in-unrest/a-65206758

Numa outra expressão de revolução, um polícia francês alegadamente "Anónimo" oferece algumas dicas estratégicas para derrubar o governo:

1. Bloquear a periferia de cada grande cidade utilizando camionistas.

2. Deixar entrar apenas agricultores com os seus tractores, o que pode ser útil contra os veículos pesados da polícia.

3. Utilizar camiões de lixo para bloquear qualquer esquadra da polícia e ruas circundantes.

Outros manifestantes agiram encerrando empresas como a Total Energy Company.

Os procuradores franceses e alemães fizeram a sua parte ao invadirem cinco bancos controlados pela Rothschild na terça-feira como parte de uma investigação de casos suspeitos de fraude fiscal maciça e branqueamento de dinheiro, disseram os procuradores.

https://insiderpaper.com/authorities-raid-five-french-banks-in-tax-fraud-case-prosecutors/

Presumivelmente, as rusgas estão ligadas a reivindicações do bilionário francês Philippe Argillier, que tem quatro bases de dados que irão expor 38 indivíduos que dirigem o "governo sombra". Bill Gates é um desses 38 indivíduos.

Também já não se trata do roubo de pensões, os Protestantes franceses querem a guilhotina para o fantoche Rothschild Presidente Emmanuelle Macron.

https://www.frontnieuws.com/boze-franse-demonstranten-verleggen-focus-van-pensioenfiasco-naar-macron-zelf-ken-je-de-guillotine/

Não admira que Macron esteja a tentar fugir para a China esta semana juntamente com a presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen.

Talvez seja o Deus Rei israelita Benyamin Netanyahu que também irá à China e pedirá asilo político. Netanyahu não está a enganar ninguém ao tentar dizer que não existe qualquer ligação entre o seu julgamento por corrupção em curso e as reformas jurídicas de longo alcance do seu governo,

https://www.timesofisrael.com/citing-national-crisis-netanyahu-tells-court-he-must-be-involved-in-overhaul/

Como a TV do Canal 13 de Israel relata, a recusa de servir no exército israelita está a expandir-se e, pela primeira vez, junta-se aos soldados do "Shayetet 13" (mais ou menos como os Navy Seals) que anunciaram que não continuarão a servir na reserva se as reformas judiciais forem implementadas.

Documentos da CIA mostram que a empresa Escher-Wyss de Schwab era dirigida pelo Departamento de Energia dos EUA e pelo Departamento de Estado. Isto sugere que Klaus Schwab era um agente triplo a trabalhar simultaneamente para a CIA, MI6, United Nations British American Pilgrims Society, os nazis (agora Alemanha) e a Suíça. A sua empresa Escher-Wyss utilizava mão-de-obra escrava (russos, ciganos, húngaros, romenos, polacos) e prisioneiros de guerra.

Além disso, a NSA informa que na Suíça a UBS recusa-se agora a pagar as obrigações e apreendeu todos os bens da Arábia Saudita e de outros países da OPEP depois de ter adquirido o Credit Suisse.

A fusão causou um protesto público e tem a oposição de três quartos dos cidadãos suíços. Agora os procuradores suíços juntam-se aos seus homólogos franceses e alemães para ir atrás dos mestres fantoches Rothschild por detrás de tudo isto.

https://www.theguardian.com/business/2023/apr/02/switzerlands-attorney-general-to-investigate-credit-suisse-takeover

Em qualquer caso, as várias pessoas poderosas que tiveram o seu dinheiro roubado pelos banqueiros suíços não vão aceitar o que foi feito. "Observem como a OPEP corta o Oeste e Biden ordena o encerramento dos poços petrolíferos norte-americanos e a explosão de mais refinarias", prevê a fonte da NSA.

Entretanto, nos EUA, quatro dos homens mais ricos - incluindo o co-fundador do Google, Sergey Brin - foram atingidos com intimações para os laços do JP Morgan com o financiador pedófilo Jeffrey Epstein.

https://www.dailymail.co.uk/news/article-11926267/Google-founder-Hyatt-Hotels-chairman-subpoenaed-case-JPMorgan-Jeffrey-Epstein.html

Isto é apenas parte da enorme tempestade legal que ali se produz.

Como está a ser amplamente divulgado, Donald Trump tornou-se o primeiro ex-presidente de sempre a enfrentar acusações criminais. Vejam a foto no topo do artigo ligado abaixo.

https://www.politico.com/news/2023/03/30/manhattan-da-wanted-friday-trump-arrest-00089853

"Este não é o verdadeiro Trump. Ele é demasiado magro. Este é um aspecto duplo. Portanto, parece que há 3 Trumps. O vídeo feito pelo Kyle Cheney de Politico tem os olhos brancos pesados Trump nele. Muito interessante", comenta uma fonte da CIA. 

O ataque a "Trump" está a dar um grande passo atrás nos Demonratos, pois 83% dos americanos pensam que a acusação de Trump é politicamente motivada. Agora, o Governador Ron DeSantis atirou a luva militar ao dizer que a Florida "não vai ajudar num pedido de extradição" para Trump.

"Este era o plano da aliança de chapéu branco". Trata-se de uma brilhante jogada de xadrez 5D. Isto abre a porta para ir atrás do avatar Obama, Avatar Bush, e de todos os lacaios da MC", diz a fonte da CIA.

https://www.westernjournal.com/dems-trump-attack-backfires-accidentally-set-stage-prosecute-biden-judicial-watch/

Isto significa que mesmo que os actores estejam habituados a fazer de "Presidente Biden", etc., ainda podem ser derrubados.

Também se pergunta por que razão a Reuters tem de escrever "Administração do Presidente dos EUA Joe Biden" e não apenas "Presidente Biden"? Ohhhh, certo, porque o falso Biden mascarado não é presidente.

https://www.reuters.com/world/middle-east/israel-is-on-rampage-against-human-rights-new-hrw-chief-says-2023-03-30/

Bem, veja-se como o falso e mascarado Biden não consegue sequer responder às perguntas básicas dos seus candidatos ao serviço jurídico do Senador John Kennedy - incluindo um candidato que não foi capaz de explicar o Artigo V da Constituição. É realmente patético como estes juízes são realmente estúpidos. Veja com os seus próprios olhos o vídeo abaixo.

É tudo um palco cheio de actores. A fotografia abaixo, mostrando a dupla escrita do corpo com a outra mão de Biden, é apenas a mais recente confirmação disto.

"Biden" não é sequer o actor mais bem pago. Oficialmente, Tom Cruise foi o actor mais bem pago de 2022. Ganhou 100 milhões de dólares. Na verdade, Volodymyr Zelensky foi o actor mais bem pago. Recebeu 18 mil milhões de dólares.

Nem sequer nos vamos dar ao trabalho de abordar os recentes tiroteios em massa encenados, porque eles usaram este truque tantas vezes que as pessoas não respondem.

Como nota uma fonte da Mossad, "Quanto mais louca esta merda fica, mais perto estamos da linha de chegada".

Em todo o caso, tais manobras são como rearranjar as cadeiras de convés no Titanic, porque todo o sistema financeiro está a ir por água abaixo.

"Digo-vos que está a chegar um colapso que vai mudar tudo", diz o comentador de TV Glenn Beck, juntando-se a muitos outros.

A maioria dos bancos americanos está tecnicamente à beira da falência, e centenas já estão completamente insolventes", diz o reconhecido e amplamente respeitado economista Nouriel Roubini. "Ainda não estamos fora da crise bancária. Pode até ser apenas o início", acrescentou uma fonte da Mossad.

A crise começou a expor o crime financeiro maciço. Assim, ficamos agora a saber que o salvamento do Silicon Valley Bank foi concebido para salvar 10 bilionários chineses que tinham 13,3 mil milhões de dólares no banco.

 

 

"Esta divulgação é um grande golpe para a Reserva Federal controlada pela MC", disse uma fonte da CIA.

Agora, documentos mostram que o governo dos EUA vendeu 9.800 bitcoins a 14 de Março. Isto fez com que o Bitcoin descesse mais de 9% em minutos. Segundo informações, planeiam vender mais 41.500 Bitcoin em quatro lotes ao longo do ano.

 

 

É bastante certo que estas bitcoins foram obtidas através da manipulação dos mercados de moedas criptográficas ao longo dos anos.

Estas maquinações levam os cidadãos a revoltarem-se contra os bancos. Na última semana de Março, os grandes bancos perderam 129 mil milhões de dólares em depósitos, o maior fluxo semanal de sempre. Em contraste, os pequenos bancos registaram mesmo um afluxo. A descida global de 5% nos depósitos dos bancos comerciais domésticos dos EUA é a maior da história.

https://www.zerohedge.com/markets/large-us-banks-see-record-deposit-outflows-small-bank-outflows-stall

Estes comentários sobre o artigo Zerohedge sobre a corrida ao banco reflectem o sentimento popular:

"Então são 130 mil milhões de dólares que os bancos não podem deitar a mão através do 'bail-in'".

"Fora dos bancos e para as uniões de crédito/ouro/crypto/ bens utilizáveis".

As pessoas também protestam contra as tentativas de forçar pagamentos biométricos sob a forma de dinheiro para compras.

 

 

Muitas pessoas vão ainda mais longe, recorrendo ao roubo total. Quase todos os dias há relatos de grandes corporações - Target, Walmart, Walgreens, etc. - deixando uma grande cidade devido ao aumento da criminalidade e roubo. O nativo de Portland, Dustin Michael Miller, disse à Fox News: "A nossa cidade está fora de controlo. É irreconhecível. Vivi aqui toda a minha vida, e nos últimos cinco anos só piorou". Ele poderia ter falado da maioria das grandes cidades dos EUA e não apenas de Portland.

https://www.foxbusiness.com/retail/cracker-barrel-becomes-latest-company-flee-portland-amid-rising-crime-retail-theft

Isto só terminará quando o sistema financeiro for retomado pelo povo. Como fontes dos serviços secretos polacos observam, "o dinheiro não é tudo. A árvore da vida numa nota polaca anterior à guerra...é uma indicação de vida, renascimento e longevidade".

 

 

A MC está a tentar retaliar com explosões cada vez mais extremas de propaganda do medo, como as seguintes fugas para a inteligência polaca.

A tecnologia mRNA já foi injectada em 100 milhões de animais e quase ninguém sabe disso. "Esta tecnologia do mRNA é financiada pelo Mark Zuckerberg e pela fundação da sua esposa. Eles têm feito isto em todo o país durante um ano e meio". Gavi (Bill Gates) está ocupado a injectar mRNA em vegetais como tomates, abacates e alfaces. Eles querem matar toda a gente.

Como o KM tenta usar a tecnologia de edição genética para nos matar ou escravizar, parece que os chineses estão prestes a começar a criar super-humanos. Por exemplo, o relatório seguinte mostra que os chineses descobriram como utilizar genes de microorganismos virtualmente indestrutíveis chamados tardigrades para criar super-soldados.

https://www.scmp.com/news/china/science/article/3215286/chinese-team-behind-extreme-animal-gene-experiment-says-it-may-lead-super-soldiers-who-survive

Finally, as another sign that we are truly entering uncharted territory as a species, here are the latest UFO sightings:

Video Player
 
 
00:00
 
00:35
 
 
Video Player
 
 
00:00
 
01:20
 
 
Video Player
 
 
00:00
 
00:47
 
 
Video Player
 
 
00:00
 
00:19
 
 
Video Player
 
 
00:00
 
00:40
 
 

 

Fim

 
 

 
Traduzido por achama.biz.ly com agradecimentos a: 

Junho 27, 2020

chamavioleta

O buraco negro das finanças do Vaticano, um “atalho” para o Inferno.

Por Daniel Verdú. 

Roma 03 de novembro de 2019.

Edição e imagens:  Thoth3126@protonmail.ch.

O buraco negro das finanças do Vaticano. O mais recente escândalo financeiro na Santa Sé, que já custou o cargo do chefe de segurança do Papa e atingiu o primeiro-ministro da Itália, provoca outra tempestade interna na “santa igreja” de Roma.
 
 

.
 
 
 
 

As finanças do céu costumam ser um atalho direto para o inferno. Mafiosos, banqueiros enforcados, conspirações, assassinatos, sequestros e outros marcos da crônica policial em torno do “dinheiro de Deus” confirmam que ninguém é capaz de colocá-las em ordem. Depois de quase sete anos de pontificado de Francisco, os problemas permanecem sem solução: os números estão no vermelho, a Secretaria Econômica continua sem líder −seu responsável, o cardeal George Pell, está preso por abusos sexuais contra menores e não foi substituído− e a bola de neve formada em torno do último escândalo de investimentos em Londres, qualificados pelo próprio secretário de Estado, Pietro Parolin, de “opacos”, trouxe à tona uma guerra suja travada há anos entre diferentes “departamentos” (facções) do Vaticano. 
 
 
A onda de choque atingiu, entre outros, o chefe de segurança do Papa, Domenico Giani (obrigado a renunciar), vários cardeais em torno dos quais foi organizada uma caçada e até o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, consultor da operação quando ainda era um advogado. E isso está apenas no começo.
 
 
Francisco anunciou no início de seu pontificado que a primeira reforma, embora não fosse sua preferida, seria a econômica e financeira. Sete anos depois, a secretaria que ele criou continua sem chefe; o auditor contratado para revisar as contas foi despedido, intimidado e ameaçado de prisão se não saísse do cargo; o vice-diretor do Instituto para as Obras de Religião (IOR), Giulio Mattietti, memória histórica da entidade, viu-se no olho da rua de um dia para o outro, sem poder entrar novamente no escritório, e o Conselho para a Economia, presidido pelo cardeal Reinhard Marx, ainda não foi renovado, apesar de seu mandato ter expirado em fevereiro.
A pergunta que quase ninguém na igreja romana é capaz de responder −e nenhum dos entrevistados quer comentar por telefone, temendo que esteja grampeado− é sobre quem está à frente das finanças?. “Gostemos ou não, é a maneira que este Papa tem de comandar. Ele funciona assim”, assinala um alto funcionário da cúria.
O núcleo da explosão, que provocou durante a última semana uma insólita troca de acusações entre o secretário de Estado e aquele que foi seu número dois, o carismático cardeal Angelo Becciu (ambos resolveram logo a questão), é desta vez o chamado “Óbolo de São Pedro”: o instrumento da Santa Sé para recolher as “doações” do mundo católico (cerca 150 países).
Esse instrumento foi formalizado em 1870, quando o papa Pio IX perdeu os Estados Pontifícios e as nações católicas tiveram de contribuir para a sobrevivência do Vaticano: uma parte é destinada à caridade e a outra −hoje cerca de 70%−, a cobrir gastos operacionais e outras despesas não especificadas (nota Thoth: ou seja, para manter o circo funcionando).
 
 
Mas a significativa queda da arrecadação nos últimos anos −de 101 milhões de euros (450 milhões de reais) em 2006 para 51 milhões de euros (227 milhões de reais) em 2018− , vinculada aos inúmeros escândalos de abusos sexuais nos EUA e à queda do número de fiéis, convida a aumentar o risco das operações de investimento para fazer as exíguas receitas crescerem. Aqui começou uma situação “muito delicada”, como explica um dos protagonistas.
O Óbolo de São Pedro depende da Secretaria de Estado, que tem cada vez menos atribuições (deixou de controlar a comunicação depois da última reforma) e está permanentemente sujeita a rumores (o último situa seu titular como novo patriarca de Veneza). Depois dos escândalos do IOR-Instituto para as Obras de Religião, conhecido como Banco do Vaticano (*), no início dos anos oitenta, com a quebra do Banco Ambrosiano, sediado em Milão, decidiu-se diminuir o risco dividindo a gestão da receita entre a entidade −cujos rendimentos também caíram pela metade− e a Secretaria de Estado. Pio XII, como recordou Becciu em sua defesa na semana passada, já havia aberto as portas para os investimentos imobiliários. Assim, esse organismo decidiu fazer isso em 2013, inserindo capital em um fundo de investimento que tinha comprado um luxuoso imóvel no bairro londrino de Chelsea.

(*) Os escândalos do IOR-Instituto para as Obras de Religião, conhecido como Banco do Vaticano: O arcebispo Paul Marcinkus protagonizou o maior escândalo financeiro da história do Vaticano: a quebra do Banco Ambrosiano de Milão, ocorrida em agosto de 1982, quando o banco foi declarado insolvente pelo governo italiano, após ter sido descoberto um “rombo” de cerca de US$ 1,5 bilhão. O Vaticano possuía 16% do capital do Ambrosiano.  As investigações da falência do banco trouxeram à tona entre outras operações nebulosas, pagamentos obscuros à loja maçônica Roma P-2 e, aparentemente, desvio de fundos para uso particular. Foram acusados formalmente Marcinkus e dois administradores do IOR, Luigi Mennini e Pellegrino Strobel. O Vaticano deu asilo ao arcebispo Marcinkus e seus dois colaboradores, para impedir sua prisão.
Dois meses antes da declaração de quebra do banco, em 16 de junho de 1982, o corpo do presidente do Ambrosiano, Roberto Calvi, tinha sido encontrado enforcado sob uma ponte de Londres, no que, aparentemente, foi um suicídio. Entretanto, em 1998, o corpo foi exumado para perícia e, em 2002, “uma equipe de médicos forenses encabeçados pelo professor alemão Bernd Brinckman disse que Calvi foi assassinado em um terreno baldio perto da ponte, onde foi pendurado para simular um suicídio”
O Tribunal Supremo da Itália defendeu a impossibilidade de processar o arcebispo Marcinkus e os dois funcionários, em virtude do Pacto Lateranense, que em seu artigo 11 prevê que “os entes centrais da Igreja Católica estão isentos de qualquer ingerência por parte do Estado italiano”. O Vaticano gastou cerca de US$ 100 milhões, em 1983, para ressarcir os clientes do Ambrosiano, gesto que foi interpretado pela imprensa italiana como uma confissão de responsabilidade na quebra do banco. Mais tarde, o Vaticano criou mecanismos de controle para impedir casos como esse. Em outro momento de escândalo, teorias conspiratórias envolveram Paul Marcinkus num suposto complô para a morte de João Paulo I. Marcinkus se mudou para uma paróquia de Detroit (EUA).

A vertigem de uma operação da qual participou como consultor o atual primeiro-ministro Conte um mês antes de ser eleito (como publicou o Financial Times), cristalizou no final de 2018, em pleno Brexit. A Secretaria de Estado teve de injetar mais dinheiro −cerca de 150 milhões de dólares (598 milhões de reais), retirados de contas na Suíça− para assumir o edifício completo e não perder um investimento que estava em perigo. O IOR, supostamente alarmado pela quantia elevada, acabou denunciando a situação ao procurador do Vaticano. Este iniciou uma investigação que provocou uma grande psicose entre alguns membros da cúria.
Foram revistadas instalações da Secretaria de Estado e vazados nomes, sobrenomes e fotos dos investigados, entre eles Tommaso Di Ruzza, diretor da Autoridade de Informação Financeira (AIF), o organismo encarregado de prevenir a lavagem de dinheiro no IOR. “Essa é parte do problema. A AIF e o banco estão sempre em disputa. E pode ser que houvesse uma investigação em andamento que eles tenham tentado camuflar com a denúncia”, assinala um alto funcionário do Vaticano que conhece em detalhes as finanças da Santa Sé.
 
O chefe da polícia do Vaticano −e da segurança pessoal dos três últimos Papas−, Domenico Giani, renunciou após o vazamento divulgado pela revista L’Espresso, que fez a Santa Sé voltar aos tempos do Vatileaks. O papa Francisco, embora tenha condecorado Giani posteriormente, disse que havia sido cometido um “pecado mortal” e aceitou imediatamente a renúncia. Tudo isso enquanto o Vaticano encara pela primeira vez o fantasma da falência, como detalhou com 3.000 documentos secretos o jornalista Gianluigi Nuzzi no livro Giudizio Universale (“juízo final”). Uma projeção meio apocalíptica, se levarmos em conta o descomunal patrimônio imobiliário da igreja romana, mas muito útil para evidenciar uma certa incapacidade de administrá-lo.
 
 
A APSA, empresa que controla todas as propriedades do Vaticano (cerca de 4.400 imóveis que valem, ao todo, cerca de 2,7 bilhões de euros, ou 12 bilhões de reais) e que se transformou em um banco paralelo, fechou 2018 com um resultado operacional de prejuízo de -27% − a primeira vez em sua história que fica no vermelho. O argumento é que teve de resgatar com 25 milhões de euros (111 milhões de reais) o hospital Istituto Dermopatico Dell’Immacolata (IDI) da falência (também por várias fraudes) e todas as perdas com o empréstimo concedido pela APSA foram registradas em um mesmo ano para não arrastá-las para o ano seguinte.
Mas já não há ninguém na Santa Sé que confie na gestão de uma entidade cujo diretor anterior, monsenhor Nunzio Scarano, foi preso por lavagem de dinheiro. “Há imóveis que não rendem nada porque estão alugados para prestar favores que depois poderão ser cobrados de uma maneira ou outra, mas que prejudicam a economia”, explica um ex-responsável pelas finanças da Santa Sé. Especificamente, 15% dos imóveis, segundo o livro de Nuzzi, e metade do total está alugada por preços camaradas. O valor médio do aluguel é de 8 euros (35,65 reais) por metro quadrado. Os valores são de 20% a 80% menores que os de mercado.
 
“Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada”. – Apocalipse 17:9  – “E a mulher que viste é a grande (Roma) cidade que reina sobre os reis da Terra”.
Apocalipse 17:18
Ninguém duvida, no entanto, que a crise aberta nas últimas semanas vai além do aspecto econômico e atinge em cheio a capacidade de serviço de um grande grupo de funcionários da Igreja. O Papa contratou um novo procurador, Giuseppe Pignatone, o juiz que decidiu arquivar em 2012 o caso do desaparecimento de Emanuela Orlandi, que sempre foi vinculado a uma trama sombria em torno do IOR e à quebra do Banco Ambrosiano.
Trata-se de um linha-dura acostumado a lidar com os assuntos da máfia na Sicília, na Calábria e em Roma. Um sinal inequívoco da natureza do problema que envolve a Santa Sé, no qual Londres, como ocorreu na época do “banqueiro de Deus” Roberto Calvi (1920-1982), volta a ser uma cidade maldita.
Daniel Verdú


 

Sítio Principal: http://achama.biz.ly/
 
 
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
Vídeos banidos alternativos




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub